COMO LEVAR MEU MARIDO DESCRENTE A CRISTO?





"E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo." (João 16:8)




Quando vivemos com um marido que ainda não conhece o Senhor Jesus, a nossa vontade é de, a cada oportunidade, ler a Palavra de Deus para ele, evangelizá-lo a todo instante. Mas a Bíblia nos diz que Deus não permite "que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido" (1Ti 2:12).

Nós, se queremos que o Espírito Santo - que é O que nos convence "do pecado, e da justiça e do juízo" (João 16:8) - fale ao coração do nosso marido, então devemos seguir os passos e conselhos do nosso Pai Celestial, dados na Sua Palavra. Vejamos que passos são esses:

1- Demonstre bondade a seu marido

Deixe que ele veja, através das suas ações, que a graça e a bondade de Deus são derramadas, constantemente, em sua vida e que por isso você é uma pessoa cheia de graça e de bondade e que possui a beleza interior que agrada a Deus e, conseqüentemente, agrada também a seu marido.
Você não é, somente, uma pessoa boa para seu marido como também para seus filhos, seus pais, amigos...animais.
Aja de maneira tal que seu marido chegue mesmo a pensar assim: "Como é bom esse Deus que transformou a vida da minha esposa tornando-a essa pessoa maravilhosa, bondosa e que eu tanto amo!"
"A mensagem da graça [e bondade] causa um impacto, não somente em seu relacionamento com Deus como também em outras pessoas. Quando você tem a íntima certeza de que nada pode ser feito para merecer o favor de Deus, e que Ele oferece de graça amor e bondade, você é livre para levar a graça [e a bondade] aos outros" e estes "outros" inclui o seu marido.

2- Demonstre humildade a seu marido

Querer ser humilde para agradar a seu marido é querer ter Deus como exemplo em sua vida, pois a humildade faz parte do caráter dEle.
Salmo 113:5-6 diz o seguinte sobre Deus:
"Quem é como o Senhor nosso Deus, que habita nas alturas? O qual se inclina, para ver o que está nos céus e na terra."

Vemos aí que Deus é exaltado mas mesmo sendo um Deus Santo e exaltado, Ele se inclina para prestar atenção às coisas que criou.
Vemos também no Salmo 18:35 o rei Davi agradecendo a Deus o livramento, a bondade e humildade do Senhor:
"Também me deste o escudo da Tua salvação; a Tua mão direita me susteve, e a Tua mansidão me engrandeceu."

Números 12:3 nos diz que Moisés era um homem manso, humilde.
"E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra."

E você? E eu? Será que Deus nos vê como via Moisés? Será que eu sou mansa aos olhos de Deus? Devo ser humilde e mansa assim como Moisés foi e como Deus é, para que assim eu possa ganhar o meu marido para Cristo. Não que eu deva fingir que sou mansa e humilde mas se, realmente não sou, devo colocar a minha brabeza, a minha intolerância, a minha impaciência aos pés de Jesus e, com certeza, Ele me transformará, pois Deus conhece muito bem o desejo do meu coração: conduzir meu marido a aceitar Jesus como Senhor e Salvador de sua vida.

3- Demonstre amor a seu marido

A Bíblia nos diz: "Há muito que o Senhor me apareceu, dizendo: Porquanto com amor eterno te amei, por isso com benignidade te atraí" (Jer 31:3)
"O amor não faz mal ao próximo" (Rom 13:10)

O amor só faz bem. Ele atrai, traz o ímpio para junto do Senhor.
Mesmo que meu marido, pelo seu agir, não mereça meu amor, devo amá-lo porque Deus na Sua sabedoria nos manda agir assim. Devemos seguir o exemplo do Senhor que nos ama apesar das nossas transgressões, infidelidade e desamor.

O amor é apresentado na Bíblia, em 1Co 13:4-8a, de um modo tão maravilhoso que só mesmo vindo de um Deus tão maravilhoso e tão amoroso!
"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha."

Amar é um compromisso que temos:

a) Com Deus;
b) Com nossos semelhantes.

a) Com Deus
Se queremos ser uma mulher segundo o coração de Deus, devemos seguir o que a Bíblia nos ensina e também amar a Deus acima de todos e de todas as coisas - antes mesmo do meu marido e dos meus filhos.
Em Deuteronômio 6:5 a Palavra de Deus nos diz:

"Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças."


b) Com nossos semelhantes
A Bíblia nos diz que devemos amar o próximo como a nós mesmos.

-Amar meu marido do jeito que ele me trata? É impossível!

Aos nossos olhos, e se dependermos de nossas forças, é realmente impossível Mas, graças a Deus, que Ele é nosso Pai e que tem poder. "O coração do rei [e também o nosso] está em Suas mãos" (o grifo é meu). Quem somos nós para limitar o poder do Senhor? Se desejo transformar meu coração de pedra, rebelde, em um coração cheio de amor por meu marido, Ele, com certeza, irá transformá-lo. Mas, mesmo antes de acontecer esta transformação, devo colocar os meus joelhos no chão e orar, orar e orar pela salvação do meu marido, mesmo que seja por 10, 20 ou 30 anos. Deus, com certeza irá responder a minha oração!

Quando meu marido vir em mim uma esposa diferente, uma mulher transformada que demonstra bondade, humildade e amor, então ele vai decidir, no coração, aceitar este Deus maravilhoso que transformou a sua esposa e irá transformá-lo. Ele, certamente, vai se entregar de corpo e alma a Jesus que morreu e derramou o Seu sangue no meu lugar e no dele

Que Deus abençoe o teu coração com um amor infinitamente grande a fim de que possas ver a necessidade urgente de te importares com a alma eterna do teu marido!
---------------------------------------------------




Valdenira Nunes de Menezes Silva



 

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). Esta Bíblia e a ARC (excelente até a edição 1894, ainda aceitável nas edições da IBB/JUERP, desaconselhada na edição SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).




 

Retorne a solascriptuta-tt.org/DoCoracaoDeValdenira