ESCATOLOGIA

Escatologia significa "Doutrina das Últimas Coisas" e, portanto, tem como escopo o estudo das profecias concernentes ao fim desta era e a volta de Cristo.



I. A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

A) Sua Realidade:

Já no tempo dos apóstolos a segunda vinda de Cristo era negada (IIPe.3:4), e ainda hoje encontramos pessoas que negam a realidade desta doutrina. Por isso é necessário demonstrar, pelas Escrituras, a sua realidade. Ela é estabelecida por vários testemunhos bíblicos: 1) Pelo Testemunho dos Profetas (Zc.14:3-5; Ml.3:1; Ez.21:26,27). 2) Pelo Testemunho de João Batista (Lc.3:3-6). 3) Pelo Testemunho de Cristo (Jo.14:2,3). 4) Pelo Testemunho dos Anjos (At.1:11). 5) Pelo Testemunho dos Apóstolos (Mc.13:26; Lc.21:27; IJo.3:1-3; Tg.5:7; IPe.1:7,13; ITs.4:13-18; Hb.9:27).

B) A Natureza da Segunda Vinda:

1) Não é Espiritual:
a)
Como a vinda do Espirito Santo no Pentecostes.
b) Como na conversão do pecador.
c) Como na conversão do mundo, pela expansão do cristianismo (Lc.18:8; IITs.2:13-12; ITm.4:1; Lc.17:26-30).

2) É Literal:
a)
Pessoal e Corporal: A parousia indica presença pessoal (At.1:11; ITs.4:14-17). A palavra parousia é usada nas seguintes passagens: (Mt.24:3,27,37,39; ICo.1:8;15:23; ITs.2:19; ITs.3:13;4:15;5:23; IITs.2:1; Tg.5:7; IIPe.1:16;3:4,12; IJo.2:28; e nas seguintes passagens referindo-se a homens: (ICo.16:17; Fp.2:12; IICo.10:10)
b) Visível: A apokalupsis indica a visibilidade da vinda do Senhor (Ap.1:7,9-11; Mt.24:26,27,30; Lc.21:27; Tt.2:13; IJo.3:2,3; Is.52:8; Os.5:15). O termo apokalupsis é usado nas seguintes passagens: (Rm.8:19; IITs.1:7; IPe.1:7,13;4:13) Obs.: O termo epiphaneia (aparição, manifestação) é usado tanto para o primeiro advento (IITm.1:10), como para o segundo (IITs.2:8; ITm.6:14; IITm.4:1,8; Tt.2:13).

3) É Súbita
(Ap.22:7,12,20; Mt.24:27).

4) É Iminente, do ponto de vista profético
(Tt.2:13; Hb.9:28; ITs.1:9,10; Rm.13:11).

5) É Próxima, do ponto de vista histórico
(Lc.21:28; Mt.16:3;24:33;24:3).

6) Em duas Fases
(Sf.2:3). a) A primeira fase: O arrebatamento da igreja, nos ares (ITs.4:16,17; Jo.14:3); a parousia.. b) A segunda fase: A revelação ao mundo, na terra (IITs.1:7-9;2:7,8; Cl.3:4; Ap.1:7; Jl.3:11; ITs.3:11; Zc.14:4,5; Jd.14).

7) Analogias:
Há na Bíblia algumas analogias interessantes a estes dois aspectos da segunda vinda. 
a)
Davi: A volta de Davi da outra banda do Jordão depois de Abraão e seus seguidores terem sido derrotados, a ida de Judá ao seu encontro, e a volta dos dois juntos para Jesuralém (IISm.19:10-15,40; IISm.20:1-3).
b) Joiada: A revelação particular de Joiada aos capitães e aos cários, e sua revelação pública um pouco mais tarde (IIRs.11:4-12).
c)
Pedro: O encontro de Pedro com Jesus, andando sobre as águas. Pedro foi até Ele, e os dois voltaram juntos para o barco (Mt.14:22-34).
d) Paulo: Quando Paulo aproximou-se de Roma, os irmãos foram ao seu encontro e todos voltaram juntos para a capital (At.18:15,16).
e) Isaque: O encontro de Isaque com Rebeca (Gn.24). Neste trecho Abraão é um tipo de um Rei que faria o casamento de seu Filho (Mt.22:2). O Servo anônimo um tipo do Espirito Santo, que não fala de si mesmo mas das coisas do Noivo para conquistar a noiva (Jo.16:13,14), e que enriquece a noiva com presentes do Noivo (ICo.12:7-11; Gl.5:22-23), e que traz a noiva ao encontro do Noivo (At.13:4;16:6-7; Rm.8:11; ITs.4:14-17). Rebeca é um tipo da igreja, a virgem noiva de Cristo (Gn.24:16; IICo.11:2; Ef.5:25-32). Isaque, um tipo do Noivo, a quem não havendo visto, a noiva ama através do testemunho do Servo anônimo (IPe.1:8), e que sai ao encontro de Sua noiva para recebê-la (Gn.24:63; ITs.4:14-17). Estes incidentes não provam a teoria, mas ilustram a dupla natureza da volta de Cristo.

8) Pré-Tribulacional:
A primeira fase (Ap.3:10). 9) Pré-Milenista: A primeira e segunda fase (IITm.2:12).


C) Os Sinais Precedentes da Segunda Vinda:

1) Sinais nos Céus (Lc.21:25a).

2) Sinais na Terra (Lc.21:25b; Mt.19:28;24:6-8).
a) Terremotos (Mt.24:7)
b) Pestes (Mt.24:7)
c) Guerras e fome (Mt.24:7).
d) Progresso científico (Dn.12:4; Na.2:4).
e) Apostasia (ITm.4:1; IITm.4:1-4; IIPe.2:1,2).
f) Tempos difíceis (IITm.3:1-5; Tg.5:1-8).



II. A TRIBULAÇÃO

Imediatamente após o arrebatamento da igreja inicia-se um período de tempo, na terra, que a Bíblia chama de tribulação.

A) Tipos de Tribulação:

Os teólogos se dividem em três diferentes correntes
1) Mid-Tribulacionistas: Os defensores desta opinião acreditam que a igreja vai passar pela primeira metade da tribulação, e será arrebatada no meio (mid) dos dois períodos de três anos e meio cada. Seus defensores citam At.14:22 para fundamentar esta opinião.
2) Pós-Tribulacionistas: Estes acreditam que a igreja passará por todo o período da tribulação, e será arrebatada apenas após a tribulação, por ocasião da segunda vinda de Cristo. Eles não distinguem a segunda vinda em duas fases.
3) Pré-Tribulacionistas: Os defensores desta doutrina acreditam que a igreja não passará pela tribulação, pois será arrebatada antes que ela se inicie(Ap.3:10; Rm.5:9; ITs.1:10;5:9)

B) O Período da Tribulação:

Segundo as Escrituras o período da tribulação é de sete anos, um período que será abreviado por causa dos eleitos (Mt.24:22).

1) Identificado com a 70 semana:

A tribulação é também chamada de septuagésima semana de Daniel. Deus revelou a Daniel que 70 semanas de anos (Ez.4:5,6; Gn.29:27; Lv.25:8; Dn.9:2,24) estavam determinada sobre Israel. Estas 70 semanas inciaram-se com a volta de Neemias e com a reconstrução dos muros e da cidade de Jerusalém (Dn.9:25; Ne.2:1-8). O sacrifício de Cristo na cruz ocorreu depois da 69 semana (Dn.9:25), bem como a destruição de Jerusalém em 70 d.C. A última semana, ou seja a septuagésima, mencionada em Dn.9:27, ainda não se cumpriu, demonstrando que há uma quebra na sucessão das semanas, por um período de tempo indeterminado, entre a 69 e a 70 semana, período este reservado para os gentios (Lc.21:24).

2) Dividido em dois Períodos:

Esta última semana divide-se em dois períodos de três anos e meio cada um. a) Anos: A expressão "um tempo, tempos e metade de um tempo" (Dn.7:25;12:7; Ap.12:14) se refere a "um ano, dois anos e metade de um ano", o que eqüivale a "três anos e meio". b) Meses: Este período de três anos e meio eqüivale ao período de "quarenta e dois meses" mencionado na Bíblia (Ap.11:2;13:5). c) Dias: O mesmo período também identificado na Bíblia por dias: "1.260 dias" (Ap.11:3;12:6; Dn.12:11,12).

3) A Primeira Metade da Tribulação:
a)
Aliança de Israel com o Anticristo (Dn.9:27; Jo.5:43; Is.28:14-18).
b) As duas testemunhas (Ap.11;3).

4) A Segunda Metade da Tribulação: Chamada de grande tribulação ou angústia de Jacó (Mt.24:21; Jr.30:7; Dn.12:1).
a)
Perseguição aos judeus (Ap.11:2;12:6,14).
b) Perseguição aos convertidos (Ap.7:13,14).
c)
A besta política, o Anticristo (Ap.13:1-10).
d) A besta religiosa, o Falso Profeta (Ap.13:11-18)
e) Os 144.000 judeus (Ap.7:4-8;14:1-5).
f)
Abominação desoladora (Dn.9:27;12:11; Mt.24:15; Ap.13:14,15; IITs.2:9).



III. O MILÊNIO

Depois da tribulação Cristo voltará à terra com Seus santos e inaugurará o reino milenial (Ap.20:2-7). A palavra millennium vem do latim mille e annus que significa mil anos. O termo grego usado na Bíblia é chiliasm (quiliasmo).

A) Tipos de Milênio:

1) Amilenistas: Os que defendem esta posição não crêem na literalidade do reino milenial. Para eles o milênio é uma realidade puramente espiritual, que se estende do primeiro advento ao segundo advento de Cristo, período este que já se completou quase 2.000 anos, e que culminará na grande tribulação para restauração da igreja e o progresso do testemunho do evangelho.

2) Pós-Milenistas:
Tal como os amilenistas, os pós-milenistas colocam a segunda vinda e o arrebatamento da igreja depois do milênio e da tribulação. eles identificam a tribulação com a revolta de Gogue e Magogue (Ap.20:8,9). Os pós-milenistas acreditam que a história avança em direção à cristianização do mundo pela igreja, e que haverá um milênio futuro de duração indeterminada.

3) Pré-Milenistas:
Para estes o milênio é futuro e literal de mil anos na terra, que vem precedido pela tribulação, e é posterior a segunda vinda. Há dois tipos de pré-milenismo, a saber: a) Pré-Milenismo Histórico: Colocam o milênio depois da tribulação, mas crêem que a tribulação será um período breve e indeterminado de aflição. b) Pré-Milenismo Dispensacionalista: Estes vinculam a tribulação à 70 semana de Daniel, e, assim, baseado nela, consideram a sua duração por um período de sete anos.

B) A Natureza do Milênio:

1) Cristo Reinará (Zc.14:9).
2) Davi Reinará
(Ez.34:23,24;37:24; IICr.13:5; At.15:16).
3) Os Crentes Reinarão
(Dn.7:18; Ap.5:10).
4) Haverá Justiça
(Is.32:1; Sl.66:3;81:15; Zc.14:17-19).
5) Haverá Conhecimento de Deus (Is.11:9; Jr.31:34).
6) Haverá Paz (Is.2:4;9:6,7)
7) Haverá Prosperidade (Is.35:1,2;51:3; Am.9:13).
8) Haverá Longevidade de Vida (Is.65:20;33:24).



IV. AS RESSURREIÇÕES

A) Ensinada pelo Antigo Testamento

(Jó 19:25-27; Sl.16:9-11;17:15; Is.26:19; Os.13:14; IIRs.4:32-35;13:20,21 IRs.17:17-24; Dn.12:2).

B) Ensinada pelo Novo Testamento

(Jo.5:21,28,29; IPe.1:3 At.26:8,22,23;23:6-8; Jo.6:39,40,44,54; Lc.14:13,14;20:35,36; ICo.15:22,23; ITs.4:14-16; Fp.3:11; Ap.20:4-6,13,14; Jo.11:41-44; Lc.7:12-15;8:41,42,49-56; Mt.27:52,53; Mt.28; Jo.20).

C) A Natureza da Ressurreição:

1) Universal (Jo.5:28,29).

2) Dupla (Dn.12:2; Ap.20:4,5).
a) A primeira ressurreição: Em cinco etapas:
- Cristo: as primícias (ICo.15:23a; Mt.27:52,53).
- Igreja: pré-tribulacionista (talvez representada por Enoque Hb.11:5;ICo.15:23b; ITs.4:13-15).
- Duas testemunhas: mid-tribulacionista (Ap.11:11).
- Mártires da grande tribulação e santos do Antigo Testamento: pós-tribulacionista (Dn.12:1; Is.26:19; Ez.37:12-14; Ap.20:4).
- Salvos do milênio: pós-milenista.

b)
A segunda ressurreição (Jo.5:29b; Ap.20:5a,12-14).

D) Características do Corpo Ressuscitado:

1) Do Crente:
a)
Identificado com o corpo sepultado (Jó 19:25-27; Lc.24:31; At.7:55,56)
b) Semelhante ao de Cristo (IJo.3:2).
c) Real (Lc.24:39).
d) Livre de limitações terrenas (Jo.20:19).

2) Do Incrédulo: Mortal e corrupto (Mt.5:29;10:28; Ap.20:12,13;21:8; Gl.6:7,8).



V. OS JULGAMENTOS:

A) O Juiz:

1) Deus (Rm.1:32;2:2,3,5,6;14:12; Sl.9:7,8;96:13).
2) Cristo
(Rm.2:16;14:10-12; At.17:31; Jo.5:22,23,27; IICo.5:10; At.10:42; IITm.4:1).
3) Os Santos como Auxiliares (Sl.149:9; Ap.2:26;3:21; ICo.6:2,3).

B) Natureza do Julgamento:

1) Bema = Tribunal (ICo.4:5; Ap.22:12; ICo.3:13-15; Jo.5:24; IICo.5:10).
2) Israel
(Sl.50:1-7; Is.1:2,24,26; Ez.20:30-44; Jl.3:2; Ml.3:1,17; Mt.25:31,32; Zc.14:1,2).
3) Gentios
(Sl.9:7,8;96:12,13; Zc.14:1,2; Mt.25:31,32).
4) Besta e Falso Profeta (Ap.19:20).
5) Anjos
(Mt.25:41; ICo.6:3; Jd.6; IIPe.2:4).
6) Satanás
(Ap.20:10).
7) Juízo Final = Trono branco (Ap.20:5a,11; At.24:14; Jo.5:29; Ap.20:12,13,15;21:8; ICo.4:5;15:28; Hb.9:27; Rm.2:5,6; Mt.12:36; IICo.5:10).


PROFECIAS E SIMBOLOGIA PROFÉTICA

Apocalipse 2:29 - "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas". Toda tipologia profética traz verdades profundas dos planos de Deus para a humanidade. Tipo é a expressão que antecede o teor exato dum cumprimento futuro. A palavra de Deus utiliza-se do elemento chamado tipo, para expressar verdades doutrinárias que tem como objetivo central o Senhor Jesus Cristo. A humanidade atual deveria se preocupar não somente em pesquisas intermináveis e em desenvolvimentos colossais nas suas áreas diversas mas, preocupar se existe um ser superior, um supremo arquiteto, um maestro por excelência, o Deus de todos os espíritos que nos revelou em sua eterna palavra, as coisas que deveriam acontecer ( Mateus 24:35 - "O céu e a terra passarão mas as minhas palavras não hão de passar" ). MAS O ESPÍRITO EXPRESSAMENTE DIZ ... - I TIMÓTEO 4:1A Texto áureo da tipologia profética: II Reis 11:1-4 , 11-17 II Reis 11:1-4 - "Vendo Atalia, mãe de Acazias, que seu filho era morto, levantou-se, e destruiu toda descendência real, mas Jeoseba, filha do rei Jorão, irmã de Acazias, tomou a Joas, filho de Acazias, e o furtou dentre os filhos do rei, os quais matavam, e o pôs a ele e a sua ama numa câmara interior, e assim esconderam de Atalia, e não foi morto. Jeoseba o teve escondido na casa do Senhor seis anos, nesse tempo Atalia reinava sobre a terra. No sétimo ano mandou Joiada chamar os capitães dos cários e os fez entrar à sua presença na casa do Senhor, fez com eles aliança, e ajuramentou-os na casa do Senhor e lhes mostrou o filho do rei". II Reis 11-17 - "Os da guarda se puseram, cada um de armas na mão, desde o lado direito da casa real até o lado esquerdo, e até o altar e até ao templo, para rodear o rei. Então Joiada fez sair o filho do rei, pôs-lhe a coroa e lhe deu o filho do testemunho; eles o constituíram rei, e o ungiram, e bateram as palmas, e gritaram: Viva o rei !. Ouvindo Atalia o clamor dos da guarda e do povo, veio para onde este se achava na casa do Senhor. Olhou, e eis que o rei estava junto à coluna, segundo o costume, e os capitães e os trombetas junto ao rei, e todo o povo da terra se alegrava, e se tocavam trombetas. Então Atalia rasgou seus vestidos, e clamou: Traição, traição! Porém o sacerdote Joiada deu ordem aos capitães, que comandavam as tropas e disse-lhes: Fazei-a sair por entre as fileiras e se alguém a seguir, matai-o à espada. Porque o sacerdote havia dito: Não a matem na casa do Senhor. Lançaram mão dela e ela, pelo caminho da estrada dos cavalos e foi à casa do rei onde a mataram. Joiada fez aliança entre o Senhor e o rei e o povo, para serem eles o povo do Senhor; como também entre o rei e o povo". Uma mulher impiedosa, cruel e fria, sem escrúpulos pessoais que não fazia por esconder o seu ódio ao povo de Israel, tomou para si o poder do reino de Judá, matou cruelmente os nobres, do reino, quando viu morto o seu filho Acazias. Era filha da ímpia rainha Jezabel, mulher de Acabe, cujo governo fora movido pela idolatria, perversão e perseguição aos servos do Senhor, como nos mostra I Reis 19:10 contra o profeta Elias, o tesbita. Atalia, filha da rainha Jezabel, é para nós hoje a ilustração profética da última sociedade ou camada social e religiosa, anticristã oposta completamente ao povo de Deus, às verdades bíblicas e à Sião, cidade de Deus. Apocalipse 17:1-6 - "Mistério, a grande Babilônia, a mãe das prostituições e a das abominações da terra". Atuações visíveis da Babilônia espiritual dos nossos dias A prostituta Babilônia se aplica ao ecumenismo sob liderança do líder do Vaticano, o império papal. Diversos comentaristas e expositores bíblicos defendem a posição doutrinária de que, após o 2o século da era cristã, a igreja romana apostatou-se do Deus da Bíblia . As ideologias propagadas atualmente em todo ocidente e oriente sob orientação papal.

A) O Vaticano não reconhece Israel como estado, e capital.

B) O ideal da igreja romana é internacionalizar Jerusalém, no sentido político, comercial e religioso.

C) Diante deste suporte mundial, ceder o poder do estado de Israel para o Vaticano dando-lhe supremacia, seria dessa forma o possível poder para o ecumenismo ser manipulado de forma ampla e irrestrita, bem no centro de todas as religiões mundiais.

D) Observemos como diversos movimentos modernistas em todos os países tentam de forma simulada imitar a mensagem protestante e do Evangelho do Senhor Jesus, com uma espécie de fermento, procurando diluir ou mesclar os grupos ou camadas religiosas mais consistentes e sólidas na verdadeira doutrina bíblica, a fim de arrebanhar o maior número possível de almas, quais servirão, tão somente, para serviço e adoração do grande ditador do futuro.( Referência: Apocalipse 13:16-18 )


AS DUAS BABILÔNIAS


A Babilônia Política
( Referência: Apocalipse 17:8-17 )

Interpreta-se profeticamente, no livro do Apocalipse, que o império e o sistema confederado da besta, o último estágio de governo e forma de ditadura que a terra vai presenciar, qual terá seu final em Armagedon ( Meguido ).


A Babilônia Eclesiástica

( Referência: Apocalipse 17:1-7, 18, 18:1-18 )
Toda a expressão do cristianismo apóstata que se encontra fora da doutrina ( doutrina essa que afirma ser Jesus o Senhor, Salvador e Mediador entre a humanidade e Deus ) o papado tem sido precursor e atual incentivador do ecumenismo mundial. A Babilônia Eclesiástica é a grande meretriz espiritual dos dias atuais, e terá seu enfoque nos dias do anti-Cristo ( Apocalipse 17:1 ) será destruída, pela Babilônia Política. Somente a besta ( o grande ditador do futuro, o füher dos anos cibernéticos ) reivindicará adoração a si próprio, através dos seus meios, para que lhe seja dado culto e adoração ( Referências: II Tessalonissences 2:3-4 e Apocalipse 13:15 ).
Nota - Estas duas babilônias serão destruidas literalmente pelo Senhor Jesus em sua volta triunfal. Amado leitor, lembre-se de que o Senhor Jesus adentrou em Jerusalém, montado em um jumentinho como Rei de paz, as crianças e os simples clamavam: Hosanas, hosanas, hosanas! Nesta ocasião, no desenrolar dos tempos finais ( a grande tribulação ) Ele virá sobre as nuvens em um cavalo branco, como Rei que em sua mão leva o seu cetro de domínio para reger as nações.

Ano Santo 2000 - Expo 2000 Hannover Existe um esforço incalculável de Roma para tentar unificar todas as expressões de fé da humanidade. Este encontro visa canalizar estes esforços e procura resgatar o terreno perdido pelo poder da Verdade da Palavra. Para o Vaticano, de nossos dias, isto representará a celebração da unidade da fé. Ainda não se conseguiu responder às 95 teses de Martinho Lutero e já se pensa em unificação universal. Será isto possível ? Referências - Apocalipse 19:11-21 , Daniel 9:27 , Mateus 24:21 , 24:29-30 , Apocalipse 16:14 , 19:1-6.

Ecumenismo  

- É o sistema integrado e universalizado, globalizando conceitos religiosos, filosofias e bases doutrinárias; sistema pela qual se pode haver um líder maioral e os demais líderes em ocupação subalterna. Um falso casamento, Israel e Roma - ( Referências: Isaías 28:18 e II Reis 8:16-19 ) Israel, hoje, busca a paz a qualquer preço e estende as suas mãos às nações ocidentais, prova disso concordam os registros sobre tecnologia de ponta de que Israel têm se despontado em sua aprimorada tecnologia a nível destacado no ranking mundial. Ao mesmo tempo, estende as suas mãos para Roma e comenta-se em todo o mundo atual, uma possível visita de Carol Voittilla à Jerusalém. Vemos no conceito bíblico que este casamento não foi e não é agradável ao Senhor, este casamento tem natureza tendenciosa, assim como foi de teor maligno, para os reinos do Norte e reinos do Sul de Israel. A Bíblia comenta uma nova aliança de Israel com o império da morte ( Isaías 28:18 ) - morte biblicamente indica separação eterna de Deus.

Ataque direto de Satanás à raiz de Davi - ( Referências: II Reis 11:1-3 )

Esta mulher, Atalia, foi usada pelo arquinimigo de Deus para tentar bloquear a vinda do Senhor Jesus, como está em Gênesis 49:8-12. Vemos que o Senhor Jesus Cristo é o Leão da Tribo de Judá ( Miquéias 5:1 , Hebreus 7:14, Apocalipse 5:5 ). O principal alvo de uma entidade ou espírito anti-cristão é impedir que Jesus reine.

A) Atalia - significa ‘O Senhor oprime’ , percebemos então uma alusão ao tempo de grande opressão à Israel ( tempo de angústia para Jacó - Jeremias 30:7 ), o final do tempo anti-cristão antes da volta do Senhor Jesus e considerando a palavra profética de Daniel ( Daniel 9:20-27 ). Outra alusão é que Atalia reinou até o 7o ano antes que chegasse o seu fim ( II Reis 11:1-4 ), o número 6 caracteriza o número de uma atmosfera anti-cristã ( Apocalipse 13:16-18 ).

B) Atalia - significa ‘O Senhor manifestou a sua grandeza’ também fica autenticado que durante 7 anos de tribulação, o Senhor manifestará o seu grande poder voltado à Israel ( Apocalipse 11:15 ). A Jesabel dos últimos dias - ( Referência: Apocalipse 2:20 ) De forma profética, a carta do Senhor Jesus à igreja de Tiatira refere-se à igreja sob liderança papal, que durante séculos adquiriu este caráter, imitando o que é real, mas não o é. Em 1997, a sua simulação torna-se ainda mais ampla e acelerada, tentando reconquistar uma posição honesta e exclusiva com Deus mas, é impossível pois deixou de adorar ao Senhor Jesus para adorar uma mulher mortal com o nome de Maria, não ressurreta, humana e comum. Segundo a teologia romana, a mulher do sol, em Apocalipse 12:1-2, é Maria citada por eles. No Vaticano quem dita as normas para adoração é a rainha do céu. Existem 12 estrelas sobre a sua cabeça e deveríamos atentar para este detalhe, que está na bandeira da progressiva União Européia. Assim, como Jesabel esteve em lugar errado nos dias de Israel, adorou a Baal e matou os santos, Maria também, ocupa o lugar errado para o verdadeiro cristianismo do Novo Testamento deixado pelo Senhor Jesus. Ela mesmo declarou-se profetiza ( Apocalipse 2:20 ).


Contrastes Bíblicos e Sacrifícios Errados e Comuns

A) A missa como sacrifício pelos pecados ( século IV 370 AD ) em contraste com o que diz a palavra de Deus em Hebreus 10:12,14 e 18.

B) Celibato ( século XI 1074 AD ) - proíbem o casamento de seus ministros. Como se conduz então o ciclo biológico natural criado por Deus a toda a raça humana ?. Em contraste com a palavra de Deus ( I Timóteo 3:1-7 4:1-5 ).

C) Maria mãe de Deus - ( século V, ano 431 AD ) Há provas evidentes de que Deus não pode ser criado, Ele é criador. A palavra de Deus apresenta como real e verdadeira condição do ser humano a de se achegar a Deus através de seu Filho Jesus Cristo ( Referências: I Timóteo 2:5 , I João 2:1 , Hebreus 7:22-27 e I Pedro 3:18 ). Ênfase para João 3:16.

ECUMENISMO - MOVIMENTO FINAL

"Mas o que tendes, retende-o até que Eu venha" Apocalipse 2:25 Esta exortação e doutrina deveria chamar a atenção de forma abrangente pois, o Senhor Jesus ordena a João escrever ao anjo da igreja de Tiatira, igreja cuja interpretação contextual trata-se do povo liderado pelo governo papal ( idade média ); nesta passagem vemos que ( Apocalipse 2:18-29 ), o estado espiritual deste império eclesiástico é demasiadamente apóstata, contra Jesus e à sua doutrina, tolera a falsa profetiza, com seus ensinos, prostituições espirituais e profundezas de Satanás. Em Apocalipse 13:16-18 a Bíblia afirma que será dado à besta, o grande ditador do futuro, a besta, todo poder, inclusive de âmbito espiritual ( pois, Satanás requer adoração pessoal, e este cenário que se desenrolará após a grande tribulação, ou seja, na sua primeira metade II Tessalonicenses 2:1-12 , Mateus 24:15-35 ), é bem lógico que todo este cenário deverá ser preparado com grande antecedência. Podemos observar o avanço da humanidade na área da ciência, tecnologia, e tantas outras, mas sempre se afastando de Deus. O ecumenismo aspira ideais de grande poder, quem se unir a ele estará servindo a dois senhores. Jesus nos diz em João 10:1-18 que Ele é o nosso Sumo Pastor, o grande Dirigente em Chefe, não podemos ultrapassar esta eterna doutrina, pois Ele é o Caminho, e a Verdade e a Vida, e ninguém, em absoluto, chegará na eternidade para se apresentar a Deus, e para sempre com Ele estar, sem ser por este Caminho. EU SOU O ALFA E O ÔMEGA Apocalipse 1:8

SINOPSE

Glorifico e exalto o Nome do Senhor Jesus Cristo e dedico-Lhe este estudo e também a você meu amado(a) pois, dias vivemos em que muitos serão enganados e passarão a ter suas consciências cauterizadas por darem ouvidos a espíritos de demônios, não crendo no Evangelho genuíno do Senhor Jesus Cristo. A todos que aguardam ansiosamente a vinda do Senhor Jesus, digamos agora em uma só voz... Maranata, vem Senhor Jesus ! - I Coríntios 16:22 e Apocalipse 22:20

DEFINIÇÕES E ABREVIATURAS  

Ecumênico - (adj. ) Aurélio Buarque de Holanda Ferreira - universal, indica igualdade e totalidade.

BIBLIOGRAFIA:

Bíblia Sagrada - ARC ( Figueiredo )
Bíblia Sagrada - ARA ( Scofield )
Bíblia Sagrada - Viva ( Mundo Cristão )
Dicionário da Bíblia - ( John D. Davis )
Enciclopédia Bíblica - ( O.S. Boyer )
Dicionário da Língua Portuguesa - ( Aurélio Buarque de Holanda Ferreira )



Autor: Pr. Almir B. Almeida


Copiado de http://igspot.ig.com.br/almirbalmeida/escatologia_significa_doutrina_d.htm



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (até 1948) são as autênticas Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), são as únicas que o crente deve usar, pois são fielmente traduzidas somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EscatologiaEDispensacoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )