Onde Fica o Paraíso?

Hélio de Menezes Silva




Primeiro, definamos:
Paraíso é o local literal (possivelmente tendo mudado de localização durante os milênios, segundo o plano de Deus) no espaço literal, sim, o local literal onde os filhos de Deus têm a bênção inigualável e infinita em plenitude e profundidade, constante, e eterna em duração, sim, a bênção da direta e plena comunhão com Deus (na pessoa de Jesus Cristo) face a face, em Sua literal presença completa, oh bênção inefável!



1) Depois da criação completa e imutável feita a partir do nada e em 6 dias literais, há cerca de 6.000 a 10.000 anos literais, o Paraíso ficava no Jardim do Éden, de onde saíam os antigos rios Tigre e Eufrates (não os atuais, na Mesopotâmia).
Gn 2:8-15

"8 ¶  E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, do lado oriental; e pôs ali o homem que tinha formado. 9  E o SENHOR Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal. 10  E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços. 11  O nome do primeiro é Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro. 12  E o ouro dessa terra é bom; ali há o bdélio, e a pedra sardônica. 13  E o nome do segundo rio é Giom; este é o que rodeia toda a terra de Cuxe. 14  E o nome do terceiro rio é Tigre; este é o que vai para o lado oriental da Assíria; e o quarto rio é o Eufrates. 15  E tomou o SENHOR Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar." (Gn 2:8-15 ACF)


2) Depois da queda de Adão, o Paraíso continuou onde estava (no Jardim do Éden, dele saindo os antigos rios Tigre e Eufrates) mas ficou guardado por querubins para que nenhum homem vivo nele pudesse entrar, assim não podendo sequer chegar ao caminho para a árvore da vida.

Gên 3:22-24
"22 ¶  Então disse o SENHOR Deus: Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente, 23  O SENHOR Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado. 24  E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida." (Gn 3:22-24 ACF)

Em harmonia com o resto da Bíblia, acredito que os salvos que morreram antes do dilúvio, desde Abel e Adão, até Matusalém, iram imediatamente e conscientemente para o Paraíso no Jardim do Éden, e os perdidos iram imediatamente e conscientemente para o inferno preparado para o Diabo e seus demônios.


3) Depois do dilúvio que cobriu toda a terra, a topografia da inteira terra foi drasticamente mudada, enormes partes se elevaram formando os continentes e as montanhas, outras partes afundaram formando o leito que foi coberto pelos oceanos, e acredito que todos os vestígios da adiantada civilização de antes do dilúvio foram destruídos ou soterrados por quilômetros de lama debaixo dos oceanos, para que o homem tivesse que usar a fé para crer sem ver (portanto, os atuais rios Tigre e Eufrates não são os mesmos de antes, possivelmente estando a muitos milhares de quilômetros de distância deles), portanto o Paraíso foi mudado. Para onde? A Bíblia nos diz que, depois do dilúvio mas antes da ascensão de o Cristo ressurreto para os céus, os salvos (desde Noé até João, o submersor) iam imediatamente para o Paraíso, que agora ficava na metade do Hades (no centro da terra) que ficava separada do inferno de chamas por um abismo intransponível. De algum modo que a Bíblia não especifica em detalhes, houve uma transladação do Paraíso, do Jardim do Éden para a metade feliz do Hades,

Lc 16:19-31
"19 ¶  Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. 20  Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; 21  E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas. 22  E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. 23  E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. 24  E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. 25  Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. 26  E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. 27  E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, 28  Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. 29  Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. 30  E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. 31  Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite." (Lc 16:19-31 ACF)

Ilustração: Dn 3:19-27
"19 ¶  Então Nabucodonosor se encheu de furor, e mudou-se o aspecto do seu semblante contra Sadraque, Mesaque e Abednego; falou, e ordenou que a fornalha se aquecesse sete vezes mais do que se costumava aquecer. 20  E ordenou aos homens mais poderosos, que estavam no seu exército, que atassem a Sadraque, Mesaque e Abednego, para lançá-los na fornalha de fogo ardente. 21  Então estes homens foram atados, vestidos com as suas capas, suas túnicas, e seus chapéus, e demais roupas, e foram lançados dentro da fornalha de fogo ardente. 22  E, porque a palavra do rei era urgente, e a fornalha estava sobremaneira quente, a chama do fogo matou aqueles homens que carregaram a Sadraque, Mesaque, e Abednego. 23  E estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abednego, caíram atados dentro da fornalha de fogo ardente. 24  Então o rei Nabucodonosor se espantou, e se levantou depressa; falou, dizendo aos seus conselheiros: Não lançamos nós, dentro do fogo, três homens atados? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. 25  Respondeu, dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus. 26  Então chegando-se Nabucodonosor à porta da fornalha de fogo ardente, falou, dizendo: Sadraque, Mesaque e Abednego, servos do Deus Altíssimo, saí e vinde! Então Sadraque, Mesaque e Abednego saíram do meio do fogo. 27  E reuniram-se os príncipes, os capitães, os governadores e os conselheiros do rei e, contemplando estes homens, viram que o fogo não tinha tido poder algum sobre os seus corpos; nem um só cabelo da sua cabeça se tinha queimado, nem as suas capas se mudaram, nem cheiro de fogo tinha passado sobre eles." (Dn 3:19-27 ACF)

Outros versos mostrando o Paraíso antes da ascensão de o Cristo

Luc 23:43
"E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso." (Lc 23:43 ACF)


4) Após as literais ressurreição e ascensão de o Cristo, o Paraíso, esta metade feliz do Hades, foi novamente transladado, agora para o (terceiro) céu e hoje, ao morrerem, os salvo vão imediatamente para lá, o Paraíso no terceiro céu.

Efé 4:8-10; Sal 16:10; Atos 2:27; 2Cor 12:2,4
"8  Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens. 9  Ora, isto  ele subiu  que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra? 10  Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas." (Ef 4:8-10 ACF)
 "Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção." (Sl 16:10   =   At 2:27 ACF)
 "Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu." (2Co 12:2 ACF)

 "Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar." (2Co 12:4 ACF)


5) Durante o Milênio, onde o Cristo reinará pessoalmente sobre toda a terra, em seu corpo literal, durante 1000 anos literais, com vara de ferro, nem haver a consecução de nenhum crime nem guerra sobre a terra, retirada a ferocidade dos animais, retirada a maldição que hoje pesa sobre toda a criação, então o Paraíso será a cidade de Nova Jerusalém, suspensa no espaço, acima da atual Jerusalém.
Apoc 21:1-22:5 (ver abaixo): Como a cidade descerá do céu após o Milênio, só podemos concluir que estava no céu durante ele. E a Nova Jerusalém estará pairando suspensa geo-estacionariamente sobre a Jerusalém atual, que será a capital terrestre do reino terrestre de o Cristo. Os Seus remidos de todas as dispensações (desde Abel até o último martirizado durante a Tribulação), que já tiveram seus corpos glorificados, reinarão para o Cristo sobre a terra, mas terão a sua morada- lar dentro da Jerusalém Celestial. Será como se o lar (Paraíso) deles fosse na Jerusalém do Alto, e o trabalho deles fosse sobre a terra em baixo.


6) Na eternidade futura, depois do Julgamento do Grande trono Branco, o Paraíso (nosso estado final, eterno, imutável) será a cidade de Nova Jerusalém (já tendo descido e sido alicerçada sobre a Nova Terra e sob o Novo Céu).

"
1 "E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. 2  E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. 3  E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. 4  E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. 5  E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis. 6  E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida. 7  Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho. 8  Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. 9 ¶  E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a esposa, a mulher do Cordeiro. 10  E levou-me em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me a grande cidade, a santa Jerusalém, que de Deus descia do céu. 11  E tinha a glória de Deus; e a sua luz era semelhante a uma pedra preciosíssima, como a pedra de jaspe, como o cristal resplandecente. 12  E tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel. 13  Do lado do levante tinha três portas, do lado do norte, três portas, do lado do sul, três portas, do lado do poente, três portas. 14  E o muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro. 15  E aquele que falava comigo tinha uma cana de ouro, para medir a cidade, e as suas portas, e o seu muro. 16  E a cidade estava situada em quadrado; e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com a cana até doze mil estádios; e o seu comprimento, largura e altura eram iguais. 17  E mediu o seu muro, de cento e quarenta e quatro côvados, conforme a medida de homem, que é a de um anjo. 18  E a construção do seu muro era de jaspe, e a cidade de ouro puro, semelhante a vidro puro. 19  E os fundamentos do muro da cidade estavam adornados de toda a pedra preciosa. O primeiro fundamento era jaspe; o segundo, safira; o terceiro, calcedônia; o quarto, esmeralda; 20  O quinto, sardônica; o sexto, sárdio; o sétimo, crisólito; o oitavo, berilo; o nono, topázio; o décimo, crisópraso; o undécimo, jacinto; o duodécimo, ametista. 21  E as doze portas eram doze pérolas; cada uma das portas era uma pérola; e a praça da cidade de ouro puro, como vidro transparente. 22  E nela não vi templo, porque o seu templo é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro. 23  E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem iluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada. 24  E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra. 25  E as suas portas não se fecharão de dia, porque ali não haverá noite. 26  E a ela trarão a glória e honra das nações. 27  E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro. 22:1 ¶  E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. 2  No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações. 3  E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. 4  E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome. 5  E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre." (Ap 21:2-22:5 ACF)



7) Quanto aos perdidos (todos os homens (posto que pecadores) que morrem sem ter crido no Cristo da Bíblia recebendo-O como único e suficiente Salvador, Senhor e Deus), sempre foram e estão indo e irão para o inferno de sofrimento consciente.

Lc 16:19-31
"19 ¶  Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. 20  Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; 21  E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas. 22  E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. 23  E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. 24  E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. 25  Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. 26  E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. 27  E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, 28  Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. 29  Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. 30  E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. 31  Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite." (Lc 16:19-31 ACF)

Depois, no julgamento do Grande Trono Branco, serão lançados no Lago de Fogo, em sofrimento consciente, terrível, e eterno. (o estado final, eterno, imutável de todos que não se arrependeram e creram e receberam Cristo como único e suficiente Salvador, Senhor, e Deus.)

Apoc 20:1-7,8-15
"1 ¶  E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. 2  Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. 3  E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. 4  E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. 5  Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6  Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos. 7  E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão," (Ap 20:1-7 ACF)

"
8  E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. 9  E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou. 10  E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. 11 ¶  E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. 12  E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. 13  E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. 14  E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. 15  E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo." (Ap 20:8-15 ACF)




Hélio de Menezes Silva
dez.2013

 


Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de 
http://solascriptura-tt.org)



(retorne a http://solascriptura-tt.org/ EscatologiaEDispensacoes/ 
retorne a http:// 
solascriptura-tt.org/ )