Trata de 666 anticristo Apocalipse Armagedom besta falso profeta galardão inferno Israel julgamento lago de fogo milênio noiva de Cristo nova Jerusalém ressurreição tribulação trono branco 

ESCATOLOGIA:
A DOUTRINA DAS ÚLTIMAS COISAS

 



Hélio de Menezes Silva, Out/1997; revisto e reformatado Set/2006

 

 

1. INTRODUÇÃO


1.1. É IMPORTANTÍSSIMO O ESTUDO DAS PROFECIAS
,

porque:

a. Ele é proeminente nas Escrituras.
V.T.: o V.T. está repleto (mais de 1/3 dele!) de profecias, incluindo a 2a. vinda de Cristo. Exemplos: Jó 19:25-26; Dan 7:13-14; Zac 14:4.

N.T.: Mais de 350 versículos (1/25) do N.T. são proféticos! Há capítulos (Mat 24, 25; Mar 13; Luc 21; 1Cor 15) que são inteiramente proféticos. Há mesmo livros (1 e 2Thes; Apo) que são inteiramente proféticos!

Ao todo: 1/3 (um terço!) da Bíblia é constituído de profecias! (a maior parte delas já cumpridas, mas muitíssimas ainda por se cumprir).

    Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.    E depois de consumida a minha pele, contudo ainda em minha carne verei a Deus,  (Jó 19:25-26)
 
  Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.    E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.  (Dan 7:13-14)
 
  E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul.  (Zc 14:4)


b. Ele é decisivo para o entendimento de praticamente todas:
As doutrinas (por exemplo: a salvação é passada, é presente e ainda é futura: como entender isto sem termos em mente que nosso corpo ainda será ressuscitado e glorificado?).

Os tipos (por exemplo o casamento de Isaque e Rebeca: como entendê-lo sem termos em mente que lindamente tipifica o Pai enviando o Espírito para trazer a Noiva para as bodas com o Filho?).

As promessas. Por exemplo: Mat 16:27; John 14:3; 1Th 4:13; Tg 5:8; Heb 10:37; Apoc 1:7; 22:12; 22:20;
Ver também (grandes demais para citar): Salmo 2; 22; 24; 25; 45; 72; 89; 110.

Os incentivos à santidade. Por exemplo: 1Jo 3:2-3.

A ordenança da Ceia: Como entendê-la se não tivermos em mente que Cristo ordenou que, nela, “anunciais a morte do Senhor, até que Ele venha ” (1Cor 11:26)?

etc.

Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.  (Mat 16:27)
   
E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.  (John 14:3)
   
Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.  (1Thes 4:13)
 
  Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda do Senhor está próxima.  (Tia 5:8)
 
  Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.  (Heb 10:37)
 
  Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.  (Apoc 1:7)

    E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.  (Apoc 22:12)
 
  Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.  (Apoc 22:20)


    "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.” (1Jo 3:2-3)


c. Ele tem um efeito decisivo no nosso serviço para Cristo
Mat 24:45-51; Luc 19:13; 1Cor 3:11-15; 2Cor 5:10.

    Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?    Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.    Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.    Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá;    E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios,    Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe,    E separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.  (Mat 24:45-51)
 
  E, chamando dez servos seus, deu-lhes dez minas, e disse-lhes: Negociai até que eu venha.  (Luc 19:13)
 
  Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.    E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha,    A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um.    Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão.    Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo.  (1Cor 3:11-15)
 
  Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal.  (2Cor 5:10)


d. A (verdadeira, grande) esperança-expectativa dos verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais é o Arrebatamento
Tit 2:13; 1Pe 1:3; 1Jo 3:2-3.

    Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo;  (Titus 2:13)
 
   Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,  (1 Peter 1:3)
 
   Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.    E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.  (1 John 3:2-3)


e. Profecias incentivam ao cristianismo verdadeiro, bíblico, fervente

Levam :
  O perdido a ser salvo 2Cor 6:2;

  O salvo- desviado a voltar Rom 13:11-12;

  O salvo- fiel a:
    Autopurificar-se Mat 25:6-7; 2Pe 3:11; 1Jo 3:2-3;
    Vigiar e ser constante Mat 24:44; Mar 13:36; 1Th 5:6; 1Jo 2:28;
    Permanecer firme na adversidade 2Ti 2:12; Heb 10:35-37; 11:26; Tg 5:7.

   Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável E socorri-te no dia da salvação;  (2Cor 6:2)
   
  E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé.    (12)  A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz. (Rom 13:11-12)

  Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.   (7) Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas.  (Mat 25:6-7)
 
Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, (2Pe 3:11)
 
Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.    E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.  (1Jo 3:2-3)


    Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis.  (Mat 24:44)
 
  Para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo. (Mar 13:36)

   
Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios
; (1Thes 5:6)
 
  E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por ele na sua vinda. (1John 2:28)


    Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; (2Tim 2:12)
   
Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão. (36) Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa. (37) Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.  (Heb 10:35-37)
 
  Tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. (Heb 11:26)

 
  Sede pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia. (Tia 5:7)



1.2. PROFECIAS TÊM QUE SER INTERPRETADAS LITERALMENTE

Em última instância, todas as diferenças teológicas entre os crentes recaem em “COMO interpretar a Palavra de Deus?

Basicamente, há apenas 2 métodos de interpretação da Bíblia:

a. Método alegórico: Cada pessoa atribui o sentido que preferir às palavras de Deus, de modo que a autoridade final fica sendo o homem, e não Deus!

b. Método literal-gramatical-histórico: “Quando a interpretação direta, literal e simples das Escrituras faz sentido [com o contexto e com passagens correlatas], não procure nenhuma outra interpretação” (D. L. Cooper).



Algumas chaves para o entendimento das Escrituras:
·    Ser salvo 1Cor 2:14

·    Ler (estudar, conferir) a Bíblia diariamente Atos 17:11;

·    Interpretar a Bíblia literalmente (em harmonia com o contexto e com passagens correlatas) 2Pe 1:20;

·    Saber dividir as Escrituras (que dispensação é referida? isto foi dirigido a quem? foi dito por quem? etc.) 2Tim 2:15;

·    Comparar Escritura com Escritura 1Cor 2:13

·    Aplicar (pôr em prática); e pregar tudo que aprendemos na Palavra de Deus Atos 8:35.

    Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. (1Cor 2:14)
   
Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim.  (Atos 17:11)
   
Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.  (2Pet 1:20)
   
Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.  (2Tim 2:15)
   
As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.  (1Cor 2:13)
   
Então Filipe, abrindo a sua boca, e começando nesta Escritura, lhe anunciou a Jesus.  (Atos 8:35)

Lembrar que:

a. Algumas profecias foram condicionais (por exemplo: Jonas, referindo-se a Nínive);

b. Profetas falam do futuro como se fosse presente ou passado;

c. “Lei dos Picos ”: Um trecho pode dar a visão de 2 picos e esconder 1 vale entre eles (por exemplo: Isa 61:1-2; Joel 2:28-32);

d. “Lei do Duplo Cumprimento ”: Antes do infalível cumprimento maior (literal, completo, e definitivo), profecias às vezes podem ser cumpridas somente num sentido menor (figurativo, incompleto, e temporário), uma espécie de "pequena amostra preliminar, um penhor comprobatório de que o todo virá", o que de modo algum substitui e impede o cumprimento literal, completo e definitivo. (Por exemplo: algumas profecias foram parcial e incompletamente cumpridas na destruição de Jerusalém no ano 70, mas ainda aguardam cumprimento maior- literal- completo- definitivo, na Tribulação);

e. “Lei da 1a. Referência”:  Quando alguma coisa tem um sentido figurativo, na Bíblia, ele é constantemente o da sua 1a. ocorrência. (Por exemplo: fermento é sempre mal, é sempre uma figura de pecado e hipocrisia, e isto explica a parábola do fermento, em Mat 13);

f. “Lei da Recapitulação”: Passagens sucessivas às vezes podem e têm que ser reconhecidas como sendo recapitulações, repetições de um mesmo fato sob diferentes ênfases e diferentes pontos de vista (Por exemplo: os 4 evangelhos; os sonhos de faraó (vacas e espigas); Gen 1:1 e os outros relatos da criação em Gen 1:2-31 e 2:4-25; os 7 selos + 7 trombetas + 7 taças de Apocalipse., etc.);

g. Nunca alicerce uma doutrina apenas em figuras, tipos, parábolas, etc. E não procure explicar todos os detalhes das parábolas e figuras e tipos, mas só os principais. E use-os não para inventar, mas sim para ilustrar doutrinas que já estão bem estabelecidas em trechos claros, literais, explícitos;

h. Sempre use os textos explícitos- claros- ordem para explicar os implícitos- nebulosos-exemplos, não estes para torcer e anular aqueles;

i. Tudo o que foi cumprido até hoje o foi literalmente. Por que supor que, em algum aspecto futuro, não mais o será?

    O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;    A apregoar o ano aceitável do SENHOR {até aqui é a 1a. vinda do Messias} e o dia da vingança do nosso Deus {aqui é a 2a. vinda do Messias}; a consolar todos os tristes;  (Isa 61:1-2)
    28
E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.    29 E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito
{profecia para ISRAEL, até este verso houve um cumprimento PARCIAL no livro de Atos}.    30 E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça {profecia para ISRAEL, a partir daqui só será cumprida na 2a. vinda do Messias}.     31 O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR.    32 E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar.  (Joel 2:28-32)

    “No princípio criou Deus os céus e a terra.” (Gn 1:1)
    “2 E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. 3 ¶ E disse Deus: Haja luz; e houve luz. 4 E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. 5 E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro. ... 31 ¶ E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.” (Gn 1:2-31)
    “4 ¶ Estas são as origens dos céus e da terra, quando foram criados; no dia em que o SENHOR Deus fez a terra e os céus, ... 25 E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.” (Gn 2:4-25)



 

1.3. O “QUADRO GERAL DA HISTÓRIA”, OU “O MAPA DAS 7 DISPENSAÇÕES”

Se não tivermos este mapa em mente, será quase impossível compreendermos muitas das profecias. É importantíssimo que você acompanhe todo este curso com consultas constantes ao mapa das 7 dispensações, como encontrado no folheto “O Mapa Bíblico - O Plano de Deus para Todos os Tempos ”, da Imprensa Batista Regular, ou em mapa equivalente. Eis um bem simplificado:


 
 

[Está com  width = 200 e hight = 150%. Para imprimir numa só folha A4, reduza tais dimensões pela metade]

[Hélio ficaria muito feliz se alguém competente e habilidoso pudesse passar esta figura para português, a tornasse mais nítida, e ma enviasse.]

[Se você não conseguiu visualizar a figura acima, tente http://members.citynet.net/morton/images/ldispen.gif . Em português, o irmão Célio Machado fez gráficos excelentes (ver http://biblia.8m.com/escatologia.html ), não os incluí pela questão de copyright, e porque seriam necessários muitos gráficos grandes demais para este meu resumo]

 


Notemos que:
1) Este diagrama não pretende indicar que sempre que uma dispensação começou ela cancelou todos os tratos das dispensações anteriores e os substituiu por um trato novo e totalmente diferente. Ao contrário, a maioria das dispensações adicionam mais regulamentações enquanto mantendo muitos dos tratos das dispensações anteriores. Por exemplo: apesar da chamada de Abraão ter introduzido a dispensação da promessa, não trouxe a dispensação precedente a um fim, pois o governo humano ainda hoje se encontra em vigor. A maioria dos efeitos das dispensações são cumulativos ao invés de substitutivos.

2) Apesar de hoje Deus recusar obras para a salvação, requereu-as contudo (como evidências da verdadeira fé) sob outras dispensações. Como já explicamos, isto não aconteceu, porque as obras em si mesmas pudessem salvar, mas porque elas eram a necessária expressão da fé.

3) Aos santos dos séculos passados só lhes era requerido crerem em tudo o que Deus já tinha revelado até então. Eles eram salvos simplesmente porque confiavam em Deus e criam em tudo que Ele já havia dito, mesmo eles não antevendo perfeitamente todo o plano de Deus, particularmente não antevendo perfeitamente Cristo vertendo Seu sangue por e em lugar deles, nem compreendendo tudo de todos os tipos dados por Deus.


 

1a. Dispensação: INOCÊNCIA (ou Liberdade):
 

RESPONSABILIDADE (tão pouca e leve! oh, o amor de Deus!): NÃO COMER
  E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.    E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.  (Gên 1:27-28)

  Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.  (Gên 2:17)



FRACASSO (oh, a maldade do homem em geral!): COMERAM
  E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.  (Gên 3:6)



JUÍZO: MALDIÇÃO E MORTEs
  E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.    E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida.    Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo.  (Gên 3:16-18)



 

2a. dispensação: CONSCIÊNCIA (ou Autodeterminação)
 

RESPONSABILIDADE (tão pouca e leve! oh, o amor de Deus!): OBEDECER, SACRIFÍCIOS DERRAMANDO SANGUE
  E fez o SENHOR Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu.    Então disse o SENHOR Deus: Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente,  (Gên 3:21-22)

  E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o SENHOR para Abel e para a sua oferta.  (Gên 4:4)




FRACASSO (oh, a maldade do homem em geral!): CORRUPÇÃO
  E viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque toda a carne havia corrompido o seu caminho sobre a terra.  (Gên 6:12)



JUÍZO: DILÚVIO UNIVERSAL
  E disse o SENHOR: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito.  (Gên 6:7)

  Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra.  (Gên 6:13)


 

3a. dispensação: GOVERNO HUMANO (ou Governo Civil)
 

RESPONSABILIDADE (tão pouca e leve! oh, o amor de Deus!): POVOAR E ESPALHAR-SE POR TODA A TERRA
  Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue será derramado; porque Deus fez o homem conforme a sua imagem.    Mas vós frutificai e multiplicai-vos; povoai abundantemente a terra, e multiplicai-vos nela.  (Gên 9:6-7)



FRACASSO (oh, a maldade do homem em geral!): DESOBEDECERAM
  E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.  (Gên 11:4)



JUÍZO: CONFUSÃO DE LÍNGUAS
  Por isso se chamou o seu nome Babel, porquanto ali confundiu o SENHOR a língua de toda a terra, e dali os espalhou o SENHOR sobre a face de toda a terra.  (Gên 11:9)


 

4a. dispensação: da PROMESSA (ou Patriarcal)
 

RESPONSABILIDADE (tão pouca e leve! oh, o amor de Deus!): PERMANECER EM CANAÃ
  Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.    E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.    E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.  (Gên 12:1-3)

  E apareceu-o SENHOR a Abrão, e disse: Å tua descendência darei esta terra. E edificou ali um altar ao SENHOR, que lhe aparecera.  (Gên 12:7)



FRACASSO (oh, a maldade do homem em geral!): MORARAM NO EGITO
  E havia fome naquela terra; e desceu Abrão ao Egito, para peregrinar ali, porquanto a fome era grande na terra.  (Gên 12:10)

  E tomaram o seu gado e os seus bens que tinham adquirido na terra de Canaã, e vieram ao Egito, Jacó e toda a sua descendência com ele;  (Gên 46:6)



JUÍZO: ESCRAVIDÃO
  E levantou-se um novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José;    O qual disse ao seu povo: Eis que o povo dos filhos de Israel é muito, e mais poderoso do que nós.    Eia, usemos de sabedoria para com eles, para que não se multipliquem, e aconteça que, vindo guerra, eles também se ajuntem com os nossos inimigos, e pelejem contra nós, e subam da terra.    E puseram sobre eles maiorais de tributos, para os afligirem com suas cargas. Porque edificaram a Faraó cidades- armazéns, Pitom e Ramessés.    Mas quanto mais os afligiam, tanto mais se multiplicavam, e tanto mais cresciam; de maneira que se enfadavam por causa dos filhos de Israel.    E os egípcios faziam servir os filhos de Israel com dureza;    Assim que lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em tijolos, e com todo o trabalho no campo; com todo o seu serviço, em que os obrigavam com dureza.  (Êxo 1:8-14)


 

5a. dispensação: da LEI (ou de Israel)
 

RESPONSABILIDADE (tão pouca e leve! oh, o amor de Deus!): GUARDAR A LEI
  Então todo o povo respondeu a uma voz, e disse: Tudo o que o SENHOR tem falado, faremos. E relatou Moisés ao SENHOR as palavras do povo.  (Êxo 19:8)



FRACASSO (oh, a maldade do homem em geral!): VIOLARAM A LEI, REJEITARAM CRISTO
  O presidente, porém, disse: Mas que mal fez ele? E eles mais clamavam, dizendo: Seja crucificado.  (Mat 27:23)



JUÍZO: DISPERSÃO MUNDIAL
  E será que, assim como o SENHOR se deleitava em vós, em fazer-vos bem e multiplicar-vos, assim o SENHOR se deleitará em destruir-vos e consumir-vos; e desarraigados sereis da terra a qual passais a possuir.    E o SENHOR vos espalhará entre todos os povos, desde uma extremidade da terra até à outra; e ali servireis a outros deuses que não conheceste, nem tu nem teus pais; ao pau e à pedra.    E nem ainda entre estas nações descansarás, nem a planta de teu pé terá repouso; porquanto o SENHOR ali te dará coração agitado, e desfalecimento de olhos, e desmaio da alma.    E a tua vida, como em suspenso, estará diante de ti; e estremecerás de noite e de dia, e não crerás na tua própria vida.  (Deut 28:63-66)

  E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem.  (Luc 21:24)



 

6a. dispensação: da GRAÇA (ou das igrejas, ou do Interregno)
 

RESPONSABILIDADE (tão pouca e leve! oh, o amor de Deus!): RECEBER CRISTO PELA FÉ; ANDAR NO ESPÍRITO
  Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;  (João 1:12)

  Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
  (João 3:18)

  Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.    Não vem das obras, para que ninguém se glorie;    (Efé 2:8-29)



FRACASSO (oh, a maldade do homem em geral!): REJEIÇÃO DE CRISTO
  E não quereis vir a mim para terdes vida.  (João 5:40)

  Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.    Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,    Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,    Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,    Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.    Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;    Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.  (2Tim 3:1-7)




JUÍZO: A GRANDE TRIBULAÇÃO
  Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.  (Mat 24:21)

  Porque é vindo o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?  (Apo 6:17)



A 70a.
SEMANA DE DANIEL (E A GRANDE TRIBULAÇÃO)


ARREBATAMENTO DOS SALVOS (do N.T.)
  Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.    Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.  (1Tes 4:16-17)



DIABO ARREMESSADO:
  E, quando o dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o filho homem.    E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente.    E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para que pela corrente a fizesse arrebatar.    E a terra ajudou a mulher; e a terra abriu a sua boca, e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca.    E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.  (Apo 12:13-17)


 

7a. dispensação: DO REINO (ou do Milênio) (Reino prometido a Israel, restaurado)
 

RESPONSABILIDADE (tão pouca e leve! oh, o amor de Deus!): OBEDECER E ADORAR A CRISTO
  E deleitar-se-á no temor do SENHOR; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.    Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,    E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.  (Isaías 11:3-5)

  E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos.    E acontecerá que, se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva.  (Zac 14:16-17)




FRACASSO (oh, a maldade do homem em geral!): REBELIÃO FINAL
  E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão,    E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha.    E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou.  (Apo 20:7-9)



JUÍZO: O GRANDE TRONO BRANCO, INFERNO
  E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.    E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.    E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.    E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.    E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.  (Apo 20:11-15)
 



1.4. A NATUREZA DA 2a. VINDA DE CRISTO:

Ela será:

·    Pessoal João 14:3; 21:20-23; Atos 3:19-21; 2Ped 3:3-4

·    Inesperada (a 1a. etapa) Mat 24:32-51; 25:1-13; Mar 13:33-36

·    Súbita e instantânea Mat 24:25-28

·    Na glória do Seu Pai, com os anjos Mat 16:27; 19:28; 25:31-46

·    Triunfante Luc 19:11-27

·    Corporal e visível Atos 1:11
   “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.” (Jo 14:3)
   “20 ¶ E Pedro, voltando-se, viu que o seguia aquele discípulo a quem Jesus amava, e que na ceia se recostara também sobre o seu peito, e que dissera: Senhor, quem é que te há de trair? 21 Vendo Pedro a este, disse a Jesus: Senhor, e deste que será? 22 Disse-lhe Jesus: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti? Segue-me tu. 23 Divulgou-se, pois, entre os irmãos este dito, que aquele discípulo não havia de morrer. Jesus, porém, não lhe disse que não morreria, mas: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti?” (Jo 21:20-23)
   “19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, 20 E envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. 21 O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.” (At 3:19-21)
   “3 ¶ Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, 4 E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.” (2Pe 3:3-4)

    “...36 Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai. 37 E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. 38 Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, ... 42 Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. 43 Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. 44 Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis. ...50 Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe, ...” (Mt 24:32-51)
    “1 ¶ Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo. ... 13 Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.” (Mt 25:1-13)
    “33 Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo. 34 E como se um homem, partindo para fora da terra, deixasse a sua casa, e desse autoridade aos seus servos, e a cada um a sua obra, e mandasse ao porteiro que vigiasse. 35 Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã, 36 Para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo.” (Mar 13:33-36)

    “25 Eis que eu vo-lo tenho predito. 26 Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. 27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem. 28 Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.” (Mt 24:25-28)

    “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.” (Mt 16:27)
    “E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.” (Mt 19:28)
    “31 ¶ E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; 32 E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; ....” (Mt 25:31-46)

    “... 12 Disse pois: Certo homem nobre partiu para uma terra remota, a fim de tomar para si um reino e voltar depois. ... 15 E aconteceu que, voltando ele, depois de ter tomado o reino, disse que lhe chamassem aqueles servos, a quem tinha dado o dinheiro, para saber o que cada um tinha ganhado, negociando. ... 27 E quanto àqueles meus inimigos que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui, e matai-os diante de mim.” (Lc 19:11-27)

    “Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.” (At 1:11)


A 2a. vinda de Cristo será em 2 etapas (se não lembrarmos sempre disto, ficaremos totalmente confusos):

. 1a. etapa (Arrebatamento): Nos ares, para buscar a Sua noiva (os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas, inclusive seus corpos)
Mat 25:6; Luc 19:15; João 14:3; 1Th 4:16-17; 2Th 2:1

. 2a. etapa (Revelação): Na terra, para julgar o mundo
Joel 3:11; Zac 14:4-5; Atos 1:11; 1Th 3:13; Jude 14; Apoc 1:7
    “Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.” (Mt 25:6)
    “E aconteceu que, voltando ele, depois de ter tomado o reino, disse que lhe chamassem aqueles servos, a quem tinha dado o dinheiro, para saber o que cada um tinha ganhado, negociando.” (Lc 19:15)
    “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.” (Jo 14:3)
    “16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. 17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.” (1Ts 4:16-17)
    “Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele,” (2Ts 2:1)

    “Ajuntai-vos, e vinde, todos os gentios em redor, e congregai-vos. O SENHOR, faze descer ali os teus fortes;” (Joel 3:11)
    “4 E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul. 5 E fugireis pelo vale dos meus montes, pois o vale dos montes chegará até Azel; e fugireis assim como fugistes de diante do terremoto nos dias de Uzias, rei de Judá. Então virá o SENHOR meu Deus, e todos os santos contigo.” (Zc 14:4-5)
    “Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.” (At 1:11)
    “Para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos.” (1Ts 3:13)
    “E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;” (Jd 1:14)
   “Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.” (Ap 1:7)

 




2. A 1a. ETAPA (ARREBATAMENTO) DA 2a. VINDA DE CRISTO: BUSCANDO SUA NOIVA, NOS ARES


2.1. OS SINAIS DA 2a. VINDA DE CRISTO

A. O único sinal necessário para o Arrebatamento foi a APOSTASIA da doutrina bíblica, o abandono da verdadeira fé (baseada em “Assim DIZ a Palavra de DEUS, este é o fim de toda discussão”, para abraçar algum grave erro (tal como o nicolaitismo, o papismo, a regeneração batismal, a mariolatria, o casamento da igreja com o estado, a hierarquia eclesiástica acima de e controlando a igreja local, o legalismo, etc. e, modernamente, o liberalismo, o modernismo teológico, o intelectualismo estéril, o ecumenismo, o neo-evangelicalismo, a teologia da prosperidade, o pragmatismo, etc.) 1Tm 4:1-2; 2Tm 4:1-4; 3:1-5;2Tm 3:13.
Este sinal já está 100% cumprido, desde o século I! (e está sendo 100% cumprido, nas últimas décadas!).
Não precisamos de absolutamente nenhum sinal para somente depois poder vir o Arrebatamento. Não esperamos nenhum sinal, mas sim o som da trombeta de Deus, trazendo nosso Arrebatamento!...

B. Assim, a vinda de Cristo para arrebatar a Sua noiva é I-M-I-N-E-N-T-E!!! Ela podia ter ocorrido há séculos atrás (todos os crentes do N.T. a esperavam como dulcíssima possibilidade e desejo, a cada dia das suas vidas!), pode demorar séculos ainda, pode ser ainda HOJE (Amém). Pode ocorrer a qualquer momento sem limites de prazos. Nunca demos ouvidos a quem prega que o Arrebatamento “no mínimo só virá depois de tais sinais ou prazo", nem a quem prega que o Arrebatamento "no máximo virá antes de tais sinais ou de tais prazos”). Devemos estar preparados e anelantes, continuamente.

C. Os sinais da Revelação de Cristo ao mundo serão (sinais já dentro da [particularmente próximo ao final da] Tribulação): 
- Extrema corrupção 2Tim 3:1-5 (acima)
- Multiplicação de viagens, de ciência Dan 12:4
- Escarnecedores 2Pe 3:3-4
- Guerras, fomes, terremotos, pestes, tudo isto em escala mundial  Mat 24:3-8; Luc 21:9-11
- Reajuntamento de Israel Eze 36:20-24
 
D. Não podemos marcar o instante do Arrebatamento Mat 24:36;

E. Mas isto não proíbe que talvez os corações dos crentes mais vigilantes e atentos e em sintonia com a Palavra de Deus e com a Sua mente possam reconhecer a "estação" imediatamente precedente ao Arrebatamento. Quando eu era criança, percebia antes de todos os adultos os sons da banda do Exército marchando pelas ruas em treinamento, e ela só chegava à nossa vista uns 10 minutos depois. Do mesmo modo, embora o Arrebatamento não necessite da plena presença e visibilidade de nenhum dos sinais de Mat 24:3-8 (os quais são apenas para a 2a. parte da Tribulação), talvez alguns crentes poderão reconhecer as sombras, os longínquos mas inconfundíveis sons, o horizonte se preparando para o que ocorrerá 7 anos depois.

F. Nós, os crentes na Bíblia literalmente- dispensacionalmente (por isso pré-milenaristas e pré-tribulacionistas), cremos que o Arrebatamento está às portas, extraordinariamente próximo, porque, além da apostasia da doutrina já ter se cumprido há muitos séculos e estar extraordinariamente patente agora (como nunca o esteve!), já as “sombras” dos sinais até da Revelação de Cristo estão fortíssimas, (como nunca o estiveram!)

G) Aplicação:
- para o descrente: João 3:18; 2Cor 6:2;
- para o crente: Mat 24:42,46.
A)    “1 ¶ Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; 2 Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;” (1Tm 4:1-2)
    “1 ¶ Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, 2 Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; 4 E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” (2Tm 4:1-4)
    “1 ¶ Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. 2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 3 Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, 4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” (2Tm 3:1-5)
    “Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.” (2Tm 3:13)

C)    “E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará.” (Dn 12:4)
    “3 ¶ Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, 4 E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.” (2Pe 3:3-4)
    “3 E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? 4 ¶ E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; 5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. 6 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. 7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. 8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.” (Mt 24:3-8)
    “9 E, quando ouvirdes de guerras e sedições, não vos assusteis. Porque é necessário que isto aconteça primeiro, mas o fim não será logo. 10 Então lhes disse: Levantar-se-á nação contra nação, e reino contra reino; 11 E haverá em vários lugares grandes terremotos, e fomes e pestilências; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu.” (Lc 21:9-11)
    “... 22 Dize portanto à casa de Israel: Assim diz o Senhor DEUS: Não é por respeito a vós que eu faço isto, ó casa de Israel, mas pelo meu santo nome, que profanastes entre as nações para onde fostes. ... 24 E vos tomarei dentre os gentios, e vos congregarei de todas as terras, e vos trarei para a vossa terra.” (Ez 36:20-24)

D)    “Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.” (Mt 24:36)

E)    “3 ... Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? 4 ¶ E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; 5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. 6 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. 7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. 8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.” (Mt 24:3-8)

G)    “Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” (Jo 3:18)
    “(Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável E socorri-te no dia da salvação;” (2Co 6:2)
    “Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.” (Mt 24:42)
    “Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.” (Mt 24:46)


2.2. A 1a. ETAPA (ARREBATAMENTO) DA 2a. VINDA DE CRISTO: NOS ARES, PARA BUSCAR SUA NOIVA

A) O Arrebatamento é:
    iminente Flp 4:5; Apoc 22:20; 16:15.
    súbito (não gradual, mas instantâneo) 1Cor 15:52.
    literal, corporal, pré-tribulacional, pré-milenar (provado noutras seções deste curso)
    os salvos o amam 2Tim 4:8,
        o esperam Flp 3:20,
        oram por ele Apoc  22:20 (acima),
        vigiam à sua espera Mat 24:42.

B) O propósito de Cristo, no Arrebatamento, é o de receber Sua noiva (o conjunto de todos os salvos da dispensação das igrejas locais) em eterna e bendita união Efé 5:27; Apoc 19:6-8; 22:20 (acima).

C) Retirado da Terra o Espírito Santo que habita dentro dos  verdadeiros crentes (que são o sal da terra) das igrejas locais, o mundo rapidamente entrará no mais completo estado de putrefação moral e espiritual Gen 6:3; Mat 5:13-16; 2Th 2:6-8.
A)    “Seja a vossa eqüidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor.” (Fp 4:5)
    “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.” (Ap 22:20)
    “Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.” (Ap 16:15)

   “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.” (1Co 15:52)

   “Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.” (2Tm 4:8)

    “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,” (Fp 3:20)
    “Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.” (Mt 24:42)

B)    “Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.” (Ef 5:27)
    “6 E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina. 7 Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. 8 E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.” (Ap 19:6-8)

C)    “Então disse o SENHOR: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos.” (Gn 6:3)
    “13 ¶ Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. 14 Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; ....” (Mt 5:13-16)
    “6 E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. 7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; 8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;” (2Ts 2:6-8)


2.3. O ARREBATAMENTO DOS VERDADEIROS CRENTES DA DISPENSAÇÃO DAS IGREJAS LOCAIS

João 11:25-26; 1Ts 4:16-17; 1Cor 15:50-53

a. Os corpos de todos os "que morreram EM Cristo" (portanto, somente os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais) serão ressuscitados.
Ora, esta expressão "em Cristo" (1Ts 4:16), não se aplica a todos os homens, nem mesmo a todos os salvos, mas somente aos que, já com idade suficiente para entenderem e crerem (ou para recusarem crer), ouviram o verdadeiro evangelho, verdadeira e biblicamente arrependeram-se de seus pecados, verdadeira e biblicamente creram no verdadeiro Cristo da Bíblia, e verdadeira e biblicamente O receberam como único e suficiente Senhor- e- Salvador- e- Deus Eterno. Isto não se aplica a salvos tais como Adão, Abraão, etc. (veremos, adiante, que estes somente depois serão ressuscitados e receberão seus corpos glorificados; farão parte da grande família dos salvos de Deus, mas não farão parte do subconjunto dos salvos que formarão a igreja local totalizada futura).

b. Uma fração de segundos depois de (a), os corpos de todos os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais que estiverem vivos serão transformados em corpos glorificados. 1Ts 4:17 + 1Co 15:51-53.
Ora, isto se aplica a "nós, os que ficarmos vivos" de  1Ts 4:17, e "nós" se identifica com os "amados irmãos" a quem esta epistola foi escrita (1:1,3), de modo que estes "nós" e "irmãos" não se aplicam aos óvulos fecundados/ fetos/ embriões/ criancinhas/ mentalmente incapazes, que estiverem vivendo quando ocorrer o Arrebatamento: se morrerem nestes estados, estarão salvos, farão parte da grande família dos salvos de Deus, mas não farão parte do subconjunto dos salvos que formarão a igreja local totalizada futura.

c. Tanto os corpos ressuscitados de (a) como os copos transformados de (b) serão incorruptíveis, imortais e eternos, glorificados, incapazes de pecar, semelhantes ao que Cristo tem hoje 1Jo 3:2.

d. Logo após (a,b), todos os verdadeiros crentes (quer com corpos ressuscitados dos sepulcros, quer com corpos transformados sem morrerem) da dispensação das igrejas locais juntamente serão corporalmente arrebatados nos ares, para, em seus corpos glorificados, estarem com o Senhor pela eternidade dos séculos.


PERGUNTA: No Arrebatamento, que acontecerá: (1) às mulheres crentes grávidas e a seus óvulos fecundados/ embriões/ fetos/ criancinhas que ainda não chegaram à idade da responsabilização/ filhos mentalmente incapazes? (2) E às mulheres descrentes grávidas e a seus óvulos fecundados/ embriões/ fetos/ criancinhas que ainda não chegaram à idade da responsabilização/ filhos mentalmente incapazes? 

RESPOSTA:

Partamos da certeza dos fatos (a,b,c,d), acima.

Dai, podemos fazer as seguintes conclusões seguras:
- (0) em todos os tempos, todos os que morreram no estado de óvulos fecundados/ embriões/ fetos, ou de criancinhas ainda não chegadas à idade da responsabilização, ou de mentalmente incapacitados, serão salvos. Ver, por exemplo, www.theologian.org.uk/pastoralia/spurgeononinfantsalvation.html . Farão parte da grande família de Deus, embora não da igreja local totalizada futura;
- (1) Por ocasião do Arrebatamento, as mulheres crentes que estiverem grávidas serão incluídas no Arrebatamento;
- (2) Por ocasião do Arrebatamento, as mulheres descrentes (inclusive as que estiverem grávidas e as que tiverem filhos bem novinhos ou mentalmente incapazes) permanecerão na terra e entrarão nos sofrimentos dos 7 anos da Tribulação.

Não temos certeza absoluta para o que jaz além disso. Mas a luz lançada por (0) e os exemplos de salvações/ perdições físicas de grandes grupos no Velho Testamento (por exemplo, a salvação física da família de Noé e dos primogênitos das judias escravas do Egito, com grandes sofrimentos e perdição física dos óvulos fecundados/ embriões/ fetos/ criancinhas/ filhos mentalmente incapazes das mulheres que ficaram de fora da salvação física), nos sugerem (apenas sugerem, sem dar certeza) as seguintes conclusões:
- (1') Por ocasião do Arrebatamento, as mulheres crentes, as quais subirão ao céu, estarão acompanhadas, ao lado, dos corpos transformados dos seus eventuais óvulos fecundados/ embriões/ fetos/ criancinhas/ filhos mentalmente incapazes. Todos eles estarão salvos e farão parte da grande família dos salvos de Deus (embora não da igreja local totalizada futura), sendo de se esperar que, durante toda a eternidade, todos os corpos dos salvos serão plenamente desenvolvido ( como o de Adão ao ser criado), nunca envelhecendo;
- (2') Por ocasião do Arrebatamento, cada mulher descrente, ao ser deixada para permanecer na terra para os sofrimentos dos 7 anos da Tribulação, estará acompanhada de seus eventuais óvulos fecundados/ embriões/ fetos, e de suas eventuais criancinhas ainda não chegadas à idade da responsabilização, e de seus eventuais filhos mentalmente incapacitados, e ambos sofrerão os horrores da Tribulação.
Note que a profecia "Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueleS diaS!" (Mt 24:19) refere-se aos várioS diaS do inigualável sofrimento do período final da Tribulação (caps. 24 e 25 são a resposta à pergunta, feita no início do cap 24, sobre a Tribulação, não sobre o Arrebatamento, pois este ainda era um mistério escondido), não à fração de segundo do Arrebatamento.

    “25 Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; 26 E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?” (Jo 11:25-26)
    “16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. 17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.” (1Ts 4:16-17)
    “50 E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção. 51 ¶ Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; 52 Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 53 Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.” (1Co 15:50-53)

C)    “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.” (1Jo 3:2)


2.4. Os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais não passarão pela tribulação, porque:

A. A Bíblia nunca assim o declarou explicitamente.

B. Apocalipse capítulo 1 fala do passado (“as coisas que vistes”); Apocalipse capítulos 2 e 3 fala do presente (“as coisas que são”) ; Apocalipse capítulos 4-22 fala do futuro (“as coisas que hão de ser ”): depois de Apocalipse capítulo 3 as igrejas locais e seus crentes nunca são mencionados.

Em Apocalipse capítulo 4 os 24 anciãos (os patriarcas das 12 tribos de Israel [simbolizando os salvos do V.T.], e os 12 apóstolos [simbolizando os salvos da igreja local totalizada futura]) já estão no trono antes de começar a Tribulação: isto nos diz que a igreja local totalizada futura já está, então, completa.

Em Apoc 19:8,14, toda a igreja local totalizada futura VOLTA à terra ao final da Tribulação; logo, nenhum componente dela estava aqui naquele período!

C. Cristo prometeu aos verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais: “Eu te guardarei da hora da provação” Apoc 3:10.

D.   Apoc 15:1; 16:1,19 dizem que a Grande Tribulação é um período de juízo sobre um mundo ímpio, sobre as igrejas apóstatas, e sobre Israel rebelde. Usam expressões fortíssimas: “flagelo”, “vinho do furor de Deus”, “7 taças da cólera de Deus”! Mas João 5:24, Rom 5:9, 1Th 5:9 nos garantem que o salvo “não entra em juízo”, “não foi destinado para a ira”, e “Jesus nos livra da ira vindoura”.

E. A Grande Tribulação, embora afetando o mundo inteiro, é primordialmente para castigar Israel Jer 30:4-9; Dan 12:1; Mat 24:15,21.

F. Não há nenhum sinal cronológico quanto à vinda de Cristo para arrebatar os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais; mas há muitos sinais cronológicos (“1260 dias”, “2520 dias”, “tempo, tempos e metade de tempo”, “42 meses”, etc.) que se aplicam só a Israel.

G. Dan 9:25-27 profetizou 70 semanas para Israel. Na 69a. semana, Israel rejeitou e crucificou seu Senhor, por isso a “fita-VHS” de Israel foi interrompida e acionada a "fita VHS" das igreja locais. Completada esta, será reacionada a "fita VHS" de Israel, para cumprir-se a 70a. semana, a Grande Tribulação, chamada “Tribulação de Jacó” em Dan 12:1; Jer 30:7; Apoc 12:12-17. Uma vez que os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais não estavam presente nas primeiras 69 semanas, não estarão na 70a.

H. A trombeta de 1Cor 15:52 (instantânea; relacionada com o Arrebatamento) é diferente daquela de Apoc 10:7; 11:15-19 (prolongada Apoc 10:7; relacionada com Juízo)!

I. José (tipo de Cristo) casou-se com Asenate (tipo da igreja local totalizada futura) quando estava rejeitado pelos seus irmãos (tipo de Israel) e antes dos 7 anos de fome Gen 41:45. Enoque foi arrebatado antes do dilúvio Gen 5:24; Noé foi arrebatado antes das águas Gen 6; Luc 17:26-27,30; Ló, antes do fogo Gen 19; Luc 17:28-30.

J. Somente quando os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais (“o sal”) for retirado é que o mundo entrará em completa e veloz putrefação moral e espiritual (2Thes 2:6-8).

K. Os verdadeiros crentes das igrejas locais, o corpo de Cristo, são um só com Ele e em Ele. Portanto, se os verdadeiros crentes das igrejas locais passassem pela 70a. semana, o próprio Cristo passaria pelo julgamento e castigo de Deus, o que é impossível Heb 9:25-27.

L. Se os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais passassem pela Tribulação então, como todos lá têm que se sujeitar ao Diabo Apoc 13:7, ocorreria que Cristo estaria sujeito ao Diabo ou deixaria de ser o cabeça das igreja locais.
B)    “8 E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos. ... 14 E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.” (Ap 19:8,14)

C)    “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.” (Ap 3:10)

D)    “E vi outro grande e admirável sinal no céu: sete anjos, que tinham as sete últimas pragas; porque nelas é consumada a ira de Deus.” (Ap 15:1)
   “E ouvi, vinda do templo, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide, e derramai sobre a terra as sete taças da ira de Deus.” (Ap 16:1)
   “E a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e da grande Babilônia se lembrou Deus, para lhe dar o cálice do vinho da indignação da sua ira.” (Ap 16:19)

E)    “4 E estas são as palavras que disse o SENHOR, acerca de Israel e de Judá. ... 6 Perguntai, pois, e vede, se um homem pode dar à luz. Por que, pois, vejo a cada homem com as mãos sobre os lombos como a que está dando à luz? e por que se tornaram pálidos todos os rostos? 7 Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela. 9 Mas servirão ao SENHOR, seu Deus, como também a Davi, seu rei, que lhes levantarei.” (Jr 30:4-9)
    “E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.” (Dn 12:1)
    “15 Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda; ... 21 Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.” (Mt 24:21)

G)    “25 Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos. 26 E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. 27 E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” (Dn 9:25-27)
    “E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.” (Dn 12:1)
    “Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela.” (Jr 30:7)
    “... 14 E foram dadas à mulher
{*} duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente. ...17 E o dragão irou-se contra a mulher {*}, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.” (Ap 12:1-17) {* Israel}

H)   “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.” (1Co 15:52)
    “7 Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele esteja- para- começar a fazer- soar- a- trombeta, então que o mistério {*} de Deus também seja cumprido, como Ele anunciou- as- boas- novas (o Evangelho) aos Seus servos, os profetas..” (Ap 10:7, tradução literal)
    “15 E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre. ...” (Ap 11:15-19)

I)    “E Faraó chamou a José de Zafenate-Panéia, e deu-lhe por mulher a Azenate, filha de Potífera, sacerdote de Om; e saiu José por toda a terra do Egito.” (Gn 41:45)
     “E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou.” (Gn 5:24)
    “17 Porque eis que eu trago um dilúvio de águas sobre a terra, para desfazer toda a carne em que há espírito de vida debaixo dos céus; tudo o que há na terra expirará. 18 Mas contigo estabelecerei a minha aliança; e entrarás na arca, tu e os teus filhos, tua mulher e as mulheres de teus filhos contigo.” (Gn 6:17-18)
    “26 E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. 27 Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.... 30 Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar.” (Lc 17:26-27,30)
    “28 Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; 29 Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. 30 Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar.” (Lc 17:28-30)

J)    “6 E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. 7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; 8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda.” (2Ts 2:6-8)

K)    “25 Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio; 26 De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo. 27 E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,” (Heb 9:25-27)

L)    “E foi-lhe {*} permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.” (Ap 13:7)
{* ao Anticristo}


2.5. NOTAS SOBRE AS RESSURREIÇÕES

. Imediatamente após a morte, vai-se para um estado real e consciente: os salvos para o Paraíso, para gozo inefável 2Cor 5:6-9; os perdidos para o inferno, para sofrimento literal, indescritível, eterno Luc 16:19-31.

. A Bíblia ensina ressurreição física, corporal, literal: Gen 22:5; 1Reis 17:21-22; Luc 14:13-14; 1Cor 15:20-23; 1Thes 4:16-17; Apoc 20:4-6,12-13.

. Há 2 ressurreições distintas: 

    - A 1a. ressurreição (para a vida) é em 4 etapas: 
          ^ Etapa Primícia:    Cristo, quando ressuscitou 1Cor 15:23 (acima); 
          ^ Etapa Igrejas Locais:       Ressurreição de todos os verdadeiros crentes da dispensação das igrejas locais, no Arrebatamento 1Thes 4:16 (acima); 1Cor 15:23 (acima); 
          ^ Etapa V.T. + mártires da Tribulação:     Ressurreição de todos os salvos do V.T. + mártires da Tribulação, ao final dos seus 7 anos Isa 26:19; Dan 12:2-3; Apoc 20:4 (acima); 
          ^ Etapa milênio: Necessariamente haverá ressurreição ou transformação- dos- corpos dos salvos do Milênio. Mas a Bíblia não dá detalhes.

    - A 2a. Ressurreição (para a morte): Ocorrerá após o Milênio Apoc 20:5 (acima), 11-13 (acima).
   “... 8 Estamos confiando e estamos desejando muito mais estarmos- fora- do- lar ((isto é) fora deste corpo) e estarmos- no- lar ((isto é) com o Senhor). ...” (2Co 5:6-9 tradução literal)
    “... 22 E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. 23 E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. 24 E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. ....” (Lc 16:19-31)

    “E disse Abraão a seus moços: Ficai-vos aqui com o jumento, e eu e o moço iremos até ali; e havendo adorado, tornaremos a vós.” (Gn 22:5)
    “21 Então se estendeu sobre o menino três vezes, e clamou ao SENHOR, e disse: O SENHOR meu Deus, rogo-te que a alma deste menino torne a entrar nele. 22 E o SENHOR ouviu a voz de Elias; e a alma do menino tornou a entrar nele, e reviveu.” (1Rs 17:21-22)
    “13 Mas, quando fizeres convite, chama os pobres, aleijados, mancos e cegos, 14 E serás bem-aventurado; porque eles não têm com que to recompensar; mas recompensado te será na ressurreição dos justos.” (Lc 14:13-14)
    “20 ¶ Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem. 21 Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem. 22 Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo. 23 Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda.” (1Co 15:20-23)
    “16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. 17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.” (1Ts 4:16-17)
    “4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. 5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.” (Ap 20:4-6)
    “11 ¶ E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. 12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. 13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.” (Ap 20:11-13)

    “Os teus mortos e também o meu cadáver viverão e ressuscitarão; despertai e exultai, os que habitais no pó, porque o teu orvalho será como o orvalho das ervas, e a terra lançará de si os mortos.” (Is 26:19)
   “2 E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno. 3 Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.” (Dn 12:2-3)


2.6. BEMA, O TRIBUNAL DE CRISTO, PARA JULGAMENTO E GALARDOAMENTO DOS SALVOS

A. Para todos os salvos da dispensação das igreja locais Rom 14:10-12; 1Cor 3:11-15; 2Cor 5:10.

B. Na 2a. vinda de Cristo: 2Tim 4:8; Apoc 11:17-18; 22:12.

C. Após o Arrebatamento e antes da Revelação, pois viremos com Ele: Zac 14:5; Col 3:4

D. Nos ares, em conseqüência de (b).

E. Com base em:
E.A. os motivos e atitudes secretas do coração 1Cor 3:11-15 (acima, A.) + 4:5;
E.B. a mordomia e fidelidade no uso dos talentos Mat 20:1-16 (mesmo salário para os contratados tarde); 25:14-30 (mau servo escondeu o 1 talento); Luc 19:11-27 (mesma história); 1Cor 4:2;
E.C. e dos bens que Deus nos emprestou Mat 6:20; 2Cor 9:6; 8:12; Gal 6:7;
E.D. o zelo em ganhar almas Dan 12:3; 1Thes 2:19-20;
E.E. o amor manifesto, principalmente aos irmãos Mat 10:40,42; 25:34-40; Gal 6:10;
E.F. a perseverança nas perseguições Mat 5:11-12; 2Tm 2:12; Tg 1:12.

F. Resultando não em salvação/condenação, mas sim em recompensas e galardões:
F.A.     A coroa do gozo 1Thes 2:19 (acima) para o ganhador de almas;  
F.B.     A coroa da justiça 2Tim 4:8 (acima) para quem organiza sua vida no amor e esperança da 2a. vinda de Cristo;
F.C.     A coroa da vida Tia 1:12 (acima); Apoc 2:10 para o crente pronto a morrer por Cristo;
F.D.     A coroa da glória 1Pet 5:1-4 para o crente fiel como pastor do rebanho; 
F.E.     Compartilhar do trono de Cristo Luc 19:11-28 (acima, F.B.); 2Tim 2:11-12; Apoc 3:21.

As coroas são incorruptíveis 1Cor 9:25,

mas, ao contrário da salvação, podem ser perdidas, se não perseverarmos no 1o.  amor Apoc 3:11.
A)    “Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo. Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.” (Rm 14:10-12)
    “Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo.” (1Co 3:11-15)
    “Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal.” (2Co 5:10)

B)    “Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.” (2Tm 4:8)
    “Dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-Poderoso, que és, e que eras, e que hás de vir, que tomaste o teu grande poder, e reinaste. E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.” (Ap 11:17-18)
    “E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.” (Ap 22:12)

C)    “E fugireis pelo vale dos meus montes, pois o vale dos montes chegará até Azel; e fugireis assim como fugistes de diante do terremoto nos dias de Uzias, rei de Judá. Então virá o SENHOR meu Deus, e todos os santos contigo.” (Zc 14:5)
    “Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.” (Cl 3:4)

E.A)    “Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor.” (1Co 4:5)

E.B)    “... E, recebendo-o, murmuravam contra o pai de família, Dizendo: Estes derradeiros trabalharam só uma hora, e tu os igualaste conosco, que suportamos a fadiga e a calma do dia. Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço agravo; não ajustaste tu comigo um dinheiro? Toma o que é teu, e retira-te; eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti. Ou não me é lícito fazer o que quiser do que é meu? ... os derradeiros serão primeiros, e os primeiros derradeiros; porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.” (Mt 20:1-16)
    “... Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles. E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos. Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. ... Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos. Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado. Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.” (Mt 25:14-30)
     “Além disso, requer-se dos despenseiros que cada um se ache fiel.” (1Co 4:2)

E.C)    “Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.” (Mt 6:20)
    “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.” (2Co 9:6)
    “Porque, se há prontidão de vontade, será aceita segundo o que qualquer tem, e não segundo o que não tem.” (2Co 8:12)
    “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.” (Gl 6:7)

E.D.)    “Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.” (Dn 12:3)
    “Porque, qual é a nossa esperança, ou gozo, ou coroa de glória? Porventura não o sois vós também diante de nosso Senhor Jesus Cristo em sua vinda? Na verdade vós sois a nossa glória e gozo.” (1Ts 2:19-20)

E.E.)   “40 Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou. ... 42 E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.” (Mt 10:40,42)
    “Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. ... E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.” (Mt 25:34-40)
    “Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.” (Gl 6:10)

E.F)    “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” (Mt 5:11-12)
    “Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;” (2Tm 2:12)
    “Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.” (Tg 1:12)

F.C)    “Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Ap 2:10)

F.D)    “Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, ... Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho. E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória.” (1Pe 5:1-4)

F.E)    “Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos; Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;” (2Tm 2:11-12)
    “Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.” (Ap 3:21)

    “E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.” (1Co 9:25)

    “Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.” (Ap 3:11)


2.7. AS BODAS DO CORDEIRO COM A NOIVA

a. Envolverão apenas o Noivo e a Noiva;

b. Ocorrerão após o julgamento dos crentes (em decorrência de Eph 5:27 e Apoc 19:8), e antes da Revelação (em decorrência de Apoc 19:7). Nestes versos Apoc 19:7-8, note que "vindas" é particípio passado, que v. 11 mostra Cristo descendo do céu, e v. 14 mostra que nós, o Seu exército, viremos com Ele.

c. Serão realizadas nos céus, em decorrência de (b).

(Além dos versos acima, ler também João 3:29; 2Cor 11:2).

(Note a diferença entre “as bodas” e “a ceia das bodas”; Ver seção 5.1).
B)    “Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.” (Ef 5:27)
    “7 Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. 8 E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.” (Ap 19:7-8)
    “E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. ... E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.” (Ap 19:11, 14)

C)   “Aquele que tem a esposa é o esposo; mas o amigo do esposo, que lhe assiste e o ouve, alegra-se muito com a voz do esposo. Assim, pois, já este meu gozo está cumprido.” (Jo 3:29)
    “Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo.” (2Co 11:2)

 




3. A TRIBULAÇÃO (A 70a. SEMANA DE DANIEL)


3.1. O FATO DA TRIBULAÇÃO:

Haverá um tempo de angústia e tribulação qual nunca houve nem há de haver depois.

Nele, Deus derramará toda a Sua indignação, contida há milênios, sobre a terra. Isto é ensinado:

A) no V.T.: Isa 2:10-22; 24:17-21; 26:20-21; 34:1-3; Jer 30:4-9; Dan 12:1; Joel 1:15; 2:1; 3:14; Amós 5:18-20; Zac 14:1-3.

B) Por Cristo: Mat 24:21-29 (v. 30 prova que a Tribulação não foi a destruição de Jerusalém no ano 70: Cristo voltará ao seu final).

C) No N.T.: 1Cor 1:8; 5:5; 2Cor 1:14; Flp 1:6-10; Apoc 3:10; 7:14.
A)    “... 12 Porque o dia do SENHOR dos Exércitos será contra todo o soberbo e altivo, e contra todo o que se exalta, para que seja abatido; ... 21 E entrarão nas fendas das rochas, e nas cavernas das penhas, por causa do terror do SENHOR, e da glória da sua majestade, quando ele se levantar para abalar terrivelmente a terra. ...” (Is 2:10-22)
    “... 19 De todo está quebrantada a terra, de todo está rompida a terra, e de todo é movida a terra. 20 De todo cambaleará a terra como o ébrio, e será movida e removida como a choça de noite; e a sua transgressão se agravará sobre ela, e cairá, e nunca mais se levantará. 21 E será que naquele dia o SENHOR castigará os exércitos do alto nas alturas, e os reis da terra sobre a terra.” (Is 24:17-21)
    “... 21 Porque eis que o SENHOR sairá do seu lugar, para castigar os moradores da terra, por causa da sua iniqüidade, e a terra descobrirá o seu sangue, e não encobrirá mais os seu mortos.” (Is 26:20-21)
    “1 ... 2 Porque a indignação do SENHOR está sobre todas as nações, e o seu furor sobre todo o exército delas; ele as destruiu totalmente, entregou-as à matança. 3 ... e os montes se derreterão com o seu sangue.” (Is 34:1-3)
    “4 ... 6 Perguntai, pois, e vede, se um homem pode dar à luz. Por que, pois, vejo a cada homem com as mãos sobre os lombos como a que está dando à luz? e por que se tornaram pálidos todos os rostos? 7 Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela. ...” (Jr 30:4-9)
    “... haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.” (Dn 12:1)
    “Multidões, multidões no vale da decisão; porque o dia do SENHOR está perto, no vale da decisão.” (Jl 3:14)
    “18 Ai daqueles que desejam o dia do SENHOR! Para que quereis vós este dia do SENHOR? Será de trevas e não de luz. 19 É como se um homem fugisse de diante do leão, e se encontrasse com ele o urso; ou como se entrando numa casa, a sua mão encostasse à parede, e fosse mordido por uma cobra. 20 Não será, pois, o dia do SENHOR trevas e não luz, e escuridão, sem que haja resplendor?” (Am 5:18-20)
    “1 ¶ Eis que vem o dia do SENHOR, em que teus despojos se repartirão no meio de ti. 2 Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro, mas o restante do povo não será extirpado da cidade. 3 E o SENHOR sairá, e pelejará contra estas nações, como pelejou, sim, no dia da batalha.” (Zc 14:1-3)

B)    “21 Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. 22 E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias. 23 Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito; 24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. 25 Eis que eu vo-lo tenho predito. 26 Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. 27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem. 28 Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias. 29 E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. 30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.” (Mt 24:21-30)

C)    6 Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo; 7 ... 10 Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;” (Fp 1:6-10)
    “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.” (Ap 3:10)
    “E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.” (Ap 7:14)


3.2. O TEMPO DA TRIBULAÇÃO:

será entre o Arrebatamento e a Revelação (ver seção 2.4 e Mat 24:4-8,21,29-30).
    “4 ¶ E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; 5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. 6 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. 7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. 8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores. ... 21 Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. ... 29 E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. 30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.” (Mt 24:4-8,21,29-30)


3.3. A DURAÇÃO DA TRIBULAÇÃO

-A Tribulação corresponde à 70a. semana de Dan 9:24-27, logo terá a duração de 7 anos. Cristo foi crucificado ao final da 69a. semana e então o cronômetro profético de Israel foi paralisado para dar lugar à Dispensação da Graça (ou das igrejas locais). Quando o número de salvos da dispensação das igrejas locais estiver completo e eles forem arrebatados, o cronômetro será reacionado e terá início a 70a. semana.

A 70a. semana de Daniel está dividida em 2 metades de 3 1/2 anos proféticos (cada ano profético tem 360 dias) = 42 meses (cada mês profético tem 30 dias) = 1260 dias (Dan 7:25; 9:27; 12:7,11,12; Apoc 11:2,3; 12:6,14; 13:5).

Dias não fossem abreviados”, de Mat 24:22, parece-nos ensinar que Deus paralisará o cronômetro de Israel um pouquinho antes do fim da 70a. semana, e a Tribulação durará um pouquinho (indeterminado) menos que 2520 dias de 24 h.

Importa que [Satanás] seja solto por um pouco de tempo ”, de Apoc 20:3,7-10, parece-nos ensinar que apenas ao final do Milênio Deus deixará o cronômetro de Israel chegar ao exato final das 70 semanas.
    “E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo.” (Dn 7:25)
    “E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” (Dn 9:27)
    “E ouvi o homem vestido de linho, que estava sobre as águas do rio, o qual levantou ao céu a sua mão direita e a sua mão esquerda, e jurou por aquele que vive eternamente que isso seria para um tempo, tempos e metade do tempo, e quando tiverem acabado de espalhar o poder do povo santo, todas estas coisas serão cumpridas.” (Dn 12:7)
   “11 E desde o tempo em que o sacrifício contínuo for tirado, e posta a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias. 12 Bem-aventurado o que espera e chega até mil trezentos e trinta e cinco dias.” (Dn 12:11-12)
   “2 E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. 3 ¶ E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco.” (Ap 11:2-3)
   “E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.” (Ap 12:6)
   “E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente.” (Ap 12:14)
    “E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses.” (Ap 13:5)

    “E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” (Mt 24:22)

    “E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.” (Ap 20:3)
    “7 E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, 8 E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. 9 E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou. 10 E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.” (Ap 20:7-10)


3.4. A NATUREZA DA TRIBULAÇÃO

a. A 1a. metade (3 1/2 anos) da 70a. semana de Daniel:
·    Começará com pacto do Anticristo para Israel, para 7 anos, para paz e permissão de sacrifícios e ofertas Dan 9:27; Israel e todas as nações sob o Anticristo de bom grado ceder-lhe-ão todas as suas armas e defesas;
·    Haverão falsos cristos e falsos profetas; grandes e enganosos: milagres, sinais e prodígios Mat 24:24; Apoc 13:13-15;
·    Israel aceitará o falso messias John 5:43;
·    Haverá um grande governo e ditador mundial Dan 7:23; Apoc 13:1-2,4;
·    Haverá uma religião mundial, dominando o governo Apoc 17:1-6;
·    Haverá uma aparente e enganadora “paz perfeita” 1Thes 5:3 e promessa- expectativa de "prosperidade perfeita";
·    Todos os homens e mulheres que, na dispensação da Graça, ouviram o evangelho e o entenderam, mas recusaram Cristo, inescapavelmente crerão no Anticristo, após o Arrebatamento! 2Tes 2:9-12 (Se não és salvo, oh, aceita Cristo AGORA, amigo! 2Pet 3:1-9).
    “E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” (Dn 9:27)

    “Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.” (Mt 24:24)
    “13 E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens. 14 E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. 15 E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.” (Ap 13:13-15)

    “Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis.” (Jo 5:43)

    “Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços.” (Dn 7:23)
    “1 ¶ E eu pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia. 2 E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio. ... E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?” (Ap 13:1-2,4)

    “1 ¶ E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas; 2 Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam na terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição. 3 E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres. 4 E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas; e tinha na sua mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição; 5 E na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande Babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra. 6 E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus. E, vendo-a eu, maravilhei-me com grande admiração.” (Ap 17:1-6)

    “Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobre-virá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.” (1Ts 5:3)

    “9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, 10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. 11 E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; 12 Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade.” (2Ts 2:9-12)

    “... 3 ¶ Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, 4 E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. 5 Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste. 6 Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio, 7 Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios. 8 ¶ Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. 9 ¶ O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânime para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” (2Pe 3:1-9)

b. A 2a. metade (também chamada de a Grande Tribulação) (3 1/2 anos [menos o “pouco de tempo ” de Mat 24:22?] ) da 70a. semana de Daniel se caracterizará por:

·    Começará
com o Diabo e todos os seus anjos sendo arremessados na terra, tendo grande ira Apoc 12:7-13, e o Anticristo rompendo o pacto com Israel Dan 9:27;

     “7 E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; 8 Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. 9 E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. 10 E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. 11 E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte. 12 ¶ Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo. 13 E, quando o dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o filho homem.” (Ap 12:7-13)
     “E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” (Dn 9:27)


·    Politicamente,
ter-se-á o sistema do império romano levado à sua forma mais extrema, autocrática, cruel e blasfema. O Anticristo será o tirânico ditador mundial Dan 2:40-43; 7:7-8,19-26; 8:23-25; Apoc 13:1-10.

     “40 E o quarto reino será forte como ferro; pois, como o ferro, esmiúça e quebra tudo; como o ferro que quebra todas as coisas, assim ele esmiuçará e fará em pedaços. ...” (Dn 2:40-43)
     “7 Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres. ...” (Dn 7:7-8)
     “19 Então tive desejo de conhecer a verdade a respeito do quarto animal, que era diferente de todos os outros, muito terrível, cujos dentes eram de ferro e as suas unhas de bronze; que devorava, fazia em pedaços e pisava aos pés o que sobrava; ... 23 Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços. 24 E, quanto aos dez chifres, daquele mesmo reino se levantarão dez reis; e depois deles se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis. 25 E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo. 26 Mas o juízo será estabelecido, e eles tirarão o seu domínio, para o destruir e para o desfazer até ao fim.” (Dn 7:19-26)
     “23 Mas, no fim do seu reinado, quando acabarem os prevaricadores, se levantará um rei, feroz de semblante, e será entendido em adivinhações. 24 E se fortalecerá o seu poder, mas não pela sua própria força; e destruirá maravilhosamente, e prosperará, e fará o que lhe aprouver; e destruirá os poderosos e o povo santo. 25 E pelo seu entendimento também fará prosperar o engano na sua mão; e no seu coração se engrandecerá, e destruirá a muitos que vivem em segurança; e se levantará contra o Príncipe dos príncipes, mas sem mão será quebrado.” (Dn 8:23-25)
     “.... 2 E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio. 3 E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta. 4 E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? 5 E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses. 6 E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu. 7 E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. 8 E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. ...” (Ap 13:1-10)


·    Religiosamente:
   - os 10 reis (sob o Anticristo) destruirão a prostituta (a igreja ecumênica e mundial) Apoc 17:16-17;
   - o Anticristo exigirá adoração de todos Apoc 13:4,6-8;
   - o Falso Profeta operará grandes sinais e forçará todos a adorarem o Anticristo e à imagem deste Apoc 13:13-15.
   - dentre somente os que não tinham ouvido&entendido o evangelho durante a Dispensação da Graça 2Thes 2:9-12, multidões serão salvas Apoc 7:9,14, mas estarão sendo condenadas à decapitação (como os judeus dos campos de concentração de Hitler foram condenados à câmara de gás, não todos num só dia, por questões logísticas, mas alguns milhares a cada dia).

    “16 E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo. ...” (Ap 17:16-17)
     “E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? ... 6 E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu. 7 E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. 8 E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.” (Ap 13:4, 6-8)
     “13 E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens. 14 E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. 15 E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.” (Ap 13:13-15)
     “9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, 10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. 11 E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; 12 Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade.” (2Ts 2:9-12)
     “Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos; ... E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.” (Ap 7:9,14)


·    Quanto a Israel:
   - Gogue, Magogue e os reis da terra determinam-se destruir Israel Eze 38, 39, mas são destruídos (mas há que pense que isto pode, talvez, ocorrer antes do arrebatamento e do início da 70a. semana de Daniel...);
   - as 2 testemunhas de Deus pregam, imortais, com poder semelhante aos de Elias e Moisés Apoc 11:3,5-6;
   - 144.000 Israelitas, virgens, convertem-se e, Deus os impedindo de ser mortos, pregam o evangelho do reino por todo o mundo Apoc 7:4; 14:3-5.
   - o Diabo com seus exércitos é arremessado na terra e faz tudo para destruir Israel completamente Apoc 12:3-4,9.
   - o Falso Profeta ergue uma imagem do Anticristo no Templo Dan 12:11; Mat 24:15; Apoc 13:14-15.
   - Israel passa por tremenda perseguição e tribulação; ao final, é salva e convertida.

    “3 E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco. ... 5 E, se alguém lhes quiser fazer mal, fogo sairá da sua boca, e devorará os seus inimigos; e, se alguém lhes quiser fazer mal, importa que assim seja morto. 6 Estes têm poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, todas quantas vezes quiserem.” (Ap 11:3,5-6)
     “E ouvi o número dos assinalados, e eram cento e quarenta e quatro mil assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel.” (Ap 7:4)
     “3 E cantavam um como cântico novo diante do trono, e diante dos quatro animais e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram comprados da terra. 4 Estes são os que não estão contaminados com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá ...” (Ap 14:3-5)
     “3 E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas. 4 E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que havia de dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe tragasse o filho. ... 9 E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.” (Ap 12:3-4,9)
     “E desde o tempo em que o sacrifício contínuo for tirado, e posta a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias.” (Dn 12:11)
     “Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;” (Mt 24:15)
     “14 E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. 15 E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.” (Ap 13:14-15)


·    Economicamente:
    - ter-se-á o caos e o último estágio da exploração humana Tia 5:1-6.
   - quem não adorar o Anticristo e sua imagem, colocando sua marca na testa ou destra, não poderá nem comprar nem vender, e será condenado à decapitação Apoc 13:16-17.
   - um grande empório comercial será rapidamente erigido (Babilônia literal [no Iraque]? Ou seu sistema?), mas será destruído em 1 hora, com os céus regozijando Apoc 18:10,15.
 

     “1 ¶ Eia, pois, agora vós, ricos, chorai e pranteai, por vossas misérias, que sobre vós hão de vir. 2 As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão comidas de traça. 3 O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e comerá como fogo a vossa carne. Entesourastes para os últimos dias. 4 Eis que o jornal dos trabalhadores que ceifaram as vossas terras, e que por vós foi diminuído, clama; e os clamores dos que ceifaram entraram nos ouvidos do Senhor dos exércitos. 5 Deliciosamente vivestes sobre a terra, e vos deleitastes; cevastes os vossos corações, como num dia de matança. 6 Condenastes e matastes o justo; ele não vos resistiu.” (Tg 5:1-6)
    “16 E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, 17 Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.” (Ap 13:16-17)
     “10 Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! ai daquela grande Babilônia, aquela forte cidade! pois numa hora veio o seu juízo ... 15 Os mercadores destas coisas, que com elas se enriqueceram, estarão de longe, pelo temor do seu tormento, chorando e lamentando,” (Ap 18:10,15)


·    Ao final:
   - Jerusalém é cercada, tomada, saqueada, as mulheres forçadas, metade da cidade sairá para o cativeiro (Joel 3:12; Zac 14:2) e a mais completa da cidade destruição parece inevitável.
   - Cristo volta, destrói Seus inimigos na batalha de Armagedom (no vale e elevação de Megido), e salva Israel Apoc 14:15-20; 16:14,16; 19:9.
   - isto é: A natureza desmaia, tremendo terremoto move todas as ilhas e montanhas, cai granizo de pedras de 45 kg misturado com fogo e sangue. “É lançada a foice” e espremido o lagar da ira de Deus. Os exércitos do Diabo e do Anticristo são mortos e seu sangue cobre 28,8 km (Apoc 14:20, acima) até a altura de uns 1,50m (isto seria o sangue de pelo menos 300 milhões de soldados?!!!).
   - Israel se converte e lamenta como se fosse uma só pessoa Zac 12:10-13:2; Rom 11:25-26.

     “Suscitem-se os gentios, e subam ao vale de Jeosafá; pois ali me assentarei para julgar todos os gentios em redor.” (Joel 3:12)
     “Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro, mas o restante do povo não será extirpado da cidade.” (Zc 14:2)
     “15 E outro anjo saiu do templo, clamando com grande voz ao que estava assentado sobre a nuvem: Lança a tua foice, e sega; a hora de segar te é vinda, porque já a seara da terra está madura. ... 18 E saiu do altar outro anjo, que tinha poder sobre o fogo, e clamou com grande voz ao que tinha a foice aguda, dizendo: Lança a tua foice aguda, e vindima os cachos da vinha da terra, porque já as suas uvas estão maduras. 19 E o anjo lançou a sua foice à terra e vindimou as uvas da vinha da terra, e atirou-as no grande lagar da ira de Deus. 20 E o lagar foi pisado fora da cidade, e saiu sangue do lagar até aos freios dos cavalos, pelo espaço de mil e seiscentos estádios.” (Ap 14:15-20)
     “14 Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso.” ... 16 E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom.” (Ap 16:14,16)
     “E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.” (Ap 19:9)
     “10 Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito. 11 Naquele dia será grande o pranto em Jerusalém, como o pranto de Hadade-Rimom no vale de Megido. 12 E a terra pranteará, cada família à parte: a família da casa de Davi à parte, e suas mulheres à parte; e a família da casa de Natã à parte, e suas mulheres à parte; 13 A família da casa de Levi à parte, e suas mulheres à parte; a família de Simei à parte, e suas mulheres à parte. 14 Todas as mais famílias remanescentes, cada família à parte, e suas mulheres à parte. 13:1 ¶ Naquele dia haverá uma fonte aberta para a casa de Davi, e para os habitantes de Jerusalém, para purificação do pecado e da imundícia. 2 E acontecerá naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, que tirarei da terra os nomes dos ídolos, e deles não haverá mais memória; e também farei sair da terra os profetas e o espírito da impureza.” (Zc 12:10-13:2)
     “25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. 26 E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades.” (Rm 11:25-26)

 




4. A 2a. ETAPA (REVELAÇÃO) DA 2a. VINDA DE CRISTO: JULGANDO O MUNDO, NA TERRA

4.1. O TEMPO DA SUA VINDA será pré-milenar.

A.     Não estamos no milênio (como dizem os amilenaristas): nele os apóstolos estarão sobre 12 tronos (Mat 19:28; 25:31; Isa 1:26); os crentes reinarão com Cristo (1Cor 6:2-3; 2Tim 2:12; Apoc 5:10; 20:4,6); e de modo nenhum vemos hoje as tremendas bênçãos mundiais prometidas para o milênio (ver capítulo 5). Cristo “recebeu legalmente” Seu reino, mas não o “inaugurou de fato” Luc 19:12.
 
B.     "Cristo não virá senão após o milênio, quando o mundo, após progressivo e firme aperfeiçoamento, estiver todo convertido" (como dizem os pós-milenaristas): na Sua Revelação o mundo será “consumido”, não estará “convertido” (Dan 2:34-44); Ele encontrará uma igreja apóstata e um mundo corrompido, não convertido (Luc 17:26-37 [Noé, Ló] ; Luc 18:8 [A fé]; 1Tm 4:1-3 [últimos dias]; 2Tim 3:1 [apostasia]; 2Ped 3:3-4 [escarnecedores]); somente na Sua vinda e não antes teremos a conversão de Israel (Zac 12:10-13:2; Atos 15:11-16) e das nações (Atos 15:17-18).

C.·    Não gostamos muito de argumentos históricos, no máximo podem ser usados somente para mostrar que uma posição não é algo novo, e isto usualmente não tem valor decisório. Mas devemos observar que: a) Há um bom número de razoáveis evidências (vide, por exemplo, Pentecost e Walwoord) de que muitíssimas das igrejas locais primitivas eram iminentistas; b) Embora haja algumas frases algo erradas ou não muito claras, de igrejas locais primitivas, sobre a possibilidade de sofrimentos e perseguições e de anticristos (sabemos que foram predecessores do anticristo final), não há nenhuma prova de que uma igreja local primitiva fosse realmente não iminentista, pregando “... O arrebatamento dos crentes da igrejas locais NÃO pode ocorrer imediatamente, pois ainda faltam se cumprir muitas coisa, tais como ...” ou “... Em nenhum aspecto a 2ª. Vinda (corporal e literal) de Cristo pode ocorrer brevemente, pois Ele só poderá voltar depois que evoluirmos o mundo inteiro de tal modo que experimente 1000 anos de perfeita paz”, ou “... Em nenhum aspecto a 2ª. Vinda (corporal e literal) de Cristo pode ocorrer brevemente, pois Seu reino milenar será alegórico e através da Igreja Universal, e não literal e corporal.” c) Portanto, é seguro deduzir, com as palavras hoje usadas com fins didáticos de concisão e clareza, que há um bom número de razoáveis evidências de que muitíssimas das igrejas locais primitivas eram premilenistas e pretribulacionistas.

D)    A ordem dos eventos de Apoc 19:11-20:6 exige que Cristo volte antes do milênio (Sal 2:3-8).

A)    “E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.” (Mt 19:28)
     “E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;” (Mt 25:31)
     “E te restituirei os teus juízes, como foram dantes; e os teus conselheiros, como antigamente; e então te chamarão cidade de justiça, cidade fiel.” (Is 1:26)
     “2 Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas? 3 Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?” (1Co 6:2-3)
     “Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;” (2Tm 2:12)
     “E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.” (Ap 5:10)
     “4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. ... 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.” (Ap 20:4,6)
     “Disse pois: Certo homem nobre partiu para uma terra remota, a fim de tomar para si um reino e voltar depois.” (Lc 19:12)

B)     “34 Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou. 35 Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra. ... 44 Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre,” (Dn 2:34-44)
   “26 E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. 27 Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos. 28 Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; 29 Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. 30 Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar. ... 34 Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. 35 Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. 36 Dois estarão no campo; um será tomado, o outro será deixado. ...” (Lc 17:26-37)
    “Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” (Lc 18:8)
    “1 ¶ Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; 2 Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência; 3 Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças;” (1Tm 4:1-3)
    “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.” (2Tm 3:1)
    “3 ¶ Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, 4 E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.” (2Pe 3:3-4)
    “10 Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito. 11 Naquele dia será grande o pranto em Jerusalém, como o pranto de Hadade-Rimom no vale de Megido. 12 E a terra pranteará, cada família à parte: a família da casa de Davi à parte, e suas mulheres à parte; e a família da casa de Natã à parte, e suas mulheres à parte; 13 A família da casa de Levi à parte, e suas mulheres à parte; a família de Simei à parte, e suas mulheres à parte. 14 Todas as mais famílias remanescentes, cada família à parte, e suas mulheres à parte. ...” (Zc 12:10-13:2)
    “... 13 E, havendo-se eles calado, tomou Tiago a palavra, dizendo: Homens irmãos, ouvi-me: 14 Simão relatou como primeiramente Deus visitou os gentios, para tomar deles um povo para o seu nome. 15 E com isto concordam as palavras dos profetas; como está escrito: 16 Depois disto voltarei, E reedificarei o tabernáculo de Davi, que está caído, Levantá-lo-ei das suas ruínas, E tornarei a edificá-lo.” (At 15:11-16)
    “17 Para que o restante dos homens busque ao Senhor, E todos os gentios, sobre os quais o meu nome é invocado, Diz o Senhor, que faz todas estas coisas, 18 Conhecidas são a Deus, desde o princípio do mundo, todas as suas obras.” (At 15:17-18)

D)    “11 ¶ E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. 12 E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. 13 E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. 14 E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro. 15 E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso. 16 E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores. 17 E vi um anjo que estava no sol, e clamou com grande voz, dizendo a todas as aves que voavam pelo meio do céu: Vinde, e ajuntai-vos à ceia do grande Deus; 18 Para que comais a carne dos reis, e a carne dos tribunos, e a carne dos fortes, e a carne dos cavalos e dos que sobre eles se assentam; e a carne de todos os homens, livres e servos, pequenos e grandes. 19 E vi a besta, e os reis da terra, e os seus exércitos reunidos, para fazerem guerra àquele que estava assentado sobre o cavalo, e ao seu exército. 20 E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre. 21 E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes. 20:1 ¶ E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. 3 E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. 4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. 5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.” (Ap 19:11-20:6)
     “3 Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. 4 Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. 5 Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará. 6 Eu, porém, ungi o meu Rei sobre o meu santo monte de Sião. 7 ¶ Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei. 8 Pede-me, e eu te darei os gentios por herança, e os fins da terra por tua possessão.” (Sl 2:3-8)



4.2. A FORMA DA SUA REVELAÇÃO (ver seção 1.4) será:

A.    Pessoal João 14:3; 21:20-23; Atos 3:19-21; 2Ped 3:3-4; Atos 1:11 (abaixo)

B.    Súbita e instantânea Mat 24:25-27,28;

C.    Na glória do Seu Pai, com os anjos Mat 16:27; 19:28; 25:31-46;

D.    Triunfante Luc 19:11-27;

E.    Corporal e visível Atos 1:11.

F) Ademais:
Todo olho O verá Mat 24:29,30,31; Apoc 1:7.

A)    “E quando EU for, e vos preparar lugar, EU virei outra vez, e EU vos levarei para MIM mesmo, para que onde EU estiver estejais vós também.” (Jo 14:3)
     “20 ¶ E Pedro, voltando-se, viu que o seguia aquele discípulo a quem Jesus amava, e que na ceia se recostara também sobre o seu peito, e que dissera: Senhor, quem é que te há de trair? 21 Vendo Pedro a este, disse a Jesus: Senhor, e deste que será? 22 Disse-lhe Jesus: Se EU quero que ele fique até que EU venha, que te importa a ti? Segue-me tu. ...” (Jo 21:20-23)
     “19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, 20 E envie ele a JESUS CRISTO, que já dantes vos foi pregado. 21 o QUAL convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.” (At 3:19-21)
     “3 ¶ Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, 4 E dizendo: Onde está a promessa da SUA vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.” (2Pe 3:3-4)

B)     “25 Eis que eu vo-lo tenho predito. 26 Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. 27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem. 28 Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.” (Mt 24:25-28)

C)     “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.” (Mt 16:27)
    “E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.” (Mt 19:28)
   “31 ¶ E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; 32 E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; 33 E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. 34 Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; ....” (Mt 25:31-46)

D)    “11 ¶ E, ouvindo eles estas coisas, ele prosseguiu, e contou uma parábola; porquanto estava perto de Jerusalém, e cuidavam que logo se havia de manifestar o reino de Deus. 12 Disse pois: Certo homem nobre partiu para uma terra remota, a fim de tomar para si um reino e voltar depois. 13 E, chamando dez servos seus, deu-lhes dez minas, e disse-lhes: Negociai até que eu venha. 14 Mas os seus concidadãos odiavam-no, e mandaram após ele embaixadores, dizendo: Não queremos que este reine sobre nós. 15 E aconteceu que, voltando ele, depois de ter tomado o reino, disse que lhe chamassem aqueles servos, a quem tinha dado o dinheiro, para saber o que cada um tinha ganhado, negociando. ... 27 E quanto àqueles meus inimigos que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui, e matai-os diante de mim.” (Lc 19:11-27)

E)     “Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.” (At 1:11)

F)    “29 E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. 30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. 31 E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.” (Mt 24:29-31)
    “Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.” (Ap 1:7)



4.3. O LOCAL DA SUA VINDA, para tocar o solo, será:

o Monte das Oliveiras Zac 14:4.

“E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul.” (Zc 14:4)



4.4. OS ACOMPANHANTES DA SUA VINDA serão:

os salvos de todos os tempos, em glória, com os anjos Zac 14:5; Col 3:4.

Para isso, será necessário:

    “E fugireis pelo vale dos meus montes, pois o vale dos montes chegará até Azel; e fugireis assim como fugistes de diante do terremoto nos dias de Uzias, rei de Judá. Então virá o SENHOR meu Deus, e todos os santos contigo.” (Zc 14:5)
     “Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.” (Cl 3:4)



4.5. A ETAPA “V.T. + MÁRTIRES DA TRIBULAÇÃO”, DA 1a. RESSURREIÇÃO (para a vida): 

  Isa 26:19; Dan 12:2; Apoc 11:11-12; 20:4.

    “Os teus mortos e também o meu cadáver viverão e ressuscitarão; despertai e exultai, os que habitais no pó, porque o teu orvalho será como o orvalho das ervas, e a terra lançará de si os mortos.” (Is 26:19)
     “E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.” (Dn 12:2)
     “11 E depois daqueles três dias e meio o espírito de vida, vindo de Deus, entrou neles; e puseram-se sobre seus pés, e caiu grande temor sobre os que os viram. 12 E ouviram uma grande voz do céu, que lhes dizia: Subi para aqui. E subiram ao céu em uma nuvem; e os seus inimigos os viram.” (Ap 11:11-12)
     “E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.” (Ap 20:4)



4.6. O PROPÓSITO DA SUA VINDA:

A. Julgar o Anticristo, o Falso Profeta e seus exércitos 2Thes 1:7-10; 2:8; Apoc 19:11-16, 19-21;

B. Lançar todos os demônios no inferno especial deles, chamado de Tártaro em 2Pe 2:4 (ver outros nomes na seção 6.1.A): Mat 8:29. Nele já estão aqueles demônios de 2Pe 2:4 (que cremos que são os "filhos de Deus" decaídos e referidos em Gn 6:2-4 (ver seção 5:8), os quais tiveram relações sexuais com mulheres);
   Acorrentar Satanás no Poço Sem Fundo (= Abismo) durante os 1000 anos do reino antes da última rebelião Rom 16:20; Apoc 20:1-3.
   (Depois do Milênio, Satanás e seus demônios serão lançado para sempre no Lago de Fogo, ver seção 6.1).

C. Salvar Israel Zac 14:3-4; Rom 11:1,5,25-26;

A)    “7 E a vós, que sois atribulados, descanso conosco, quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do seu poder, 8 Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; 9 Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder, ...).” (2Ts 1:7-10)
    “E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;” (2Ts 2:8)
     “... 15 E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso. 16 E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores.” (Ap 19:11-16)
     “... 20 E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre. 21 E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes.” (Ap 19:19-21)

B)    “Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;” (2Pe 2:4)
    “E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?” (Mt 8:29)
    “E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.” (Rm 16:20)
     “1 ¶ E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. 3 E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.” (Ap 20:1-3)

C)    “3 E o SENHOR sairá, e pelejará contra estas nações, como pelejou, sim, no dia da batalha. 4 E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, ....” (Zc 14:3-4)
     “1 Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. ... 5 Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça.” ... 25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. 26 E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades.” (Rm 11:1,5 25-26)


D. Julgar os indivíduos das nações gentílicas (Joel 3:11-12-17; Mat 25:31-32-46 [“irmãos”, no verso 40, indica judeus convertidos a Cristo e, por isso, sendo perseguidos]; Atos 17:31; 2Thes 1:7-10).
    “...12 Suscitem-se os gentios, e subam ao vale de Jeosafá; pois ali me assentarei para julgar todos os gentios em redor. 13 Lançai a foice, porque já está madura a seara; vinde, descei, porque o lagar está cheio, e os vasos dos lagares transbordam, porque a sua malícia é grande. 14 Multidões, multidões no vale da decisão; porque o dia do SENHOR está perto, no vale da decisão. 15 O sol e a lua enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor. 16 E o SENHOR bramará de Sião, e de Jerusalém fará ouvir a sua voz; e os céus e a terra tremerão, mas o SENHOR será o refúgio do seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel. 17 E vós sabereis que eu sou o SENHOR vosso Deus, que habito em Sião, o meu santo monte; e Jerusalém será santa; estranhos não passarão mais por ela.” (Joel 3:11-17)
     “31 ¶ E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; 32 E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; 33 E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. 34 Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; 35 Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; 36 Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. 37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? 38 E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? 39 E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? 40 E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. 41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; 42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; 43 Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. 44 Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? 45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. 46 E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.” (Mt 25:31-46)
     “Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.” (At 17:31)
     “7 E a vós, que sois atribulados, descanso conosco, quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do seu poder, 8 Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; 9 Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder, 10 Quando vier para ser glorificado nos seus santos, e para se fazer admirável naquele dia em todos os que crêem (porquanto o nosso testemunho foi crido entre vós).” (2Ts 1:7-10)




O julgamento dos indivíduos das nações gentílicas é diferente do julgamento do grande trono branco:

  Julgamento dos indivíduos das nações gentílicas
Mt 25:31-46 (acima)
Julgamento do grande trono branco (ver seção 6.2)
Ap 20:11-15
Tempo: antes do milênio depois do milênio
Local: sobre a terra no [3o ?] céu
Trono de Cristo: "trono da SUA glória" "grande trono branco"
São julgados: os indivíduos de todas as NAÇÕES gentílicas apenas os MORTOS
Ressurreição conectada nenhuma a 2a ressurreição, para a condenação eterna
Base para o julgamento: tratamento aos "IRMÃOS" [os judeus convertidos e perseguidos] obras
Conseqüências do julgamento: 2 classes, 2 destinos:
ovelhas: gozo do reino;
bodes: condenação eterna
1 só classe, 1 só destino:
todos serão lançados no Lago de Fogo.


E. Revelar a Si mesmo e aos Seus Zac 14:5; Mat 24:30; Apoc 1:7; Col 3:4.

F. Redimir e abençoar a natureza Isa 11:6-9; 35:1-2,5-7-9; Rom 8:19-22.

G. Estabelecer o Seu reino 2Sam 7:16; Sal 89:3-4,37; Jer 33:15; Luc 1:31-33.

E)    “E fugireis pelo vale dos meus montes, pois o vale dos montes chegará até Azel; e fugireis assim como fugistes de diante do terremoto nos dias de Uzias, rei de Judá. Então virá o SENHOR meu Deus, e todos os santos contigo.” (Zc 14:5)
     “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.” (Mt 24:30)
     “Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.” (Ap 1:7)
    “Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.” (Cl 3:4)

F)    “6 E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará. 7 A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. 8 E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco. 9 Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.” (Is 11:6-9)
     “1 ¶ O deserto e o lugar solitário se alegrarão disto; e o ermo exultará e florescerá como a rosa. 2 Abundantemente florescerá, e também jubilará de alegria e cantará; a glória do Líbano se lhe deu, a excelência do Carmelo e Sarom; eles verão a glória do SENHOR, o esplendor do nosso Deus.” (Is 35:1-2)
     “5 ¶ Então os olhos dos cegos serão abertos, e os ouvidos dos surdos se abrirão. 6 Então os coxos saltarão como cervos, e a língua dos mudos cantará; porque águas arrebentarão no deserto e ribeiros no ermo. 7 E a terra seca se tornará em lagos, e a terra sedenta em mananciais de águas; e nas habitações em que jaziam os chacais haverá erva com canas e juncos. 8 E ali haverá uma estrada, um caminho, que se chamará o caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para aqueles; os caminhantes, até mesmo os loucos, não errarão. 9 Ali não haverá leão, nem animal feroz subirá a ele, nem se achará nele; porém só os remidos andarão por ele.” (Is 35:5-9)
     “19 Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. 20 Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, 21 Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. 22 Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.” (Rm 8:19-22)

G)     “Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será firme para sempre.” (2Sm 7:16)
     “3 Fiz uma aliança com o meu escolhido, e jurei ao meu servo Davi, dizendo: 4 A tua semente estabelecerei para sempre, e edificarei o teu trono de geração em geração. (Selá.)” (Sl 89:3-4)
     “Será estabelecido para sempre como a lua e como uma testemunha fiel no céu. (Selá.)” (Sl 89:37)
     “Naqueles dias e naquele tempo farei brotar a Davi um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra.” (Jr 33:15)
     “31 E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. 32 Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; 33 E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.” (Lc 1:31-33)

 




5. A DISPENSAÇÃO DO REINO DOS CÉUS (OU MILÊNIO)


5.1. A CEIA DAS BODAS DO CORDEIRO


Sl 45:14; Mat 22:2-3,9,11-13; Apoc 19:9.

As bodas (a consumação da bendita união) já terão ocorrido nos céus, paralelamente à 70a. semana de Daniel sobre a terra.
Mas a ceia (o banquete nupcial), correspondente ao milênio, ocorrerá na terra e após a Revelação de Cristo (após Sua vinda para a terra, tocando-lhe com os pés), porque um perdido poderia tentar participar furtivamente da ceia Mat 22:11-13.

As bodas envolvem só Cristo e a igreja local totalizada futura,

mas a ceia envolve também os “convidados e amigos” (Israel convertida, os salvos do V.T., os mártires da Tribulação, e as ovelhas do julgamento dos indivíduos das nações gentílicas).

    “Levá-la-ão ao rei com vestidos bordados; as virgens que a acompanham a trarão a ti.” (Sl 45:14)
    “2 O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho; 3 E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram vir. 4 Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas. 5 Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu tráfico; 6 E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram. 7 E o rei, tendo notícia disto, encolerizou-se e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade. 8 Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos. 9 Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes. 10 E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados. 11 E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com veste de núpcias. 12 E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial? E ele emudeceu. 13 Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.” (Mt 22:2-13)
    “E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.” (Ap 19:9)



5.2. A PROMESSA, O FATO DO REINO ETERNO:

2Sam 7:11-16; Sal 89:3-4,20-27; Dan 2:44; 7:13-14,26-27; Luc 1:31-33; 19:11-27 (parábola das minas); Apoc 11:15; 19:11-21; 20:1-7 (abaixo).

    “... 16 Porém a tua casa e o teu reino {, Ó Davi, } serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será firme para sempre.” (2Sm 7:11-16)
     “3 Fiz uma aliança com o meu escolhido, e jurei ao meu servo Davi, dizendo: 4 A tua semente estabelecerei para sempre, e edificarei o teu trono de geração em geração. (Selá.) ...” (Sl 89:3-4,20-27)
     “Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre,” (Dn 2:44)
     “13 Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. 14 E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído. ... 26 Mas o juízo será estabelecido, e eles tirarão o seu domínio, para o destruir e para o desfazer até ao fim. 27 E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão.” (Dn 7:13-14,26-27)
     “31 E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. 32 Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; 33 E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.” (Lc 1:31-33)
     “... 12 Disse pois: Certo homem nobre partiu para uma terra remota, a fim de tomar para si um reino e voltar depois. 13 E, chamando dez servos seus, deu-lhes dez minas, e disse-lhes: Negociai até que eu venha. ... 17 E ele lhe disse: Bem está, servo bom, porque no mínimo foste fiel, sobre dez cidades terás autoridade. ... 24 E disse aos que estavam com ele: Tirai-lhe a mina, e dai-a ao que tem dez minas. ... 27 E quanto àqueles meus inimigos que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui, e matai-os diante de mim.” (Lc 19:11-27)
     “E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.” (Ap 11:15)
     “... 15 E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso. 16 E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores. 17 E vi um anjo que estava no sol, e clamou com grande voz, dizendo a todas as aves que voavam pelo meio do céu: Vinde, e ajuntai-vos à ceia do grande Deus; 18 Para que comais a carne dos reis, e a carne dos tribunos, e a carne dos fortes, e a carne dos cavalos e dos que sobre eles se assentam; e a carne de todos os homens, livres e servos, pequenos e grandes. ... 21 E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes.” (Ap 19:11-21)



5.3. A DURAÇÃO DA 7a. DISPENSAÇÃO será de 1000 anos

(Apoc 20:1-7 o diz 6 vezes)

    “1 ¶ E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. 3 E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. 4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. 5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos. 7 E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão,” (Ap 20:1-7)



5.4. CRISTO:

a. Reinará sobre toda a terra Zac 14:9.
b. Reinará com vara de ferro (poder e autoridade) Apoc 19:15.
c. Julgará infalivelmente (e imediatamente) a qualquer pecado Zac 14:17-19.

     “E o SENHOR será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o SENHOR, e um será o seu nome.” (Zc 14:9)
     “E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso.” (Ap 19:15)
     “17 E acontecerá que, se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva. 18 E, se a família dos egípcios não subir, nem vier, não virá sobre ela a chuva; virá sobre eles a praga com que o SENHOR ferirá os gentios que não subirem a celebrar a festa dos tabernáculos. 19 Este será o castigo do pecado dos egípcios e o castigo do pecado de todas as nações que não subirem a celebrar a festa dos tabernáculos.” (Zc 14:17-19)



5.5. OS SANTOS RESSURRETOS: 

a. Reinarão com Cristo Luc 19:16-19; 1Cor 6:2; 2Tim 2:12; Apoc 20:4,6.
b. Assentar-se-ão com Cristo no Seu trono (!) Apoc 3:21.
c. Terão responsabilidades individuais e não coletivas Luc 19:16-19 (acima).

A)    “16 E veio o primeiro, dizendo: Senhor, a tua mina rendeu dez minas. 17 E ele lhe disse: Bem está, servo bom, porque no mínimo foste fiel, sobre dez cidades terás autoridade. 18 E veio o segundo, dizendo: Senhor, a tua mina rendeu cinco minas. 19 E a este disse também: Sê tu também sobre cinco cidades.” (Lc 19:16-19)
     “Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas?” (1Co 6:2)
     “Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;” (2Tm 2:12)
     “E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.” (Ap 20:4)
     “Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.” (Ap 20:6)

B)     “Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.” (Ap 3:21)



5.6. ISRAEL:

a. Será reajuntada Eze 36:24; 37:1-13; Isa 11:10-13; Jer 16:14-15; 23:5-8; 30:6-11; Mat 24:20-33.

b. Mas os rebeldes e prevaricadores não entrarão em Israel Eze 20:33-38.

c. Toda a nação se arrependerá e converterá Eze 36:24-26-28; Zac 12:10-13:3; Rom 11:25-26.

d. Efraim (Israel) será reunida a Judá Eze 37:16-22; Oséias 1:11.

e. Israel voltará a ter juízes Isa 1:26; Mat 19:28.

f. Israel evangelizará os gentios Isa 66:19; Zac 8:13,20-23.

A)     “E vos tomarei dentre os gentios, e vos congregarei de todas as terras, e vos trarei para a vossa terra.” (Ez 36:24)
     “... 3 E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes. ... 11 Então me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; nós mesmos estamos cortados. 12 Portanto profetiza, e dize-lhes: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu abrirei os vossos sepulcros, e vos farei subir das vossas sepulturas, ó povo meu, e vos trarei à terra de Israel. 13 E sabereis que eu sou o SENHOR, quando eu abrir os vossos sepulcros, e vos fizer subir das vossas sepulturas, ó povo meu.” (Ez 37:1-13)
     “10 ¶ E acontecerá naquele dia que a raiz de Jessé, a qual estará posta por estandarte dos povos, será buscada pelos gentios; e o lugar do seu repouso será glorioso. 11 E há de ser que naquele dia o Senhor tornará a pôr a sua mão para adquirir outra vez o remanescente do seu povo, que for deixado, da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da Etiópia, e de Elã, e de Sinar, e de Hamate, e das ilhas do mar. 12 E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra. 13 E afastar-se-á a inveja de Efraim, e os adversários de Judá serão desarraigados; Efraim não invejará a Judá, e Judá não oprimirá a Efraim.” (Is 11:10-13)
     “14 ¶ Portanto, eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que nunca mais se dirá: Vive o SENHOR, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egito. 15 Mas: Vive o SENHOR, que fez subir os filhos de Israel da terra do norte, e de todas as terras para onde os tinha lançado; porque eu os farei voltar à sua terra, a qual dei a seus pais.” (Jr 16:14-15)
     “5 Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, sendo rei, reinará e agirá sabiamente, e praticará o juízo e a justiça na terra. 6 Nos seus dias Judá será salvo, e Israel habitará seguro; e este será o seu nome, com o qual Deus o chamará: O SENHOR JUSTIÇA NOSSA. 7 Portanto, eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que nunca mais dirão: Vive o SENHOR, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egito; 8 Mas: Vive o SENHOR, que fez subir, e que trouxe a geração da casa de Israel da terra do norte, e de todas as terras para onde os tinha arrojado; e habitarão na sua terra.” (Jr 23:5-8)
     “6 Perguntai, pois, e vede, se um homem pode dar à luz. Por que, pois, vejo a cada homem com as mãos sobre os lombos como a que está dando à luz? e por que se tornaram pálidos todos os rostos? 7 Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela. 8 Porque será naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, que eu quebrarei o seu jugo de sobre o teu pescoço, e quebrarei os teus grilhões; e nunca mais se servirão dele os estrangeiros. 9 Mas servirão ao SENHOR, seu Deus, como também a Davi, seu rei, que lhes levantarei. 10 ¶ Não temas, pois, tu, ó meu servo Jacó, diz o SENHOR, nem te espantes, ó Israel; porque eis que te livrarei de terras de longe, e à tua descendência da terra do seu cativeiro; e Jacó voltará, e descansará, e ficará em sossego, e não haverá quem o atemorize. 11 Porque eu sou contigo, diz o SENHOR, para te salvar; porquanto darei fim a todas as nações entre as quais te espalhei; a ti, porém, não darei fim, mas castigar-te-ei com medida, e de todo não te terei por inocente.” (Jr 30:6-11)
     “... 31 E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus. 32 ¶ Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. 33 Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.” (Mt 24:20-33)

B)    “33 ¶ Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que com mão forte, e com braço estendido, e com indignação derramada, hei de reinar sobre vós. 34 E vos tirarei dentre os povos, e vos congregarei das terras nas quais andais espalhados, com mão forte, e com braço estendido, e com indignação derramada. 35 E vos levarei ao deserto dos povos; e ali face a face entrarei em juízo convosco; 36 Como entrei em juízo com vossos pais, no deserto da terra do Egito, assim entrarei em juízo convosco, diz o Senhor DEUS. 37 Também vos farei passar debaixo da vara, e vos farei entrar no vínculo da aliança. 38 E separarei dentre vós os rebeldes, e os que transgrediram contra mim; da terra das suas peregrinações os tirarei, mas à terra de Israel não voltarão; e sabereis que eu sou o SENHOR.” (Ez 20:33-38)

C)      “24 E vos tomarei dentre os gentios, e vos congregarei de todas as terras, e vos trarei para a vossa terra. 25 ¶ Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei. 26 E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. 27 E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis. 28 E habitareis na terra que eu dei a vossos pais e vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus.” (Ez 36:24-28)
     “10 Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito. 11 Naquele dia será grande o pranto em Jerusalém, como o pranto de Hadade-Rimom no vale de Megido. 12 E a terra pranteará, cada família à parte: ... 3 E acontecerá que, quando alguém ainda profetizar, seu pai e sua mãe, que o geraram, lhe dirão: Não viverás, porque falaste mentira em nome do SENHOR; e seu pai e sua mãe, que o geraram, o traspassarão quando profetizar.” (Zc 12:10-13:3)
     “25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. 26 E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades.” (Rm 11:25-26)

D)     “... 19 Tu lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu tomarei a vara de José que esteve na mão de Efraim, e a das tribos de Israel, suas companheiras, e as ajuntarei à vara de Judá, e farei delas uma só vara, e elas se farão uma só na minha mão. 20 E as varas, sobre que houveres escrito, estarão na tua mão, perante os olhos deles. 21 Dize-lhes pois: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu tomarei os filhos de Israel dentre os gentios, para onde eles foram, e os congregarei de todas as partes, e os levarei à sua terra. 22 E deles farei uma nação na terra, nos montes de Israel, e um rei será rei de todos eles, e nunca mais serão duas nações; nunca mais para o futuro se dividirão em dois reinos.” (Ez 37:16-22)
     “E os filhos de Judá e os filhos de Israel juntos se congregarão, e constituirão sobre si uma só cabeça, e subirão da terra; porque grande será o dia de Jizreel.” (Os 1:11)

E)      “E te restituirei os teus juízes, como foram dantes; e os teus conselheiros, como antigamente; e então te chamarão cidade de justiça, cidade fiel.” (Is 1:26)
     “E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.” (Mt 19:28)

F)      “E porei entre eles um sinal, e os que deles escaparem enviarei às nações, a Társis, Pul, e Lude, flecheiros, a Tubal e Javã, até às ilhas de mais longe, que não ouviram a minha fama, nem viram a minha glória; e anunciarão a minha glória entre os gentios.” (Is 66:19)
     “E há de suceder, ó casa de Judá, e casa de Israel, que, assim como fostes uma maldição entre os gentios, assim vos salvarei, e sereis uma bênção; não temais, esforcem-se as vossas mãos.” (Zc 8:13)
     “20 Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Ainda sucederá que virão os povos e os habitantes de muitas cidades. 21 E os habitantes de uma cidade irão à outra, dizendo: Vamos depressa suplicar o favor do SENHOR, e buscar o SENHOR dos Exércitos; eu também irei. 22 Assim virão muitos povos e poderosas nações, a buscar em Jerusalém ao SENHOR dos Exércitos, e a suplicar o favor do SENHOR. 23 Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.” (Zc 8:20-23)



5.7. AS NAÇÕES:

a. Inicialmente serão compostas só de convertidos Mat 25:34-46.

b. Multidões nascerão Zac 8:4-6.

c. Subirão para adorar em Jerusalém Isa 2:2-4.

A)    “34 Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; 35 Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; 36 Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. 37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? 38 E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? 39 E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? 40 E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. 41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; 42 Porque ... 46 E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna:” (Mt 25:34-46)

B)    “4 Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Ainda nas praças de Jerusalém habitarão velhos e velhas; levando cada um, na mão, o seu bordão, por causa da sua muita idade. 5 E as ruas da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão. ...” (Zc 8:4-6)

     “2 E acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do SENHOR no cume dos montes, e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações. 3 E irão muitos povos, e dirão: Vinde, subamos ao monte do SENHOR, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do SENHOR. 4 E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; ....” (Is 2:2-4)



5.8. SATANÁS E SEUS ANJOS: No Milênio, SATANÁS estará preso no Poço Sem Fundo (ou Abismo), e OS DEMÔNIOS no Tártaro

Por todo o Milênio, todos os demônios terão sido lançados no inferno especial deles, chamado de Tártaro em 2Pe 2:4 (ver outros nomes na seção 6.1) Mat 8:29 (nele já estão aqueles demônios de 2Pe 2:4, que cremos que são os "filhos de Deus" decaídos e referidos em Gn 6:2-4, os quais tiveram relações sexuais com mulheres. Compare Judas 1:6-7)
e Satanás estará acorrentado no Poço Sem fundo (ou Abismo) Rom 16:20; Apoc 20:1-3
(Depois do Milênio, Satanás e seus demônios serão lançado para sempre no Lago de Fogo, ver seção 6.1.)

    “Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;” (2Pe 2:4)
    “E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?” (Mt 8:29)
    “2 Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. 3 ¶ Então disse o SENHOR: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos. 4 ¶ Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama.” (Gn 6:2-4)
    “6 E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia; 7 Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.” (Jd 1:6-7)
    “E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.” (Rm 16:20)
    “1 ¶ E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. 3 E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pós selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.” (Ap 20:1-3)



5.9. A NATUREZA:

a. Será regenerada, liberta da maldição do pecado Rom 8:19-22.

b. Haverão grandes mudanças na topografia mundial Zac 14:4,5,8,10.

c. Leões comerão capim como e com as ovelhas Isa 11:5-9.

d. A chuva e a fertilidade do solo serão perfeitas Joel 2:22-27, só falhando para os que não subirem a adorar o Rei em Jerusalém Zac 14:17-19.

e. O homem voltará a ser o cabeça da criação Gen 1:28; 3:17-19.

f. A longevidade e saúde serão multiplicadas Isa 65:20.

A)    “19 Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. 20 Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, 21 Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. 22 Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.” (Rm 8:19-22)

B)     “4 E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul. ... 8 Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isto. ... 10 Toda a terra em redor se tornará em planície, desde Geba até Rimom, ao sul de Jerusalém, e ela será exaltada, e habitada no seu lugar, desde a porta de Benjamim até ao lugar da primeira porta, até à porta da esquina, e desde a torre de Hananeel até aos lagares do rei.” (Zc 14:4-5,8,10)

C)     “... 6 E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará. 7 A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. 8 E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco. 9 Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.” (Is 11:5-9)

D)     “22 Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a vide e a figueira darão a sua força. 23 E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a serôdia. 24 E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite. 25 E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós. 26 E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado. ...” (Joel 2:22-27)
     “17 E acontecerá que, se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva. ... 19 Este será o castigo do pecado dos egípcios e o castigo do pecado de todas as nações que não subirem a celebrar a festa dos tabernáculos.” (Zc 14:17-19)

E)     “E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.” (Gn 1:28)
     “17 ¶ E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. 18 Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo. 19 No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás.” (Gn 3:17-19)

F)     “Não haverá mais nela criança de poucos dias, nem velho que não cumpra os seus dias; porque o menino morrerá de cem anos; porém o pecador de cem anos será amaldiçoado.” (Is 65:20)



5.10. O GOVERNO:

a. Será uma teocracia: Dan 7:13-14; Luc 1:32-33.

b. Cristo será Seu Rei Miq 4:1-8; Zac 9:10-15; 14:16-17; Luc 1:31-32.

c. Davi será o príncipe regente da Palestina Jer 30:9; Eze 37:24-25; Oséias 3:5.

d. Nobres e governadores reinarão sob Davi Isa 32:1; Jer 30:21; Eze 45:8-9.

e. Os 12 apóstolos reinarão sobre as 12 tribos de Israel Mat 19:28.

f. Muitos receberão autoridade, como recompensa Luc 19:12-27.

g. Juízes serão constituídos Isa 1:26; Zac 3:7.

h. Jerusalém será a capital do reino Salmo 48:1-3; Isa 2:2-4.

i. O reino será universal e ETERNO (Dan 7:14,27), de justiça e equidade inflexíveis (Isa 11:3-5), com plenitude do Espírito (Isa 11:2-3).

A)    “13 Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. 14 E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.” (Dn 7:13-14)
     “32 Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; 33 E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.” (Lc 1:32-33)

B)     “1 ¶ Mas nos últimos dias acontecerá que o monte da casa do SENHOR será estabelecido no cume dos montes, e se elevará sobre os outeiros, e a ele afluirão os povos. 2 E irão muitas nações, e dirão: Vinde, e subamos ao monte do SENHOR, e casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do SENHOR. 3 E julgará entre muitos povos, e castigará nações poderosas e longínquas, e ... 7 ... e o SENHOR reinará sobre eles no monte Sião, desde agora e para sempre. 8 ¶ E a ti, ó torre do rebanho, fortaleza da filha de Sião, a ti virá; sim, a ti virá o primeiro domínio, o reino da filha de Jerusalém.” (Mq 4:1-8)
     “10 ... e ele anunciará paz aos gentios; e o seu domínio se estenderá de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra. ... 14 E o SENHOR será visto sobre eles, e as suas flechas sairão como o relâmpago; e o Senhor DEUS fará soar a trombeta, e irá com os redemoinhos do sul. 15 O SENHOR dos Exércitos os amparará; ....” (Zc 9:10-15)
     “16 ¶ E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos. 17 E acontecerá que, se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva.” (Zc 14:16-17)
     “31 E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. 32 Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;” (Lc 1:31-32)

C)     “Mas servirão ao SENHOR, seu Deus, como também a Davi, seu rei, que lhes levantarei.” (Jr 30:9)
     “24 E meu servo Davi será rei sobre eles, e todos eles terão um só pastor; e andarão nos meus juízos e guardarão os meus estatutos, e os observarão. 25 E habitarão na terra que dei a meu servo Jacó, em que habitaram vossos pais; e habitarão nela, eles e seus filhos, e os filhos de seus filhos, para sempre, e Davi, meu servo, será seu príncipe eternamente.” (Ez 37:24-25)
     “Depois tornarão os filhos de Israel, e buscarão ao SENHOR seu Deus, e a Davi, seu rei; e temerão ao SENHOR, e à sua bondade, no fim dos dias.” (Os 3:5)

D)     “Eis que reinará um rei com justiça, e dominarão os príncipes segundo o juízo.” (Is 32:1)
     “E os seus nobres serão deles; e o seu governador sairá do meio deles, e o farei aproximar, e ele se chegará a mim; pois, quem de si mesmo se empenharia para chegar-se a mim? diz o SENHOR.” (Jr 30:21)
     “8 E esta terra será a sua possessão em Israel; e os meus príncipes nunca mais oprimirão o meu povo, antes deixarão a terra à casa de Israel, conforme as suas tribos. ...” (Ez 45:8-9)

E)     “E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.” (Mt 19:28)

F)     “12 Disse pois: Certo homem nobre partiu para uma terra remota, a fim de tomar para si um reino e voltar depois. 13 E, chamando dez servos seus, deu-lhes dez minas, e disse-lhes: Negociai até que eu venha. 14 Mas os seus concidadãos odiavam-no, e mandaram após ele embaixadores, dizendo: Não queremos que este reine sobre nós. 15 E aconteceu que, voltando ele, depois de ter tomado o reino, disse que lhe chamassem aqueles servos, a quem tinha dado o dinheiro, para saber o que cada um tinha ganhado, negociando. 16 E veio o primeiro, dizendo: Senhor, a tua mina rendeu dez minas. 17 E ele lhe disse: Bem está, servo bom, porque no mínimo foste fiel, sobre dez cidades terás autoridade. 18 E veio o segundo, dizendo: Senhor, a tua mina rendeu cinco minas. 19 E a este disse também: Sê tu também sobre cinco cidades. 20 E veio outro, dizendo: Senhor, aqui está a tua mina, que guardei num lenço; 21 Porque tive medo de ti, que és homem rigoroso, que tomas o que não puseste, e segas o que não semeaste. 22 Porém, ele lhe disse: Mau servo, pela tua boca te julgarei. Sabias que eu sou homem rigoroso, que tomo o que não pus, e sego o que não semeei; 23 Por que não puseste, pois, o meu dinheiro no banco, para que eu, vindo, o exigisse com os juros? 24 E disse aos que estavam com ele: Tirai-lhe a mina, e dai-a ao que tem dez minas. 25 (E disseram-lhe eles: Senhor, ele tem dez minas.) 26 Pois eu vos digo que a qualquer que tiver ser-lhe-á dado, mas ao que não tiver, até o que tem lhe será tirado. ...” (Lc 19:12-27)

G)     “E te restituirei os teus juízes, como foram dantes; e os teus conselheiros, como antigamente; e então te chamarão cidade de justiça, cidade fiel.” (Is 1:26)
     “Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Se andares nos meus caminhos, e se observares a minha ordenança, também tu julgarás a minha casa, e também guardarás os meus átrios, e te darei livre acesso entre os que estão aqui.” (Zc 3:7)

H)     “1 ¶ Cântico e salmo para os filhos de Coré Grande é o SENHOR e mui digno de louvor, na cidade do nosso Deus, no seu monte santo. 2 Formoso de sítio, e alegria de toda a terra é o monte Sião sobre os lados do norte, a cidade do grande Rei. 3 Deus é conhecido nos seus palácios por um alto refúgio.” (Sl 48:1-3)
     “2 E acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do SENHOR no cume dos montes, e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações. 3 E irão muitos povos, e dirão: Vinde, subamos ao monte do SENHOR, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do SENHOR. 4 E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear.” (Is 2:2-4)

I)     “E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.” (Dn 7:14)
     “E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão.” (Dn 7:27)
     “3 E deleitar-se-á no temor do SENHOR; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos. 4 Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio, 5 E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.” (Is 11:3-5)
     “2 E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do SENHOR. 3 E deleitar-se-á no temor do SENHOR; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.” (Is 11:2-3)



5.11 A ADORAÇÃO:

a. O milênio é marcado pela adoração ao Senhor Jesus Cristo Isa 12:1-6; 25:1-26:19; 56:7; 61:10-11; 66:23; Jer 33:11,18,21-22; Eze 20:40-41; 40:1-46:24; Zac 6:12-15; 8:20-23; 14:16-21.

b. O templo milenial e seus serviços são descritos em Ez 40:1-46:24 (longo demais para transcrever, leia na Bíblia).

c. [Alguns dos] sacrifícios e festas do V.T. são reinstituídos, porém modificados e de natureza RETROSPECTIVA, não expiativa.

A)    “... 4 ¶ E direis naquele dia: Dai graças ao SENHOR, invocai o seu nome, fazei notório os seus feitos entre os povos, contai quão excelso é o seu nome. 5 Cantai ao SENHOR, porque fez coisas grandiosas; saiba-se isto em toda a terra. ...” (Is 12:1-6)
     “1 ¶ O SENHOR, tu és o meu Deus; exaltar-te-ei, e louvarei o teu nome, porque fizeste maravilhas; os teus conselhos antigos são verdade e firmeza. ... 3 Por isso te glorificará um povo poderoso, e a cidade das nações formidáveis te temerá. ... 9 ¶ E naquele dia se dirá: Eis que este é o nosso Deus, a quem aguardávamos, e ele nos salvará; este é o SENHOR, a quem aguardávamos; na sua salvação gozaremos e nos alegraremos. ...” (Is 25:1-26:19)
     “Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos.” (Is 56:7)
     “10 ¶ Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias. 11 Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor DEUS fará brotar a justiça e o louvor para todas as nações.” (Is 61:10-11)
     “E será que desde uma lua nova até à outra, e desde um sábado até ao outro, virá toda a carne a adorar perante mim, diz o SENHOR.” (Is 66:23)
     “A voz de gozo, e a voz de alegria, a voz do esposo e a voz da esposa, e a voz dos que dizem: Louvai ao SENHOR dos Exércitos, porque bom é o SENHOR, porque a sua benignidade dura para sempre; dos que trazem ofertas de ação de graças à casa do SENHOR; pois farei voltar os cativos da terra como ao princípio, diz o SENHOR.” (Jr 33:11)
     “Nem aos sacerdotes levíticos faltará homem diante de mim, que ofereça holocausto, queime oferta de alimentos e faça sacrifício todos os dias.” (Jr 33:18)
     “21 Também se poderá invalidar a minha aliança com Davi, meu servo, para que não tenha filho que reine no seu trono; como também com os levitas, sacerdotes, meus ministros. 22 Como não se pode contar o exército dos céus, nem medir-se a areia do mar, assim multiplicarei a descendência de Davi, meu servo, e os levitas que ministram diante de mim.” (Jr 33:21-22)
     “40 Porque no meu santo monte, no monte alto de Israel, diz o Senhor DEUS, ali me servirá toda a casa de Israel, toda ela naquela terra; ali me deleitarei neles, e ali requererei as vossas ofertas alçadas, e as primícias das vossas oblações, com todas as vossas coisas santas; 41 Com cheiro suave me deleita-rei em vós, quando eu vos tirar dentre os povos e vos congregar das terras em que andais espalhados; e serei santificado em vós perante os olhos dos gentios.” (Ez 20:40-41)
    “12 E fala-lhe, dizendo: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Eis aqui o homem cujo nome é RENOVO; ele brotará do seu lugar, e edificará o templo do SENHOR. 13 Ele mesmo edificará o templo do SENHOR, e ele levará a glória; assentar-se-á no seu trono e dominará, e será sacerdote no seu trono, e conselho de paz haverá entre ambos os ofícios. ...” (Zc 6:12-15)
     “20 Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Ainda sucederá que virão os povos e os habitantes de muitas cidades. 21 E os habitantes de uma cidade irão à outra, dizendo: Vamos depressa suplicar o favor do SENHOR, e buscar o SENHOR dos Exércitos; eu também irei. 22 Assim virão muitos povos e poderosas nações, a buscar em Jerusalém ao SENHOR dos Exércitos, e a suplicar o favor do SENHOR. 23 Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.” (Zc 8:20-23)
     “16 ¶ E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos. ... 20 Naquele dia será gravado sobre as campainhas dos cavalos: SANTIDADE AO SENHOR; e as panelas na casa do SENHOR serão como as bacias diante do altar. 21 E todas as panelas em Jerusalém e Judá serão consagradas ao SENHOR dos Exércitos, e todos os que sacrificarem virão, e delas tomarão, e nelas cozerão. E, naquele dia não haverá mais cananeu na casa do SENHOR dos Exércitos.” (Zc 14:16-21)



5.12. ESPIRITUALMENTE, o milênio será caracterizado por:

a. Justiça Isa 11:4-5; 61:11; Salmo 72:7; Salmo 2:9; Ecl 8:11; Apoc 12:5.

b. Santidade Isa 4:3-4; Zac 14:20-21.

c. Verdade Salmo 85:10-11.

d. Derramamento do Espírito Joel 2:28-29.

A)    “4 Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio, 5 E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.” (Is 11:4-5)
     “Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor DEUS fará brotar a justiça e o louvor para todas as nações.” (Is 61:11)
     “Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.” (Sl 72:7)
     “Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.” (Sl 2:9)
     “Porquanto não se executa logo o juízo sobre a má obra, por isso o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto para fazer o mal.” (Ec 8:11)
     “E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono.” (Ap 12:5)

B)     “3 E será que aquele que for deixado em Sião, e ficar em Jerusalém, será chamado santo; todo aquele que estiver inscrito entre os viventes em Jerusalém; 4 Quando o Senhor lavar a imundícia das filhas de Sião, e limpar o sangue de Jerusalém, do meio dela, com o espírito de justiça, e com o espírito de ardor.” (Is 4:3-4)
     “20 Naquele dia será gravado sobre as campainhas dos cavalos: SANTIDADE AO SENHOR; e as panelas na casa do SENHOR serão como as bacias diante do altar. 21 E todas as panelas em Jerusalém e Judá serão consagradas ao SENHOR dos Exércitos, e todos os que sacrificarem virão, e delas tomarão, e nelas cozerão. E, naquele dia não haverá mais cananeu na casa do SENHOR dos Exércitos.” (Zc 14:20-21)

C)     “10 A misericórdia e a verdade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram. 11 A verdade brotará da terra, e a justiça olhará desde os céus.” (Sl 85:10-11)

D)     “28 ¶ E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. 29 E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito.” (Joel 2:28-29)

 



5.13. BÊNÇÃOS REINANTES:

(repetição do acima):

a. Paz universal Isa 2:4; Miq 4:3-4.
 
b. Júbilo, gozo, alegria Isa 9:3-4; 12:3-6; Jer 30:18-19; 31:13-14; Zac 10:6-7.

c. Santidade Isa 4:3-4; 29:18-23; Eze 36:24-31; 43:7-12; Zac 14:20-21

d. Glória Isa 4:2; 24:23; 35:2; 40:5; 60:1-9.

e. Conforto Isa 61:3-7; Jer 31:23-25; Apoc 21:4.

A)    “E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear.” (Is 2:4)
     “3 E julgará entre muitos povos, e castigará nações poderosas e longínquas, e converterão as suas espadas em pás, e as suas lanças em foices; uma nação levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra. 4 Mas assentar-se-á cada um debaixo da sua videira, e da sua figueira, e não haverá quem os espante, porque a boca do SENHOR dos Exércitos o disse.” (Mq 4:3-4)

B)     “3 Tu multiplicaste a nação, a alegria lhe aumentaste; todos se alegrarão perante ti, como se alegram na ceifa, e como exultam quando se repartem os despojos. 4 Porque tu quebraste o jugo da sua carga, e o bordão do seu ombro, e a vara do seu opressor, como no dia dos midianitas.” (Is 9:3-4)
     “3 E vós com alegria tirareis águas das fontes da salvação. 4 ¶ E direis naquele dia: Dai graças ao SENHOR, invocai o seu nome, fazei notório os seus feitos entre os povos, contai quão excelso é o seu nome. 5 Cantai ao SENHOR, porque fez coisas grandiosas; saiba-se isto em toda a terra. 6 Exulta e jubila, ó habitante de Sião, porque grande é o Santo de Israel no meio de ti.” (Is 12:3-6)
     “18 ¶ Assim diz o SENHOR: Eis que farei voltar do cativeiro as tendas de Jacó, e apiedar-me-ei das suas moradas; e a cidade será reedificada sobre o seu montão, e o palácio permanecerá como habitualmente. 19 E sairá deles o louvor e a voz de júbilo; e multiplicá-los-ei, e não serão diminuídos, e glorificá-los-ei, e não serão apoucados.” (Jr 30:18-19)
     “13 Então a virgem se alegrará na dança, como também os jovens e os velhos juntamente; e tornarei o seu pranto em alegria, e os consolarei, e lhes darei alegria em lugar de tristeza. 14 E saciarei a alma dos sacerdotes com gordura, e o meu povo se fartará dos meus bens, diz o SENHOR.” (Jr 31:13-14)
     “6 E fortalecerei a casa de Judá, e salvarei a casa de José, e fá-los-ei voltar, porque me compadeci deles; e serão como se eu não os tivera rejeitado, porque eu sou o SENHOR seu Deus, e os ouvirei. 7 E os de Efraim serão como um poderoso, e o seu coração se alegrará como pelo vinho; e seus filhos o verão, e se alegrarão; o seu coração se regozijará no SENHOR.” (Zc 10:6-7)

C)     “3 E será que aquele que for deixado em Sião, e ficar em Jerusalém, será chamado santo; todo aquele que estiver inscrito entre os viventes em Jerusalém; 4 Quando o Senhor lavar a imundícia das filhas de Sião, e limpar o sangue de Jerusalém, do meio dela, com o espírito de justiça, e com o espírito de ardor.” (Is 4:3-4)
     “18 E naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e dentre a escuridão e dentre as trevas os olhos dos cegos as verão. 19 E os mansos terão gozo sobre gozo no SENHOR; e os necessitados entre os homens se alegrarão no Santo de Israel. 20 Porque o tirano é reduzido a nada, e se consome o escarnecedor, e todos os que se dão à iniqüidade são desarraigados; 21 Os que fazem culpado ao homem por uma palavra, e armam laços ao que repreende na porta, e os que sem motivo põem de parte o justo. 22 Portanto assim diz o SENHOR, que remiu a Abraão, acerca da casa de Jacó: Jacó não será agora envergonhado, nem agora se descorará a sua face. 23 Mas quando ele vir seus filhos, obra das minhas mãos no meio dele, santificarão o meu nome; sim, santificarão ao Santo de Jacó, e temerão ao Deus de Israel.” (Is 29:18-23)
     “24 E vos tomarei dentre os gentios, e vos congregarei de todas as terras, e vos trarei para a vossa terra. 25 ¶ Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei. 26 E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. 27 E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis. 28 E habitareis na terra que eu dei a vossos pais e vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus. 29 E livrar-vos-ei de todas as vossas imundícias; e chamarei o trigo, e o multiplicarei, e não trarei fome sobre vós. 30 E multiplicarei o fruto das árvores, e a novidade do campo, para que nunca mais recebais o opróbrio da fome entre os gentios. 31 Então vos lembrareis dos vossos maus caminhos, e dos vossos feitos, que não foram bons; e tereis nojo em vós mesmos das vossas iniqüidades e das vossas abominações.” (Ez 36:24-31)
     “7 ¶ E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do meu trono, e o lugar das plantas dos meus pés, onde habitarei no meio dos filhos de Israel para sempre; e os da casa de Israel não contaminarão mais o meu nome santo, nem eles nem os seus reis, com suas prostituições e com os cadáveres dos seus reis, nos seus altos, 8 Pondo o seu limiar ao pé do meu limiar, e o seu umbral junto ao meu umbral, e havendo uma parede entre mim e eles; e contaminaram o meu santo nome com as suas abominações que cometiam; por isso eu os consumi na minha ira. 9 Agora lancem eles para longe de mim a sua prostituição, e os cadáveres dos seus reis, e habitarei no meio deles para sempre. 10 Tu, pois, ó filho do homem, mostra à casa de Israel esta casa, para que se envergonhe das suas maldades, e meça o modelo. 11 E, envergonhando-se eles de tudo quanto fizeram, faze-lhes saber a forma desta casa, e a sua figura, e as suas saídas, e as suas entradas, e todas as suas formas, e todos os seus estatutos, todas as suas formas, e todas as suas leis; e escreve isto aos seus olhos, para que guardem toda a sua forma, e todos os seus estatutos, e os cumpram. 12 Esta é a lei da casa: Sobre o cume do monte todo o seu contorno em redor será santíssimo; eis que esta é a lei da casa.” (Ez 43:7-12)
     “20 Naquele dia será gravado sobre as campainhas dos cavalos: SANTIDADE AO SENHOR; e as panelas na casa do SENHOR serão como as bacias diante do altar. 21 E todas as panelas em Jerusalém e Judá serão consagradas ao SENHOR dos Exércitos, e todos os que sacrificarem virão, e delas tomarão, e nelas cozerão. E, naquele dia não haverá mais cananeu na casa do SENHOR dos Exércitos.” (Zc 14:20-21)

D)     “Naquele dia o renovo do SENHOR será cheio de beleza e de glória; e o fruto da terra excelente e formoso para os que escaparem de Israel.” (Is 4:2)
     “E a lua se envergonhará, e o sol se confundirá quando o SENHOR dos Exércitos reinar no monte Sião e em Jerusalém, e perante os seus anciãos gloriosamente.” (Is 24:23)
     “Abundantemente florescerá, e também jubilará de alegria e cantará; a glória do Líbano se lhe deu, a excelência do Carmelo e Sarom; eles verão a glória do SENHOR, o esplendor do nosso Deus.” (Is 35:2)
     “E a glória do SENHOR se manifestará, e toda a carne juntamente a verá, pois a boca do SENHOR o disse.” (Is 40:5)
     “1 ¶ Levanta-te, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do SENHOR vai nascendo sobre ti; 2 Porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti o SENHOR virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti. 3 E os gentios caminharão à tua luz, e os reis ao resplendor que te nasceu. 4 Levanta em redor os teus olhos, e vê; todos estes já se ajuntaram, e vêm a ti; teus filhos virão de longe, e tuas filhas serão criadas ao teu lado. 5 Então o verás, e serás iluminado, e o teu coração estremecerá e se alargará; porque a abundância do mar se tornará a ti, e as riquezas dos gentios virão a ti. 6 A multidão de camelos te cobrirá, os dromedários de Midiã e Efá; todos virão de Sabá; ouro e incenso trarão, e publicarão os louvores do SENHOR. 7 Todas as ovelhas de Quedar se congregarão a ti; os carneiros de Nebaiote te servirão; com agrado subirão ao meu altar, e eu glorificarei a casa da minha glória. 8 Quem são estes que vêm voando como nuvens, e como pombas às suas janelas? 9 ¶ Certamente as ilhas me aguardarão, e primeiro os navios de Társis, para trazer teus filhos de longe, e com eles a sua prata e o seu ouro, para o nome do SENHOR teu Deus, e para o Santo de Israel, porquanto ele te glorificou.” (Is 60:1-9)

E)     “3 A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado. 4 ¶ E edificarão os lugares antigamente assolados, e restaurarão os anteriormente destruídos, e renovarão as cidades assoladas, destruídas de geração em geração. 5 E haverá estrangeiros, que apascentarão os vossos rebanhos; e estranhos serão os vossos lavradores e os vossos vinhateiros. 6 Porém vós sereis chamados sacerdotes do SENHOR, e vos chamarão ministros de nosso Deus; comereis a riqueza dos gentios, e na sua glória vos gloriareis. 7 Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.” (Is 61:3-7)
     “23 Assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Ainda dirão esta palavra na terra de Judá, e nas suas cidades, quando eu vos restaurar do seu cativeiro: O SENHOR te abençoe, ó morada de justiça, ó monte de santidade! 24 E nela habitarão Judá, e todas as suas cidades juntamente; como também os lavradores e os que pastoreiam o rebanho. 25 Porque satisfiz a alma cansada, e toda a alma entristecida saciei.” (Jr 31:23-25)
     “E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.” (Ap 21:4)


f. Justiça Isa 11:4-5; 61:11; 65:21-23.

g. [Completo] conhecimento do Senhor Isa 11:1,2,9; Hab 2:14.

h. Instrução emanando do Rei Isa 12:3-6; 29:17-24.

i. Natureza abençoada, livre da maldição Isa 11:6-9; 35:9; 65:25.

j. Doença eliminada (exceto como punição a pecado aberto) Isa 33:24; Jer 30:17; Eze 34:16.

F)    “4 Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio, 5 E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.” (Is 11:4-5)
     “Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor DEUS fará brotar a justiça e o louvor para todas as nações.” (Is 61:11)
     “21 E edificarão casas, e as habitarão; e plantarão vinhas, e comerão o seu fruto. 22 Não edificarão para que outros habitem; não plantarão para que outros comam; porque os dias do meu povo serão como os dias da árvore, e os meus eleitos gozarão das obras das suas mãos. 23 Não trabalharão debalde, nem terão filhos para a perturbação; porque são a posteridade bendita do SENHOR, e os seus descendentes estarão com eles.” (Is 65:21-23)

G)     “1 ¶ Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará. 2 E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do SENHOR. ...Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.” (Is 11:1-2,9)
     “Porque a terra se encherá do conhecimento da glória do SENHOR, como as águas cobrem o mar.” (Hab 2:14)

H)     “3 E vós com alegria tirareis águas das fontes da salvação. 4 ¶ E direis naquele dia: Dai graças ao SENHOR, invocai o seu nome, fazei notório os seus feitos entre os povos, contai quão excelso é o seu nome. 5 Cantai ao SENHOR, porque fez coisas grandiosas; saiba-se isto em toda a terra. 6 Exulta e jubila, ó habitante de Sião, porque grande é o Santo de Israel no meio de ti.” (Is 12:3-6)
     “17 ¶ Porventura não se converterá o Líbano, num breve momento, em campo fértil? E o campo fértil não se reputará por um bosque? 18 E naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e dentre a escuridão e dentre as trevas os olhos dos cegos as verão. 19 E os mansos terão gozo sobre gozo no SENHOR; e os necessitados entre os homens se alegrarão no Santo de Israel. 20 Porque o tirano é reduzido a nada, e se consome o escarnecedor, e todos os que se dão à iniqüidade são desarraigados; 21 Os que fazem culpado ao homem por uma palavra, e armam laços ao que repreende na porta, e os que sem motivo põem de parte o justo. 22 Portanto assim diz o SENHOR, que remiu a Abraão, acerca da casa de Jacó: Jacó não será agora envergonhado, nem agora se descorará a sua face. 23 Mas quando ele vir seus filhos, obra das minhas mãos no meio dele, santificarão o meu nome; sim, santificarão ao Santo de Jacó, e temerão ao Deus de Israel. 24 E os errados de espírito virão a ter entendimento, e os murmuradores aprenderão doutrina.” (Is 29:17-24)

I)     “6 E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará. 7 A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. 8 E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco. 9 Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.” (Is 11:6-9)
     “Ali não haverá leão, nem animal feroz subirá a ele, nem se achará nele; porém só os remidos andarão por ele.” (Is 35:9)
     “O lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; e pó será a comida da serpente. Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o SENHOR.” (Is 65:25)

J)     “E morador nenhum dirá: Enfermo estou; porque o povo que habitar nela será absolvido da iniqüidade.” (Is 33:24)
     “Porque te restaurarei a saúde, e te curarei as tuas chagas, diz o SENHOR; porquanto te chamaram a repudiada, dizendo: É Sião, já ninguém pergunta por ela.” (Jr 30:17)
     “A perdida buscarei, e a desgarrada tornarei a trazer, e a quebrada ligarei, e a enferma fortalecerei; mas a gorda e a forte destruirei; apascentá-las-ei com juízo.” (Ez 34:16)


k. Cura dos deformados (no início do milênio) Isa 29:17-19; 35:3-6.

l. Proteção da vida Isa 41:8-14.

m. Ausência de opressão, tirania Isa 14:3-6; 42:6-7; 49:8-9; Zac 9:11-12.

n. Longevidade, ausência de falhas de desenvolvimento Isa 65:20.

o. Muitos nascimentos (só dos homens e mulheres com corpos não glorificados; os seus filhos precisarão crer e obedecer, para serem salvos) Jer 30:20; 31:29; Eze 47:22; Zac 10:8.

K)    “17 ¶ Porventura não se converterá o Líbano, num breve momento, em campo fértil? E o campo fértil não se reputará por um bosque? 18 E naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e dentre a escuridão e dentre as trevas os olhos dos cegos as verão. 19 E os mansos terão gozo sobre gozo no SENHOR; e os necessitados entre os homens se alegrarão no Santo de Israel.” (Is 29:17-19)
     “3 Fortalecei as mãos fracas, e firmai os joelhos trementes. 4 Dizei aos turbados de coração: Sede fortes, não temais; eis que o vosso Deus virá com vingança, com recompensa de Deus; ele virá, e vos salvará. 5 ¶ Então os olhos dos cegos serão abertos, e os ouvidos dos surdos se abrirão. 6 Então os coxos saltarão como cervos, e a língua dos mudos cantará; porque águas arrebentarão no deserto e ribeiros no ermo.” (Is 35:3-6)

L)     “... 10 ¶ Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. 11 Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão. 12 Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo. 13 Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo. 14 Não temas, tu verme de Jacó, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o SENHOR, e o teu redentor é o Santo de Israel.” (Is 41:8-14)

M)     “3 E acontecerá que no dia em que o SENHOR vier a dar-te descanso do teu sofrimento, e do teu pavor, e da dura servidão com que te fizeram servir, 4 ¶ Então proferirás este provérbio contra o rei de Babilônia, e dirás: Como já cessou o opressor, como já cessou a cidade dourada! 5 Já quebrantou o SENHOR o bastão dos ímpios e o cetro dos dominadores. 6 Aquele que feria aos povos com furor, com golpes incessantes, e que com ira dominava sobre as nações agora é perseguido, sem que alguém o possa impedir.” (Is 14:3-6)
     “6 Eu, o SENHOR, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios. 7 Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas.” (Is 42:6-7)
     “8 Assim diz o SENHOR: No tempo aceitável te ouvi e no dia da salvação te ajudei, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, para restaurares a terra, e dar-lhes em herança as herdades assoladas; 9 Para dizeres aos presos: Saí; e aos que estão em trevas: Aparecei. Eles pastarão nos caminhos, e em todos os lugares altos haverá o seu pasto.” (Is 49:8-9)
     “11 Ainda quanto a ti, por causa do sangue da tua aliança, libertei os teus presos da cova em que não havia água. 12 ¶ Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também hoje vos anuncio que vos restaurarei em dobro.” (Zc 9:11-12)

N)     “Não haverá mais nela criança de poucos dias, nem velho que não cumpra os seus dias; porque o menino morrerá de cem anos; porém o pecador de cem anos será amaldiçoado.” (Is 65:20)

O)     “E seus filhos serão como na antiguidade, e a sua congregação será confirmada diante de mim; e castigarei todos os seus opressores.” (Jr 30:20)
     “Naqueles dias nunca mais dirão: Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram.” (Jr 31:29)
     “Será, porém, que a sorteareis para vossa herança, e para a dos estrangeiros que habitam no meio de vós, que gerarão filhos no meio de vós; e vos serão como naturais entre os filhos de Israel; convosco entrarão em herança, no meio das tribos de Israel.” (Ez 47:22)
     “Eu lhes assobiarei, e os ajuntarei, porque eu os tenho remido; e multiplicar-se-ão como antes se tinham multiplicado.” (Zc 10:8)


p. Labor produtivo Isa 62:8-9; 65:21-23.

q. Prosperidade econômica, abundância Isa 30:23-25; 62:8-9 (acima).

r. Aumento da luz solar (meio para produtividade nos campos?) Isa 4:5; 30:26 (mas não haverá calor, nem seca, sem câncer ou queimadura de pele. Talvez só passem as freqüências benéficas da luz solar)
A luz de Jerusalém será Deus e não o sol nem a lua Isa 60:19-20

s. Uma só linguagem Sof 3:9.

P)    “8 Jurou o SENHOR pela sua mão direita, e pelo braço da sua força: Nunca mais darei o teu trigo por comida aos teus inimigos, nem os estrangeiros beberão o teu mosto, em que trabalhaste. 9 Mas os que o ajuntarem o comerão, e louvarão ao SENHOR; e os que o colherem beberão nos átrios do meu santuário.” (Is 62:8-9)
     “21 E edificarão casas, e as habitarão; e plantarão vinhas, e comerão o seu fruto. 22 Não edificarão para que outros habitem; não plantarão para que outros comam; porque os dias do meu povo serão como os dias da árvore, e os meus eleitos gozarão das obras das suas mãos. 23 Não trabalharão debalde, nem terão filhos para a perturbação; porque são a posteridade bendita do SENHOR, e os seus descendentes estarão com eles.” (Is 65:21-23)

Q)     “23 Então te dará chuva sobre a tua semente, com que semeares a terra, como também pão da novidade da terra; e esta será fértil e cheia; naquele dia o teu gado pastará em largos pastos. 24 E os bois e os jumentinhos, que lavram a terra, comerão grão puro, que for padejado com a pá, e cirandado com a ciranda. 25 E em todo o monte alto, e em todo o outeiro levantado, haverá ribeiros e correntes de águas, no dia da grande matança, quando caírem as torres.” (Is 30:23-25)

H)     “E criará o SENHOR sobre todo o lugar do monte de Sião, e sobre as suas assembléias, uma nuvem de dia e uma fumaça, e um resplendor de fogo flamejante de noite; porque sobre toda a glória haverá proteção.” (Is 4:5)
     “E a luz da lua será como a luz do sol, e a luz do sol sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o SENHOR ligar a quebradura do seu povo, e curar a chaga da sua ferida.” (Is 30:26)
     “19 Nunca mais te servirá o sol para luz do dia nem com o seu resplendor a lua te iluminará; mas o SENHOR será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória. 20 Nunca mais se porá o teu sol, nem a tua lua minguará; porque o SENHOR será a tua luz perpétua, e os dias do teu luto findarão.” (Is 60:19-20)

S)     “Porque então darei uma linguagem pura aos povos, para que todos invoquem o nome do SENHOR, para que o sirvam com um mesmo consenso.” (Sf 3:9)


t. Adoração unificada Isa 52:1,7-10; 66:17-23; Apoc 5:9-14.

u. Manifesta PRESENÇA de Deus Eze 37:27-28; Sof 2:2,10-13; Apoc 21:3.

v. Plenitude do Espírito Isa 32:13-15; Eze 36:26-27; Joel 2:28-29.

w. Perpetuidade do estado milenial Dan 9:24; Oséias 2:19-23; Joel 3:20; Amos 9:15.

T)    “Desperta, desperta, veste-te da tua fortaleza, ó Sião; veste-te das tuas roupas formosas, ó Jerusalém, cidade santa, porque nunca mais entrará em ti nem incircunciso nem imundo.” (Is 52:1)
     “7 ¶ Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, do que diz a Sião: O teu Deus reina! 8 Eis a voz dos teus atalaias! Eles alçam a voz, juntamente exultam; porque olho a olho verão, quando o SENHOR fizer Sião voltar. 9 Clamai cantando, exultai juntamente, desertos de Jerusalém; porque o SENHOR consolou o seu povo, remiu a Jerusalém. 10 O SENHOR desnudou o seu santo braço perante os olhos de todas as nações; e todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus.” (Is 52:7-10)
     “17 Os que se santificam e se purificam nos jardins atrás de uma (árvore- ídolo) que está no meio; os que comem carne de porco, e a abominação, e o rato, juntamente serão consumidos, diz o SENHOR 18 Porque conheço as suas obras e os seus pensamentos; vem o dia em que ajuntarei todas as nações e línguas; e virão e verão a minha glória. 19 E porei entre eles um sinal, e os que deles escaparem enviarei às nações, a Társis, Pul, e Lude, flecheiros, a Tubal e Javã, até às ilhas de mais longe, que não ouviram a minha fama, nem viram a minha glória; e anunciarão a minha glória entre os gentios. 20 E trarão a todos os vossos irmãos, dentre todas as nações, por oferta ao SENHOR, sobre cavalos, e em carros, e em liteiras, e sobre mulas, e sobre dromedários, trarão ao meu santo monte, a Jerusalém, diz o SENHOR; como quando os filhos de Israel trazem as suas ofertas em vasos limpos à casa do SENHOR. 21 E também deles tomarei a alguns para sacerdotes e para levitas, diz o SENHOR. ... 23 E será que desde uma lua nova até à outra, e desde um sábado até ao outro, virá toda a carne a adorar perante mim, diz o SENHOR.” (Is 66:17-23, tradução literal no verso 17)
     “9 E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; 10 E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. 11 E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, 12 Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. 13 E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. 14 E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre.” (Ap 5:9-14)

U)     “27 E o meu tabernáculo estará com eles, e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. 28 E os gentios saberão que eu sou o SENHOR que santifico a Israel, quando estiver o meu santuário no meio deles para sempre.” (Ez 37:27-28)
     “... 11 O SENHOR será terrível para eles, porque emagrecerá todos os deuses da terra; e todos virão adorá-lo, cada um desde o seu lugar, de todas as ilhas dos gentios. ...” (Sf 2:2,10-13)
     “E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.” (Ap 21:3)

V)     “... 15 Até que se derrame sobre nós o espírito lá do alto; então o deserto se tornará em campo fértil, e o campo fértil será reputado por um bosque.” (Is 32:13-15)
     “26 E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. 27 E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.” (Ez 36:26-27)
     “28 ¶ E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. 29 E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito.” (Joel 2:28-29)

W)     “Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo.” (Dn 9:24)
     “19 E desposar-te-ei comigo para sempre; desposar-te-ei comigo em justiça, e em juízo, e em benignidade, e em misericórdias. 20 E desposar-te-ei comigo em fidelidade, e conhecerás ao SENHOR. ...” (Os 2:19-23)
     “Mas Judá será habitada para sempre, e Jerusalém de geração em geração.” (Joel 3:20)
     “E plantá-los-ei na sua terra, e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o SENHOR teu Deus.” (Am 9:15)

 




6. A PREPARAÇÃO PARA O ESTADO FINAL (eterno) DE TODAS AS COISAS

  
Dias não fossem abreviados”, de Mat 24:22, PARECE-nos ensinar que Deus paralisará o cronômetro de Israel um pouquinho antes do fim da 70a. semana, e a Tribulação durará um pouquinho (indeterminado) menos que 2520 dias de 24 h.
Importa que [Satanás] seja solto por um pouco de tempo ”, de Apoc 20:3,7-10, PARECE-nos ensinar que, só ao final do Milênio, Deus deixará o cronômetro de Israel chegar ao fim.

    “E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” (Mt 24:22)
     “E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. ... 7 E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, 8 E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. 9 E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou. 10 E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.” (Ap 20:7-10)



6.1. O JULGAMENTO DE SATANÁS E SEUS ANJOS:

Terminado o Milênio, Satanás é solto, engana as nações do mundo e as congrega (Oh, a maldade humana!) em fúria revoltosa contra Cristo. Mas fogo do céu devora os exércitos do Diabo e ele é lançado para sempre no Lago de Fogo Apoc 20:7-14.

Todos os demônios, que já estarão presos no Tártaro (ver seções 4.6.B e 5.8), serão lançados no Lago de Fogo, eternamente Mat 25:41; 8:29; 2Pe 2:4; Jude 1:6.
O sofrimento (para homens, demônios, e Satanás) no Lago de Fogo é eterno, inescapável, definitivo, consciente, em chamas literais, terribilíssimo Ap 20:10ss (acima).

Não é explicitado o exato tempo quando os demônios serão lançados do Tártaro para o Lago de Fogo. No entanto, mesmo sem certeza absoluta, podemos assumir que, quanto a seus destinos finais, não deverá haver diferença entre o chefe dos demônios e seus subalternos, portanto tudo indica que:
A) O Poço Sem Fundo ou Abismo, de Ap 20:1-3 (diferente de Poço do Abismo, de Ap 9:1,2), é o mesmo Tártaro de 2Pe 2:4 (acima);
B) Será ao final do Milênio que todos os demônios serão lançados do Poço Sem Fundo (= Abismo = Tártaro) para o Lago de Fogo, juntamente com Satanás.

    “7 E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, 8 E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. 9 E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou. 10 E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. 11 ¶ E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. 12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. 13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. 14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.” (Ap 20:7-14)
     “Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;” (Mt 25:41)
     “E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?” (Mt 8:29)
     “Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;” (2Pe 2:4)
     “E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia;” (Jd 1:6)
    “1 ¶ E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. 3 E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.” (Ap 20:1-3)
    “1 ¶ E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo. 2 E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça do poço escureceu-se o sol e o ar.” (Ap 9:1-2)



6.2. O JULGAMENTO DOS QUE MORRERAM SEM CRISTO (JULGAMENTO DO GRANDE TRONO BRANCO)

 
O julgamento do grande trono branco é diferente do julgamento dos indivíduos das nações:

 

Julgamento dos indivíduos das nações gentílicas (ver seção 4.6)

Mt 25:31-46

Julgamento. do grande trono branco

Ap 20:11-15

Tempo:

antes do milênio

depois do Milênio

Local:

na terra

no [3o.?] Céu

Trono de Cristo:

“trono da SUA glória”

“grande trono branco”

Julgados:

os indivíduos de todas as NAÇÕES gentílicas

apenas os PERDIDOS de todos os tempos, todos eles já MORTOS

Ressurreição conectada:

nenhuma

a 2a. ressurreição, para a condenação eterna. Os corpos físicos serão indestrutíveis. eternos, mas não glorificados.

Base para o julgamento:

tratamento dado aos “irmãos” [judeus convertidos e perseguidos]

todos não estão no “livro da vida” = “do cordeiro” Lc 10:20; Ap 3:5; 13:8; 17:8; 21:27
- as obras e luz que tiveram Lc 12:47-48
- “os livros” da Bíblia, especialmente as palavras de Cristo Jo 12:48

Conseqüências do julgamento:

2 classes, 2 destinos:

- as ovelhas receberão o gozo no reino
- os bodes receberão a condenação eterna

1 só classe, 1 só destino: todos vão para o Lago de Fogo!

- imutavelmente Lc 16:26
- eternamente Mt 18:8; 25:41,46; Ap 14:10-11; 19:20 + 20:10
- tormento terrível, literal Mt 26:24; Mc 9:47-48; Ap 14:10-11 (acima)
justos graus de punição, segundo a luz recebida e as obras Mt 11:24; Lc 12:47-48 (acima); Rm 2:5-6; Ap 20:12-13 (acima)

 

     “31 ¶ E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; 32 E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; 33 E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. 34 Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; 35 Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; 36 Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. 37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? 38 E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? 39 E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? 40 E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. 41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; 42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; 43 Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. 44 Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? 45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. 46 E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.” (Mt 25:31-46)
 
    “11 ¶ E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. 12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. 13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. 14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. 15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.” (Ap 20:11-15)

    “Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus.” (Lc 10:20)
    “O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.” (Ap 3:5)
    “E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro (que foi morto) desde a fundação do mundo.” (Ap 13:8)
    “A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.” (Ap 17:8)
    “E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.” (Ap 21:27)

    “47 E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites; 48 Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.” (Lc 12:47-48)

    “Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia.” (Jo 12:48)

    “E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.” (Lc 16:26)

    “Portanto, se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, corta-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida coxo, ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno.” (Mt 18:8)
    “Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;” (Mt 25:41)
    “E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.” (Mt 25:46)
    “10 Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. 11 E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.” (Ap 14:10-11)
    “E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre.” (Ap 19:20)
    “E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.” (Ap 20:10)

    “Em verdade o Filho do homem vai, como acerca dele está escrito, mas ai daquele homem por quem o Filho do homem é traído! Bom seria para esse homem se não houvera nascido.” (Mt 26:24)
    “47 E, se o teu olho te escandalizar, lança-o fora; melhor é para ti entrares no reino de Deus com um só olho do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno, 48 Onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga.” (Mc 9:47-48)

    “Eu vos digo, porém, que haverá menos rigor para os de Sodoma, no dia do juízo, do que para ti.” (Mt 11:24)
    “5 Mas, segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da manifestação do juízo de Deus; 6 O qual recompensará cada um segundo as suas obras; a saber:” (Rm 2:5-6)

 



6.3. A CRIAÇÃO DO NOVO CÉU E DA NOVA TERRA

(Isa 65:17; 66:22; 2Pe 3:10-13; Apoc 21:1-2): Deus dissolverá em fogo todo o universo, como que numa explosão nuclear de toda a matéria existente, enquanto guardará os redimidos com a sombra da Sua mão. A seguir, criará novo céu e nova terra.

    “Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão.” (Is 65:17)
     “Porque, como os novos céus, e a nova terra, que hei de fazer, estarão diante da minha face, diz o SENHOR, assim também há de estar a vossa posteridade e o vosso nome.” (Is 66:22)
     “10 Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. 11 ¶ Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, 12 Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão? 13 Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça.” (2Pe 3:10-13)
     “1 ¶ E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. 2 E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.” (Ap 21:1-2)

 




7. O ESTADO FINAL DE TODAS AS COISAS

7.1. DO DIABO (E DOS SEUS ANJOS):

Tormento literal, terrível e eterno, no Lago de Fogo Mat 25:41; 8:29; 2Pe 2:4; Jude 1:6; Apoc 20:10.

    “Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;” (Mt 25:41)
     “E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?” (Mt 8:29)
     “Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;” (2Pe 2:4)
     “E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia;” (Jd 1:6)
     “E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.” (Ap 20:10)



 

7.2. DOS NUNCA SALVOS:

Tormento literal, terrível e eterno, no Lago de Fogo Apoc 20:12-14-15; 21:8.

    “12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. 13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. 14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. 15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.” (Ap 20:12-15)
     “Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.” (Ap 21:8)



7.3. DOS SALVOS:

Gozo e felicidade indescritíveis, pelos séculos dos séculos Apoc 21:3-4.

A vida do crente na Jerusalém Celestial será uma vida de:
a. Comunhão com Deus John 14:3; 1Cor 13:12; 1Jo 3:2; Apoc 22:4;
b. Descanso Apoc 14:13;
c. Pleno conhecimento 1Cor 13:12 (acima);
d. Santidade Apoc 21:27;
e. Ausência de sofrimento Apoc 21:4;
f. Serviço Apoc 22:3;
g. Abundância Apoc 21:6;
h. Glória 2Cor 4:17; Col 3:4;
i. Adoração Apoc 5:12; 7:9-12; 19:1;

Os salvos:
a. Serão para sempre livres da presença e possibilidade do pecado;
b. Terão corpos santos, imortais e glorificados, semelhantes ao de Cristo;
c. Serão perfeitos e desenvolvidos à estatura de Cristo;
d. Mas estarão ocupados não com suas perfeições, mas sim e somente com a suprema glorificação do Deus tri-uno Apoc 7:12 (acima).

    “3 E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. 4 E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.” (Ap 21:3-4)

A)    “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.” (Jo 14:3)
     “Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.” (1Co 13:12)
     “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.” (1Jo 3:2)
     “E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome.” (Ap 22:4)

B)     “E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os seguem.” (Ap 14:13)

D)     “E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.” (Ap 21:27)

E)     “E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.” (Ap 21:4)

F)     “E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão.” (Ap 22:3)

G)     “E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.” (Ap 21:6)

H)     “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;” (2Co 4:17)
     “Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.” (Cl 3:4)

I)     “Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças.” (Ap 5:12)
    “9 Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos; 10 E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro. 11 E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seus rostos, e adoraram a Deus, 12 Dizendo: Amém. Louvor, e glória, e sabedoria, e ação de graças, e honra, e poder, e força ao nosso Deus, para todo o sempre. Amém.” (Ap 7:9-12)
     “E, depois destas coisas ouvi no céu como que uma grande voz de uma grande multidão, que dizia: Aleluia! Salvação, e glória, e honra, e poder pertencem ao Senhor nosso Deus;” (Ap 19:1)



7.4. O REINO ETERNO:

Cristo entregará o reino ao Seu Pai, sendo a morte o último inimigo aniquilado; então Cristo se sujeitará Ele mesmo ao Deus-Pai 1Cor 15:24-28

    “24 Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força. 25 Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés. 26 Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte. 27 Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas. 28 E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.” (1Co 15:24-28)



 

7.5. O NOVO CÉU E A NOVA TERRA:

(ver seção 6.3) Serão  absolutamente perfeitos, livres do pecado e sua maldição Isa 51:16; 65:17; 66:22; 2Pe 3:10-13; Apoc 21:1-2.

     “E ponho as minhas palavras na tua boca, e te cubro com a sombra da minha mão; para plantar os céus, e para fundar a terra, e para dizer a Sião: Tu és o meu povo.” (Is 51:16)
     “Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão.” (Is 65:17)
     “Porque, como os novos céus, e a nova terra, que hei de fazer, estarão diante da minha face, diz o SENHOR, assim também há de estar a vossa posteridade e o vosso nome.” (Is 66:22)
     “10 Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. 11 ¶ Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, 12 Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão? 13 Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça.” (2Pe 3:10-13)
     “1 ¶ E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. 2 E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.” (Ap 21:1-2)



7.6. A NOVA JERUSALÉM:

Já durante o milênio, a Jerusalém Celestial pairará suspensa nos céus, sobre a Jerusalém Terrestre Eze 40-46. Cristo e Seus remidos reinarão SOBRE a terra, mas terão a sua morada- lar na Jerusalém Celestial. Apoc 21:2-22:5 descreve esta Nova Jerusalém:

a. Será uma cidade literal, de ouro puríssimo e pedras preciosas, com 2500 km tanto de comprimento, como de largura, como de altura;
b. Não terá nem sol nem lua, sendo iluminada pela glória de Deus;
c. Não terá templo: seu templo será a Senhor Deus e o Cordeiro;
d. Será a morada eterna do Deus tri-uno e de TODOS os salvos Heb 11:10,14,16;
e. Será o local de suprema e eterna bênçãos, iluminado pela glória de Deus, com o trono de Deus e do Cordeiro, o rio puro da água da vida, e a árvore da vida.

Durante o milênio, os reis da terra trarão glória e honra até a Nova Jerusalém, para Deus. Pelos séculos dos séculos, nela os servos de Deus O servirão, terão nas suas testas o Seu nome, ali reinarão com Ele e verão o Seu rosto (como só Cristo tem corpo físico e é literalmente visível, segue-se que o rosto literalmente visto será somente o de Deus-Filho. Ver capítulo de “Teologia Propriamente Dita: a Doutrina de Deus”, em http://solascriptura-tt.org/TeologiaPropriaTrindade/)

“2 E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. 3 E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. 4 E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. 5 E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis. 6 E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida. 7 Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho. 8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. 9 ¶ E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a esposa, a mulher do Cordeiro. 10 E levou-me em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me a grande cidade, a santa Jerusalém, que de Deus descia do céu. 11 E tinha a glória de Deus; e a sua luz era semelhante a uma pedra preciosíssima, como a pedra de jaspe, como o cristal resplandecente. 12 E tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel. 13 Do lado do levante tinha três portas, do lado do norte, três portas, do lado do sul, três portas, do lado do poente, três portas. 14 E o muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro. 15 E aquele que falava comigo tinha uma cana de ouro, para medir a cidade, e as suas portas, e o seu muro. 16 E a cidade estava situada em quadrado; e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com a cana até doze mil estádios; e o seu comprimento, largura e altura eram iguais. 17 E mediu o seu muro, de cento e quarenta e quatro côvados, conforme a medida de homem, que é a de um anjo. 18 E a construção do seu muro era de jaspe, e a cidade de ouro puro, semelhante a vidro puro. 19 E os fundamentos do muro da cidade estavam adornados de toda a pedra preciosa. O primeiro fundamento era jaspe; o segundo, safira; o terceiro, calcedônia; o quarto, esmeralda; 20 O quinto, sardônica; o sexto, sárdio; o sétimo, crisólito; o oitavo, berilo; o nono, topázio; o décimo, crisópraso; o undécimo, jacinto; o duodécimo, ametista. 21 E as doze portas eram doze pérolas; cada uma das portas era uma pérola; e a praça da cidade de ouro puro, como vidro transparente. 22 E nela não vi templo, porque o seu templo é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro. 23 E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem iluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada. 24 E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra. 25 E as suas portas não se fecharão de dia, porque ali não haverá noite. 26 E a ela trarão a glória e honra das nações. 27 E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro. 22:1 ¶ E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. 2 No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações. 3 E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. 4 E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome. 5 E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre.” (Ap 21:2-22:5)

 D)   “10 Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus. ... 14 Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria. ... 16 Mas agora desejam uma melhor, isto é, a celestial. Por isso também Deus não se envergonha deles, de se chamar seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade.” (Heb 11:10,14,16)



- Aplicação:
a. Para o crente: Rom 11:33; Eph 2:3-10.
b. Para o descrente: dois futuros eternos devem ser decididos hoje:
   b.a. vida eterna John 3:16.
   b.b. condenação eterna Apoc 20:15.

    “Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!” (Rm 11:33)
     “3 Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. 4 ¶ Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, 5 Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), 6 E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; 7 Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. 8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie; 10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.” (Ef 2:3-10)

     “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3:16)

     “E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.” (Ap 20:15)

 
 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EclesiologiaEBatistas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )