COMO IDENTIFICAR UMA SEITA



 



SEITA:
CONCEITO:
Se deriva da palavra háiresis, que significa escolha, partido tomado, corrente de pensamento, divisão, escola etc.
Originalmente, a palavra não tinha o sentido pejorativo. Quando o Cristianismo foi chamado de seita (AT.24.5), não foi em sentido depreciativo. Os líderes Judaico viam os cristãos como mais um grupo dentro do Judaísmo.
Em termos teológico, podemos dizer que seita refere-se a um grupo de pessoas e que heresia indica as doutrinas anti-bíblicas defendidas pelo grupo. Baseando-se nessa explicação, podemos dizer que um cristão imaturo pode estar ensinando alguma heresia, sem contudo, fazer parte de uma seita.



CARACTERÍSTICAS:
Podemos identificar as suas principais características através das quatros operações matemáticas, ou seja, da adição, da subtração, da divisão e da multiplicação:



a) Adição: O grupo adiciona algo à Bíblia. Sua fonte de autoridade não leva em consideração somente a Bíblia.
Exemplos: Os Adventistas consideram como inspirados os livros da senhora Ellen White . As Testemunhas de Jeová dizem que somente com a mediação do corpo governante ( o escravo fiel e discreto Mt.24:45)segundo eles, podem entender a palavra de Deus. "A menos que estejamos em contato com este canal de comunicação usado por Deus, não avançaremos na estrada da vida, não importa quanto leiamos a Bíblia".



b) Subtração: O grupo tira algo da pessoa de Jesus.
Exemplos: A Legião da boa vontade tira a natureza humana de Jesus., dizendo que Ele tinha apenas um corpo fluídico. Outro grupos subtraem a divindade de Jesus: as Testemunhas de Jeová dizem que ele é o arcanjo Miguel, os espírita dizem que ele foi apenas um grande médium, os adventistas dizem que ele tinha uma natureza pecaminosa negando assim a sua santidade, conseqüentemente a sua divindade.



c) Divisão: Dividem a fidelidade entre Deus e a organização. Desobedecer à organização ou à igreja equivale a desobedecer a Deus. Não existe salvação fora do seu sistema religioso da própria organização ou igreja. Quase todas as seitas pregam isso, sobretudo as pseudocristã, que se apresentam como a restauração do cristianismo primitivo, que, segundo ensinam, sucumbiu à apostasia, afastando-se dos verdadeiros ensinos de Jesus. Acreditam que numa determinada data, o movimento apareceu por vontade divina para restaurar o que foi perdido. Daí a ênfase na exclusividade. Outras, quando não pregam que integram o cristianismo redivivo, ensinam que todas as religiões são boas mas que a sua vai ser responsável por unir todas as demais.



d) Multiplicação: Pregam a auto-salvação. Crer em Jesus é importante, mas não é tudo. A salvação é pelas obras. Às vezes, repudiam publicamente o sangue de Jesus.
Exemplos: A seicho-no-ie nega a eficácia da obra redentora de Jesus e o valor de seu sangue para remissão de pecados, chegando a dizer que se o pecado existisse, nem os budas todos do universo conseguiriam extingui-lo, nem mesmo a cruz de Jesus Cristo conseguiria extingui-lo.
Os Mórmons afirmam crer no sacrifício expiatório de Jesus, mas sem o cumprimento das leis estipuladas pela igreja não haverá salvação. "nenhum homem ou mulher nesta dispensação entrará no reino celestial de Deus sem o consentimento de Joseph Smith. O homem tem de fazer o que pode pela própria salvação.



3) Porque os adeptos de seitas são pessoas difíceis de evangelizar?
Van Baalen, aponta as seguintes razões:



a) Os adeptos de seitas não devem ser despertados para a religião, pois ele deixou a fé tradicional em que foi criado e adotou, segundo pensa, coisa melhor, chegando até mesmo a hostilizá-la . Ele renunciou ao plano de Deus para salvação em troca de algum sistema de auto-salvação. Assim para ele, a afirmação do profeta, todas as nossas justiças são como trapo de imundícia(Is.64:6) não reflete a verdade de Deus.



b) O sectário bem informado é consciente das falhas da realidade protestante e evangélica. Ele não consegue entender as várias denominações. Além disso pensa que conhece tudo sobre a sua fé e está convencido que conhece mais acerca do que cremos do que nós mesmos.



c) muitos adeptos fizeram sacrifícios, contrariaram os seus familiares, suportaram zombarias, como reconhecer agora que estão errados e a paz que encontraram não era a verdadeira?



 



Copiado de http://planeta.terra.com.br/religiao/ofarol/como%20identificar.htm



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Seitas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )