Minhas considerações sobre a Bíblia King James em português (2)

Francisco Nunes

Posted in February 5th, 2013

Neste artigo, ainda me detenho nos aspectos a que chamei de editoriais. Para isso, abri a KJA (agora vou chamá-la pelo nome real) ao acaso, a fim de avaliar diagramação, forma das notas de rodapé e sua redação. Se o que vi se estende pela Bíblia toda, o problema é bem sério.

Abri a KJA na página 1258 e analisei até a 1261. Sim, é uma pequeníssima amostragem, mas pela passada de olhos que dei no restante, o que se encontra aqui é igual ao restante.

A KJA adotou o formato de notas de rodapé em uma única coluna, com a largura da página. A impressão que isso dá é ruim, desconfortável. Mas até aí pode ser apenas questão de gosto pessoal. Ok. Em minha opinião de editor, foi uma escolha ruim. Outro problema nas notas é que o número a que elas se referem está no mesmo corpo e formato que o texto que segue. Isso dificulta bastante a identificação. E no texto bíblico, o número da nota está em itálico, quase invisível, e separado do texto. Facilmente o leitor não vai encontrá-lo. O editorialmente recomendado é a identificação com número em negrito e sobrescrito, tanto no texto quanto no rodapé.

A KJA adotou uma nota de rodapé por capítulo (vi rapidamente que em alguns capítulos há mais de uma nota). Mas nem sempre a nota está na mesma página em que está o número a que ela se refere. É o que acontece na pág. 1258; o número 1 que identifica a primeira nota do capítulo 9 não está nesta página, mas na anterior. Com um pouco de habilidade de diagramação, seria possível colocar essa nota onde deveria estar. Mas, de novo, pode ser apenas uma questão de preferência pessoal. Eu não gostei; visualmente, o texto é feio e confuso.

Na pág. 1260 há a nota 1, no texto da página anterior, de Eclesiastes 11. Só para relembrar, nos Agradecimentos foi dito que essa obra não é uma tradução da New King James Version, mas uma obra produzida aqui no Brasil (ou na América Latina; nada é explicado muito claramente). Portanto, é uma obra que nasceu em português. No entanto, nesta nota 1 há a seguinte expressão: “… projetos missionários além-mar (overseas)…”. Qual a razão dessa palavra em inglês? Seria a sobra de uma tradução? Nada justifica a palavra overseas aí. Além disso, por ser palavra estrangeira, deveria estar em itálico. Logo após, há um uso errado de ponto-e-vírgula.

Na página seguinte, a 1261, a nota 1 traz: “as Profecia” (sic). Adicionalmente ao erro de concordância de número, há o uso equivocado de maiúscula, o que pode ser observado em muitas notas (eu diria que em todas, mas não as li todas ainda para afirmar isso). Nessa mesma nota, há ainda Céu, Cruz, Ressurreição, Dia e Julgamento, nessa forma, no meio da frase, sem nada que justifique a caixa-alta (maiúscula). Mais uma feia cochilada editorial.

No final da parágrafo aparece mais uma palavra em inglês desnecessária e sem itálico: nonsense.

Outra curiosidade: é citado Fl 3.12. Achou esse versículo em sua Bíblia? Nem eu. Nem ninguém. Fl é abreviatura de Filemom, não de Filipenses. Descuido editorial.

A falta de itálico nas palavras estrangeiras é característica da KJA. Na nota 1 do capítulo 1 de Eclesiastes há termos em hebraico e em grego sem itálico, o que torna a leitura difícil e confusa. Há também dois erros feios de separação entre sujeito e verbo por vírgula: “…sugere que Cohéllet, possa ser…” e “…expressão hebraica heh’bel, pode ser…”. Depois, lê-se: “…. no sentido na transitoriedade da vida”; deveria ser “sentido da”.

Fico por aqui. Estou folheando apenas o livro de Eclesiastes, e já encontrei outras coisas feias. Falo sobre elas em outro artigo.






Francisco Nunes





Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de
http://solascriptura-tt.org)

(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Bibliologia-Traducoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )