"NT King James - Estudos", da Abba Press,
é Enorme Fraude, Enorme Golpe de Marketing?




A Abba Press publica um Novo Testamento com o título "NT King James - Estudos" e com uma propaganda muito bem elaborada, basicamente alegando que é a tradução da King James Bible para o Português (que coisa excelente, que deleite para os mais fiéis defensores do TR e da KJB, seria isto, não é?). Vejam em http://www.abbapress.com.br/e-commerce/productdetails.asp?ProductID=2219

Mas, a julgar por algumas páginas que eu mesmo examinei há anos atrás, este "NT King James - Estudos", da Abba Press, é, na minha opinião, o mais abominável golpe de marketing que já vi em toda minha vida, é mera propaganda enganosa, pois esta tradução em português nada tem a ver com a KJB, uma vez que a tradução em português é baseada NOUTRO texto grego, com milhares e milhares de adulterações em relação ao usado na KJB inglesa!!!

Se bem examinada, a própria propaganda do site evidencia tudo isto, que me parece vergonhoso. Veja:
 

...
A descoberta do Códice Alexandrino, o Códice Vaticano (325 d.C.), o Código Sinaítico, datado do ano 350 d.C., descoberto pelo erudito e pesquisador alemão, Constantino von Tischendorf deram origem a estudos e compilações de um texto grego, especialmente do Novo Testamento, mais fiel aos manuscritos originais, dos quais só temos cópias antigas. John Mill, Bengel, Karl Lachmann, Tregelles, Tischendorf são apenas alguns desses ilustres biblistas e especialistas no chamado “grego popular bíblico” (koinê), ou do tempo de Cristo e do começo da Igreja.
Por volta dos anos 1950 foram encontrados os conhecidos “Rolos do Mar Morto”, numa região árida e montanhosa, repleta de cavernas e grutas rochosas, chamada Vale de Qunram. Em diversos cântaros de barro estavam ali preservados cerca de 600 documentos, estudos e manuscritos bíblicos, e mais de 50 mil fragmentos do AT e NT.
No século XX a maioria das revisões e das novas traduções e versões da Bíblia usaram os estudos críticos de Nestle-Aland e as edições do Novum Testamentum Graece; além da Bíblia Hebraica Stuttgartensia.

A tradução da Bíblia King James Atualizada em português é um projeto que começou a cerca de 10 anos por meio de um consórcio entre a Sociedade Bíblica Ibérica Americana e Abba Press do Brasil, e levou em consideração o estilo reverente, majestoso e clássico da primeira edição inglesa de King James (a Bíblia mais lida e apreciada na Europa e nos EUA desde 1611), assim como os mais antigos e fiéis manuscritos gregos, cujo acesso e estudo é reservado a especialistas e biblistas selecionados em todo mundo, e encontram-se nos museus e universidades de alguns países, como Israel, Vaticano, Inglaterra, França e Suíça. Evidentemente as obras mais recentes e inovadoras do instituto Nestle-Aland, como a 27 edição do Novum Testamentum Graece, foram de relevante importância no estudo comparado e no apoio às reuniões de discussão e tradução que se fizeram necessárias para a conclusão do texto, comentários exegéticos, notas e estudos que compõem o Novo Testamento da Bíblia King James Atualizada em português que agora chega às suas mãos.

...
(as ênfases em amarelo foram adicionadas por mim, Hélio)


Tire você mesmo suas conclusões. Quanto a mim, sou da firme opinião que se tomar um texto grego que difere do TR usado na KJB em 7.000 a 10.000 palavras do Novo Testamento, depois se fazer uma tradução inteiramente nova (ou se balançar as traduções existentes fazendo algumas modificações aqui e ali para evitar acusações de plágio), depois, o mais importante, se injetar todo o veneno dessas 7.000 ou 10.000 palavras adulteradas, depois se usar a etiqueta, a griffe "King James" ou "Rei Tiago", é não apenas uma terrível fraude, não apenas a apropriação totalmente indevida de um nome, como é, acima de tudo, uma crueldade sem par, pois é voltada para enganar exatamente os crentes que mais amam o Textus Receptus, a Bíblia do Rei Tiago. Isto tudo é uma revoltante v-e-r-g-o-n-h-a.

Esta é minha opinião, examine você mesmo o anúncio e, se quiser, examine algumas páginas dessa nova Bíblia da Abba Press, bastando comparar ela e a  KJB, pelo menos nos versos mais problemáticos que eu apontei em  NVI / NIV / TC -- Porque Continuamos com as Bíblias Tradicionais -- Hélio et al. Livro . (procurar em http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/index.htm )

Se não me engano, nos últimos 2 ou 3 anos Marcelo Gross e/ou Pedro Almeida e/ou Mary Schultze escreveram e-mails para grupos e artigos expondo a fraude da Abba Press, mas não consigo encontrar esses artigos ou e-mails. Se alguém conseguir, por favor mos envie.

Se alguém, com mais competência e tempo que eu, quiser tomar um folhetão tal como "Expondo os Erros da NVI. Junho 2000 -- Emídio" ou "A Almeida Atualizada Exposta -- Hélio.", e, inspirado neles, de modo totalmente análogo a eles, escrever um folhetão expondo uns 20 ou 30 dos piores erros da "NT King James - Estudos" , isto seria muito bom como alerta, mais consubstanciado, para todos os crentes sinceros.



Hélio, out.2007

P.S. - Se alguém quiser, pode enviar a site da "Chamada da Meia Noite", que está vendendo e fazendo propaganda desse mau N.T da Abba.
 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Bibliologia-Traducoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )