1 João 5:7 – Notas de John Gill's Exposition of the Whole Bible (1748)

[ “ 7 Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um.
8 E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num.” (1Jo 5:7-8 ACF)]

 

“PORQUE TRÊS SÃO OS QUE TESTIFICAM NO CÉU, etc.” Isto é, [testificam] que Jesus é o Filho de Deus.

A autenticidade deste texto tem sido posta em dúvida por alguns, porque

A todos esses oponentes pode ser respondido que,

 

As testemunhas celestiais da filiação de Cristo são,

“o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo”. The "Father" is the first Person,  so called,  not in,  reference to the creatures,  angels,  or men,  he is the Creator,  and so the Father of; for this is common to the other two Persons; but in reference to his Son Jesus Christ,  of whose sonship he bore witness at his baptism and transfiguration upon the mount. The "Word" is the second Person,  who said and it was done; who spoke all things out of nothing in the first creation; who was in the beginning with God the Father,  and was God,  and by whom all things were created; he declared himself to be the Son of God, and proved himself to be so by his works and miracles; see #Mr 14:61,62 Joh 5:17 10:30,  &c. and his witness of himself was good and valid; see #Joh 8:13-18; and because it is his sonship that is,  here testified of,  therefore the phrase,  "the Word,"  and not "the Son,"  is here used. "The Holy Ghost" is the third Person,  who proceeds from the Father,  and is also called the Spirit of the Son, who testified of,  Christ’s sonship also at his baptism,  by descending on him as a dove,  which was the signal given to John the Baptist,  by which he knew him,  and bare record of him,  that he was the Son of God. Now the number of these witnesses was three,  there being so many persons in the Godhead; and such a number being sufficient,  according to law,  for the establishing of any point:
Ao que pode ser adicionado que eles eram testemunhas no céu, não para os habitantes celestiais, mas para os homens sobre a terra, eles foram assim chamados, porque eles estavam no céu, e a partir dali eles deram seu testemunho [direcionado] para fora dali, e que mostra a firmeza e excelência do mesmo [testemunho], sendo ele não a partir da terra, mas a partir do céu, e não humano, mas divino, ao qual [testemunho] podem ser aplicadas as palavras de Jó, em Jó 16:19

[“Eis que também agora a minha testemunha está no céu, e nas alturas o meu testemunho está.” (Jó 16:19 ACF)]

Segue-se,

E ESTES TRÊS SÃO UM”, que é para ser entendido, não só de sua unidade e concordância em seu testemunho, testemunhando eles da mesma coisa, a filiação de Cristo, mas de sua unidade na essência ou natureza, sendo eles o Deus único. De modo que, esta passagem firmemente defende e afirma a unidade de Deus, uma trindade de pessoas dentro da divindade, a divindade própria de cada pessoa, e sua personalidade distinta, a unidade da essência na medida em que eles são um; uma trindade de pessoas em que eles são três, o Pai, o Verbo, e o Espírito Santo, e não são nem mais nem menos; a divindade de cada pessoa, pois de outro modo o seu testemunho não seria o testemunho de Deus, como no 1Jo 5:9; e suas personalidades distintas, pois eles não fossem três pessoas distintas, que não podiam ser três testemunhas, ou três que testificam [no céu]. Este [meu livro] sendo um lugar apropriado, vou inserir a fé dos antigos judeus a respeito da doutrina da Trindade; mais prontamente [faço isto], uma vez que [tal fé dos antigos judeus] concorda com a doutrina do apóstolo, em palavras e linguagem, bem como na matéria. Eles chamam as três Pessoas na Divindade de três graus: eles dizem {d},

"Jeová, Elohenu (nosso Deus), Jeová, Dt 6:4; estes são os três graus em relação a este mistério sublime, no início Elohim, ou Deus, criou, Ge 1:1, etc."

E estes três, dizem eles, embora sejam distintas, todavia são um, como parece pelo que se segue {e}:

"Venha ver o mistério da palavra, há três graus, e cada grau existe e é por si só, todavia todos eles são um [só], e estão ligados juntos dentro de um, e um não está separado do outro."

Mais uma vez, diz-se {f},

"Esta é a unidade de Jeová o primeiro, Elohenu, Jeová, eis que todos eles são um, e, portanto: um chamado; eis que os três nomes são como se fossem um, e, portanto, são chamados de um, e eles são um , mas pela revelação do Espírito Santo é dado a conhecer, e pela visão do olho pode ser conhecido, “dxa Nyla atltd,“, que estes três são um": e este é o mistério da voz que é ouvida; a voz é um, e há três coisas, o fogo, e o Espírito, e a água, e todos eles são um no mistério da voz, e eles são um só: Portanto, aqui, Jeová, Elohenu, Jeová, eles são um , os três, Nynwwg, formas, modos, ou coisas, que são um. "

Mais uma vez {g},

"Existem dois, e um se ajunta com eles, e eles são três, e quando os três são um, ele diz para eles, estes são os dois nomes que Israel ouviu, Jeová, Jeová, e Elohenu está ajuntado com eles, e é o selo do anel de verdade; e quando eles são unidos como um só, eles um em uma unidade ".

E isso eles ilustram pelos três nomes da alma do homem {h};

"Os três poderes são todos eles um, a alma, espírito e respiração, eles são unidos como um só, e eles são um, e tudo está de acordo com o modo do mistério sublime",

significado da Trindade.

"Diz R. Isaac {i} dignos são os justos neste mundo e no mundo por vir, porque eis que o conjunto de [todos] eles é santo, seu corpo é sagrado, sua alma é santa, seu Espírito é santo, a respiração é santa, santo são essas três graus" de acordo com o formulário acima" .- Venha ver esses três graus se unirem como um só: a alma, Espírito, e respiração. "

... ... ... ...

 

{z} Respons. contr. Arian. obj. 10. & de Trinitate,  c. 4.
{a} Contr. Arium,  p. 109.
{b} De Unitate Eccles. p. 255. & in Ep. 73. ad Jubajan,  p. 184.
{c} Contr. Praxeam,  c. 25.
{d} Zohar in Gen. fol. 1. 3.
{e} Ib. in Lev. fol. 27. 2.
{f} Ib. in Exod. fol. 18. 3, 4.
{g} lb. in Numb. fol. 67. 3.
{h} lb. in Exod. fol. 73. 4.
{i} lb. in Lev. fol. 29. 2.
{k} Sepher Jetzira,  Semit. 1.
{l} Sepher Jetzira,  Semit. 2.
{m} Ib. Semit. 3.
{n} R. Menachem apud Rittangel. in Jetzira,  p. 193.
{o} Tikkune Zohar apud ib. p. 64.
{p} Apud ib. p. 38.
{q} Zohar in Gen. fol. 48. 4. Jarchi in Gen. xix. 24. Vid. T. Bab. Beracot,  fol. 6. 1. & Gloss. in ib. & Sanhedrin,  fol. 3. 2.
{r} R. Abraham Seba in Tzeror Hammor,  fol. 113. 2.


 

Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).

(Copie e distribua ampla as gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)

 

(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Bibliologia-PreservacaoTT/

retorne a http://solascriptura-tt.org/)