Trata do Espírito Santo, pentecostalismo carismatismo, movimento pentecostal carismático, renovação carismática, dom, dons, cura, curas, línguas estranhas, interpretação, sinais, profecia, revelação


RESPOSTAS ÀS PERGUNTAS DOS CARISMÁTICOS
(esboço, parcial e não rígidamente baseado em
“The Charismatics”, de John MacArthur Jr., 1978)

Hélio de M. Silva, cerca 1983.







1. A Questão da intimidação pela “esmagadora maioria”:   “É você um daqueles pobres SUB-crentes, classe ‘não têm’, classe ‘incompletos e desfalcados’ ? ”

*** Pergunta: “Quem poderia explicar o sucesso sem paralelo (em largura e profundidade) do movimento carismático? Os fantásticos sinais e maravilhas envolvendo crentes da maior confiança e até eu mesmo? Os maravilhosos êxtases e bênção interiores (e exteriores) que vibrantes carismáticos estão experimentando e você não? Não seria você que está perdendo a grande obra de Deus nesses últimos dias?”
Resposta: Poderíamos e gostaríamos de examinar com você o movimento carismático, mas desde que reconheçamos dois fatos (calma, são neutros! ...) logo de saída, pois não adiantará conversarmos se um de nós recusar ser lúcido:

   a) Há duas fontes de poder espiritual: Deus e o Diabo. Concorda, não é?
Em outras palavras: Experiências podem ser: fingidas ou sinceras; e estas ainda se subdividem em: psicológicas, fisiológicas, satânicas [1] ou teológicas. Concorda, não é?

O único teste para as experiências é verificar se enquadram-se perfeitamente nas Escrituras. Concorda, não é?
   b) O teste de qualquer coisa que apregoa ser cristã não é sua significância, nem seu sucesso, nem seu poder. O teste é verdade (i. e., biblicidade, perfeita concordância com a Bíblia). Concorda, não é?

Jo 17:17 diz: “ Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.”  -- Em outras palavras: “Não use experiência para julgar a Bíblia. Ao contrário, use a Bíblia para julgar as experiências.”
Isa 8:20 diz: À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles.”
Jer 17:9 diz: Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?




*** Pergunta: “Você não vê que você é um crente de 2a classe, um coitado?”
Resposta: Vejamos Col 2:10 “E estais perfeitos [completos] nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade;”.






6. A Questão Da Autoridade   “Não é a experiência [2] mais importante que a Palavra de Deus?”

***Pergunta: “As [grandes] experiências não precisam ser aprovadas pelo teste da Palavra de Deus, porque são tão importantes quanto ela, e na sua grandeza, aprovam-se a si mesmas.”
Resposta: Não torça a Bíblia para se adaptar às experiências: ao contrário, verifique se as experiências se adaptam à Bíblia! E, se não se conformam à infalível Palavra do próprio Deus, ignore as experiências, por maiores que sejam, e não a Bíblia!

Jo 17:17 Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.
Jr 17:9 Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?
Isa 8:20
À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles.    Se algo contraria a Palavra de Deus, não pode ser de Deus. Ele nunca se contradiz.
At 17:11
Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalónica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim.





*** Pergunta: “Pedro falou em línguas, curou, profetizou e teve experiências fantásticas, tal como vendo Cristo transfigurado e em glória. Não seria Pedro um carismático, hoje? Não edificou ele sua teologia sobre experiências?”
Resposta: Contraste 2Ped 1:16-18 (a transfiguração)

16 ¶ Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a sua majestade. 17  Porquanto ele recebeu de Deus Pai honra e glória, quando da magnífica glória lhe foi dirigida a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me tenho comprazido. 18  E ouvimos esta voz dirigida do céu, estando nós com ele no monte santo; (2 Petro 1:16-18)

com 2Ped 1:19-21:

 “19 E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações.  20 Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.  21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.”.



*** Pergunta: “Mas a Bíblia não fala de gozo, paz e outras experiências?”
Resposta: Claro que sim! Mas isso em resposta ao estudo e obediência à Palavra de Deus. Que é que fez os discípulos de Emaús arderem no coração? Foi a exposição e aceitação da Palavra

(Luc 24:32 “E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras? ”).


 



7. A Questão Do Alcance Da Era Apostólica   “Não são milagres a norma para hoje e sempre?”

*** Pergunta: “Não é Jesus, não é Deus o mesmo, ontem, hoje e para sempre?”
Resposta: Claro que sim! Em Seu poder... em Sua natureza... Mas Ele nunca sequer insinuou que Suas ações seriam as mesmas dia a dia [3], e dá esmagadoras evidências de que limitou os grandes derramamentos de sinais e milagres a três curtíssimos instantes históricos:
a) Alguns dos dias dos ministérios de Moisés e Josué (uns 40 anos de sinais);
b) Alguns dos dias dos ministérios de Elias e Eliseu (uns 40 anos de sinais);
c) Alguns dos dias dos ministérios de Cristo e seus apóstolos (uns 40 anos de sinais);



*** Pergunta: “Milagres não deveriam ocorrer diariamente, para demonstrar o poder e amor de Deus?”
Resposta: Os grandes derramamentos de sinais e milagres estão relacionados com os grandes períodos de revelação, através dos escritores bíblicos. Os objetivos dos milagres foram:
a) Assinalar uma nova era de revelações;
b) Autenticar os mensageiros dessas revelações (1Rs 17:24; Jo 10:24-25; At 2:22; 14:3);

Então a mulher disse a Elias: Nisto conheço agora que tu és homem de Deus, e que a palavra do SENHOR na tua boca é verdade. (1 Reis 17:24)
 Rodearam-no, pois, os judeus, e disseram-lhe: Até quando terás a nossa alma suspensa? Se tu és o Cristo, dize-no-lo abertamente.  Respondeu-lhes Jesus: Já vo-lo tenho dito, e não o credes. As obras que eu faço, em nome de meu Pai, essas testificam de mim. (João 10:24-25)
 Homens israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, homem aprovado por Deus entre vós com maravilhas, prodígios e sinais, que Deus por ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis; (Atos 2:22)
 Detiveram-se, pois, muito tempo, falando ousadamente acerca do Senhor, o qual dava testemunho à palavra da sua graça, permitindo que por suas mãos se fizessem sinais e prodígios. (Atos 14:3)

c) Fazer crer em Cristo, o centro das revelações, E na Bíblia que ainda estava sendo escrita, ainda por ser concluída. Jo 20:31; At 5:12-14.

Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome. (João 20:31)
 E muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos. E estavam todos unanimemente no alpendre de Salomão.  Dos outros, porém, ninguém ousava ajuntar-se a eles; mas o povo tinha-os em grande estima.  E a multidão dos que criam no Senhor, tanto homens como mulheres, crescia cada vez mais. (Atos 5:12-14)

A norma é viver pela fé, não pela vista (Rm 1:17).

Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé.

- Nada na Bíblia declara explicitamente, exige, ou sugere que, o que ocorreu na época apostólica, deve ocorrer posteriormente.
- (b) e (c) foram concluídos no passado: Heb 2:3-4.

Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada [4]pelos que a ouviram;  Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade?



*** Pergunta: “Não nos exorta a Bíblia a pedirmos por dons e manifestações miraculosas do Espírito?”
Resposta: Não. Ou você poderia me mostra onde ela o faz?



*** Pergunta: “Os sinais miraculosos não eram uma característica de todos os crentes de Atos?”
Resposta: Não. Sinais miraculosos eram uma característica restrita só dos 83 crentes ex-judeus que receberam os dons pessoalmente, dos lábios físicos do próprio Senhor quando em carne: 12 apóstolos + 70 discípulos + Paulo [5]. Se tal não fora, Paulo não teria usado aqueles sinais miraculosos como provas que o diferenciavam como sendo um apóstolo (2Cor 12:11,12).

11 ¶ Fui néscio em gloriar-me; vós me constrangestes. Eu devia ter sido louvado por vós, visto que em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos, ainda que nada sou. 12  Os sinais do meu apostolado foram manifestados entre vós com toda a paciência, por sinais, prodígios e maravilhas. (2 Coríntios 12:11-12)





*** Pergunta: “Por que não continuamos na era apostólica? Por que não temos apóstolos, hoje?”
Resposta: Porque:
1o) Um apóstolo tinha que ter sido testemunha ocular de todo o ministério público de Cristo (At 1:21,22),

É necessário, pois, que, dos homens que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós,  Começando desde o batismo de João até ao dia em que de entre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição. (Atos 1:21-22)

especialmente da Sua ressurreição ter sido física e corporal (1Cor 15:7,8; At 9:1-9; 18:9; 23:11).

Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos.  E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo. (1 Coríntios 15:7-8)
E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu.  4 E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?  5 E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões. (Atos 9:3-5)
 E disse o Senhor em visão a Paulo: Não temas, mas fala, e não te cales; (Atos 18:9)
 E na noite seguinte, apresentando-se-lhe o Senhor, disse: Paulo, tem ánimo; porque, como de mim testificaste em Jerusalém, assim importa que testifiques também em Roma. (Atos 23:11)
Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus. (Atos 20:24)
 Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; (1 Coríntios 11:23)
 Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça,  Revelar seu Filho em mim, para que o pregasse entre os gentios, não consultei a carne nem o sangue,  Nem tornei a Jerusalém, a ter com os que já antes de mim eram apóstolos, mas parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco. Depois, passados três anos, fui a Jerusalém para ver a Pedro, e fiquei com ele quinze dias. (Gálatas 1:15-18)

2o) Um apóstolo tinha que ter recebido pessoalmente, dos lábios do Senhor Jesus Cristo presente no Seu corpo, a comissão para ser seu apóstolo, seu “bastante procurador” com uma missão especial ( Mat 10:1-4; Luc 10:1-9).

E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.  Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: O primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;  Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Lebeu, apelidado Tadeu;  Simão o Zelote, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu. (Mateus 10:1-4)
1 E depois disto designou o Senhor ainda outros setenta, e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir. ...    9 E curai os enfermos que nela houver, e dizei-lhes: É chegado a vós o reino de Deus. (Lucas 10:1,9)

3o) 1a e 2a Timóteo e Tito deitam normas para aqueles, dentre os anciãos (= presbíteros) da assembleia local (o único organismo autorizado pela Bíblia) que exercerão os 2 únicos tipos de ofício bíblicos da assembleia local: bispos (= pastores = supervisores) e diáconos. Mas nenhuma norma ou menção é feita de “futuros apóstolos”!... É absurdo se pensar que Deus se “esqueceu” de dar as normas para o ofício de apóstolo, se este devesse ser continuado!
4o) Ademais, aproximando-se o tempo da conclusão da Bíblia, já os dons milagrosos foram sendo removidos por Deus dos próprios “oitenta e três” (2Cor 12:7-10; 1Tim 5:23; 2Tim 4:20).

E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar.  Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim.  E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.  Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. (2 Coríntios 12:7-10)
 Não bebas mais água só, mas usa de um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades. (1 Timóteo 5:23)
 Erasto ficou em Corinto, e deixei Trófimo doente em Mileto. (2 Timóteo 4:20)



*** Pergunta: “Então você não crê que Deus faça nada maravilhoso hoje?”
Resposta: Ao contrário, glorificamos a Deus pelas suas incontáveis maravilhas feitas dia a dia, como o nascer do alto, o habitar do Espírito, curas em resposta a orações de crentes comuns, a sobrevivência da igreja nas perseguições, etc, etc, etc. Mas cremos que, como a abertura do Mar Vermelho, também os sinais exclusivos e identificatórios (2Cor 12:12) dos 83 apóstolos e discípulos, e de seus ministérios, tiveram uma finalidade especial, para um povo e época especial. Glorifiquemos a Deus pelas maravilhas que o Seu plano eterno e soberano reservou para hoje.
- Não negamos que há possessões de demônios: o que negamos é que somente o super-pastor-apóstolo
"Fulano de Tal Vice-Deus" é quem pode exorcizar, expulsar tais demônios; afirmamos que todo e qualquer crente, mesmo de 12 anos de idade e de apenas 1 dia de convertido ou crente velhinho comum e anônimo, pode orar a Deus com toda simplicidade (num pequeno grupo de oração ou até mesmo enquanto se preparando para dormir) sem complexa liturgia, e Deus pode expulsar o demônio. A mais maravilhosa coisa é que cada crente comum e anônimo pode falar o Evangelho à vítima e esta pode crer e ser salva, para jamais, nunca, voltar a ser possuída por demônios;
- Não negamos que há doenças e problemas aparentemente insolúveis: o que negamos é que somente super-pastor-apóstolo "Fulano de Tal Vice-Deus" é quem pode realizar o milagre;
afirmamos que todo e qualquer crente, mesmo de 12 anos de idade e de apenas 1 dia de convertido ou crente velhinho comum e anônimo, pode orar a Deus com toda simplicidade (num pequeno grupo de oração ou até mesmo enquanto se preparando para dormir) sem complexa liturgia, e Deus pode fazer o milagre (quer [1] direta e imediatamente, num milagre direto; quer [2] através de pessoas e meios materiais, lentamente), **SE** e quando for da vontade de Deus.





11 e 12. A Questão Das Curas   “Não teria alguém, hoje, o dom de curas? Que ensina a Bíblia sobre o dom de curar?”

*** Pergunta: “Não curou Paulo, mesmo usando só lenços e aventais? (At 19:12)”
Resposta: Sim. Mas hoje não temos os oitenta e três (12 apóstolos + 70 discípulos + Paulo) e nem eles deixaram sucessores. Ver cap 7.



*** Pergunta: “Que acha você estranho nos curadores de hoje?”
Resposta: Parece que eles só curam em horas e locais marcados, num ambiente controlado, num show cuidadosamente planejado e montado por eles próprios. Por que eles nunca vão em dúzias pelas alas dos cancerosos terminais dos hospitais, pelos asilos dos cegos, pelas vítimas desenganadas da talidomida [que hoje são adultos sem braços nem pernas] etc., pelas casas mortuárias, etc. curando a todos (ou, ao menos, a todos os fiéis e já salvos) entre eles?



*** Pergunta: “Mas você já examinou de perto as pessoas curadas pelos curadores carismáticos?”
Resposta: Sim. E tanto quanto já foi realmente documentado, jamais uma doença “dura”, orgânica (visível, induvidável, definitiva, como a total ausência ou destruição completa de um órgão) foi “curada”. As “curas” existentes são só de doenças “moles”, funcionais (internas, duvidáveis, temporárias, como dor de..., ardor em..., cansaço de...), ou de doenças que, às vezes (mesmo que rarissimamente) têm remissão espontânea, ou temporária, ou ilusória, muitas vezes acompanhadas de tratamento médico, assim em nada diferindo da aplicação de placebo ou hipnose, e das curas dos pajés, católicos, espíritas, etc.!



*** Pergunta: “Afinal, você acredita ou não que Deus possa curar hoje?”
Resposta: Deus pode curar hoje e o faz de maneira maravilhosa. ... Mas, conforme o Seu soberano desígnio para hoje, Ele cura:
- Em resposta às orações de crentes comuns;
- De acordo com a Sua vontade soberana;
- Para revelar a Sua glória. Tiago 5:16 . (Ah, que não seja possível a alguém insinuar que foi alguém específico que orou e foi atendido).

Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. (Tiago 5:16)

curas hoje, mas não o dom de curas sobre um apóstolo / discípulo escolhido pelos lábios físicos de Jesus em carne. Há curas, mas não há apóstolos, não há curandeiros. Ver cap. 7.



***Pergunta: “Não são as curas feitas pelos curadores de hoje iguais às de Cristo e Seus apóstolos?”
Resposta: Absolutamente não. Perceba o grande contraste entre os curandeiros carismáticos de hoje, e Cristo e seus apóstolos. Estes últimos:
1) Curavam com apenas uma palavra ou um toque, sem “shows” (Mat 8:13 – o servo de centurião); (Mar 5:29 – a mulher com o fluxo de sangue); (At 3: 6-8 – o pedinte paralítico); 9:34; 28:8.

Então disse Jesus ao centurião: Vai, e como creste te seja feito. E naquela mesma hora o seu criado sarou. (Mateus 8:13)
 E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal. (Marcos 5:29)
 E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.  E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram.  E, saltando ele, pós-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus. (Atos 3:6-8)
 E disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou. (Atos 9:34)
 E aconteceu estar de cama enfermo de febre e disenteria o pai de Públio, que Paulo foi ver, e, havendo orado, pós as mãos sobre ele, e o curou. (Atos 28:8)

2) Curavam instantaneamente [não por “melhoras progressivas”]: Mat 8:13 (servo do centurião); Mar 5:29 (a mulher com o fluxo de sangue); Luc 17:14 (os dez leprosos); 5:13; Jo 5:9;  9:1-7 (o cego de nascença); At 3:6-8 (o pedinte paralítico).

E ele, vendo-os, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, indo eles, ficaram limpos. (Lucas 17:14)
 E ele, estendendo a mão, tocou-lhe, dizendo: Quero, sê limpo. E logo a lepra desapareceu dele. (Lucas 5:13)
 Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado. (João 5:9)
 E, passando Jesus, viu um homem cego de nascença.  E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?  Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.  Convém que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.  Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo.  Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego.  E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo. (João 9:1-7)

3) Curavam total, definitiva e infalivelmente (nunca tentaram curar e falharam) [sem “período de recuperação”]: Ver mesmos versos acima; Luc 4:39 (a sogra de Pedro, provavelmente agonizando); At 3:6-8 (o pedinte paralítico); 9:34.

E, inclinando-se para ela, repreendeu a febre, e esta a deixou. E ela, levantando-se logo, servia-os. (Lucas 4:39)
 E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.  E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram.  E, saltando ele, pós-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus. (Atos 3:6-8)
 E disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou. (Atos 9:34)

4) Curavam todos os que tivessem fé em Cristo [hoje, 98% vêem o show terminar sem “chegar a vez deles”...]; Luc 4:40 (contraste com Mat 13:58); At 5:16; 28:9

E, ao pór do sol, todos os que tinham enfermos de várias doenças lhos traziam; e, pondo as mãos sobre cada um deles, os curava. (Lucas 4:40)
 E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles. (Mateus 13:58)
 E até das cidades circunvizinhas concorria muita gente a Jerusalém, conduzindo enfermos e atormentados de espíritos imundos; os quais eram todos curados. (Atos 5:16)
 Feito, pois, isto, vieram também ter com ele os demais que na ilha tinham enfermidades, e sararam. (Atos 28:9)

5) Curavam doenças “duras”, orgânicas, tais como membros ausentes desde o nascimento ou decepados em antigos acidentes, ou ressequidos/ atrofiados (peso e dimensões = 0 a 20% do normal) por paralisia de décadas; cegueira de nascença; mãos murchas, etc. Aliás, parece que Cristo e seus 83 (apóstolos mais discípulos ex-judeus) nunca se ocuparam com doenças funcionais (!), sintomáticas, “moles”, ou psicológicas: enxaquecas, dor ou imperfeito funcionamento de órgão em tolerável estado.
6) Ressuscitaram pessoas mortas há várias horas [as “ressurreições” dos carismáticos sempre são nos hospitais, dentro de minutos de uma morte incomprovável]: Luc7:14  (o rapaz no caixão do cortejo fúnebre); Mar 5:41(a filha do chefe da sinagoga); Jo 11:44 (Lázaro!!! 4 dias de carniça horrorosa!); At 9:40 (Tabita); 20:9-12 (Êutico que dormiu no culto).

E, chegando-se, tocou o esquife (e os que o levavam pararam), e disse: Jovem, a ti te digo: Levanta-te. E o defunto assentou-se, e começou a falar. (Lucas 7:14)
 E, tomando a mão da menina, disse-lhe: Talita cumi; que, traduzido, é: Menina, a ti te digo, levanta-te. (Marcos 5:41)
 E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir. (João 11:44)
 Mas Pedro, fazendo sair a todos, pós-se de joelhos e orou: e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos, e, vendo a Pedro, assentou-se. (Atos 9:40)
 E, estando um certo jovem, por nome Éutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto.  Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está.  E subindo, e partindo o pão, e comendo, ainda lhes falou largamente até à alvorada; e assim partiu.  E levaram vivo o jovem, e ficaram não pouco consolados. (Atos 20:9-12)

7) Curavam sempre e onde quer que o decidissem.



***Pergunta: “Não anseia e não prometeu Deus curar cada crente, hoje?”
Resposta: Não. (Isa 53:4,5 diz que Cristo tomou sobre si nossas enfermidades.

Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.  Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (Isaías 53:4-5)

O verbo é um passado definitivo e incondicional, aplicando-se a todos os salvos. Este é um fato independente da minha fé para ser curado e das minhas doenças. Este fato envolve todos os crentes e refere-se ao corpo glorificado que teremos na eternidade. Paulo não curou Epafrodito (Fil 2:25-27), nem Trófimo, nem Timóteo (2Tim 4:20, 1Tim 5:23), nem ele próprio (2Cor 12:7).

Julguei, contudo, necessário mandar-vos Epafrodito, meu irmão e cooperador, e companheiro nos combates, e vosso enviado para prover às minhas necessidades.  Porquanto tinha muitas saudades de vós todos, e estava muito angustiado de que tivésseis ouvido que ele estivera doente.  E de fato esteve doente, e quase à morte; mas Deus se apiedou dele, e não somente dele, mas também de mim, para que eu não tivesse tristeza sobre tristeza. (Filipenses 2:25-27)
 Erasto ficou em Corinto, e deixei Trófimo doente em Mileto. (2 Timóteo 4:20)
 Não bebas mais água só, mas usa de um pouco de vinho, por causa do teu estómago e das tuas freqüentes enfermidades. (1 Timóteo 5:23)
 E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. (2 Coríntios 12:7)

O propósito do dom de curas não foi o de manter sãos todos crentes fieis!... [6] Foi o de ser um sinal para os judeus descrentes, autenticando a revelação dos apóstolos.



*** Pergunta: “Mas eu sei de curas fantásticas pelos carismáticos. Como é que você as explica?”
Resposta: Olhe, vamos rever estas últimas páginas... Pronto? Agora, deixe-me retornar-lhe a questão: Como é que você pode explicar essas “curas” dos carismáticos??? Com toda a certeza, não como o dom de curas encontrado na Bíblia!



*** Pergunta: “Não é toda doença no crente o resultado de pecado não confessado ou de falta de fé?”
Resposta: Não! Isto é uma completa falácia. Quer duas provas? Basta lembrar de Jó e de Paulo. Lembrou?



*** Pergunta: “Então, por que há crentes doentes?”
Resposta:
1o) Por conseqüência da queda de Adão e da maldição sobre a natureza (Rom 6:23).

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. (Romanos 6:23)

2o) Para a correção de pecados. Num 12 (Miriam); Deut 28:20-22; 2Rs 5 (Naamã); Sal 119:67 (Davi); 1Co 5:5; 11:30; Tia 5:14-15;

O SENHOR mandará sobre ti a maldição; a confusão e a derrota em tudo em que puseres a mão para fazer; até que sejas destruído, e até que repentinamente pereças, por causa da maldade das tuas obras, pelas quais me deixaste.  O SENHOR fará pegar em ti a pestilência, até que te consuma da terra a que passas a possuir.  O SENHOR te ferirá com a tísica e com a febre, e com a inflamação, e com o calor ardente, e com a secura, e com crestamento e com ferrugem; e te perseguirão até que pereças. (Deuteronômio 28:20-22)
 Antes de ser afligido andava errado; mas agora tenho guardado a tua palavra. (Salmos 119:67)
Seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus. (1 Coríntios 5:5)
 Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem. (1 Coríntios 11:30)
 Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor;  E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. (Tiago 5:14-15)

Lembre ainda:
1) É Deus, na Sua soberania, quem determina/ permite deficiências e doenças. Exo 4:11.

E disse-lhe o SENHOR: Quem fez a boca do homem? ou quem fez o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego? Não sou eu, o SENHOR?

2) Satanás pode causar doenças, servindo a Deus sem o querer. Luc 13:11-13 (a mulher curvada); 2Cor 12:7 (Paulo esbofeteado por Satanás).

E eis que estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; e andava curvada, e não podia de modo algum endireitar-se.  E, vendo-a Jesus, chamou-a a si, e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade.  E pós as mãos sobre ela, e logo se endireitou, e glorificava a Deus. (Lucas 13:11-13)
E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. (2 Coríntios 12:7)

3) No plano de Deus, você deve terminar morrendo. Heb 9:27; Rom 6:23.

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, (Hebreus 9:27)
 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. (Romanos 6:23)



*** Pergunta: “Devem os crentes recorrer aos médicos?”
Resposta: Isa 38:21 Mat 9:12 (doentes necessitam de médicos).

E dissera Isaías: Tomem uma pasta de figos, e a ponham como emplastro sobre a chaga; e sarará. (Isaías 38:21) (Deus curou Ezequias. Mas, para isso, usou recursos que a medicina poderia usar: um emplasto de figos);
 Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes. (Mateus 9:12)






13, 14. A Questão Das Línguas    “Que ensina a Bíblia sobre línguas? Que tipos de “línguas” estão sendo faladas hoje?”

*** Perguntas: “Por que você não experimenta entrar em êxtase falando línguas?”
Resposta: Experiências de êxtase, tais como drogas, requerem, para lhe satisfazerem, doses cada vez maiores, e findam não satisfazendo. Então você decide parar e:
a) Ficar somente assistindo, de longe, a felicidade dos outros: frustrado.
b) Esfuziantemente fingir ultrapassar a felicidade dos outros: culpa interna, por mentir.
c) Desesperançosamente esperar (oxixomeron?) algum dia voltar a ser feliz: digno de pena.
d) Desistir de tudo espiritual: amargurado, revoltado.



*** Pergunta: “Não são línguas e outros dons o supremo bem a ser alcançado pelos crentes?”
Resposta: Não. A proeminência é do amor. Poliglotismo sem amor é nada. 1Cor 13:1-3

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.  E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.  E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.



*** Pergunta: “Não são as línguas na Bíblia línguas desconhecidas entre os homens?”
Resposta: Não, porque:
1) Em Atos 2 são enumerados 15 idiomas de nações conhecidas, nada mais. Não há a menor sugestão de que as línguas faladas nos outros 3 registros bíblicos foram diferentes.
2) “Glossa”, tanto no N.T. como na Septuaginta, significa, em sentido primário, linguagem humana, normal, de alguma nação.
3) 1Cor 14:21 --- línguas eram uma linguagem de uma nação estrangeira, dada como sinal à descrente Israel. Isa 28:11,12; Deut 28:49; Jer 5:15 cumpriram-se com os Babilônios, os Romanos, etc.

Está escrito na lei: Por gente de outras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo; e ainda assim me não ouvirão, diz o Senhor. (1 Coríntios 14:21)
 Assim por lábios gaguejantes, e por outra língua, falará a este povo.  Ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir. (Isaías 28:11-12)
 O SENHOR levantará contra ti uma nação de longe, da extremidade da terra, que voa como a águia, nação cuja língua não entenderás; (Deuteronômio 28:49)
 Eis que trarei sobre vós uma nação de longe, ó casa de Israel, diz o SENHOR; é uma nação robusta, é uma nação antiqüíssima, uma nação cuja língua ignorarás, e não entenderás o que ela falar. (Jeremias 5:15)



*** Pergunta: “Não são línguas um dom especial só para benefício meu (ou de Deus)? Daí, não precisam ser entendíveis por homem algum.”
Resposta: 1Ped 4:10; 1Cor 14:12; O propósito dos dons nunca foi beneficiar ao próprio recebedor do dom (nem a Deus), mas sim servir aos outros.

Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. (1Pedro 4:10).
Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja. (1 Coríntios 14:12)




*** Pergunta: “Não AFIRMA 1Cor 13:1 que há línguas angelicais? Daí, essas são as línguas dos carismáticos.”

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. (1 Coríntios 13:1)

Resposta: A construção “ainda que eu falasse x” é uma hipérbole [7] não implicando [nem proibindo] que o idioma x exista nem que eu ou nenhum ser humano o venhamos a falar. Não há registro de uma língua dos anjos (eles sempre apareciam falando as línguas humanas dos que os ouviam). Assim, não se pode construir uma doutrina de línguas angelicais em cima de 1Cor 13:1.



***Pergunta: “Não crê você que o dom de línguas é eterno? Que sempre o teremos? Ou crê você que ele cessou com os 83 (apóstolos e discípulos ex-judeus)?”
Resposta: A resposta à 1a pergunta é: o dom de línguas é expressamente dito não ser eterno:

 O amor nunca acaba; mas se [há] profecias, elas serão-tornadas-nada  [8]; se [há] línguas, elas cessarão-a-si-mesmas [9] ; se [há] conhecimento, será tornado-nada;” (1 Coríntios 13:8).

Isto é:
1)  O amor nunca será abolido;
2) Profecias e ciência ‘serão aniquiladas” isto é “serão-tornadas-nada” [voz passiva]; v. 10 diz que o agente que acarretará este aniquilamento será aquilo [não uma pessoa, mas sim neutro!] que é perfeito:  “Mas, quando vier [10] o [11] que é perfeito [ou completo], então o que o é em parte será tornado-nada.”
 3) línguas ‘cessarão-a-si-mesmas’ [voz média-reflexiva]; a Bíblia ensina que as línguas cessariam por si mesmas, elas mesmas se aniquilariam [natural e gradualmente, e isso estaria completo antes daquilo que é “perfeito” chegar!].

Línguas cessaram com os apóstolos porque:
1) os dons miraculosos restringiram-se aos 83 (os apóstolos e os 70 discípulos ex-judeus [12]); (Ver cap 7)
2) Línguas foram um sinal de julgamento para Israel descrente 1Cor 14:21,22; Isa 28:11,12; Deut 28:49; Jer 5:15;

21 ¶ Está escrito na lei: Por gente de outras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo; e ainda assim me não ouvirão, diz o Senhor. 22  De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis. (1 Coríntios 14:21-22)
11  Assim por lábios gaguejantes, e por outra língua, falará a este povo. 12  Ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir. (Isaías 28:11-12)
 O SENHOR levantará contra ti uma nação de longe, da extremidade da terra, que voa como a águia, nação cuja língua não entenderás; (Deuteronômio 28:49)
 Eis que trarei sobre vós uma nação de longe, ó casa de Israel, diz o SENHOR; é uma nação robusta, é uma nação antiqüíssima, uma nação cuja língua ignorarás, e não entenderás o que ela falar. (Jeremias 5:15)

3) Línguas foram inferiores a profecias 1Cor14:1-3ss;

1 ¶ Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. 2  Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios. 3  Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. 4  O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. 5  E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação. 6 ¶ E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina? (1 Coríntios 14:1-6)

4) Línguas tornaram-se inúteis quando não mais havia revelações a serem autenticadas. Ver caps 2 e 3 deste livro [de MacArthur];
5) Línguas são mencionadas apenas em 3 livros do N.T. (Marcos, Atos e 1Coríntios) que estão entre os que mais cedo foram escritos. Todos os livros subseqüentes e os outros 24 livros do N.T. nem sequer mencionam as línguas, inclusive quando falando de dons (Rom 12:6-9; Ef 4:11);

6  De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; 7  Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino; 8  Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria. 9  O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. (Romanos 12:6-9)
 E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, (Efésios 4:11)

6) A História registra (indiscutivelmente! [13]) o cessar das línguas, desde os Pais da Igreja até Agnes Ozman, em 1901, quando ela busca e encontra “línguas”, fazendo nascer o Pentecostalismo.[14]



***Pergunta: “Não RE-começariam as línguas nos últimos dias da Igreja? (Joel 2:28)”
Resposta:
- Em 1o lugar, Joel não menciona línguas (!).
- Em 2o lugar, leia Joel 2:19-32, note como se refere aos judeus convertidos, se refere à Tribulação, e ao Reino Milenar:

19  E o SENHOR, respondendo, disse ao seu povo: Eis que vos envio o trigo, e o mosto, e o azeite, e deles sereis fartos, e vos não entregarei mais ao opróbrio entre os gentios. 20  Mas removerei para longe de vós o exército do norte, e lançá-lo-ei em uma terra seca e deserta; a sua frente para o mar oriental, e a sua retaguarda para o mar ocidental; e subirá o seu mau cheiro, e subirá a sua podridão; porque fez grandes coisas. 21  Não temas, ó terra: regozija-te e alegra-te, porque o SENHOR fez grandes coisas. 22  Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a vide e a figueira darão a sua força. 23  E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a seródia. 24  E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite. 25  E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós. 26  E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado. 27  E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o SENHOR vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado. 28 ¶ E há de ser que, depois , derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. 29  E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito. 30  E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. 31  O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR. 32  E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar. (Joel 2:19-32)

Isto se refere aos últimos dias de Israel, não da Igreja. Dias durante a Tribulação, não durante a dispensação da Igreja.
- Em 3o lugar, principalmente porque Joel 2:28 sequer menciona línguas, não é certíssimo que Pedro, em Atos 2:16ss, estivesse atestando o cumprimento da profecia de Joel 2:28:

16  Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: 17  E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos terão sonhos; 18  E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e as minhas servas naqueles dias, e profetizarão; 19  E farei aparecer prodígios em cima, no céu; E sinais em baixo na terra, Sangue, fogo e vapor de fumo. 20  O sol se converterá em trevas, E a lua em sangue, Antes de chegar o grande e glorioso dia do Senhor; 21  E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (Atos 2:16-21)

Só é indiscutível que Pedro queria pregar Cristo! (v. 21).
E, mesmo que Pentecostes fosse cumprimento da profecia de Joel, foi somente um cumprimento PARCIAL, EM MINIATURA [15], as primícias do que Deus fará através dos judeus convertidos, durante a Tribulação.



***Pergunta: “Como, então, poderia você explicar minha experiência? O bem que línguas me têm feito?”
Resposta: Ver cap 12 (“como você explica as curas?”).
1) Línguas podem ser demoníacas! Afinal, é FATO que ocorrem em quase todas as religiões, inclusive nos cultos abertos a demônios. Hélio, criança, viu línguas serem faladas por uma tremenda mariólatra e idolátra e noveneira, em 2 das sessões espíritas a que ele foi na casa de vizinhos!
2) Línguas, na enorme maioria dos casos, são um “comportamento aprendido” (e, muitas vezes, trabalhosamente ensinado). A enorme pressão do grupo terrivelmente estimulam as línguas.
3) Línguas podem ser psicológicas. Pesquisadores médicos afirmam que línguas podem resultar de automatismo motor (isolamento voluntário da consciência e até mesmo do controle do corpo); que somente ocorrem em pessoas que também são passíveis de serem hipnotizadas (controladas por outra mente); e que também ocorrem nas doenças (esquizofrenia [16], certos tumores, etc.) que interferem com o controle da fala.



***Pergunta: “Mas por que são as línguas tão vitoriosas em popularidade?”
Resposta:
a) Porque muitos crentes estão espiritualmente famintos;
b) Querem reagir contra uma sociedade indiferente, fria, acadêmica, mecanizada, secularizada, materialista;
c) Necessitam aceitação, segurança;
d) Querem reagir contra o Cristianismo frio e morto, sem vida, da maioria das igrejas.



***Pergunta: “Não odeia você os carismáticos?”
Resposta: Oh não!
- Devo amar até os inimigos (Mat 5:44),

Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; (Mateus 5:44)

por causa de Jo 3:16,

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3:16)

quanto mais eu devo amar (e amo) os verdadeiros salvos carismáticos!
(Jo 13:34,35; 1Jo 4:20)!

34  Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. 35  Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. (João 13:34-35)
 Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? (1 João 4:20)

- Mas, em amor, temos que ser fiéis à verdade (Efe 4:13-15; 2João 1:1).

13  Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, 14  Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.  15 Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, (Efésios 4:13-15)
 O presbítero à senhora eleita, e a seus filhos, aos quais amo na verdade, e não somente eu, mas também todos os que têm conhecido a verdade, (2João 1:1)


Agora, Hélio lhe convida para

O Teste- Prova- Desafio dos 20 Intérpretes


Há muitos anos solicito uma prova bem simples de todos os pentecostais que querem brigar comigo: "Amigo, certamente você não se recusará fazer um teste extremamente simples, que poderá convencer a mim e a todo o mundo: Basta você fazer a gravação de uma falação de línguas, sua ou de quem você quiser, bastam 15 a 30 minutos de falação, depois me enviar 20 cópias da gravação, que eu, acompanhado de mais de 3 ou 5 testemunhas imparciais, tais como juízes e pastores bem conhecidos e respeitados por mim, visitarei de surpresa 20 "intérpretes de línguas, pentecostais" que não sabem da experiência, e eu gravarei as 20 traduções que eles farão independentemente uns dos outros, que devem ser absolutamente idênticas, e absolutamente de acordo com a Bíblia, pregando contra os demônios, exaltando a divindade e senhorio de Cristo, exortando à salvação do inferno, etc. Depois, você me enviará provas incontestáveis de que não conhecia aquele idioma e que o falou imediata e perfeitamente quando estava visitando uma nação e falando a pessoas que somente conheciam aquele idioma.... Que tal?" Ninguém nunca aceitou este pedido... Nem precisou eu complementar a prova "Ah, quase esqueço, ao final de tudo você me enviará provas incontestáveis de que nasceu como um varão judeu, depois foi salvo e passou a ser um cristão, depois foi chamado por Cristo presente fisicamente, chamado para ser um apóstolo ou discípulo. Deixe-me ver se acerto seu nome: é João que continua vivo até hoje??? Mas quem são os outros milhões de pentecostais?!?!?!...Todos são farsas, só você é João, o apóstolo?  Mas você não me parece ter 2000 anos de idade, ter sido judeu, ter sido João... E agora?"





15, 16. A Questão Da Verdadeira Espiritualidade

***Pergunta: “Não concorda você comigo, que só é espiritual (classe A) o crente acesão por experiências?”
Resposta: Posicionalmente, Deus olhando para nosso garantido estado eterno, todos os crentes já são espirituais (“espirituais” como opostos a naturais, 1Cor 2:14-15,

14  Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 15  Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. (1 Coríntios 2:14-15)
), porque têm o Espírito (Rom 8:6-9
6  Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. 7  Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. 8  Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. 9  Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. (Romanos 8:6-9)

). No praticar, porém, isto é, em como estão andando neste instante, alguns estão andando no Espírito, outros na carne (1Cor 3:1-3).

1 ¶ E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. 2  Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, 3  Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? (1 Coríntios 3:1-3 )



***Pergunta: “Não é espiritualidade um patamar, um estado definitivo?”
Resposta: Não. É diariamente receber a Palavra e vivê-la num andar momento por momento com/no Espírito (Gal 5:16; Efe 5:18).

Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. (Gálatas 5:16)
 E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; (Efésios 5:18)

Posso estar cheios do Espírito num instante e não no outro.



***Pergunta: “Quais são as marcas da verdadeira espiritualidade?”
Resposta:
1) Profunda percepção e desgosto pelos próprios pecados (1Tim 1:15; Luc 5:8; Isa 6:5).

Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal. (1 Timóteo 1:15)
 E vendo isto Simão Pedro, prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, ausenta-te de mim, que sou um homem pecador. (Lucas 5:8)
 Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos. (Isaías 6:5)

2) Empenho na luta ‘diária’ contra o Eu e o pecado (1Cor 15:31; Rom 6:11-13).

Eu protesto que cada dia morro, gloriando-me em vós, irmãos, por Cristo Jesus nosso Senhor. (1 Coríntios 15:31)
11  Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. 12  Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências; 13  Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. (Romanos 6:11-13)

3) Andar no Espírito  ‘diariamente’ (Gal 5:25).

Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. (Gálatas 5:25)

4) Não tirar os olhos do objetivo: “ser como Cristo” (Gal 2:20; Efe 4:13; Fil 1:21; 3:12-14). (Não importa que saibamos que nunca o seremos totalmente, nesta vida: basta termos a direção certa e pressionarmos e progredirmos o máximo possível).

Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. (Gálatas 2:20)
 Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, (Efésios 4:13)
 Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. (Filipenses 1:21)
12  Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. 13  Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, 14  Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. (Filipenses 3:12-14)
.


***Pergunta: “Não garante, a espiritualidade, que hajam dons e resultados?”
Resposta: Ah não, e isto é muito importante: dons e espiritualidade são totalmente independentes. Os corintianos tinham todos os dons (1Cor 1:7),

De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo, (1 Coríntios 1:7)

mas também toda a carnalidade possível! Moisés obteve espetaculares resultados (a água jorrou da rocha) enquanto desobedecendo a Deus (Num 20).



***Pergunta: “Não usou Paulo seus dons e milagres e sucessos como argumentos de espiritualidade, contra os falsos profetas?”
Resposta: Não! Ele argumentou foi com seus sofrimentos, perseverança e biblicidade (2Cor 11,12). Oh que diferença dos super-apóstolos da TV!

23  São ministros de Cristo? (falo como fora de mim) eu ainda mais: em trabalhos, muito mais; em açoites, mais do que eles; em prisões, muito mais; em perigo de morte, muitas vezes. 24  Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um. 25  Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; 26  Em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; 27  Em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez.  ...     31 O Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que é eternamente bendito, sabe que não minto. (2 Coríntios 11:23-27,31)
7  E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. 8  Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. 9  E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. 10  Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. (2 Coríntios 12:7-10)




**Pergunta: “Que significa, então, ser cheio do Espírito?”
Resposta: Estar totalmente esvaziado do meu EU e totalmente cativo e controlado pelo poder e influência do ESPÍRITO SANTO. (Compare com o controle total pelo vinho (Efe 5:18), pela dor (Jo 16:6) e pela fúria (Luc 6:11).

Antes, porque isto vos tenho dito, o vosso coração se encheu de tristeza. (João 16:6)
 E ficaram cheios de furor, e uns com os outros conferenciavam sobre o que fariam a Jesus. (Lucas 6:11)



***Pergunta: “Como reconhecer se eu estou cheio do Espírito, agora?”
Resposta:
1o) Está você cantando salmos, hinos e cânticos espirituais, de dentro da alma, como resultado da refeição-diária-da-Palavra?
2o) Está você sempre dando graças (de coração!)? (Efe 5:20; 1Tes 5:18).

Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo; (Efésios 5:20)
Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. (1 Tessalonicens. 5:18)

3o) Todos os seus relacionamentos estão biblicamente corretos (com cônjuge, filhos, pais, irmãos, patrões, empregados, colegas, amigos, etc.)? (Efe 5:21-6:9).

21 ¶ Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus. 22  Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; 23  Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. 24  De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos. 25  Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, 26  Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, 27  Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. 28  Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. ...  33  Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido. 1 ¶ Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. 2  Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; 3  Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra. 4  E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor. 5  Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo; 6  Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; 7  Servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens. 8  Sabendo que cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja servo, seja livre. 9  E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas. (Efésios 5:21-6:9)

4o) Há algum pecado não confessado na sua vida? (Sal 32:3-5). Alguma coisa que lhe é mais preciosa que o controle pelo Espírito?

Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia. 4  Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. (Selá.) 5  Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Selá.) (Salmos 32:3-5)

5o) Está você cada vez mais percebendo seus pecados {e EGO-centrismo}? Percebendo sua total incapacidade de, por si próprio, vencê-los? Percebendo sua desesperadora e constante e total necessidade do controle por Deus? Está continuamente renovando sua total entrega e dependência de Deus?
6o) Está você vivendo alguma “mentirinha”, ou sendo transparentemente honesto? Está lendo e obedecendo a Bíblia? Orando? Testemunhando e evangelizando?



***Pergunta: “Não é tamanho controle pelo Espírito uma opção especial, para raríssimos fazerem?”
Resposta: Não. É um comando, uma ordem para todos os crentes (Efe 5:18). (Senão, “não vos embriagueis” seria também uma opção especial para raríssimos, e não uma possibilidade e uma ordem inescapável para todos. “Enchei-vos” é tão ordem quanto “Não vos embriagueis”, e vice-versa).



***Pergunta: “Lindo! Mas como posso eu viver assim, cheio pelo Espírito?”
Resposta:
1) Agora mesmo, faça o seguinte:
1.1) Descubra se há e quais são os pecados INconfessados que o estão separando de Deus.
a) Por auto-exame, sincero (At 20:28; 1Cor 11:28);

Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue. (Atos 20:28)
 Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. (1 Coríntios 11:28)

b) Pelo dedo precisíssimo de Deus (Sal 139:23)

23  Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. 24  E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno. (Salmos 139:23-24)

1.2) Confesse arrependido esses pecados (Sal 32:3-5; 1Jo 1:9).

Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia. 4  Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. (Selá.) 5  Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Selá.) (Salmos 32:3-5)
 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. (1 Joãn 1:9)

1.3) Entregue-se, submeta-se ‘total’, ‘irrestrita’, ‘incondicionalmente’ (Rom 6:11-13).

11  Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. 12  Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências; 13  Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. (Romanos 6:11-13)

1.4) Peça o controle total, a plenitude do Espírito.

7 ¶ Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. 8  Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á. 9  E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? 10  E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? 11  Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? (Mateus 7:7-11)
 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. (João 14:13)
5  E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. (Tiago 1:5)

1.5) Creia que foi atendido, independente do que você sente (não como Pedro andando sobre as águas).

Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. 7  Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. (Tiago 1:6-7)

2) A cada instante:
2.1) Repita a receita acima a cada vez que pecar, sem jamais desanimar. (mesmo que seja 70x7 vezes num dia, mesmo que seja 70 anos depois de ter tido vitória nesta área específica e nela não ter caído tão feio). Sempre se levante da lama em que caiu há 1 segundo atrás, sempre se lave cuidadosamente, sempre arremeta contra o inimigo com todas as suas forças, mais que antes.
2.2) Não entristeça o Espírito por ira (amargura, ódio, malícia, inveja, intolerância, sarcasmo, ...) (Efe 4:29-32).

29  Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. 30  E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. 31  Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós, 32  Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos,       perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo. (Efésios 4:29-32)

2.3) Não extinga o Espírito por medo (ansiedade, timidez, indecisão, complexo de inferioridade, hesitação, depressão, ...)
2.4) Leia-e-rumine-e-pratique a Bíblia . E faça-o diariamente.
2.5) Ore diariamente.
2,6) Obedeça a Deus em tudo que Ele já lhe falou, fazendo com todo seu coração e forças tudo que Ele colocou à sua mão.




[1] Ex 8:7 (feiticeiros “reproduziram” praga de rãs); 7:22 (sangue); 7:12 (vara/serpente); Jó 1:19 (tornado); Mt 7:21-23 (“Nem todo o que me diz: S. S. ...”); 2Ts 2:9 (milagres do anticristo, enganam quase 100% das pessoas) Ap 16:14; Dt  13:1,2; Mt 24:24; At 8:9-11 (o enganador Simão, “o poder de Deus”); Ap 13:14; 19:20.

[2] Experiência + emoções + sentimentos + impressões aos sentidos

[3] Quem irá dizer que Deus age exatamente igual a cada dia, repetindo-se literalmente ao recriar a terra e Adão a cada dia, ao trazer dilúvio a cada excesso de maldade, ao destruir com fogo cada nova Sodoma, ao repetir as 10 pragas do Egito em cada País onde há crentes perseguidos, ao dividir o Mar Vermelho e outros mares e rios e lagos? Quem ousará dizer que o mesmo Jesus hoje e sempre está se repetindo ao morrer na cruz? Etc.
Quanto à sua natureza, Deus é o mesmo sempre. Quanto às suas ações, Deus pode agir diferentemente a cada dia, conforme seu plano para os séculos. Algumas ações foram únicas, como a abertura do mar Vermelho e do Jordão; outras encerraram-se um certo dia, como as festas e sacrifícios da lei cerimonial do VT; outras são repetidas diariamente até a eternidade, como a cessão da seiva da videira aos seus ramos.

[4] “foi confirmada” (“ebebaiôthê”): Aoristo: ação puntilear, considerada como um todo. A. do Indicativo: ação já no passado. A. Efetivo: a ênfase está no fim ou resultado da ação. Portanto entendemos "confirmada completamente, num tempo passado indeterminado.

[5] A Bíblia não registra nem sequer uma outra pessoa com estes dons! Mesmo quando um idioma humano não aprendido foi milaculosamente falado por uma outra pessoa (tal como Cornélio, gentio), foi exclusivamente na presença física e pela operação de algum destes 83 judeus. Note também que todos os indícios apontam na direção de Silas e Barnabé terem sido escolhidos dentre os 70 discípulos, nenhum aponta na direção contrária.

[6]  Se fosse verdade o que muitos pregadores pentecostais pregam, a cada início de qualquer doença ou deficiência (cárie, óculos, etc.) eles seriam restabelecidos à perfeitíssima saúde! Portanto, seriam imortais! Ou, concedamos, todos viveriam 120 anos (e em perfeita saúde). Ou, concedamos mais ainda, todos teriam perfeita saúde até irem para a eternidade ... Como a realidade esmaga esta teoria!

[7] Hipérbole (do grego hyperbole, exceder) é uma figura de linguagem que elegante, efetiva e legitimamente, expressa uma verdade de forma exagerada, que todos aceitamos, mesmo que entendamos ser impossível de ser tomada como já tendo ocorrido literalmente ou de poder ocorrer literalmente: “tomei 1 tonelada de sorvete”, “não vou, mesmo que o mar seque”, etc.
A Bíblia tem muitas hiperbóles, como em Sl 46:2 (note a expressão “ainda que”):

Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.

Note que todas as 4 condições dos 4 “ainda que” em 1Co 13:1-3 jamais ocorreram.

“1 ¶ Ainda que eu falasse [todas] as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. 2  E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. 3  E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.”

[8] Em grego, “serão-tornadas-nada” é <2673> “katarghyhsontai” = futuro voz passiva indicativo 3a pessoa plural.

[9] Em grego, “cessarão-a-si-mesmas” é <3973> “pausontai” = futuro voz média-reflexiva indicativo 3a pessoa plural.

[10] Em grego, “vier” é <2064> “elthê” = 2o aoristo [ação puntilear, considerada como um todo, instante de tempo não definido] ativo subjuntivo 3a pessoa singular.

[11] Em grego, “o” é <3588> “to” = acusativo artigo singular neutro. Poderia ser traduzido por “isto” ou por “aquilo”, para deixar claro que é neutro, não é uma pessoa.

[12] A Bíblia não registra nem sequer uma outra pessoa com estes dons! Mesmo quando um idioma humano não aprendido foi milaculosamente falado por uma outra pessoa (tal como Cornélio, gentio), foi exclusivamente na presença física de algum destes 83 ex-judeus.

[13] Rumores de raríssimas exceções sempre há (claro). Mas, mesmo se forem verdadeiros, são TERRÍVEL testemunho CONTRA o pentecostalismo! Só servem para o BANIRMOS da nossa mente! Vejamos estes rumores:

a- Alguns dos discípulos de Montanus (2o século). Lembre que eram hereges, divisores, pregavam contínua revelação e duas classes de crentes: (“A”, “B”).
b- Sacerdotes Cevenol (17o século). Lembre que caracterizaram-se por falsas profecias, que falharam.
c- alguns dos Jansenistas (18o século). Lembre que a ocasião que eles falaram línguas foi dançando nus sobre o túmulo de Jansen.
d) Discípulos de Mãe Ann Lee (18o século): Lembre que falaram línguas enquanto dançavam nus.
e) Irvingitas (19o século): Lembre que caracterizaram-se por acrescentar revelações além e contrárias à Bíblia.

[14] O pentecostalismo teve 3 ondas (até agora), cada uma se distanciando mais da verdade: a 1a onda, iniciada na década de 1900 entre metodistas não calvinistas nem bem doutrinados, caracterizou-se pela criação de novas denominações (tais como Assembleia de Deus; Igreja Pentecostal; etc.). A 2a onda, iniciada na década de 1950/1960 entre católicos que alegaram salvação e “experiências”, caracterizou-se por infiltração/ tomada/ divisão de igrejas de denominações mais tradicionais (católicas, batistas, presbiterianas, congregacionais, etc.), que não trocavam de nome principal, mas passavam a ser “da Renovação Carismática”. Elas identificam-se e ecumenicamente comungam uma com todas as outras, unidas sobre a base comum das “experiências da renovação carismática”. A 3a. onda, que alguns, desnecessariamente, chamam de neo-pentecostalismo, foi iniciada na década de 1960/1970 entre os pentecostais, e caracteriza-se pela teologia da prosperidade e aberrações (dente de ouro, vômito e sopro do Espírito, gargalhada de Toronto, latidos santos, água magnetizada, óleo de Israel, etc.) vistas nas suas mega-igrejas e mega-tele-cultos (Binn, Macedo, Soares, Milhomens, etc.): “Faça/ dê/ use isto físico (que só nossa igreja e nosso pastor pode lhe vender/ dar), ordene a Deus e aos demônios e ao universo, e você vai ter tudo que quiser, na área financeira, profissional, de saúde, de casamento, etc.”.

- Estas 3 ondas são meras expressões sucessivas do mesmíssimo mar: colocar os sentimentos, os sentidos, os desejos, os pensamentos, as emoções e experiências, acima da Palavra de Deus tomada no seu devido contexto, o que ela DIZ explicitamente a mim, crente neo-testamentário.
- Piores coisas ondas estão por vir, cuidado!

[15] A “lei dos picos” observa que, olhando do passado ou do presente em direção ao futuro, podemos ver, numa profecia, 2 “picos” [eventos distintos] como se fossem somente 1 (e.g., Cristo abatido e Cristo exaltado). A “lei do duplo cumprimento” observa que, muitas vezes, uma profecia é cumprida 2 vezes, sendo a 1a parcialmente e em sentido bem menor, e a 2a completamente e em sentido pleno (e.g. “do Egito chamei o meu filho” foi cumprido no êxodo e em Jesus).
Ver livro (literalista e fundamentalista) de Hermenêutica (interpretação) ou de Escatologia (e.g. “Things to Come”, por Dwight Pentecost; ou “esboço de curso de Escatologia”, por Hélio).

[16] Não temos certeza que há esquizofrenia de origem puramente biológica, menos ainda puramente psicológica. Se as há, não conseguimos diferencia-la da possessão por vários demônios ...



(retorne à página ÍNDICE de http://solascriptura-tt.org/Seitas/Pentecostalismo)