EM QUE CONSISTE A BELEZA DA MULHER      (V.N.M.S., 02.98)

1 Pedro 3:3-4 “O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura de vestes, mas o homem encoberto no coração, no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.”

 Pedro exorta às mulheres:

1) A não exagerarem na aparência física (dando a ela mais valor que à beleza interior).

Pedro não está pregando contra batom, brincos nem penteados (note os enfeites nas noivas de Cristo e a de Isaque).

Ele está fazendo contraste entre beleza exterior e interior.

OBS.: É importante que a mulher se cuide, mesmo depois de casada. Há mulheres que não se cuidam depois que conseguem seu príncipe encantado. Não há desculpa para a mulher deixar de ser bonita (também) por fora.

Por que não fazer ginástica? Por que não cuidar do “templo do Espírito Santo”? A ginástica é boa para a saúde e para a beleza exterior.

2) A dar ênfase à beleza interior

Para Deus, a beleza interior é mais importante que a beleza exterior. Ele acha importante a mulher ter um espírito manso e tranqüilo. Isto é que realmente tem valor. A palavra traduzida por grande valor significa literalmente precioso.

Devemos encher nosso coração, nossa vida, com a Palavra de Deus. Por que?

a)    Ela vai deixar nosso interior “precioso” ao olhos do Pai;

b)    Ela vai torná-la “preciosa” ao olhos do seu marido;

c)    Ela vai torná-la aquela mulher “preciosa” que outras mulheres gostariam de ser.

Devemos gastar horas em oração, conversando com nosso Pai do Céu, pedindo que sejamos aquela mulher que Ele quer que sejamos, aquela mulher que agrade ao esposo que Ele lhe deu.

OBS.: A beleza interior é uma qualidade ou característica incorruptível.

A beleza exterior ou aparência física é uma característica corruptível. Vestidos, jóias, beleza física, tudo isto passa, pois somos criaturas mortais; mas um espírito manso, amoroso, tranqüilo nunca perecerá.

Mansidão – Entregar todos os direitos a Deus pois, Jesus “quando ultrajado, não revidava com ultraje, quando maltratado não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente”.

Ex.: Muitas vezes eu digo: “Eu tenho meus direitos!” Entregue-os a Deus.

Pessoas de grande caráter – Têm controle de si mesmas, não entram em pânico, não se irritam, são mansas e tranqüilas. Uma mulher com estas características não deve ser considerada fraca mas sim uma mulher que confia no Senhor e sabe que o “coração do rei” está nas Suas mãos.

Quero ser uma mulher assim!

1)      Você já deu o primeiro passo: querer mudar.

2)      O segundo passo é saber que este processo de mudança dura uma vida inteira.

OBS.: Mudar a beleza exterior é coisa de minutos (para algumas são horas) mas para desenvolver uma beleza interior ou qualidades incorruptíveis é necessário toda uma vida.

3)      O terceiro passo, é submeter esta sua vontade à obra do Espírito Santo, pedindo a Deus que fale bem alto ao seu coração para que você possa desenvolver estas qualidades incorruptíveis.

OUTRO ASPECTO DA MULHER BONITA:

Obediência ao marido. I Pedro 3:5-6.

Obedecer é muito difícil para a mulher.

No grego, “obedecer” =  prestar atenção cuidadosa a alguém. Suprir as necessidades do outro.

Mulheres ativas de hoje em dia, envolvidas em atividades da sua igreja, na escola de seus filhos, no clube, deixam de atender às necessidades do seu lar, não têm nenhuma disposição para suprir as necessidades do marido. Se você suprir as necessidades do seu marido, será que ele vai se aproveitar disso? Veja a promessa de Deus: “praticando o bem e não temendo perturbação alguma”.  Deus honra quem obedece à Sua Palavra. Ele não permitirá que seu esposo se aproveite da situação.

OBS.: A mulher que age como as santas mulheres que esperavam em Deus, estando submissas a seus próprios maridos, é chamada filha de Sara.

Deus quer abençoar seu marido, seus filhos e muitas outras pessoas, através de sua beleza interior.

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). Esta Bíblia e a ARC (excelente até a edição 1894, ainda aceitável nas edições da IBB/JUERP, desaconselhada na edição SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).




Retorne a solascriptuta-tt.org/DoCoracaoDeValdenira/