A BÍBLIA PREDIZ QUE O IRAQUE NOVAMENTE SE ELEVARÁ, E SERÁ MARTELO USADO POR DEUS.




Em http://www.babylon-festival.net/bablyonintfestivalenglish.html lemos: "De Nabucodonozor a Saddam Hussein, a Babilônia se ergue novamente no caminho da construção e da glória da jehad." Lembre que o Iraque é a antiga Babilônia e que jehad é a palavra dos islamitas (muçulmanos ou maometanos) para o que chamam de "guerra santa", visando o total extermínio de Israel.

Pr. J. Faust me enviou o seguinte comentário:
"De acordo com a Bíblia, a futura cortina profética do período da Tribulação [a 70a. semana de Daniel] abrir-se-á com Israel restabelecida como uma nação e Iraque como um poder grandemente ameaçador e pronto a temporariamente conquistar a Ásia Menor, talvez sobrepujando sobre todas as nações da terra 

Porque eis que suscito os caldeus, nação amarga e impetuosa, que marcha sobre a largura da terra, para apoderar-se de moradas que não são suas. (Habacuque 1:6)

Eis que eu enviarei, e tomarei a todas as famílias do norte, diz o SENHOR, como também a Nabucodonosor, rei de Babilônia, meu servo, e os trarei sobre esta terra, e sobre os seus moradores, e sobre todas estas nações em redor, e os destruirei totalmente, e farei que sejam objeto de espanto, e de assobio, e de perpétuas desolações. (Jeremias 25:9)

Como foi cortado e quebrado o martelo de toda a terra! Como se tornou Babilônia objeto de espanto entre as nações! (Jeremias 50:23)

"Já hoje o cenário está montado, em sua grande parte. Pode ser que Deus não vá permitir que o Ocidente (embriagado com tamanhos pecados como aborto, homossexualismo, e soberba) vença e totalmente desenraize Saddam. Ou pode ser que a remoção de Saddam ironicamente permitirá que a Babilônia continue a crescer e florescer, agora sob a ONU [Ou pode ser que a exaltação do Iraque e a Tribulação ainda demorem muitos anos, embora tal demora pareça improvável]. Mas qualquer que seja o cenário que Deus use, eu creio que uma coisa é certa: o Iraque sairá no papel de grande conquistador um pouco antes que o período da Tribulação comece, ou imediatamente depois."


Após citar Pr. J. Faust, eu acrescento os versos de Apocalipse que, se por um lado me falam do grande poderio da Babilônia no período um pouco antes ou um pouco depois do início da Tribulação, por outro lado me falam de como a Babilônia será destruída por Deus, no tempo que Ele determinou:


Apocalipse 14:8 E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, aquela grande cidade, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição.

Apocalipse 16:19 E a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e da grande Babilônia se lembrou Deus, para lhe dar o cálice do vinho da indignação da sua ira.

Apocalipse 18:2 E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e covil de todo espírito imundo, e esconderijo de toda ave imunda e odiável.

Apocalipse 18:10 Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! ai daquela grande Babilônia, aquela forte cidade! pois numa hora veio o seu juízo.

Apocalipse 18:21 E um forte anjo levantou uma pedra como uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada Babilônia, aquela grande cidade, e não será jamais achada.




Hélio de Menezes Silva, Out. 2002.



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EscatologiaEDispensacoes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )