A História de Dois Pais




Texto: Gênesis 13

De acordo com Focus On The Family, "mais de 20 milhões de crianças americanas crescem sem [a presença de] um pai." Eles acrescentam que "os Estados Unidos lideram o mundo com famílias sem [a presença de] um pai."

Em meio a uma sociedade onde tais filhos [sem a presença de] um pai são um problema terrível, de acordo com Salmos 68:5: Deus continua a ser “Pai de órfãos”. No entanto, Deus também quer ser um Pai do céu para aqueles que já têm um pai terreno em suas vidas. Davi foi pai terreno de Salomão, mas, cinco vezes nas Escrituras, o Senhor disse, "Eu serei o seu pai." [referindo-se a Salomão]. Se seu pai está morto ou vivo, perto ou longe, Deus quer ser seu pai, esta manhã.

Abraão e Ló eram, ambos, homens salvos. Seis vezes no Novo Testamento, lemos que Abraão creu em Deus, e foi imputado a ele por justiça. Ele era salvo.

2 Pedro 2:7 chama Ló de um homem justo. Deus quase foi persuadido por Abraão a poupar a má cidade de Sodoma por causa da justiça de Ló e sua família [ah, se Abraão tivesse insistido mais um pouco e perguntado se Deus não pouparia a cidade se houvesse nela um só justo!...]. Ló era um homem salvo.
 
Mas o modo de Ló e de Abraão viverem suas vidas, criarem suas famílias, e os resultados que eles receberam estão em contraste gritante [um com o outro]. Enquanto você analisa a sua própria vida diante do Senhor, esta manhã, pergunte a você mesmo algumas questões sérias. Pergunte com quem você se parece mais: Abraão ou Ló? Eu vou sugerir-lhe algumas perguntas para ajudá-lo a avaliar onde você está localizado.



I. PARA ONDE EU ESTOU OLHANDO?

 Isto tem a ver com valores e objetivos, com   seus propósitos, desejos e planos. O que é que seu coração está buscando?

Seus filhos começam a vida olhando para você. Eles logo descobrem para onde você está olhando.


A. Ambos, Abraão e Ló, desceram para o Egito. Depois, ambos saíram daquele lugar de ímpios. Mas quando Ló deixou o Egito, o Egito, não deixou Ló. Seus filhos podiam ver onde estava o seu coração.


B. Ló estava apenas procurando por grama. 13:6-13

1. Como um pastor, ele precisava de abundante grama para seu rebanho crescer mais
.

2. Ele tinha se tornado infectado com um desejo pelo próspero, carnal estilo de vida do Egito. Ele tinha a mentalidade de enricar rapidamente.

3. A semelhança entre a planície fértil do Jordão, e a terra do Egito, era óbvia para Ló. Assim, ele fez sua escolha. (Gen 13:10-11)

4. Ele estava fixado em procurar por grama verde, ao invés de procurar o bem maior que é a vontade de Deus
.


C. Abraão estava à procura da graça. Deus estava dirigindo sua vida.

1. Hebreus diz que ele “... esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus.”

2. Abraão olhou para onde Deus estava dizendo a ele para olhar. Gen. 13:14-15

3. Ele estava ouvindo as promessas, avisos e comandos de Deus.



D. Isto me faz lembrar que podemos construir nossas vidas sobre coisas que duram, ou sobre coisas que são lixo.



II. PARA ONDE ESTOU INDO E CONDUZINDO?

Eu cresci assistindo a um programa de TV chamado "Father Knows Best." (Papai Sabe Melhor). Naqueles dias, este título não era uma piada. Era totalmente acreditável. Pais eram geralmente respeitados. Pais eram os protetores e provedores de suas famílias. Pais eram esperados ser os líderes da casa, de volta àqueles dias primitivos.


A. É esperado que cada pai seja um líder.


B. Suas escolhas têm um efeito de magnificada- reverberação sobre outras pessoas - membros da sua família e, especialmente, seus filhos.


C. Quando Deus ordenou que Ló deixasse Sodoma, Ló não pode conduzir a sua família da forma que deveria. 19:14

1. Ele já havia perdido a sua influência.

2. Ele tinha permitido sua esposa e filhos caírem sob a influência do mal à volta deles.

3. Como resultado das contemporizações morais de Ló, a sua família tinha se apaixonado pelo mundo.

4. Sua esposa desobedeceu, olhou para trás, e foi julgada. 19:17, 26


D. Veja quão diferente foi com Abraão.
1. Quando foi dito a Abraão para levar seu filho Isaque para ser sacrificado, Abraão foi obediente a Deus e Isaque foi obediente ao seu pai. 22:6-14

2. A obediência de Isaque demonstrou que seu pai era o líder em sua família.


E. A vida Abraão teve impacto sobre sua família.



III. QUAL É O MEU LEGADO?
A. Um legado é uma herança transmitida para as futuras gerações. Ele pode ser mais do que apenas propriedade, e pode muito bem incluir passando reputação, valores, caráter, ou capacidade, de uma geração para a seguinte. O legado pode ser positivo ou negativo.


B. O legado de Ló foi um resultado de imoralidade na sua vida. Gênesis 19:32-38
1. Duas más nações surgiam a partir da sua conduta pecadora.

2. Moabe e Amon tornaram-se duas nações que estavam envolvidas em idolatria.


3. Cada uma delas incentivaram suas filhas a se casarem com os filhos de Israel, a fim de atraí-los para longe de adorarem ao Senhor.
 

C. O legado de Abraão foi visto em um filho que respeitou e amou seu pai, e seguiu o Deus do seu pai.

1. Isaque passou uma herança espiritual para seus próprios filhos, os quais também a passaram para suas famílias.

2. Deus tornou-se conhecido como o Deus de Abraão, Isaque e Jacó.

3. Abraão tornou-se conhecido como o amigo de Deus e como o Pai da fé.



D. Pai, qual é o seu legado para a sua família?

Há alguns anos atrás, Louis Sullivan, o Secretário da Saúde e Serviços da Família, fez esta declaração perspicaz: " A ausência masculina da vida da família é o maior desafio da nossa geração." Você já viu as estatísticas. Filhas que vivem sem a presença do pai são 53% mais prováveis de se casar como adolescentes, 164% mais prováveis de ter um filho fora do casamento. Elas têm uma taxa de divórcio 92% mais elevada do que as meninas que são criadas com um pai em casa. É duas vezes mais provável que filhos criados sem a presença do pai abandonem a escola secundária, e é 50% mais provável que eles tenham dificuldades de aprendizagem. De acordo com o National Center for Health Statistics, filhos que não vivem com o pai são 200% mais prováveis de ter problemas emocionais que necessitem de ajuda psicológica. Oitenta por cento dos adolescentes internados por motivos psiquiátricos vêm de famílias sem pai.
 
Um estudo universitário realizado em 1900 descreve dois homens que viviam no Nordeste [dos Estados Unidos], ao mesmo tempo, durante os anos de 1700. Um era chamado Max Jukes; o outro era Jonathan Edwards. Jukes não era um cristão e educou seus filhos sem uma base cristã. O registro dos descendentes de Jukes não é preciso; no entanto, nós conhecemos muitos que passaram grande tempo na prisão; algumas das mulheres foram prostitutas; outros foram alcoólatras; alguns foram ladrões ou assassinos; muitos eram miseravelmente pobres. A família Jukes custou à sua comunidade milhões de dólares porque seus descendentes não fizeram nenhuma contribuição positiva para a sociedade.

Por outro lado, Jonathan Edwards amava o Senhor e ensinou a seus 12 filhos os princípios da Palavra de Deus. Edwards teve cerca de 929 descendentes. 62 foram médicos. 75 foram oficiais do exército ou da marinha. Houve mais de 100 advogados, com 30 que se tornaram juízes federais. Mais de 100 foram pregadores do evangelho ou professores de seminários; outros 86 foram professores de faculdades. 3 foram eleitos como governadores, 13 se tornaram membros do Congresso dos Estados Unidos; um foi vice-presidente dos Estados Unidos da América (Aaron Burr). A família descendente dele [de Jonathan Edwards] nunca custou ao estado um centavo; na verdade, a América foi abençoada pelos filhos de Jonathan Edwards.
 
Um estudo da Heritage Foundation descobriu que crescer sem a presença do pai é agora o mais seguro preditor isolado de [o filho vir a praticar] crimes. 70% de todos os adolescentes e reclusos de longo prazo, 60% dos estupradores, e 72% de adolescentes assassinos vêm de casas que não têm a presença do pai. É perigoso crescer em uma casa sem um pai crente no Senhor.





Pastor Gary Webb


Traduzido por Valdenira N.M. Silva, 2008

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org/ )


Retorne a solascriptuta-tt.org/DoCoracaoDeValdenira/