Pergunta que freqüentemente me é feita:

POR QUE A SEPARAÇÃO ENTRE BATISTAS DA CONVENÇÃO E BATISTAS REGULARES / FUNDAMENTALISTAS / BÍBLICOS / INDEPENDENTES?

QUAL A TENDÊNCIA DESTES GRUPOS MAIS RECENTES?





Resposta:

Ao que eu saiba,

até cerca de 1900, 1910, 1920, não havia nenhuma diferença MUITO significativa entre a enorme maioria das inúmeras igrejas batistas, em todo o mundo (no máximo, aqui e ali poderiam haver pequenas diferenças quanto à forma da Ceia, ou quanto ao ponto de equilíbrio entre as doutrinas da soberania de Deus e da responsabilidade do homem, mas tudo isto não é nada em relação ao que veremos depois). A partir de então, aos poucos algumas igrejas batistas americanas foram sendo levadas pelos ventos do Modernismo e do Liberalismo Teológicos que vinham da Alemanha, nação tida como o apogeu do intelectualismo, do eruditismo e da sofisticação, tudo isto se estendendo ao terreno da religião.

Então, começando um pouco antes mas somente crescendo e culminando nos anos 1920, 1930, algumas das igrejas e dos crentes batistas que não queriam mudar nada das doutrinas e das práticas mais básicas e essenciais, levantaram as suas vozes num movimento de reação, tentando reverter a situação, tentando todas as igrejas batistas voltarem a ser o que eram antes. Com o tempo, ficou evidente que não conseguiriam recuperar toda a massa já fermentada, nem mesmo poderiam salvar a maior parte da massa. Por isto, tais igrejas (aquelas formadas pelos crentes mais fiéis e mais combativos em prol da verdade) foram obrigadas a se retirarem da grande massa e a adotarem nomes que as diferenciassem das demais. Isto é, aquelas poucas igrejas não mudaram nada, elas é que deviam continuar usando o nome de Batistas, simplesmente Batistas, as outras é que deviam ter mudado os seus nomes para coisas tais como "Igreja Batista Talvez Um Pouquinho Tolerante do Modernismo Teológico", "Convenção da Igrejas Batistas Talvez Mais Tolerantes Para com o Liberalismo em Doutrina e Práticas", etc. Mas como a maioria, quer certa quer errada, é quem vence (aos olhos da lei humana e da opinião pública), então as igrejas que não tinham mudado nada na doutrina e na prática é que tiveram que criar nomes para se diferenciarem das que mudaram. Daí surgiram nomes tais com Batista Fundamentalista, Batista Independente, Batista Regular, Batista Bíblica, etc.



Portanto, na origem, na década de 1920, 1930, a divergência B. Regulares/ Fundamentalistas/ Bíblicos/ Independentes   versus   B. Convenção (nos USA), foi originada em profundas e justificadas divergências doutrinárias. Usemos um exemplo para melhor entendermos:

- Você era membro de uma igreja da convenção americana, ela recebia de volta um brilhante jovem que ela (7 anos antes) tinha enviado à Alemanha para fazer seminário + mestrado + doutorado em teologia, ele assumia o pastorado e começava a ensinar que Gênesis era pura lenda ridícula, que Deus tinha criado o mundo através da evolução, que Cristo não nasceu realmente de uma virgem, que o sangue de Cristo era exatamente igual ao sangue de qualquer homem e não deve ser enfatizado, que o inferno não é um lugar físico mas sim um estado mental, que Cristo foi um grande homem mas não Deus literalmente, que a Bíblia é um bom livro a ser interpretado simbolicamente, mas não é realmente a palavra de Deus, não é infalível, tem erros, que mais de 1600 versos da Bíblia (mesmo em Hebraico e em Grego) têm erros, etc., etc., etc.

- Aí você e outros crentes fiéis começavam a lutar contra isso, por alguns anos, até perderem as esperanças.

- Finalmente você perdia todo seu investimento financeiro por 30 anos, e saia com um pequeno punhado de crentes fiéis para começarem uma igreja debaixo de um galpão humilde ou de uma tenda, sendo desprezado e insultado e incompreendido e odiado pelos irmãos que não quiseram se afastar do fermento.

- Portanto, o nascimento dos Batistas Regulares/Fundamentalistas/Bíblicos foi por profundas convicções doutrinárias.



Mas devo salientar 2 coisas:

a) HOJE (2004), pelo menos no Brasil que eu conheço, há muitas igrejas Batistas Regulares (e Independentes, e Bíblicas e Fundamentalistas) que têm doutrina e práticas muito ruins, também. Portanto, algumas das 10% piores Igrejas Batistas Regulares (e Independentes, e Bíblicas e Fundamentalistas) estão hoje tão ruins quanto a maioria das Igrejas Batistas da CBB, talvez até piores que os 2% das melhores Igrejas Batistas da CBB. Talvez somente 10% Batistas Regulares (e Independentes, e Bíblicas e Fundamentalistas) satisfariam plenamente o coração dos seus bisavós, mais 70% seriam meramente toleradas com certo pequeno desagrado, 20% seriam completamente intoleráveis, posto que demasiadamente contaminadas com o alexandrismo (filosofia antiga mas ainda hoje grassando, que diz que o chique e sofisticado é ninguém ter certeza de que nenhuma palavra da Bíblia estava nos originais, é crer que todas as Bíblias são equivalentes e aceitáveis, todas elas são meras tentativas de aproximações da verdade), com o pragmatismo religioso (que ensina que os cultos devem ser voltados para atrair os visitantes descrentes), com a música e liturgia mundanas, com o interdenominacionlismo/ecumenismo, com moral e práticas frouxas, com namoricos com o pentecostalismo, ou (no extremo oposto) com a versão legalista- farisaica do fundamentalismo, etc.

b) Há umas poucas (talvez 2%?) e raras igrejas da convenção (mormente na Bahia e no Norte do Estado do Rio?) que ainda têm uma boa doutrina na maioria das áreas, elas só erram em não quererem se separar da CBB, mesmo repudiando os muitos e gravíssimos erros de tal convenção.



Se Cristo não voltar antes, tenho a convicção que os grupos fiéis dentro dos Batistas Regulares (e Independentes, e Bíblicas e Fundamentalistas) terão que se separar dos seus atuais grupos, e começarão grupos separados, tendo que adotar nomes diferentes, porque os iniciais foram tomados pelo fermento, estão irrecuperavelmente contaminados. Talvez criem nomes tais como "Igreja Batista Regular de Verdade", "Igreja Batista Bíblica Mesmo", "Igreja Batista Fundamentalista Nos Moldes Originais", "Igreja Batista Independente Realmente" (Estou brincando, mesmo o assunto despertando lágrimas :-). Mas a Bíblia e a História têm mostrado que o ciclo se repete: um pequeno remanescente fiel se levanta, denuncia, luta pela verdade, é incompreendido, caluniado, ridicularizado, perseguido, expulso, odiado, depois sai e começa igrejas que florescem, ganham almas, edificam, crescem pobres e perseguidas pelas igrejas ricas e apóstatas, mas são gloriosamente abençoadas por Deus; depois, o grupo que era fiel vai enriquecendo, se sofisticando, mas também vai se esquecendo de se humilhar e depender de Deus, vai esquecendo de vigiar e se auto-purificar, vai deixando uns grãozinhos de fermento penetrarem e crescerem aos poucos, sutilmente; depois de 3, 4 gerações (ou seja, depois de 60, 70, 80 anos) a situação novamente ficou tão ruim que um novo pequeno remanescente fiel se levanta, denuncia, luta pela verdade, é incompreendido, caluniado, perseguido, ..., depois sai e começa igrejas que florescem, ganham almas, edificam, crescem abençoadas por Deus; depois o grupo que era fiel vai enriquecendo, se sofisticando, mas também vai deixando uns grãozinhos de fermento penetrarem e crescerem aos poucos, sutilmente; depois de 3, 4 gerações, a situação novamente ficou tão ruim que ... ... ... Etc. Como exemplo do que ocorreu e está ocorrendo nos USA, por favor veja http://www.rapidnet.com/~jbeard/bdm/Psychology/garbc/inclu.htm ( "Associação Geral de Igrejas Batistas Regulares (GARBC): De Separação para Inclusivismo" - Rick Miesel. Ele explica detalhadamente como e porque, por causa da falta de aderência da GARBC (General Association of Regular Baptist Churches) aos princípios bíblicos de separação, então, a partir de 1990, mais de 200 das suas mais fiéis igrejas organizaram e passaram para uma nova comunhão, chamada de IBFNA (Independent Baptist Fellowship of North America)

O fundamentalismo obedece a Bíblia e sai de dentro do erro, depois que lutou contra ele por 2, 3, 10 anos e percebeu que não tem jeito.

O mero batista conservador diz "bem, eu creio de modo absolutamente bíblico, mas deixemos cada irmão da minha igreja e das igrejas irmãs crer e praticar como quiser, de modo absolutamente nenhum eu vou sair da minha igreja e da minha denominação, mesmo que elas apodreçam de heresias."

Se você quiser saber mais sobre os problemas da CBB, leia artigos tais como
 

Porque saí da Convenção Batista Brasileira!
...  Histórico: Me converti em 1980. No ano seguinte, fui batizado e passei a freqüentar uma igreja da Convenção Batista Brasileira no interior do estado de São Paulo. A medida que o tempo foi passando, fui ...
http://www.baptistlink.com/creationists/porquesaidacbbrevisao1.htm - 17k - 2004-01-09
Convenção Batista Brasileira: Casa afundando na areia da apostasia!
  Convenção Batista Brasileira: Casa afundando na areia da apostasia! Parte 4: Sementes do Modernismo  Histórico: A Convenção Batista do Sul dos Estados Unidos ou Southern Baptist Convention - SBC (Convenção ...
http://www.baptistlink.com/creationists/cbbqueda.htm - 40k - 2004-02-04

Porque não sou da Convenção Batista Brasileira
Queda da Convenção Batista Brasileira: Casa afundando na areia da apostasia! Parte 6: Denominacionalismo decadente 20 razões porque não sou da Convenção Batista Brasileira 20 Razões porque um batista ...
http://www.baptistlink.com/creationists/porquenaosoudacbb.htm - 8k - 2004-01-09
 

http://www.solascriptura-tt.org/SeparacaoEclesiastFundament/DecadenciaDoEvangelhoNaConvencaoBatista-Lucio.htm
 


Decadência da Convenção Batista Brasileira:
Decadência da Convenção Batista Brasileira:   APÓSTATAS ECUMÊNICOS A PASSOS LARGOS PARA O JULGAMENTO DIVINO! Matéria em itálicos baseada na Página da Aliança Batista Mundial (Baptist World Alliance ...
http://www.baptistlink.com/creationists/batiscatolico1.htm - 57k - 2004-01-14
Mundanismo da Convenção Batista Brasileira
Convenção Batista Brasileira Casa Afundando na areia da apostasia: Parte 3: Mundanismo Todos os itens abaixos são baseados em fatos reais: 1. Tolerância com membros que pertencem a Maçonaria Numa determinada ...
http://www.baptistlink.com/creationists/mundanismo.htm - 10k - 2003-09-24
Ensinos Anti-Bíblicos
... dos últimos tempos! Quando não especificado em contrário, o autor é José Pedro M. de Almeida * Convenção Batista Brasileira: Casa afundando na areia da apostasia! Parte 1: Liberalismo * Convenção Batista ...
http://www.baptistlink.com/creationists/antibiblicos.htm - 25k - 2004-01-09
Seleção de Artigos para este Site Criacionista
... de misericórdia nos ensinos falsos dos "TESTEMUNHAS DE JEOVÁ"! Maus Pastores dos últimos tempos! Convenção Batista Brasileira: Casa afundando na areia da apostasia! Parte 1: Liberalismo Convenção Batista ...
http://www.baptistlink.com/creationists/linksmapa.htm - 30k - 2003-09-25
DREAM TEAM: O Time dos pesadelos dos crentes fiéis!
... mistério possa ser um pouco esclarecido. Talvez um dos motivos das apostasias e ecumenismos da Convenção Batista Brasileira possa ser atribuído à tolerância desses hereges em seu meio. Vejamos a conexão ...
http://www.baptistlink.com/creationists/dreamteam.htm - 16k - 2003-01-16
Pragmatismo desenfreado na Convenção Batista Brasileira
Queda da Convenção Batista Brasileira: Casa afundando na areia da apostasia! Parte 7: O Pragmatismo desenfreado da Convenção Batista Brasileira Definição: Do grego "pragma": Feito, obra, realização, ...
http://www.baptistlink.com/creationists/pragmatismo.htm - 14k - 2004-02-04
"Liberalismo e Modernismo da Convenção Batista Brasileira"
Decadência da CBB: Parte 1: Liberalismo Apostasia que infesta quase todos os redutos da Convenção Batista Brasileira APÓSTATAS ECUMÊNICOS A PASSOS LARGOS PARA O JULGAMENTO DIVINO! Figura editada do folheto ...
http://www.baptistlink.com/creationists/libmode.htm - 10k - 2003-12-03

 



Hélio de Menezes Silva, 2004




Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SeparacaoEclesiastFundament/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )