Achado Novo Manuscrito da Bíblia





Querido irmão Hélio:

O título deve ter deixado você curioso e ao mesmo tempo ansioso. É que acabei de fazer um achado fantástico! Tudo começou quando li o primeiro email de inauguração do nosso grupo, e este trazia o seguinte versículo:

Salmos 138:2 - Inclinar-me-ei para o teu santo templo, e louvarei o teu nome pela tua benignidade, e pela tua verdade; pois engrandeceste a tua palavra acima de todo o teu nome. (ACF - Almeida Corrigida Fiel)

É que eu já havia lido este versículo numa Bíblia "alexandrina" - Almeida Atualizada - e reparei uma destoante diferença na tradução:

Salmos 138:2 Prostrar-me-ei para o teu santo templo e louvarei o teu nome, por causa da tua misericórdia e da tua verdade, pois magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra. (ARA - Almeida Revista e Atualizada)


Notou a diferença? Na primeira Deus engrandeceu a Sua palavra acima de todo o Seu nome; na segunda, Deus engrandeceu/magnificou o Seu nome e a Sua palavra acima de tudo!!! Daí pensei: Este é mais um daqueles versículos que trazem variantes. E fui verificar na minha Bíblia hebraica de onde procedia aquela segunda variante da ARA. Fiquei estarrecido. A tradução da ARA está baseada em NENHUM MANUSCRITO!!! Percebeu? Este é o novo manuscrito que achei, e decidi nomeá-lo de NENHUM, já que ele não existe!!! Isso mesmo ele não existe, e vou explicar o por quê.

Abrindo um comentário dos Salmos, de autoria de Derek Kidner - Ed. Vida Nova - encontrei o seguinte comentário acerca do já citado verso:

- "O texto hebraico, conforme o temos, se traduz em AV [Authorized Version], RV [Revised Version], ARC [Almeida Revista e Corrigida]: "pois engrandeceste a tua palavra acima de todo o teu nome". É uma expressão estranha, e uma declaração estranha se "teu nome" tem o significado usual da revelação da própria Pessoa de Deus, conforme tem na primeira metade do versículo... parece justificada em supor que um copista omitiu a letra w, com o significado de "e", de um texto que dizia: pois magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra." ( grifos meus ).

Ora, os tradutores moderninhos sentem-se à vontade para supor que um copista omitiu isso ou aquilo, e ao seu bel-prazer modificam o Texto Massorético baseados numa suposição sugerida por um "erudito" qualquer. O texto único deste versículo em hebraico é o da ACF, ARC, KJV, e tantos outros que fielmente traduziram o que está no texto original, sem se preocupar se o versículo vai ficar com "uma expressão estranha". Repito, este texto NÃO traz variantes no original, e portanto a tradução da Almeida Revista e Atualizada está baseada em NENHUM MANUSCRITO!!! O texto é de uma interpretação difícil, sim. Mas é a ÚNICA possível baseada nos manuscritos que temos. A BÍBLIA HEBRAICA STUTTGARTENSIA - de onde é traduzida a maioria das Bíblias ditas modernas, apesar de trazer o texto que traduzido formalmente quer dizer: "pois engrandeceste a tua palavra acima de todo o teu nome" (ACF), traz no aparato crítico ao pé da página, uma nota onde diz que o texto provável é o da ARA!. Como já disse, esta tradução da ARA está baseada em parece... supor... provável. Desafio qualquer um citar um manuscrito sequer que dê suporte à invenção da ARA. Este manuscrito NÃO existe. Daí eu ter achado o famoso MANUSCRITO NENHUM. Pediria aos senhores "eruditos" que tivessem um mínimo de respeito pela Palavra de Deus. E ao invés de tentar corrigir o que Deus disse, humildemente dessem a mão à palmatória e traduzissem o que o texto sagrado traz.

Irmão, precisamos estar de olhos bem abertos nestes dias LAUDICENIANOS!!!

Shalom,


Euclides Vilar, Julho 2002.


(Dr. Euclides Vilar já foi professor de Grego e também já ensinou Hebraico. Hoje, reside em Cabo Frio)



(retorne a http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)