Pregaria Você em Igreja NÃO Exatamente de “Doutrina BATISTA (mesmo que use outro nome) de Linha FUNDAMENTALISTA”?

Hélio de Menezes

 

 


Caro irmão, Professor Hélio,
Sempre conferindo tudo na Bíblia ACF, há anos e anos estudo e aprendo com os seus bíblicos artigos no seu site
http://solascriptura-tt.org e no seu boletim de notícias solascripturatt@yahoogrupos.com.br, a começar por sua declaração de fé que está resumida em http://www.solascriptura-tt.org/ConfissaoDoutrinariaHelio.htm e, particularmente, a sua defesa da separação bíblica, aquela chamada de segundo grau (isto é: a) denúncia e guerra e separação de crentes individuais que erram quanto pecado e doutrinas, depois deles terem sido advertidos por alguém e rebeldemente continuarem naquele pecado ou erro doutrinário; b) denúncia e guerra e separação de igrejas e grupos religiosos que erram quanto práticas e doutrinas, depois de ambos terem sido advertidos por alguém e rebeldemente continuarem naqueles erros de prática e/ou doutrina; e c) separação daqueles crentes e igrejas e grupos religiosos que, mesmo que aparentemente perfeitos em tudo o mais, não praticam (a) e (b), mesmo depois de terem sido instruídos por alguém), defendida nas dezenas de artigos no sub-site http://www.solascriptura-tt.org/SeparacaoEclesiastFundament/

Recomendo a todos meus irmão em Cristo que comecem o estudo da doutrina da separação bíblica (chamada de separação de segundo graus) lendo os artigos abaixo enfatizados:
 

 

Balaão e os Batistas Pseudo-Fundamentalistas -- Herb Evans 
Batalha da Fe E Propósito da Igreja -- J. Laerton
Batalhando no Tempo do Fim -- Emídio Viana 
Calar Por Amor, Ou Falar Por Verdade? -- Lieth 
Coma a Carne e Jogue Fora os Ossos -- D. Cloud 
Convenção Versus Batistas Regulares / Fundamentalistas / Bíblicos / Independentes -- Hélio 
Cristianismo Fundamentalista -- Laerton 
Cuidado Com a ABWE, ligada aos Batistas Regulares -- Cloud 
Decadência Do Evangelho Na Convenção Batista - (nome do autor retirado em 2011, a seu pedido)
Distintivos Doutrinários Indistintos Dos Batistas Regulares, os -- M.A. Maciel 
Doutrina Da Bíblica Separação, a -- Riffe 
É o Fundamentalismo Meramente o Crer em 'os 5 Fundamentos'? -- Cloud 
Escrituras Exigem Estrito Biblicismo e Fundamentalismo, as -- D. Cloud
Esses Fariseus Fundamentalistas -- D. Cloud
Falsa Unidade E o Dever de Separacão, a -- C.H. Spurgeon 
Falsa Visão Sobre o Amor que Renuncia ao Separatismo Biblico, é a -- C.H. Spurgeon 
Fundamentalismo Definido -- R. Dalton
Fundamentalismo e a Bíblia Almeida da Reforma, o -- Strouse
Fundamentalismo, o - um Breve Histárico -- autor Desconhecido 
GARBC ("General Association of Regular Baptist Churches", isto é, "Associação de Igrejas Batistas Regulares"): como corrompeu-se de Separatismo Para Inclusivismo 
Guerrear No Mais Quente da Batalha, ou no Mais Frio? -- Hélio de M.S. 
Identificacão Com Fundamantalistas, Reformados, Evangelicos e Pentecostais -- Helio
Igrejas Batistas Acordem! -- Jorge Gameiro 
Melhor é Separar-Se De Irmãos Errados -- Anônimo 
Mensagem Limitada, Ou Comunhão Limitada? -- D. Nettleton
Nomear, Imprecar, Satirizar, Oração Imprecatória ... Pode Ser Bíblico -- Hélio 
Podemos Dizer que Alguém é Fundamentalista se ... -- Emídio Viana 
Por Que Você Colocou A Carapuça na Cabeça E Odeia-me? - Hélio 
Por Que Vocã Não Segue Mat 18 ? -- D. Cloud
Porque Sou Fundamentalista -- Luis Antônio Ferraz 
Posso Eu Cooperar Com Organizacão X? -- Helio 
Principais Falsas Doutrinas que são Perigo Para as Igrejas Biblicas, as -- D. Cloud
Quem Es Tu Que Julgas o Servo Alheio? -- D. Cloud
Questionário Para Determinar Grau de Cooperação E Identificação -- Hélio 
Resposta a um Cultuador de Personalidades Ofendido com Palavras Minhas -- Helio 
Resumo De "Deve o Crente Nunca Julgar?" -- F. G. Huling
São Os Fundamentalistas Legalistas? - Hummel 
Separação Entre Irmãos - Aureliano 
Sou Um Fundamentalista -- Dave Hunt 
Tolerância É Antibíblico - Thornwell 
Uma Grande Traição: Ecumenismo -- Hunt 
Unidade Cristã -- Marcos M. 
Verdade Biblica da Separacão, a -- J. Ashbrook

 


e, depois, leiam os demais, do sub-site citado. Também leiam sobre música, em
http://www.solascriptura-tt.org/LiturgiaMusicaLouvorCulto/index.htm


Eu, de todo coração, com toda sinceridade, sempre conferindo com minha Bíblia ACF, basicamente concordo com você em tudo, irmão Hélio. Eu basicamente concordo com os milhares de artigos em seu site e em seu boletim de notícias, exceto 2 ou 3 dúvidas (não objeções sedimentadas, mas somente dúvidas) em 2 ou 3 pontos muito menores. Como você, também sou um batista fundamentalista separatista só-TR literalista pré-mil pré-trib anti-pentecostalismo anti-MCC anti-Ecumenismo anti-divórcio etc.
Mas ficam-me algumas perguntas:

Se convidado, pregaria você em uma igreja NÃO de “doutrina batista de linha realmente fundamentalista e de declaração pelo menos tão rigorosa quanto a sua”? Ou não pregaria em tal igreja de maneira nenhuma? Se pregaria, em que situações ou condições o faria?


Atenciosamente, seu irmão, ABCD

 



RESPOSTA:

Caro irmão,

A pergunta é mais teórica e hipotética, pois, com tantas centenas ou mesmo milhares de pregadores de doutrina batista fundamentalista igual ou muito semelhante à minha, melhor preparados e melhores pregadores que eu, muito mais conhecidos que eu, alguns pertencentes a grandes grupos enquanto eu sou apenas membro da minha igreja que é independente de todos os tipos de grupos, não sei se terei a honra de receber muitos convites que eu possa aceitar. Só para citar alguns dessas centenas ou mesmo milhares de pregadores melhores que eu e da minha mesma linha batista fundamentalista de verdade, lembro, em ordem alfabética, os nomes dos pastores Anízio Gomes Costa, Aureliano Colaço, Benjamim Gardner, Calvin Gardner, Eduardo Cadete, Emídio Viana, Mark Pereira, Miguel Carvalho, Miguel Ângelo Maciel, Otoniel Mendes, Sérgio Ackel, Steve Montgomery, etc. (se esqueci 2 ou 3 pregadores que seria imperdoável eu esquecer por terem sido meus amigos muito próximos, perdoem-me a falha de memória). Há centenas ou milhares de pregadores de doutrina e calibre que eu admiraria se os ouvisse, mas eu só tenho algumas dezenas deles listados em http://www.solascriptura-tt.org/DiretorioIgrejasBatistasFundamentalistas.htm.

Mas responderei à sua pergunta.




Talvez alguns mais batistas e mais fundamentalistas e mais separatistas que eu vão se surpreender e se indignar comigo (e certamente todos os anti-fundamentalistas vão me odiar (ainda mais)), mas minha posição é a seguinte:

- Jesus sempre é a maior lição de todas, e foi pregar (falar, ensinar, inculcar) até em ambientes de publicanos e prostitutas, sim. Mas nunca se identificou, deu ouvidos, absorveu, começou a tolerar e ser complacente com o erro ou pecado; e, quando contraditado e desafiado, face a face chamou os fariseus de filhos do diabo, expulsou os vendilhões do Templo, etc. Devemos estudar como Ele procedeu.

- Tenho a convicção de que o antigo arcebispo de Olinda, Dom Hélder Câmara, se é que não foi convertido no leito de morte, já deve estar no inferno por ter sido um pecador que morreu católico, idólatra, mariólatra, papista, romanista, papa-hóstia, propagador de terríveis erros romanistas que levam ao inferno, além de comunista. Mas ele deu uma lição de sagacidade (embora usada para o mal) em se lidar com convites para pregar em ambientes de posição doutrinária quase que opostas às dele, enquanto romanista. Segundo contam, Hélder Câmara foi convidado para pregar no culto semanal na capela de um grande seminário evangélico de denominação evangélica antiga e respeitada como conservadora. Certamente com medo dos 10% mais genuínos alunos e professores lhe arrasarem com perguntas irrespondíveis porque exporiam seus erros a partir da Bíblia, impôs certas restrições horríveis mas que foram aceitas (que vergonha!), e que servem de lição para todos nós, crentes salvos em Jesus Cristo. Basicamente, segundo me consta, ele disse “vou, mas ninguém fala antes nem depois de mim, só eu falarei, vocês só terão direito de ouvir e aprender o que é o catolicismo e o comunismo que prego.”


Cenário 1: muitos anos atrás, o pastor dirigente de um dos maiores eventos evangélicos interdenominacionais (apologéticos) anuais do Nordeste telefonou-me e convidou-me para dar uma série de conferências sobre Bibliologia. 2 a 4 pregações durante à tarde ocorriam em paralelo, com público de até 1000 pessoas de todo Nordeste, e o culto da noite reunia até 4000 ouvintes (hoje, estes números devem ser bem maiores). Pedi para lhe dar a resposta no dia seguinte, pensei, li a Bíblia, e orei. Eu ouvia falar que lá havia a maior “salada”, com católicos renovados tratados como irmãos, com pregadores de todas as doutrinas e vieses “evangélicos”, com música de todo tipo (às vezes piores que em Woodstock, na minha opinião), com danças e coreografias, com mulheres pregadoras, com prática mentirosa de profetadas, visões, línguas, etc. Então, respondi que aceitaria pregar, na condição de:

a) Eu ir para DAR doutrina bíblica sem RECEBER más doutrinas e práticas através dos meus ouvidos e olhos, portanto no culto só falaria eu e quem eu aprovasse. Ninguém falaria antes de mim, nem depois de mim. Depois da pregação eu poderia ficar até 3 horas no escritório respondendo eventuais perguntas a uma pessoa de cada vez, mas eu não trocaria palavras com ninguém ante o grande público, pois alguém poderia armar armadilhas e incentivar tumultos.

b) Não por vaidade minha, mas para evitar ser identificado com o erro, eu não queria ser "ator figurante" (aquele que somente é usado para dar número e estatísticas, é só 5cm de cabelo no meio da enorme multidão), nem "ator coadjuvante", nem mesmo "ator principal", mas somente "ator único". E eu não queria aparecer em fotos confraternizando ao lado de lobos propagadores de falsas doutrinas.

c) Toda a parte musical ficaria sob meu comando; só se cantariam hinos do Cantor Cristão, por mim selecionados, e só cantariam e tocariam pessoas que eu mesmo levaria. Eu traria músicas em CD (ou traria pianistas) e diretores da música, e só haveria canto congregacional. Se porventura eu concordasse que outras pessoas quisessem cantar/ tocar, teriam que ser aprovados previamente por mim, com dias de antecedência, e somente cantariam hinos do Cantor Cristão, no estilo dos século XVI a XIX. Todas as baterias e outros instrumentos musicais (exceto piano) seriam previamente retirados para o subsolo ou para mais longe, e não ficariam à vista.
d) Praticamente, quem subiria na plataforma e usaria púlpito e plataforma e microfone e voz, naquele dia, seria somente eu. Se encontrassem um outro batista fundamentalista e ele aceitasse todas as minhas exigências, e fosse previamente aprovado por mim, então ele poderia talvez fazer minha apresentação e fazer um "apelo" ou complementação no final. Afora isso, somente eu subiria na plataforma e usaria púlpito e plataforma e microfone e voz, naquele dia. E eu não queria aparecer em fotos confraternizando ao lado de lobos propagadores de falsas doutrinas.

e) Eu teria plena liberdade de pregar sobre qualquer assunto que o Espírito Santo me trouxesse à mente, embora eu só estivesse antevendo pregar sobre o assunto para o que estava sendo convidado. Eu não iria de propósito mudar e pregar um sermão completo sobre o erro dos pentecostais, nem sobre o erro do inter-denominacionalismo, nem sobre os erros da MCC (Música Cristã Contemporânes), etc. Mas se algum cartaz, alguma camiseta, alguma exclamação em voz alta, alguma pergunta desafiassem meu espírito, eu teria a liberdade de falar 1 ou 2 frases contra o erro, SEJA ELE QUAL FOSSE, embora falando com gentileza, em termos genéricos, sem apontar dedos para pessoas presentes nem citar seus nomes ou os de suas igrejas e denominações.

Com toda a boa educação meu convidador disse que não poderia atender minhas condições, e despedimo-nos cordialmente.


Cenário 2: Definamos igreja Pentecostal das mais moderadas como aquela onde 20 ou 30% dos membros seus já reconhecerem que os dons de línguas hoje vistos por aí são obviamente muito diferentes dos de Atos 2, portanto só lhes resta a possibilidade de ser 1) mentira consciente; ou 2) mentira inconsciente causada por pressões psicológicas, ou técnicas de sugestão, ou problemas médicos; ou 3) ação demoníaca; e onde os restantes 80% ou 70% dos membros evitam tais dons, a única diferença para comigo sendo que acham que tais dons podem teoricamente vir a ocorrer em alguma ocasião ou local, não lá. Agora, se uma igreja Pentecostal das mais moderadas me convidasse para pregar sobre algum ponto doutrinário outro que “uma vez realmente salvo, então salvo para sempre” ou “os erros do pentecostalismo e como sair deles”, então eu amorosamente sugeriria que mudassem para um desses dois temas, explicaria que coisas principais devem vir primeiro (não adianta se construir com mármore sobre alicerce em areia frouxa, nem se aceitar pedido de espremendo cravos da pele de quem está com brutal hemorragia e em iminente perigo de morrer), e eu estava convicto de que aqueles dois assuntos eram a maior necessidade de todos os pentecostais. Então, se e somente se aceitassem esses assuntos para uma primeira conferência, eu atenderia o convite e, para tal, exigiria as mesmas condições do Cenário 1.


Cenário 3:
Se uma igreja Batista com posição quase igual à minha (que sou batista fundamentalista, separatista, só-TR, literalista, pré-mil, pré-trib, anti-pentecostalismo, anti-MCC, anti-Ecumenismo, anti-divórcio, etc.), exceto que usam uma bíblia do Texto Crítico, me convidasse para pregar sobre algum ponto doutrinário outro que “a perfeita preservação da Palavra de Deus no Textus Receptus, e porque só devemos usar a ACF”, então eu amorosamente sugeriria que mudasse para este tema, que eu estava convicto de que era a maior necessidade da igreja. Se preferissem deixar isso para um segundo convite a mim, eu aceitaria o tema que eles tinham sugerido, e faria somente a exigência de somente ser usada a ACF, por todos, em todos os cultos da conferência. Eu não precisaria tocar nas outras exigências do Cenário 1, porque eu já sabia que eles já atendiam a todas elas.


Cenário 4:
Se uma igreja Batista com posição quase igual à minha (que sou batista fundamentalista, separatista, só-TR, literalista, pré-mil, pré-trib, anti-pentecostalismo, anti-MCC, anti-Ecumenismo, anti-divórcio, etc.), exceto que estão começando nos primeiros passos da MCC (Música Cristã Contemporânea), me convidasse para pregar sobre algum ponto doutrinário outro que “os terríveis perigos da MCC”, então eu amorosamente sugeriria que mudasse para esse tema, que eu estava convicto de que era a maior necessidade da igreja. Se preferissem deixar isso para um segundo convite a mim, eu aceitaria o tema que eles tinham sugerido, e faria somente a exigência (c) do cenário 1. Eu não precisaria tocar nas outras exigências do Cenário 1, porque eu já sabia que eles já atendiam a todas elas.


Cenário 5:
Se uma igreja Presbiteriana Fundamentalista ou Reformada Fundamentalista, ambas muito evangelistas e missionárias, com posição quase igual à minha (que sou batista fundamentalista separatista só-TR literalista pré-mil pré-trib anti-pentecostalismo anti-MCC anti-Ecumenismo anti-divórcio etc.), exceto que são reformadas (mas que se envergonhem de Lutero & Calvino & outros reformadores terem dito e feito certas coisas muito erradas, não os tenham num pedestal como infalíveis e não criticáveis, e tenham Agostinho como mero católico e defensor de várias heresias), me convidasse para pregar sobre algum ponto doutrinário outro que “os erros da Reforma e como abandoná-los e tornar-se batista”, então eu amorosamente sugeriria que mudasse para esse tema, pois eu estava convicto de que era a maior necessidade da igreja. Se preferissem deixar isso para um segundo convite a mim, eu aceitaria o tema que eles tinham sugerido, e não precisaria tocar nas exigências do Cenário 1, porque eu já sabia que eles já atendiam a todas elas.


Um dileto irmão em Cristo, com quem tenho total comunhão há muitos anos e que tem me ajudado postando artigos no meu boletim solascripturatt, me sugeriu um cenário adicional

Cenário 6: Se uma igreja Católica Apostólica Romana com posição diametralmente oposta à minha (que sou batista, fundamentalista, separatista, só-TR, literalista, pré-mil, pré-trib, anti-pentecostalismo, anti-MCC, anti-Ecumenismo, anti-divórcio, etc.), mas que está querendo ouvir, só e somente só, a mais pura verdade bíblica sobre como ser salvo, me convidasse para pregar, então eu sugeriria que usasse o seguinte tema: "Salvação somente pela graça" e faria as exigências (a) (b) (c) (d) (e) do cenário 1, e acrescentaria uma outra exigência: (f) o estilo do culto não seria como uma missa com o seu momento eucarístico nem tão pouco com as rezas repedidas, mas seria como o de uma igreja batista fundamentalista com os hinos conservadores, e logo em seguida eu pregaria, e ninguém mais falaria depois de mim.

Hélio, ficou uma dúvida: exigiríamos ou não a retirada das imagens de escultura??? Paulo parece ter pregado sem maiores problemas em meio a muitas imagens em Atenas (At 17:15-34)

Bem, eu respeito a posição de meu dileto irmão, mas eu, eu mesmo, só vejo como muito provável que haja bastante salvos, salvos sinceros no desejo de aprender e mudar, se pelo menos forem membros de uma igreja pentecostal super moderada [particularmente se 20 ou 30% dos membros já reconhecem que os dons de línguas hoje vistos por aí são obviamente muito diferentes dos de Atos 2, portanto só lhes resta a possibilidade de ser 1) mentira consciente; ou 2) mentira inconsciente causada por pressões psicológicas, ou técnicas de sugestão, ou problemas médicos;ou 3) ação demoníaca; e se os restantes 80% oun70% evitam tais dons, somente acham que podem teoricamente ocorrer em alguma ocasião ou local], daí para cima: reformados não afundados , menonitas não completamente afundados, batistas não completamente afundados. Em edifícios e eventos organizados por grupos abaixo desses [isto é, em igrejas reformadas completamente afundadas, igrejas batistas completamente afundadas, igrejas católicas (romanas ou ortodoxas), sinagogas judaicas, igrejas de adventistas sabatistas, mesquitas muçulmanas, centros espíritas kardecistas mesa branca, terreiros de macumba, locais de sacrifícios a satanás e seus representantes, até mesmo igrejas pentecostais abaixo das moderadas que defini], por mais tentadoras que sejam as promessas que venham fazer, eu preferiria nunca entrar ali nem mesmo para pregar, mas super- gentilmente lhes agradecer o convite e convidar para vir em peso e ouvir a pregação na igreja de que sou membro, quer em culto evangelístico dentro do seu prédio, ou em local público e aberto, ou através de web-conferência. Ou eu iria pessoalmente na casa de cada um deles, de uma em uma, para lhes apresentar o verdadeiro evangelho e orar pela verdadeira salvação deles. Sim, eu sei que Jesus e os apóstolos pregaram nas sinagogas e no Templo, aos judeus de então, mas os judeus que ainda tinham uma pontinha de sinceridade e de adoração que podia agradar a Deus foram todos convertidos, de modo que todo o judaísmo de hoje é sinagoga de Satanás. Posso passar 100 horas evangelizando judeus individualmente, mas 0 horas nas sinagogas de hoje.
Sim, Paulo foi levado à força para o areópago, para ser interrogado e julgado, e lá pregou, mas aquilo era um misto de Senado e Tribunal Superior, tinha ídolos decorando as paredes mas não era propriamente um templo de idolatria, e Paulo foi levado à força e para ser interrogado, julgado, provavelmente condenado, portanto tinha que se defender pregando o evangelho.

(Ouvidas essas considerações, meu dileto amigo concordou com elas.)



Hélio de Menezes Silva, novembro 2012.



**************************************************


Pr. Miguel Ângelo Maciel acrescentou mais uma pergunta e resposta:

RECUSARIA VOCÊ, PR. MIGUEL, RETORNAR A UMA IGREJA LOCAL QUE ANTES ACEITOU SUAS CONDIÇÕES E LHE CONVIDOU PARA PREGAR NELA?
RESPOSTA:
1. NÃO RECUSARIA. ACEITARIA O 2º CONVITE E DE NOVO PREGARIA LÁ: Se houvesse evidência de que sentem fome por mais, desejam ser corrigidos pela Palavra, atenderam apelo para guerrear pela verdade. Retornaria amorosa e alegremente sob as mesmas condições, e sempre estaria ardentemente orando e desejoso do crescimento na Graça e no Conhecimento de Cristo por parte dos amados irmãos (2Ped 3.18).
 
2. SIM, EU RECUSARIA. NÃO ACEITARIA O 2º CONVITE E NÃO PREGARIA LÁ SEGUNDA VEZ: Se não cumpriram as condições por mim exigidas e por eles aceitas e prometidas, ou se não percebi efeitos benéficos da minha pregação, se a Palavra foi desprezada, renegada, ignorada, se as advertências foram zombadas, ridicularizadas, deixadas de lado, se o pastor (e/ou a maior parte da igreja) continuou rebelde/ teimoso/ desobediente à Palavra de Deus, mas muito temeroso dos homens. Mas eu continuaria sempre aberto para irmãos ou irmãs que individualmente me procurassem, entrassem em contato, desejassem instrução. Eu buscaria alimentar essas almas sedentas e instar para que elas se dobrassem ao jugo de Cristo e lutassem pela verdade mesmo que debaixo de sofrimento, buscando servir a Deus em outra igreja local que fosse fiel aos princípios bíblicos (Judas 3).

Pr. Miguel Ângelo Maciel



*************************************************









Hélio de Menezes Silva, Nov. 2012.


__________________________________________________________

Principais versos da doutrina da Bíblica Separação (e ela só é bíblica e verdadeira se for de “segundo grau”) (também, chamada, por alguns, de Fundamentalismo Bíblico)

Por um lado, Deus, o Senhor, ORDENOU que amemos TODA e CADA pessoa: pecadores perdidos e crentes salvos mas desviados ou em erro doutrinário, etc. Portanto, eu verdadeira e sinceramente AMO, no Senhor, a alma de cada ser humano, ressaltando que amar uma pessoa não é sempre aplaudi-lo e adulá-lo e fazer inchar seu ego, nem andar juntamente com ele, mas, sim, falar-lhes e  tratar-lhes do modo que mais precisa, aos olhos de Deus, e como a Palavra de Deus ordena que eu faça naquela situação, em tudo sendo eu movido por obediência e Deus e por AMOR à pessoa, visando seu bem ETERNO (como em 1Co 5:5)!

Por outro lado, Deus também ORDENOU que não nos associássemos, antes nos separássemos de todos os que TEIMAM em manter erros doutrinários: Rm 16:17-19; 1Com 5; 2Co 6:14-7:1; Gl 1:6-9; 2Ts 3:6,14,15 “...vos APARTEIS de todo IRMÃO que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebeu... notai o tal, e NÃO VOS MISTUREIS com ele, para que se envergonhe...”; 1Tm 6:5; 2Tm 2:15-19; 3:1-5; 4:1-5; 2Jo 7-11.

17 ¶  E rogo-vos, irmãos, que NOTEIS os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; DESVIAI-vos deles. 18  Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples. 19  Quanto à vossa obediência, é ela conhecida de todos. Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios no bem, mas simples no mal.” (Rm 16:17-19 ACF)

1 ¶  Geralmente se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem abuse da mulher de seu pai. 2  Estais ensoberbecidos, e nem ao menos vos entristecestes por não ter sido dentre vós tirado quem cometeu tal ação. 3  Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo, mas presente no espírito, já determinei, como se estivesse presente, que o que tal ato praticou, 4  Em nome de nosso SENHOR Jesus Cristo, juntos vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor Jesus Cristo, 5  Seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus. 6  Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa? 7 ¶  Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. 8  Por isso façamos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade. 9 ¶  Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; 10  Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. 11  Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. 12  Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? 13  Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo.” (1Co 5:1-13 ACF)

 “14  Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? 15  E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? 16  E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. 17  Por isso SAÍ do meio deles, e APARTAI-VOS, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei; 18  E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso. 7:1 ¶  ORA, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus.” (2Co 6:14-7:1 ACF)

 “6 ¶  Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; 7  O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. 8  Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja ANÁTEMA. 9  Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja ANÁTEMA.” (Gl 1:6-9 ACF)

 “Mandamo-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que VOS APARTEIS de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebeu.” (2Ts 3:6 ACF)

 
14  Mas, se alguém não obedecer à nossa palavra por esta carta, NOTAI o tal, e NÃO VOS MISTUREIS COM ELE, para que se envergonhe. 15  Todavia não o tenhais como inimigo, mas admoestai-o como irmão.” (2Ts 3:14-15 ACF)

 “Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; APARTA-TE dos tais.” (1Tm 6:5 ACF)

 “15  Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. 16  Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. 17  E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; 18  Os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns. 19 ¶  Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo APARTE-SE da iniqüidade.” (2Tm 2:15-19 ACF)

 “1 ¶  Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. 2  Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 3  Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, 4  Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5  Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes AFASTA-TE.” (2Tm 3:1-5 ACF)

 “1 ¶  Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, 2  Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 3  Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; 4  E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. 5  Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.” (2Tm 4:1-5 ACF)

 “7 ¶  Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo. 8  Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão. 9  Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho. 10 ¶  Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, NÃO O RECEBAIS EM CASA, NEM tampouco O SAUDEIS. 11  Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras.” (2Jo 1:7-11 ACF)

 

 


 

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SeparacaoEclesiastFundament/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )