O Pseudo-Amor Pseudo-Une



Irmãos, Realmente, o "amor" une (ou seria o ecumenismo?), mas a verdade... bem, a verdade divide/separa (Santificação)! O crente que quer ser FIEL às escrituras... não se misturará com os modismos, "movimentos", falsas doutrinas, etc.. não procurará um "mínimo denominador comum" entre as religiões (mesmo as evangélicas), ou entre irmãos, para, em nome do amor, se unir... A verdade liberta... mas também nos obriga a ser SANTOS = SEPARADOS!   Deus é 3 vezes Santo (SANTO, SANTO, SANTO). E quer que sejamos santos!   A seguir, alguns trechos retirados de um texto maior:  

Lucas 12:51 “Cuidais vós que vim trazer paz à terra? Não, vos digo, mas antes DISSENSÃO;”

João 7:43 “Assim entre o povo havia DISSENSÃO por causa dEle.”

João 9:16 “Então alguns dos fariseus diziam: Este homem não é de Deus, pois não guarda o sábado. Diziam outros: Como pode um homem pecador fazer tais sinais? E havia DISSENSÃO entre eles.”

João 10:19 “Tornou, pois, a haver DIVISÃO entre os judeus por causa destas palavras.”

[as palavras de Jesus!].

Este Jesus está constantemente DIVIDINDO e causando DIVISÃO. Se nós estamos decididos a não correr nenhum risco de divisão na nossa igreja e na nossa denominação, então precisamos jogar fora este Jesus (e muitas igrejas têm tomado esta linha de ação)

Apocalipse 3:20  “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.”



 

A igreja moderna tem chutado Jesus para fora: Ele é divisivo demais...
 

O cristianismo é, sobretudo, uma religião baseada na união - união de gregos e troianos, judeus e gentios, negros e brancos, ricos e pobres, todos unidos numa só fé - mas não tolera a conjunção entre o certo e o errado, a verdade e a mentira, a luz e a escuridão. Assim, a unidade cristã se dá PELA verdade bíblica universal, a Palavra viva, santa e imutável de Deus.

Na sua oração pela unidade, Jesus disse: "Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam; ... Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade." (João 17:8 e 17). [Santifica-os = separa-os]

Se não for PELA Palavra de Deus não haverá unidade cristã verdadeira. Portanto, a unidade não deve ser meramente espiritual, mas também bíblico-doutrinária, mediante a uniformidade da fé.

Se você dirigir o carro para uma quadrilha que assaltou um banco, é considerado tão culpado quanto aqueles que entraram no banco e perpetraram o assalto? Certamente que sim! A lei descreve isso como cumplicidade, um participante no crime. E, existem muitas aplicações jurídicas desse princípio. Existem também muitas aplicações na área da separação.

O que isso está nos dizendo? Basicamente, indica que não precisamos ser aquele que está envolvido em um pecado específico para estarmos errados - simplesmente contemporizar ou estar em cumplicidade já é pecaminoso. Isso é grave e precisa ser encarado com seriedade, pessoal. Deus nos considera responsáveis por nossas ações e, quando conscientemente flertamos com a multidão errada, somos tão culpados quanto ela.

Meditemos...Graça e paz



Humberto Fontes
(parcialmente baseado e adaptando artigos e/ou emails de Hélio de M. Silva e de Ron Riffe.)

 






Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SeparacaoEclesiastFundament/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )