Moda e o Vestuário Cristão - Parte I,

Estudos sobre o vestiário cristão.


Ou


A Indumentária Cristã à Luz da Verdadeira Espiritualidade.
 As Vestes da Igreja Meretriz


 


 

TESE: O vestuário do crente faz parte de seu testemunho ao mundo, quanto a uma nova vida transformada e diferente da moda do mundo. A santidade do crente consiste, não apenas em ser separado do mundo, mais principalmente em ser diferente do mundo.


 

INTRODUÇÃO: A MODA MUNDANA É ESCÂNDALO ATÉ PARA OS DESCRENTES - Mt. 5:27-30; Lc. 17:1-2.
 

1. Versos de Cordel sobre os malefícios da moda ( prenuncio do mal e do fim do mundo):
 

Jesus deixou o mundo/ muito bem organizado/ Mas o povo tomou conta/ fez ele modificado/ Hoje tudo é diferente/ Quem olha para o presente/ Se recorda do passado”.
 

**(o poeta João Firmino Cabral, sobre a mini-saia diz).
Todo dia surge moda,/ Ditado e patifaria,/ Roubos e assassinatos,/ desmantelo e tirania / Doença, fome e miséria, / Desespero e carestia.”

**(Martine Kuns - Professora de Letras Estrangeiras da UFC, avalia o conceito de moda na literatura de cordel e diz:
“Moda então é definitivamente pecado, e a mulher que, como todo mundo sabe, tem afinidade com o tinhoso, é a principal responsável por essas iniciativas. ... a moda enquanto transgressão de um interdito social ou como ameaça do código moral em vigor. Duas novidades diabólicas deram corpo ao perigo: o uso das calças e a conseqüente masculinização da mulher, e a minissaia que traz no seu bojo a desagregação social e o desmantelo geral”

**Nos versos: “a mulher no lugar do homem” José Pacheco diz:
De certo tempo p’ra cá/ A mulher passou na frente;/ Tomando o lugar do homem/ Fazendo coisa indecente/ A tempos que desprezou/ A saia que lhe tocou/ E tomou as calças da gente.”

**O poeta Antonio Batista Guedes diz em versos:
“...ainda se vai ver coisa/ Do diabo se admirar/ Eu digo e ninguém se ofenda;/ Já vi homem fazer renda/ E mulher em cavalo escanchar...”

- A professora Martine Kunz comenta que o medo dos poetas em relação a mulher-macho é menor do que o medo do macho-mulher (ou do homem efeminado). Ela diz:
- “O receio do poeta é justificado, pois uma moça chamada João atravessa sua insônia, escanchada num cavalo e não mas com as pernas fechadas como no passado. CRUZES! Liberou as pernas? Eis o movimento! O corpo saiu do imobilismo, irrompeu na vida e perturbou a ordem das coisas. ... a visão terrífica da mulher-macho ... e o fantasma desolador ... do macho-mulher.

- Sobre este tema diz o poeta Abraão Batista:
- “Quem for homem se segure/ Quem for mulher se agüente/ Não vá na onda da moda/ Pois pode até, de repente/ Deitar-se como uma cousa/ E acordar como outra gente...”.

**Versos de João Martins de Athayde:
- “Mundo velho desgraçado/ teu povo precisa um freio,/ para ver se assim melhora/ esse costume tão feio,/ de uma moça seminua/ andar mostrando na rua/ o sovaco a perna e o seio

**Ouçamos a Professora Martine kuns (da UFC) sobre o efeitos da moda sensual:
-”Nesses primeiro versos do Bataclan Moderno, João Martins de Athayde censurava como todo vigor o desfile das moças imorais: “a roupa ligada ao couro/ e com as carnes balançando. “Toda essa intimidade”... esposta/ aos olhos da piratagem” faz estremecer os mortos, envergonha os vivos, mata pai e marido. Hoje, de ponto a ponto do país, é um desabrochar de coxa e de “virginal capela” entregue ao deus-dará. Meretrizes e donzelas (bruxas todas elas) mergulharam o planeta na depravação e na luxúria. O chifrudo floresce, a devassidão impera. O capeta já caiu em campo, “faltou vir a besta fera/ Essa já está se vestindo”.

**Para alguns poetas, a devassidão na moda é um prenuncio do fim do mundo. Eis o versos do poeta Manoel Tomaz de Assis:
- “O fim do mundo está próximo/ eu estou vendo a confusão/ eu já desatei a rede/ e botei no matulão/ já arrumei bagagem/ a fim de fazer viagem/ vesti meu jaquetão”.


 

2. O ESTILO CALVIN KLEIN - Estimulador de desejos e fantasias eróticas ambíguos .
 

* Conforme a revista Veja de 05 de novembro de 1986, pg. 85, diz que a moda moderna em vez de mostrar um nu direto, explícito, mostra um nu indireto, sugestivo, que desperta desejos e fantasias sensuais. “Na trilha do sucesso de Calvin Klein... buscou-se o sensual,ligeira mente pecaminoso...” “...a sexualidade e a nudez existem, são parte da vida. Vejo um diferença entre anúncios que mostram mulheres usando jeans colantes - e que se destinam a agradar essencialmente os homens - ...e os de Calvin klein, nos quais os homens e as mulheres são mostrados em posição de igualdade. ...Esses anúncios fazem com que o público pense sobre sua sexualidade, e isso desnorteia bastante. ...O apelo que esses anúncios provocam exige que se empurre continuamente a fronteira do que é aceitável”.

 

I - COISAS ANTICRISTÃS NA MODA MODERNA e no ESTILO CALVIN KLEIN:
 

lº) A moda moderna tem uma obsessão pela sensualidade e pelo erotismo pecaminoso e imoral;
2º) Sua metodologia consiste em se aproveitar desonestamente do imaginário humano, através de uma linguagem sugestiva que desperta fantasias e desejos eróticos;
3º) Tende a confundir e encobrir as diferenças saudáveis entre homem e mulher;
4º) Exige que se empurre continuamente o limite do que é aceitável para frente, ou seja, é tirada a fronteira entre o moral e o imoral;
5º) Tira a diferença visual entre mulher honesta e decente e mulher meretriz e imoral;
6º) Se aproveita desonestamente da vaidade feminina em querer ser elogiada e notada, nem que seja pela nudez de suas vestes; Assim, transformando a mulher, num vulgar objeto sexual, sem valor e descartável;
7º) Se aproveita desonestamente da fraqueza masculina em relação as roupas indecentes das mulheres. Fazendo com muitos homens tropecem e alguns, com poucos princípios de conduta, se degenerem num vida depravada.
8º) A moda mundana está intimamente relacionada com o desagregação social e o caos geral na sociedade, sendo a grande promotora do adultério, do incesto, do estupro, da pornografia e da prostituição;
9) A moda mundana coloca o lucro acima da ética, da virtude e da decência.
10º) A moda mundana é voltada para a exaltação do homem, e para o desprezo para com Deus e suas leis; Faz o crente escandalizar o seu bom testemunho perante o descrente, roubando o respeito, a dignidade e o direito de evangelizar;


 

II - QUEM SÃO OS CULPADOS PELOS MALES DA MODA MODERNA?
 

1º) Satanás está por traz de toda maldade feita neste mundo, embora não seja o único responsável. Ele foi quem desnudou o primeiro casal e continua desnudando a humanidade através dos teatros, cinemas, televisões, vídeos, revistas, livros, praias de nudismo, vestuário mundano, que inclui a mini-blusa, mini-saia, decotes profundos, roupa transparente, roupa colada na pele, etc...

2º) O Mundo, como um sistema que jaz no maligno, é por natureza um sistema que tende a impureza e imoralidade. Moda e Mundo são sinônimos; (I Jo. 2:15-17; 5:19);

3º) A Carne, o natureza depravada do homem, é inimiga de Deus e de sua santa lei, de modo que, sendo os ESTILISTAS em sua maioria, homens descrentes, farão sempre uma moda contrária a admitida pela Palavra de Deus; (Rom. 8:4-10)

4º) Os consumidores descrentes, que compram e usam tais vestes; (Ap. 17:4; 18:15-16)

5º) Os consumidores crentes, que compram e usam tais vestes; (Jd. 22-23)


 

III - O QUE A BÍBLIA TEM A DIZER SOBRE O VESTUÁRIO
 

A) Vestuário no Velho Testamento:


1) A primeira ação do homem, após a queda foi tentar confeccionar suas vestes (Gn.3:7). - Era o homem tentando fazer moda sem levar Deus em conta.

2) Deus rejeitou a moda criada pelo homem caído (cintas que cobriam apenas parte da nudez) e ele mesmo criou as primeiras vestes (Gn. 3:21)

a) Com Veste provinda de sacrifício de animais. Foi o sacrifício de Cristo, que cobriu a nossa nudez espiritual.
b) Com Vestes que de fato cobriam a nudez do homem e da mulher.
 

3) A Queda no pecado, gerou a necessidade de vestuário que de fato cubra a nudez física. Tanto o homem como Deus sentiram que era preciso cobrir a nudez física. (Gen. 3:7,10,11, 21).

4) Satanás e o seu papel na nudez.
Ele foi o primeiro que desnudou o primeiro casal e continua desnudando a humanidade. Mentiras satânicas quanto a nudez:

a) Nudez é algo Natural, pois o homem já nasce nu. Resposta, o homem também nasce fazendo suas necessidades fisiológicas no momento e no lugar aonde sente vontade, nem por isso, acha normal e natural continuar fazendo isto depois de grande;
b) Nu é arte. - A verdadeira arte é sinônimo de belo e bom. A nudez, é pornográfica, é imoral, que embora mostre a beleza de um corpo jovem, o desrespeita e violenta. Portanto o Nu, não é verdadeira arte, pois não é algo bom nem moral.
c) O que importa é o coração. - Alguns pastores modernistas têm divulgado esse ensino diabólico. É como se Deus não estivesse interessado nesta área da vida do crente e que ele pudesse se vestir como bem quisesse. (I Tm.2:9,10)
d) Preocupação com vestuário é legalismo. Hoje em dia se uma falsa idéia de legalismo, é como se legalismo, fosse não se conformar com o mundo. Transformam a liberdade em Cristo, em liberdade carnal (Gal. 5:13; Mt.5:20);
e) Portanto, a Moda que desnuda a pessoa, não é natural, nem moral e nem boa, é fruto da sabedoria humana, que é terrena, animal e demoníaca (Tiago 3:13-15)
 

5) O que a Bíblia faz sobre NUDEZ:

a) A contemplação da nudez resulta em maldição (Gen. 9:22,25)
b) Não é da vontade de Deus que a nudez dos seus servos seja exposta (Ex.20:26); Porque a nudez provoca a sensualidade, e Deus não quer que seus servos andem provando a sensualidade dos outros;
c) Grande maldade é mostrar a nudez aos parentes e a alguém que não seja o companheiro de casamento (Ex. 18:4-18);
d) “descobrir a nudez”, na Bíblia, é sinônimo de “frazer sexo”, pois a contemplação da nudez é o primeiro passo para o ato sexual. Foi assim com Davi e Bate-seba. (Ex. 20:11; 17-24; II Sam. 11:2-4);
e) A nudez fora do casamento, desvaloriza, leva ao desprezo dos homens e ao castigo divino; (Lam. 1:8,9; Ez. 16:36-43; 23:18);
 

B) Vestuário no Novo Testamento:

1) A finalidade de Deus é cobrir a nudez do homem, tanto no Velho como no Novo Testamentos, tanto no sentido literal, como no sentido figurado. (Gen.3:21; 16:8; Mt. 22:11-14; Ef. 5:25-27; Apoc. 3:4,18: 6:11; 16:15; 19:7,8; 22:2;
2) Assim como Deus quer vestir nossa alma com o corpo glorificado, Ele quer que não sejamos encontrados em nudez (II Cor. 5:1-3).
3) Deus quer que o cristão deteste até a roupa contaminada pelo pecado, ou seja, que caracteriza e provoca o pecado (Jud. 23)
 

C) Características das “Vestes de Prostitutas”, ou segundo a moda mundana: (Pv. 7:10)

1) Feitas para descobrir a Nudez (Ez. 16:35,36)
2) Destinadas a despertar o pecado da cobiça. (Pv. 6:25; Mt. 5:27-28)
3) Acende o fogo da sensualidade (Pv. 6:27,9)

a) O abrasamento da sensualidade fora do casamento não é permitido ao cristão (I Cor. 7:9);
b) O casamento é o único estado onde é permitida a sensualidade (Jo. 2:1-2; I Tm. 5:14; Hb. 13:4; Pv. 5:18-23)
c) A impureza sexual (inclusive provocada pelo vestuário), exclui um crente impenitente da comunhão com outros irmãos (I Cor. 5:11), e do próprio Reino de Deus (I Cor. 6:9-10);

4) É extravagante, sem modéstia, com luxo excessivo e provocante (Ap. 17:1,4)
5) Laodicéia, símbolo da igreja infiel e prostituta, é repreendida por Cristo por exibir a VERGONHA da sua NUDEZ e ainda se gloriar nisto (Apoc. 3:18)
** Nudez na Bíblia é símbolo de pecado e FALTA DE VERGONHA (Mq.1:11).
 

D) Características das “VESTES DOS SANTOS” .

1. Simbolicamente caracterizam a “JUSTIÇA” - (Ap. 19:8)
2. Não são contaminadas nem caracterizadas pelo PECADO (Ap. 3:4,5)
3. São vestes que mostram a atitude de temor e santidade com que esperam a volta de Cristo (Ap. 16:15)
4. São caracterizadas pela MODÉSTIA, TEMOR A DEUS e SIMPLICIDADE. Por isto o cristão sincero evita o LUXO EXCESSIVO e EXIBICIONISTA; (I Tm. 2:9,10; I Ped. 3-6).
5. As roupas do crente sincero nunca DEFRAUDAM o próximo, nem lhe servem de tropeço ,ou seja, usa roupas que cobrem bem as partes que podem causar sensualidade, despertar a cobiça e conduzir a imoralidade; (I Ts. 4:3-8).
* A formosura das mulheres defraudantes (que exibem a formosura do seu corpo) será trocada por feiúra ou queimadura (Isaias 3:18-24) - De Deus ninguém zomba, aquilo que o homem semear ele também ceifará, quem semeia escândalo e tropeço, também em escândalo e tropeço cairá (Gal.6:7-8).
6. Não CONFORMADAS A MODA erótica e desavergonhada do mundo (Rm. 12:1-2);
7. Que não são UNISSEX, ou seja que mostram a diferença entre a roupa masculina e feminina (Dt. 22:5)
- O formato da mulher é diferente da forma do corpo do homem; Algumas roupas que devido a forma do corpo do homem, não exercem apelos defraudantes nem atração erótica, porém, já na mulher estas mesmas roupas, devido as formas cheias da mulher ficam coladas no seu corpo, desenhado suas formas sensuais, se tornando assim, uma fonte de erotismo, pecado e queda para os homens. - Por isto, a mulher crente, que teme ao Senhor, jamais deve usar roupas apertadas, transparentes, decotadas, cavadas, lascadas, ou que coloquem em evidência ou chamem à atenção para suas partes eróticas.
 

IV - ADVERTÊNCIAS DIVINAS QUANTO AO VESTUÁRIO

1. O juízo Divino começa sempre pela igreja de Deus (I Ped. 4:17)

2. O crente terá de dar contas perante Deus, pelo mal ou o bem que fez através do corpo (II Cor. 5:10) - inclusive, pelo modo como se vestiu;

3. Não devemos amar o mundo, suas paixões e obras (modas). (I Jo. 2:14; I Ped. 1:14; Ef. 5:11)

4. Nossa preocupação não deve ser mostrar beleza exterior e carnal, mas beleza interior e espiritual (I Ped. 3:3; I Sm. 16:7);

5. A igreja de Deus é lugar Santo e de encontro com Ele, por isso seus adoradores devem vir adorá-Lo com vestes que caracterizem a SANTIDADE dos filhos de Deus, que exige adoradores verdadeiros e espirituais que o adorem na beleza de sua Santidade. (Ex. 3:2-6; 28:2; 29:29; Isa. 1:12,13; II Cor. 11:30)

 

CONCLUSÃO : OS PRINCÍPIOS QUANTO AO VESTUÁRIO CRISTÃO:

1) RESPEITO - Que inspire respeito, e chame a atenção para a beleza espiritual; Fp. 4:9;

2) MODÉSTIA - Sem luxo, soberba e nudez. Mas seja simples e modesto; I Tm. 2:9

3) DIFERENÇA - Não seja unissex; Mt. 5:13-16;

4) NÃO DEFRAUDANTE - Não escandalize e faça tropeçar o próximo; Lc. 17:1-2;

5) BOA MORDOMIA DO CORPO COMO TEMPLO DE DEUS - I Co. 3:16-17;

6) DÊ BOM TESTEMUNHO - Hb. 11:2,39-40; Ap. 6:6-9;

7) GLORIFIQUE A DEUS. - I Cor.10:31-33. - Este é o princípio maior.
 

Pr. José Laérton
Igreja Batista Regular Emanuel, Fortaleza



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/VidaDosCrentes/ Comigo/
(retorne a http://solascriptura-tt.org/ VidaDosCrentes/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )