São Os Fundamentalistas Legalistas?


Dan Humel
Traduzido e adaptado por Hélio ( ),
a partir de "The Beacon of Truth Challenger"




 


 

    Pregar duramente, ponto os holofotes sobre o pecado e denunciando os caminhos da impiedade, é rotulado "legalismo". Este tipo de mentalidade tem produzido uma geração de frequentadores de igrejas que pensa que o estabelecimento de qualquer padrão visando o viver santamente, o restringir atividade mundana, ou estabelecer regras para um comportamento piedoso, são uma invasão à "liberdade do salvo". Mas liberdade não é licenciosidade, como alguns querem que você pense. Minha "liberdade em Cristo" não me dá o direito de fazer o que eu quero sem qualquer consideração ao que a Bíblia diz. Nem me dá o direito de fazer o que eu quero sem sofrer quaisquer consequências para meu comportamento.

    Em toda parte, igrejas têm optado por esta tendência da moda e isto tem criado confusão entre muitos e um total abandono de quaisquer padrões, por outros. Hoje, se você "segura as rédeas" e defende obediência aos mandamentos da Escritura, você é rotulado como negativista, sem amor, ditador, e legalista. Mas é esta avaliação verdadeira, à luz da Palavra de Deus? É legalista aquele que exorta a que tenhamos elevados padrões de comportamento? De modo algum

    Proclamar que pessoas salvas devem viver vidas santas é tomar uma posição bem fundamentada em Escritura. Por exemplo, Pedro escreveu: "sede santos, porque eu sou santo" (1Ped 1:16). Isto é mais que uma mera sugestão: é uma clara ordem de Deus. Devemos ser puros e separados do mundo (Rom 12:1,2). Devemos ser retos e nos despir de "fornicação, impureza, afeição desordenada, má concupiscência e cobiça, a qual é idolatria" (Col 4:5). Ao mesmo tempo, devemos nos vestir de santidade, gentileza, humildade, mansidão e longanimidade. (Col 4:12).

    Por que devemos praticar tais coisas [o viver reta e santamente]? Para comprar nossa salvação? Para merecer o favor de Deus? Definitivamente não! Fazemos tais coisas porque somos salvos e chamados para viver uma tal vida [reta e santa].

     Aqueles que têm optado por uma abordagem mais "positivista", sem jamais fazer nenhuma denúncia "negativista", têm criado uma atmosfera onde as modas do mundo são benvindas. Alguns têm feito seus cultos de domingo algo como "encontrão apimentado", enfeitado com laços de música contemporânea que soa mais como um festival de rock do que como um culto a Deus em uma igreja de Deus.

    Chamem-me de legalista se quiserem, mas isto não é mais que a antiga e eterna pregação Bíblica, e esta é onde "tomamos irretrocedível posição guerrear". Convocamos os crentes em todos os cantos para se erguerem e tomarem posição pelo que é certo, separarem-se do mundo, e viver uma viva que se alinhe com a Palavra de Deus. Amém!

 
 

Enviado pelo Missionário Calvin Gardner, Igreja Batista de Catanduva: cgardner@zaz.com.br
 



(retorne à PÁGINA ÍNDICE de SolaScripturaTT / SeparacaoEclesiastFundament)