QUE TAL IGREJAS SOMENTE LÁ EM CASA?

David Cloud




Recentemente recebi a seguinte pergunta de um leitor:


Excelentíssimo Senhor,

Como é que eu poderia refutar o movimento “Igrejas somente lá em casa, [sem pastor, tudo informal e improvisado]”, movimento este que vejo à minha volta?
Eu entendo [e creio em] a doutrina da igreja local, mas não tenho resposta para alguns dos argumentos pró “Igrejas somente lá em casa”, como os seguintes:

- “Sempre que dois ou três estiverem reunidos em Meu nome, Eu estou no meio”;

- “Vós sois o Templo do Espírito Santo, se sois salvos”;

- “Nenhum prédio é necessário”;

- “As igrejas estão cheias de transigências e fraquezas”;

- “Sai vós do meio deles e sede separados”; e

- “Por acaso a verdadeira igreja não sobreviveu em residências, enquanto
sob perseguição?”


Eu sou um defensor da igreja local. Mas quando me deparo com algumas dessas pessoas eu tenho dificuldade em refutar algumas destas questões, especialmente quando tais pessoas apontam a bagunça [e podridão] em que a [atual] "igreja" está.
De certa forma, seria bom não freqüentar uma igreja local. Ser membro de igreja pode ser um trabalho duro [demais], especialmente quando tantos [outros membros] não ajudam [em nada], ou quando um crente, mesmo na [sua] igreja, tem que se erguer e ficar sozinho [contra quase todos], apoiado sobre suas convicções [bíblicas]. Mas eu não me sinto em liberdade para abandonar minha igreja local.
Conheço famílias que têm desistido da igreja local por causa da má influência de pessoas na igreja, especialmente [sobre] os jovens. [Mas] lembro-me de que Ana deixou Samuel no templo apesar da bagunça [e podridão] [espiritual] que lá havia com o ímpio comportamento dos filhos de Eli. Estou certo de que ela estava ciente do que estava acontecendo, mas ela confiou em Deus para consertar toda a situação, e Ele certamente o fez. Samuel manteve um bom testemunho através de todo o pecado que estava ao seu redor. Ele foi usado por Deus para preservar Israel.
Meu papel [minha responsabilidade] como um pai é o de manter a minha família na igreja [melhor que há na minha cidade]. E, quando coisas vêm com as quais não concordamos, simplesmente as usamos como uma oportunidade de treinar os nossos filhos.
Sem dúvida, o mundo está hoje dentro da igreja, mas eu uso este fato para mostrar à minha família que este não é o caminho, e que eu não ando nele. Andai na verdade, mesmo que outros não o façam. Eu não acredito que Deus quer que nós cegamente sigamos juntamente com [e silentes e apoiando] todas as coisas na igreja. Temos de provar todas as coisas. Como Davi disse [quando exortava o exército a enfrentar Golias], "
Porventura não há razão para isso?", deste mesmo modo esta mesma razão deve nos mover, deve nos levar a que nos postemos de pé [para resistir e combater].

Obrigado,
________________________





RESPOSTA DO IRMÃO CLOUD

Olá. É bom receber suas palavras. Há um grande ataque, hoje, à igreja do Novo Testamento, e este ataque vem de várias direções diferentes. Uma delas é do movimento "igrejas somente lá em casa".


1) Ao abordar esta questão, devemos PRIMEIRO ENTENDER O QUÃO IMPORTANTE É A IGREJA, DO PONTO DE VISTA BÍBLICO.
Até mesmo o estudo mais superficial do Novo Testamento revela que
(A) a igreja é o meio escolhido por Deus para realizar Seus propósitos neste mundo.
Existem mais de 100 referências para a igreja no Novo Testamento. Isso mostra a ênfase que o Espírito Santo tem colocado sobre a igreja; e
(B) a grande maioria dessas referências são, inquestionavelmente, para a assembleia local, não para um aspecto geral ou futuro da igreja.

Os homens têm corrompido igrejas, mas a igreja é o plano de Deus.
O Senhor Jesus disse:
“Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;” (Mt 16:18 ACF). A igreja é o programa de Cristo.

A igreja é a coluna e o fundamento da verdade (1 Tm. 3:16), e esta é uma igreja [organizada] tendo anciãos e presbíteros (1 Tm 3:1, 8).

A maior parte do Novo Testamento foi escrito diretamente para igrejas [locais].
E mesmo aquelas partes não escritas diretamente para uma igreja [local] particular referem-se à igreja

[como uma instituição, um modelo, um conceito. Similarmente com quando dizemos que Deus criou a família, isto significa que Ele criou a instituição da família e lhe deu ordens precisas e promessas exclusivas; não quer dizer, num extremo, que todas as famílias da rua/ bairro/ cidade/ país/ mundo são e podem agir como uma só (“a família universal”);nem quer dizer, noutro extremo, que não existe nenhuma família, só existem indivíduos separados].

O tema do livro de Atos é o plantio e a multiplicação das primeiras igrejas. As Epístolas Pastorais (1 e 2 Timóteo, e Tito) foram escritas para instruir os plantadores de igreja em seu trabalho.

Mesmo as Epístolas Gerais, que não são escritas para igrejas [locais] particulares, sempre têm as igrejas [locais] em mente.
Hebreus se refere à Igreja nos capítulos 10 e 13. Hebreus 10:25 exorta o povo de Deus a juntos não abandonarem as suas assembleias. Em Hebreus 13:7 e 17, os cristãos são exortados a obedecer os dirigentes de igrejas. O último capítulo de Tiago se refere à igreja. Aqueles que estão doentes devem chamar os "anciãos da igreja". O capítulo final de 1 Pedro também se refere à igreja, exortando os anciãos em suas funções. João se refere à igreja em sua terceira epístola, quando ele menciona o orgulhoso Diótrefes. O livro do Apocalipse, naturalmente, é dirigida a sete igrejas locais que existiam naqueles dias.

Considere, também, que não há nenhuma instrução bíblica sobre a disciplina e cuidados dos cristãos, a não ser dentro da igreja.
Não há nenhuma instrução sobre liderança, a não ser dentro da igreja. Toda a vida e obra do povo de Deus para esta época aparece no contexto da assembleia.


2) EM SEGUNDO LUGAR, TAMBÉM DEVEMOS ENTENDER O QUE É A IGREJA.
Uma igreja apropriada do Novo Testamento tem que ter determinados ingredientes bíblicos. Não é apenas um grupo de crentes que se ajuntou para oração e estudo da Bíblia. Paulo escreveu a Tito sobre o trabalho da igreja em Creta. O evangelho tinha sido pregado e havia crentes que estavam reunidos juntos, mas isto não era suficiente. Paulo instruiu Tito de que certas coisas estavam faltando (Tito 1:5). O que eram estas coisas? O que estava faltando era uma liderança qualificada e adequada, e uma organização bíblica, e estas são as únicas coisas que Paulo aborda no livro de Tito. A primeira coisa que Paulo instrui Tito é sobre a ordenação de presbíteros. “Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei:” (Tt 1:5 ACF) Vemos a mesma coisa no livro de Atos. Quando Paulo e Barnabé trouxeram até à maturidade grupos de crentes em diversas cidades, eles tiveram o cuidado de eleger [em votação por erguer de mãos] "presbíteros em cada igreja" (Atos 14:23).

Uma igreja apropriada do Novo Testamento, portanto, é um corpo de crentes batizados que [regularmente] se congregam, [reunidos] sob a supervisão de um pastor- ancião qualificado e ordenado, o qual está seguindo o padrão de governar e realizar o trabalho descrito nas epístolas apostólicas.

É claro nas Escrituras que é a vontade de Deus que cada crente seja um membro fiel e frutífero de uma igreja sadia do Novo Testamento. Isso é o que vemos em Atos 2.
Aqueles que foram salvos no dia de Pentecostes “... perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.” (At 2:42 ACF)

Se não houver tal igreja na área, o estabelecimento de tal a igreja deve ser a prioridade máxima.
Um crente nunca deve estar simplesmente satisfeito em ouvir pregação de sermões em cassetes ou CD, ou em ler os sermões de um livro, ou ouvir a pregação em um rádio ou televisão, ou se reunir com um grupo de crentes frouxamente unidos, sem a liderança e organização biblicamente adequadas.

A razão de eu ter permanecido um membro fiel de uma igreja por 32 anos não é que eu tenha encontrado pastores perfeitos e igrejas perfeitas, mas porque eu sei que essa é a vontade de Deus e qualquer coisa menos que isto O desagradaria.
É o meu entendimento da doutrina da Igreja que me faz continuar, apesar das graves imperfeições que eu tenho encontrado nas igrejas.

Agora, quanto às questões específicas que você levantou, a minha resposta é a seguinte:


1.
"Onde dois ou três estiverem reunidos Eu estou no meio." Esta é uma referência à declaração de Cristo em Mateus 18 - “19 Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por Meu Pai, que está nos céus. 20 Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em Meu nome, aí estou Eu no meio deles.” (Mt 18:19-20 ACF). Nesta passagem, Cristo estava discutindo sobre a disciplina da igreja. Veja Mateus. 18:15-18. A passagem não sustenta a idéia de que um ajuntamento frouxamente unido de crentes é uma boa igreja quando nenhum esforço é feito para organizar o ajuntamento através de linhas bíblicas sob a supervisão de pastores-anciãos qualificados. Naturalmente, é comum as igrejas começarem pequenas. Geralmente, há um estágio intermediário durante o qual uma nova “comunhão” [ou “ponto de pregação”] está crescendo para se tornar uma assembleia estabelecida, propriamente organizada, do Novo Testamento. Esse é o estágio que nós vemos em Creta antes de Tito ser instruído a respeito de como organizar as igrejas. Durante este estágio intermediário, uma “comunhão” [ou “ponto de pregação”] pode ser composta de duas ou três pessoas e Cristo incentiva o pequeno e lutador corpo de crentes, dizendo que Ele está com eles. Mas quando comparamos Escritura com a Escritura, quando comparamos esta passagem em Mateus 18, com passagens em Atos e Tito e alhures, vemos que uma [igreja apropriada do] Novo Testamento terá pastores-anciãos devidamente ordenado, e será organizada de acordo co as linhas bíblicas e não será um grupo de crentes frouxamente unidos que não querem ninguém para governar sobre eles.


2. "Vós sois o Templo do Espírito Santo, se sois salvos."
– Na verdade, cada pessoa nascida de novo de Deus tem a habitação do Espírito Santo, mas isto não significa que tal crente é suficiente em si mesmo para servir ao Senhor, separado da igreja do Novo Testamento que Cristo estabeleceu. O Espírito Santo exortou os leitores de Hebreus da seguinte maneira: “Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.” (Hb 10:25 ACF), e “Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.” (Hb 13:17 ACF) Estas exortações são para cada crente de todos os períodos da era da igreja.


3. "Nenhum edifício é necessário."
- Esta afirmação é verdadeira. Não importa onde a igreja se reúne. Uma igreja do Novo Testamento pode se encontrar em um casa ou em um prédio alugado ou em instalações de sua propriedade. Isso é irrelevante. O ponto importante não é onde a igreja se reúne, mas se é organizada em moldes bíblicos.


4. “As igrejas estão cheias de transigências e fraquezas”. - É verdade que há grande transigência e fraqueza nas igrejas de hoje.
De fato, isto sempre foi verdade! Foi verdade para muitas das igrejas ainda no primeiro século. A igreja em Corinto era uma bagunça! Os membros eram carnais e divididos. Eles recusaram disciplinar um dos seus, embora ele estivesse vivendo em prostituição aberta com a mulher de seu pai! Eles estavam tomando uns aos outros aos tribunais [da justiça humana]. Eles ficavam embriagados durante a Ceia do Senhor. Eles estavam [falsificando e] usando erradamente os dons espirituais. Eles permitiam falsos mestres [particularmente] para desacreditarem o apóstolo Paulo. Que igreja! No entanto, Paulo estava agradecido pela graça que Deus tinha dado a eles (1 Coríntios. 1:4). As sete igrejas mencionadas em Apocalipse também tinham muitos problemas sérios, incluindo frieza espiritual, falsos professores, e imoralidade. Nunca houve uma igreja que não tivesse problemas, e a simples razão para isto é que os membros da igreja são pecadores. Como já foi dito, "Se você alguma vez encontrar uma igreja perfeita, não se torne membro dela ou você vai estragar tudo!" É crucial encontrar a melhor Igreja possível e tentar torná-la melhor por causa da minha presença. Uma pergunta que eu faço ao povo de Deus é esta: "Se toda a igreja fosse como eu, o que seria a minha igreja?" Se a igreja refletisse meu nível de espiritualidade, fidelidade, serviço, oração, zelo pelas coisas de Cristo, separação da mundo, etc., o que seria a igreja?


5. "Sai vós do meio deles e sede separados." - Separação bíblica é um comando, e eu prego muito sobre esta questão.
Eu nunca aconselhei um crente a permanecer em uma igreja que tem um evangelho falso, ou um falso Cristo, ou um falso espírito, ou que está entregue ao mundo, ou que está em jugo desigual com o movimento ecumênico, ou outras coisas [de tal calibre]. Há, definitivamente, um tempo para deixar a igreja, mas devemos ter cuidado e aprender como ponderar [a gravidade de] as questões na igreja. “Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei;” é de 2 Coríntios 6:17, e o contexto da presente declaração é a separação dos incrédulos e infiéis e idólatras (Cor 2. 6:14-16). 2 Coríntios 6 não está descrevendo a separação de todas as igrejas, apenas porque eles são imperfeitas [Hélio diria “2 Coríntios 6 não está ordenando que eu me separe de todas as igrejas do mundo, apenas porque cada uma delas coloca algum pingo de “i” um milésimo de milímetro diferente da minha atual preferência pessoal, em assuntos da menor das menores importâncias”].


6. " Por acaso a verdadeira igreja não sobreviveu em residências, enquanto sob perseguição?" - Claro, igrejas verdadeiras sobreviveram no subsolo e nas casas durante a perseguição, e eles continuam a fazê-lo hoje em algumas partes do mundo.
Mas isso não tem nada a ver com o fato de que a Palavra de Deus nos ensina a ter igrejas e organizá-las através de linhas bíblicas sob a supervisão de pastores-anciãos.




Recomendo-lhe ficar com a igreja e não cair na tentação de abandoná-la.
[Apoiado] sobre a autoridade da Palavra de Deus, posso dizer que você não vai se arrepender no tribunal de Cristo. Há sempre coisas que existem até mesmo nas melhores igrejas e com as quais alguns, não necessariamente concordam. Se rejeitarmos a Igreja com base em cada uma das [mais microscópicas] imperfeições [que possamos pensar que poderão vir a ter], não será possível sermos membros frutíferos de nenhuma igreja.

 Ao mesmo tempo, é importante estar em uma igreja piedosa [isto é, de caráter que, mesmo que ainda incompleto, agrade a Deus].
Quando uma Igreja vai atrás do mundo, torna-se, espiritualmente, um lugar perigoso, e isso é especialmente verdadeiro quando se trata de crianças. Eu não acredito que o exemplo de Ana é bom para ser seguido, hoje. Naqueles dias havia apenas um templo. Havia apenas um lugar no mundo onde Deus era adorado corretamente. Isso já não é verdade. Nós vivemos em uma época diferente. Se necessário, seria melhor mudar para um lugar [cidade, ou país] onde exista uma igreja piedosa do que ficar em um lugar onde se é forçado a se membro de uma igreja mundana. Se eu estivesse em tal posição, eu preferiria mudar-me [de cidade/ país] (mesmo que isso significasse ter um corte nos meus rendimentos), a fim de ter a minha família em uma igreja espiritualmente saudável.

A solução para o problema das igrejas carnais e transigentes não é abandonar a instituição da igreja, mas apoiá-la e estabelecer boas igrejas.

Que o Senhor lhe dê muita sabedoria e forças para lidar com este seu importante assunto.

Sugiro também que você leia
"Seven Keys to Fruitful Church Membership" (“Sete chaves para ser um FRUTÍFERO MEMBRO DE UMA IGREJA”) em http://www.wayoflife.org/fbns/sevenkeys.htm.
[há uma má tradução, por máquina, em
http://br.groups.yahoo.com/group/solascripturatt/message/5259 . Ah, se alguém puder corrigi-la e enviar para este boletim ...]





Em Cristo,

David Cloud


Traduzido por Valdenira N. M. Silva, dez. 2010.



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EclesiologiaEBatistas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )