Eclesiologia Em 1100 Palavras


Hélio de Menezes Silva




ASSEMBLEIAS LOCAIS:
-Cada assembleia local tem por única Rocha e Fundamento o Cristo Mt 16:18 (cf. At 15:14; Ef 5:23; Cl 1:18; Ap 1:12-20), Que estabeleceu o conceito e protótipo dos quais cada assembleia é concretização e cópia. O NT não autoriza nada que lhe possa estar acima/ à frente/ "ajudando ao lado".

- Das 110 ocorrências de "ekklesia" no NT em sentido religioso, 109 têm o sentido Ap 2:1; 1Co 16:1 de "uma assembleia, ajuntamento, grupo local e organizado daqueles que já foram salvos, depois pediram e foram submersos em água e arrolados como membros daquela assembleia, e semanalmente se reúnem fisicmente para cultuar a Deus com 1 só doutrina e prática", ou o sentido de uma instituição conceitual, um conceito geral referente a isso Ef 5:2. Só 1 vez, em He 12:23 temos "ekklesia dos primeiros- nascidos tendo sido inscritos nos céus" referindo-se à assembleia LOCAL totalizada FUTURA (e, no início do verso, temos "paneguris", "o [festejante] ajuntamento de todos", referindo-se aos anjos).

- Em nenhum sentido, assembleia é substituição/ continuação/ expansão de Israel, nem da Lei Mt 9:17; Rm 10:1; 11:1;11:18,25,26; 1Co 10:32; Gl 3:24-26; Ef 2:15; Cl 3:11.

-
Em Mt 16:18 'edificarei ...' é futuro contínuo, significa 'estarei edificando'; a assembleia já existia antes de Pentecostes Atos 2:41; o início das assembleias foi durante o ministério do Cristo na terra. Mt 18:17.

- TODOS nós, os crentes desta dispensação, já fomos definitivamente submersos 1Co 12:13 por Cristo e com/ em/ dentro do Espírito Santo Mr 1:8, e por Este já fomos definitivamente habitados Rm 8:9.

- Presbíteros ("presbuteros"): varões anciãos da própria assembleia local, por ela longamente testados 1Tm 5:22 e formalmente reconhecidos como de maturidade espiritual, reconhecidos por toda a assembleia local Atos 14:23 (que foram chamados por DEUS), depois empossados Tt 1:5 para exercerem 1 de 2 ofícios: de presbítero- pastor (= bispo) (1 pastor supervisor, vários pastores auxiliares) 1Pd 5:1-2, ou de presbítero- diácono Atos 6:3,5-6; Fp 1:1. Ambos podem ser disciplinados 1Tm 5:19-20.

- O presbítero- pastor provém da própria assembleia local At 1:26; 14:23, que reconheceu o chamamento dele por DEUS Atos 13:2-3. Ele tem que eternamente satisfazer todas e somente todas as 25 exigências de 1Tm 3:1-7,11 + Tt 1:5-9 (ser varão casado, com esposa e filhos exemplares, não novato, ...). Deve ser respeitado 1Co 4:1; Gl 4:14, obedecido 1Co 16:16; He 13:17, sustentado 2Cr 31:4; 1Co 9:7-11; Gl 6:6.

- O presbítero- diácono- serviçal tem que eternamente satisfazer todas as 18 exigências de Atos 6:1-6 + 1Tm 3:8-13 (ser varão casado, com esposa e filhos exemplares, não novato). É serviçal do seu presbítero- pastor- supervisor, liberando-o das tarefas materiais, mas é de extraordinário vigor e frutos espirituais At 6:8,10; 8:4-6,40; 21:8.

- Cada assembleia tem governo local e congregacional, por votação universal e igualitária de todos seus membros (adultos e não sob disciplina), sem haver nenhuma associação/ convenção/ denominação/ etc. acima/ à frente/ "ajudando ao lado"
At 1:23,:26; 6:3-6; 13:1-3; 15:22-23; 1Co 5:3-6; 16:3; 2Co 2:6-8; 8:19,23 (mas o seu presbítero- pastor não precisa de prévia aprovação de suas pregações ou de aspectos de sua liderança espiritual).

- Ordenanças: não temos sacramentos, mas somente (2) ordenanças dadas por Cristo nos evangelhos, que são cumpridas somente por uma assembleia local em reunião, têm natureza puramente simbólica e memorial:    1) Submersão- completa é a ideia primeira (ou única) dos verbos baptizo e bapto, e do substantivo baptisma Mr 1:5,8,10; Jo 3:23; Atos 8:38; Rm 6:1-5. Foi ordenada Mt 28:19-20; Mr 16:15-16; Atos 2:38. Implica identificação com Cristo (e, independentemente, com o grupo) Atos 19:4-5,7. Só é feita após (mas cedo após) crer e ser salvo, e pedir Atos 2:41; 8:12; 9:18; 10:44-48; 16:15, 31-34; 18:8.    2) Ceia do Senhor: instituída pelo Senhor Mt 26:26-28; Mr 14:22-24; Lc 22:17-20; 1Co 11:23-26; obedecida pelos apóstolos Atos 2:42; 20:7; não é transubstanciação (repetição do assassinato) He 10:10-18; nem consubstanciação; nem uma especial presença espiritual; mas somente é memorial 1Co 11:24-25.    Participantes: "ceia restrita" (ou "ceia dos de mesma doutrina"), convidando "todo o presente que tenha crido e sido salvo, depois pediu e foi submerso biblicamente At 2:41-42, e está em obediência e comunhão com Cristo e com sua assembleia local neotestamentária de interpretação literal, re-submersora, basicamente com mesma doutrina e prática nossas."    Modo Mt 26:26-29 ou Mr 14:22-24; Lc 22:17-20; 1Co 11:17-34: pão sem fermento 1Co 5:7-8, quebrado em pedaços, todos o mastigando ao mesmo tempo; suco de uvas cor de sangue, não fermentado, todos os tomando ao mesmo tempo; tudo de modo digno.

- Disciplina:
Deus ordenou a disciplina pela assembleia Rm 2:24; 1Ts 5:14; Ap 2:2, 12-17, 20, para advertir o ofensor Jo 15:1-14; At 5:1-12; 1Co 11:30-31; 2Ts 3:14,15; Tt 3:10,11; exortá-lo e animá-lo; recuperá-lo, reganhá-lo Mt 18:15; 1Co 5:5; 2Co 2:6-8; Gl 6:1; combater o fermento infectante e favorecer a pureza da assembleia e da sua adoração Js 7; 1Co 5:6-8;     Nossa atitude, ao disciplinarmos, seja de amor e humildade 1Co 5:2 + 2Co 2:4; Gl 6:1-3; 2Ts 3:15. Normalmente segue as 3 etapas de Mt 18:15-17, exceto se a ofensa foi por líderes ou gravíssima 1Tm 5:20; 3:2 e escandalizou até descrentes 1Co 5:1-5. Logo que o ofensor expressar e evidenciar arrependimento, o ofendido e a assembleia devem expressar-lhe e evidenciar-lhe pleno perdão e plena restauração da comunhão Mt 18:34-35; Mt 6:14-15; Lc 17:3-4; 2Cor 2:6-8,11; 2Cor 7:10-11. Pecados sobremaneira graves devem ser castigados mesmo depois do ofensor pedir e receber perdão Js 7:20; 2Sm 12:13-14.

- Propósito de cada assembleia local: Não é: salvar/ combater/ imitar/ reinar sobre o mundo/ isolar-se dele/ servi-lo por obras sociais Mt 6:1-4. É: glorificar a Deus Ef 1:12,14; 3:21; 2Ts 1:12; evangelizar o inteiro mundo Mt 28:18-20; Mr 16:15; Lc 24:46-48; At 1:8; enviar missionário da própria assembleia At 13:1-3; 14:26; Rm 10:15; sustentá-lo Fp 4:15-18; doutrinar, treinar, edificar seus membros Mt 28:19-20; Ef 4:11-16; Cl 2:7; Fp 4:8-9; purificar/ disciplinar a si mesma Ef 5:26-27; restringir e iluminar o mundo Mt 5:13-16; 2Ts 2:6-7; 2Co 5:19; Jd 1:3; ajudar os incapazes desvalidos dela 2Co 8:9; Gl 6:10; Tg 2:15-16// 1Tm 5:3-16; Tg 1:27; ajudar verdadeiros irmãos de outras assembleias em incontornáveis catástrofes Rm 15:25-28; demonstrar a graça de Deus Ef 2:7; 3:6,10; 1Pd 2:9.

- Lugar da mulher na igreja local: A mulher não pode, ante toda ou parte da igreja local, em reunião onde haja homem presente: falar sobre assunto doutrinário, ou espiritual, ou da administração da igreja: 1Tm 2:11-12; 1Co 14:34-35; ser pastora 1Tm 3:2,6 ou diaconisa Atos 6:3; 1Tm 3:11-12.    Mas deve ensinar a mulheres e crianças Tt 2:3-5, hospedar 2Rs 4:10, servir 27:55-56, doar Mr 14:3, 2Rs 4:10, adorar, louvar, cantar. E (juntamente com seu esposo ou uma irmã madura na fé) pode testemunhar e ensinar a 1 homem adulto At 18:26.



Hélio de Menezes Silva



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EclesiologiaEBatistas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )