E Se o Filho Adulto de Um Pastor (ou Diácono) Se Desviar?


Hélio de Menezes Silva







PERGUNTA:

Bom dia, irmão Hélio,

nosso pastor pregou ontem que os pastores e os diáconos podem ter filhos que não são crentes, mas, mesmo assim continuarem como pastores e diáconos. Disse que a regra geral da Bíblia é esta, que Tito 1:6 está contradizendo 1 Timóteo 3:6 [portanto
Tito 1:6 não deve ser considerado] segundo a interpretação ou regra geral da Palavra de Deus.
Tt 1 (ACF2007) ....5 Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei:6 Aquele que for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de dissolução nem são desobedientes.7 Porque convém que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância;8 Mas dado à hospitalidade, amigo do bem, moderado, justo, santo, temperante;9 Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes.

1Tm 3 (ACF2007) 1 Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja.2 Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar;3 Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento;4 Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia
5 (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?);6 Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo.7 Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo.8 Da mesma sorte os diáconos sejam honestos, não de língua dobre, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância;9 Guardando o mistério da fé numa consciência pura.10 E também estes sejam primeiro provados, depois sirvam, se forem irrepreensíveis.11 Da mesma sorte as esposas sejam honestas, não maldizentes, sóbrias e fiéis em tudo.12 Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas.13 Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si uma boa posição e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus.14 Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te bem depressa;15 Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.16 E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória.

Depois ele usou Isaías 1:1-4 para dizer que [se é exigido do pastor ter filhos crentes] então o próprio Deus não podia ser pastor de Igreja. Por favor queira me responder pois sou cristão há muitos anos e sempre ouvi ao contrário [isto é, que se um filho (ou filha) de um pastor ou diácono, mesmo adulto, casado e vivendo longe, se caísse em grosseiro pecado e não quisesse se levantar da lama, ou se desviasse da fé ou apostatasse, então seu pai teria que deixar de ser pastor ou diácono].


Is 1 (ACF2007) 1 Visão de Isaías, filho de Amós, que ele teve a respeito de Judá e Jerusalém, nos dias de Uzias, Jotão, Acaz, e Ezequias, reis de Judá.2 Ouvi, ó céus, e dá ouvidos, tu, ó terra; porque o SENHOR tem falado: Criei filhos, e engrandeci-os; mas eles se rebelaram contra mim.3 O boi conhece o seu possuidor, e o jumento a manjedoura do seu dono; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende.4 Ai, nação pecadora, povo carregado de iniqüidade, descendência de malfeitores, filhos corruptores; deixaram ao SENHOR, blasfemaram o Santo de Israel, voltaram para trás.


************************************************************


RESPOSTA:
Bem, irmão,

a) Não está bem esse uso de palavras dizendo que uma passagem contradiz outra, uma deve ser desprezada, outra deve vencer sobre a outra. Como todo risco de cada letra de cada palavra é 100% de Deus, as duas passagens devem ser consideradas conjuntamente e como COMPLEMENTARES, não como uma contradizendo a outra e uma delas devendo ser escolhida para dominar e anular a outra.

b) Filho "téknon" é "uma criança vivendo [por incapacidade ou por desejo] em dependência dos seus pais". Portanto, todos os crentes (particularmente pastores e diáconos, que devem ser líderes e exemplos) devem ter seus filhos, e tais filhos (enquanto vivendo sob o teto e na dependência dos pais) devem ser bem amados, e bem educados, e bem disciplinados pelos pais, bem ensinados e treinados na Palavra de Deus. Mas, depois que se tornam adultos, depois que estão criados, depois que se formam e começam a trabalhar, depois que "engrossam os pescoços", depois que se casam e saem de casa, então, se um dos filhos se desviar do santo caminho em que foi treinado, isto será a mais dolorosa tristeza para os seus pais e a para sua igreja local, mas não desqualifica o piedoso pastor ou diácono para os seus ministérios, pois pais somente têm a obrigação profundamente de amar, de amorosamente prover e ensinar e treinar seus filhos até virarem independentes e não mais aceitarem ser tão dependentes quanto antes. Jamais, em nenhum local ou tempo ou situação, ninguém, mesmo o mais piedoso crente, pode converter ninguém, lhe dar fé, fazer com que seja salvo, fazer com que seja obediente a Deus. Nenhum pai ou mãe teve 1 mm de poder para, ele mesmo, converter seus filhos, portanto não pode ser responsabilizado se tentou, tentou, fez o melhor que podia, mas um deles cresceu, cresceu, se revoltou como o filho pródigo de Lc 15.

c) O verbo "governar", em 1Tm 3:4,5 não significa perfeição absoluta sem nunca ter a menor tempestade, sem nunca ter 1 mm de problemas, mas, sim, significa fazer o máximo e melhor possível para vencer tais ventos de tempestade, quer pequenos, grandes, ou mesmo vencedores sore nós. Deus somente exige que façamos nosso máximo, nosso melhor, com a graça dEle. Se um comandante de um pequeno navio competente e esforçadamente fizer tudo para evitar o maior furacão do mundo e não conseguir, e for alcançado por ele, depois maestralmente fizer tudo certo, por 5 noites e 5 dias, para evitar seu naviozinho afundar, mas vier uma ondona parecendo tão invencível que um marinheiro se lance ao mar pensando ser melhor para ele, e morrer, isto não tira o valor do comandante.

d) Seu pastor, irmão, tem razão ao observar que o fato de Israel ter tão horrivelmente se rebelado contra Ele (Is 1:1-4) não Lhe tira a perfeição de Pai, não O desqualifica. Seu pastor podia até ter dito que só houve um pai absolutamente perfeito (Deus), e, no princípio Ele teve apenas dois filhos (Adão e Eva) que Ele mesmo formou diretamente sem ter nenhum átomo de pecado, e depois criou em condições absolutamente perfeitas em ambiente absolutamente perfeito e sem pecado, mesmo assim ambos os filhos se rebelaram e pecaram contra Deus, sem que, de modo nenhum, isso O tenha desqualificado e seja sinal de imperfeição dEle.

e) Em resumo, concordo com seu pastor na extensão em que ele ensinou que um dos requisitos para se ser um pastor ou diácono é que tal homem seja um modelo de pai cristão amorosamente criando seus filhos (enquanto estejam em dependência dele) na disciplina e temor do Senhor. Se tal pastor ou diácono não estiver sendo tal exemplo, se não for um exemplo de amor e cuidado assim criando seus filhinhos, devia deixar seu tão honroso ofício. Mas se foi um tal exemplo de pai, depois um seu filho ou filha cresceu, cresceu, "engrossou o pescoço", saiu de casa, se desviou do santo caminho em que foi treinado, se revoltou contra seus pais e Deus, isto é dolorosíssima tristeza para seu pai e sua igreja, mas não necessariamente o desqualifica para os seus ministérios. Devemos chorar e orar juntamente com ele, orar por ele e pelos seus filhos (e pelos nossos, e por nós mesmos, claro).



Hélio de Menezes Silva



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EclesiologiaEBatistas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )