Trata da aceitação do singular projeto de Deus em minha vida, agradecimento, autoaceitação, auto-aceitação, submissão, agradecimento, e não revolta, complexo de inferioridade e inadequação

 

1.3. Aceitando o Projeto Singular de Deus em Minha vida

 

* Talvez eu não esteja aceitando algum detalhe do projeto de Deus em mim: Mat 6:27. “E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?” (Mt 6:27 ACF)

* Isto pode se refletir visivelmente em minha vida:

- Extrema timidez, falta de "autoestima": Êxo 4:10 compare Mat 19:19. “Então disse Moisés ao SENHOR: Ah, meu Senhor! eu não sou homem eloquente, nem de ontem nem de anteontem, nem ainda desde que tens falado ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua.” (Êx 4:10 ACF)
 “Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.” (Mt 19:19 ACF)

- Demasiada atenção à minha aparência: Mat 6:27,28 27  E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura? 28  E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;” (Mt 6:27-28 ACF)

- Esnobismo... Complexo de superioridade [só comparar-me com quem eu ultrapasso! Só valorizar aquilo em que me destaco!]... Enfatizar só o detalhezinho que faço bem... Rom 12:3; 1Cor 1:31. “Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.” (Rm 12:3 ACF)
 “Para que, como está escrito:
Aquele que se gloria glorie-se no Senhor.” (1Co 1:31 ACF)

- Espírito criticador: Rom 2:1-3; Rom 14:4.1 ¶  Portanto, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo. 2  E bem sabemos que o juízo de Deus é segundo a verdade sobre os que tais coisas fazem. 3  E tu, ó homem, que julgas os que fazem tais coisas, cuidas que, fazendo-as tu, escaparás ao juízo de Deus?” (Rm 2:1-3 ACF)
 “
Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio SENHOR ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.” (Rm 14:4 ACF)

* Má atitude para comigo mesmo resulta em:

Inabilidade em relacionar-me com Deus e com outras pessoas:

pais, cônjuge, superiores, subalternos, (fazer e manter) amigos [reais], etc., tudo isto devido a: autoconfiança moribunda, falta de propósito na vida, sentimentos [ou medo] de rejeição/ fracasso/ insegurança/ inferioridade/ superioridade [isto é: ...]/ cercar-me só de quem me eleva, etc.

 

* Remédios:

- Sou "trabalho de arte" [Grego "poemia"], único no mundo, das mãos de Deus! Efé 2:10. “Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.” (Ef 2:10 ACF)

 

Uma obra de arte só alcança sua beleza total quando concluída, e Deus ainda está trabalhando em mim! (E no meu próximo!).

Sal 139:14-16 [Texto-chave!].
14  Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. 15  Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra. 16  Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.” (Sl 139:14-16 ACF)

 

- Vaso não se revolta-amargura contra o Oleiro... Rom 9:20,21
20  Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? 21  Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?” (Rm 9:20-21 ACF)

- Aceito o propósito final de Deus: que eu O glorifique! 1 Ped 4:11.Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém.” (1Pe 4:11 ACF)

 

A beleza verdadeira e real é a interior (1 Sam 16:7).

“Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração.” (1Sm 16:7 ACF)

 

 

Beleza é desenvolver o caráter, as boas qualidades tais como espírito de cooperação com Deus, mansidão, submissão, espírito de perdão, coração puro, transparência, mente renovada, ...(seções 1.1-11), assim irradiando a vida e o amor de Cristo na minha vida!

- Permito Deus desenvolver Sua mensagem (Sua "poemia", única no mundo), através da minha vida. 2Cor 1:3-8.
3 ¶  Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; 4  Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. 5  Porque, como as aflições de Cristo são abundantes em nós, assim também é abundante a nossa consolação por meio de Cristo. 6  Mas, se somos atribulados, é para vossa consolação e salvação; ou, se somos consolados, para vossa consolação e salvação é, a qual se opera suportando com paciência as mesmas aflições que nós também padecemos; 7 ¶  E a nossa esperança acerca de vós é firme, sabendo que, como sois participantes das aflições, assim o sereis também da consolação. 8  Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, pois que fomos sobremaneira agravados mais do que podíamos suportar, de modo tal que até da vida desesperamos.” (2Co 1:3-8 ACF)

 

- Não me vejo- distorcidamente como inferior: vejo-me como Deus me vê em Cristo: Col 1:9. “Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual;” (Cl 1:9 ACF)

- Não me vejo- distorcidamente como superior: Rom 12:3. “Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.” (Rm 12:3 ACF)

 

Ilustração: A moça sem amigos, infeliz, secretamente amarga por sinais de nascença, no rosto. ... ...

 

Pensamento principal do poema "Tua Marca Sobre Mim", de Myrtes Mathias (missionária batista, escreveu muitas poesias, devocionais, literatura infantil), 1974:

Que esta cicatriz é Tua marca sobre mim.

Depois de tantos anos de amargura,

Finalmente eu posso Te agradecer

Por me ter feito exatamente como eu sou.

...

Até que eu descobri que o que me atormentava

Era simplesmente a marca de propriedade

Que Deus tinha posto em mim.

...

Assim, eu desejo que você diga comigo

Esta oração quase impossível:

"Obrigado, Senhor, por minhas fraquezas,

Por tudo que me permites sofrer.

Transforma meus problemas em uma bênção,

Ajuda-me a fazer das tragédias um poema:

Dá-me a graça para reconhecer

Que eu sou somente uma parte de Teu plano

Ao qual somente tenho que me submeter."

 

 

(retorne à PÁGINA ÍNDICE de SolaScripturaTT / VidaDosCrentes)