Ensina 2Ts 2:1-2 Que Não Devemos Ensinar Que O Arrebatamento Está Próximo E Iminente?



E v.3 Que O Arrebatamento Só Ocorrerá Depois Da Apostasia Pela Manifestação Do Anticristo?







RESPOSTA:


Bem, caro irmão F.C.A., vou lhe confessar que, uma vez, também tive sérias dificuldades com esses 2 versos:


Deus me salvou em 1974. Eu cri e recebi Cristo como meu Salvador e Senhor, mas não quis automaticamente ficar na igreja de Pr. Charles Smith (que me evangelizou 6 meses e amorosamente discipulou a mim e minha esposa, semanalmente, durante alguns meses, mesmo ele tendo que viajar 260 km para isso). Não quis, porque saltava-me aos olhos que havia sérias diferenças entre algumas igrejas, obviamente não podendo estar todas perfeitamente corretas pela Bíblia, e eu queria honrar e seguir somente a Bíblia e nenhum grupo nem ser humano (mesmo aquele tão meu amigo e que me conduziu a Cristo).

A partir daí, eu levei cerca de 1 ano visitando muitas igrejas em Campina Grande, avidamente ouvindo e anotando aulas de EBD e sermões, e sempre, ao final do culto, pedindo ao pastor para me esclarecer sobre sua denominação e igreja, perguntando-lhe em que elas se diferenciavam das outras denominações, pedindo-lhe estatutos e declaração de fé, etc. Repeti várias vezes o círculo de visita a e exame de duas igrejas batistas, uma presbiteriana, duas congregacionais, uma assembleia de Deus, e outras pentecostais, sempre comparando as várias declarações de fé entre elas, sempre estudando em livros que seus pastores me indicavam, acima de tudo comparando tudo com a Bíblia, até descobrir, perto da minha cidade, uma igreja batista fundamentalista e independente que mais se assemelhava com as igrejas das páginas do Novo Testamento. Pedi e fui submerso nela.

Durante os próximos anos, seriamente estudei artigos, resumos e livros arminianos, calvinistas, e batistas, e fiquei batista e bíblico.
Estudei artigos e livros amilenaristas e pós e premilenaristas, e Deus me deu o discernimento de que somente a posição pré-mil. é coerente em ser ao máximo literalista em todas as doutrinas.
Também estudei artigos e livros pós, midi, parcial e pretribulacionistas, e e Deus me deu o discernimento de que somente a posição pré-trib. se alinha melhor com muitas coisas da Bíblia.

Mas um dia, acho que já em 1980, um pastor batista (da CBB) de uma cidade vizinha começou a me procurar e tentar lançar dúvidas sobre algumas coisas, uma delas foi tentar usar esses versos de 2Ts 2:1-3, usando a Almeida Atualizada,

1 Ora, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, rogamos-vos, irmãos, 2 que não vos movais facilmente do vosso modo de pensar, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola como enviada de nós, como se o dia do SENHOR estivesse já perto. 3 Ninguém de modo algum vos engane; porque isto não sucederá sem que venha primeiro a apostasia e seja revelado o homem do pecado, o filho da perdição,

para enfraquecer minha posição pré-trib.



Confesso que fiquei alguns dias perplexo: de um lado, havia algumas dezenas de versículos e evidências bíblicas claramente apontando na direção pré-trib., mas agora surgia um único verso que, ao menos à primeira vista, dava a impressão de que era errado se dizer que o Arrebatamento era iminente ou mesmo estava se aproximando, e este verso também dava a impressão de que, na verdade, o Arrebatamento só ocorreria depois de ocorrer a apostasia DA FÉ que adviria da manifestação e ação do Anticristo. Fiquei alguns dias perplexo. Mas a cada dia, depois de voltar do meu trabalho "secular", eu punha diante de mim esses versos numa Bíblia Interlinear Grego-Inglês (grego do Textus Receptus), alguns léxicos e dicionários, a concordância exaustiva de Strong (para se entender o significado de uma palavra, não há nada tão bom com ver como ela foi usada em todas as dezenas ou centenas de versos que a contêm), etc., e ficava orando a Deus pedindo entendimento. Logo Deus me fez notar algumas coisas, tais como a não existência da expressão "DA FÉ" depois da palavra "apostasia", e isso foi a chave de tudo.

Vou usar o Interlinear de Berry e vou traduzir para português o Textus Receptus mais literalmente possível, do grego. Pode conferir você mesmo, usando o TR e qualquer léxico tal como o de Strong:


1  ερωτωμεν <2065> (5719) δε <1161> {ROGO, PORÉM} υμας <5209> {A VÓS,} αδελφοι <80> {IRMÃOS,} υπερ <5228> {POR} της <3588> {A} παρουσιας <3952> του <3588> {VINDA} κυριου <2962> {DO SENHOR}  ημων <2257> {NOSSO} ιησου <2424> {JESUS} χριστου <5547> {CRISTO} και <2532> {E} ημων <2257> {NOSSA} επισυναγωγης <1997> {REUNIÃO} επ <1909> {A} αυτον <846> {ELE,}

2  εις <1519> το <3588> {
PARA QUE} μη <3361> {NÃO} ταχεως <5030> {APRESSADAMENTE} σαλευθηναι <4531> (5683) {SEJAIS MOVIDOS} υμας <5209> {VÓS} απο <575> {PARA LONGE DE} του <3588> {A} νοος <3563> {MENTE,} μητε <3383> {NEM} θροεισθαι <2360> (5745) {SEJAIS PERTUBADOS,} μητε <3383> {NEM} δια <1223> {ATRAVÉS DE} πνευματος <4151> {ESPÍRITO,} μητε <3383> {NEM} δια <1223> {ATRAVÉS DE} λογου <3056> {PALAVRA,} μητε <3383> {NEM} δι <1223> {ATRAVÉS DE} επιστολης <1992> {EPÍSTOLA,} ως <5613> {COMO SE [escrita]} δι <1223> {POR} ημων <2257> {NÓS,} ως <5613> {COMO} οτι <3754> {QUE} ενεστηκεν <1764> (5758) {[já] ESTÁ PRESENTE} η <3588> {O} ημερα <2250> {DIA} του <3588> {DO} χριστου <5547> {CRISTO.}

3  μη <3361> {
NÃO} τις <5100> {PESSOA NENHUMA} υμας <5209> {A VÓS} εξαπατηση <1818> (5661) {ENGANE} κατα <2596> {EM} μηδενα <3367> {NENHUMA} τροπον <5158> {MANEIRA,} οτι <3754> {PORQUE [não será assim]} εαν <1437> μη <3361> {A NÃO SER QUE} ελθη <2064> (5632) {TENHA VINDO} η <3588> {A} αποστασια <646> {REMOÇÃO} πρωτον <4412> {PRIMEIRO,} και <2532> {E} αποκαλυφθη <601> (5686) {TENHA SIDO REVELADO} ο <3588> {O} ανθρωπος <444> της <3588> {HOMEM} αμαρτιας <266> {DO PECADO,} ο <3588> {[a saber,] O} υιος <5207> της <3588> {FILHO} απωλειας <684> {DA PERDIÇÃO,}


Vou repetir tudo, agora na ordem "sujeito - verbo - predicado" que é mais usual ao português, e usando palavras mais parecida com as da ACF, Almeida Corrigida Fiel, edição 2011:



2Ts 2:1-3  1 Ora, irmãos, rogamo-vos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e quanto à nossa reunião com ele,
2 Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo tem chegado.
3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a remoção, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,



Agora, algumas explicações:

Verso 1: 1 Ora, irmãos, rogamo-vos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e quanto à nossa reunião com ele,


a) Note que, neste verso, as expressões "quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo" e "quanto à nossa reunião com ele" dão a entender que o assunto dos próximos versos passará a ser a reunião dos crentes com o nosso bendito Salvador, imediatamente após o Arrebatamento.
b) Talvez não seja tão importante, mas note que a palavra "reunião" é "episunagoge", o ato de reunirmo-nos juntamente, acrescido de uma ênfase. Algo como super- reunirmo-nos- juntamente, reunirmo-nos- juntamente de um modo acima e além do usual.



Verso 2: 2 2 Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo tem chegado.


a) Note que:

(1) "espírito" (não o Espírito Santo, que nunca mente, nunca tem que ser desmentido pelo apóstolo Paulo, mas espíritos de falsos mestres em carne e osso, ou espíritos de demônios; o certo é que este "espírito" é um mentiroso e está sendo desmascarado por Paulo); ou
(2) palavras de falsos pregadores; ou
(3) falsas epístolas forjadas que diziam, mentindo, que eram de Paulo,

propagavam a mentira de que a nossa reunião com Cristo (no Arrebatamento e logo após ele) já tinha ocorrido. Obviamente, muitos dos crentes de Tessalônica tinham ficado na maior perplexidade imaginável, imaginando as razões pelas quais não teriam sido arrebatados e nem estavam gozando da reunião com Cristo corporalmente com eles.

b) Diferenciemos "O DIA DE O CRISTO" de "o dia de O SENHOR":
-      "O dia de o Cristo" (Fp 1:10; 2:16; 2Ts 2:2); ou "o dia de o Senhor Jesus" (1Co 5:5; 2Co 1:14), que se refere ao tempo de indizível felicidade logo após o Arrebatamento pré-tribulacional (Arrebatamento que somente incluirá os salvos), formando a assembleia local totalizada futura, e começando pelo julgamento para galardoamento dos crentes, sendo tal dia de o Cristo o começo da eterna presença do crente, no seu corpo já glorificado, junto ao Cristo (antes, o crente estava conscientemente gozando da presença de Cristo, no Paraíso, mas estava sem seu corpo glorificado, Lc 16:20-31).
-      O "dia de o Senhor" (Is 2:12; 13:6,9; Jr 46:10; Ez 30:3; Jl 1:15  2:1,11  3:14; Am 5:18,20; Ob 1:15; Sf 1:7; Zc 14:1; 1Ts 5:2; 2Pe 3:10) será quando a Trindade soltará sua ira (acumulada por milênios) contra a humanidade rebelde e que reuniu seus exércitos reunidos em Armagedom, ao final da Tribulação, depois havendo o Julgamento das Nações e começando a dispensação do Reinar Milenar.

c) As palavras assopradas, inspiradas pelo Espírito Santo, aqui em 2Ts 2:2, são "o dia de Cristo" (conforme os muitos e confiáveis manuscritos do Textus Receptus), não é "o dia de o Senhor" (dos poucos e terrivelmente adulterados manuscritos que embasam o Texto Crítico). Portanto, a mentira que Paulo está combatendo é a de dizerem que o Arrebatamento já tinha ocorrido, não a de inimigos dizerem que a Tribulação já tinha passado, nem que o Reino Milenar já tinha passado.

d) O verbo "ενεστηκεν <1764> (5758) {[já] ESTÁ PRESENTE} ", particularmente no contexto da passagem em foco, deve ser traduzido não como "está iminente, está se aproximando, não vai demorar demais", mas como "já chegou, já está aqui presente". Veja este léxico:

1764 ἐνίστημι enistemi en-is’-tay-mee

from 1722 and 2476; v; TDNT-2:543,234; { See TDNT 241 }

AV-present 3, things present 2, be at hand 1, come 1; 7

1) to place in or among, to put in

2) to be upon, impend, threaten

3) close at hand

4) present

 


Verso 3
: 3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a remoção, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, ACF2007



- Estudemos a palavra " REMOÇÃO". O grego "646 apostasia" muitas vezes não significa "apostasia DA FÉ".
. Quando aparece isoladamente (sem ser seguida de "da fé"), então "646 apostasia" somente significa "SEPARAÇÃO" ou "RETIRADA" ou "REMOÇÃO", e é o contexto que esclarece a que ela se refere: Em At 21:21, é "separar [de Moisés]"; somente em 1Tm 4:1 (acompanhado de "da fé"), é que "aposthsontai tinev thv pistewv" deve ser entendido como "alguns se separarão da fé" ou "alguns apostatarão da fé".
. A palavra relacionada "apostasion" é "carta de separação [divórcio]" em Mt 5:31 e 19:7 e Mr 10:4.
. A palavra relacionada "868 aphistemi"
é "separar [do Templo]" em Lc 2:37;
é "ausentar" em Lc 4:13;
é "apartar" em Lc 13:27 e At 12:10 e 15:38 e 22:29 e 1Ti 6:5 e 2Ti 2:19 e He 3:12;
é "levar" em At 5:37;
é "deixar" em At 5:38;
é "retirar" em At 19:9, e
é "desviar" em 2Co 12:8.

Portanto, neste presente verso 2Ts 2:3, todo o contexto, todas as evidências indicam que "646 apostasia" se refere à REMOÇÃO/RETIRADA dos crentes para- fora- deste mundo, se refere ao ARREBATAMENTO dos verdadeiros salvos da dispensação das assembleias.




- Isto é ainda mais reforçado pelo fato de que somente cerca de 2 páginas antes, na Bíblia, (em 1Ts 4), isto é, na última carta escrita anteriormente por Paulo para os Tessalonicenses, ele trata específica, longa e detalhadamente do assunto do Arrebatamento, portanto esperaria que os crentes de lá, ainda com as palavras dele ressoando em suas mentes, seriam inteligentes o suficiente para entender que Paulo está continuando e complementando o assunto anteriormente tratado, entender que, quando Paulo  usa a palavra "remoção", ele está se referindo ao Arrebatamento dos salvos das igrejas locais, não à remoção para longe da fé e da doutrina.  
- Todas as 7 traduções (e respeitamos muitíssimo a Tyndale-1522) da Bíblia para o inglês, anteriores à KJB-1611, traduziram "646 apostasia" para "partida". Somente à partir da KJB-1611, infelizmente, a palavra foi transliterada ao invés de traduzida, isto sempre tem o perigo de causar confusão. Não estou dizendo que a KJB tem um erro absurdo, grosseiro e intolerável, mas somente que usou uma transliteração para a palavra "apostasia" que é hoje corretamente entendida (como "remoção") somente por uns raros, uns pouquíssimos crentes com algum conhecimento de grego e que consultaram os melhores dicionários e compararam todos os 19 versículos citados logo acima, e é entendida erroneamente pela enorme maioria dos leitores, como se estivesse se referindo ao desvio DA FÉ.
Veja TYNDALE-1526:

1 We beseche you brethren by the commynge of oure lorde Iesu Christ and in that we shall assemble vnto him 2 that ye be not sodely moved from youre mynde and be not troubled nether by sprete nether by wordes nor yet by letter which shuld seme to come from vs as though the daye of Christ were at honde. 3 Let no ma deceave you by eny meanes for the lorde commeth not excepte ther come a departynge fyrst and that that synfnll man be opened ye sonne of perdicio


Deixe-me resumir todas essas explicações, pondo-as agora em forma de comentários escritos em verde escuro e com letras itálicas, negritadas e superscritas, para que ninguém se confunda e pense mal de nós e nos acuse que estamos acrescentando à palavra de Deus (note que as infalíveis palavras de Deus estão assim e que os meus falíveis comentários estão assim.


Ora, irmãos, rogamo-vos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo {vinda só até os ares, só para nós os crentes, como nosso Noivo e não ainda até à terra e como Rei reinando corporal e diretamente sobre todos}, e quanto à nossa reunião {nos ares, levando-nos para o 3o céu para recebermos nossos galardões e termos o nosso tempo inaugural de comunhão e intimidade matrimonial, semelhantemente a como, na terra, temos a intimidade, a comunhão da noite nupcial e da lua de mel} com ele,
2 Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito {espírito natural de homem, ou espírito de demônio o usando}, quer por palavra, quer por epístola, como {se isso tivesse sido} de nós, como se o dia de CRISTO {nos ares, levando-nos para o 3o céu para recebermos nossos galardões e termos o nosso tempo inaugural de comunhão e intimidade matrimonial, semelhantemente a como, na terra, temos a intimidade, a comunhão da noite nupcial e da lua de mel} tem chegado.
3 Ninguém de maneira alguma vos engane {isto é, não deixem ninguém vos enganar dizendo que as bodas do Cordeiro (lá no 3º céu) já passaram ou já estão se passando}; porque não será assim {não gozaremos do período (de 7 anos, no 3º céu} das bodas} sem que antes venha a remoção {o nossso Arrebatamento para o 3o céu}, e se manifeste {na terra, portanto infinitamente abaixo de nós} o homem do pecado, o filho da perdição {o anticristo},



Em conclusão, irmão F.C.A.,

depois que se entende que "apostasia" (sem ser seguida da expressão "da fé"), dentro do contexto, significava "remoção" ou "transladação", aos ouvidos e mentes dos crentes de fala grega como aqueles de Tessalônica, então 2Ts 2:1-3 é uma considerável prova do PRÉ-tribulacionismo.

 






Deus o abençoe.



Hélio.






Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EscatologiaEDispensacoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )