Reconciliação de Deus para com o homem, no madeiro; e do homem para com Deus, na salvação

10. RECONCILIAÇÃO

Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. 2 Coríntios 5:19

1. Reconciliação é:

a. No Velho Testamento: "kaphar", literalmente"cobrir alguma coisa", ocorre 83 vezes, sendo traduzido "expiação" em 76  e "reconciliação" em 7 vezes.
b. No Novo Testamento (basta ler versos depois):  O verbo "katallassô" ocorre 6 vezes Rom 5:10; 1Co 7 :11 (esposa retornando ao marido); 2Co 5:18-20. O substantivo "katallagê" ocorre 4 vezes Rom 5:11; 11:15; 2Co 5:18-19. Ambas palavras expressam:

"Reconciliar-se", "reconciliação",
referem-se a: mudar de inimizade para amizade; mudar de considerar ofensor e inimigo, mudar de odiar, para doravante considerar amigo e amar; relacionamento de paz (em oposição à anterior guerra), de comunhão (em oposição à anterior inimizade), de remoção de todos os obstáculos, e de acesso ao Pai, tudo trazido pelo derramamento do sangue por Cristo como nosso substituto. A ênfase é em ato e atitude unilateral (primeiramente de Deus [Rom 5:10], na propiciação; depois do homem, na conversão [2Co 5:18-20]).


Note: (1) Reconciliação não contraria a imutabilidade de Deus: Ele é imutável em Seus absolutos ser, caráter e atributos (santidade, justiça, amor, etc.); E, exatamente por isto, muda Sua atitude relativa para com aqueles que são mudados em estado ou atitude. (2): Depois da propiciação, nunca Deus é dito ser reconciliado, a inimizade está somente do lado do homem; e, quando o NT fala da ira de Deus, ela sempre se aplica àqueles que têm ira contra Deus.

"Apokatallassô", "reconciliar-se completa e definitivamente", ocorre 3 vezes Efé 2:16 (crentes ex-judeus e ex-gentios, unidos); Col 1:20-21; 

"Diallasomai" ocorre 1 vez Mat 5:24 (entre homens), "ser reconciliado mútua, simétrica, recíproca, simultaneamente, deixando de lado pecados
mútuos, de um contra o outro". Nunca é usado envolvendo Deus (pois Ele nunca peca, nunca tem nada que precisa ser perdoado).

2. Implicações da reconciliação

a. Que existiu, uma vez, um prévio "odiar como ofensor e inimigo" Col 1:21-22a.
b. Que, agora, a parte ofendida vê a outra favoravelmente, amando, como amigo 2Co 5:20b. 

3. As duas fases da reconciliação

Mesmo que temporalmente simultâneas, a seqüência lógica é propiciação IMPLICA reconciliação da parte de Deus. Propiciação é a causa, reconciliação da parte de Deus é o efeito: A morte de Cristo propiciou a Deus e, conseqüentemente, pela sua parte Deus está reconciliado, faltando ao homem reconciliar-se (arrepender-se, crer, humilhar-se, render-se, receber, ...). 2Cor 5:18-20; ler depois: Rom 5:10.

Portanto, podemos ver a obra da reconciliação em dois instantes de tempo:

a. [1) Desde a eternidade passada, em propósito; 2) no madeiro, em efetivação; e 3) para sempre]: Deus reconciliou Ele mesmo com o mundo, através de Jesus Cristo [a iniciativa, a providência e a consecução são todas e somente de Deus!] 2Co 5:18-19.

b. [Agora]: o homem NECESSITA se reconciliar com Deus através de Jesus Cristo 2Co 5:20.

4. Cronologia até a reconciliação

a. No Éden, Deus e o homem estavam face a face em comunhão
   ->      <-
b. Após a queda, Deus e o homem se separaram um do outro, cada um vendo o outro como inimigo
   <-      ->
c. No Calvário, Deus (já propiciado, já paga a penalidade e o resgate) voltou Sua face para o homem, chamando-o para filiação e glória et cetera. Ler depois Rom 11:15a
   ->      ->
d. Na conversão (através do arrependimento e da fé), o homem volta a sua face para Deus 2Co 5:20b
   ->      <-

Na seqüência da Bíblia:

   Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. (Mateus 5:24)
   10 Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida. 11 E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação. (Romanos 5:10-11)
   Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos? (Romanos 11:15)
   Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher. (1 Coríntios 7:11)
   18 E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; 19 Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pós em nós a palavra da reconciliação. 20 De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. (2 Coríntios 5:18-20)
   E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades. (Efésios 2:16)
   20 E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse
consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na [ver nota] terra, como as que estão nos [ver nota] céus. 21 A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou 22 No corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis, (Colossenses 1:20-22)
   Nota v. 20: As coisas "debaixo da terra" (os anjos e os homens rebeldes) nunca são ditas ser reconciliadas, mas somente subjugadas (Fp 2:10).

5. Conseqüências da Reconciliação

Deus não apenas reconciliou consigo mesmo o homem (rever tudo acima), como também  todas as coisas no céu e na terra. Col 1:20 (acima). Por causa desta reconciliação, Deus:

- Derrama bênçãos temporais também sobre os não salvos. Ler depois (ou ler convocando perdidos ao arrependimento e fé): Mat 5:45; Rom 2:4;

- Dilata ao homem a oportunidade de se arrepender. Ler depois (ou ler convocando perdidos ao arrependimento e fé): 2Pe 3:9;

- Libertará os céus e a terra dos resultados da queda, na efetivação da restauração final. Ler depois: Rom 8:19-21.

   Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. (Mateus 5:45)
   Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade,
ignorando que
a benignidade de Deus te leva ao arrependimento? (Romanos 2:4)
   O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. (2 Pedro 3:9)
   19 Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. 20 Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, 21 Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. (Romanos 8:19-21)

organizado por Hélio de Menezes Silva, 2002.


Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus. Para começar a ter uma idéia da gravidade de muitas das MILHARES de deturpações de todas as "Bíblias" moderninhas, Alexandrinas (baseadas no Texto dos incessantes Críticos), em relação às Bíblias do TR, leia, por EXEMPLO, http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-Helio.htm
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-Emidio.htm



(retorne a http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/ 00-Soteriologia-Curso-Helio-index.htm
retorne a http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)