COMA A CARNE, JOGUE FORA OS OSSOS


[No Brasil, diz-se “
Amigo, coma o peixe! Basta que Cuspa Fora as Espinhas”.]







Há muitos clichês que soam como se fossem inteligentes e que são muito populares entre os cristãos, e um destes é “coma a carne e jogue fora os ossos”. Muitos têm escrito exortando-me a fazer isto, e eles acham que eu não deveria me preocupar tanto em expor o erro [de doutrina ou de pecado]. Eles ficam imaginando porque será que eu não posso apenas “comer a carne e jogar fora os ossos”.

Existe um pouco de verdade neste clichê, em que o povo de Deus deve estar sempre exercitando o discernimento bíblico quando ouve sermões ou lê livros cristãos. Nós devemos seguir a ordem “
Examinai tudo. Retende o bem.” (1Ts 5:21 ACF)

Mas a Bíblia também adverte duas vezes que 
“um pouco de fermento leveda toda a massa” (1 Cor 5:7; Gal. 5:9) e nos exorta a notar, marcar, e evitar aqueles que ensinam doutrina contrária a aquela que temos aprendido nas Escrituras. (Rom 16:17). Há um grande perigo em se alimentar da carne espiritual errada. [“E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles.” (Rm 16:17 ACF)]

O que fazer se a carne está podre, ou envenenada, ou não tem sido cozida ou corretamente guardada? O governo americano regula como restaurantes devem cozinhar carne, porque carne mal cozida é perigosa. Quando eu trabalhava em um restaurante na minha mocidade, eu fui ensinado a manusear a carne muito cuidadosamente e estocá-la corretamente, porque ela se estraga facilmente. Se você come carne que está estragada ou envenenada ou mal cozida, mesmo se você joga fora os ossos, você estará em dificuldades. Os escritos de homens como Brian Mclaren, Richard Foster, Chuck Colson, Rick Warren, e C. S Lewis contêm uma grande quantidade de carne podre. Aqueles que aconselham o povo de Deus a “comer a carne e jogar fora os ossos” têm que nos explicar como eles sabem que esta “carne” é segura.

Também, o que fazer se os ossos têm [cortantes] lascas ou o que fazer se você fica com um osso preso e atravessado em sua garganta? Quando eu estava crescendo na Flórida, eu freqüentemente ia pescar com meu pai e avô, e eles eram cuidadosos sobre quais peixes eles guardavam e quais eles jogavam fora, porque alguns tinham espinhas demais para se comer com segurança. E minha mãe era muito cuidadosa e ficava de olho em nós quando estávamos comendo peixe, porque sempre havia o perigo da espinha ficar presa em nossas gargantas. De qualquer maneira, isto acontecia de vez em quando e era uma coisa muito desagradável e, de fato, pode ser fatal. Do mesmo modo, muito poucos cristãos são capazes de chapinhar [ainda mais se sozinhos] através de sermões ou livros escritos por pregadores contemporizadores, habilmente jogarem fora todos os “ossos” do erro. Uma das razões porque tantos batistas fundamentalistas estão se transformando em neo-evangélicos é porque eles estão lendo livros e blogs neo-evangélicos, e ouvindo sermões neo evangélicos.

E o que fazer se você não sabe a diferença entre carne e ossos? Uma criança não sabe a diferença e, se tenta comer carne e jogar fora os ossos, rapidamente estará em dificuldade. Do mesmo modo, a média de cristãos, hoje, está em extremo biblicamente ignorante e carnal para distinguir exatamente, entre a verdade e o erro sutilmente apresentado.

Meus amigos, cuidado com clichês [aparentemente] brilhantes mas que não sustentados pelas Escrituras [tomadas como um todo, com interpretação literal (mas dentro do contexto e com atenção à dispensação, claro.)]

Nós vivemos em uma época superficial, apóstata, carnal, e cabe a nós estudarmos a Bíblia diligentemente e pensarmos biblicamente.




David Cloud

Traduzido por Roger at gecore dot com dot br,e revisado por Valdenira N.M.Silva, set.2008.

 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SeparacaoEclesiastFundament/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )