Budismo



FUNDADOR -  Buda  (Sidharta Gautama – 563-483  a.C.). Fundado em 525  a.C, na Índia. Com 29 anos de idade, Buda  tornou-se mendigo e perambulou em busca da verdade.  Depois de haver recebido a “iluminação”, passou a ensinar sua filosofia, e conseguiu milhões de seguidores.  É um ramo do Hinduísmo. Total de budistas no mundo: 12% da população (Fonte: P.Johnstone, Intercessão Mundial, 1993).

 DEUS  -  Tudo é Deus (Panteísmo). Cada homem possui uma energia vital.  De um modo geral são ateístas (não crêem num Ser Supremo). Muitos budistas acreditam em Buda como um iluminado universal, com estado de consciência igual a Deus.  Não acreditam num Deus imanente (sempre presente), pessoal e transcendente (superior, excelso).

Refutação: O Cristianismo ensina que Deus é o Criador de todas as coisas; logo, Ele é um Ser distinto de sua criação.

JESUS -   Foi um grande Mestre e passou muitos anos de sua vida em mosteiros  budistas no Tibet e na Índia.   Para os budistas ocidentais, Jesus é um homem iluminado.

Refutação: A Bíblia ensina que Jesus é o Verbo que se fez carne e habitou entre nós (Jo 1.1,2,12, 14).

ESPÍRITO SANTO  -  Nada falam.

BÍBLIA  -  Desprezam-na. Suas doutrinas assentam-se em três grupos de livros: o TRIPITAKA, que constituem os três cestos das escrituras budistas: o primeiro trata da autodisciplina; o segundo, do sermão de Buda; o terceiro, do conteúdo doutrinário.

SALVAÇÃO -  O homem atingirá a perfeição plena através de reencarnações e nas boas obras (Lei do Carma).  O objetivo o Nirvana (o paraíso dos budistas) para eliminar todos os desejos e evitar o sofrimento.  A salvação será alcançada pelo próprio budista sem nenhuma ajuda externa.

OUTROS ENSINOS - Os “Oito Nobres caminhos”  da doutrina budista são: Crença correta; sentimentos corretos; fala correta; conduta correta; maneira de viver correta; esforço correto; memória correta; meditação e concentração correta.  As  dez proibições abrangem: (1) assassinato; (2) roubo;(3) fornicação;(4) mentira; (5) bebidas alcoólicas; (6) comer durante a abstinência; (7) dançar, cantar e participar de diversões mundanas; (8) usar perfumes e outros ornamentos;(9) dormir em camas que não estejam armadas no chão; e (10) aceitar ouro e prata como esmola.




Pr. Airton Evangelista Costa


(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Seitas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )