O diabo odeia e ataca a Bíblia; o texto crítico foi criado por Eusébio, copiado para o Sinaiticus e Vaticanus, é guardado por Roma; a ESRV veio de engano e traição por Westcott e Hort; Franklin Logsdon concebeu a NASV mas se arrependeu, rejeita todas as Bíblias alexandrinas, exalta a KJV.




Da NASV (New American Standart Version - KJV revisada e corrigida) para a KJV (King James Version - a original)

por Frank Logsdon



INTRODUÇÃO

S. Franklin Logsdon (1907-1987) era pastor evangélico respeitado e palestrante popular de conferências bíblicas. Ele pastoreava a Igreja Moody Memorial em Chicago (de 1950 a 1952). Antes disso ele pastoreava a Igreja Batista Central em Londres, Ontário (de 1942-50). Ele também pastoreou igrejas em Holanda, Michigan  a Immanuel Baptist, (de 1952-57), e Eerie, Pennsylvania. Ele ensinou no London Bible Institute em Ontário, Canadá. Ele pregou em conferências bíblicas (como a Moody Founder's Week) com evangelistas e pastores famosos como Billy Graham e Paul Smith da Igreja People's Church em Toronto.

Nos anos 50 Logsdon foi convidado pelo seu amigo e homem de negócios, Franklin Dewey Lockman, a preparar um estudo de viabilidade que conduziu à produção da NASV. Ele também ajudou a entrevistar alguns dos homens que serviram como tradutores para esta versão. Ele escreveu o Prefácio que aparece na NASV.

Como veremos no testemunho seguinte, Logsdon renunciou publicamente seu vínculo com as versões modernas e assumiu uma postura inequivocada pró a KJV nos mais recentes anos de sua vida. Em uma carta datada de 9 de junho de 1977, Logsdon escreveu a Cecil Carter de Prince George, Columbia Britânica, Canadá, "No princípio, quando começaram a chegar perguntas a mim [referentes à NASV], eu fiquei totalmente ofendido. Porém, tentando responder a estas perguntas, eu comecei a sentir que algo não estava certo com a NASV. Após investigado, eu escrevi para meu muito querido amigo, Sr. Lockman, explicando que eu estou forçado a renunciar a todos os vínculos com a NASV. ... Eu posso afirmar que o projeto foi concebido por homens totalmente sinceros que tiveram o melhor das intenções. Porém, o produto é uma lastima ao meu coração e ajuda a complicar estes assuntos ainda mais nestes tempos difíceis.

 Nos seus anos seniores, Logsdon mudou-se para Largo, na Flórida, e lá morreu em 13 de agosto de 1987.


Início da Palestra-Testemunho do Pr. Frank Logsdon

Duas perguntas me foram dadas esta noite que, se eu as pudesse responder-lhes, responderia a quase todas as outras perguntas:
-      "Por favor nos fale por que nós deveríamos usar a autorizada KJV e por que a New American Standard não é uma versão boa, e o fundo da qual veio ".
 -      "Qual é sua opinião sobre as versões de 1881, 1901 e outras variações da Bíblia em relação à Versão Autorizada?


Posso mostrar muito especificamente para vocês (não que vocês não saibam, mas unicamente para incitar suas mentes por via de recordação), nós estamos nos tempos finais. E estes tempos finais estão caracterizados por um afastamento da fé, e claro que isso é apostasia. Isto é o significado da palavra: Se afastando da verdade. E quando há um afastamento da verdade, concorrentemente sempre há confusão porque estes dois são tipo gêmeos Siameses.

 Com confusão há perturbação mental e do coração, e as pessoas se tornam naturalmente com falta de alto padrão no Senhor. Tudo o que temos ou jamais teremos se encontra aqui (na Bíblia), como já temos dito tantas vezes. Tudo aquilo que Deus faz para nós, em nós, conosco, por nós, para nós, tem que vir, a propósito, desta Palavra. É o único material que o Espírito de Deus usa para produzir e promover vida. Cite qualquer coisa, e tem que estar aqui.

 Assim você pode entender porque o inimigo mortal de Deus e do homem queria fazer algo para destruir este livro. Eu deveria cochichar a vocês, e este não é nenhum elogio ao diabo, mas ele sabe que não pode destruir este livro. Ele tentou destruir a Palavra Vivente. Você não vê isto descrito em cartões de Natal, mas na noite em que Jesus nasceu o diabo estava lá naquele estábulo com um terço dos anjos caídos os quais ele tinha arrastado, para devorar o nenê, assim que Ele nascesse. Apoc. 12:5. Ele, obviamente, não pôde fazer isto. Pense um pouco. Satanás estava lá quando Jesus nasceu, com toda sua coorte, esses anjos caídos, para um propósito,: devorar o filho do homem. Ele não pôde fazer isto. Não conseguindo abortar a obra redentora de Jesus Cristo, em ambos, à manjedoura e à cruz--quando ele disse desça da cruz, quer dizer, descer antes que seu trabalho fosse consumado--ele, o diabo, vai fazer o que ele sabe, é a próxima coisa mais efetiva, tentar destruir a Palavra Escrita.

 Você entende, é certo, há lugares neste livro onde você não pode diferenciar entre a Palavra Vivente e a Palavra Escrita. Você sabe isso.  João 14:6--" eu sou a vida ". João 6:63--" Minhas palavras são vida ". Vida diferente?  A mesma vida. Você não pode diferenciar porque afinal de contas a Palavra Escrita é a respiração, se te assim agrada, de Deus, e Jesus Cristo é Deus feito carne ou a Palavra que veio para a terra.



   O ATAQUE DO DIABO À BÍBLIA

 Não obstante, voltando ao assunto, o diabo é sábio por demais para tentar destruir a Bíblia. Ele sabe que ele não pode. Ele não pode destruir a Palavra de Deus. Mas ele pode fazer muitas coisas para tentar suplantá-a, ou corrompê-la nas mentes e corações do povo de Deus.

 Ele só pode fazer isto em uma de duas formas: ou adicionando às Escrituras ou subtraindo das Escrituras. E você sublinha isto em seu pequeno livro vermelho: Ele é sábio por demais para adicionar porque aqueles que estiverem familiarizados por muito tempo com a Palavra diriam: "Espera um minuto; isto não está na Bíblia". Assim ele subtrai da Palavra. As deleções são absolutamente assustadoras.

 Por exemplo, há nas revisões (1881 e 1901), como nos informam, 5337 deleções, subtrações, se assim te agrada. E aqui está a maneira de como isto é feito. É feito tão sutilmente que muitos poucos descobririam isto. Por exemplo, na  New American Standard Version somos informados que 16 vezes a palavra "Cristo" se foi. Quando você está lendo talvez do princípio ao fim você não sentiria falta de muitos deles. Alguns talvez sim. E 10 ou 12 vezes a palavra "Senhor" se foi. Por exemplo, se você estivesse em uma igreja quando o pastor está falando nas palavras do Senhor Jesus em sua tentação: "Atrás de mim, Satanás," se você tem uma NASV você iria nem mesmo notar isto. Isto simplesmente não se encontra nesta versão. E há muitas tais subtrações.

 Isto é feito desta forma para desviar o assunto disto e, mais adiante, encobrir as mentes e corações das pessoas, embora possa ter sido feito conscienciosamente. Não há erro pior do que erro consciencioso. Se você é escrupulosamente errado é uma situação terrível para se estar envolvido.

 Não obstante, quando há uma omissão que poderia ser respeitada, eles anotaram-na no rodapé: "Não se encontra nos manuscritos mais antigos". Mas eles não te contam o que são esses manuscritos mais antigos. Que manuscritos mais antigos? Ou eles dizem: "Não [se encontra] nos melhores manuscritos". O que são os melhores manuscritos? Eles não te explicam.  Você vê que sutileza isto é? O homem comum vê uma pequena nota de rodapé que diz "Não se encontra nos melhores manuscritos" e ele aceita de praxe que eles são estudiosos e eles têm que saber, e  então ele prossegue. Isto é com que facilidade a pessoa pode ser enganada.



 A HISTÓRIA DO TEXTO GREGO CRÍTICO

 Voltemos, digamos ao ano 352 D.C., quando Constantino, o Velho Lobo Pagão, como ele foi chamado, estava preocupado porque o reino dele foi ameaçado por um cisma. Havia os adeptos à doutrina da Babilônia da mãe e sua criança que surgiram da história, e havia outros que eram adeptos à doutrina romana da mãe e sua criança. Para amalgamar o reino dele, ele sentia que ele deveria produzir uma Bíblia que satisfaria ambos os lados e que estavam ameaçando destruir o seu reino. Assim ele chamou Eusébio. (Havia dois homens daquele período chamados por este nome, mas eu estou me referindo a Eusébio o historiador.)

 Quem era Eusébio? Ele era um protegido de Orígenes. E quem era Orígenes? Orígenes era um que acreditava que Cristo era um ser criado, como as Testemunhas de Jeová crêem, conseqüentemente criam que Cristo não é divino. Um homem que estuda sob um professor destes certamente absorveria alguma coisa disto. Não obstante, Eusébio trouxe à existência uma Bíblia que iria de uma ou outra maneira não ofender esses que tinham a doutrina babilônica ou esses que tinham a doutrina romana, da mãe e sua criança.



  ROMA É O GUARDA DO TEXTO CRÍTICO

 Há duas cópias dessas Bíblias em existência, A e B, o Códice Sinaiticus e o Códice Vaticanus. E onde eles se encontram? Estes estão sob custódia de Roma. Quase tudo nas nossas revisões, de anos recentes para cá em particular, passa por aquela linha de descendência. E isso necessita este comentário: Há a falsa linha de descendência e as verdadeiras linhas de descendência de manuscritos. E, ou nossos manuscritos passam pela falsa linha de descendência, ou eles passam pela linha de descendência aprovada de manuscritos.

 Quando as pessoas falam dos manuscritos mais velhos, eles normalmente querem dizer o A e o B, o Códice Sinaiticus e o Códice Vaticanus. Mas ninguém viu Vaticanus. Este tem estado debaixo de sete chaves em Roma. E as únicas cópias que nós temos são as cópias que Roma decidiu dar para o mundo externo, e eu não confio neles um milímetro sequer. Nunca, nunca, nunca! E, em momento oportuno, eu falarei a vocês por que.

 Nenhum de nossos estudiosos hoje viu Códice B [Vaticanus], a não ser que eles tem visto uma página ou duas através de uma caixa de vidro. Mas isso não é o suficiente para adquirir o feeling de todo o teor, só vendo uma página aberta em um lugar.  Portanto nós temos a linha de descendência de manuscritos e a linha de descendência de textos gregos que descem pela custodia de Roma. E se está sob a custodia de Roma, eu não quero nada a ver com isto.

 Hoje cheguei a este ponto: Eu não posso competir com os estudiosos, com esses que cavaram nos manuscritos e crítica textual durante anos e anos. Eu tive muitas outras coisas para fazer. E você também não foi capaz para fazer isto. O que se pode fazer então? Eu não discuto mais com eles. Eu não vou discutir com qualquer um deles. Somente vou perguntar: "Em que manuscrito ou manuscritos se fundamenta esta versão?" E se é baseado em um manuscrito que desceu por esta linha romana, eu não quero nada a ver com isto.



 ERASMUS

 Você se pergunta: "Como nós podemos saber?" Bem, quando Deus estava pronto para contar ao mundo, através de um monge convertido, que o justo viverá pela fé, ele levantou um homem--e eu estou seguro que Deus o levantou; não pode ter sido diferente, pelo nome de Erasmus. Erasmus é tido por esses que parecem saber, os estudiosos, nós temos que levar um pouco em conta a palavra deles, que ele era o homem mais sábio, que jamais viveu deste lado de Salomão. Foi dito que ele podia fazer dez dias de trabalho em um único dia. Brilhante. Eu esqueci quantos idiomas ele falava; eles dizem que ele era tão bem familiarizado com dezoito ou vinte idiomas diferentes como nós no idioma português.

 Ele conhecia os manuscritos disponíveis, e ele compilou um texto grego. Ele era tão brilhante que o Papa lhe ofereceu--isto é para o impedir, eu suponho, de fazer este texto grego-- a posição de cardeal, que é uma posição de alto escalão para esses da Igreja católica. Eu sei um pouco sobre isto porque os antepassados de meu pai eram da Irlanda e todos eram católicos romanos. Eu tenho três primos em Chicago que são padres. Eu tenho uma prima na área de Chicago que é uma freira. Isto era uma tremenda proposta receber uma posição de cardeal, contudo ele recusou.

 O governo britânico, me foi dito, lhe ofereceu uma das mais altas posições possíveis na comunidade britânica. Ele declinou esta oferta. Alemanha fez a mesma coisa, mas ele declinou também porque ele sentia o chamado de Deus para produzir o texto grego puro.

 Tudo isto tem conseqüências em tantas áreas. Nós temos um amigo em uma das nossas igrejas Batistas, um sujeito muito pacato, muito educado, e ele fala contra Erasmus porque este teve algum vínculo com a igreja romana. Até mesmo nosso amigo Peter Ruckman fala contra Erasmus. Mas como você poderia falar contra um homem, pelo simples fato de que ele é romano, quando ele declinou a oferta de cardeal e fez campanha contra o monasticismo, contra a liturgia da igreja católica, e foi detestado pelas pessoas católicas?

 E não é somente isto, mas escute esta: Você sabe uma das razões da fundação da ordem dos Jesuítas, sob o comando de Loyola? O projeto principal deles era suplantar o texto de Erasmus, tirá-lo do caminho de alguma maneira, simplesmente miná-lo. E este é o penhor deles. Você pode ir para a biblioteca e verificar isto diretamente, se você quiser. Eles disseram, “Para suplantar o texto de Erasmus nós enviaremos nossos homens para seminários protestantes, escolas bíblicas protestantes; nós os infiltraremos em posições pedagógicas dos seus seminários; nós os colocaremos nos púlpitos de suas igrejas”. Para fazer o que? O objetivo único ao redor do mundo é destruir o texto de Erasmus, e a Versão Autorizada veio obviamente do texto de Erasmus.

 Voltando a este assunto que me impressiona realmente muito. Quando Deus estava pronto para contar ao mundo que o justo viverá pela fé, ele se apoderou do coração de Lutero e este pregou a sua tese à porta--" O justo viverá pela fé"--e tomou sobre si toda a perseguição que sobrevém a alguém que contraria a igreja de Roma. Se o justo viverá pela fé onde nós adquirimos fé? Romanos 10:17-- " a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo. " Se se se necessita ter fé pura tem-se  que ter a Palavra de Deus pura. Faz sentido? E assim Deus levantou Erasmus para produzir aquele que foi chamado o texto grego puro, e este ele teve completado quando Lutero veio trovejando: "o justo viverá por fé". Lutero teve o texto grego de Erasmus para traduzir. Alguém pôs isto deste modo: Erasmus botou o ovo e Lutero o chocou. Só no momento certo ele teve o texto, e tudo que ele teve que fazer era traduzi-lo para o alemão.

 Eu penso que eu mencionei na outra noite, já que há tanta preocupação com estas versões e paráfrases e assim por diante, é uma oportunidade maravilhosa para o diabo desfechar os seus golpes, você sabe. Por procedimentos computadorizados eles tentaram determinar a precisão dos textos. Você tem estas listas em vários livros. A Versão Autorizada está no topo. Amigos, você pode dizer que a Versão Autorizada está absolutamente correta. Quão correta? 100% correta! Porque precisão bíblica é predicada sob precisão doutrinária, e nenhum inimigo deste Livro de Deus jamais demonstrou uma doutrina errada sequer na Versão Autorizada. Você nunca ouviu falar de que o intelecto de alguém foi desviado porque ele acreditou na Versão Autorizada, ouviu? E você nunca vai ouvir disto. Você nunca ouviu falar de alguém ter se desviado porque abraçou os preceitos da Versão Autorizada, e você nunca vai ouví-lo.

 Eu te digo, eu ria com os outros quando uma pessoa tentava caluniar a inteligência, talvez, de alguns que dizem, "Bem, se a Versão Autorizada foi suficientemente boa para o apóstolo Paulo ela é suficientemente boa para mim". Você colhe muitos ha! ha! Não é verdade? Se esta é a Palavra de Deus, e Paulo teve a Palavra de Deus, então coisas que igualam à mesma coisa são iguais uma à outra. Nós temos o Livro que Paulo teve! É verdade que poderia haver, e talvez deveria ter, algumas poucas correções de palavras que são arcaicas. E alguns lugares onde poderia ler um pouco mais livremente.

 Mas afinal de contas, como eu disse aos homens esta manhã na classe, pense uma vez nos incontáveis milhões de dólares do dinheiro de Deus gastos em todas estas versões e traduções que poderiam ter sido gastos no serviço de Deus. Tem umas 100 delas agora mesmo. Pense nisto. Quando eu digo corrigido, eu quero dizer que há umas poucas palavras arcaicas.
( Seguem alguns exemplos que somente se aplicam ao inglês).



  A VERSÃO REVISADA INGLESA DE 1881

Para início de comentário, os revisores para a revisão de1881 não eram para ser revisores; eles não eram para editar um Livro novo. Eles eram os revisores para atualizar algumas das palavras  porque o idioma tinha mudado. Eles eram para ser revisores, mas o fato é--e me acreditam, isto não pode ser refutado--não havia o bastante na Versão Autorizada para se revisar para fazer que isto satisfizesse o ego de estudiosos. Desta forma,  quando eles viram que não havia muito para revisar, eles tiveram o comitê re-arranjado. Uma pessoa era Unitariana, seu nome era Smith. Isso é o motivo por que você acha algo errado em versículos relacionados com a encarnação. Como 1 Tim. 3:16--"Por consentimento comum grande é o mistério de piedade". Você não acredita que o mistério de piedade depende do que o homem pensa, ou a opinião dele. O versículo continua na versão de 1881--" ele que foi manifestado na carne ". Você foi manifestado na carne; eu fui manifestado; [aquela declaração em si só [já] é sem sentido]. É Deus que se manifestou na carne. Você vê o sabor Unitariano aqui? Ele infiltrou alguns sopros em alguns lugares, e isto deve ser um deles. Mas não obstante, eles não tiveram bastante para revisar. Assim o que eles iriam fazer? Bem, dois estudiosos brilhantes de Cambridge  pelo nome de Dr. Hort e Dr. Westcott tinham colaborado na elaboração de um texto grego novo construído sobre o Códice Sinaiticus e o Códice Vaticanus que eles acreditaram eram os melhores manuscritos, mantidos por Roma. Então eles disseram ao comitê quando eles viram que não havia o bastante para se revisar--eu não sei se eles dissessem exatamente estas palavras, mas eles disseram: "Nós sugerimos  produzir uma versão nova". E eles fizeram com que esses homens se comprometessem com segredo no sentido de que eles não contariam a qualquer pessoa sobre o texto que eles estavam usando até depois da publicação do livro. Receosos, presumo, que eles seriam restringidos pelo Rei da Inglaterra ou alguém outro. Por duas vezes a realeza britânica recusou-se em ter a haver qualquer coisa com a revisão de 1881. Mas de qualquer modo, o começo [de tudo] foi uma engano [e traição]. O próprio texto deles nem sequer tinha sido publicado ainda, não tinha sido submetido ao escrutínio público. A versão de 1881 foi construída sobre isto. E o único fundamentalista que ficou na equipe era Dr. F.H.A. Scrivener, e antes de ele morrer ele sentiu que tinha que quebrar a sua promessa para com este grupo de homens, e ele deixou o mundo saber que eles tomaram vantagem sobre vantagem no texto. Isso é de onde nós obtemos o número de algo como 5,337 deleções. [Isso era a conta dele.] E ele disse, " toda vez que eu levantava uma objeção fui derrubado no voto, e eles eram levianos com a Palavra de Deus". Ele esteve presente em quase cada a reunião, e ele revelou isso para o mundo antes de morrer. [As próprias palavras de Scrivener sobre esta fraude estão disponíveis sob pedido de Scrivener's The Authorized Edition of the English Bible. Uma cópia disto está disponível na Bible for Today, 900 Park Avenue, Collingswood, New Jersey 08108. Order Item # 175.  "Qual Bíblia?", editado por David Otis Fuller, também contém informações sobre Scrivener e os protestos dele contra o ERV. Scrivener é listado 20 vezes no índice daquele volume. A sua Bíblia também pode ser obtida da Bible for Today.] Quando saiu a edição de 1881 muitas pessoas gostaram desta porque ela trazia em muitos lugares Jeová em vez de Senhor. Bem, isto é secundário; você pode ver isto na Versão Autorizada. Mas se passaram escassos 10 anos antes que ficasse evidenciado ser um fracasso. Quer dizer, não decolava.



 A AMERICAN STANDARD VERSION de 1901

 Dentro de 10 anos eles começaram a se comunicar com líderes espirituais neste lado do oceano para trabalhar com eles em outra edição, a chamada edição de 1901, pressentindo, eu suponho, que se os americanos cooperassem eles teriam um alcance maior de vendas. Bem, eu penso isso. Quando a edição de 1901 saiu tinham passados 10 anos desde o fracasso da anterior. Fracasso porque em 1911, no terceiro centenário da Versão Autorizada, os publicadores engajaram 34 estudiosos excelentes para revisar a Versão Autorizada e ver que mudanças legítimas pudessem ser feitas aqui e acolá. Você sabe, eles tomaram a edição de 1901 e eles puderam aproveitar apenas duas de cada 100 correções. Só dois por cento. E desta forma eles imediatamente descobriram que a versão de 1901 não era fidedigna. E não demorou muito até que ela desapareceu. Em todos os meus pastorados posso me lembrar de apenas uma pessoa que jamais possuiu uma dessas Bíblias American Standard Version de 1901.



 A NEW AMERICAN STANDARD VERSION  (NASV)

 Em 1956-57 o Sr. F. Dewey Lockman da Fundação Lockman [me contatou. Ele era] um dos nossos mais queridos amigos que jamais tivemos durante 25 anos, um homem de grande estatura, uns 140 kg de peso, cabelo branco de neve, um dos homens de negócios mais maravilhosos com quem jamais me encontrei. Eu sempre disse que ele era igual a Neemias; ele formava um paredão. Você não podia cruzar o caminho dele quando ele metia a mente dele em algo; ele abordava diretamente; ele não podia ser amedrontado. Eu nunca vi qualquer coisa igual; o homem mais incomum. Eu passei semanas e semanas e semanas na casa deles, [éramos] reais amigos íntimos da família.

 Bem, ele descobriu que os direitos autorais [da NEW AMERICAN STANDARD VERSION de 1901] estavam soltos como uma bola em campo de futebol. Ninguém queria esta. Os publicadores não a quiseram mais. Não adquiriu respaldo em lugar algum. O Sr. Lockman entrou em contato comigo e disse, " Você e Ann não gostariam de passar algumas semanas conosco, e nós trabalharemos em um relatório de viabilidade; eu posso conseguir os direitos autorais da 1901 se isto parecer aconselhável ".

 Bem, até aquele tempo eu pensei que Westcott e Hort eram O texto. Você era considerado inteligente se você acreditasse em Westcott e Hort. Algumas das melhores pessoas no mundo acreditam naquele texto grego, os melhores líderes que nós temos hoje. Você está surpreso; se eu não te falasse isto você certamente não acreditaria. Estes não se aprofundaram nisto da mesma maneira como eu também não o fazia; de praxe [eles] aceitam isto.

 De qualquer forma, nós começamos com um relatório de viabilidade, e eu encorajei-o que prosseguisse com isto [o projeto]. Eu tenho medo de que eu estou em dificuldade com o Senhor, porque eu encorajei-o para que prosseguisse com isto. Nós elaboramos a base; eu escrevi a formatação [da nova Bíblia]; eu ajudei entrevistar alguns dos tradutores; eu me assentei com os tradutores; eu escrevi o prefácio. Quando você lê o prefacio da NEW AMERICAN STANDARD VERSION, aquelas são minhas palavras.

 Eu adquiri uma das cinqüenta cópias de luxo que foram impressas; a minha era de número sete, com uma cobertura azul clara. Mas era bastante grande e eu não pude levá-la comigo, e eu nunca realmente olhei isto [as suas páginas]. Eu considerava por praxe que ela foi acabada da forma como nós a começamos, você sabe, até que alguns dos meus amigos pelo país tomaram conhecimento de que eu tive alguma participação nisto e eles começaram dizendo: "O que me diz disto, o que me diz aquilo"?

 Dr. David Otis Fuller em Grand Rapids [Michigan].   Eu o conheci há 35 anos, e ele me diria (ele me chamava de Frank; eu o chamaria de Duque), "Frank, que é isto? Você teve alguma parte nisto; que é isto; e aquilo"? E no princípio eu pensei, espere um minuto; não salte sobre bordo; não seja tão crítico. Você sabe como você se justifica no último minuto. Mas eu cheguei finalmente ao lugar onde eu disse, "Ann, eu estou em dificuldades; eu não posso refutar estes argumentos; está errado; está terrivelmente errado; está horrivelmente errado; e o que eu vou fazer a este respeito? Bem, eu passei por uma real escrutinação da minha alma por aproximadamente quatro meses, e eu me assentei e escrevi, penso eu, uma das cartas mais difíceis de minha vida.

 Eu escrevi a meu amigo Dewey, o seguinte: "Dewey, eu não quero somar mais a seus problemas," (ele tinha perdido a esposa uns três anos antes; eu estava lá presente no enterro; um doutor também tinha cometido um erro operando uma catarata e ele tinha perdido a visão de um olho e tinha que se operar no outro; ele teve um leve enfarte; teve diabete; um homem de setenta e quatro anos de idade), "mas eu já não posso mais ignorar estas críticas, eu as estou ouvindo e eu não as posso mais refutar. A única coisa que eu posso fazer, querido Irmão, eu não tenho nada contra você e eu posso testemunhar ao julgamento de Cristo e ante os homens onde quer que eu vá que você era 100% sincero," (ele não foi educado em idioma ou qualquer coisa; ele era apenas um empresário; ele fez isto por dinheiro; ele fez isto conscienciosamente; ele quis isto absolutamente direito e ele pensava que estava direito; eu acho que ninguém mostrou alguma destas coisas a ele) "eu devo debaixo de Deus renunciar todo vínculo para com a New American Standard."

 Eu tenho uma cópia da carta. Eu tenho a carta dele. Eu mostrei isto para algumas pessoas. O Roberts viu isto; o Mike viu isto. Ele declarou que ele ficou transtornado; ele foi chocado além de palavras. Ele disse que isto é expressado suavemente, mas ele disse, "eu lhe escreverei em três semanas, e eu ainda o amo. Para mim você vai ser Franklin, meu amigo, ao longo do curso". E ele disse, "eu lhe escreverei em três semanas".

 Mas ele não me escreverá agora. Ele estava para se casar de novo. Ele me enviou um convite para a recepção do seu novo casamento. Parado no cartório de casamentos do município ao lado da escrivaninha, o balconista disse: "Qual é seu nome completo, senhor?" E ele disse: "Franklin Dewey..." E isso foi a última palavra que ele falou nesta terra. Assim ele foi sepultado dois dias antes que fosse casado, e ele está com o Senhor. Ele ama o Senhor. Ele sabe certo agora.

  Eu digo a vocês, queridas pessoas, alguém vai ter que a manter posição. Se você tem que estar contra todo o mundo, esteja. Não se torne obnóxio; não discuta.  Não faz sentido discutir. Mas não obstante, isso é onde a New American Standard se encontra em relação à Versão Autorizada.

 Eu apenas anotei o que estas versões, traduções, e paráfrases estão fazendo. Considere:

  1.  Um. Elas causam confusão difundida, porque em todos os lugares que nós vamos as pessoas dizem, "O que você pensa você disto; o que pensa você daquilo?" O que pensam as pessoas jovens quando elas ouvem falar tudo disso?
  2.  Dois. Elas desencorajam memorização de versículos bíblicos. Quem vai memorizar quando cada um tem uma Bíblia diferente, uma tradução diferente?
  3.  Três. Elas dificultam o uso de uma concordância. Onde você vai achar uma concordância para a Bíblia na Linguagem de Hoje e todas estas outras? Você não vai achar uma. Nós vamos ter uma concordância para cada uma; você vai ter que ter muitas concordâncias.
  4.  Quatro. Elas provêem oportunidade para perverter a verdade. Há todas estas traduções e versões, cada uma tenta obter uma conotação um pouco diferente das outras. Elas têm que se diferenciar, porque se não é diferente por que tem que ter uma versão nova? Isto dá uma oportunidade maravilhosa para o Diabo infiltrar sua influência pervertida.
  5.  Cinco. Estas muitas traduções fazem o ensino da Bíblia difícil. E eu estou detectando isto cada vez mais à medida que viajo por este país. Eu mencionei este problema já na outra noite. Como um professor de matemática ou instrutor poderia ensinar um certo problema em uma classe se a classe tivesse seis ou oito livros de didáticos diferentes? O que acham? Como você poderia fazer isto?
  6.  Seis. Elas suscitam discussão inútil. Porque em todos lugares que nós vamos eles dizem esta versão aqui é mais precisa. Qual é mais precisa? Como eles sabem? E esta não é uma reflexão contra esses que dizem isto, porque eu teria feito isto também alguns anos atrás.

 Para que eu não esqueça, em uma destas perguntas alguém disse: "Como nós podemos saber que nós temos a verdade inteira?" Bem, só por simplesmente crer em Deus. E o que quero dizer com isso? João 16:13 -- "Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade;" quanto? Me fale. Me fale, agora. "Toda a verdad ". E se nós não temos toda a verdade, o Espírito Santo não está fazendo o Seu trabalho. Nós temos que ter toda a verdade para Ele nos poder conduzir em toda a verdade. E há muitas, muitas outras passagens que ensinam isto.

 Se nós pudéssemos ouvir a voz Dele nós não teríamos nenhuma dificuldade em aprender a Palavra dele da Versão Autorizada. Deixe-me contar-lhes isto : Você poderia não ser capaz de responder aos argumentos, e você não será [capaz para isto]. Eu também não posso responder a alguns deles. Alguns destes professores universitários vêm e dizem, "o que pensa sobre disto; o que pensa sobre aquilo?" Eles entram em áreas que eu não tenho nem mesmo tido tempo para me aprofundar.

 Como eu disse a vocês há um par de minutos atrás. Você não precisa se defender, e você não precisa defender a Palavra de Deus. Não defenda; você não precisa defender isto; você não precisa se desculpar por isto. Somente diga, "Bem, esta versão ou esta tradução é descendente da linha romana? Neste caso, me deixe de fora. Tudo o que você diz sobre Erasmus e Tyndale é o que eu quero".

 E além disto, nós tivemos a Authorized Version durante 362 anos. Foi testada como nenhum outro pedaço de literatura jamais foi testado. Palavra por palavra; sílaba por sílaba. E reflita sobre isto, até o presente momento ninguém achou nenhuma vez qualquer doutrina errada nela, e isto é a coisa principal. Aquele que se dispõe em fazer a vontade de Deus SABERÁ a doutrina.

 Bem, o tempo acabou. Sejamos pessoas do Livro. Ele levou minha mãe ao céu; e meu papai, meu avô, minha avó. Foi o livro de Moody; era o Livro de Livingstone. J.C. Studd deixou a fortuna dele para levar este Livro para a África. E eu não sinto envergonhado para levar isto pelo resto da minha jornada. É o Livro de Deus.

 " Nosso Pai, nós Te agradecemos e Te louvamos pela Tua Palavra. Ajude-nos a amá-la, e a pregá-la, e a ensiná-la, e a contá-la para o mundo inteiro as Boas Novas através da Tua Palavra. Em nome de Jesus. Amém ".

 Traduzido por Waldemar Janzen em 13 de fev de 1999



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Bibliologia-Traducoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )