Os livros não canônicos ou expúrios, Esdras II Tobias Baruque Judite Ester II sabedoria de Salomão eclesiástico Jeremias II canto dos 3 mancebos, Susana Bel e o dragão, Manassés Macabeus



Apócrifos, porque os recusamos

(nome do autor retirado em 2011, a seu pedido)






Significado: "ESCONDIDOS", "OCULTOS".

Alguns foram escritos em grego, e outros em hebraico. Escritores desconhecidos.

Escritos entre 300 e 100 anos antes de Cristo, com exceção de III e IV MACABEUS (terceiro sec. Depois de Cristo).

Incluídos nos sagrados textos(Bíblia), nos meados do sec IV depois de Cristo, na Versão Vulgata, já se conhecia estes textos "espúrios". Na Septuaginta, em 350-300 antes de Cristo, onde foram selecionados 72 anciãos eruditos e doutores nas leis,em Jerusalém, solicitado pelo Rei do Egito, Ptolomeu, para verificarem se os textos Gregos das Sagradas Escrituras, concordavam com os originais Hebraico e Aramaico. Os Apócrifos ainda não eram encontrado.

Os estudiosos acham que foram unidos à bíblia, por serem guardados juntamente com os rolos de livros canônicos (Bíblia), e quando foram iniciados os Códices, isto é , a escrituração da Bíblia inteira em um só volume, alguns escribas copiaram certos rolos apócrifos juntamente com os rolos canônicos. Este equívoco não afetou a estrutura verdadeira das Sagradas Escrituras, pois, sempre Deus providenciou homens para constantemente sondar seus textos.

Filo, Judeu Filósofo, nascido em Alexandria no ano 20 antes de Cristo, escreveu muitas obras onde cita extensamente a Bíblia e não menciona os livros apócrifos (Por serem "espúrios"). Somente no Concílio Católico de Trento em 1546 depois de Cristo, passou a considerá-los autoritários.

Interessante- Na sessão do concílio, em que se votou sobre o assunto, somente 53 prelados se achavam presentes, nenhum dos quais era homem destacado por seus conhecimentos histórico ou sobre documentos orientais, provocando grande repúdio entre grandes homens estudiosos, quando souberam do resultado.

O CARDEAL POLO, afirmou que assim agira no concílio, a fim de dar maior ênfase às diferenças entre os Católicos-Romanos e os Evangélicos – "Temos que diferenciar as Bíblias"- afirmou.

O conteúdo dos Livros:

  1. Erros Históricos / geográficos e cronológicos.
  2. Aprovam a mentira.
  3. Aprovam o suicídio.
  4. Aprovam o assassinato.
  5. Aprovam os encantamentos mágicos.
  6. Aprovam orações aos mortos.
  7. Aprovam a salvação por meio de gratificações.
  8. Descrevem seres sobrenaturais e milagrosos (Grotescos e ridículos).

Os Livros: ( 16 )

I e II ESDRAS , TOBIAS , JUDITE , O RESTO DE ESTER , SABEDORIA DE SALOMÃO , ECLESIÁSTICO , BARUQUE E A EPÍSTOLA DE JEREMIAS , O CANTO DOS TRÊS MANCEBOS , A HISTÓRIA DE SUSANA , BEL E O DRAGÃO , A ORAÇÃO DE MANASSÉS , I II III e IV MACABEUS.

(nome do autor retirado em 2011, a seu pedido)-




(retorne à PÁGINA INICIAL de Sola Scriptura TT / Bibliologia-InspiracApologetCriacionis)