Rogos Para Que a ACF Aperfeiçoe-se como
A
Bíblia Só-TT e 100% Literal e Fiel

(inclusive a João Ferreira de Almeida, 1753), em Português

Ah, que a ACF (a Bíblia "Almeida Corrigida Fiel", da SBTB), digna herdeira das Almeida's 1693 (N.T.) e 1753 (V.T.), seja total e imediatamente expurgada das [poucas] fugas do Texto Tradicional que nela foram, moderna e inexplicavelmente, infiltradas [e ainda continuam na ACF-2007] ...



 

NOVO TESTAMENTO (estimativa de 236 fugas do TT que são totalmente inaceitáveis e precisam ser imediata e totalmente corrigidas)
(isto não é nada em relação às cerca de 10.000 fugas ainda mais graves, no N.T. (grego) do TC, e de 15.000 a 20.000, no N.T. das suas alexandrinas, modernas traduções)

principais FUGAS da ACF- 2007 QUANTO AO TT
(insignificantes, em relação às bíblias alexandrinas e alexandrinas, modernas)

http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Mat-FugasTT.htm        04
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Mar-FugasTT.htm        23
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Luc-FugasTT.htm         37
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Joao-FugasTT.htm       38
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Atos-FugasTT.htm 
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Rom-FugasTT.htm 
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/1Cor-FugasTT.htm 
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/2Cor-FugasTT.htm 
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Gal-Flm-FugasTT.htm 
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Heb-FugasTT.htm 
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Tia-Jud-FugasTT.htm 
http://br.geocities.com/MBBI_Rogos/Apoc-FugasTT.htm 
TOTAL:                                                                                234 (estimativa)


 

EXPLICAÇÕES PRELIMINARES, PARA QUE NINGUÉM NOS ENTENDA MAL: 

Segue-se uma carta que enviei à SBTB (antes de publicarem a Almeida 2007, que corrigiu alguns dos problemas do Novo Testamento, mas quase nada no V.T.) :
 

Irmãos amados e respeitados da SBTB (Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil, ramo brasileiro da TBS, Trinitarian Bible Society), que publica a ACF-1995 (Almeida Corrigida Fiel):

Não sei (nem jamais poderia aceitar) os "como/ quando/ por quem/ onde/ por que”, mas o FATO é que ainda há, no Velho Testamento da ACF, muitas (100? 300? 900?) infiltrações do Manuscrito Leningrado/ falso Texto Massorético (de Kittel, a Bíblia Hebraica Stuttgartensia)/ Septuaginta/ Sei lá", e ainda há, no Novo Testamento da ACF, muitas (100? 300? 900?) infiltrações dos vários Textos Críticos. Muitas dessas infiltrações não estavam presentes na maravilhosa tradução que saiu das mãos de João Ferreira de Almeida, nem nas edições da Almeida que se lhe seguiram por mais de 200 anos, mas tais adulterações finalmente arranjaram um meio de se infiltrar na ACF.

Uma vez que acredito na seriedade dos atuais diretores da SBTB, suplico-lhes que seja imediatamente formada

a) alguns hebraístas formando uma comissão sincronizada, experts em Hebraico, realmente crentes só no T. Massorético Ben Chayyim, dedicados integralmente a esse trabalho e que, com este Ben Chayyim em mãos, trabalhando em paralelo, poderão rapidamente passar um pente fino no V.T. da ACF, em 3 meses passando este a ser impresso isento dessas (100? 300? 900?) contaminações indesculpáveis. Sim, 3 meses é tempo suficiente: a Palavra de Deus merece toda a prioridade; e mesmo apenas 3 hebraistas trabalhando em paralelo só precisarão fazer, cada um, 1026/3 = 343 páginas em 90 dias = 13 páginas/ semana = 3 páginas/ dia. Uma modesta ajuda aos trabalhos da comissão estaria em observar o que está negritado e em letras vermelhas e realçado em amarelo nos livros do V.T. de http://br.geocities.com/lttanotada/ . Talvez sejam apenas umas poucas centenas de casos a investigar, isto poderia ser feito em 2 dias, no máximo em 1 semana, depois vocês passariam o pente fino de Gênesis a Malaquias.
b) alguns experts em Grego formando uma comissão sincronizada, realmente crentes só no Textus Receptus de Scrivener, dedicados integralmente a esse trabalho e que, com este Scrivener em mãos, trabalhando em paralelo, poderão rapidamente passar um pente fino no N.T. da ACF, em 1 mês passando este a ser impresso isento dessas (100? 300? 900?) contaminações indesculpáveis.Sim, 1 mês é tempo suficiente: a Palavra de Deus merece toda a prioridade; e mesmo apenas 3 experts em Grego, trabalhando em paralelo, só precisarão fazer, cada um, 332/3 = 111 páginas em 30 dias = 28 páginas/ semana = 4 páginas/ dia. Uma modesta ajuda aos trabalhos da comissão estaria em observar o que está negritado e em letras vermelhas e realçado em amarelo em vários escritos que enviei à SBTB desde 2001 e 2002, tais como "179 PRINCIPAIS problemas de TEXTO GREGO/ TRADUÇÃO no NT da ACF-1995", que enviei em 2003 e mais recentemente. Talvez sejam apenas umas poucas centenas de casos a investigar, isto poderia ser feito em 2 dias, no máximo em 1 semana, depois vocês passariam o pente fino de Mateus a Apocalipse.


Amado irmão, Pr. Thomas Gilmer, autor da monumental obra Concordância Exaustiva, obra de uma vida, por favor aperceba-se de que concordâncias exaustivas (ou concordâncias abreviadas) em papel perderam 99% de suas importâncias depois do advento de softwares tais como Online Bible, com "search engine" e banco de dados auxiliares para pesquisas, os quais são conjuntamente atualizados automaticamente ao se mudar mesmo que seja 1 ou 10.000 palavras da Bíblia, e que permitem pesquisas muito mais poderosas, convenientes e rápidas, com operadores booleanos AND/ OR/ NOT.
Mesmo se não fosse assim, a sobrevivência da Concordância Exaustiva em papel não deveria adiar 1 só dia as correções que precisam ser feitas na ACF. Se o preço a pagar para ter uma Bíblia do texto perfeitamente preservado e perfeitamente traduzido, sem infiltrações de veneno, for a perca de boa parte do trabalho da Concordância Exaustiva, ou mesmo toda ela, isto vale a pena 1000 vezes. Mas, durante anos (ou segundos) frear (200? 600? 1800?) correções que fariam a tradução da Bíblia mais perfeita, frear somente para conservar viva uma concordância, seria a mais grave loucura que se poderia cometer.

É imprescindível que a nossa amada ACF seja IMEDIATA e TOTALMENTE erradicada de TODAS as infiltrações "Leningrado/ Kittel/ Septuaginta/ Sei lá”, no Velho Testamento, e de todas as infiltrações dos Textos Críticos do Novo Testamento, bem como de TODOS os existentes erros grosseiros e indiscutíveis de tradução, e de TODAS as existentes traduções por equivalência dinâmica ou por outros métodos não formais- literais.

Ora, todas as fábricas de avião, carro, computador, remédios, etc. modificam IMEDIATAMENTE os componentes e modo de construir seus produtos (hoje, fazem até "recall"), no mesmo dia em que  descobrem ou lhe informam que um dos componentes tem uma probabilidade algo acima de zero de falhar e causar acidentes e até mortes.
Então, pergunto, por que estamos levando meses e meses (e até, pasmem, anos e anos) sem fazer as correções devidas (ditadas pelo texto absolutamente perfeito Ben Chayyim + Scrivener)??? Isto é quase incrível, mas é verdade...

Ora, se o senhor, irmão, fosse médico, e descobrisse ou fosse informado de que um, mesmo um só, dos componentes de um remédio que o senhor fabrica e aplica aos seus doentes, este componente está contaminado com o mortal vírus Ebola, quantas décadas o senhor levaria para corrigir a formulação do remédio? Tenho certeza de que, no mesmo segundo em que o senhor soubesse do problema, daria um grande brado e pararia a fábrica no mesmo instante, destruiria todos os medicamentos que ainda não tivessem sido aplicados, e começaria imediatamente a fabricar o remédio corrigido.
Então, pergunto, por que estamos levando meses e meses (e até, pasmem, anos e anos) sem fazer as correções devidas (ditadas pelo texto absolutamente perfeito Ben Chayyim + Scrivener)??? Isto é quase incrível, mas é verdade...

Não podemos esperar mais, irmãos da SBTB! Nosso amor a Deus e à Sua Palavra exigem total humildade em reconhecermos nossos (falo em termos coletivos) erros, e absoluta imediaticidade em corrigi-los.

Sim, pela graça de Deus eu não sou de tomar atitudes sem as ponderar por muito tempo (talvez o tenha sido antes de ser convertido por Deus, nos meus 30 anos de idade, mas Deus me modificou, ainda mais agora, nos meus 63 anos), sem orar muito a respeito. Sim, pela graça de Deus, não tenho o menor prazer em discordâncias, em divergências, em lutas, e coisas do gênero, fujo delas o mais que posso (embora não possa fugir de me esforçar para ser fiel a Deus e de enfrentar discordâncias e lutas, se não as puder evitar em perfeita consciência). Sim,  pela graça de Deus eu não sou de fazer ameaças inconseqüentes nem blefar por blefar. Mas, após mais de 5 anos dos mais cordiais avisos não fazerem o menor efeito prático na SBTB, minha consciência frente a Deus, em minhas orações, me leva a ter que informá-lo, amado irmão Dr. Thomas, de que, se a SBTB não começar a tomar o mais rapidamente possível todas as medidas práticas possíveis resultando pelo menos num N.T. totalmente isento de contaminações do TC, já em fevereiro ou março de 2008, e num V.T. totalmente isento de contaminações "Leningrado/ Kittel/ Septuaginta/ Sei lá” até meados de 2008, então, a partir de julho de 2008, eu terei que parar de esconder do grande público que tenho avisado e a SBTB nada tem feito. Provavelmente escolherei a opção de construir um site que, mesmo desejando ele o melhor para a ACF, mesmo defendendo-a como a melhor opção de Bíblia TT atualmente sendo impressa em português, começará a publicar cerca de 2 artigos por semana expondo venenos infiltrados na ACF.

Hélio de Menezes Silva, 14.Nov.2007

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!


Poucos minutos após enviar a carta acima, vi, no site da SBTB, que ela estava lançando a ACF-2007. Recebi uma cópia desta recente edição em cerca de 21.Nov.2007, e a estou examinando. Se bem que notei que haviam sido atendidas muitas, a maioria das sugestões que eu tenho feito desde 2001 até hoje, para expurgar totalmente as infiltrações do TC do Novo Testamento da ACF, notei também que um número menor (mas ainda demasiado) delas foi ignorada, para o que não tenho nenhuma explicação aceitável {não é aceitável se vierem a me confessar que, mais importante que "zero por cento de TC e erros" é a "estabilidade da tradução", isto é, só se fazer o mínimo (10%? 90%?) das correções, aquelas mais gritantemente necessárias, assim mesmo fazê-las somente em máximos intervalos de tempo (cada 10 anos? cada 100 anos?)}. Notei também que quase nada foi feito para tornar perfeito o Velho Testamento. Por isso, senti-me plenamente justificado em imediatamente escrever e divulgar esta página.

Hélio de Menezes Silva, 28.Nov.2007
 








E-mail enviado assim que terminei de revisar o Evangelho de Mateus da ACF 2007, comparando-o apenas com as sugestões que eu fizera em 2002/2003:

TO: SBTB
SUBJECT: O Evangelho de Mateus da ACF-2007 corrigiu 90% das piores infiltrações do TC no N.T. Isto é bom? É insuficiente!

Terminei de revisar MATEUS na ACF-2007.

Bem, a SBTB atendeu a maioria das mais gritantes das nossas solicitações de correções quanto infiltrações do TC e fugas do TT, no Evangelho de Mateus. Se havia 40 solicitações de correções mais chocantes,em Mateus, eles atenderam 36, só restaram 4. Esta é uma boa notícia, pois 90% é maior que 0%. Mas esta notícia ainda não é a ideal. 90% de erradicação do TC não são suficientes. 99,9% não seriam suficientes. Precisamos erradicar 100% do TC infiltrado na ACF.

Friso que as outras (talvez 100) solicitações feitas em Mateus não eram tão gritantes, tão chocantes, muitas vezes eram "apenas" sugestão de uso de melhores sinônimos tecnicamente possíveis. Mas não tenho dúvidas de que as sugestões apresentadas teriam sido soluções MELHORES que as da ACF, embora não de força tão grande quanto as piores 40. Por exemplo, em Mat 8:26 temos, na ACF 2007
      “E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de POUCA <3641, oligos>  fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.
e ninguém discordará que a sugestão abaixo
      “E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de PEQUENA <3641, oligos> fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.
é melhor, tanto assim que quase todo pastor batista fundamentalista que já ouvi pregando e fazendo uma exegese deste versículo, em inglês pela KJV ou em português pela ARC/ACF, nos meus 33 anos como crente, têm feito essa correção. "Pouca" é um adjetivo que se aplica ao que é contável (1 fé, 2 fés, 3 fés, etc.), enquanto "pequena" é um adjetivo que se aplica ao que pode ser considerado grande ou pequeno, e isto condiz mais com o ensino da Bíblia sobre a fé.

26 (av) And <2532> he saith <3004> (5719) unto them <846>, Why <5101> are ye <2075> (5748) fearful <1169>, O ye of LITTLE  faith <3640>? Then <5119> he arose <1453> (5685), and rebuked <2008> (5656) the winds <417> and <2532> the sea <2281>; and <2532> there was <1096> (5633) a great <3173> calm <1055>.

26 (Darby) And he says to them, Why are ye fearful, O ye of LITTLE faith? Then, having arisen, he rebuked the winds and the sea, and there was a great calm.

26 (DRB) Et il leur dit: Pourquoi êtes-vous craintifs, gens de PETITE foi? Alors, s’étant levé, il reprit les vents et la mer, et se fit un grand calme.

26 (ignt) kai <2532> {AND} legei <3004> (5719) {HE SAYS} autoiv <846> {TO THEM,} ti <5101> {WHY} deiloi <1169> {FEARFUL} este <2075> (5748) {ARE YE,} oligopistoi <3640> {O YE OF LITTLE FAITH?} tote <5119> {THEN,} egeryeiv <1453> (5685) {HAVING ARISEN} epetimhsen <2008> (5656) {HE REBUKED} toiv <3588> {THE} anemoiv <417> {WINDS} kai <2532> {AND} th <3588> {THE} yalassh <2281> {SEA,} kai <2532> {AND} egeneto <1096> (5633) {THERE WAS} galhnh <1055> {A CALM} megalh <3173> {GREAT.}

26 (LIT) And He said to them, Why are you afraid, LITTLE-faiths? Then rising up, He rebuked the winds and the sea. And there was a great calm.

26 (LTT) E Ele lhes diz: ‘Por que estais atemorizados, ó vós de PEQUENA fé?’ Então Ele, havendo-Se levantado, repreendeu os ventos e o mar, e houve uma grande bonança.

26 (MUR) Jesus said to them, Why are ye afraid, ye SMALL in faith! Then he arose, and rebuked the wind and the sea; and there was great tranquillity.

26 (ylt) And he saith to them, ‘Why are ye fearful, O ye of LITTLE faith?’ Then having risen, he rebuked the winds and the sea, and there was a great calm;

Há MUITOS exemplos semelhantes este.
Mesmo na questões menores, de escolha entre sinônimos tecnicamente possíveis, a SBTB faria bem em reexaminar todo o NT da ACF 2007 (ou, pelo menos, minhas sugestões).

Não entendo porque se prefere o pior ao invés do melhor. Acho que o motivo é a filosofia de só mudar o mínimo indispensável, só mudar aquilo cuja não mudança chocaria extremamente a todos que soubessem disso. Ao invés deste alvo dominante de "mínimo de mudanças", ele deveria ser "máximo de precisão". Em caso de sinônimos igualmente possíveis, num léxico, devemos adotar aquele de "máxima segurança doutrinária, máxima harmonia com a Bíblia tomada como um todo".

Bem, vou fazer o site AcfSoTT, rascunho anexado. Que acham? [* Nota posterior: este site foi criado, mas em cerca de 10.jan.2008 foi desativado por Geocities, possivelmente porque alguém exigiu que o fosse (mesmo eu crendo em Pr. Thomas, que a SBTB não teve parte nisso)]

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!

Hélio de Menezes Silva.
 



FAQ - Perguntas Freqüentemente Feitas

Pergunta: HÉLIO, PORQUE VOCÊ NÃO ALMEJA PRIMEIRO EXPURGAR TODO DESVIO DO TT, SOMENTE DEPOIS SE PREOCUPANDO COM PROBLEMINHAS DE PREFERÊNCIAS DE TRADUÇÃO? E POR QUE PRESSA? ELA É CARNAL, É INIMIGA DA PERFEIÇÃO!

Resposta: Concordo que os problemas mais na área "cinzenta" (isto é, mais sujeitos a discussão quanto à exatidão e preferência de TRADUÇÃO) podem ser deixados para ter sua análise iniciada somente a partir de meados de 2008 (fixando-se um prazo razoável para término, 1 ano estaria de boa medida? ).

Mas as CENTENAS de problemas
(a) TEXTUAIS, problemas de claras, indiscutíveis, inegáveis de fuga do TT ou, pior ainda, de claras, indiscutíveis, inegáveis infiltrações do TC/ Septuaginta/ Leningrado/ etc.; Ou
(b) de indiscutíveis falhas grosseiras de tradução; ou de traduções que podem ser muito usadas pelos nossos inimigos do reino dominado por Satanás (enquanto há traduções muito mais seguras na KJV, na Almeida's 1693/1753/1819/1894/1948, por exemplo); ou de traduções feitas não exatamente por equivalência formal; ou de palavras de tradução omitidas somente em benefício do que se considera ser um português mais elegante; ou de traduções com evitável ambigüidade; etc.,
devem ser IMEDIATAMENTE resolvidos, e isto é facílimo hoje, com computadores e modernas tecnologias de impressão: num jornal, a notícia de última hora, que foi redigida às 24:00h, está impressa às 3:00h e entregue nas bancas de jornais às 5:00h. Usando as sugestões que já foram enviadas à SBTB nos últimos 5 a 10 anos, até mesmo eu e você, que não somos do ramo de publicações nem experientes, poderíamos resolver em 1 mês todos (ou 99% de) os problemas restantes no N.T da ACF, de modo que as ACF de dezembro já sairiam sem eles!!!

O grito de meu coração é
rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!




Pergunta: HÉLIO, PORVENTURA TODA ESTA CRÍTICA CONTRÁRIA À PERFEIÇÃO DA ACF-2007 NÃO SERVIRÁ APENAS DE PEDRA DE TROPEÇO PARA OS CRENTES MAIS SIMPLES? NÃO SERIA MELHOR SILENCIARMOS PARA SEMPRE?

Resposta: SE a SBTB não viesse a fazer as mais urgentes correções, rápida e totalmente e com todo esmero perfeccionista, como eu espero que faça, então eu começaria a me perguntar o que seria pior:
a) Alguém arriscar causar alguma confusão nos novos crentes, pelo fato de revelar ao grande público que há algumas [poucas] correções importantes a serem feitas para a ACF ficar 100% igual ao TT, mas que está havendo excessiva, inaceitável, inexplicável demora e/ou resistência da SBTB para fazer tais correções.
b) Eu continuar defendendo como perfeita uma Bíblia que sei, agora, que ainda tem um pequeno (mas inaceitável) percentual de veneno infiltrado (mesmo que seja 20 vezes menor que na ARC e 400 vezes menor que em todas as Bíblias alexandrinas).

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!




Pergunta: HÉLIO, DE QUE ADIANTA FICAR TENTANDO IDENTIFICAR A ORIGEM DE CADA INFILTRAÇÃO DE ERRO NAS ACF 1994 E 1995 (VEIO DA ALMEIDA 1693? DA 1753? DA 1819? DA 1894 EM PORTUGAL? DA ARC-IBB? DA ARC-SBB? ETC. VEIO DO TRADUTOR X? DO TRADUTOR Y?) , SE 90% DAQUELAS QUE VOCÊ DETECTOU E INFORMOU À SBTB FORAM CORRIGIDOS NO EVANGELHO DE MATEUS NA ACF-2007?

Resposta: Irmão, concordo a respeito de que o que passou, passou, eu também não quero ficar desencavando defuntos e identificar quando e onde e por quem e por que cada infiltração de veneno foi feita, na longa história entre a Almeida 1693/1753 e a ACF 1995. Não quero vasculhar os fatos e intenções do passado da SBTB. O que me preocupa é o presente e o futuro.

Realmente, 90% das correções necessárias em Mateus (falta eu examinar o restante do Novo Testamento) da ACF 1995, que eu e muitos outros crentes apontamos, foram corrigidos na ACF-2007. Damos muitas graças a Deus por isso.
Mas precisamos imediata e totalmente eliminar os 10% dos erros que, sem nenhuma justificativa possível, ainda foram deixados em Mateus, e todos os erros do N.T.
Ademais, praticamente nenhuma correção foi feita no Velho Testamento, de modo que há algumas centenas de correções a serem imperiosamente feitas no V.T. da ACF-2007.

Estamos diante de um teste para todos nós, que revelará o que todos são: Que fará a SBTB? Se ela for realmente sincera, como penso que seja, imediatamente (ou brevemente) eliminará pelo menos TODAS as infiltrações do TC+Leningrado+Septuaginta+etc. Se não fizer nada, é que ela não é sincera nem fiel! Então, nesta remota e horrível possibilidade, que faremos nós?

Hélio, 31.10.2007.

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!




Pergunta: HÉLIO, UM SITE PÚBLICO EXPONDO OS ERROS DA ACF-2007 PREJUDICA (ROUPA SUJA SE LAVA EM CASA), POIS FORNECE MUNIÇÃO AOS INIMIGOS DECLARADOS DE ALMEIDA E DA KJV, QUE ULTIMAMENTE TÊM SE TORNADO NUMEROSOS (E APÓIAM PELO MENOS DUAS SOCIEDADES BÍBLICAS ADVERSÁRIAS À TBS E QUE SÃO "FARINHAS DO MESMO SACO")! PORTANTO, SEU SITE, HÉLIO, SÓ DEVERIA SER ACESSADO MEDIANTE SENHA. HÁ O RISCO DE CONFUNDIR TERRIVELMENTE A CENA. TEMO PRINCIPALMENTE PELOS NOVOS CONVERTIDOS. TAMBÉM TEMO QUE ESCREVAM QUE ENTRE NÓS HÁ DISSENSÕES, E USEM AS INFORMAÇÕES PARA DENEGRIR A ACF ... NÃO MOSTREMOS DIVISÕES, MAS APOIO MÚTUO.

Resposta:
1) O conselho de vocês seria perfeitíssimo, ... se estivéssemos hoje no ano de 2003. E eu segui todos os princípios do conselho de vocês, meus irmãos, ... em 2003!!!

2) Naquela data, eu, repetidamente, e por escrito, avisei solenemente a SBTB a respeito de:

A) Todas as centenas de desvios do Novo Testamento da ACF-1995, ao fugir do TR para algum TC ou, simplesmente, fugir do TR; e
B) Todas as centenas de indiscutivelmente inferiores escolhas de sinônimos na tradução do Novo Testamento. Indiscutivelmente inferiores porque, mesmo sendo tecnicamente possíveis ao se consultar um dicionário, elas introduziam alguma ofensiva cacofonia do português, ou introduziam um risco de serem vistas como contrariando alguma doutrina da Bíblia, etc., enquanto outros sinônimos eram indiscutivelmente superiores.
 

Desde 2006 até hoje, fui trabalhando na revisão dos livros do Velho Testamento, esperando encontrar 10 vezes menos problemas que no Novo Testamento, e me surpreendendo por encontrar o inverso. Atualmente, já completei todo o Velho Testamento, com exceção dos livros históricos (Josué a Ester), que já examinei uma vez, mas ainda faltam passar por um pente-fino final. E eu sempre avisei à SBTB que meus trabalhos de revisão do Velho Testamento estavam sendo mês a mês colocados em um site (antes de set.2009 estava em geocities, depois em 4shared.com) .

3) Eu recebi a promessa de que a SBTB examinaria toda e cada uma das centenas de denúncias, e extirparia toda e cada uma das infiltrações do TC (eu achei que isto também se referia ao Velho Testamento), e melhoraria as traduções em todos os casos em que concordasse que minhas sugestões eram mesmo indiscutíveis melhorias. Daí, eu fiquei esperando, de vez em quando recebendo a notícia de que as correções seriam em breve incorporadas à uma nova edição da ACF.

4) Até agora, seguindo as mesmas considerações do atual conselho de vocês, meus irmãos, fiz tudo em privado, tudo implorando diretamente à SBTB, nada pondo em aberto para o grande público, pacientemente crendo e esperando que a SBTB faria mesmo tudo que prometia fazer.

5) Mas agora, no final de 2007, saiu a ACf-2007. Reconheço, com alegria, que fez 90% das correções necessárias em Mateus (falta eu examinar o restante do Novo Testamento), necessárias por sanarem inexplicáveis e indesculpáveis graves  fugas em relação ao TR. Mas entristeci-me porque:

A) Ainda faltam 10% das correções necessárias em Mateus, e 90% das correções necessárias no Novo Testamento, necessárias por sanarem inexplicáveis e indesculpáveis graves fugas em relação ao TR. É inexplicável e indesculpável que não fizeram essas correções, que tanto solicitamos que fossem feitas.
B) Nada (ou quase nada) foi feito em relação às muitas centenas de correções necessárias no Velho Testamento, necessárias por sanarem inexplicáveis e indesculpáveis graves fugas em relação ao Texto Massorético (de Ben Chayyim).
C) Nada (ou quase nada) foi feito em relação a todas as muitas centenas de indiscutivelmente inferiores escolhas de sinônimos na tradução do Velho e do Novo Testamento. Indiscutivelmente inferiores porque, mesmo sendo tecnicamente possíveis ao se consultar um dicionário, elas introduziam alguma ofensiva cacofonia do português, ou introduziam um risco de serem vistas como contrariando alguma doutrina da Bíblia, etc., enquanto outros sinônimos eram indiscutivelmente superiores.


6) Por isso, agora, depois da ACF-2007 ter inexplicavelmente ignorado todos esses problemas, sinto que tenho a OBRIGAÇÃO ante Deus de tornar as coisas públicas.

7) Há várias possibilidades para o futuro. Minha oração é que alguém possa escrever este resumo, anos depois:
"Em 2008, a SBTB, com humildade, reconheceu que havia muitos problemas textuais e de tradução no V.T.e no N.T. da ACF, e procedeu tão profunda e rigorosa correção que se tornou a tradução considerada perfeita e eterna, mesmo pelos mais exigentes dos defensores de Ben Chayyin + Scrivener, defensores também da tradução mais formal e literal possível, ainda guardando a maior semelhança possível com o trabalho original de Almeida. Tornou-se a perfeita e definitiva e final tradução da Bíblia para o português, como a KJV o é em inglês. Tornou-se, talvez, melhor do que a KJV. Talvez foi em conseqüência dessa corajosa atitude da SBTB que Deus Se aprouve trazer um reavivamento aos países de fala portuguesa, e, hoje, as Bíblias alexandrinas entraram em forte maré baixa, a ACF reinando magnificamente em mais de 95% de todas as igrejas batistas e reformadas e até mesmo pentecostais."

8) Repito: Como a SBTB não veio a fazer, na edição 2007, as mais urgentes correções, que eu e muitos outros crentes havemos solicitado por anos a fio, então eu comecei a me perguntar o que seria pior:

A) Alguém arriscar causar alguma confusão nos novos crentes, pelo fato de revelar ao grande público que há algumas [poucas] correções importantes a serem feitas para a ACF ficar 100% igual ao TT, mas que está havendo excessiva, inaceitável, inexplicável demora e/ou resistência da SBTB para fazer tais correções.
B) Eu continuar defendendo como perfeita uma Bíblia que sei, agora, que ainda tem um pequeno (mas inaceitável) percentual de veneno infiltrado (mesmo que seja 20 vezes menor que na ARC e 400 vezes menor que em todas as Bíblias alexandrinas).
 

E veio-me à mente que nunca, jamais perdemos 1 mm por sermos 100% transparentes e abertos, frente a Deus e frente a todos os homens. Paulo repreendeu Pedro publicamente, em Gálatas 2:11-14, não foi? Nenhuma repreensão em privado, nenhum medo de ferir Pedro, nenhum medo de servir de pedra de tropeço para os novos convertidos, nenhum medo senão não ser totalmente puro, perfeito e transparente. E o resultado foi maravilhoso. Transparência 100%, de todas as partes, para com Deus e com todos os homens.

9) Em resumo: À atual altura, a única solução para eu retirar o site do ar [*] é a SBTB corrigir todos os seus erros: os do Novo Testamento já na ACF, digamos, de março 2008, e os do Velho Testamento, digamos, já na ACF de dezembro de 2008. [* Nota posterior: este site foi criado, mas em cerca de 10.jan.2008 foi desativado por Geocities, possivelmente porque alguém exigiu que o fosse (mesmo eu crendo em Pr. Thomas, que a SBTB não teve parte nisso)]

Já guardamos silêncio demais, agora é hora da SBTB mostrar se quer, mesmo, o MÁXIMO de fidelidade ao Texto Original.

Hélio 30.Nov.2007.

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!





PERGUNTA: MAS QUAIS AS RAZÕES HISTÓRICAS PARA VOCÊ RECUSAR DEIXAR O SITE SECRETO? POR QUE VOCÊ NÃO ABRE MÃO DISSO?

RESPOSTA: Acho que já expliquei, mas façamos um sumário:
Depois de 6 anos (desde 2002, quando começamos a enviar repetidos e-mails e relatórios à SBTB, suplicando e esperando que a SBTB fizesse TODAS as correções das fugas (omissões, adições, modificações de palavras) do TT presentes na ACF), saiu a ACF-2007, que não fez sequer 10%  das correções indispensáveis. Por isso, agora, depois de pensar e orar sobre o assunto por muitos meses, sinto que tenho a indeclinável obrigação, frente a Deus, de tornar tudo o MAIS público possível (lembro Gál 2:11). Somente um e-mail ou telefonema de um dos diretores, dando sua palavra assegurando que, das N (digamos 1000? 2000?) irrefutáveis fugas que eu apontei, N-1 já foram de fato corrigidas no texto e enviadas à gráfica, me fará imediatamente retirar do site as N-1 denúncias, ficando somente aquela que não foi atendida. Sou amigos de todos, amo a todos, mas, depois de 8 anos crendo na boa fé da SBTB para eu somente ver os resultados no futuro, agora sou obrigado a somente crer na boa vontade da Trinitariana DEPOIS de ver RESULTADOS CONCRETOS, DEFINITIVOS, CERTOS (a palavra- de- honra de um diretor já me basta, assegurando que o texto já foi corrigido no computador deles, garantindo que, dentro de alguns poucos dias, irá para a gráfica).

Pela minha parte, se eu fosse da SBTB, isto tudo seria resolvido em 48 horas depois do recebimento da denúncia das N fugas do TT. Eu escreveria "já corrigimos tudo e enviamos para a gráfica. Dentro de XXXX meses o senhor verá que todas as ACF sendo vendidas já terão todas as correções das fugas (omissões, adições, modificações de palavras) do TT. Todas, elas sem faltar nenhuma. Quanto aos problemas de tradução, formamos uma comissão de hebraístas e de helenistas para revisarem tudo profundamente (o Velho Testamento à luz de Almeida 1753 + Ben Chayyim, o Novo Testamento à luz de Almeida 1693, TBS 1948 e Scrivener) com prazo de YYYY meses para o N.T. e ZZZZ meses para o V.T. Mas, ainda quanto à  tradução, enfatizamos que só atenderemos o que nos parecer conveniente, e talvez isto só seja 80% do que o irmão sugeriu, isto é, quanto à tradução."

Eu oro e confio que isto ocorrerá e logo teremos a ACF na posição de ser mais Almeida, mais corrigida, e mais fiel. Oro e confio que ocorrerá, mas preciso de resultados concretos para calar minha voz e satisfazer minha consciência. Se a SBTB não fizer todas as mudanças para fazer jus a seu nome, terá desistido de ser Almeida, terá desistido de ser corrigida, e terá desistido de ser fiel. E deverá mudar seu nome. Deus nos proteja dessa hipótese se realizar. Oremos muito sobre o assunto, pela SBTB, e por nós mesmos.

Enfatizo: o site está criado [*], é público (embora eu não tenha apontado nada para ele, não tenha feito nada para divulgá-lo, Google só o indexará no instante que souber de sua existência porque alguém colocou um apontador para ele, mesmo que seja em e-mail), e é irreversível, isto não está mais aberto a discussão.
Da minha parte, só vejo uma solução agradável, oro por ela, e aconselho a SBTB que a adote: todas as denúncias que eu colocar no site num dia D, no seguinte dia D+1 uma comissão se reúne na SBTB e examina quais as denúncias que ela aceita (indispensável: a comissão tem que ter poder de decisão final, sem risco de não ser ratificada por esferas superiores), neste mesmo dia D+1 a Trinitariana me comunica, daí eu retiro do site, em questão de poucos minutos ou horas, todas as denúncias com as quais a SBTB possa dizer "dou minha palavra de honra, já fiz as correções no arquivo do meu computador, a próxima tinta que tocar em papel já terá essa modificação." Eu acreditarei na palavra de quem tem poder de decisão final. Só ficará no site aquilo que a Trinitariana não concordou, e enquanto ela não concordar. Se fizermos isso hoje para Mateus, amanhã este livro poderá sair total ou quase totalmente do site; amanhã, a mesma coisa, para Marcos; e assim por diante. Tudo estará resolvido em 10 dias, mesmo que eu tenha que trabalhar varando as madrugadas. Mas o ritmo dependerá da Trinitariana, cada passo que podia ser feito num dia pode tomar um mês, um ano, dependendo dela. Todas as denúncias ainda não resolvidas a nível de aceitação formal continuarão no site. Só sairá do site o que já tiver sido resolvido no computador da Trinitariana e na palavra de honra de um dos seus diretores com poder para a dar.
[* Nota posterior: este site foi criado, mas em cerca de 10.jan.2008 foi desativado por Geocities, possivelmente porque alguém exigiu que o fosse (mesmo eu crendo em Pr. Thomas, que a SBTB não teve parte nisso)]

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!

Hélio, 02.dez.2007.





PERGUNTA: HÉLIO, MAS QUEM GARANTE QUE VOCÊ, A CADA ANO, INTERMINAVELMENTE, NUMA ESCALADA CRESCENTE, NÃO FARÁ MAIS EXIGêNCIAS NOVAS À SBTB, QUERENDO FORÇAR SUA VISÃO BATISTA MUITO PECULIAR, NA DIREÇÃO DA SUA TRADUÇÃO LTT?

RESPOSTA:
Meu propósito é o de tomar no máximo 2 (dois) passos (o primeiro é evitável, o segundo é evitável e improvável):
- Primeiro passo, problemas de fugas de Ben Chayyim e de Scrivener:
Até dez.2007, publicamente requererei 0 (zero) fugas (ainda há centenas delas {*}) do TT no N.T., como venho fazendo desde 2002/2003, em repetidos e-mails. E, até mar.2008, requerer 0 (zero) fugas (ainda há centenas delas {*}) do TT no V.T. (já há um ano venho fazendo isso por partes, através de e-mails avisando de atualizações no site da LTTAnotada, mas ainda falta eu passar um último pente-fino nos livros históricos, de Josué a Ester).

- Segundo passo, problemas em que há consenso contra traduções:
Até mar.2008, vou enviar tudo direta e somente para a SBTB, como já o faço desde 2002/2003, através de repetidos e-mails. Suponhamos que cheguem a 2000 sugestões de correções ou aperfeiçoamentos de traduções {*}, sendo 500 {*} das sugestões coisas que são unanimidade entre as outras Bíblias e somente a ACF diz um disparate, e sendo as outras 1500 {*} problemas talvez consideradas exageros meus.
SOMENTE SE a ACF de 2008 ou 2009 não corrigir pelo menos 80% dos 500 {*} casos mais críticos de tradução é que, DEPOIS, eu tornarei isto público. E nunca farei campanha em cima dos outros 1500 {*} casos que talvez sejam considerados exageros somente meus, sem respaldo em muitas das traduções mais clássicas do período da Reforma, como a KJV, a Reina-Valera original, etc.

{* Isto não é nada frente às modernas Bíblias alexandrinas, baseadas nos textos alexandrinos, que são centenas de vezes piores!}

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!

Hélio, 03.dez.2007.




PERGUNTA: HÉLIO, NAS SUAS SUGESTÕES PARA MELHORIA DA ACF-2007, EM RARAS VEZES VOCÊ A COMPAROU COM DEZENAS DE EXCELENTES BÍBLIAS FIEIS DO TR, MAS NÃO CITOU A KJV OU A ALMEIDA ORIGINAL (1681/ 1693/ 1753), QUE ESTÃO IGUAIS À ACF. COMO VOCÊ SE EXPLICA?

RESPOSTA:
Sempre, quando não citei a KJV, é que este é um dos ULTRA-RARÍSSIMOS (4? 20?) casos em que vejo que ela, mesmo não estando em franco e grosseiro erro, poderia ser melhorada.

Sempre, quando não citei a Almeida-1693 (Novo Testamento), é que este é um dos relativamente poucos casos (40? 200?) em que vejo que ela, mesmo não estando em franco e grosseiro erro, poderia ser melhorada.

No caso em questão, devo lhe perguntar:
1) O que é que o TR perfeito (Stephanus 1550 ou Scrivener, que só têm 38 palavras com diferenças?) tem escrito?
2) Qual a tradução mais LITERAL possível disso? Há divergências sobre como tem que ser essa tradução mais LITERAL possível? Quais são essas divergências? (Falo em MAIS literal possível, não em mais ou menos literal!!!)
3) Você acha que um melhor estilo em Inglês ou em Português justifica o modo que a tradução foi feita na KJV e na ACF? Ou você acha que devemos ser o MAIS literais possíveis, sempre, mesmo que o estilo de Inglês e de Português não receba palmas dos professores PhD em estilo?
4) Em particular, eu reconheço que não é o maior pecado possível evitar repetições. Não quero acusar KJV e ACF do pior pecado possível se encurtam, por exemplo, "Zé, foi, Zé viu, e Zé voltou" para "Zé foi, viu, e voltou". Se encurtam "uma caixa de alabastro e outra caixa de alabastro" para "uma caixa de alastro e outra caixa". Se encurtam "entre os parentes e entre os conhecidos" para "entre os parentes e conhecidos". Se encurtam "o apedrejou com pedras" para "o apedrejou". Mas eu, de minha parte, prefiro não retirar uma palavra que esteja no original, mesmo que a tradução fique em mal estilo, feia, horrível estilo. O ponto de partida é que traduções têm que ser feitas estritamente a partir de Ben Chayyim, ou de Stephanus 1550 e Scrivener, e têm que ser por estrita equivalência formal, o mais literalmente que for possível, idealmente 1 para exatamente 1 palavra (se for absolutamente necessário, que seja de 1 para 2 ou 3 palavras, nunca 1 para 0 palavras). É secundário se o estilo do português é elegante ou não.

O referencial final e absoluto deve ser Ben Chayyim ou deve ser Stephanus 1550 ou Scrivener (não tenho certeza ainda), não a KJV, não a ARC, não a ACF.

Mas eu não vou fazer campanha contra a "KJV", preocupo-me muito mais com minha língua portuguesa e meu povo... Minha oração é que a ACF venha a ser pelo menos tão perfeita quando a KJV, ou seja ainda mais perfeita ainda. O alvo final é que seja tão perfeita quando o TR perfeito. Concorda?

Podemos e devemos analisar de um em um cada verso em que, pelo menos aparentemente, ACF e KJV se alinham do mesmo lado, mas, pelo menos aparentemente, estão do lado oposto ao TR perfeito: Marcos 14:3; Lucas 2:44; 14:29; 20:20; 23:50; João 7:3; 8:52; 11:19; 11:26; 17:25; etc.
Mas eu só mudarei o meu modo de pensar se alguém, profundíssimo conhecedor do hebraico ou do grego koinê, e de nossa língua, puder me convencer que a omissão feita pela KJV e pela ACF é MAIS literal do que a solução (copiada de outras Bíblias do TR) (mesmo que menos elegante estilisticamente) que estamos sugerindo.

rogamos que a ACF torne-se só-TT e 100% literal e fiel, JÁ!

Hélio, 12.12.2007.

 






Hélio de Menezes Silva, Jan. 2008



(retorne a http://solascriptura-tt.org/BibliologiaTraducoes/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)