Adventismo do sétimo dia, sabatismo, Ellen G. White, sono após a morte, aniquilamento dos ímpios, expiação pelo bode expiatório emissário, Cristo já voltou em 1844 entrou no santuário e completa a expiação, as portas fecharam-se para os não sabatistas, não segurança da salvação, salvação pela lei e obras, guarda do sábado sabbath, domingo, carnes carne de porco e outros alimentos, vegetarianismo



Sabatismo
(Adventismo Do Sétimo Dia) Sob a Luz das Escrituras





0. FUNDADORA do SABATISMO:


O Adventismo do Sétimo Dia começou em 1845, adaptando e sucedendo William Miller (que caíra muito, com o “Grande Desapontamento” de 22.Out.1844). Teve como líder-fundadora Ellen Gould White. Ela alegou ser extraordinária profetisa e recebedora de revelações (!), de modo que seus livros seriam tão inspirados quanto a Bíblia (!!!)

- As Escrituras dizem, condenando-a:

  Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; (Apocalipse 22:18)




1. ERROS DO SABATISMO

 

1.a. Sono Após a Morte:


* O Sabatismo diz: ”Após a morte, não há céu nem inferno: Entre a morte e a ressurreição, as almas de todos os mortos dormem, inconscientes.”

- As Escrituras dizem:
A Bíblia nunca diz que as almas ficam/ficaram/ficarão inconscientes! Luc 16:22-24; Apo 6:9-10 (antes da ressurreição e do Reino!); Fip 1:23-24; 2Cor 5:1-8; Mat 17:3; Luc 23:43 (estar>gozar); Heb 12:1 (Testemunhas = Heróis do cap. 11); Mat 22:31-32; Gen 35:18; 1Rei 17:21-22; Sal 73:24.

****1.b. Aniquilamento dos Ímpios:


* O Sabatismo diz: “Não há condenação, punição em tormento eterno e literal: Os perdidos, serão aniquilados, transformados em nada, deixarão completa e definitivamente de existir.”

- As Escrituras dizem: Apo 20:10-13 (2 bestas); Mar 9:47-48 (bicho não morre, fumegarão eternamente); Apo 14:11; Rom 2:6-9.


1.c. Expiação:


* O Sabatismo diz: “Cumprindo Dan 8:14, Cristo já retornou, sua 2a vinda já ocorreu  (em 22.Out.1844, para o santuário, invisível, no céu!).”

- A sã interpretação literal-gramatical-contextual-histórica das Escrituras dizem : Dan 8:14 se refere ao terrível Antioco Epifânio, tipo do Anticristo, que massacrou Jerusalém e, por 1095 dias, de 25.12.168 A.C. a 24.12.165 A.C., substituiu os sacrifícios bíblicos por sacrifícios pagãos, antes disto tendo alguns sacrifícios bíblicos deixados de ser feitos.

- As Escrituras dizem: Note Mat 24:23-27 (“parousia” é “chegada, plenamente manifesta”, não “presença secreta”); Ato 1:9,11 + Luc 24:39; 1Tes 4:16-18 (visível e audível); Tit2:13; Isa 11:5-6 (perfeita paz mundial).



* O Sabatismo diz: “ Como no Dia da Expiação (Lev 16), Cristo está, neste instante, completando Sua expiação do pecado, está mostrando ao Pai todos os que (através de arrependimento, penitência, obediência da Lei, e fé em Cristo) têm direito ao benefícios da Expiação.”

- As Escrituras dizem: Heb 9:11-12. Ver também Lev 1:4; 4:20,31,35; 5:10,16; 6:7; 17:11.// Mat 20:28 e Mar 10:45 usam “luton”, usado na Septuaginta para Exo 21:30.//Joa 1:29; 1Cor 5:7; Heb 7:27; 9:7,11,14.// Heb 9:22-26; Gal 3:13.// 1Ped 2:24.// Heb 9:11-12; 1:3; 10:12-14.



* O Sabatismo diz: Satanás será nosso co-redentor (por ser nosso bode expiatório)”

- As Escrituras dizem:
-
Leia todo Lev 16.

- Em primeiro lugar, o contexto não nos assegura que o bode da “remoção” (“Azazel”) é Satanás. Ao contrário, os 2 bodes constituem 1 só oferta pelo pecado!

-- O bode sacrificado (v. 15) representa a EXPIAÇÃO por Cristo, ao morrer por nós (vicariamente, como nosso substituto, sofrendo o castigo de morte que merecemos pelos nossos pecados) assim COBRINDO nossos pecados (mas eles continuam lá!), aplacando a justa e santa ira de Deus, satisfazendo Sua justiça, tornando-O propício (cf. Isa 53:6).

-- O bode da remoção representa a PROPICIAÇÃO (conceito só do Novo Testamento) por Cristo, TIRANDO nosso pecado e levando-o embora, para que Deus jamais o veja novamente, ao nos olhar, e assim nos olhe com prazer, sendo-nos propício. cf. Sal 103:12; Joa 1:29; Rom 3:25; Heb 9:26; 10:4; 1Joa 2:2; 3:5; 4:10). Propiciação = Expiação + Retirada total e definitiva do nosso pecado + Prazer da parte do Pai.


- Em segundo lugar, mesmo se o bode da remoção representasse o Diabo, a mensagem não é que ele é nosso co-salvador, mas sim que, uma vez que fomos lavados pelo sangue de Cristo, a presença dos nossos pecados é removida para sempre dos olhos de Deus.



* O Sabatismo diz: A porta cerrou-se em 1844, agora somente escaparão os adventistas (que aceitam e praticam todas as suas doutrinas).”

- As Escrituras dizem: Joa 14:6; 3:16,18,36; 5:24; Ato 4:12; etc.



****1.d. Securidade da Salvação:


* O Sabatismo diz (Ellen White, citada em “Respostas a Objeções”, de F. D. Nichol): “Aquelas pessoas que aceitam o Salvador, por mais sinceras que sejam suas conversões, não devem nunca ser ensinadas a dizer ou sentir que elas são salvas. ... apenas aquele que resiste na provação receberá a coroa da vida.” Nichol diz: Serão salvos apenas aqueles que (tendo sido redimidos pela graça de Deus) andam em obediência à toda a luz que Deus derramou nos seus caminhos.

- As Escrituras dizem: Mas quem conseguiria andar 1Joa 1:8-10; Rom 7:18ss). Contraste com 1Cor 5:5. Ou, mais completamente, compare com Rom 8:31-39, 29-30; 11:29; Joa 10:27-30.// Rom 5:8-10.// Fip 1:6; 2Tim 1:12. // Joa 10:28; 3:14-16,36. Se salvação fosse perdível (com 1 pecado), jamais seria recuperável, estaria perdida para sempre: Heb 6:4-8.


****1.e. Lei e Obras:

**** O Sabatismo diz: “O guardar a Lei e o produzir boas obras são indispensáveis para completar-garantir a salvação.

- As Escrituras dizem: Efe 2:8-9; Isa 64:6; Gal 3:10-11. A Bíblia amaldiçoa quem prega salvação por obras: Gal 1:6-8. Só o sangue do Cordeiro pode salvar: 1Joa 1:7; Heb 9:22. O homem não pode se justificar: Luc 16:15; Gal 2:16. A guarda da Lei Moral, a prática das boas obras, a produção do fruto do Espírito, são evidência, não causa da salvação; Tit 3:5; Rom 4:6; Ato10 (Cornélio); Efe 2:8-9.



**** O Sabatismo diz: Mat 7:16-21 e Tia 2:14 dizem que as obras é que fazem o cristão

- As Escrituras dizem: Veja o contexto antes e depois destes textos, e tome-os juntamente com Joa 3:16,18; 5:24; Efe 2:8-9; etc.

Os textos ensinam que nem todo aquele que se diz cristão é realmente salvo, seguidor de Cristo. Ensinam que salvação é a causa (a raiz) e as obras acompanhantes são o resultado (o fruto) que infalivelmente se segue como evidência da salvação, nunca ensinam o contrário! Agora, veja Joa 6:29 e responda: Você tem certeza de salvação?



**** O Sabatismo diz: “Mas até que eu sou bonzinho.”

As Escrituras dizem: Isa 64:6; Gal 2:16; Joa 3:3,5; Tia 2:10.



**** O Sabatismo diz: Temos que GUARDAR A LEI, para alcançarmos a salvação.

- - As Escrituras dizem: Ah, amigo, aceite simplesmente o que Deus ensinou aos Galátas (2:16,21; 3:10-11; 4:10-11; 5:2) e Romanos (1:17; 3:20,28; 4:3). Ver também Heb 7:12,19,27; 10:29.


****1.f. A Natureza do SABBATH:


- Sabbath SIGNIFICA “REPOUSO, descanso, cessação”. Não “culto adoração”.

- No Sabbath NENHUM TRABALHO PODIA OCORRER . Nem você, nem nada, nem ninguém (nem mesmo seu restaurante, empregado, animal, etc.) podia trabalhar (Exo 20:8-11). Não se podia sequer apanhar gravetos (Num 15:32-36), apanhar comida do chão (Exo 16:27-28), nem sair de casa (Exo 16:29). Durante o Sabbath, o fogo (e, assim, fogão, eletricidade, freezer, ar condicionado, aquecedor, qualquer objeto (!) mesmo no Pólo Norte) não podia estar aceso sem por um segundo: Exo 35:2-3.

**** O Sabbath NÃO ERA DIA DE ADORAÇÃO numa assembleia, mas sim de total repouso! O Sabatista que vai à igreja, no sábado, quebra o Sabbath (legal, cerimonial)!


****1.g. O SABBATH é da Lei Cerimonial, porque:


****O Sabbath SÓ FOI CONHECIDO DEPOIS DO SINAI . De Adão ao Sinai (Exo 20:8-11) ninguém nunca recebeu ordem para guardar o Sabbath, nem sequer ouviu falar dele: Nee 9:13-14. Deus tinha santificado o 7o dia (Gen 2:3) em Sua santa mente, mas lembre que isto só foi revelado ao homem milhares de anos depois da Criação, quando Moisés (após o Monte Sião) inerrável e inspiradamente escreveu o livro de Gênesis.



- O Sabbath NUNCA FOI ORDENADO DEPOIS DE CRISTO . A Bíblia nunca ordenou o Sabbath antes do Sinai, nem depois da vinda de Cristo! Ordenou-o muitas vezes, mas só entre um e outro.



****O Sabbath, tal como a circuncisão e toda a Lei cerimonial, FOI SINAL DE UM PACTO DE DEUS EXCLUSIVAMENTE COM OS ISRAELITAS : Ex 31:13,16-17; Eze 20:12,20; Deu 5:15 (repetição dos 10 mandamentos de Exo 20 (guardas a páscoa judaica?); Ne 9:14).



**** O Sabbath cerimonial NÃO ESTÁ GRAVADO NO CORAÇÃO-CONSCIÊNCIA DE NENHUM HOMEM : Até os melhores judeus e sabatistas não saberiam quando guardá-lo, após confundirem-se numa ilha em que estivessem sozinhos. Mas, claramente, toda Lei moral (não matarás, etc.) está gravada na consciência de cada homem (Rom 2:14-15), enquanto que nenhuma Lei cerimonial (circuncisão, alimentos, etc.) o está.



**** O Sabbath SÓ PODE SER IMPOSTO E COBRADO POR JUDEUS, na Palestina, e com um governo civil estabelecido diretamente por (e totalmente submisso a) Deus (diretamente ou através de juizes, profetas e reis): a pena por quebrá-lo tinha que ser a pena de morte. (Que é que vocês fazem quando um de vocês quebra o sábado?). Não poderíamos ficar sem fogo e aquecimento, e inativos, nos países mais frios, muito menos de um pôr do sol a outro pôr do sol, próximo aos Pólos (o dia mais frio do inverno pode durar semanas ou meses!). Como um astronauta, ou piloto de jato ao redor da Terra, guardaria o 7o dia?



**** Se o dia do Sabbath tivesse que ser guardado, TERÍAMOS QUE GUARDAR O ANO SABÁTICO : Lev 25:1-6! E o ano de jubileu; as luas novas; a páscoa; todas as festas e sacrifícios judaicos! E a circuncisão; não usarmos tecidos mistos, nem consumirmos semente híbrida; etc.! E impormos, ao menos nas nossas igrejas e famílias, as penas de morte, etc., do V.T.! Das duas, uma: guardemos TODAS as leis cerimoniais, ou não guardemos nenhuma!



No Reino Milenar de Cristo sobre a Terra, os judeus novamente observarão toda a Lei cerimonial: Isa 66:17,21-23.

****1.h. Deus Aboliu Toda a Lei Cerimonial, Para a Dispensação da Igreja


- Reconhecemos que TODA LEI CERIMONIAL TEM UM LIÇÃO PARA NÓS, MAS ELA É SÓ ESPIRITUAL : não usarmos tecido misto ensina-nos a não nos misturarmos com o mundo; não comer sangue ensina-nos a respeitarmos a vida e o doador da vida, que Ele é a Vida e derramou sangue na cruz; o sabbath ensina-nos a ter um repouso semanal; os sacrifícios faziam antever o Crucificado; etc. Mas, como veremos, a prática da Lei cerimonial não é imposta nem traz benefícios espirituais ao cristão.

- O Sabbath casa com a impossível salvação pela Lei: obras, e depois salvação. O domingo de culto ao Ressurreto casa com a Graça: salvação, depois gratidão e frutos.



**** O DOMINGO NÃO É O SABBATH DO CRISTÃO, eles são dias completamente diferentes. O Sabbath, desde Sinai, era para judeus ficarem em descanso absoluto, por força da Lei cerimonial, cada um em sua casa, enquanto o domingo, desde Pentecostes, é para crentes em Jesus Cristo adorarem, por força de vibrante gratidão, reunidos como igreja.



- O SABBATH JUDEU NUNCA FOI “MUDADO” NO DOMINGO CRISTÃO (por Constantino e pelo Romanismo) : mesmo errados em muitos aspectos, eles simplesmente reconheceram que o Sabbath judeu e o dia de culto cristão eram conceitos completamente diferentes, e consagraram o dia de culto já praticado pelas igrejas cristãs de todo o mundo. Ninguém mudou o Sabbath no domingo cristão, são dias completamente diferentes.

- Logo nos primeiros anos do cristianismo, as igrejas, em Israel, eram quase exclusivamente compostas de judeus convertidos, portanto eles de início continuaram permanecendo em casa guardando o sábado em descanso (pois eram Israelitas, vivendo entre Israelitas, querendo não provocá-los desnecessariamente, antes ser-lhes exemplo), e no domingo reuniam-se nas igrejas para cultuarem a Deus. Depois que o cristianismo foi avançando no mundo, depois que houve a dispersão dos judeus e mais gentios foram se convertendo e ultrapassaram em muito o número de judeus, depois que O ESPÍRITO SANTO FOI CONVENCENDO TODOS OS CRENTES, eles foram abandonando a guarda do Sabbath, até que ele desapareceu completamente.



**** OS CRENTES DO N. T. SEMPRE REUNIAM-SE PARA ADORAR SÓ NO DOMINGO : Ato 20:7; 1Cor 16:2.

- Todos os escritos e documentos, mesmo não canônicos, atestam que os cristãos sempre adoraram no domingo. Procure ler traduções desses escritos, desde o mais antigo deles (de 100 D. C., erroneamente atribuído a Barnabé, mas que não foi o BARNABÉ do N. T.) até um contemporâneo a Constantino (o historiador EUSÉBIO, de Cesaréia, em 324 D. C.).



**** Nem Cristo, nem os apóstolos, nem todo o N. T., NEM SEQUER UMA, UMA SÓ VEZ, NOS MANDARAM GUARDAR NENHUM TIPO DE SABBATH, em dia algum . E note que toda a Lei moral e os outros 9 mandamentos são repetidos e novamente ordenados muitas vezes, mas não o Sabbath. Note que o assunto do Sabbath é mencionado muitas vezes por Cristo e pelos escritores do N. T., mas jamais nos é ordenado!



 **** Deus claramente deixa antever que o Sabbath é Lei cerimonial, DEUS CLARAMENTE DEIXA ANTEVER QUE CRENTES EM CRISTO NÃO DEVEM GUARDAR O SABBATH RELIGIOSAMENTE, não devem diferenciar um dia dos outros dias: Col 2:16-17; Gal 4:9-11.



  O “CONCÍLIO DE JERUSALÉM” reconheceu e ensinou que os crentes não precisam guardar a Lei cerimonial: Ato 15:28-29.



JESUS, O SENHOR DO SABBATH, O QUEBRAVA, trabalhando nele
: Joa 5:17-18. Notemos que esta é uma afirmação explícita e é de Deus , não de errôneos judeus citados na inerrável Bíblia.


1.i. Alimentos:

Os Sabatistas dizem: " O crente "prova/complementa/ garante sua salvação por ser totalmente vegetariano e natureba; ou, pelo menos, por não comer carne de porco nem tudo que for proibido no VT ".

- As Escrituras dizem: Rom 14:22-23; Mat 15:11; 1Cor 8:7-13; 10:25-28.



2. COMO LIDAR COM OS SABATISTAS:


2. a. Sempre esteja preparado : 2Tim 2:15; Rom 3:19; 1Ped 3:15.

2. b. Se eles “atacarem sua casa”, “em missão”, explique-lhes amorosa mas muito firmemente que seu amor a Deus lhe proíbe receber o erro em casa : Gal 1:8-9; 2Joa 10-11. Ofereça-se para (com irmão maduro) falar de Cristo, a cada um deles, em separado, num local neutro.

2.c. Numa oportunidade de falar a um sabatista “não em uniforme de ataque”:

- Concentre-se em apresentar o plano de salvação, como Deus lhe orientar (uma possibilidade: 1Joa 1:8-10; 2Ped 3:9; Efe 2:8-9; Rom 10:8-11).

- Responda (sem irar-se) às objeções e volte rapidamente à “estrada principal”: o plano de salvação .

- Enfatize graça (Efe 2:8-9) e justificação (Rom 2:24-25; 8:33-34). E a segurança da salvação (Rom 8:31-39; 29-30; 11:29; Joa 10:27-30.// Rom 5:8-10.// Fip 1:6; 2Tim 1:12.// Joa 10:28; 3:14-16,36).



Hélio de Menezes Silva, 1991.



(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Seitas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )