Sobre Duvidar da Salvação e Ter Conflitos na Vida Cristã

(Título original: ON DOUBTING SALVATION AND STRUGGLING WITH THE CHRISTIAN LIFE)

David Cloud






Eu tenho notícias de muitas pessoas que duvidam de sua salvação e eu sempre tento achar tempo para responder seus e-mails no meio do dilúvio de correspondências que eu recebo. Recentemente eu recebi o e-mail abaixo. Exclui as referências específicas das pessoas, lugares, igrejas e escolas para preservar as identidades.
 



Caro Irmão Cloud,

Estou escrevendo para que você me ajude a esclarecer algumas coisas na minha cabeça. Apesar de passados muitos anos, hoje eu tenho extrema dúvida sobre minha salvação. Algo assim tão grande, que isso me enfraquece de vez em quando. Sou casada há poucos anos e tenho uma criança que faz pouco tempo que aprendeu a andar. Estas dúvidas fazem-me murchar, e tornam-me inútil a meu marido e ao meu bebê. Passo muitos dias chorando e lendo minha Bíblia e implorando a Deus para me ajudar.

A questão é que eu fiz muitas profissões de fé. Aproximadamente cinco, e fui batizada biblicamente
. Na última profissão que fiz, não fui batizada porque eu não estava certa se Deus já havia me dado garantia de que eu era salva ou se estava sendo salva naquele momento. Mas a última profissão foi a mais real em meu coração. Isso foi quando eu estava na faculdade e um pregador veio pregar na capela sobre este mesmo assunto. Sobre como ele teve dúvidas, e fez muitas profissões, mas ainda continuava sem nenhuma paz.
Ele percebeu finalmente que ele tinha que confiar em Cristo e em Seu sangue derramado, não importava se ele era um perdido ou salvo.

Eu sabia que tinha que falar com este pregador,
assim eu fui até ele depois de sua pregação, e ele explicou-me o que era salvação do modo mais claro que eu jamais tinha ouvido. Era exatamente o que eu vinha ouvindo desde o princípio, mas naquele dia isso fez mais sentido. Talvez fosse o Espírito Santo me ajudando a entender? De qualquer maneira, ele disse que independentemente de eu estar perdida ou salva, eu precisava lavar minha alma no sangue de Cristo. Confiar meu maior tesouro aos cuidados dEle. Ele então mostrou para mim na Bíblia que só o Sangue pode lavar meus pecados, e que eu era culpada ante Deus por meus pecados. Quando Cristo morreu, ressuscitando, e ofereceu o SEU sangue sobre o trono de misericórdia, Deus ficou satisfeito pelo pagamento dos pecados do homem.
 
Depois que nós conversamos, eu fui para meu dormitório pensando sobre tudo que ele disse. Ele disse muita coisa mais, mas isto é o que ficou gravado em minha mente. Finalmente eu percebi que se Deus estava satisfeito com o sangue do sacrifício de Cristo para pagar por meus pecados, então eu entendi que eu também poderia ficar satisfeita.
Assim, eu falei a Deus exatamente isso. Que eu sabia que eu era uma pecadora, mas eu acreditava que o sangue de Cristo era suficiente para encobrir os meus pecados, e eu confiei em Cristo para me salvar através de Seu sangue derramado. Naquele momento eu tive muita paz e soube que eu fui aceita como uma filha de Deus.
Então, por que eu estou em dúvida? Bem, em primeiro lugar, há um link no seu site para uma igreja onde eles têm testemunhos sobre pessoas que pensaram que estavam salvas, mas estavam verdadeiramente perdidas.
 
Um das linhas comuns desses testemunhos é que se você ora: “Senhor, salve-me se eu sou um perdido”, então isto não está realmente admitindo que você seja um pecador. Agora eu posso ver que isso poderia ser o caso de algumas [das minhas anteriores profissões] mas na última profissão de fé eu realmente entendi que eu era uma pecadora. E não só uma pecadora qualquer, mas uma pecadora horrível, abominável, que tinha se rebelado contra Deus. Isso porque eu falei a Deus que se Ele estava satisfeito com o que Cristo fizera por meus pecados, então que eu também estaria satisfeita. Mas, veja você, quando eu orei isso eu não sabia realmente se eu estava perdida, assim nesse momento eu confiei em Deus para me salvar se de fato eu não o estivesse.
 
Eu contatei estas pessoas para lhes fazer perguntas e elas deram todos os tipos de idéias. Uma foi: deixar tudo de lado e buscar a Deus para Ele revelar-me se eu estava perdida ou salva. Irmão Cloud, eu amaria fazer isso, mas eu sou mãe e dona-de-casa, e eu simplesmente não posso apartar-me de tudo. Eu posso por as coisas de lado somente por uma hora para buscar a Deus.
 
Eles também fortemente promovem “Salvação pelo Senhorio”. Eu perguntei por versos da Bíblia que mostrem onde “Salvação pelo Senhorio” é obrigatória. Eles só responderam dizendo que isto está escrito ao longo toda a Bíblia. Nada realmente específico. Meu pastor prega que se alguém não está absolutamente seguro que é salvo e continua tendo dúvidas, venha para o altar [de “decisões”], e torne seguro que é salvo por ter recebido a salvação.
Mas estas pessoas da outra igreja dizem que isso está errado. Isto está me confundindo horrivelmente e é por isso que eu estou em dúvida.
 
Eu falei com muitas pessoas respeitadas sobre isto. Todas elas disseram que as pessoas da outra igreja estão erradas. Que você, vindo a Cristo e Lhe pedindo que o salve, está admitindo que precisa Dele.
 
Meu coração fica pesado e doente todas as manhãs quando eu desperto e me levanto.
 
Você pode me dar uma definição mais clara sobre arrependimento? Eu sei que você diz que muitas igrejas não ensinam mais isto.
Como você sabe que você se arrependeu? Eu ouvi que você precisa estar tão dolorosamente arrependido de seus pecados, que você fica doente e cansado deles. Bem, irmão Cloud, eu estou doente e cansada de meus pecados, mas eu me acho ainda cometendo esses mesmos pecados. O pior é que eu fico transtornada e impaciente com meu marido.
 
Também, eu li sobre todos estes sinais, de modo a saber se você é salvo. Agora eu não tenho muito deles, mas eu me lembro de um tempo que eu tive todos eles. Eu ficava entusiasmada em servir a Deus, eu queria salvar o mundo do inferno, eu amava as pessoas de Deus, eu sentia fortemente esses assuntos sobre o que você escreve sempre.
 
Mas, agora a chama apagou e eu não sinto gosto contando sobre Deus às pessoas. Algumas vezes aborreço as pessoas de Deus e os assuntos que eu sentia fortemente, agora eu me pergunto “por que se incomodar com isso?”
 
Eu tenho lido minha Bíblia, estudando isto, quando eu posso, e tudo que eu consigo entender é que aquele Deus quer que voltemos às costas aos nossos pecados e obras mortas e acreditemos nEle para nos salvar.
 
Dizer que você tem que saber 100% que você está perdido parece como se eles estivessem adicionando ao plano de salvação, mas eu, nesse momento não estou segura. Meu pastor diz que se você está tendo dúvidas e não está realmente seguro, então receba certeza através de recebido a salvação. Mas estas pessoas dizem que isso está errado. Eles dizem que você precisa saber que você está perdido antes que você jamais possa ficar seguro que você será salvo
.
 
Eu li seu artigo sobre “Salvação pelo Senhorio”, e como você disse que as pessoas tendem a olhar para a sua própria experiência em lugar de olhar para sangue de Cristo como evidência que elas estão salvas, é exatamente o que está acontecendo a mim. Como eu disse em minha última profissão de salvação, eu olhei para o sangue de Cristo. Eu não tenho nenhuma dúvida sobre isso, de modo nenhum. Mas, uma vez que eu não fiquei segura se estava salva ou perdida, eu estou perguntando a mim mesma se isso foi realmente verdadeiro ou não? Isso faz sentido para você?
 
E acho que todas as outras “evidências” não estão se revelando em minha vida porque eu estou num ciclo contínuo de duvidar. Como eu posso crescer se eu sempre estou duvidando se sou ou não uma filha de Deus?
 
Agora eu lhe falarei que tenho preocupação pelas almas das pessoas, eu prefiro ficar ao lado das pessoas de Deus que no mundo, e eu ainda sinto que os assuntos importantes ainda são importantes, a diferença é que eu não tenho aquele ardente desejo de subir no telhado e proclamar isto, como fiz uma vez.
 
Eu também posso ver o dedo de Deus tocando na minha vida, mas as pessoas naquela igreja disseram que Deus ainda guia as pessoas perdidas. Irmão Cloud, você tem uma visão muito equilibrada da Bíblia, e é por isto que eu estou perguntando sua opinião. Ah, estas pessoas também me disseram que não falasse com outras pessoas sobre minhas dúvidas, porque elas me falarão somente o que eles já têm me falado durante todo esse tempo.
 
Temo ter sido salva sem que um 'terrível' sentimento tenha vindo sobre mim. Como as pessoas sabem que elas foram salvas? Eu sempre fui ensinada que se eu fosse sincera com Deus - e quis isto em meu coração- eu posso descansar na palavra de Deus. Mas estas pessoas estão dizendo que eu deveria ter esta paz surpreendente, ou algum tipo de sinal físico que eu sou salva. Assim, o que eu faço?
 
Por favor, me ajude através da Bíblia!





RESPOSTA DO IRMÃO CLOUD
 
Alô. Eu estou feliz que você tomou do seu tempo para me escrever
.
 
Primeiro, eu preciso saber a qual igreja você está se referindo para que tenha os testemunhos da Internet que você descreveu, porque eu não apóio o que eles estão fazendo e eu quero remover o “link” deles.
 
Agora, sobre sua situação, eu não fico surpreso quando os crentes têm dúvidas. Na realidade, eu não penso, de modo nenhum, que sua situação é única. Eu tive notícias de um número grande de santos com dúvidas. Eu tive minhas próprias dúvidas de vez em quando por 30 anos desde que fui salvo.
Durante o primeiro ano eu tive dúvidas terríveis e não sei quantas vezes fui "salvo" naquele ano! As dúvidas começaram a dissipar quando eu fui para a escola bíblica e comecei a aprender a sã doutrina e entender a salvação mais claramente, mas por várias vezes através dos anos eu tive que lidar novamente com dúvidas. Então, não fico pasmo ou surpreso sobre sua situação.
 
O sólido alicerce [de toda a questão] é esse: Salvação não é difícil.
 
Jesus quer que as crianças venham a Ele. “Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus” (Mat. 19:14). Isto se repete em Mateus, Marcos e Lucas, assim, deve ser muito importante. Jesus até mesmo disse que para ser salva a pessoa tem que vir [a Ele] como [se fosse] uma pequena criança (Mat. 18:3). Poderia salvação ser difícil se as crianças são convidadas e se, na realidade, adultos têm que se tornar, de certo modo, semelhantes a crianças para isto acontecer?
 
Salvação é descrita como um presente. Não é difícil receber um presente.
 
Salvação é descrita como igual a comer e beber (João 6). Quando o Senhor Jesus lidou com a mulher no poço, Ele ofereceu água vivificante a ela. Não é difícil tomar água! A pessoa simplesmente deve estar sedenta e amplamente aberta.
 
Quando eu advirto sobre "oração rápida" ou “fé fácil” e sobre esses que não pregam arrependimento, eu estou advertindo sobre algo muito específico. Eu estou advertindo sobre esses (e há muitos) que levam as pessoas fazerem [ou repetirem] uma oração e então dizem que elas estão salvas até mesmo quando elas NÃO têm nenhum interesse pelas coisas de Deus. Eu estou advertindo sobre esses que não dão para os pecadores qualquer idéia que haverá uma mudança em suas vidas quando eles forem salvos. É sobre isso que eu advirto. Por outro lado, você tem muitas evidências de salvação e não está naquela categoria. (Claro que eu não a conheço pessoalmente, mas eu estou acreditando na sua palavra).
 
Você terá que confiar em Deus e parar de ficar escutando o que homens dizem. Se você falar com 10 pessoas diferentes sobre doutrina, você pode ter 10 respostas diferentes facilmente e isso é verdade até mesmo se todos elas freqüentam igrejas Batista independentes. Esqueça o que as pessoas estão dizendo e confie na Palavra de Deus. Você foi para faculdade de Bíblia. Você aprendeu algo da Palavra de Deus. Você aprendeu como ler a Palavra e estudá-la você mesma. É bom adquirir conselho sábio, mas nesta situação, eu lhe aconselharia que esquecesse o que as pessoas estão dizendo e confiasse na Palavra de Deus.
 
Salvação é um presente. Treze vezes no Novo Testamento é chamada de um presente. Jesus Cristo pagou um alto preço por isto. Ele oferece isto a todo pecador. Salvação é recebido através da fé. Fé é "a mão do coração" que salta para fora para receber o presente maravilhoso de Deus. Um presente significa que é absolutamente grátis e nunca será tirado de volta. Se você tivesse de ganhá-lo por merecimento, então ele não seria um presente. Se o doador pudesse tomá-lo de volta, ele não seria um presente. Eu sei que Henry Ford costumava dar automóveis a empregados quando eles o agradavam, mas ele tomava de volta os automóveis se os empregados não o agradassem mais. Isso não é um presente e nós podemos glorificar a Deus porque Ele não é assim. Não há nenhuma "corda presa" ao Seu presente santificado.
 
Sim, você tem que verdadeiramente reconhecer que você é uma pecadora como a Bíblia diz e deve estar pronta para voltar e entregar toda sua vida para o Senhor.
Isso é arrependimento. Arrependimento é "uma mudança de mente que resulta em uma mudança de vida." Arrependimento não é uma coisa difícil e dura. Se fosse, uma criança, uma pessoa mentalmente lenta não poderia fazê-lo. Arrependimento é uma mudança de direção do coração. Do que você disse, eu não tenho dúvida que você se arrependeu e confiou em Cristo.
 
Mais uma coisa. É suposto que um presente é desfrutado. Deixe de se preocupar e se irritar e olhar para si mesma, ao invés disso, olhe para seu Salvador e desfrute do Seu presente. Você pode descansar em Cristo. O Senhor sabe tudo sobre você e sua situação e Ele quer que você desfrute de sua salvação. Você é uma jovem esposa e mãe e tem um filho pequeno. Isso significa que você está debaixo de muita pressão na vida. Deus não espera mais de você do que você pode dar. Ele não é um cruel e insensível feitor de escravos. Ele é um Pai terno e amoroso. Você não se sentirá sempre salva quando as crianças estiverem chorando, e seus hormônios femininos trabalhando além da conta e você não se entende, e quando seu marido jovem não for muito compreensivo, e o dinheiro está faltando e talvez outra criança está a caminho quando você nem mesmo superou o último nascimento, e você está morando num espaço limitado, e o jantar queimou, e você sente como se estivesse adoecendo, e o carro está quebrado, e o secador aquece demais, e a sogra está se queixando de algo, e uma pessoa querida há pouco foi diagnosticada com câncer, e você está correndo atrasada para a igreja, e você não aparenta saber arrumar nada, etc. etc. etc.
 
Isso é vida. Como eles dizem: "vida acontece" e sentimentos fazem parte de tudo. Eles vêm e vão. Você pode se sentir salva hoje e não salva amanhã, sentir que Deus a ama hoje e que Ele a odeia amanhã, sentir que a oração e leitura da Bíblia são as coisas mais maravilhosas em todo o mundo hoje, e amanhã sentir que isso é um trabalho penoso e entediante. O sentimento em si mesmo não significa nada.

Salvação é fé do começo até o fim. Ela é “de fé em fé” (Rom. 1:17). E fé não é ver. “Porque andamos por fé, e não por vista”.  (2 Cor 5:7). “Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos.” (Rom 8:24-25).  Salvação não é ver ou sentimento; ela é crer na promessa de Deus em Jesus Cristo. Romanos 8:18-25 descreve a vida cristã em termos de sofrimento. A experiência cristã nesta vida nem sempre é agradável. Na realidade pode ser, às vezes, extremamente difícil. Nós estamos nos arrastando ao redor de um corpo morto (Rom 7:24). Isso não é muito agradável. Nós estamos esperando e estamos ansiando pela abundância de nossa salvação prometida, mas nós ainda não temos isto e esperar é difícil. Nós temos o Espírito Santo, o penhor de nossa herança (Efé 1:14), e nós temos benefícios maravilhosos nesta vida; mas nós ainda não experimentamos a nossa salvação completa. Nós somos os filhos de Deus, mas nós ainda não desfrutamos todo o benefício que isso significa. Nós somos os filhos do grande Rei, mas nós ainda não nos deleitamos naquele reino glorioso. Nós olhamos adiante para o glorioso amanhã do amanhã, mas estamos vivendo dentro do imundo agora e agora.
 
Quanto ao pecado na vida cristã, ele é uma realidade. Quando Deus nos salva Ele não retira a nossa velha natureza. Há uma luta entre a carne e o Espírito (Rom 7:18-19; Gál 5:16-18). Isto acontece porque Deus quer que nós vivamos pela fé. A vitória não é um saltar ou voar sobre a luta (uma segunda bênção, santificação inteira, etc.); ela é crescimento em Cristo. Crescimento descreve algo gradual, não é algo súbito e imediato [e completo e definitivo]. 1Pedro 5:10 é uma promessa que significou muito para mim através dos anos, começando quando eu nasci de novo, em Cristo, em 1973, aos 23 anos de idade. “E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá”. Períodos de sofrimento precedem o firmamento espiritual. Isto não é verdade só para o começo da vida cristã, mas para o inteiro processo [de crescimento espiritual] até morte.
 
Nós passamos por períodos ou estações de sofrimento e lutas seguidas, nos fortalecendo e aperfeiçoando. É como os ciclos de vida de uma planta. Por exemplo: as plantas de chá crescem nas montanhas onde nós morávamos no Sul da Ásia. Essas plantas passam por ciclos surpreendentes. Elas esparramam e produzem folhas, e essas folhas são retiradas, e então as plantas são podadas severamente de forma que você pensaria que elas estão mortas, mas elas não estão. Elas somente estão entrando numa fase necessária na produção de chá. A vida cristã é como isto.
Nós passamos por períodos onde parece que a vida espiritual está quase morta e o desânimo é tão severo que nós nos perguntamos o que está acontecendo e onde Deus está. Mas esses períodos não são permanentes. Deus, o Grande Agricultor, está somente nos podando e nos preparando para darmos mais frutos (João 15). Nossa parte é permanecer fieis através de tudo, manter nossa fé nEle, e quando nós fizermos isso nós finalmente entenderemos a verdade de Romanos 5:3-5: que dificuldade, quando suportada pacientemente na fé, produz experiência (aprendendo mais sobre Cristo e a vida cristã) que resulta em aumento da fé, e isto resulta em um aumento na espiritualidade.
 
3 E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência,
4 E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.
5 E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado
.
 
Este processo não acontece da noite para o dia. Na realidade, pode levar anos e até mesmo décadas para Deus efetuar várias coisas em nossas vidas.
 
Minha avó materna era uma das cristãs mais piedosas que eu já conheci. Eu acredito que as orações dela tiveram muito a ver com a minha salvação depois que eu saí pelo mundo afora. Ela só viveu uns dois anos depois que eu fui salvo, mas eu consegui passar algum tempo com ela antes que ela passasse para a Glória. Eu tive MUITAS cicatrizes morais e lutas por causa de toda loucura de minha vida antiga. Alguns meses depois que fui salvo eu lhe perguntei: “Vovó, você ainda luta contra o pecado?”. Eu esperava que ela me falasse que essas lutas tinham terminado décadas antes e que depois tinha ficado somente aquela navegação tranqüila, mas ela respondeu: “Oh, sim, Dave, ainda há muitas lutas." Ela tinha 79 ou 80 anos de idade e tinha caminhado com Cristo por mais de 60 anos, mas ainda havia lutas. O único momento em que o filho de Deus escapará da luta contra o pecado é quando ele deixar este véu de lágrimas.
 
Eu recomendaria que você memorizasse algumas promessas da Bíblia sobre salvação, e as usasse para derrotar as mentiras do diabo. Ele envia dardos inflamados de incredulidade, e a vitória sobre eles (a única vitória sobre eles) é o escudo da fé (Efé 6:16). Fé vem de uma só fonte, e esta é a Palavra de Deus (Rom 10:17). Você não pode aumentar a fé através de tentar crer. Você só pode ter fé descansando na Palavra de Deus. Duas promessas que me ajudaram em tempos de dúvida são João 3:16 e Mat 11:28. Pense em Mateus 11:28.
 
Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”.
 
Que promessa maravilhosa e simples. A única coisa que é requerida de mim é que eu esteja cansado e sobrecarregado. Se isso lhe enquadra, então tudo que você tem a fazer é crer [exata, literal, e totalmente] o que as palavras de Cristo dizem. O resto da salvação é um presente. Então os versos 29-30 falam sobre o resto do trabalho.
 
“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.”
 
Isso é a vida Cristã. Isso é o discipulado, seguir após a Cristo, servindo-O. Depois de receber o presente de Cristo, há algo que eu tenho que fazer. Eu tenho que levar o Seu jugo e aprender com Ele. Eu caminho com Ele e O sirvo. Mas mesmo isso não é feito com minha própria força, mas na dEle e Ele quer que eu ache descanso em Seu trabalho. Se o jugo do serviço Cristão não está fácil e leve, nós estamos fazendo algo errado.
 
Isso é a própria palavra de Cristo sobre verdadeira salvação e Cristianismo. Não deixe ninguém lhe falar de modo diferente.
 
Para terminar, eu gostaria que você refletisse sobre o resumo seguinte de um de meus artigos. Deixe-me a par das coisas.
 
Em nome do nosso Senhor Jesus Cristo,
Irmão Cloud
 



 

O ERRO DE CONFUNDIR ARREPENDIMENTO COM  "SALVAÇÃO"

Por David Cloud

Um resumo de "arrependimento e salvação"
O artigo completo está no link  http://www.wayoflife.org/fbns/repentancelordship.htm




Nós não apoiamos qualquer idéia de "salvação" que ensina que um indivíduo tem que fazer Jesus Cristo Senhor absoluto de toda área da sua vida antes que ele possa ser salvo. Salvação não produz obediência perfeita, nem requer perfeito entendimento de teologia. Um Cristão genuinamente nascido de novo pode ser carnal. A Bíblia ensina isto claramente (1 Coríntios 3).
 
Querer que um pecador faça de Jesus Cristo Senhor de toda área da sua vida é uma impossibilidade e seria a mais [sutil e traiçoeira] forma de salvação por obras que foi inventada em todos os tempos. Esta falsa doutrina é ensinada por alguns batistas independentes, mas nós não a apoiamos. É uma doutrina muito perigosa que faz as pessoas olharem para dentro delas mesmas e examinarem as suas próprias experiências, em lugar de olharem somente para Senhor Jesus Cristo e confiarem somente no Seu sangue derramado.
 
Nós acreditamos e estamos seguros de que a salvação muda a vida de um homem, e nós pregamos isto corajosamente. Um dos folhetos de Way of Life é intitulado “Salvação Faz Uma Diferença?" (Does Salvation Make a Difference?). A resposta é SIM! Se uma pessoa diz que ela é salva, mas ela não tem absolutamente nada que prove isto, ela está enganada (2Coríntios 5:17). Examinar a si mesmo continuamente, de qualquer forma, e olhar continuamente para a experiência da pessoa como base para determinar se essa pessoa é salva, é extremamente perigoso. Até mesmo o Apóstolo Paulo, que em nossa avaliação foi o cristão mais dedicado que já viveu, falou sobre sua própria experiência. “Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem” (Romanos 7:18). Esta é a experiência de todo aquele que, tendo nascido de novo, é um filho de Deus. A velha carne permanece, até mesmo depois da salvação.
 
Eu sei, hoje, que sou [definitivamente] salvo, porque eu confiei no Senhor Jesus Cristo para minha salvação eterna, e "porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia." (2 Timóteo 1:12). Minha fé está exclusivamente em Jesus Cristo , não em mim mesmo, não em minha vida mudada, nem em minha experiência cristã. Minha experiência cristã é abominável quando eu me comparar com o que a Bíblia requer de mim. A Bíblia requer PERFEIÇÃO. “Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:48). “Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver” (1 Pedro 1:15). Eu não alcanço viver segundo este padrão perfeito. Eu sou perfeito somente no aspecto de minha posição no bendito Senhor Jesus Cristo. Se eu não mantiver minha mente e coração focalizados em minha perfeição [posicional, definitiva, eterna] em Cristo, eu me torno extremamente desencorajado. Eu fico sendo jogado de um para outro lado como uma garrafa lançada nas ondas do mar. Eu perco minha âncora (Heb. 6:19).
 
Pregar uma "salvação" querendo que os pecadores façam Jesus Cristo Senhor absoluto de todas áreas de suas vidas para, só então, serem salvos, é confundir posição e prática, justificação e santificação. Isto é semelhante ao erro cometido por muitos Pentecostais e Carismáticos que acreditam que um filho de Deus [alguém realmente nascido de novo] pode perder sua salvação.
Um testemunho excelente sobre o perigo deste falso ensino está no livro "Santidade: O Falso e o Verdadeiro" (Holiness: the False and the True) escrito pelo falecido Harry A. Ironside (Loizeaux). (Este importante livro está disponível no site Way of Life abaixo da seção Charismatic do banco de dados sobre Apostasy, e também na Fundamental Baptist CD-ROM Library.) Como um jovem pastor, Ironside era envolvido com o Exército de Salvação. Ele foi ensinado que ele poderia ter uma experiência, uma "segunda bênção", por meio da qual ele pudesse obter vitória perfeita sobre a sua velha natureza. Como faz toda pessoa genuinamente nascida de novo, ele seriamente desejou tal experiência. Ele agonizou por causa de sua pecaminosidade e imperfeição espiritual. Ele buscou a "bênção" diligentemente, orando, jejuando, gritando, se esforçando, crendo. Finalmente ele pensou que ele tinha obtido “isso” [a bênção procurada]. Ele se levantou nas reuniões de testemunho e alegremente falou às pessoas que ele tinha "isso", que as suas lutas contra o pecado haviam acabado. Obviamente, não muito depois ele percebeu que estava enganado e que a luta contra o pecado ainda estava dentro dele. Nesse momento ele se tornou tão desencorajado e desanimado que teve que ser internado na ala mental de um hospital. Ele estava tão desiludido que decidiu deixar a vida cristã e voltar aos seus antigos amores, sentindo que seria em vão tentar continuar a buscar as coisas de Cristo. No hospital, entretanto, ele conheceu alguns dedicados cristãos que pacientemente lhe ensinaram a verdade simples e linda de santificação bíblica, e por este ministério da verdade ele foi ancorado em Cristo e continuou tendo um longo e frutífero ministério como pregador. Foi a verdade que o libertou (João 8:31-32).
 
Nós notamos em muitos círculos de Batistas independentes uma séria carência de ensino sadio com respeito às distinções entre justificação e santificação, e entre posição e prática. Gritar, e arfar, e resfolegar, e uma rotina constante de nada mais que dever, dever, dever não fundamentará os santos de Deus na verdade. Leia o livro de Efésios e veja se você consegue imaginar Paulo gritando e berrando e batendo seu punho enquanto pregava. (Não me entenda erradamente; eu sou totalmente a favor de pregação forte, clara, profunda, mas isso não é tudo o que nós precisamos.) Sem tal ensino os novos convertidos desistem de lutar contra a carne sem terem uma compreensão apropriada da estabilidade posicional e da vitória [final] que eles possuem no Senhor Jesus Cristo.
 
Salvação não é difícil. Uma criança pode confiar em Cristo e ser salva; uma pessoa de mente fraca pode confiar em Cristo e ser salva. “Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus.” (Mat 19:14). Jesus convidou todos os cansados e oprimidos simplesmente a virem a Ele e receberem Seu presente de descanso (Mat 11:28-29). Ele comparou salvação com comer e beber (João 6:35). Salvação não é difícil, exceto no sentido de que o pecador tem que se humilhar e reconhecer a sua condição pecadora e abandonar seus ídolos e voltar-se ao único Deus vivo e verdadeiro. (1 Tess 1:9).




autor: David Cloud

tradutora: Silmara Taiffi, ago. 2008

 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SoteriologiaESantificacao/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )