COMO CRIAR MEUS FILHOS

 



"E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te." (Deu 6:6-7)



I- INTRODUÇÃO

Somente, a mulher que é sábia é que é capaz de educar seus filhos do modo como Deus ensina na Sua Palavra.
Somente, a sabedoria dada por Deus a nós mães é que é capaz de livrar os nossos filhos da influência do mundo.

Quando eu coloco Deus em primeiro lugar em minha vida, quando peço a Ele a sabedoria que tenho que ter para me tornar uma mãe temente e obediente a Seus mandamentos, é que percebo que Ele está transformando o meu coração e abrindo o meu entendimento para educar os meus filhos nos Seus caminhos.
Provérbios 22:6 nos diz: "Educa a criança no caminho em que deve andar e até quando envelhecer não se desviará dele."

O livro de Provérbios dá sábios conselhos que devem ser seguidos por nós mães.
Devo ler a Bíblia de Gênesis à Apocalipse mas se estou, no momento, preocupada com a educação de meus filhos, então, devo ler Provérbios e os outros livros em paralelo.
Devo ler Provérbios sublinhando os versículos relacionados com a educação da criança, que fale em mãe, pais, filhos, criação...

II- PRINCÍPIOS QUE DEVEM SER SEGUIDOS POR UMA MÃE

1- Como mãe, devo ensinar a meus filhos,
2- Como mãe, devo instruir os meus filhos,
3- Como mãe, devo orientar os meus filhos a serem sábios,
4- Como mãe, devo corrigir os meus filhos,
5- Como mãe, devo tratar meus filhos com carinho,
6- Como mãe, devo cuidar deles,
7- Como mãe, devo prestar atenção a eles,
8- Como mãe, devo promover a paz em meu lar,
9- Como mãe, devo exigir deles respeito,
10- Como mãe, devo ser paciente com eles.

1- Como mãe, devo ensinar a meus filhos.

Na ordem das prioridades de minha vida, meus filhos estão em terceiro lugar - primeiro está Deus e, depois, o meu marido.

A mulher virtuosa, a que é bela aos olhos de Deus, tem uma vida tão organizada que ela tem um tempo especial para Deus, para seu marido, para seus filhos, para o seu lar... e para tudo que Deus colocar diante dela. E, o mais importante é que ela faz tudo dando o melhor de si, o melhor do seu tempo e de todo o seu coração.
Como uma mulher que quer agradar a Deus e quer a felicidade futura dos filhos, temos que ensiná-los do modo a dar a eles um ensinamento baseado na Palavra de Deus. Temos que fazer isto porque a Bíblia nos diz, em Provérbios 1:8, o seguinte: "Filho meu, ouve a instrução de teu pai e não deixes o ensinamento de tua mãe."
A Bíblia ainda nos diz que se amamos nossos filhos devemos discipliná-los, ensiná-los.
"O que não faz o uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desce cedo o castiga." (Provérbios 13:24)

Hoje em dia, muitos pais não controlam o uso do computador, nem da televisão e os filhos é quem decidem como e quando devem usá-los.
Muitos deles não querem fazer o devocional, diariamente; não querem ir aos cultos da igreja e, muitos pais "crentes" aceitam esta dramática decisão que eles (os filhos) tomam.
Mães, a alma eterna de seus filhos está em suas mãos!!!
Não negligencie a ordem que Deus lhe dá de ensinar a seus filhos!
Encare tudo isto como uma obrigação sua!
Não é um favor que você está fazendo a Deus! Sendo obediente ao que Deus a manda fazer, e fazendo tudo com seriedade, com certeza, seu filho será feliz e trará "delícias à sua alma".
"Dê a seus filhos o que eles precisam, não o que eles querem."

2- Como mãe, devo educar os meus filhos.

Se a Bíblia me diz: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele." (Pr 22:6), então, como filha de Deus que O ama e quer obedecê-Lo, tenho que educá-los. Esta minha decisão não deve ser encarada como uma opção que posso fazer mas como uma obrigação que tenho que fazer, como um ato de obediência: "Como Ele me manda fazer, eu faço!"

Irmãs, esta decisão que fazemos, dirigirá nossos filhos, futuramente, a uma decisão de aceitar o Senhor Jesus como Salvador da vida deles.

Dou graças a Deus pela salvação eterna que Ele deu a meus dois filhos - Mauro e Airton- que já estão junto a Ele em suas mansões celestiais.

"Obrigada, Senhor, por Teu grande amor nos dando vida eterna. Obrigada, por teres me dado sabedoria para falar de Ti e do Teu plano de salvação a todos os meus filhos. Obrigada, por todos terem ouvido a Tua voz e terem feito uma decisão a Teu lado. Obrigada, porque, um dia, estaremos todos juntos, Te louvando e Te glorificando. Amém!"

Sabemos que, mesmo obedecendo ao mandamento do Senhor em educar os nossos filhos do modo como Ele nos manda, alguns dos filhos não aceitam e se tornam, muitas vezes, rebeldes ao chamado dEle.
Mesmo acontecendo isto com algum filho seu, não desanime e ore, colocando os joelhos no chão, pois a Bíblia nos diz que: "A oração feita por um justo pode muito em seus feitos." (Tiago 5:16)

O importante é sermos obedientes à Palavra de Deus e, pela fé, ensinarmos e educarmos nossos filhos.

Devemos ser mães incentivadoras dos dons que Deus dá a nossos filhos.
Devemos instrui-los a desenvolver seus talentos e inclinações para o Senhor.
Para ensinarmos a nossos filhos não é preciso, necessariamente, sermos professoras. O importante é termos:
a) Um coração obediente ao que o Senhor nos manda fazer em Sua Palavra.
b) Um coração de fé, sabendo que apesar dos pequenos ou grandes problemas, Deus está ao nosso lado nos encorajando, nos incentivando e colocando em nosso coração a certeza de que tudo vai dar certo.
c) Um coração dedicado, pois agindo assim, o nosso filho trará delícias à nossa alma.

3- Como mãe, devo orientar meus filhos a serem sábios

Provérbios 10:1 diz que: " ... O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe."
"Como um comentarista coloca: 'Todos os filhos podem se tornar um Paulo ou um Judas, com toda a alegria ou dor."

Ensinar o meu filho a ser sábio? Como posso fazer isso?
Se você quer que seu filho seja sábio, então, não o deixe o dia todo diante de um computador, ou diante de uma televisão. Tudo deve estar sob controle.
Ensine-o a ser uma criança trabalhadora. Ensine-o a guardar os seus brinquedos; ensine-o a arrumar o próprio quarto; ensine-o a por a mesa do jantar; ensine-o a ajudá-la a lavar a louça; ensine-o a cozinhar; ensine-o a ter um horário para deixar as matérias do colégio em dia... Tudo isto prepara a criança para a vida!
A Bíblia nos diz em Provérbios 10:4-5: "O que trabalha com mão displicente empobrece, mas a mão dos diligentes enriquece. O que ajunta no verão é filho ajuizado, mas o que dorme na sega é filho que envergonha."

A mulher sábia educa os seus filhos de modo que eles também se tornem sábios. Se ela quer o bem dos seus filhos ela dever estar sempre:
a) treinando-os a fazerem as tarefas do modo certo;
b) dando-lhes tarefas de acordo com a idade de cada um;
c) orientando-os como e quando deve fazê-las;
d) lembrando-lhes que as tarefas serão feitas novamente caso elas não estejam como foi estabelecido;
e) explicando-lhes tudo que já foi aprendido, antes das tarefas serem executadas;
f) verificando se todas as tarefas foram concluídas e se executadas dentro dos padrões aprendidos;
g) elogiando-os e incentivando-os quando as tarefas forem concluídas.

Irmãs, que possamos ouvir de nossos filhos o mesmo que João Wesley - grande homem de Deus - disse: "O ócio e eu não somos parceiros. Resolvi estar ocupado até morrer."

4- Como mãe, devo corrigir meus filhos.

Dois versículos do livro de Provérbios nos mostram, claramente,  que corrigir nossos filhos é algo importante para a vida futura deles.
"Castiga o teu filho enquanto há esperança..." (Pro 19:18)
"O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga." (Pro 13:24)

Como mães queremos, de coração, acertar na educação dos nossos filhos. Então, a quem nós, mulheres segundo o coração de Deus, devemos ter como exemplo, como modelo em nossa vida?
Somente Deus, que é um Pai amoroso, pode ser exemplo perfeito para nós. Provérbios 3:12 nos diz: "Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem."

A mãe que não disciplina o filho não calcula o mal que ela está fazendo a ele.

Leiamos mais os seguintes versículos encontrados também no livro de Provérbios:
"Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara , nem por isso morrerá." (Pro 23:13)
"A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela." (Pro 22:15)
"A vara e a repreensão dão sabedoria; mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe." (Pro 29:15)

Concluímos, então, que Deus, nosso Pai, nos ensina na Sua Palavra que devemos disciplinar nossos filhos; devemos discipliná-lo cedo; devemos discipliná-los depositando nossa fé nEle; devemos ter consistência e um coração amoroso a fim de que eles, mesmo chorando, se revoltando, reclamando, sigam o Senhor, um dia, aceitando-O como Salvador de suas vidas.
--------------------------
Valdenira Nunes de Menezes Silva
 

COMO CRIAR MEUS FILHOS
(Segunda Aula)


"E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te." (Deu 6:6-7)


5- Como mãe, devo tratar os meus filhos com carinho.

Um filho é um presente dado por Deus a nós mães. É um presente que devemos aceitar de todo o coração e com muita
alegria. É uma dádiva divina que temos que cuidar com muita responsabilidade, muito amor e muito carinho.
A Bíblia nos apresenta mães que servem de exemplos para nossas vidas:

* A mãe do rei Salomão, com certeza, o tratava como sendo um filho querido a quem ela dava todo o seu amor e afeição. Ele, em Provérbios 4:3, nos diz: "era... único diante de minha mãe."

* Quem não sabe dos cuidados da mãe do rei Lemuel quando o aconselhava a encontrar uma esposa virtuosa? Em Provérbios 31:2 ela diz a seu filho: "Como, filho meu? e como, filho do meu ventre? E como, filho dos meus votos?" Este filho era importante para ela e ela o dedicou a Deus.

* Além destas duas mães , ainda podemos citar Ana, a mãe do profeta Samuel, Loide, a mãe de Eunice e Eunice, mãe de Timóteo que foram exemplos de mães que amavam a Deus e a seus filhos.
A fé de uma mãe é freqüentemente a chave para a fé dos filhos.

6- Como mãe, devo cuidar deles.

Da mesma maneira que Deus cuida de nós, nos alimentando, nos vestindo, suprindo todas as nossas necessidades, nós devemos cuidar dos nossos filhos. Deus é o exemplo de Pai a ser seguido por nós mães que queremos agradá-Lo e que queremos o bem presente e futuro dos nossos filhos.

A Bíblia nos diz em Mateus 6:25-32 o seguinte: "Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento,  e o corpo mais do que o vestuário?
Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, sem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
(Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;"

A mulher virtuosa de Provérbios 31 cuida dos filhos e de toda a sua família. A Bíblia nos diz que ela "está atenta ao andamento de sua casa, e não come o pão da preguiça" (Provérbios 31:27).
Muitas mães cuidam mais de si do que dos próprios filhos. Isto não é bom aos olhos de Deus, pois Ele determinou que nós iríamos cuidar daqueles filhos que, na verdade, são presentes dados por Ele.

E você, irmã? De que lado está? Você é como a mulher virtuosa que cuida dos filhos como um presente precioso, como uma jóia rara, ou como aquela mulher que cuida de si mas é negligente com os filhos?
Cuide dos seus filhos! Valorize-os! Tenha tempo para eles! Dê o melhor do seu tempo e faça isto com muito amor! Peça ao Senhor sabedoria para saber cuidar deles do jeito que Ele ensina na Sua Palavra.
Julie Pixcane disse certa vez: "Os filhos amam brincar, sorrir e cantar. Eles têm muitas perguntas sobre todas as coisas. A cada dia, eu aprendo muito com eles. Mães, escutem suas doces vozes, quando eles oram. Dê o seu melhor para mostrar-lhes o quanto você se importa com eles. Faça-os crescer com amor, paciência e oração. Cada filho é uma alegria e deleite. Nunca deixe seus filhos longe de você;"

7- Como mãe, devo prestar atenção a eles.

Suzana, a mãe de João Wesley, grande homem de Deus, teve muitos filhos e os criou dando-lhes muita atenção. Ela dava 1 hora por semana do seu tempo a cada filho. Conversava com cada um, aconselhando, falando de Deus e mostrando que se importava com ele. Ele era importante para ela e ela o amava.
E você, irmã, tem tempo para seus filhos? Cuidado, pois a falta de atenção pode trazer muitos prejuízos futuros para eles!
O livro de Provérbios nos alerta nesta área, dizendo: "Até a criança se dará a conhecer pelas suas ações, se a sua obra é pura e reta." (Provérbios 20:11)
Preste atenção às suas amizades, no que ele poderá está planejando, no que ele está fazendo... Estejamos atentas aos nossos filhos para que eles sejam felizes agora e futuramente.
Sabiamente, a Bíblia ainda nos diz em Provérbios 27:23: "Procura conhecer o estado das tuas ovelhas; põe o teu coração sobre os rebanhos."
Se o pastor põe o seu coração sobre as suas ovelhas, eu, como mãe, tenho que por não só meu coração, mas meu tempo, minha atenção, meu cuidado... sobre os meus filhos.

8- Como mãe, devo promover a paz em meu lar.

Promover a paz no lar não é uma tarefa fácil. Mas se seguirmos alguns princípios sábios da Bíblia, com certeza, conseguiremos o que almejamos - a paz.
Lendo o livro de Provérbios encontramos três versículos que nos mostrarão estes princípios:
"A sorte faz cessar os pleitos, e faz separação entre os poderosos." (Provérbios 18:18)
"Castiga o teu filho, e te dará descanso; e dará delícias à tua alma." (Provérbios 29:17)
"Lança fora o escarnecedor, e se irá a contenda; e acabará a questão e a vergonha." (Provérbios 22:10)

Então, os três princípios são: sorteie, corrija e elimine.

a) Sorteie! - Não é só na minha nem na sua família que existem contendas entre irmãos. Tarefas que precisam ser feitas, muitas vezes, são motivos de brigas. Nós, como mães, temos dificuldades de decidir quem irá realizar aquela tarefa. Para evitar comentários como: "A senhora dá preferência a .......!", "A senhora gosta mais de....!", "Sempre eu?", então, procuremos resolver o problema colocando os nomes dos envolvidos em papéis e sorteando um. Este, provavelmente, vai ser encarado pela família como um método justo.

b) Corrija! Não existe nada que dê mais certo do que seguirmos os conselhos de Deus. Corrigir ou castigar a criança quando for necessário, com certeza, tornará o seu lar em um lugar de paz e descanso.

c) Elimine! - Mesmo educando nossos filhos seguindo os princípios bíblicos, admoestando-os nos caminhos do Senhor, castigando-os quando preciso, existe um, ou uns que gostam de discutir, de empurrar, de brigar. O que fazer neste caso? Que atitudes devemos tomar?
Usar o princípio de eliminar é, muitas vezes, necessário. Mandemos o briguento passar uma meia hora no seu quarto ( sem privilégios - sem computador, sem TV, sem brinquedos...), ou tenhamos um "lugarzinho" onde ele possa se sentar por alguns minutos para que possa se acalmar, refletir melhor sobre o que fez de errado.

9- Como mãe, devo exigir deles respeito.

Se amo meus filhos e quero a felicidade deles, então, tenho que ensiná-los a cumprir o quinto mandamento de Deus que diz: "Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teu dias na terra que o Senhor teu Deus te dá." (Êxodo 20:12)
Se você ensina seu filho a honrá-la, a respeitá-la, então tudo o que você ensinar a ele será ouvido, aprendido e seguido.
Como conseqüência de honrá-la e respeitá-la ele irá respeitar as autoridades - seu chefe, seu professor... e isto vai trazer bênçãos para a sua vida e a vida dele.

10- Como mãe, devo ser paciente com eles.

Provérbios 15:1 me diz que "A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira."
E Provérbios 15:28 me diz ainda que "O coração do justo medita no que há de responder, mas a boca do ímpios jorra coisas más."
Então, como mãe que ama os filhos, tenho que ser paciente com eles, falar com voz branda porque eles têm que ser educados sem gritarias, nem nervosismo mas com equilíbrio a fim de que, quando crescerem, possam se tornar pessoas equilibradas, brandas e ternas.
Adquira a postura de uma mãe que educa os filhos de acordo com os princípios de Deus.
Ore por seus filhos! Fale com o Senhor sobre eles, abrindo o seu coração, compartilhando suas preocupações e pedindo a Sua ajuda para capacitá-la a saber como educá-los.
Aja de modo que seus filhos a vejam como um exemplo de mãe sincera com relação a Deus. Que eles possam ver que você ama realmente o Senhor, que segue os Seus princípios e, assim, irão crer no Deus que você crer e aceitar o Deus que você aceitou.
Que Deus nos abençoe nesta caminhada, a fim de que educando nossos filhos nos Seus caminhos e seguindo os Seus princípios possamos, um dia, estarmos todos juntos em nossa mansão celestial.
------------------------------------
Valdenira Nunes de Menezes Silva

(Estudo parcialmente baseado no livro "A Sabedoria de Deus na Vida da Mulher" de Elizabeth George)

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org/ )


Retorne a solascriptuta-tt.org/DoCoracaoDeValdenira/