Parábolas que se Aplicam ao "Reino de Deus em desenvolvimento" (= "Reino dos Céus em preparação"):



1) Passagens Onde O Crente Falso Está Misturado Com O Real, E Muitíssimo Semelhante A Ele:

 

1.1) "Nem todo que me diz Senhor, Senhor ..." Mt 7:21;
(Mt 7:21 [ACF2007]) Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que [está] nos céus.

 

 


1.2) Casas na rocha e na areia Mt 7:24-27; Lc 6:48-49;
Mt 7:24-27  24 Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; 25 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. 26 E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; 27 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda. ACF2007

Lc 6:48-49  48 É semelhante ao homem que edificou uma casa, e cavou, e abriu bem fundo, e pôs os alicerces sobre a rocha; e, vindo a enchente, bateu com ímpeto a corrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque estava fundada sobre a rocha. 49 Mas o que ouve e não pratica é semelhante ao homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a corrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa. ACF2007


1.3) Parábola do semeador e dos 4 solos Mt 13:1-9 (explicada em Mt 18-23); Mc 4:3-9; Lc 8:5-8;
Mt 13:1-9  1 Tendo Jesus saído de casa, naquele dia, estava assentado junto ao mar; 2 E ajuntou-se muita gente ao pé dele, de sorte que, entrando num barco, se assentou; e toda a multidão estava em pé na praia. 3 E falou-lhe de muitas [coisas] por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.
4
E, quando semeava, [uma] parte [da semente] caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na;
5
E outra [parte] caiu em pedregais, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha terra funda; 6 Mas, vindo o sol, queimou-se, e secou-se, porque não tinha raiz.
}7 E outra caiu entre espinhos, e os espinhos cresceram e sufocaram-na.
8
E outra caiu em boa terra, e deu fruto: um a cem, outro a sessenta e outro a trinta. 9 Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. ACF2007

Mc 4:3-9  3 Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear.
4
E aconteceu que semeando ele, uma [parte da semente] caiu junto do caminho, e vieram as aves do céu, e a comeram;
5
E outra caiu sobre pedregais, onde não havia muita terra, e nasceu logo, porque não tinha terra profunda; 6 Mas, saindo o sol, queimou-se; e, porque não tinha raiz, secou-se.
7
E outra caiu entre espinhos e, crescendo os espinhos, a sufocaram e não deu fruto.
8
E outra caiu em boa terra e deu fruto, que vingou e cresceu; e um produziu trinta, outro sessenta, e outro cem. 9 E disse-lhes: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. ACF2007

Lc 8:5-8  5 Um semeador saiu a semear a sua semente e, quando semeava, caiu alguma junto do caminho, e foi pisada, e as aves do céu a comeram;
6
E outra caiu sobre pedra e, nascida, secou-se, pois que não tinha umidade;
7
E outra caiu entre espinhos e crescendo com ela os espinhos, a sufocaram;
8
E outra caiu em boa terra, e, nascida, produziu fruto, a cento por um. Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. ACF2007


1.4) Parábola dos joios e do trigo Mt 13:24-30 (explicada em Mt 13:36-43);
Mt 13:24-30  24 Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo; 25 Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. 26 E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio. 27 E os servos do pai de família, indo ter [com ele], disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio? 28 E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo? 29 Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele. 30 Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro. ACF2007

Mt 13:36-43  36 Então, tendo despedido a multidão, foi Jesus para casa. E chegaram ao pé dele os seus discípulos, dizendo: Explica-nos a parábola do joio do campo. 37 E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem; 38 O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno; 39 O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos. 40 Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo. 41 Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniqüidade. 42 E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. 43 Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. ACF2007


1.5) Parábola da rede e dos peixes Mt 13:47-50;
Mt 13:47-50  47 Igualmente o reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, e que apanha toda a qualidade [de peixes]. 48 E, estando cheia, a puxam para a praia; e, assentando-se, apanham para os cestos os bons; os ruins, porém, lançam fora. 49 Assim será na consumação dos séculos: virão os anjos, e separarão os maus de entre os justos, 50 E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. ACF2007


1.6) Parábola das ovelhas e dos bodes (ao final da Tribulação) Mt 25:31-46.
Mt 25:31-46  31 E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; 32 E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; 33 E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. 34 Então dirá o Rei aos que [estiverem] à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; 35 Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; 36 [Estava] nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes me [ver]. 37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e [te] demos de comer? ou com sede, e [te] demos de beber? 38 E quando te vimos estrangeiro, e [te] hospedamos? ou nu, e [te] vestimos? 39 E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos [ver-]te? 40 E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando [o] fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim [o] fizestes. 41 Então dirá também [aos que estiverem] à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; 42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; 43 Sendo estrangeiro, não me recolhestes; [estando] nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. 44 Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? 45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos [o] não fizestes, não o fizestes a mim. 46 E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna. ACF2007
(irmãos = judeus convertidos na Tribulação e que foram perseguidos pelo Anticristo que os queria matar, e foram, com risco de vida, escondidos e protegidos pelos gentios chamados de ovelhas e não de bodes (estes são do Anticristo)

 



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Sermoes/
retorne a http://solascriptura-tt.org/ )