SE UM GRUPO FUNDAMENTALISTA BÍBLICO, COM O PASSAR DOS ANOS, FIELMENTE NÃO VIGIAR E GUARDAR SUAS POSIÇÕES, INEVITAVELMENTE CAIRÁ EM APOSTASIA, POIS O CORAÇÃO DO HOMEM É MAU, DADO AO PECADO, E INVARIAVELMENTE PROCURA TORCER A PALAVRA DE DEUS E INTERPRETÁ-LA A SEU BEL-PRAZER.

 

PODE UMA IGREJA APÓSTATA SER LIMPADA?



Temos uma obrigação bíblica de purgar a incredulidade. Entretanto, esta não é mais uma opção em 95% das igrejas onde os problemas acontecem. Não é possível que uma pessoa pertencente a uma igreja no Conselho Nacional de Igrejas possa limpá-la.(1) As escolas são apóstatas. A hierarquia denominacional é apóstata. As conexões são apóstatas. Felizmente, o crente sincero que procura purgar a apostasia será normalmente purgado por ela e acabará sendo um separatista. As Escrituras nos ensinar a purgar a incredulidade.
 

(1 - Nota de Hélio:) - O Conselho Nacional de Igrejas é o concílio nacional do Movimento Ecumênico de Igrejas nos EUA, que é liderado mundialmente pelo Conselho Mundial de Igrejas. Aqui no Brasil, existe o badalado Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC) que cumpre o mesmo papel nefasto em nossa terra. Dele fazem parte a Igreja Católica Apostólica Romana (através da CNBB), Igreja Católica Ortodoxa Siriana do Brasil, Igreja Cristã Reformada, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Igreja Metodista e Igreja Presbiteriana Unida do Brasil. Se existir algum crente sincero numa dessas Igrejas, a ordem bíblica não é outra: "Sai dela, povo meu...").
 

Assim como o Movimento Ecumênico, por possuir uma interpretação de unidade espiritual diferente daquela encontrada nas Escrituras, é apóstata por natureza, o Movimento Pentecostal fora e dentro das Igrejas Cristãs Históricas também é, pois rejeita a singularidade da Revelação Ímpar de Deus, encontrada na totalidade das Escrituras Sagradas do Antigo e do Novo Testamentos (66 livros), em favor de supostas revelações avulsas, afora outras práticas contrárias as Escrituras (insubordinação das mulheres, ministério feminino, palmas no culto, rock in Igreja, músicas folclóricas e danças profanando o santuário, achincalhe do uso bíblico do óleo perfumado quando utilizam o gorduroso azeite de oliva, babelização do culto com suas línguas de origem psíquico-emocional (quando não são de origem demoníaca), curas por indução psicológica, lavagem e controle mental a título de "poder da fé", sessões espíritas em linguagem cristianizada, etc.

Pode uma igreja entregue ao movimento pentecostal (que embora não seja um movimento formal como o Movimento Ecumênico) ser purificada de sua apostasia, principalmente quando a maioria chafurdou na lama da traição ao Sola Scriptura (um dos 5 pontos da Reforma Protestante do Século XVI?

A resposta invariavelmente é um não. " Sai dela, povo meu,...".



John Ashbrook.
livro "Axiomas da Separação"