5) P (PERSEVERANCE OF THE SAINTS, PERSEVERANÇA DOS SANTOS em Se Conservarem Salvos):




Hélio de Menezes Silva, abr. 2017

(David Cloud, no seu livro Calvinism’s Proof Texts Examined, concluiu dizendo que "Decidimos não lidar com o último ponto da teologia TULIP [o P, de Perseverança dos Santos], porque ele é definido de várias maneiras [por diferentes calvinistas] e porque, se ele [para os melhores calvinistas] significa simplesmente que o salvo não pode vir a ser perdido, então concordamos com este [ponto P.]"

Eu, Hélio, concordo com Cloud que diferentes calvinistas dão diferentes significados ao P de TULIP, e não é totalmente impossível que alguns poucos e raros calvinistas não estejam muito distantes de nós (e, mais importante, não muito distantes da Bíblia) ao entenderem o P não como "
Perseverança pelo esforço dos SANTOS", mas em "Preservação dos Crentes, por obra (e para glória) apenas do SALVADOR, independentemente das infidelidades e quedas dos salvos, a Preservação estando somente nas mãos do Preservador, Deus."
Mas, recentemente, para minha surpresa e tristeza, calvinistas começaram a atacar com violência ao Pr. (Anízio Gomes) da minha igreja e a mim (você imagina a tristeza de ver crentes amados mandarem recado para não mais ir nas casas deles, e o ofenderem pesadamente dizendo que você incentiva a pecar e empurra para o inferno?). Minha maior surpresa e tristeza é que isso tem ocorrido pelo motivo que eu menos imaginava, pois alguns calvinistas (não todos) atiram de canhão em mim não por causa de minha posição quanto aos T, U, L, I da sua sistematização teológica, mas por causa do P (de "Preservação pelo Salvador"), justamente onde eu imaginava que a distância seria a menor entre nós dois, onde eu imaginava que eles até reconheceriam que minha posição bíblica traz mais glória a Deus que a deles, pois eu ensino que é de Deus toda a glória por Ele nos preservar salvos depois que cremos, sem precisar de 0,1% de nossa "força em perseverar". Ao invés de reconhecerem isso e até passarem para minha posição bíblica, eles ficaram furiosos com ela mais do que com todas as coisas, e dizem (nessa fúria dando as mãos a pentecostais arminianos (quem imaginaria isso?) e até a católicos carismáticos (ninguém nunca imaginou isso)) que são os salvos que têm que "saber puxar forças" de Deus para perseverarem até o fim, se não perseverarem isso seria prova de que nunca foram realmente salvos, nem jamais poderão vir a ser, simplesmente porque não foram soberanamente (isto é, arbitrariamente {NOTA *} e caprichosamente {NOTA **}) eleitos por Deus antes da fundação do mundo).

Por tudo isso, e por Cloud não ter querido escrever, eu mesmo, Hélio, resolvi escrever um pouco contra os erros desses tão agressivos calvinistas, quanto ao P da teologia TULIP deles. Que os outros calvinistas que creem semelhantemente a mim (e, mais importante, harmonicamente com a Bíblia) não me queiram mal.

{NOTA *: "arbitrariamente" significa, nos dicionários: "de um modo que só depende da escolha ou da vontade, a qual não necessariamente segue uma lógica/ motivos/ propósitos/ critérios/ modos que realmente existam ou que tenham sido anunciados e que se possam perceber e entender. Ou é uma vontade que somente segue um motivo/ propósito primordialmente para seu próprio bem, ou prazer, ou glória."}

{NOTA **: "caprichosamente" significa, nos dicionários: "de um modo que só depende da vontade súbita, impensada e infundada, (certamente sem ter nenhuma lógica/ motivo/ propósito/ critério/ modo anunciados e que se possam perceber e entender)."}




    Calvinistas:
"Deus não permitirá que nenhum eleito [por SUA PRÓPRIA ação ou omissão, resvale tão fundo, e por tanto tempo, e tão definitiva e finalmente, que] perca a salvação que Deus soberanamente [isto é, arbitrária e caprichosamente] lhe deu."
[Consequentemente, se um aparente crente resvalar tão fundo e tão longa e definitivamente, e, neste estado, finalmente morrer sem arrependimento do tipo que dá convincentes frutos se tiver tempo, então isto será evidência de que ele nunca foi realmente um salvo, o que decorre de que nunca foi ele realmente um eleito por Deus.]

Confissão de Fé de Westminster 17:1: "Os que Deus aceitou em seu Bem-amado, os que ele chamou eficazmente [entenda-se irresistivelmente] e santificou pelo seu Espírito, ELES não podem decair do estado da graça, NEM TOTAL, NEM FINALMENTE; mas, com toda a certeza, ELES hão de perseverar nesse estado até o fim e serão eternamente salvos."
[Consequentemente, se ele não perseverar, é porque nunca foi realmente um salvo, pelo fato de que nunca foi realmente um eleito por Deus. Observação acrescentada por Hélio, mas fiel às explicações que calvinistas dão deste parágrafo da CFW]

Talvez alguns calvinistas vejam somente um lado (o lado "bom") deste parágrafo da Confissão de Fé de Westminster, e ele se torne fonte de absoluta segurança aos seus corações, certeza de que eles mesmos estão definitivamente salvos já hoje, sem nenhuma sombra dúvida de que nunca perderão a salvação (então eu darei graças a Deus por tal segurança e certeza que talvez alguns deles têm),
mas:

·         O próprio Calvino, em seu testamento redigido pouco antes de sua morte, demonstrou que de modo nenhum tinha tal certeza, nem de longe (http://reformed.org/calvinism/index.html?mainframe=/calvinism/calvin_will.html ) "Eu humildemente IMPLORO dEle [de Deus] que [no futuro] Ele ME CONCEDA VIR A SER TÃO LAVADO e purificado pelo sangue do soberano Redentor, estabelecido para os pecados da raça humana, QUE [no futuro] ME VENHA A SER PERMITIDO permanecer de pé diante de Seu tribunal, na imagem do próprio Redentor." [grifos de Hélio].

·         Muitos outros calvinistas que encontrei na minha vida [e longamente sondei sobre este assunto] também estão longe de ter tal ABSOLUTA certeza de salvação [e odeiam quem a tem], portanto, se não ignoram o assunto, então vivem em dúvida, temor e inquietude. Tomam a declaração este parágrafo da C.F.Westminster como estabelecendo que eles somente poderão ter absoluta certeza de salvação no minuto final de suas vidas, se eles puderem pesar tudo e concluírem que perseveraram de forma "suficientemente" boa e, naquele instante final, estão sem nenhum pecado "muitíssimo grave" (o que é subjetivo) e do qual não "se arrependeram completamente, dele pediram perdão, o abandonaram, e fizeram toda reparação possível." Portanto, pelo menos uma significativa parte dos calvinistas não pode hoje ter total, absoluta, perene certeza de que irão para o céu, pois eles pensam que o sinal final se foram (ou não) verdadeiramente eleitos será o grau de perseverança DELES MESMO, somente pesado no minuto final do dia final deles.




Declaração de Fé de New Hampshire, art. 1:
"Cremos que as Escrituras ensinam que os verdadeiramente regenerados são [somente] os que perseveram até o fim 1; que seu apego perseverante a Cristo é o grande sinal que os distingue dos professos superficiais 2; que uma providência especial vela por seu bem-estar 3; e que eles são guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação 4". [Hélio acrescentou a explicação entre colchetes, mas ela é fiel às explicações que já leu e ouviu de calvinistas]

Confissão de Fé Batista de Londres (1689) XVII.1, e de Filadélfia :
"Aqueles a quem Deus aceitou no Amado, eficazmente [entenda-se "irresistivelmente"] chamados e santificados pelo Seu Espírito, a quem foi dada à fé preciosa dos Seus eleitos, não podem cair do estado de graça nem total nem finalmente… mas certamente perseverarão nela até ao fim e serão salvos eternamente…"  


RESPOSTA:
    Em Jo 10:25-30
   
25 Respondeu-lhes Jesus: "[] vos disse [isto], e vós não [o] CREDES. As obras que *Eu* faço em o nome do Meu Pai, essas (obras) testificam concernente a Mim. 26 Mas vós não CREDES porque não sois provenientes- de- dentro- das Minhas ovelhas, como Eu [] vos disse. 27 As Minhas ovelhas dão- ouvidos à Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem;     28 E [a] vida ETERNA Eu lhes DOU; e que, para o SEMPRE, de modo NENHUM pereçam, e NINGUÉM as arrebatará para- fora- da Minha mão. 29 O Meu Pai, que [as] tem dado a Mim, maior do que TODOS é, e NINGUÉM pode arrebata-[las] para- fora- da mão do Meu Pai. 30 *Eu* e o [Meu] Pai, um [] somos."  
- A palavra "credes" mostra que a única condição para a salvação, a ocorrer imediatamente antes da salvação, é [somente] crer.
- A palavra "
eterna" mostra que a salvação recebida pela graça, recebida através da fé, recebida no momento da fé, é eterna, isto sem nunca ter um fim, imperecível, incapaz de ser perdida (não pode ser devolvida, arrebatada, tomada de volta, descartada, não pode falhar, etc.). Se eu tivesse vida eterna hoje e não a tivesse amanhã, essa seria uma estranha vida "eterna", não é mesmo?!...    :-)    Ela deveria ter sido chamada de "vida condicional, perdível, incerta, insegura, temporária", e outros adjetivos semelhantes. Não "eterna".
- A palavra "
dou", como ato de Deus, implica validade eterna, Deus "não emprestou, nem alugou, nem pegará de volta, não quebrará Sua promessa de nos dar vida eterna, ainda que sejamos infiéis" (2Tm 2.13 Se somos infiéis, *Ele* fiel permanece: negar a Si mesmo não pode Ele.)
- As palavras "sempre", "nenhum", "ninguém", "todos" também mostram que a salvação recebida pela graça, recebida através da fé, recebida no momento do nascimento da fé, é eterna, sem fim, imperecível, imperdível (não pode ser devolvida, arrebatada, tomada de volta, descartada, falhar, etc.).
- Como um todo, a passagem nos ensina que o certo é dizermos "
PRESERVAÇÃO infalível, por operação do SALVADOR, Ele é Quem persevera preservando salvo quem creu", ao invés de "PERSEVERANÇA do SALVO em se manter salvo."

    "Veja, então, ó crente, que você pode ser privado de mil coisas [mil bênçãos menores] sem [Deus cometer] qualquer violação desta promessa. A promessa não é que o navio não vá para o fundo, mas que os passageiros chegarão ao destino. A promessa não é que a casa não será queimada. A promessa é que aqueles que estão na casa escaparão. Eles nunca perecerão." (The Complete Works of C. H. Spurgeon, Volume 12, Sermons 668 to 727, a página em Googlebooks não está numerada)



ACUSAÇÃO:
"Hélio, seu herege! Esta doutrina em que você crê e que ensina, isto é, o ensino que 'quem creu biblicamente tem sua salvação eternamente preservada pelo SALVADOR', é um doutrina maldita, que veio da mente de Satanás, pois, ao serem evangelizados, os descrentes não se arrependerão de certos pecados, mas professarão crer já planejando continuar apegados a muitos pecados e grandemente pecar voluntariamente, e crentes acharão que têm uma irrestrita licença para pecar! Se o mais horrível medo (de perder a salvação e terminar passando a eternidade queimando no inferno) não for implantado nos crentes, e reforçada por cada pregação que ouvir, então todos os crentes desembestarão ladeira a baixo e cada vez mais se entregarão ao pecado. Todos nós, os crentes, desesperadamente precisamos do freio e do chicote do diário terror de não irmos queimar eternamente no fogo do inferno."


RESPOSTA:
A acusação está totalmente longe da verdade da Bíblia, e da experiência prática:
- Cresci dentro da religião que, provavelmente, é a que mais insufla este terror diário, a religião católica romana, e (sem ser eu um salvo, claro, sem ser uma nova criatura, sem ser habitado pelo Espírito Santo), mesmo aos mais metidos a santarrões beatos e beatas, padres, etc. que conheci de perto, tal pavoroso medo nunca nos impediu, nem sequer 1mm, de, diariamente, cair nos mais negros pecados, o único cuidado que individualmente tomávamos era não sermos vistos por ninguém. Só isso.

- Também, em Campina Grande, na rua de meu tio-avô Pedro, ele tinha dois vizinhos de duas igrejas reformadas (somente 20 anos depois eu aprendi e que elas amedrontavam os crentes ensinando que devia se preservar "suficientemente", senão ...). Um desses vizinhos era um membro "comum" da igreja e eu conheci alguns dos seus filhos e eles tinham tristeza pela vida secreta dele, semanalmente embriagando-se e envolvendo-se com prostitutas, tudo muito escondido; o outro vizinho era comerciante abastado, da alta sociedade, presbítero e professor na igreja, bebia menos e eu nunca soube de ele prostituir-se, mas minha tia-avó Lídia me contou que seus filhos tinham revolta contra ele, pois secretamente os tratava com enorme tirania e desamor, como também à sua esposa. Minha tia me disse que, somente para se ver livre da tirania, uma filha dele, ainda menor de idade, fugiu para depois casar "na polícia" com um rapaz de quem não gostava muito, somente para escapar do sofrimento em casa. Ora, o terror de não se preservar não ajudou aqueles dois homens, tudo que faziam era ter cuidado para esconderem dos outros os seus pecados.

- Mas gratidão faz o que terror não faz. Na década de 1980, em João Pessoa, conheci Marcos, um ex perigosíssimo criminoso com vários assaltos à mão armada no Rio ou em São Paulo (não lembro), e eu suspeito que ele tinha matado algumas pessoas. Ele me disse que tinha sofrido tantas torturas de policais e gangues rivais que estava imune a isso, podiam matá-lo de pancadas e isto nunca o mudaria, somente aumentaria seu ódio e desejo de vingança contra eles e toda a sociedade. Mas um jovem da 1ª Igreja Presbiteriana na praça 1817, o evangelizou, o convidou para ouvir o pregador convidado (batista independente e que pregou a mesma Preservação pelo Salvador que aqui estou anunciando), o levou para casa, lhe deu de comer e roupas limpas, a família lhe deu tanta atenção e até mesmo a sua Bíblia de maior luxo, ele se sentiu tão amado pelos crentes, que isso foi a única porta para seu coração, ele ouviu o evangelho, creu, foi salvo e libertou-se dos seus vícios. Ele me disse que aquilo que o terror nunca tinha feito, a gratidão pela obra expiatória de Cristo o fez, usando o amor e carinho daqueles crentes, coisa que ele nunca tinha experimentado. Muitos meses depois, Marcos foi embora da Paraíba, nunca mais ouvi falar dele, não sei se ainda viveu muitos ou poucos anos, mas a última coisa que me disse foi que, em gratidão a Deus pela doutrina da Preservação pelo Salvador, então, por gratidão e amor mas não por terror, ele queria entregar sua vida para pregar o evangelho nos locais mais perigosos, mesmo que viesse a ser morto.

- É difícil se fazer estatísticas confiáveis, só o IBGE, com muito dinheiro e pessoal e tempo poderia fazer. Mas, contando apenas pastores que já estiveram em minha casa ou eu nas deles, dos 17 pastores batistas independentes (
CS, PC, Frog, LG, BS, OM, Cic, Cos, BR, WG, AG, WC, MC, SM, MM, AC, LP) e que tinham a posição1 "quem creu biblicamente tem sua salvação eternamente preservada pelo Salvador", somente 1 (5,9%) deles caiu em grave pecado na área moral escandalizando a muitos e arruinando casamento ou ministério, enquanto, dos 9 (F, BB, LR, PG, AN, PV1, PV2, MM, LF) que tinham a posição2 "se não perseverar, é porque nunca foi eleito", 3 (33,3%) deles cairam. Choro de tristeza por todas as 1+3 = 4 quedas, mas nunca se diga que a posicão1 necessariamene causa mais problemas que a posição2. As MINHAS observações diretas não mostram isso.

- Aconteceu que nunca recebi em casa nem fui recebido em casa por pastores com a posição3, que diz "Deus me salvou pela fé e batismo, depois ficou por minha conta me preservar, mas sempre poderei pedir nova salvação, só tenho que ter cuidado para não morrer em pecado e acabar no inferno", mas conheci muitos deles e os acompanhei de certa distância, e, honestamente, temo que mais de 50% deles nunca tenham sido salvos, e que mais de 30% deles cairam em grosseiros pecados escandalizando a todos, em nada diferindo dos piores padres, espíritas e ateus que conheci.

- Na Bíblia, quem foi verdadeiramente salvo é uma nova criatura (2Co 5:17
Assim que, se algum homem [está] dentro de [o] Cristo, uma nova- e- diferente criatura [é]  [ele]: as [coisas] velhas [] passaram, eis que têm sido feitas novas todas as coisas.).
Quem creu tem o ensino e fortalecimento pelo Espírito Santo (Jo 14:26;
Aquele Consolador- Ajudador , porém, o Espírito, o Santo, a Quem o Pai enviará em o Meu nome, *Esse* vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto Eu vos disse. 1Ts 4:8 Assim, então, aquele [que está] desprezando [isto] não ao homem despreza, mas [despreza] a Deus, [que é] Aquele também havendo dado o Seu próprio Espírito Santo a nós),
e agora quer viver para o Cristo.

- Nesta vida, o salvo nunca alcançará perfeição, a perfeita santificação, mas intensamene desejará lutar, guerrear por separar-se do pecado e crescer em santificação, mesmo que, às vezes, caia aqui e acolá Rm 7:14-25. Estará sempre lutando por vitória nesta guerra.
Rm 7:14-25  14 Porque [bem] temos sabido que a lei espiritual é; *eu*, porém,  carnal sou, tendo [eu] sido vendido sob o pecado.  15 Porque o (mal) que faço  não o aprovo . Porque não o (bem) que quero, isso eu faço. Mas o (mal) que aborreço, isso eu faço .  16 Se, porém, aquilo (o mal) que não quero  isso faço , declaro- em- concordância- com a Lei: que [ela é] boa.  17 Agora, então, não mais [sou] *eu* [que] faço isto, mas aquilo habitando  em mim: pecado  18 Porque tenho sabido que não habita  em mim (isto é, na minha carne) [nenhuma] coisa boa; porque [o] querer está presente em mim; mas, [como] realizar aquilo [que é] bom, não descubro.  19 Pois não [o] bem, que quero, eu faço . Mas [o] mal, que não quero, esse faço  eu.  20 Se, porém, o (mal) que não quero*eu*, isto faço , não mais [sou] *eu* [que] faço isto, mas aquilo habitando em mim: pecado.  21 Acho então esta lei: que, (mesmo) desejando [eu] para *mim* [o] fazer o bem, *comigo* o mal está  presente.  22 Porque deleito-me- juntamente- com  a Lei de Deus, no tocante ao (meu) homem interior;  23 Vejo , porém, uma lei de- diferente- natureza, n[os] meus membros, batalhando contra a lei do meu entendimento e me levando cativo  para a lei do pecado, aquela estando nos meus membros.  24 Ó miserável homem [que] eu [sou]! Quem me livrará para- fora- do corpo desta morte ?  25 Expresso eu [toda a] gratidão a Deus através de Jesus Cristo, o nosso Senhor. Assim, pois, *eu*, *eu mesmo*, em verdade com o entendimento sirvo à Lei de Deus; com a (minha) carne, porém, [sirvo]  à lei d[o] pecado.

A Bília ensina e exorta que nós sempre, diariamente, cada dia mais, incessantemente procuremos crescer na santificação prática, e nunca, jamais, baixemos a guarda, nunca deixemos de vigiar e orar para que não caiamos em pecado, e para que, quando cairmos, logo nos arrependamos e busquemos o perdão de Deus, através do nosso Advogado, para voltarmos a jubilar na alegria da comunhão e da salvação a nqual não mais está nas nossas mãos, mas nas de Deus:
Rm 6:12-14  12 Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências; 13 Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. 14 Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.

Rm 6:15 Pois que[?] Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? DE MODO NENHUM.

Rm 3:8 E por que não [dizemos] (como somos blasfemados, e como alguns dizem que dizemos): Façamos males, para que venham bens? A condenação desses é justa.

Uma pessoa que voluntariamente, humildemente, se arrependeu do pecado e se voltou para a cruz, confiando em Cristo como seu Salvador, ela foi definitivamente salva, já está definitivamente salva desde este dia, salva a partir do presente
(At 16:31 E eles disseram: "Crê tu (apoiado) sobre o Senhor Jesus Cristo, e tu serás salvo. Semelhantemente, [creia] a tua família[, e será salva]".    Jo 6:37 Tudo aquilo que Me dá  o Pai, até Mim virá; e que (todo) aquele (homem) que [está] vindo até Mim, de maneira nenhuma Eu o lance fora,     Jo 14:6 Diz-lhe Jesus: "*EU* SOU o Caminho, e a Verdade e a Vida. Nenhum homem está vindo até ao Pai, exceto através de Mim.).

Esta salvação é de uma vez por todas, é eterna e segura. Aqueles que verdadeiramente confiam em Cristo são salvos uma vez, e por Deus preservados salvos [para] sempre.
"Uma vez salvo, sempre salvo."



   
Outros versos mostrando "Preservação pelo Salvador", não "Perseverança do Salvo": Jd 1:1; 2Tm 4:18

    Jd 1:1 Judas  (de Jesus Cristo um escravo; irmão, porém, de Jacobo), àqueles em Deus (o Pai) (já) tendo sido santificados, e em Jesus Cristo tendo sido PRESERVADOS (e chamados- convidados):  

    2Tm 4:18 E me livrará o Senhor (Jesus) para- longe- de toda a obra má, e me PRESERVARÁ para o Seu reinar, que é o celestial. A Quem (a o Senhor) seja glória para os séculos dos séculos! Amém.  

Deus ensina que, uma vez que fomos salvos (pela condição imediatamente anterior, que é a de que cremos e recebemos o Cristo), ELE MESMO (Deus) nos preserva salvos para sempre. (Não há condições adicionais, não há condição ou possibilidade de Ele jamais negar a Si mesmo e retirar Sua promessa, não importa o que façamos. Deus será completa e perfeitamente fiel a Si e à Sua promessa, mesmo que eu certamente não o serei, nem mesmo o poderia ser).

    Se eu pudesse e tivesse que dar alguma mais minúscula ajudazinha na minha salvação ou na preservação dela, então eu bem poderia me gabar no céu, de ter feito meus 50% ou 1% ou 0,01% na obra da salvação!!!

   
"Entenda, então, ó crente, que você pode ser privado de mil coisas sem [Deus cometer] qualquer violação desta promessa.
A promessa não é que o navio não vá para o fundo, mas que os passageiros chegarão ao destino.
A promessa não é que a casa não será queimada. A promessa é que aqueles que estão na casa escaparão. Eles nunca perecerão [em hipótese nenhuma]."
(The Complete Works of C. H. Spurgeon, Volume 12, Sermons 668 to 727, a página em Googlebooks não está numerada)

    Jo 5:24
Em verdade, em verdade vos digo que quem [está] dando- ouvidos à Minha palavra, e [está] crendo para dentro dAquele havendo-Me enviado, TEM [a] vida ETERNA, e para dentro de condenação não vem, mas tem passado proveniente- de- dentro- da morte para dentro da vida.

    Eu creio que estou eternamente salvo porque Cristo prometeu vida eterna se eu cresse. Ora, eterna é eterna. Eu cri no dia 20.07.1974, e Deus não mente nem falha, Ele é fiel às Suas promessas, mesmo eu sendo infiel. Portanto, para mim é mais que certeza absoluta que fui salvo de uma só vez para todo o sempre, eternamente, Deus é e será o meu preservador, o meu garantidor, o selo e penhor da minha salvação, pelos séculos dos séculos, sempre e eternamente, não importam minhas fraquezas, quedas e infidelidades, é Ele quem é o Fiel, a Fidelidade.



    A Bíblia ensina que o crente tem (passivamente) sua salvação PRESERVADA, sim, por DEUS (não pelo crente). Não ensina que o crente "tem que PERSEVERAR, senão ...", não ensina que sua salvação somente é assegurada se ele perseverar. A continuação no estado de salvo não depende em absolutamente nada do salvo, mas somente da irrotrocedível garantia do Salvador.

    Jd 1:1  
Judas  (de Jesus Cristo um escravo; irmão, porém, de Jacobo), àqueles em Deus ([o] Pai) (já) tendo sido santificados, e em Jesus Cristo tendo sido PRESERVADOS ([e] chamados- convidados):

   
1Ts 5:23-24  23 E ELE MESMO, O DEUS de paz, vos santifique completamente; e (eu oro a Deus) [que] o vosso completo espírito e alma e corpo, irrepreensíveis até  à vinda de o nosso Senhor Jesus Cristo sejam plenamente PRESERVADOS.  24 Fiel [é] Quem vos [está] chamando, o Qual também fará [isto].

   
Jo 10:27-29  27 As Minhas ovelhas dão- ouvidos à Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem; 28 E [a] vida eterna Eu lhes dou; e que, para o sempre, de modo nenhum pereçam, e ninguém as arrebatará para- fora- da Minha mão. 29 O Meu Pai, que [as] tem dado a Mim, maior do que todos é, e NINGUÉM PODE ARREBATÁ-[LAS] PARA- FORA- DA MÃO DO MEU PAI.

   
Cl 3:3-4  3 Porque [] morrestes, e a vossa vida tem sido escondida- da- vista juntamente- com o Cristo, DENTRO DE O DEUS. 4 Quando o Cristo ([o Qual é] a nossa vida) for manifesto, então, também *vós*, juntamente- com Ele sereis feitos manifestos, em glória.

   
Hb 7:25 Por isso, também pode salvar completa- perfeitamente àqueles [que] [estão] se chegando, por- operação- dEle, a Deus, sempre vivendo Ele para interceder em- benefício- deles.
   
    Eu sei, com toda certeza, tenho a mais completa, absoluta, definitiva, certeza de que eu vou para o céu, porque Deus deu-me Sua palavra de que está e sempre estará me preservando, garantindo, selando e sendo o penhor. Não sou eu (pecador, fraco, infiel, Rm 7:24
Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?) quem está preservando minha própria Salvação. Eu não fui salvo pelas minhas boas obras
(
Ef 2:8-9  8 (Porque por- operação- da graça (de Deus) sois [aqueles] (já) tendo sido salvos, por meio da fé). E isto não [é] proveniente- de- dentro- de vós mesmos, [é] dom de Deus, 9 Não [é] proveniente- de- dentro- das obras, a fim de que não (possa acontecer que) algum homem se vanglorie;    Rm 4:5 Àquele, porém, [que] não [está] trabalhando mas [está] crendo (apoiado) sobre Aquele (Deus) [que está] declarando justo o ímpio, é imputada a sua fé para  justiça.),
portanto, eu não permaneço salvo pelas minhas boas obras e minha perseverança, ao contrário, sou preservado pelo PODER DE DEUS, não pelo meu próprio poder! Deus é plenamente capaz de me impedir de terminar indo para a eterna condenação no inferno, porque eu sou Seu filho e eu estou guardado bem dentro da sua invencível mão fechada (Jo 10: 28-29).

Ef 4:30 (
E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, dentro de Quem (dentro de o Espírito Santo) VÓS FOSTES SELADOS para [o] dia d[a] redenção.)
diz que fui selado pelo Espírito Santo de Deus até o dia da redenção! Eu não estou preocupado em perder minha salvação. Eu sei, com toda e final certeza, que vou para o Céu, porque estou sendo preservado pelo poder de Deus, não pelo meu. Pela fidelidade de Deus, não pela minha própria.

"Eu sei que eu vou para o Céu porque Deus PROMETEU a segurança eterna a todos os que CREEM em Seu Filho, o Senhor Jesus Cristo. 'Crer' em Cristo é 'receber' Cristo, de acordo com João 1:12." James L. Melton.

Em 20.julho.1974, eu, Hélio, me arrependi dos meus pecados, e cri, e recebi Jesus Cristo como meu Salvador. Eu entendi que eu estava perdido em meus pecados, condenado ao inferno para sempre
(
Jo 3:18 Aquele [que está] crendo  para dentro dEle (o Filho) não é condenado; aquele, porém, [que] não [está] crendo [para dentro dEle] (o Filho) já tem sido condenado, porquanto não tem crido para dentro de o nome de o unigênito  Filho de Deus.
 
   Jo 3:36 Aquele [que está] crendo  para dentro de o Filho tem a vida eterna; mas aquele [que] não [está] crendo- submetendo-se a o Filho não verá [a] vida, mas a ira de Deus permanece sobre ele.").
Então, meu amigo Charles Smith me falou como eu poderia ser salvo de meus pecados e do inferno, se eu me ARREPENDESSE, CRESSE e RECEBESSE o Senhor Jesus Cristo. Eu recebi Cristo, cri somente nEle, que Ele tinha todo o poder para me salvar definitiva, completa e eternamente. Cri, confiei totalmente nEle, pois eu sabia que Ele era a minha única esperança. Eu invoquei Seu nome pedindo perdão arrependido e rogando que me salvasse, e Ele o fez
Rm 10:13 Porque todo- e- qualquer- homem que invocar o nome de o Senhor (Jesus)  será salvo.
   Rm 10:9-10  9 Porque, se confessares  na tua boca a [o] Senhor Jesus, e creres dentro do teu coração que Deus O ressuscitou para- fora- de- entre [os] mortos, serás salvo.  10 Porque com [o] coração [o homem] crê , para [a] justiça; e com [a] boca Ele (Jesus) é confessado , para a salvação. Ele me trouxe para fazer parte da família de Deus, como um "filho [adotivo] de Deus"
Jo 1:12 A tantos, porém, quantos O receberam, Ele (o Palavra) deu a estes [a] autoridade para ser[em] [tornados os] filhos de Deus, (a deu) àqueles [que estão] crendo  para dentro de o nome dEle (o Palavra),

   1Jo 3:2-3  2 Ó amados, agora filhos de Deus somos, e ainda não foi feito manifesto o que seremos. Mas temos sabido que, quando Ele (o Cristo) for feito manifesto, [então] semelhantes a Ele (o Cristo) seremos; porque O veremos assim- como Ele (o Cristo) é; 3 E todo aquelE que [está] tendo esta esperança (apoiada) sobre Ele (o Cristo), purifica a si mesmo, assim- como *Ele* puro é.

Antes, eu era um filho do diabo, um filho da ira
    Jo 8:44 Vós sois provenientes- de- dentro- de [o vosso] pai (o Diabo), e quereis fazer as concupiscências do vosso pai. Ele era homicida desde [o] princípio, e não se firmava em a verdade, porque não há verdade nele. Quando quer que ele (o Diabo) profira mentira, fala proveniente- de- dentro- do que lhe é próprio, porque é [o] mentiroso, e o pai dele (o homem mentiroso).
    Ef 2:2-3  2 Em que, em tempos passados, andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestadE do ar, o espírito que agora [está] efetivamente- operando nos filhos da desobediência, .  3 Entre os quais também, *nós* todos, em tempos passados mantivemos- conversação- e- maneira- de- viver  nos desejos da nossa carne, fazendo os desejos da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos d[a] ira, como também (o são) os demais [homens],

mas agora estou eternamente seguro como um filho de Deus.

E a Questão da Disciplina e dos Galardões e Coroas?

Mesmo meu homem novo sendo incapaz de pecar (1Jo 3:9 Todo aquelE (já) tendo sido nascido proveniente- de- dentro- de Deus, pecado não está- praticando, porque [a] semente dEle (Deus) nele (o salvo) permanece, e (o salvo) não pode- estar- pecando, porque proveniente- de- dentro- de Deus tem sido nascido.)
e me levando a odiar o pecado e anelar nele jamais cair Rm 7:14-25 (longe, acima),
o meu homem velho (diariamente?) me faz pecar, para minha tristeza e vergonha (Rm 7:24-25, idem).
Cada vez que eu fraquejo como um filho de Deus, e peco, e continuo naquele pecado, então meu Pai Celestial progressivamente me repreenderá e me castigará (He 12:5-11), assim como qualquer bom pai [o faz], até mesmo ao ponto de tornar-se não usável na obra 1Co 9:27, perder galardões já ganhos 2Co 5:10; 1Co 3:15, e sofrer morte física 1Co 5:5; 1Jo 5:16-17.

    Hb 12:4-8  4 Ainda não até [ao] (ponto de derramardes- para- fora)- sangue resististes, [enquanto] contra o pecado lutando. 5 E já tendes- completamente- sido- feitos- esquecer da exortação, a qual convosco, como com filhos, de- forma- completa- argumenta: "Ó filho Meu, não desprezes tu [a paternal]- instrução- até- por- castigos de [o] Senhor, e não sejas tu afrouxado- quanto- força, [quando] por Ele sendo repreendido. 6 Porque a quem [o] Senhor ama, [Ele paternalmente]- instrui- até- por- castigos, e (paternalmente) açoita a todo filho a quem Ele recebe." 7 Se [paternal]- instrução- até- por- castigos pacientemente- suportais, (percebes que) como a filhos vos está tratando Deus; porque quem é [o] filho a quem não [paternalmente]- instrua- até- por- castigos [o seu] pai? 8 Se, porém, estais sem [paternal]- instrução- até- por- castigos, da qual têm sido feitos participantes todos (os filhos), então bastardos sois, e não filhos (legítimos).),
    1Co 9:27 Mas mantenho- [subjugado]- debaixo- do- [meu]- olhar o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que não (de algum modo), aos outros havendo eu publicamente- pregado, eu mesmo seja reprovado.  

    2Co 5:10 Porque a todos nós é necessário ser[mos] manifestos diante da cadeira- de- juiz (sobre- plataforma) de o Cristo, a fim de que receba cada um as coisas [feitas] por- ação- do [seu próprio] corpo, segundo o que ele (o corpo) fez, quer bem, ou mal.

    1Co 3:15 Se de algum homem a obra será completamente- queimada, ele sofrerá perda; *ele mesmo*, porém, será salvo (todavia, de modo como que através d[o] fogo).

    1Co 5:5 Abandonar[mos] o tal a Satanás, para dentro da destruição da carne, para- o- resultado- de o espírito vir a ser preservado dentro do dia de o Senhor Jesus.

    1Jo 5:16-17  16 Se algum homem vir o seu irmão [estando] pecando um pecado [que] não [conduz] em direção à morte, pedirá (a Deus), e Ele (Deus) lhe dará [a] vida([isto é,] àqueles [que] [estão] pecando não em direção à morte: há pecado em direção à morte, [e] não a respeito desse (pecado) falo a fim de orar[des]. 17 Toda [a] iniquidade pecado é, mas há pecado [que] não [conduz] em direção à morte).


mas Ele não me condenará [ao inferno] com o mundo
(
1Co 11:32 [Em] sendo julgados, porém, pel[o] Senhor (Jesus), somos [paternalmente]- instruídos- até- por- castigos, a fim de não, juntamente- com o mundo, sermos condenados.).




RESUMINDO tudo que cremos, pela Bíblia, e que dissemos acima:

- A salvação de quem CREU é PRESERVADA não por ele, mas por DEUS Jo 3:18; 10:28-29; Rm 8:28-30,35,38-39; 1Co 5:3-5; Ef 4:30.

- Uma vez presenteada e recebida a salvação (por ação da graça de Deus, por meio da fé), ela é incapaz de ser perdida, é por DEUS preservada dentro de Suas onipotentes mãos, mesmo se o crente morrer sem arrependimento e sob disciplina, no pior pecado imaginável (inclusive após adultério, seguido de assassinato, seguido de suicídio) 1Co 3:15 (toda a glória seja dada a Deus), embora nesta terra, até o ponto de morte seja moído sob pesada disciplina, perca alegria e comunhão, perca galardões e coroas.

- https://www.evangelicaloutreach.org/suicidebk.htm (embora nos criticando) fornece uma lista de muito influentes pastores com a nossa mesma posição acima, inclusive referindo-se explicitamente ao caso de suicídio:
Les Carter; Charles Stanley; Ron Rhodes and Paul Carden; Rich Thomson assistente de John MacArthur Jr.; Hank Hanegraaff; David Jeremiah; June Hunt; Robert Morey; Adrian Rogers; David Breese; J. Vernon McGee; Radio Bible Class; Bob George; Joseph C. Dillow; Erwin Lutzer; Jack Hayford, etc.

- Há milhões de crentes batistas de todos os séculos e que não são arminianos nem calvinistas, e que creram e creem e pregam exatamente como nós. Todos os 8 pastores das igrejas de que fomos membros nestes 43 anos: CS,
PC, OM, BR, LP, WG, JP, AG, WC.






Hélio de Menezes Silva, jan. 2017.

 



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SoteriologiaESantificacao/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)