UMA RELAÇÃO DE AMOR PROFUNDA, TERNA E ÍNTIMA

Valdenira Nunes de Menezes Silva




"E criou Deus o homem à Sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou" (Gênesis 1:27).




Para que um casamento seja feliz é necessário que ele seja alicerçado nos princípios e conceitos de Deus.
A Bíblia é perfeita e confiável. As culturas mudam, os estilos de vida ficam diferentes, o modo de pensar de cada pessoa muda a cada dia mas a "Palavra do Senhor permanece para sempre" (1 Pedro 1:25). É ela que nos mostra o caminho a ser seguido para que sejamos felizes dentro do perfeito plano de Deus para o nosso casamento.

Sabemos que, no mundo de hoje, existem casamentos entre cristãos que estão longe dos padrões divinos. Os envolvidos sentem que pouco a pouco a união entre eles está se deteriorando e, muitas vezes, vão pedir conselhos àquelas pessoas que já passaram ou estão passando pelo mesmo problema. Deus sempre está em segundo ou terceiro planos em suas vidas.

O Dr Paul D. Meyer nos diz que só existem "três escolhas para qualquer pessoa envolvida num casamento infeliz: (1) pedir divórcio - a saída mais fácil e mais imatura de todas; (2) suportar o casamento sem procurar melhorá-lo - outra decisão imatura mas não tão irresponsável quanto o divórcio; e (3) enfrentar com maturidade os tropeços e decidir-se a construir um casamento íntimo com aquele que já tem - a única escolha realmente sábia a ser feita."

Amada irmã, você se acha nesta situação? Então, qual destas três decisões você vai tomar?
Você acha que não existe pior casamento do que o seu?
Para você, tanto faz como tanto fez ter um casamento feliz ou infeliz?
Não é isso que o Senhor quer na sua vida. Ele a criou para que você fosse feliz, juntamente, com seu marido.
Você ainda pode ter um casamento feliz se seguir o plano que Deus traçou na Bíblia para a felicidade do homem e da mulher.
Vamos esquecer das coisas que o mundo nos tem ensinado e iniciarmos uma caminhada através de Gênesis, onde o Senhor irá nos mostrar qual o Seu plano original para o casamento entre um homem e uma mulher ...

1- Foi Deus Quem Criou O Homem E Depois A Mulher

"E criou Deus o homem à Sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou" (Gênesis 1:27).

Foi Deus quem me criou e criou o meu marido para trazer alegria para a minha vida.
Deus não criou o mundo só com homens ou só com mulheres, pois deste modo tudo ficaria sem graça, descolorido, enfadonho ...
Deus criou o homem e a mulher, uniu-os através do casamento e fez brotar em seus corações um amor divino e prazeroso.
Com a criação da mulher o grande problema da solidão desapareceu, foi resolvido.

2- Foi Deus Quem Decidiu Resolver O Primeiro Grande Problema Do Homem ... A SOLIDÃO.

"E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele. Havendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome. E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea. Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar; E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão" (Gênesis 2:18-22).

Adão foi criado por Deus e vivia, diariamente, em comunhão com Ele. Apesar destes momentos maravilhosos com o Senhor e de ter a companhia de todos os animais ... faltava alguém para completar a sua vida - uma companheira, uma amiga ... uma esposa.
Ele vivia em um ambiente perfeito mas se achava só.
Vendo Deus que esta situação não era boa para Adão, criou então a mulher que foi tirada dele (do homem) mas que o completava. Deus a criou para ser sua ajudadora, sua apoiadora, sua amiga.
A necessidade de companhia e realização que tanto Adão precisava foi preenchida pela mulher que o Senhor, amorosamente, criou para ele.

E você, minha amiga, preenche as necessidades espirituais, intelectuais, emocionais e físicas que tanto seu esposo necessita? Ou vocês dois caminham lado a lado desde muito tempo mas continuam sozinhos?

Agradecemos ao Senhor por Ele ter deixado na Sua Palavra meios que servem para remediar a situação de cada um que está necessitado. Estes meios existem mas depende de cada um decidir em seu coração seguir o plano que Ele traçou com perfeição e sem nenhum erro.


3- Foi Deus Quem Planejou E Ordenou O Casamento Com A Finalidade De Dar Ao Homem E À Mulher ... FELICIDADE.

"E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada" (Gênesis 2:23).

Os estudiosos do hebraico dizem que estas palavras de Adão foram de grande alegria e muito júbilo. Elas soaram aos ouvidos de Eva como aquelas de Cantares de Salomão (8:7) ... "As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo." São palavras ternas, doces e amorosas.
Podemos imaginar a alegria que surgiu em seus corações quando se viram pela primeira vez.
Lembro-me quando vi Hélio, meu esposo, pela primeira vez ... achei-o lindo e meu coração bateu descompassadamente. Deus o criou para mim, pois Ele sabia que ele era tudo que eu estava precisando.
O mesmo acontece com você, minha amiga. Deus criou seu marido para a completar. É ele e somente ele tudo o que você está precisando. Basta você seguir os princípios que o Senhor deixou na Bíblia e toda a sua vida será transformada para melhor.

Embora muitos não creiam, "o casamento foi destinado a proporcionar-nos alegria, felicidade, e o desígnio de Deus nunca falha."
Você crê nisto? Eu creio.

4- Foi Deus Quem Disse Que Devemos Deixar Todos Os Outros Relacionamentos, Nos Unir Ao Nosso Cônjuge E Nos Tornar Uma Carne.

"Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á a sua mulher, e serão ambos uma carne" (Gênesis 2:24).

Para entendermos melhor este versículo e podermos aplicá-lo em nosso casamento, vamos dividi-lo em três partes:

I) Para que o casamento tenha um bom alicerce baseado na Palavra de Deus, é necessário começar com um deixar. Somente deixando os relacionamentos que tínhamos antes de nos casar e investindo no casamento que acabamos de iniciar (se você já é casada há muito tempo então por que não ter um novo início? Por que não começar tudo de novo?) é que poderemos ter uma união forte.
Dr Ed Wheat nos diz que "os laços de amor com os pais são sem dúvida permanentes, mas devem ser modificados para que a dedicação completa do homem [da mulher] se fixe agora na esposa [esposo]."
Nós devemos continuar honrando nossos pais, mas, agora, a pessoa mais importante na nossa vida, depois de Deus, é o nosso marido ..., não são nossos filhos, não são nossos pais, não é a igreja nem, muito menos, nosso trabalho. Somente, nosso esposo é a pessoa mais importante (depois do Senhor) em nossa vida.
Se você decide em seu coração seguir o que Deus diz na Sua Palavra, o seu casamento vai ser encarado por você como a coisa mais importante em sua vida e, então, ele vai se tornar forte.

Conheci um homem que amava tanto seu carro (super mini) que disse que preferia abandonar a esposa do que se desfazer deste "carrinho tão querido"! Incrível, não é?
O marido de uma amiga minha estava assistindo na televisão a um jogo de futebol muito importante e que, certamente, era a coisa mais importante da sua vida. Sua esposa, para chamar a sua atenção, colocou o seu mais bonito baby-doll e começou a passar várias vezes entre ele e o televisor. Infelizmente, ela ouviu o que jamais deveria ouvir: "Sai da frente, mulher!"

Observando Gênesis 2:24, podemos, então, aprender do Senhor o primeiro princípio para que o casamento tenha um início forte e dentro dos planos de Deus que é o deixar.

II) O casamento do crente deve ser sustentado pela Palavra de Deus. O versículo, além de dizer que devemos deixar nossos relacionamentos antigos, diz também que devemos nos apegar a nosso marido. Este apego deve ser por toda a vida ..., até que a morte nos separe.
Esta união deve ser tão forte que fique acima dos problemas, pressões e crises da vida.
É isto que Deus quer para o meu e para o seu casamento ... um compromisso eterno e indissolúvel.
Quando alguma decisão a ser feita surgir em sua vida, faça a você mesma as seguintes perguntas:

a- Isto vai  nos unir mais ou vai nos separar?
b- Isto vai mostrar ao meu esposo que eu o amo?
c- Isto vai deixá-lo orgulhoso de mim?

Um segundo princípio, que é o de nos apegar ao nosso marido, foi deixado por Deus em Sua Palavra para fortificar o nosso casamento.

III) Deus nos diz também na Sua Palavra que nos tornaremos uma carne. Tornar uma carne significa mais do que estarmos juntos. Para que eu e meu esposo sejamos uma carne é necessário que não haja uma terceira pessoa entre eu e ele - nem uma mulher estranha, nem meus pais, nem meus filhos, nem nada. Aos olhos de Deus nada pode estar interferindo entre nós.
Mas o homem (mulher), que traz consigo a natureza velha e a vive alimentando, esquece do que diz Provérbios 6:32: "Assim o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso destrói a sua alma".
Quando a Bíblia diz que ... "serão ambos uma carne", ela também se refere ao relacionamento sexual que não deve ser "praticado com constrangimento" pelo casal. O sexo foi criado por Deus e deve ser visto como um presente que Ele nos deu.
"... no padrão divino do casamento, o intercurso sexual entre marido e mulher inclui tanto o conhecimento físico íntimo como o conhecimento pessoal terno, também íntimo."

Ser ambos uma carne é existir uma união não apenas física mas uma união de mente, coração e espírito.
Este é o tipo de casamento que Deus quer ... um casamento baseado na Palavra que Ele nos deixou desde o princípio.
É nossa oração que a Palavra do nosso Deus entre em nosso coração como um bálsamo suave e nos convença de que é somente seguindo os sábios conselhos dEle que teremos um casamento forte e feliz e uma relação profunda, terna e íntima de amor.


(Estudo parcialmente baseado no livro do "O Amor Que Não Se Apaga")
----------------------------------------------------------------------

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org/ )


Retorne a solascriptuta-tt.org/DoCoracaoDeValdenira/