CRISTOLOGIA




Introdução


A. Definição

Cristologia é o estudo da Doutrina de Cristo segundo as Escrituras. "Jesus" quer dizer "Javé é Salvador"; é a forma grega de "Josué" (#Mt 1.21). "Cristo" quer dizer "Ungido"; é o mesmo que o termo hebraico MESSIAS .



B. Quem é Jesus Cristo

Jesus Cristo é a segunda pessoa da Trindade. Através dele o universo foi criado e é mantido em existência (Jo 1.3; Cl 1.16-17). Ele é o ANJO do Senhor que aparece no AT (Gn 18). Esvaziou-se da sua glória e se humilhou, tomando a forma de ser humano (Fp 2.6-11). O seu ministério terreno durou mais ou menos 3 anos e meio. Jesus ensinou a verdade de Deus por preceitos e por parábolas. Ele fez milagres, curando enfermos e endemoninhados, fazendo sempre o bem. Foi rejeitado pela maioria do povo e pelas autoridades, sendo submetido à morte de cruz. Foi sepultado, mas ressuscitou ao terceiro dia. Depois subiu ao céu, onde está para interceder pelos seus (Hb 7.25). E o salvo está unido com Cristo, que vive nele pelo seu Espírito (Rm 8.9-11; Gl 2.20; 4.6; Fp 1.19). Na sua segunda vinda Jesus Cristo julgará os vivos e os mortos (2Tm 4.1).




I. A Natureza de Cristo


A. A Natureza Humana de Cristo

1. Ascendência Humana

1.1  Feito de Mulher (Gl.4:4; Mt.1:8).

1.2 Feito da Semente (esperma) de Davi:

a) Sem (Gn.9:27).

b) Abraão (Gn.12:1-3).

c) Isaque (Gn.26:2-5).


d) Jacó (Gn.28:13-15).


e) Judá (Gn.49:10).

f) Davi (IISm.7:12-16).


2. Crescimento e Desenvolvimento Naturais:

2.1  Vigor Físico (Lc.2:52).

2.2 Faculdades Mentais (Lc.2:40).

3. Aparência Pessoal (Jo.4:9).

4. Natureza Humana Completa:

4.1 Corpo (Mt.26:12).

4.2 Alma (Mt.26:38).

4.3  Espírito (Lc.23:46).

5 Limitações Humanas:

5.1 Limitações Físicas:

a. Fadiga (Jo.4:6; Is.40:28).

b. Sono (Mt.8:24; Sl.121:4,5).

c.  Fome (Mt.21:18).

d. Sede (Jo.19:28).

e. Sofrimento e Dor (Lc.22:44).

f. Sujeição à Morte (ICo.15:3).


5.2 Limitações Intelectuais:

a) Precisava Crescer em Conhecimento (Lc.2:52).

b) Precisava Adquirir Conhecimento pela Observação (Mc.11:13).

c) Possuía Conhecimento Limitado (Mc.13:32).


5.3 Limitações Morais (Hb.2:18; 4:15). [Hélio discorda, ver CristologiaADoutrinaDeusFilho-CursoHelio.htm e Kenosis-EsvaziamentoDeCristoFp2-5-11-Helio.htm]


5.4 Limitações Espirituais:[Hélio discorda, ver CristologiaADoutrinaDeusFilho-CursoHelio.htm e Kenosis-EsvaziamentoDeCristoFp2-5-11-Helio.htm]

a) Dependia das Orações (Mc.1:35).

b) Dependia do Espírito Santo (At.10:38; Mt.12:28).

6. Nomes Humanos:

a. Jesus (Mt.1:21).

b. Filho do Homem (Lc.19:10).

c. O Nazareno (At.2:22).

d. O Profeta (Mt.21:11).

e. O Carpinteiro (Mc.6:3).

f. O Homem (Jo.19:5; ITm.2:5).

7. Relação Humana com Deus:

a. Como Mediador e Sacerdote; Como representante da humanidade Jesus falava com Deus (Mc.15:34).

b. Kenosis: Auto esvaziamento de Jesus Cristo, uma auto renúncia dos atributos divinos. Jesus pôs de lado a forma de Deus, mas ao fazê-lo não se despiu de Sua natureza divina; não houve auto extinção. Também o Ser divino não se tornou humano; Sua personalidade continuou a mesma, e reteve a consciência de ser Deus (Jo.3:13). O propósito da kenosis foi a redenção. Na kenosis Jesus deixou o uso independente do Seu poder para depender do Espírito Santo.  [Hélio discorda de algumas coisas, ver CristologiaADoutrinaDeusFilho-CursoHelio.htm e Kenosis-EsvaziamentoDeCristoFp2-5-11-Helio.htm]



B. A Natureza Divina de Cristo


1. Nomes Divinos:

a. Deus (Jo.1:1; Jo.1:18 (ARA); Jo.20:28; Rm.9:5; Tt.2:13; Hb.1:8).

b. Filho de Deus (Mt.8:29;16:16;27:40; Mc.14:61,62; Jo.5:25;10:36;

c. Alfa e Ômega (Ap.1:8,17;22:13; Is.44:6).

d. O Santo (At.3:14; Is.41:14; Os.11:9).

e. Pai da Eternidade e Maravilhoso (Is.9:6; Jz.13:18).

f. Deus Forte (Is.9:6; Is.10:21).

g. Senhor da Glória (ICo.2:8; Tg.1:21; Sl.24:8-10).

h. Senhor (At.9:17;16:31; Lc.2:11; Rm.10:9; Fp.2:11). O termo "Senhor" em grego é Kurios, e significa Chefe superior, Mestre, e como tal era empregado à pessoas humanas, aos imperadores de Roma. Entretanto eles eram considerados deuses, e somente à eles era permitido aplicar este título, no sentido de divindade (At.2:36; IICo.4:5; Ef.4:5; IIPe.2:1; Ap.19:16).



2. Pelo culto divino que Lhe é atribuido:

a. Somente Deus pode ser adorado (Mt.4:10).

b. Jesus aceitou e não impediu Sua adoração (Mt.14:33; Lc.5:8;24:52).

c. O Pai deseja que o Filho seja adorado (Hb.1:6; Jo.5:22,23; compare Is.45:21-23 com Fp.2:10,11).

d. A Igreja primitiva o adorou e orava Ele (At.7:59,60; IICo.12:8-10).



3. Pelos ofícios divinos que Lhe foram atribuídos:

a.  Criador (Jo.1:3; Hb.1:8-10; Cl.1:16).

b. Preservador (Cl.1:17).

c. Perdoador de pecados (Mc.2:5,7,11; Lc.7:49).

d. Jesus é Jeová Encarnado (Compare Is.40:3,4 com Jo.1:23; Is.8:13,14 com IPe.2:7,8 e At.4:11; IPe.2:6 com Is.28:16 e Sl.118:22; Nm.21:6,7 com ICo.10:9(ARA = Senhor; ARC = Cristo; no grego = Criston); Sl.102:22-27 com Hb.1:10-12; Is.60:19 com Lc.2:32; Zc.3:1,2).



4. Pela associação de Jesus, o Filho, com o nome de Deus Pai (IICo.13:14; ICo.12:4-6; ITs.3:11; Rm.1:7; Tg.1:1; IIPe.1:1; Ap.7:10; Cl.2:2; Jo.17:3; Mt.28:19).



5. Atributos divinos Lhe são atribuídos:


5.1 Atributos de Natureza:

a) Onisciência (Jo.1:47-51;4:16-19,29;6:64;16:30;8:55; Jo.10:15;21:6,17; Mt.11:27;12:25;17:27; Cl.2:3).

b) Onipresença (Jo.3:13;14:23 Mt.18:20;28:20; Ef.1:23).

c) Onipotência (Mt.8:26,27;28:28; Hb.1:3; Ap.1:8).

d) Eternidade (Jo.8:58;17:5,24; Cl.1:17; Hb.1:8;13:8; Ap.1:8; Is.9:6; Mq.5:2).

e) Vida (Jo.10:17,18;11:25;14:6).

f) Imutabilidade (Hb.1:11;13:8; Sl.102:26,27).

g) Auto-Existência (Jo.1:1,2).

h) Espiritualidade (IICo.3:17,18).


5.2 Atributos Morais:

a) Santidade (At.3:14;4:27Jo.8:12; Lc.1:35; Hb.7:26; IJo.1:5; Ap.3:7;15:4; Dn.9:24).

b) Bondade (Jo.10:11,14; IPe.2:3; IICo.10:1).

c) Verdade (Mt.22:16; Jo.1:14;14:6; Ap.19:11;3:7; IJo.5:20).


6. Títulos dados igualmente a Deus Pai e a Jesus Cristo:

a. Deus: Deus Pai (Dt.4:39; IISm.7:22; IRs.8:60; IIRs.19:15; ICr.17:20; Sl.86:10; Is.45:6;46:9; Mc.12:32), Jesus Cristo (Compare Is.40:3 com Jo.1:23 e 3:28; Sl.45:6,7 com Hb.1:8,9; Jo.1:1; Rm.9:5; Tt.2:13; IJo.5:20).

b. Único Deus Verdadeiro: Deus Pai (Jo.17:3), Jesus Cristo (IJo.5:20).

c. Deus Forte: Deus Pai (Ne.9:32), Jesus Cristo (Is.9:6).

d. Deus Salvador: Deus Pai (Is.45:15,21; Lc.1:47: Tt.3:4), Jesus Cristo (IIPe.1:1; Tt.2:13; Jd.25).

e. Jeová: Deus Pai (Ex.3:15), Jesus Cristo (Compare Is.40:3 com Mt.3:3 e Jo.1:23).

f. Jeová dos Exércitos: (ICr.17:24; Sl.84:3; Is.51:15; Jr.32:18;46:18), Jesus Cristo (Compare Sl.24:10 e Is.6:1-5 com Jo.12:41; Is.54:5).

g. Senhor: Deus Pai (Mt.11:25;21:9;22:37; Mc.11:9;12:29; Rm.10:12; Ap.11:15), Jesus Cristo (Lc.2:11; Jo.20:28; At.10:36; ICo.2:8;8:6;12:3,5; Fp.2:11; Ef.4:5).

h. Único Senhor: Deus Pai (Mc.12:29; Dt.6:4), Jesus Cristo (ICo.8:6; Ef.4:5).

i. Jeová e Salvador, Senhor e Salvador: Deus Pai (Is.43:11;60:16; Os.13:4), Jesus Cristo (IIPe.1:11;2:20;3:18).

j.  Salvador: Deus Pai (Is.43:3,11;60:16; ITm.1:1;2:3; Tt.1:3;2:10;3:4; Jd.25), Jesus Cristo (Lc.1:69;2:11; At.5:31; Ef.5:23; Fp.3:20; IITm.1:10; Tt.1:4;3:6).

l. Único Salvador: Deus Pai (Is.43:11; Os.13:4), Jesus Cristo (At.4:12; ITm.2:5,6).

m. Salvador de todos os homens e do mundo: Deus Pai (ITm.4:10), Jesus Cristo (IJo.4:14).

n. O Santo de Israel: Deus Pai (Sl.71:22;89:18; Is.1:4; Is.45:11), Jesus Cristo (Is.41:14;43:3;47:4;54:5).

o. Rei dos reis, Senhor dos senhores: Deus Pai (Dt.10:17; ITm.6:15,16), Jesus Cristo (Ap.17:14;19:16).

p. Eu Sou: Deus Pai (Ex.3:14), Jesus Cristo (Jo.8:58).

q. O Primeiro e O Último: Deus Pai (Is.41:4;44:6;48:12) Jesus Cristo (Ap.1:11,17;2:8;22:13).

r. O Esposo de Israel e da Igreja: Deus Pai (Is.54:5;62:5; Jr.3:14; Os.2:16), Jesus Cristo (Jo.3:9; IICo.11:2;; Ap.19:7;21:9).

s. O Pastor: Deus Pai (Sl.23:1), Jesus Cristo (Jo.10:11,14; Hb.13:20).



7. Obras atribuídas igualmente a Deus e a Jesus Cristo:

a. Criou o mundo e todas as coisas: Deus Pai (Ne.9:6; Sl.146:6; Is.44:24; Jr.27:5; At.14:15;17:24), Jesus Cristo (Sl.33:6; Jo.1:3,10; ICo.8:6; Ef.3:9; Cl.1:16; Hb.1:2,10).

b. Sustenta e preserva todas as coisas: Deus Pai (Sl.104:5-9; Jr.5:22;31:35), Jesus Cristo (Cl.1:17; Hb.1:3; Jd.1)

c. Ressuscitou Cristo: Deus Pai (At.2:24; Ef.1:20), Jesus Cristo (Jo.2:19;10:18).

d. Ressuscitou mortos: Deus Pai (Rm.4:17; ICo.6:14; IICo.1:9;4:14), Jesus Cristo (Jo.5:21,28,29;6:39,40,44,54;11:25; Fp.3:20,21).

e. É o Autor da regeneração: Deus Pai (IJo.5:18), Jesus Cristo (IJo.2:29).





II. Os Ofícios de Cristo


1. Profeta

a. Como Profeta Jesus pregou a salvação. Is 61. 1-2; Lc 4.17-19.

b. Como Profeta Jesus anunciou o reino. Mt 4.17

c. Como Profeta Jesus predisse o futuro. Mt 24 - 25


2. Sacerdote

Jesus Cristo é o eterno Grande Sacerdote, que se ofereceu a si mesmo como sacrifício perfeito a Deus a fim de tirar os pecados da humanidade. É por meio dele que Deus faz uma nova e perfeita aliança com o seu povo. E é por meio de Jesus Cristo que se consegue a salvação eterna. Hb 9. 11 - 27


3. Rei

a. Profetizado II Sm 7.12 - 16: "Quando teus dias se cumprirem e descansares com teus pais, então, farei levantar depois de ti o teu descendente, que procederá de ti, e estabelecerei o seu reino. Este edificará uma casa ao meu nome, e eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino. Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho; se vier a transgredir, castigá-lo-ei com varas de homens e com açoites de filhos de homens. Mas a minha misericórdia se não apartará dele, como a retirei de Saul, a quem tirei de diante de ti. Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será estabelecido para sempre." Preste atenção às palavras grifadas.

b. Cumprido. Lc 1. 30 - 33: "
Maria, não temas; porque achaste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus.. Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai; ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim.". Preste atenção novamente às palavras giifadas.

C. Estabelecido. Dn 2.44; Ap 11.15; 12.10; 19.16; 20. 1-4; Sl 2. 4-9; 



III. A Obra de Cristo


1. Sua Morte. 

a. Sua importância. ICo 15.3

b. Seu significado. 2Co 5.21



2. Sua Ressurreição

a. O fato. ICo 15.20

b. A evidência. Mt 28. 1-6

c. O significado. Rm 1.4



3. Sua Ascenção. At 1.9




IV. Heresias Sobre Cristo Surgidas ao Longo dos Séculos

HERESIA

SÉCULO

HUMANIDADE

DIVINDADE

Ebionismo

I

Afirmada

Negada

Docetismo

II

Negada

Reduzida

Cerintianismo

II

Afirmada

Reduzida

Monarquismo Sabeliano

III

Negada

Afirmada

Arianismo

IV

Reduzida

Mutilada (deu base para a origem dos Testemunhas de Jeová)

Apolinarianismo

IV

Reduzida

Afirmada

Nestorianismo

V

Afirmada (mas dividiam a pessoa de Cristo)

Afirmada

Eutiquianismo (Monofisismo)

V

Reduzida

Reduzida

Monotelismo

VI

Reduzida

Reduzida

Adocianismo

VIII

Afirmada

Negada

Socinianismo

XVI

Afirmada

Negada

Liberalismo

XVIII - XIX

Afirmada

Negada

Unitarianismo

XIX

Afirmada

Negada

Neo-ortodoxismo

XX

Afirmada

Extremamente complexo para ser definido

Liberalismo Contemporâneo

XX

Afirmada

Negada



VERDADE

SÉCULO

HUMANIDADE

DEIDADE

Jeovismo (Jesus é o Deus Jeová Encarnado)

I-Até a Eternidade (Cl.1:19; 2:9)

100 % Homem (ITm.2:5)

100 % Divino (Ap.1:8)

©2002 Aldenei Moura Barros. Todos os direitos reservados.

Copiado de http://www.bibliaberta.hpg.ig.com.br/teologia/cristo.htm



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Cristologia/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )