JOQUEBEDE- A MÃE QUE CONFIOU NO SENHOR




"Pela fé Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais,  porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei." (Hebreus 11:23)



1- INTRODUÇÃO

Antes de conhecermos a história de Joquebede, a mãe que confiou no Senhor, vamos ver os personagens que fizeram parte dela:

Joquebede - escrava hebréia no Egito, esposa de Anrão, mãe de Moisés, Miriã e Arão.

Moisés - filho legítimo de Joquebede, filho adotivo da filha de Faraó, irmão de Miriã e Arão.

Filha de Faraó - moça de coração compassivo, meigo e nobre, usada por Deus para salvar Moisés.


2- E CREU JOQUEBEDE NO SENHOR...

O povo de Deus, por causa da sua rebeldia perante o Senhor, tornou-se escravo no Egito. Faraó com medo que os judeus se tornassem muito fortes e se unissem a outro povo contra o seu reino, mandou matar todas as criancinha do sexo masculino.
Já se havia passado trezentos anos da morte de José, filho de Jacó e Raquel, quando nasceu Moisés, aquele que estava nos planos de Deus para salvar o povo judeu da escravidão.
Joquebede, sua mãe, o amava muito e não queria que os soldados de Faraó o descobrissem e o matassem jogando-o no rio Nilo.
Com a mão protetora do Senhor, Joquebede conseguiu esconder seu filho por três meses.
Moisés era um bebê bonito e amado por seus pais mas estava prestes a ser encontrado e morto.
Exôdo 1:22 nos mostra o porquê do desespero de Joquebede:
"Então ordenou Faraó a todo o seu povo, dizendo: A todos os filhos que nascerem lançareis no rio, mas a todas as filhas guardareis com vida."

Todas as parteiras do Egito foram obrigadas por Faraó a matar todos os bebês do sexo masculino. Mas, dentre tantas parteiras, havia duas, Sifrá e Puá, que temiam mais ao Senhor do que a Faraó. Em seus corações era mais importante "...obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29).
Assim como Joquebede, elas amavam ao Deus todo poderoso e tinham em si mesmas princípios que ficariam com elas por toda suas vidas:

1- Deus sempre estaria em primeiro lugar em suas vidas;
2- Deveriam obedecer a Deus com alegria mesmo com risco de perder as próprias vidas;
3- Seriam sempre gratas por tudo que o Senhor já lhes havia dado;
4- Reverenciariam sempre o Senhor mesmo correndo riscos;
5- Obedeceriam sempre aos mandamentos do Senhor.

Se em vez de Sifrá e Puá, fôssemos nós que iríamos fazer o parto de Joquebede que decisão tomaríamos? Será que teríamos coragem de morrer por amor a Deus ou por obedecer à Sua Palavra? A mulher que é segundo o coração de Deus tem que ter sempre em seu coração o versículo que encontramos em Atos 5:29 e que diz:
"Mais importa obedecer a Deus do que aos homens." Amém?

Em Sua maravilhosa providência, Deus orientou as mãos das parteiras hebréias a fim de que o menino Moisés fosse poupado.
Cada acontecimento na vida de Joquebede estava dentro do plano cuidadoso do Senhor. E ela, como serva do Senhor usava da sabedoria que Deus lhe dera para por em prática os planos do Senhor para Seu povo. Mas ela estava também pondo em prática a sua fé. Ela confiava no Senhor e amava o seu filho. Ela, por confiar no Senhor, sabia que Deus estava no controle de tudo e Ele ia salvar o seu filho Moisés. Realmente, ela era uma mulher de fé. Poucas mulheres da Bíblia fizeram parte da galeria dos heróis da fé. Fazem parte dela: Sara, Raabe e... Joquebede. A Bíblia nos diz em Hebreus 11:23: "Pela fé Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque... não temeram o mandamento do rei."
Quando leio este versículo, sinto-me fortificada e com vontade de ser como Sara, como Raabe ou como Joquebede, mulheres de fé e segundo o coração de Deus. Ah, como almejo ter tamanha fé e me tornar uma mulher segundo o coração de Deus! Muitas vezes, penso como o apóstolo Paulo quando ele diz: "... quando quero fazer o bem, o mal está comigo. Porque segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros. Miserável homem que sou! quem me livrará do corpo desta morte?" (Romanos 7:21-24) Apesar disto tudo, eu sei que tenho que:
a- pela fé colocar no altar do Senhor todos os problemas que me rodeiam, todos os problemas que a meus olhos não têm solução;
b- pela fé tenho que crer que o Senhor está no controle de tudo;
c- pela fé devo confiar no Senhor como me diz o Salmo 56:3: "Em qualquer tempo que eu temer, confiarei em Ti.";
d- pela fé devo fazer como Joquebede que, literalmente, fez como nos diz Eclesiastes 11:1: "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás." - ela, pela fé, colocou Moisés num cesto de junco e lançou-o no rio Nilo. Ele deu este passo de fé mas, com certeza, o seu coração estava triste. Ela confiava no Senhor mas, como mãe, ela sofria com a separação, sofria por não saber o futuro do seu tão querido filhinho.
Deus estava vendo o sofrimento de Joquebede e decidiu ampará-la e, certamente, colocou em seu coração a certeza de dias melhores para seu filho. E a paz de Deus surgiu em seu coração dando-lhe tranqüilidade  e confiança. Que Pai maravilhoso nós temos!
Enquanto o Senhor trabalhava no coração dela, Ele também conduziu a filha de Faraó até a margem do rio. Foi Deus quem a fez ver o cesto onde se encontrava o pequenino Moisés e foi também Ele que colocou compaixão no coração desta jovem egípcia que teve amor pela criancinha logo que a viu.
Deus continuou agindo na vida da filha de Faraó e na vida de Joquebede. Vejam o que este Deus amoroso ainda fez: O pequenino Moisés precisava ser amamentado, então a filha de Faraó, que já havia decidido adotá-lo, autorizou Joquebede a levá-lo todos os dias para a sua casa para alimentá-lo com seu leite. Que provisão maravilhosa para esta mãe que repousou sua ansiedade nos pés do Senhor!

Ah, minha irmã, lance o seu pão sobre as águas! Confie que o Senhor está cuidando do seu filho mesmo ele indo para outro país fazer um doutorado, mesmo ele estando se casando, mesmo ele indo morar em outra cidade, mesmo você sentindo que seu filho está indo embora da sua vida, mesmo você pensando que o está perdendo. Pela fé, creia que o Senhor está ciente da situação. Creia que Ele está agindo e dando o melhor para seu filho. Creia no Senhor e nunca duvide que Ele a ama, que ele ama seu filho e que os Seus planos são bem melhores do que os seus planos.

Joquebede amamentou seu filho Moisés por aproximadamente dois anos e meio. Durante este tempo o que podemos imaginar que aconteceu?

1- Podemos imaginar ela ninando seu filho com cantigas que falavam do amor de Deus por ele.
2- Podemos imaginar ela falando do Senhor, Criador dos céus e da terra.
3- Podemos imaginar ela falando do plano maravilhoso de Deus que enviaria o Seu Filho Jesus Cristo para morrer no lugar dele e dela e lhes dar a vida eterna.

Ela, com certeza, foi uma mãe que se importou com a vida espiritual de seu filho. Foi ela quem incutiu no coração de Moisés o amor pelo seu povo e, principalmente, o amor e obediência a Deus.
E você, minha irmã, está falando do amor de Deus a seu filho? Você lê, diariamente, a Bíblia ele? Você ensina hinos de louvor a ele? Você o disciplina como o Senhor nos ensina na Sua Palavra?
Nunca esqueça que a alma de seu filho está em suas mãos. Deus lhe deu esta responsabilidade e você não pode falhar, pois o destino eterno do seu filho depende de você e de sua submissão a Deus. Você quer que seu filho seja salvo? Você quer que ele esteja ao lado do Senhor por toda a eternidade? Então comece desde cedo, ninando seu filhinho com...
"Foi Jesus que abriu o caminho pra o céu,
Não há outro meio de ir.
Nunca irei entrar no celeste lar
Se o caminho da cruz errar..."

Nunca nine seu filho com cantigas como:

"Boi, boi, boi,
Boi da cara preta
Vem pegar Joãozinho
Que tem medo de careta",
pois ela nunca irá edificá-lo mas, com certeza, irá assustá-lo.

A Bíblia em Provérbios 22:6 me diz que devo educar "... a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele."
Novamente, gostaria de perguntar-lhe: Você está falando do Senhor todos os dias a seu filho? Nunca esqueça que A ALMA DO SEU FILHO ESTÁ EM SUAS MÃOS.

Resumindo a vida de Joquebede vemos que ela...
1- foi uma mulher que amava a Deus e também amava seu filho que estava condenado a morrer nas águas no rio Nilo;
2- foi uma mulher corajosa ao esconder seu filho dos soldados de Faraó que procuravam criancinhas do sexo masculino para matar;
3- foi uma mulher de fé. Ela creu que o Senhor resolveria este grande problema que a seus olhos era de difícil solução;
4- assim como Ana, entregou seu filho Moisés ao Senhor confiando que Deus tinha o melhor para ele.

Minha irmã, siga os passos de Joquebede. Seja uma mulher de fé, confie que o Senhor está controlando não somente sua vida mas também a vida de seu filho, de seu marido, de sua família.
Seja corajosa, forte, sábia e entregue seu filho nas mãos do Senhor.

"Senhor Deus nosso Pai, obrigada pelo dom maravilhoso que Tu me deste de ser mãe. Obrigada pelos cinco presentes que Tu me deste, pelos cinco filhos bons e amorosos que são a alegria de minha vida.
Que eu possa, Senhor, amá-los do mesmo modo e com a mesma intensidade que Tu os ama.
Que eu, pela fé, possa entregá-los em Tuas mãos para que possas agir em suas vidas da maneira que Tu planejaste.
Cuida deles, Senhor!
Amém."
------------------------------------------------




Valdenira Nunes de Menezes Silva



 

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). Esta Bíblia e a ARC (excelente até a edição 1894, ainda aceitável nas edições da IBB/JUERP, desaconselhada na edição SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).




 

Retorne a solascriptuta-tt.org/DoCoracaoDeValdenira