João, não dragão, sobre areia do mar em Apo Ap 12v18-13v1, defesa do Texto Tradicional TT Textus Receptus TR perfeitamente inspirado, preservado pela providência de Deus, e base da Almeida Fiel



Apo 12:18 - 13:1

– Quem se pôs sobre a areia do mar: "eu" (João) ou "o dragão"?




Almeida Fiel (põe 12:18 como início de 13:1):  Apo 13:1 E EU [João] pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia.

A. Corrigida: Apo 13:1 (põe 12:18 como início de 13:1):  E EU [João] pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta ...

A. Atualizada: Apo 12:18 e [ELE, O DRAGÃO] se pôs em pé sobre a areia do mar. 13:1 Ví emergir do mar uma besta ...

Viva (O Mais Importante é o Amor): Apo 12:17 ... E para isto [ELE, O DRAGÃO] ficou de pé esperando numa praia do oceano. 13:1 E agora, em minha visào, eu ví uma criatura estranha levantando-se do mar ...

Ling Hoje: Apo 12:18 E O DRAGÃO ficou de pé na praia. 13:1 Depois ví um monstro que subia do mar ...

Note, primeiramente, que a numeração dos versículos difere em alguns textos gregos e em algumas Bíblias, de modo que "E eu pus-me sobre a areia do mar" às vezes aparece como sendo 12:18, às vezes como sendo o início de 13:1. Se só fosse isto, não teríamos problema algum, pois são as palavras que são inspiradas, não as divisões e numerações em capítulos e versículos, que foram adicionadas sem inspiração divina, somente para nossa comodidade.

O problema é que o Texto Tradicional, corretamente, tem 'estathên' (2476 – Aoristo- Passivo- Indicativo-1Singular) = '[eu] pus-me', mas os vários Textos Críticos (após 1881) adulteram para 'estathê' (idem, 3Singular) = '[ele, o dragão] pôs-se'.

Estão corretas as traduções da A. Fiel e da A. Corrigida.



(retorne à PÁGINA ÍNDICE de SolaScripturaTT / Bibliologia-InspiracApologetCriacionis)