Por Que João 3:16 e Atos 16:31 Não Mencionam Arrependimento?


David Cloud

Fundamental Baptist Information Service
02 de novembro de 2011
(publicado pela primeira vez 19 de agosto de 2008)




Alguns homens [a que me referi em “Cuidado Com o Evangelismo Rapidinho Para Oração”] dizem que não é necessário pregar o arrependimento, já que não vemos isso em João 3:16 e Atos 16:31.
 
Parece-me, porém, que esta é uma estranha forma de usar a Bíblia, já que é tão óbvio a partir de outras passagens que o arrependimento é necessário. Jesus disse que é necessário (Lucas 13:1-5); Paulo disse que é necessário (Atos 17:30, etc); Pedro disse que é necessário (2 Pedro 3:9.). Se a pregação do arrependimento não é necessária e só precisamos pregar a fé, por que o próprio Cristo pregar o arrependimento?

“1 ¶ E, NAQUELE mesmo tempo, estavam presentes ali alguns que lhe falavam dos galileus, cujo sangue Pilatos misturara com os seus sacrifícios. 2 E, respondendo Jesus, disse-lhes: Cuidais vós que esses galileus foram mais pecadores do que todos os galileus, por terem padecido tais coisas? 3 Não, vos digo; antes, se não vos ARREPENDERDES, todos de igual modo perecereis. 4 E aqueles dezoito, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, cuidais que foram mais culpados do que todos quantos homens habitam em Jerusalém? 5 Não, vos digo; antes, se não vos ARREPENDERDES, todos de igual modo perecereis.” (Lc 13:1-5 ACF)

 “Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se ARREPENDAM;” (At 17:30 ACF)

 “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a ARREPENDER-SE.” (2Pe 3:9 ACF)


A razão pela qual versículos tais como João 3:16 e Atos 16:31 não mencionam o arrependimento é que a fé salvadora adequada [intrínsica e necessariamente já] inclui o arrependimento; e [similarmente] o arrependimento adequado [intrínsica e necessariamente já] inclui a fé. A Escritura algumas vezes fala de arrependimento E fé como sendo, AMBAS, necessárias para a salvação (por exemplo, Atos 20:21;. Heb 6:1), enquanto, em outras vezes, [a Escritura] apenas [menciona] um ou outro como necessário. [Verdadeira fé e verdadeiro arrependimento são, em termos práticos, praticamente sinônimos, pois onde há um deles tem que haver o outro, e a ausência de um implica a ausência do outro. Também pode ser dito que são como as 2 faces de uma moedas: são um pouco diferentes, mas uma implica a outra, do contrário a moeda é falsa. Omitir uma é distorcer e perder o todo. Hélio]

Testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a CONVERSÃO a Deus, e a FÉ em nosso Senhor Jesus Cristo.” (At 20:21 ACF)

 “Por isso, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não lançando de novo o fundamento do ARREPENDIMENTO de obras mortas e de FÉ em Deus,” (Hb 6:1 ACF)
 
A salvação é referida [em termos práticos é, definida] como chegar ao arrependimento, sem nenhuma menção de fé, em Mateus 9:13; 11:20-21; 21:32, Marcos 1:04, 2:17, 6:12, Lucas 15:07; 24:47 ; Atos 2:38; 3:19; 5:31; 11:18; 26:20, 2 Coríntios 7:10, 1 Tessalonicenses 1:9; 2 Timóteo 2:25 e 2 Pedro 3:9.

“Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao ARREPENDIMENTO.” (Mt 9:13 ACF)

“20 Então começou ele a lançar em rosto às cidades onde se operou a maior parte dos seus prodígios o não se haverem arrependido, dizendo: 21 Ai de ti, Corazim! ai de ti, Betsaida! porque, se em Tiro e em Sidom fossem feitos os prodígios que em vós se fizeram, há muito que se teriam ARREPENDIDO, com saco e com cinza.” (Mt 11:20-21 ACF)

“Porque João veio a vós no caminho da justiça, e não o crestes, mas os publicanos e as meretrizes o CRERAM; vós, porém, vendo isto, nem depois vos ARREPENDESTES para o CRER.” (Mt 21:32 ACF)

 “Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados.” (Mc 1:4 ACF)

“E Jesus, tendo ouvido isto, disse-lhes: Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores ao ARREPENDIMENTO.” (Mc 2:17 ACF)

“E, saindo eles, pregavam que se ARREPENDESSEM.” (Mc 6:12 ACF)

“Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se ARREPENDE, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de ARREPENDIMENTO.” (Lc 15:7 ACF)

“E em seu nome se pregasse o ARREPENDIMENTO e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.” (Lc 24:47 ACF)

“E disse-lhes Pedro: ARREPENDEI-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;” (At 2:38 ACF)

ARREPENDEI-vos, pois, e CONVERTEI-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR,” (At 3:19 ACF)

Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o ARREPENDIMENTO e a remissão dos pecados.” (At 5:31 ACF)

“E, ouvindo estas coisas, apaziguaram-se, e glorificaram a Deus, dizendo: Na verdade até aos gentios deu Deus o ARREPENDIMENTO para a vida.” (At 11:18 ACF)

“Antes anunciei primeiramente aos que estão em Damasco e em Jerusalém, e por toda a terra da Judéia, e aos gentios, que se EMENDASSEM E SE CONVERTESSEM a Deus, fazendo obras dignas de ARREPENDIMENTO.” (At 26:20 ACF)

“Porque a tristeza segundo Deus opera ARREPENDIMENTO para a salvação, da qual ninguém se arrepende; mas a tristeza do mundo opera a morte.” (2Co 7:10 ACF)

“Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos CONVERTESTES a Deus, para servir o Deus vivo e verdadeiro,” (1Ts 1:9 ACF)

“Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará ARREPENDIMENTO para conhecerem a verdade,” (2Tm 2:25 ACF)

O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a ARREPENDER-se.” (2Pe 3:9 ACF)




Então, em outras passagens, como João 3:16 e Atos 16:31, a salvação é referida [em termos práticos é, definida] como crer, e arrependimento não é mencionado.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele CRÊ não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3:16 ACF)

“E eles disseram: CRÊ no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.” (At 16:31 ACF)



Comparando Escritura com Escritura (em vez de isolar a Escritura, que é o método utilizado por falsos mestres), concluo que a fé salvadora [implica e] inclui o arrependimento.
 
Pregar o arrependimento depende do contexto do ganhar almas.
 
O carcereiro de Filipos obviamente [já] estava sob profunda convicção [convicção e arrependimento por reconhecer-se pecador, merecedor do inferno eterno] quando ele gritou: "Que devo eu fazer para ser salvo?" Sem dúvida, Paulo e Barnabé tinham estado testemunhando a ele. Agora, ele estava totalmente pronto para fazer o que quer que Deus lhe dissesse para fazer. Não houve [mais] necessidade de entrar [de novo] no [assunto de] arrependimento. Ele já estava arrependido! Eu também encontrei homens em presídios que já estavam prontos para ser salvos. Eles [já] tinham ouvido o evangelho [antes], e Deus estava trabalhando em seus corações; eles [já] sabiam que eram pecadores [condenados ao inferno eterno] e estavam profundamente tristes por suas vidas passadas e estavam prontos a se curvar diante de Deus. Tudo o que era necessário era explicar-lhes como colocar sua fé em Cristo de uma forma salvadora (por exemplo, Romanos 10:8-13).

“8 Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, 9 A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10 Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. 11 Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. 12 ¶ Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. 13 Porque todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo.” (Rm 10:8-13 ACF)

Por outro lado, quando Paulo pregou aos idólatras em Atenas que estavam encarfando o assunto de Cristo e da ressurreição como mais um mero debate filosófico, disse-lhes que Deus "
... anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se ARREPENDAM" (Atos 17:30 ).

Pastor Dave Sorenson diz:

"A fé salvadora inclui o arrependimento. Arrependimento não é fazer alguma qualquer coisa [detterminada]. Não é uma ação, agir, obra, ou rito. Pelo contrário, é uma mudança de direção do coração. Basicamente, significa uma atitude do coração abandonando o pecado e o ego, e se voltando para Deus. Isso é aquilo a que Paulo estava se referindo, em Atos 20:21, quando ele se referiu a "
arrependimento para com Deus e fé em nosso Senhor Jesus Cristo." A fé salvadora é o coração humano se voltando para Deus e, em seguida, confiando em Jesus Cristo. ... Do mesmo modo que há a parte de confiar em Cristo, há também a parte de voltar-se em direção a Ele. Isso pode parecer irrelevante, mas acredito que aqui há uma explicação espiritual para o fato alguns vão pelos movimentos externos [sem substância interna] de professar crer em Cristo, mas não são realmente nascidos de novo. Eles aparentemente querem escapar do fogo [do inferno eterno], mas não têm interesse em se voltar para Deus. Não têm interesse no arrependimento. Eles têm a atitude: 'Deus, me dê a salvação, mas eu vou continuar fazendo minhas próprias coisas". ... No entanto, se não houver uma verdadeira mudança no coração para a direção de Deus, eles sagisfizeram o pré-requisito de realmente confiar em Cristo " (Sorenson, Training Your Children to Turn out Right [Treinando Seus Filhos Para Darem Certo], 1995).
 
Arrependimento e fé são duas coisas separadas que se juntam para salvação, mas eles agem juntamente, como [sendo] uma só coisa.
 
"Arrependimento é incluído em crer. Todavia, o arrependimento não é fé, nem fé é arrependimento. "
Aquele que crê," implica arrependimento. "Arrependei-vos e convertei-vos," envolve fé. "A mão que segura a faca assassina deve abrir-se [e soltá-la], antes que possa receber o [maravilhoso e amoroso] presente de quem intencionava assassinar; e abrir aquela mão, embora um único ato, tem um duplo aspecto e inenção de coração. Aceitar o presente implica uma mudança [de 180 graus] do coração para a direção oposta ao crime a que estava determinado a fazer, e foi [a maravilha de] o próprio presente que operou a mudança. A fé é a mão aberta, no aspecto de ter o propósito de receber o presente; arrependimento é a mesma mão, no aspecto de ter sido aberta no propósito, não só de receber o presente, mas, mais especialmente, com isso arremessar para longe a faca".... O arrependimento é uma ação tripla: no entendimento - o conhecimento do pecado; nos sentimentos - dor e tristeza; na vontade - uma mudança de mente e uma meia volta na direção "(James Stewart, Evangelism, p. 48, 49) .
 
"Embora seja verdade que mais de 115 passagens do Novo Testamento condicionam salvação a crer, 30 passagens condicionam salvação a fé ... no entanto, o arrependimento é uma condição essencial no glorioso Evangelho de Deus. Também é verdade que, em última análise, o arrependimento e a fé são um e o mesmo ato. "
Vós convertestes a Deus dos ídolos" (1 Ts. 1:9). O arrependimento está incluído em crer. "Todavia, o arrependimento não é fé, nem a fé é arrependimento. "Aquele que crê," implica arrependimento. "Arrependei-vos e convertei-vos," envolve fé. ... [verdadeiro] Arrependimento e [verdadeira] fé nunca podem ser separados. "Arrependimento para com Deus e a fé para com nosso Senhor Jesus Cristo" (At 20:21). "Não vos arrependeste ... para que crestes nEle"(Mt. 21:32). ... O arrependimento é negar (negativo), a fé é afirmar (positivo). O arrependimento olha para dentro, a fé olha para cima. O arrependimento vê nossa miséria, a nossa fé Libertador. O arrependimento é a fome, a fé é a boca aberta, e Cristo é o alimento vivo " (James Stewart, Evangelism, p. 49).
 
"Arrependimento nunca salvou uma alma por seus méritos; ele estabelece a base necessária para o templo da fé no coração. Mas todas as tristezas penitenciais da família de Adão não podem remover nem sequer uma tênue mancha do pecado. Se um homem tomasse emprestado cinco mil dólares, para a qual ele deu sua casa em hipoteca, e ele os desperdiçase da mais louca forma possível, e depois, cheio de verdadeiro arrependimento, ele pedisse e esperasse o perdão da dívida, [somente] porque ele estava muitíssimo triste por [tudo] isso, o perdulário somente encontraria desprezo ao seu pedido, sua casa teria que ser tomada para pagar sua dívida. Somente fé [e fé somente] no Crucificado é que purifica de todo pecado, e o arrependimento é o insgtrumento que Deus usa para conduzir o pecador para o Cordeiro de Deus, o Grande Removedor do pecado " (William Cathcart).
_________________
 
Para saber mais sobre este assunto, veja o nosso livro
Repentance and Soul Winning, que está disponível no Way of Life Literature, tanto como eBook como em edição impressa.



Autor: David Cloud.






Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Ide/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )