Transliteração - Nunca, Jamais Devemos Transliterar O Que Pode Ser Traduzido


Hélio de Menezes Silva



Transliterar significa, ao invés de traduzir uma palavra para português, usar as letras do nosso alfabeto para formar um som parecido com as de uma palavra em outro alfabeto. Por exemplo, não há palavra portuguesa para o ser angelical "08314 שׂרף" de Is 6:2,6, portanto somos forçados a transliterá-la para "serafim', (que produz um som parecido com a palavra hebraica) depois tomamos esta palavra portuguesa que criamos e a adicionamos no dicionário de português e ensinamos o que queremos que ela signifique.

Transliteração só deveria ser feita se absolutamente de modo nenhum existe uma palavra portuguesa que traduza o grego ou hebraico.

Afirmamos isto porque, em todas as Bíblias modernas, parece que sempre que se transliterou uma palavra grega ou hebraica que tem uma boa tradução em português, fez isto com o objetivo de esconder uma verdade e favorecer um erro doutrinário:

- batismo (908 baptisma podia e tinha que ser traduzido como submersão¸ mas isso desagradaria a igreja católica e suas descendentes);
- batizar (907 baptizo podia e tinha que ser traduzido como submergir¸ mas isso desagradaria a igreja católica e suas descendentes);
- eucaristia (este substantivo não existe na Bíblia, nunca deve ser usado como se fosse a ceia do Senhor, como a igreja católica o faz! Existe o verbo "tendo dado graças", em 1Co 11:24, mas não podemos confundir o ato de agradecer a Deus com a coisa pela qual agradecemos);
- hades (sempre deve ser traduzido como inferno, quando se refere ao descrente, mas algumas bíblias moderninhas às vezes evitam a tradução, para não desagradar demais as pessoas);
- sheol (idem);
- diácono (1247 diakoneo podia e tinha que ser traduzido como serviçal, mas isso desagradaria os que querem que a palavra implique uma posição de superioridade e autoridade);
- igreja (1577 ekklesia podia e tinha que ser traduzido como assembleia ou ajuntamento, e o contexto deixaria claro que é uma reunião de crentes em um certo local, mas isso desagradaria a igreja católica que quer o conceito de uma igreja universal aqui sobre a terra, e desagradaria denominações descendentes de Roma e que querem os conceitos de igrejas nacionais (sustentadas pelo rei, se possível) e de uma igreja universal aqui sobre a terra);
etc.

Alguém gostaria de me mandar mais alguns exemplos, retirados de qualquer Bíblia, Artigos de Fé, etc.?

NOTA FINAL: de modo nenhum quero combater, de nenhum modo ou grau, as dezenas ou centenas das antigas e boas Bíblias que foram traduzidas a partir do Textus Receptus e usando a mais rigorosa fidelidade da equivalência formal, nos séculos XVI e XVII: as Bíblias de Lutero, de Tyndale, de Genebra, do Rei Tiago (King James), de Almeida, de Reina-Valera, de Ostervald, de Diodati, e tantas outras. Mas temos que reconhecer que os seus tradutores, os seus editores e os seus publicadores estavam sob pressões enormes que nem podemos imaginar, e tinham, eles mesmos, certas limitações, inclusive de seus backgrounds. Muitos historiadores e escritores relatam que eles tinham ordens, eram forçados a somente usar as "palavras de uso consagrado pela igreja" [isto é, pelas Igrejas anteriores, portanto pela Igreja Católica Apostólica Romana]. Assim sendo, podemos perdoar tais tradutores por terem usado as transliterações que lhes foram impostas pelos seus superiores e pelos costumes da época. Mas não temos que seguir nenhuma dessas transliterações, não é? Leiamos essas antigas e boas Bíblias trocando, em nossas mentes, as transliterações por suas traduções. Se fizermos isso, estaremos nos ajudando a não cair em certos erros doutrinários, não é mesmo?





Hélio de Menezes Silva




Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Bibliologia-Traducoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )