O PERDOAR QUE AGRADA A DEUS




"E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nosso devedores." (Mat 6:12)




Perdoar não é fácil, principalmente quando a outra pessoa não reconhece o seu erro e não perde perdão.

Isaías 55:7 diz que Deus é grandioso em perdoar. Então, eu, como uma filha dEle, devo ser assim como Ele é: bondoso, amoroso e perdoador. Devo ter um coração cheio de perdão assim como Ele tem.

Mas em meu coração eu posso estar pensando:
Por que tenho que perdoar o meu marido se ele nem ao menos reconhece os seus "inúmeros" erros?

Vejamos alguns motivos pelos quais eu devo perdoar o meu marido mesmo ele não reconhecendo o seu erro, nem me pedindo perdão:


1- Porque o verdadeiro amor deve ser derramado sobre a pessoa que se ama. Se eu não amo mais meu marido mas quero ser feliz, então, devo de todo o meu coração e de joelhos no chão, pedir ao Deus Todo Poderoso que mude o meu coração para um coração cheio de amor pelo meu marido para que assim eu possa ser feliz. A Bíblia, tão sabiamente, nos diz em 1 Coríntios 13:5b que "o amor... não busca os seus interesses, não se irrita..." Devo, então, me esforçar para não querer satisfazer o meu ego, esperando que ele, que errou, venha pedir perdão. Não devo buscar os meus interesses, nem a minha satisfação mas devo dizer assim:
_"Amo o meu marido, por isso devo perdoá-lo mesmo se ele não vier pedir perdão." É difícil não é? Mas é assim que Deus quer que eu haja.

1Co 13:7
ainda nos diz que o amor "tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."


a) O amor tudo sofre - Quando meu marido me maltrata, com certeza, eu sofro. Sou humana e isto seria uma reação normal de minha parte. Mas, apesar de sofrer (devo procurar não ter raiva, não ter ódio - e se tivermos estes sentimentos procuremos não alimentá-los mas oremos e peçamos socorro ao Senhor) não devo deixar transparecer sentimentos errados mas, talvez, apenas tristeza pelo que aconteceu. É difícil, não é? Mas é assim que Deus quer.

Mas por que tenho que me esforçar para não deixar transparecer revolta pelo erro dele e tenho que pedir socorro a Deus?
Porque tenho que testemunhar de Cristo a meu marido - seja ele descrente (para levá-lo a Cristo) ou seja ele crente (para o Espírito Santo transformá-lo pelo meu agir).
Apesar de sofrer, tenho que perdoá-lo porque o amo.
===============================


b) O amor tudo crê - O verdadeiro amor confia.
A Bíblia nos diz em Isa 26:4 "Confiai no Senhor perpetuamente."

Se o Senhor quer que confiemos nEle, então devemos confiar também no nosso marido, não o provocando ao mostrar dúvidas ou desconfianças.
No casamento deve haver confiança mútua mas, caso não haja, faça então a sua parte confiando nele.

Se, no entanto, alguma dúvida surgir, coloque-a aos pés do Senhor e peça a Ele para resolver o problema da melhor maneira para você e seu esposo. Apesar da dúvida devo perdoá-lo e nada esperar de volta.
Com a ajuda de Deus, creio nele porque o amo.
===========================================



c) O amor tudo espera
- O amor por ser paciente tudo espera. Espera e confia que seu esposo, que tanto a faz sofrer e que nunca pede perdão, será transformado por Deus.
Por amor eu espero.
==================================================



d) O amor tudo suporta
- Não é fácil suportar, muitas vezes, agressões físicas ou agressões através de palavras que ferem bem fundo na nossa alma, mas Deus quer que coloquemos todo o nosso sofrimento a Seus pés e quer que entreguemos a Ele as rédeas do problema. E, enquanto Ele age, nós devemos colocar os nossos joelhos no chão e repousar nEle que é o nosso Pai e que está conosco em todos os momentos. Mesmo assim perdoemos nosso marido! O nosso perdão é o resultado do amor que temos por ele, um amor que existe além das nossas forças, pois é Deus que o coloca em nosso coração.

Graças a Deus que nos criou à Sua imagem e semelhança. E, por sermos Suas filhas, refletimos a imagem dEle às pessoas que nos observam. E "todas as vezes que transmitimos amor, praticamos um ato de bondade, somos capazes de perdoar, de mostrarmos um pouco mais de paciência e cumprimos nossos deveres fielmente, os outros sentirão a presença de Deus por nosso intermédio." (Elizabeth George)
===================================================================
===================================================================



2
- Porque sou uma filha de Deus e tenho que dar testemunho a meu marido e ao mundo.

a- A mulher ímpia não perdoa; ================== a- A filha de Deus perdoa porque ama seu marido;
b- A mulher ímpia se vinga;     ===================b- A filha de Deus procura fazer o bem ao marido;
c- A mulher ímpia responde em pé de igualdade; ====== c- A filha de Deus conversa equilibradamente;
d- A mulher ímpia exige que ele se desculpe. =========d- A filha de Deus perdoa sem que ele peça perdão.


Provérbios 31:29
diz que "Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente!"

Por isso devo agir como sendo a melhor dentre as melhores para assim agradar a meu Deus. Devo perdoar sem esperar nada em volta porque amo a Deus, amo meu marido e porque tenho que dar testemunho através do meu agir - perdoando.
======================================================================

===============================================================


3
- Porque quero que Deus me perdoe assim como eu perdôo o meu marido.

Mat 6:12
diz o seguinte sobre o perdão: "E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores."

Vejam que exemplo bonito de perdão: "E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem." (Luc 23:34)

O pouco ou muito que tenho que perdoar o meu marido não chega nem perto do que Deus tem me perdoado. O perdão dEle é tão profundo que a Bíblia diz em Heb 8:12 o seguinte:
"Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, e de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais."
Existe amor maior do que este?

Por que não fazemos como o Senhor? Sei que não é fácil, mas com Ele nos ajudando, podemos não só perdoar nosso marido mas amá-lo e jogar, lá bem fundo no poço, os erros, o não pedido de perdão e outras tantas coisas que estavam querendo nos deixar longe da vontade de Deus.

Que o Senhor esteja sempre nos orientando, nos ensinando, trabalhando em nossos corações e nos fazendo crescer no conhecimento de Sua Palavra para que sejamos sempre fiéis e capazes de perdoar com o perdão que agrada a Ele.
-----------------------------------------------



Valdenira Nunes de Menezes Silva



 

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). Esta Bíblia e a ARC (excelente até a edição 1894, ainda aceitável nas edições da IBB/JUERP, desaconselhada na edição SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).




 

Retorne a solascriptuta-tt.org/DoCoracaoDeValdenira