A ARGUMENTAÇÃO DO CALVINISMO, EM 5 PARÁGRAFOS






O calvinismo começa com a premissa de que Deus não pode falhar em COISA NENHUMA (isto é o que os calvinistas querem dizer quando falam a respeito de "soberania de Deus").
Ora, se Jesus foi à cruz para morrer em prol da salvação de todo o mundo, e se há pelo menos UMA pessoa que aconteça de ser salva, então Deus falhou.
Portanto, Jesus NÃO foi à cruz para morrer em prol da salvação de todo o mundo

Através deste silogismo, você terminará com "Jesus somente morreu pelos eleitos", e as palavras "todos" e "mundo" de todos os versos sobre salvação significam "somente os eleitos" (a letra L do acrônimo TULIP significa = "expiação Limitada")

O fato que Deus não pode falhar também implica necessariamente que todos aqueles que Deus escolheu salvar [e somente eles] serão salvos. Eles não têm nenhuma outra alternativa possível, senão ser salvos. Qualquer resistência ao chamado de Deus é inútil (as letras U e I do acrônimo TULIP significam  U = "graça Unconditional" e I = "chamada Irresistível")

Deus é perfeito, e o homem é perfeitamente mal. O homem é tão podre, por causa da sua queda, que não existe a menor possibilidade dele sequer aceitar ou desejar ou pensar a respeito de vir a Deus, exceto pela intervenção divina (a letra T do acrônimo TULIP significa = "Total depravação do homem") [Hélio esclarece que, na realidade, os calvinistas crêem mais que isto: crêem na Total INABILIDADE do homem responder corretamente (entender, crer, se arrepender, receber, etc.) ao chamado de Deus, a não ser que, primeiro, Deus o salve e o regenere, primeiro o faça uma criatura completamente nova, celestial.

E, finalmente, a única maneira pela qual você pode saber quem são os eleitos é se eles forem fiéis até o fim, não abandonarem a fé de forma definitiva, morrerem na fé (a letra P do acrônimo TULIP significa = "Perseverança dos santos").




Stephen Barrow (não é calvinista! (nem arminiano!) ),

traduzido por Hélio de Menezes Silva



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SoteriologiaESantificacao/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )