Amo todo Batista Regular, Bíblico, Independente-Fundamentalista.
Por isso, Tenho Que Exortá-lo Contra
 a MCC (Música Crista Contemporânea)

 

I love the brethren in Christ and thank the Lord for every preacher and every saint in every church that is trying to glorify Christ in this wicked world and to live according to His holy Word.
I look forward to the day when this sinful world will be behind us and all tears will be wiped away and we will have joy in the presence of our Savior forever.
I also look forward earnestly to the day in Glory when there will be no divisions among God’s people and we will all be “straightened out” in every matter and there will be a oneness that is not possible in this present world.
Until that time, I have no greater desire than to see IB churches grow and prosper and return to their former strength and power, that we might win many souls for Jesus Christ while there is still opportunity, and that we might offer a bastion of holiness, purity and truth from the filth and pollutions of this world. That is exactly what this poor man found 38 years ago this coming summer when as a brand new believer the Lord clearly and plainly directed my feet to a little Independent Baptist church in Florida, where my Christian life was put on a good Bible foundation and my feet were set correctly in the paths of righteousness.
We have recently published a string of articles on issues related to the current influx of contemporary music into many independent Baptist churches and ministries. We are convinced that this is one of the ways that the world can pollute the church and stain its purity and that it is the road to end-times apostasy. In fact, we can see with our own eyes the many once-strong churches that have fallen already, and in every case the contemporary music has been at the very heart and soul of the change. That cannot be a coincidence.
Of necessity, I felt that we should be very specific about what is happening even to the point of naming the name of a pastor and an institution.
If I have offended people within various camps around the US and the world, that has not been my intention, and it grieves me that offense should come upon an IB preacher who is just trying to do right. However, I do see that there are great dangers afoot, and I have a passion to try to do something about it.
Music is one of the most powerful forces in the modern world. We would all do well to take notice of the ever-increasing foothold that worldly music is gaining in our churches. A wise pastor will do everything in his power to learn about the sound of it, the ways it is used, and the ways it can cripple his church.
I have been saying for years that it is far, far better to err on the side of being too “strict” in regard to music than not strict enough. It is not a time to erase boundaries and play footsie with CCM. There are too many real spiritual monsters on the other side of those sacred walls, waiting to devour the unwise.
Let me also say that I pray that the best years for Lancaster Baptist Church and West Coast Baptist College and for Paul Chappell’s ministry are ahead of them and that nothing will hinder the growth and usefulness of that ministry which has helped many of God’s people in so many ways. That is my heart's desire and fervent prayer.
Through this “battle” I have prayed for Pastor Chappell as fervently as any preacher I have ever prayed for. I realize that he probably considers me an enemy, and that is certainly understandable, but I have shed many bitter tears over this matter in general and over him in particular over the past two weeks. I hope he won’t consider me an enemy, and if he believes that I handled my warning wrong, that he will forgive me anyway and love me in Christ and see to hear my heart and my passion and the essence of my warning.
I am not infallible; I’m just a weak man trying to do right. I am well aware that I will give account to the Lord for the use of my pen, and it often frightens me, as it should.

Eu amo todos os irmãos em Cristo e agradeço a Deus por todo e cada pastor e santo em toda e cada igreja que está esforçando-se para glorificar a Cristo neste mundo perverso, e para viver de acordo com Sua Santa Palavra.
Anelo pelo dia em que este mundo pecaminoso ficará para trás de nós, e todas as lágrimas serão enxugadas, e eternamente exultaremos de alegria na presença de nosso Salvador.
Também anelo ardentemente por aquele dia, na glória, quando não mais haverá nenhuma sombra de divisão entre o povo de Deus, e todos nós seremos endireitados em cada assunto doutrinário e prático onde estávamos “tortos”, e haverá uma absolutamente perfeita unidade de doutrina e de prática, coisas que não têm a menor possibilidade de ocorrer neste mundo.
Até aquele momento, não tenho desejo maior do que ver toda e cada uma das Igrejas Batistas Regulares, e Bíblicas, e Independentes Fundamentalistas, crescer e prosperar e retornar à sua antiga força e poder, que tiveram no século I, II, III, ... , e tiveram na década de 1940 e 1950, para que possamos ganhar muitas almas para Jesus Cristo enquanto ainda há uma oportunidade, e para que possamos oferecer um bastião, uma fortaleza de fundamentalismo e verdade bíblica, de santidade, de pureza, de denúncia + guerra contra + separação de todo erro doutrinário de igreja e de pecado pessoal, contra a sujeira e as contaminações deste mundo. Este cenário é nada mais que o cenário completamente dominante que este pobre homem encontrou em 1974, há 35 anos atrás, quando um missionário batista fundamentalista bíblico independente (que depois juntou-se aos Batistas Regulares), após cerca de 6 meses de amorosa e pacientemente responder minhas dúvidas e desafios a cada tarde de sábado, viu a mim e minha esposa nos ajoelharmos em sua casa e depositarmos nossa fé no Cristo da Bíblia, crendo total e somente nEle e em cada palavra do Seu Livro, recebendo-O como nosso Salvador, Senhor, e Deus, sendo salvos das trevas do Romanismo e do Espiritismo. Tal bom e amoroso missionário conduziu-me à Igreja Batista Fundamentalista de Manaíra (em João Pessoa), submergiu-me nas ondas do mar, e começou a me discipular. Depois que mudei-me para Campina Grande, começou a organizar a Igreja Batista Fundamentalista de lá, onde minha vida cristã foi colocado sobre um bom fundamento bíblico e meus pés foram corretamente firmados nos caminhos da retidão.
Desde meados da década de 90 tenho estado publicando, em papel e na internet, uma série de artigos, livros e sermões sobre questões relacionadas com mortíferos erros sutilmente se introduzindo nos seminários, institutos, associações nacionais e regionais das Igrejas Batistas Regulares, e Bíblicas, e Independentes Fundamentalistas. Entre tais mortíferos erros sendo introduzidos, um deles é o atual influxo de MCC (Música Cristã Contemporânea) em muitas igrejas e ministérios Batistas Regulares, e Bíblicos, e Independentes Fundamentalistas. Estou convicto de que esta é uma das maneiras mais usadas pelo Diabo e suas hostes de demônios, para fazer com que o mundo possa contaminar as igrejas locais e manchar a sua pureza, é um dos mais eficientes e destrutivos caminhos para a apostasia do fim dos tempos. Na verdade, tenho podido ver com meus próprios olhos muitas igrejas, outrora fortes, que já têm ruído, e em cada caso, a Música Cristã Contemporânea tem sido o coração e a alma da mudança. Isso não pode ser uma coincidência.
...
Vejo que existem grandes perigos em andamento, e eu tenho uma paixão para tentar fazer algo sobre isso.
A música é uma das forças mais poderosas do mundo moderno. Todos nós faríamos se notássemos o ponto de apoio cada vez maior que a música do mundo está a ganhando em nossas igrejas. Um pastor sábio fará tudo ao seu alcance para aprender mais sobre os perigos da MCC, sobre os sons + ritmos + estilos que a caracterizam, sobre as maneiras como são utilizados, e as maneiras que podem grandemente prejudicar sua igreja.
Eu tenho dito há anos que é muito, muito melhor errar do lado de ser demasiadamente rígido e estreito em relação à música, do que não o ser suficientemente. Não estamos em um tempo para apagar as fronteiras e “jogar footsie” {*} com a MCC. Há muitos, horrendos, reais monstros espiritual do outro lado dos muros sagrados, esperando para devorar o imprudente. {* “brincar de footsie” é um jogo de paquera onde duas pessoas se tocam os pés com os pés, debaixo de uma mesa ou outro lugar escondido, como um prelúdio romântico}

 

 

 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SeparacaoEclesiastFundament/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )