Tragédia-Comédia Grega,
[Dos Apressadinhos, Vaidosos [e Tolos] Corretores da Bíblia]


Herb Evans

(Greek Tragedy)

http://evans.landmarkbiblebaptist.net/42-BibleCorrectingPerversions/A%20Greek%20Tragedy%202.doc







Uma certa faculdade bíblica [seminário] estava ensinando o grego "original" aos seus ávidos estudantes. Os alunos deveriam traduzir algumas passagens gregos por conta própria. As regras básicas eram:


(1.) A tradução deve ser uniforme [cada palavra grega deve ser traduzida sempre da única e mesma maneira].
(2.) Você deve corrigir o português [da sua Bíblia] com o grego.
(3.) Você não deve corrigir o grego [talvez o Texto Crítico] com o português [da sua Bíblia].
(4.) Os trechos a serem traduzidos deve conter a palavra "PNEUMA."
(5.) Uma justificativa lógica [por escrito] deve ser dada para a tradução resultante.




1. O aluno Ron Minton traduziu Mat 12:43 da seguinte forma, sua justificativa lógica, por escrito, sendo que a flatulência era um problema nos tempos bíblicos e, por isso, quando um homem fazia força para fazer seus gases escapar [do intes ...], ele tentava se afastar das pessoas.
E, tão logo o VENTO imundo saia para longe do homem, [tal vento] anda através de lugares sem água, buscando repouso, e não [o] encontra.


2. O aluno Doug Kutilek traduziu Mar 1:2 da seguinte forma, seu raciocínio sendo que um tornado [grande redemoinho] se desenvolveu e conduziu Jesus ao deserto.
E imediatamente o VENTO o guia  para dentro do deserto.


3. O aluno Chris McHugh, com conexões carismáticos, traduziu Mat 11:7 da seguinte forma, seu raciocínio lógico apresentado sendo que, então, eles estavam passando por reavivamento [carismático] e as pessoas estavam esperando João para obter as agitações [empurrões, tremedeiras e violentos movimentos], mas foi-lhes dito para não esperar.
E, enquanto eles estão indo, começou Jesus a dizer às multidões, concernente a João: "Que saístes vós para dentro do deserto, a ver? Um caniço chacoalhando- agitado pel[o] ESPÍRITO?


4. O aluno Robert Hymers traduziu Marcos 4:39 da seguinte forma, seu raciocínio sendo que um espírito do mal havia feito o mar se tornar turbulento.
E, havendo Ele sido despertado, repreendeu o ESPÍRITO, e disse ao mar: "Cala-te! Aquieta-te!" E cessou o ESPÍRITO, e houve uma grande bonança.


5. O aluno Estus Pirkle traduziu Atos 2:2,4 como se segue, o seu raciocínio sendo que o contexto do verso quatro fez-lhe inferir a tradução uniforme no versículo dois.
E de repente veio do céu um som, como de um ESPÍRITO veemente [e] impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
4 E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o VENTO lhes concedia que falassem.


6. O aluno Truman Dollar traduziu Atos 27:7 da seguinte forma, sua justificativa sendo que o ESPÍRITO, como em outras passagens, os dirigiu para longe de Cnidus.

    At 27 7 E, durante muitos dias navegando nós vagarosamente e havendo com dificuldade chegado defronte de Cnido, não nos permitindo o ESPÍRITO [ir mais adiante], navegamos abaixo de  Creta, defronte de Salmone .






[terminado este teste sobre todos os alunos de sua classe,]
todos concordaram que o grego era muito superior e mais claro do que o português, e que estudar e dominar o grego [até chegar ao ponto de o falar melhor que português, a ponto de preferir conversar em grego e de preferir em grego narrar jogo de futebol] nunca foi tão indispensável à compreensão e comunicação da Palavra de Deus.
Eles também concordaram que os alunos do grego eram superiores aos que só sabiam português.

[Como se tornaram vaidosos, cheios de espírito de superiodade e de desdém pelos "pastores" inferiores.
    Pv 16 18 A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.
    1Co 1 27 Mas Deus escolheu as [coisas] loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as [coisas] fracas deste mundo para confundir as fortes;]



Em seguida, o professor Whatchmahamaczysz lhes deu uma passagem muito mais difícil, e esta é a maneira que eles traduziram [trabalhando em conjunto, até alcançarem a unanimidade entre eles]:

Jo 3: 5 Respondeu Jesus: "Em verdade, em verdade te digo: se algum homem não for nascido proveniente- de- dentro- d[a] água e [proveniente- de- dentro- de o] VENTO, não pode entrar para o reinar de Deus. 6 Aquilo tendo sido nascido proveniente- de- dentro- da carne, carne é; e aquilo tendo sido nascido proveniente- de- dentro- de o VENTO, VENTO é. 7 Que não te maravilhes de que Eu te disse: 'Necessário *vos* é ser[des] nascidos de novo  '. 8 O ESPÍRITO, aonde quer, assopra, e a voz dele ouves, mas não tens conhecido de onde ele vem, nem para onde ele vai; assim é todo aquele tendo sido nascido proveniente- de- dentro- de o VENTO."

A argumentação lógica da justificativa dos alunos foi algo mais ou menos assim: Se um homem é nascido da água, então faz sentido que os elementos [terra, água, fogo e vento] estão sendo discutidos. VENTO, tal como a água, é também um elemento [isto justifica versos 5, 6 e 8b].
João 3:8 discute um assunto em que o agente [inteligente] faz aquilo que quer ou deseja fazer. Uma vez que o vento não pode desejar ou querer fazer alguma coisa, então a tradução deve ser o Espírito, uma vez que Ele faz o que Ele deseja [isto justifica verso 8a]. [Todos estavam deslumbrados com o conhecimento e genialidade deles próprios].

O professor [indignado e zangado] deu a todos os alunos um "F" [que significa "Completamente Reprovado"], [somente] porque não traduziram uniformemente a palavra "PNEUMA." [Sem notar o absurdo que provocarfia,] ele disse que eles deveriam ter escolhido "Espírito" em todo lugar, ou "vento" em todo lugar, de modo que a tradução fosse uniforme.

Professor Whatchamahamaczysz, infeliz com o último estudo de tradução, estudo feito por seus alunos, decidiu dar-lhes outra chance. O professor disse-lhes que existem certas palavras gregas que são traduzidas por certas palavras em português em alguns lugares, e por diferentes palavras em português em outros lugares. Decidido a corrigir o insuficiente conhecimento dos alunos, o professor deu à sua classe de alunos de grego uma nova atribuição muito interessante, usando uma Bíblia ACF (Almeida Corrigida Fiel).

O professor instruiu seus alunos a escolherem uma palavra grega, e em seguida, tomar duas passagens e uniformemente traduzi-las, anotando uma breve conclusão. O professor prometeu dar maior valorização para a demonstração que dessem de maior estudo da língua e de uma visão mais profunda com os significados reais da Bíblia. Aqui estão alguns dos resultados:
 

7) O aluno Stewart Custer leu Tiago 1:17,
    Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem DO ALTO, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.
e decidiu que "anothen" em João 3:3 devia ser traduzido como abaixo:
    Jo 3 3 Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer DO ALTO, não pode ver o reino de Deus.

Ele concluiu que, quando Nicodemos disse no seguinte verso [Jo 3:4]
"    ...
porventura, TORNAR a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?",

isto significava que Nicodemos não entendia completamente a palavra "anothen", pensando que isso significava "de novo", "novamente", ou "tornar a".


8) O aluno M.H. Clark [adotou e] copiou a passagem de Stewart e assim traduziu Atos 26:5,
    Sabendo de mim desde O ALTO (se o quiserem testificar), que, conforme a mais severa seita da nossa religião, vivi fariseu.
ao invés do que está na ACF e todas as boas bíblias:
    Sabendo de mim desde O PRINCÍPIO (se o quiserem testificar), que, conforme a mais severa seita da nossa religião, vivi fariseu.

Seu raciocínio lógico, na sua justificativa, foi que os judeus sabiam sobre a viagem de Paulo para o terceiro céu.


9) O aluno Bobby Sumner leu Lucas 1:3,
Lc 1 3 Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo DESDE O PRINCÍPIO;

e decidiu que, em João 19:23, "anothen" deveria ser traduzido como "desde o princípio"
Tendo, pois, os soldados crucificado a Jesus, tomaram as suas vestes, e fizeram quatro partes, para cada soldado uma parte; e também a túnica. A túnica, porém, tecida toda DESDE O PRINCÍPIO, não tinha costura."

O argumento lógico da justificativa que escreveu foi que a túnica estava predestinada [desde a eternidade passada] para ser tecida.
 

10) O aluno Jim White adotou e copiou a passagem de Mike H. Clark, Atos 26:5
"que me conhecia desde o PRINCÍPIO,"

e decidiu que "anothen" em Tiago 1:17 deve ser traduzido assim,
    Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do PRINCÍPIO, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

ao invés de como já está na Bíblia
    Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem DO ALTO, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

Sua justificativa foi que os dons espirituais são todos inicialmente dados no momento da salvação.
 

11) O aluno John R. Rice mudou
    Gl 4 9 Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais DE NOVO quereis servir- como- escravos?

para
... DESDE ACIMA quereis servir- como- escravos?

tendo a sua justificativa o argumento lógico que os gálatas tinha cruzado a linha [do tolerável], e que Deus os havia entregue para acreditarem numa mentira.
 

12) O aluno Bob Jones mudou João 19:11 de
    Respondeu Jesus: Nenhum poder terias contra mim, se DE CIMA não te fosse dado; mas aquele que me entregou a ti maior pecado tem.

para
    Respondeu Jesus: Nenhum poder terias contra mim, se NOVAMENTE não te fosse dado; mas aquele que me entregou a ti maior pecado tem.

a justificativa lógica sendo que esta foi a segunda vez que o poder foi dado a Pilatos.


13) O aluno Al Joyner mudou
    Aquele que VEM DE CIMA É SOBRE todos; aquele que [vem] da terra é da terra e fala da terra. Aquele que vem do céu é sobre todos.

para
    Aquele que VEM DO PRINCÍPIO É PRIMEIRO que todos; aquele que [vem] da terra é da terra e fala da terra. Aquele que vem do céu é sobre todos.

Ele argumentou que Jesus estava no princípio [de tudo], de modo que Ele é o primeiro.
 

14) O aluno Bobby Ross lembrou-se de que o professor havia dito que "anothen" é melhor traduzido como "de novo." Assim, Bob traduziu Lucas 1:3 de modo a ser lido
    Lc 1 3 Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo NOVAMENTE;

em vez de
    Lc 1 3 Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo DESDE O PRINCÍPIO;

Ele concluiu que Lucas tinha tido um toque de amnésia mas que, depois, tudo tinha sido trazido de volta a ele (sua memória) de maneira sobrenatural.
 

15) O aluno Gary Hudson pensou que Gal 4:19,
    Meus filhinhos, por quem DE NOVO sinto as dores de parto, até que Cristo seja formado em vós;

deve ser alterado para:
    Meus filhinhos, por quem DESDE CIMA sinto as dores de parto, até que Cristo seja formado em vós;

e concluiu que isso tinha algo a ver com um nascimento virginal, mas não tinha certeza sobre isso e não tinha mais tempo, pois estava atrasado dirigindo seu caminhão [e deixou tudo assim mesmo, sem fazer sentido].





Por Herb Evans

Bible Believers’ Bulletin - August 1980, p. 1; September 1980, p. 2
(expandido)





Traduzido por Hélio de Menezes Silva (2016), que acrescentou:

Gail Riplinger diz em seu conhecido livro "New Age Bible Versions" que muitos eruditos que trabalharam [substancialmente] nos comitês de novas traduções da Bíblia [que fogem do TR e da tradução por equivalência formal] perderam suas vozes [mesmo que temporariamente], terminaram suas vidas sem sanidade mental normal, ou morreram prematuramente, e avalia que isto foi punição por Deus. Tendo pouco tempo, eu só encontrei essas evidências específicas:

Don Wilkins, da New American Standard (NAS), perdeu a voz por alguns minutos ao ser entrevistado por John Ankerberg, mas apagaram esta parte e regravaram quando ele recuperou a voz http://www.av1611.org/voice1.html .

Kenneth Taylor, da The Living Bible, em sua autobiografia "My Life: A Guided Tour" (1991), confessa que perdeu sua voz e só a recuperou depois que fez prolongado tratamento psiquiátrico para se libertar de sentimentos de culpa. https://recollections.wheaton.edu/2012/03/speechless/








Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Bibliologia-Traducoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/)