A intimidade espiritual no casamento, felicidade e união de espíritos almas e corpos, confiança, motivos puros, amorosas liderança e submissão, encorajamento, contentamento, valorização, sensibilidade, edificação, pedir perdão e perdoar

 

2. Sucesso como Cônjuge

 

 

 

2.1. Desenvolvendo UNIdade no Casamento

 

Ef 5:21; Fp 2:2.
"Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus." (Ef 5:21 ACF)
     "Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa." (Fp 2:2 ACF)


Para intimidade espiritual, verdadeiras felicidade e união (de espíritos + almas + corpos!), cada cônjuge tem que ter se proposto conformar-se à imagem de Cristo, tem que continuamente perguntar-se  "Senhor, que queres de mim como homem e marido (ou como mulher e esposa), não importa qual a atitude da minha esposa (ou do meu marido) quanto a Ti ou quanto a mim?" Sem isto, como é usual, os cônjuges realmente seguem caminhos diferentes, têm objetivos independentes, só ocasionalmente tentam "unidade" (e falham), têm relacionamento egocêntrico, conflitante, frustante.





2.1.1. Objetivos (Contínuos) para a Esposa (melhoras virão, mas não exijamos perfeição imediata, total e definitiva!):

1Pe 3:5 - Desenvolver confiança nas decisões do marido.
"Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos;" (1Pe 3:5 ACF)
(note que esta submissão brota do coração, não é imposta à força)

1Tm 1:5 - Conservar motivos puros (não manipulativos) para com o marido.
"Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida." (1Tm 1:5 ACF)

Fp 4:8; Tg 4:11
- Concentrar-se nas qualidades positivas do marido (poemia exclusiva, de Deus).
"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." (Fp 4:8 ACF)
 "Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz." (Tg 4:11 ACF)


Ex 20:12; simétrico de Pv 31:28 - Desenvolver lealdade e amor dos filhos para com o marido.
"Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá." (Êx 20:12 ACF)
     "Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva." (Pv 31:28 ACF)

Ef 4:32; Mt 6:14,15; Mc 11:25; 1Pe 3:7 - Perdoar falhas (passado, presente e futuro) do marido.
"Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." (Ef 4:32 ACF)
    "
14  Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; 15  Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas." (Mt 6:14-15 ACF)
     "E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas." (Mc 11:25 ACF)
     "Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações." (1Pe 3:7 ACF)

Ef 5:21,22 - Fazer-adaptar alegremente seus planos subordinados às prioridades do marido (o líder).
"21  Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus. 22  Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao SENHOR;" (Ef 5:21-22 ACF)

Pv 31:26
- Mostrar apreciação pela atenção que o marido tem que dar aos detalhes do seu trabalho.
"Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua." (Pv 31:26 ACF)

1Pe 3:1
- Encorajar o marido nas suas derrotas.
"Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra;" (1Pe 3:1 ACF)

Hb 13:18; Pv 18:12; Tg 5:16; Mt 5:24
- Reconhecer quando erra e pedir perdão.
"Orai por nós, porque confiamos que temos boa consciência, como aqueles que em tudo querem portar-se honestamente." (Hb 13:18 ACF)
     "O coração do homem se exalta antes de ser abatido e diante da honra vai a humildade." (Pv 18:12 ACF)
     "Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." (Tg 5:16 ACF)
     "Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta." (Mt 5:24 ACF)

Rm 8:28,29 - Ver, nas imperfeitas características deles, aquelas boas, que Deus quer desenvolver.
"28  E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. 29 ¶  Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos." (Rm 8:28-29 ACF)

Fp 4:11,12; 1Tm 6:8
- Desenvolver contentamento em viver dentro da renda do marido.
"11  Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. 12  Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade." (Fp 4:11-12 ACF)
     "Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes." (1Tm 6:8 ACF)





2.1.2. Objetivos (Contínuos) para o Marido  (melhoras virão, mas não exijamos perfeição imediata,total e definitiva!):

Ef 5:25 - Reconhecer necessidade da esposa sentir que é importante para o marido. Reservar-lhe tempo.
"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela," (Ef 5:25 ACF)

1Pe 3:7
- Valorizar (!) as opiniões da esposa (a despeito dos caminhos para chegar a elas não ser idêntico ao dos homens).
"Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações." (1Pe 3:7 ACF)

Fp 4:8; Tg 4:11 - Concentrar-se nas qualidades positivas da esposa (poemia exclusiva, de Deus).
"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." (Fp 4:8 ACF)
    "Irmãos,
não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz." (Tg 4:11 ACF)

Pv 23:23; Gl 6:2; 1Co 13:7 - Lidar com problemas sem tentar "disciplinar" a esposa (ela não é sua filha!)
"Compra a verdade, e não a vendas; e também a sabedoria, a instrução e o entendimento." (Pv 23:23 ACF)
    "
Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo." (Gl 6:2 ACF)
    "
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." (1Co 13:7 ACF)

1Co 13:4 - Dar à esposa mais tempo para expressar-se. Ela necessita-o (mas, frequentemente, expressa-se melhor).
"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece." (1Co 13:4 ACF)

Pv 31:28 - Projetar a ideia que a pessoa total da esposa é seu complemento (muito diferente de competidora a ser esmagada). Perfeito.
"Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva." (Pv 31:28 ACF)

Fp 2:4
-Aprender (investindo tempo juntos) a ver sob o ponto de vista dela, entender como ela pensa.

Ef 5:16; Sl 90:12 - Aprender a dizer não a outros, em proteção ao seu tempo [legítimo] com a família.
"Remindo o tempo; porquanto os dias são maus." (Ef 5:16 ACF)
    "
Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios." (Sl 90:12 ACF)

Pv 13:24 (e 23:13; 29:17); Ef 6:4 - Clarificar bem as metas e orientações para disciplinar os filhos.
"O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga." (Pv 13:24 ACF)
    "E vós,
pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor." (Ef 6:4 ACF)

Pv 20:18 - Prover tempo para discutir com a esposa os preparativos para grandes mudanças (ações).
"Cada pensamento se confirma com conselho e com bons conselhos se faz a guerra." (Pv 20:18 ACF)

1Ts 4:4
- Auto-controlar suas atitudes internas e ações externas (inclusive sexo) para com sua esposa.
"Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra;" (1Ts 4:4 ACF)

Ex 20:5 Continuamente exercitar-desenvolver sua liderança espiritual.
"Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam." (Êx 20:5 ACF)

Ef 5:4; Tt 2:8
- Nunca fazer piada e zombaria da esposa (especialmente frente a outros!)
"Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças." (Ef 5:4 ACF)
    "
Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós." (Tt 2:8 ACF)

Ef 4:32; Mt 6:14,15; Mc 11:25; simétrico de 1 Pd 3:7 - Perdoar suas falhas (passado, presente e futuro).
"Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." (Ef 4:32 ACF)
    "
14  Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; 15  Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas." (Mt 6:14-15 ACF)
    "E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas." (Mc 11:25 ACF)
    "Igualmente vós,
maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações." (1Pe 3:7 ACF)

He 13:18; Pv 18:12; Tg 5:16; Mt 5:24 - Reconhecer quando erra e pedir perdão (manter comunicação, no casamento, é responsabilidade do marido!).
"Orai por nós, porque confiamos que temos boa consciência, como aqueles que em tudo querem portar-se honestamente." (Hb 13:18 ACF)
    "O coração do homem se exalta antes de ser abatido e diante da honra vai a humildade." (Pv 18:12 ACF)
    "Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." (Tg 5:16 ACF)
    "Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta." (Mt 5:24 ACF)

1Tm 3:5 - Sempre que necessário, tomar tempo para debater e tornar bem claro o que é da responsabilidade dele, e o que ele espera da esposa (e dos filhos).
"(Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?);" (1Tm 3:5 ACF)



(retorne à PÁGINA ÍNDICE de SolaScripturaTT / VidaDosCrentes)