Quem São Os Batistas Independentes, E No Que Eles Creem?


Got Questions


(ah, se alguém corrigor a má tradução de Google...)

 

 

Who are the Independent Baptists, and what do they believe?


http://www.gotquestions.org/Independent-Baptists.html



Answer: Independent Baptists, often also known as Independent Fundamental Baptists (IFB), are a group that started within the greater Baptist denominations in the late 19th to early 20th century. At the time, many national Baptist denominations were moving away from biblical inerrancy and other conservative beliefs, leading many local churches to withdraw from denominational affiliation and take the “Independent” label. With their strong stance on the fundamentals of the faith, they also adopted the name “Fundamentalist.” For identification purposes, most IFB churches will advertise themselves as “Independent, Fundamental, Bible-Believing,” and, in some cases, “KJV-only.”

Many within the IFB movement will claim to trace their origin to Jesus’ ministry. They point out that many groups through history maintained Baptist principles and were therefore “Baptist” in practice, if not in name. Groups identified as progenitors of the Baptist tradition include Messalians, Montanists, Novationists, Donatists, Paulicians, Waldenses, Albigenses, Lyonists, Arnoldites, Mennonites, and Anabaptists. In the seventeenth century, the name “Baptist” finally emerged.

Contemporary Independent Baptists believe in strict separation from the world and any church not associated with the Independent Baptist name [Hélio diria não "nome", mas "doutrina"]. They refer to Ephesians 5:11, “Have nothing to do with fruitless deeds of darkness, but rather expose them,” as a proof text for not associating with churches outside the IFB movement.

Independent Baptists interpret Scripture literally. They do claim to interpret based [not only] on the historical-grammatical context, but if a literal interpretation “makes good sense,” then that is the understanding they take from Scripture. They are conservative in their dress: most women still dress in below-knee-length skirts, and the men wear collared shirts. They do not wear flashy clothes, and they tend to keep their social interaction within the IFB. Traditionally, they only sing hymns in their churches and reject the use of drums and recorded music. Most IFB churches use only the King James Version of the Bible. They may not believe the KJV is the “inspired” translation, but they do believe the Textus Receptus is the only collection of manuscripts that truly preserves the inspired Word of God.

Independent Baptist Churches believe the following “Independent Baptist Distinctives”:

1. The New Testament is the authority in all matters of faith and practice.

This means that IFB churches do not look to creeds, confessions, or church councils to determine their doctrinal positions. They articulate their doctrine only from the Scripture and claim to operate their churches according to what is presented in Scripture and not based on tradition or denominational preference (2 Timothy 3:16).

2. The church is made up of saved, baptized believers.

This means that membership in the local church requires first putting personal trust in Jesus, which produces regeneration, and [second] baptism by immersion. IFB churches reject infant baptism and sprinkling. Baptism is only appropriate after someone comes to faith in Jesus (Acts 2:41–42).

3. Strict separation of church and state.

“Independent” is part of their name for a reason. IFB churches believe that no one has authority over the [local] church except Jesus Christ. The IFB rejects any governmental authority over the operation of the church (2 Corinthians 6:14).

4. The priesthood of believers.

IFB churches believe that each believer has the ability to interact with God on his or her own. No one is required to use a priest, as in the Old Testament, to connect with God. The believer can “approach God’s throne of grace with confidence, so that we may receive mercy and find grace to help us in our time of need” (Hebrews 4:16).

5. The autonomy of the local church.

This doctrine supports the idea that the local church of baptized believers is the highest authority on earth. The local church is not subject to civil authorities or denominational conventions [associations, synods, unions, leagues, etc.]. Each local church is self-governing. Some Independent Baptist churches emphasize their autonomy to such an extent that they will not accept a baptism from any other church—if a new member was baptized in another church, he must be rebaptized by the Independent Baptist church for his membership to be valid.

Independent Baptists follow the church government model of congregationalism. Each member is allotted one vote on all matters concerning the church. Even though the pastor is the established leader of the church, no decision is made for the church without it first coming to a vote before the entire congregation. Congregationalism rejects using boards and associations for governing the affairs of the church. This model is based on the belief that all believers are priests and capable of making decisions that will direct the local church.

 

For the most part, Independent Baptist Churches are preaching the Word of God faithfully and hold to the essentials of the gospel. However, the exclusivism they foster and their tendency toward the KJV-only mentality are troublesome [Hélio crê que Deus preservou sua Palavra de forma absolutamente perfeita, no Textus Receptgus, e que somente devemos usar fieis traduções dele. Quem quiser achar que nem a bíblia dele nem nenhuma outra pode ter menos que milhares de palavras em dúvida, que o faça, apenas não queira me obrigar a segui-lo. Não vejo como, por isso, eu deva ser chamado de "causador de problemas." Se eu crer que uma Bíblia é absolutamente perfeita, que problema estarei causando a quem já crê que outra bíblia, a dele, é muito imperfeita????]. Also, many Independent Baptist churches have fallen into the errors of landmarkism and “Baptist Bride” theology [Hélio rejeita os mais exagerados dentro desses movimentos, mas tolera os moderados]. So, discernment is needed before officially joining an IFB church.

 

Quem São Os Batistas Independentes, E No Que Eles Creêm?



http://www.gotquestions.org/Independent-Baptists.html



Resposta: Batistas Independentes, muitas vezes também conhecido como batistas Fundamentais Independentes (IFB), são um grupo que começou dentro das maiores denominações batistas no final dos anos 19 e início do século 20. Na época, muitas denominações batistas nacionais estavam se afastando da infalibilidade bíblica e outras crenças conservadoras, levando muitas igrejas locais para retirar filiação denominacional e tirar o rótulo de "Independent". Com a sua forte posição sobre os fundamentos da fé, eles também adotou o nome "fundamentalista". Para fins de identificação, a maioria das igrejas IFB irá anunciar-se como "independente, Fundamental, que crê na Bíblia," e, em alguns casos, "KJV- somente. "

Muitos dentro do movimento IFB vai reivindicar para rastrear sua origem ao ministério de Jesus. Eles apontam que muitos grupos através da história mantida princípios batistas e, portanto, "Batista", na prática, se não em nome. Grupos identificados como progenitores da tradição Batista incluem messalianos, montanistas, Novationists, donatistas, Paulicians, valdenses, albigenses, Lyonists, Arnoldites, menonitas, e anabatistas. No século XVII, o nome "Batista" finalmente emergiu.

Batistas Independentes contemporâneos acreditam em estrita separação do mundo e qualquer igreja não associadas com o nome Independent Baptist [Hélio Diria não "nome", mas "doutrina"]. Eles se referem a Efésios 5:11, "não tem nada a ver com obras infrutíferas das trevas, mas antes condenai-as", como um texto de prova para não se associar com igrejas fora do movimento IFB.

Batistas Independentes interpretar as Escrituras literalmente. Eles reivindicam a interpretar com base [não só] no contexto histórico-gramatical, mas se uma interpretação literal "faz sentido", então esse é o entendimento que tiram de Escritura. Eles são conservadores em seu vestido: a maioria das mulheres ainda se vestem de abaixo do joelho de comprimento saias, e os homens usam camisas de colarinho. Eles não usam roupas espalhafatosas, e eles tendem a manter sua interação social dentro do IFB. Tradicionalmente, eles só cantam hinos em suas igrejas e rejeitar o uso de tambores e música gravada. A maioria das igrejas IFB utilizar apenas a versão King James da Bíblia. Eles podem não acreditar que a KJV é a tradução "inspirada", mas eles acreditam que o Textus Receptus é a única coleção de manuscritos que realmente preserva a Palavra inspirada de Deus.

Igrejas Batistas Independentes acreditam que os seguintes "batistas independentes Distinções":

1. O Novo Testamento é a autoridade em todos os assuntos de fé e prática.

Isto significa que as igrejas IFB não olhar a credos, confissões, ou conselhos da igreja para determinar as suas posições doutrinárias. Eles articulam sua doutrina somente a partir da Escritura e reivindicar a operar suas igrejas de acordo com o que é apresentado na Escritura e não baseado na tradição ou preferência denominacional (2 Timóteo 3:16).

2. A igreja é composta de salvos, crentes batizados.

Isto significa que a filiação na igreja local exige primeira colocação confiança pessoal em Jesus, que produz a regeneração, e [segundo] o batismo por imersão. igrejas IFB rejeitam o batismo infantil e aspersão. O batismo é apropriado apenas depois que alguém chega à fé em Jesus (Atos 2: 41-42).

3. estrita separação entre igreja e estado.

"Independent" faz parte de seu nome por uma razão. igrejas IFB acreditar que ninguém tem autoridade sobre a igreja [local], senão a Jesus Cristo. A IFB rejeita qualquer autoridade governamental sobre a operação da igreja (2 Coríntios 6:14).

4. O sacerdócio de crentes.

igrejas IFB acreditam que cada crente tem a capacidade de interagir com Deus em seu próprio país. Ninguém é obrigado a usar um padre, como no Antigo Testamento, para se conectar com Deus. O crente pode "aproximar do trono da graça de Deus com confiança, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça para socorro em ocasião oportuna" (Hebreus 4:16).

5. A autonomia da igreja local.

Esta doutrina apoia a ideia de que a igreja local de crentes batizados é a mais alta autoridade na terra. A igreja local não está sujeito às autoridades civis ou convenções denominacionais [associações, sínodos, sindicatos, ligas, etc.]. Cada igreja local é auto-governar. Algumas igrejas batistas independentes enfatizar sua autonomia, a tal ponto que eles não vão aceitar um batismo de qualquer outra igreja-se um novo membro foi batizada em outra igreja, ele deve ser rebatizado pela igreja Independent Baptist para a sua adesão seja válida.

Batistas Independentes seguir o modelo de governo da igreja de congregacionalismo. Cada membro é atribuído um voto em todos os assuntos relativos à igreja. Mesmo que o pastor é o líder estabelecido da igreja, não é feita qualquer decisão para a igreja, sem que primeiro chegar a uma votação antes de toda a congregação. Congregationalism rejeita usando placas e associações para governar os assuntos da igreja. Este modelo baseia-se na crença de que todos os crentes são sacerdotes e capaz de tomar decisões que irão direcionar a igreja local.

Para a maior parte, Igrejas Batistas Independentes estão pregando a Palavra de Deus fielmente e segure para o essencial do evangelho. No entanto, o exclusivismo que fomentar e sua tendência para a KJV-única mentalidade são problemáticos [Hélio Crê Que Deus preservou SUA Palavra de forma Absolutamente Perfeita, não Textus Receptgus, e that SOMENTE devemos USAR Fiéis Traduções DELE. Quem Quiser achar Que Nem uma bíblia DELE NEM nenhuma Outra PODE ter Menos Que milhares de Palavras em Dúvida, Que o FAÇA, APENAS NÃO Queira me obrigar a Segui-lo. NÃO Vejo como, ISSO POR, eu deva Ser Chamado de "causador de Problemas". Se eu crer Que Uma Bíblia E Absolutamente Perfeita, that Problema estarei causando um Quem Já Crê that Outra bíblia, um DELE, E MUITO Imperfeita ????]. Além disso, muitas igrejas Batistas Independentes têm caído os erros de landmarkismo e teologia "Batista noiva" [Hélio rejeita Os Mais exagerados Dentro Desses Movimentos, mas tolera OS moderados]. Assim, o discernimento é necessária antes de se juntar oficialmente uma igreja IFB.

 

 



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EclesiologiaEBatistas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )