King James kjv-only kjv-onlism Textus Receptus, contra Mar Morto NKJV Scofield, acusações thee thou apócrifos traduções são imperfeitas, popularidade e salvações Bíblias modernas


Capítulo 30



Pergunta - A Bíblia King James é apenas uma tradução do Grego para o Inglês. Uma tradução não pode ser tão boa quanto os originais. Pode?

Resposta - Uma tradução pode não apenas ser tão boa quanto os originais, mas até melhor.

Explanação -

Existem três "traduções" mencionadas na Bíblia. Em todos os três casos, a tradução referida é melhor do que o original. Uma vez que aceitamos a Bíblia como nossa Autoridade FINAL e todas as regras de fé e PRÁTICA.

Sua "prática" terá mais autoridade do que qualquer mera opinião humana:

1) A primeira tradução mencionada na Escritura encontra-se em 2 Samuel 3:7-10:

7. E tinha tido Saul uma concubina, cujo nome era Rispa, filha de Aiá; e disse Isbosete a Abner: Por que possuíste a concubina de meu pai?

8. Então se irou muito Abner pelas palavras de Isbosete e disse: Sou eu cabeça de cão, que pertença a Judá? Ainda hoje faço beneficência à casa de Saul, teu pai, a seus irmãos, e a seus amigos e não te entreguei nas mãos de Davi, e tu hoje buscas motivos para me argüires por causa da maldade de uma mulher.

9. Assim faça Deus a Abner, e outro tanto, se, como o SENHOR jurou a Davi, assim eu não lhe fizer,

10. Transferindo o reino da casa de Saul, e confirmando o trono de Davi sobre Israel, e sobre Judá, desde Dã até Berseba.




Após a morte do rei Saul conforme 1 Samuel 31, Abner, que havia sido o capitão do exército de Saul, instalou Isbosete como rei, em lugar de Davi. (2 Samuel 12:8,9).

Mais tarde Isbosete e Abner tiveram uma disputa. Abner com raiva, anunciou a Isbosete que iria "transferir" o reino de Israel de Isbosete para Davi.

É óbvio, pela declaração de Abner conforme 2 Sm 3:9 que o SENHOR queria Davi como rei sobre as doze tribos de Israel. Por conseguinte, a "trasladação" do reino de Israel para Davi foi MELHOR do que o estado "original", que havia se dividido, com Davi governando uma parte e Isbosete governando erroneamente a outra. Lembrem-se da lei das primeiras menções.

2) A segunda trasladação de que fala a Escritura encontra-se em Colossenses 2:13:

"E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas".

Aqui a "trasladação/tradução" mencionada e a conversão de um pecador perdido à uma nova vida em Jesus Cristo. Ninguém em sã consciência poderia sequer PRETENDER que esta trasladação não seja um melhoramento maciço sobre a condição "original".

3) A terceira trasladação encontrada na Bíblia está em Hebreus 11:5:

"Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte, e não foi achado, porque Deus o trasladara; visto como antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus."

A palavra trasladar aparece apenas cinco vezes na Escritura. Uma vez em 2 Samuel; uma em Colossenses e as outras três em Hebreus 11:5.

Até mesmo um cristão com um conhecimento superficial da Bíblia conhece bem a história de Enoque conforme Gênesis 5. Enoque andava com Deus e é conhecido como tendo agradado a Deus. Ele era um profeta (Juizes 14) e um homem de fé. Deus achou conveniente tomar Enoque FISICAMENTE para o céu, a fim de que ele não passasse pela experiência da morte.

Essa ação individual é uma versão em miniatura do que os cristãos chamam de "O Arrebatamento" mencionado em 1 Coríntios 15; 1 Tessalonicenses 4; Tito 2 e várias outras passagens da Bíblia. Visto como a palavra "arrebatamento" não aparece em parte alguma na Escritura, um nome mais apropriado para essa futura ocorrência deveria ser "A Bem Aventurada Esperança" (Tito 2:13) ou seremos arrebatados conforme 1 Tessalonicenses 4:17, ou a nossa trasladação conforme Hebreus 11:5. É óbvio que a trasladação de Enoque foi um melhoramento de sua condição "original".

Desse modo, vemos que toda tradução mencionada em nossa AUTORIDADE FINAL EM TODOS OS ASSUNTOS é um melhoramento do original.

Se você é um simples crente bíblico não terá problema em aceitar isto. Se você adora a educação ou simplesmente detesta estar errado rejeitará o fato bíblico tão facilmente como rejeitará CADA fato bíblico com o qual você não possa concordar.

Deveríamos notar aqui que os perplexos tradutores, tanto da New American Standard Version como da Nova Versão Internacional, quando confrontados com a contundente contradição do deu próprio dano pessoal, não poderiam permitir-se a palavra "tradução" em qualquer das palavras acima mencionadas.

Quem você vai seguir? A Bíblia ou homens?



Capítulo 31





Pergunta - Ainda posso encontrar fundamentos em outras Bíblias. Então como podem ser ruins?

Resposta - Quaisquer fundamentos encontrados em qualquer versão são mais puros ou mais freqüentemente encontrados na Bíblia King James, de modo que a King James é a melhor de todas.

Explanação -

A maioria das pessoas que afirmam ser capazes de encontrar fundamentos em outras versões esquecem que os próprios fundamentos que imaginam poder encontrar foram originalmente a eles ensinados numa uma Bíblia King James. A seguir estão apenas algumas doutrinas que podem ser ENCONTRADAS em outras versões, porém encontradas de modo MAIS FRACO do que na King James. As versões mencionadas são usadas como uma seção de cruzamento de versões disponíveis e não incluem nem excluem necessariamente outras.

1. A divindade de Cristo é diluída em Atos 3:13,26; 4:27,30 na Nova Versão King James, New Standad Version e New American Standard Version, onde Jesus é chamado "servo", em vez de "Filho de Deus".

2. A doutrina do inferno é diluída em Lucas 16:23 na Nova Versão King James e New Americam Standard Version, onde o traduzem como "hades", em vez de traduzir como inferno.

3. A salvação do eunuco etíope é eliminada na New Standard Version e na New American Standard Version, nas quais Atos 8:37 é removido do texto.

4. A ascensão de Jesus Cristo é relegada em Lucas 24:51, na New American Standard Version.

5. O nascimento virginal de Jesus é negado na Nova Versão Internacional e na New American Standard Version, em Lucas 2:33 onde José é chamado pai de Jesus.

6. A doutrina da Trindade é removida ou questionada em1 João 5:7, onde a New American Standard Version e a Nova Versão Internacional removem o verso e em seguida dividem o verso 6 e fabricam um verso 7 falso na Nova Versão King James, onde uma nota lança dúvida sobre sua autenticidade.

Estas são apenas ALGUMAS das corrupções nos textos das modernas versões atuais. A lista de modo nenhum está completa.

Deve-se declarar que essa crítica a outras bíblias não é "implicância". Contudo, convém lembrar que se você pode encontrar uma doutrina particular numa bíblia moderna, digamos, duzentas vezes e pode encontrar a mesma doutrina MAIS vezes na King James, então a Bíblia King James é mais forte.



Capítulo 32





Pergunta - Se a Bíblia King James é realmente perfeita, como podem tantos pregadores e eruditos estar errados a respeito dela?

Resposta - A maioria SEMPRE está errada.

Explanação -

Em Mateus 7:13-14, Jesus mostra uma grande verdade bíblica. A maior parte da população NÃO será salva:

13.Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;

14. E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.


Esta passagem nos ensina que a maior parte das pessoas na terra, ERRONEAMENTE, irá rejeitar Cristo e irá para o inferno.

Até mesmo uma olhada casual na Bíblia nos mostrará que a maioria sempre está errada.

A maior parte das pessoas rejeitou a pregação de Noé e pereceu no dilúvio.

A maior parte pereceu em Sodoma e Gomorra.

A maior parte de Israel adorou o bezerro de Arão em Êxodo 32.

A maior parte de Israel rejeitou o ministério de profetas, tais como Jeremias.

A maior parte das pessoas rejeitou Jesus Cristo durante o seu ministério terreno.

A maior parte das pessoas vivas atualmente rejeita Jesus Cristo como Salvador do mundo.

Parece que através de toda história apenas um grupo pequeno de pessoas tem tido um coração bastante maleável para aceitar a verdade revelada de Deus.

O fato é que a maior parte dos "eruditos" e pregadores da Bíblia rejeitam a Bíblia King James como sendo inteiramente escriturística. E essa maior parte está ERRADA.



Capítulo 33





Pergunta - O Espírito Santo não é incorretamente chamado "it" em Romanos 8:26 na Bíblia King James?

Resposta - Não. Nada há de errado com a tradução de "pneuma" em Romanos 8:26.

Explanação -

A refutação desta acusação tão popular, embora fraca, contra a integridade da Bíblia procede de três fontes: 1ª - da própria língua grega; 2ª da hipocrisia dos críticos da Bíblia; 3ª do próprio Jesus Cristo (visto como a Bíblia é a nossa autoridade final em todas as regras de FÉ e PRÁTICA o Seu testemunho DEVERIA ser de considerável influência).

Primeiro, a palavra traduzida "itself" igual ao mesmo Espírito em Romanos 8:26 é "pneuma", que significa "espírito". (Visto que o espírito é como o ar conforme Gênesis 1:7; João 3:8, usamos a palavra "pneumático" para descrever as coisas operadas no ar). No grego cada palavra tem o seu gênero distinto: masculino, feminino ou neutro. O gênero masculino é denotado pelo artigo "o". O feminino é denotado pelo artigo "a" e o neutro por "tou" . A palavra para espírito (pneuma) é NEUTRA, fato conhecido até mesmo pelos estudantes de língua grega. Desse modo, a Bíblia King James traduz CORRETAMENTE pneuma como "it self" porque seria gramaticalmente incorreto traduzi-la por "him self" conforme fazem muitas traduções inferiores de hoje. Visto como alguns críticos da Bíblia King James gostam de apontar isto como "erro de tradução" do grego, parece de fato hipócrita criticá-la aqui por ter traduzido corretamente o grego. Em seguida, juntando insulto à ignorância, eles louvam outras versões como a New American Standard Version, a Nova Versão Internacional e a Nova Versão King James, as quais entregam INCORRETAMENTE a palavra pneuma como "him self".

Segundo, juntando sua hipocrisia e expondo o seu desdém pela Bíblia de Deus, estes mesmos críticos que ficaram indignados por ter sido o Espírito Santo chamado "it" em Romanos 8:26, na Bíblia King James promovem traduções como a New American Standard Version e a New International Version, que chama Deus de "O Que", em Atos 17:23. A Versão Autorizada usa-o corretamente como "Que".

Terceiro, e mais convincente é uma declaração que Jesus faz no capítulo 4 de João, ao tratar com a mulher samaritana no poço.

Jesus, completamente à vontade diante da erudição do século 20, não hesita em dizer à mulher, no verso 22: "Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus".

A quem Jesus está se referindo com a palavra "o que"? Os versos seguintes definem perfeitamente a sua declaração.

23. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

24. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.


Então encontramos Jesus referindo-se a Seu próprio Pai como "o que" no verso 22 sem considerar isso uma TOLICE. Enquanto isso, os poderosos mice (ratos do computador) da escolaridade do século 20 dariam uma nova versão a esta passagem. Muito embora, eles, em sua conversação casual jamais consideram uma ofensa chamar o Espírito Santo de neutro. Qual VOCÊ vai seguir?



Capítulo 34





Pergunta - Será que a Bíblia King James, ao ser impressa pela primeira vez, continha os apócrifos?

Resposta - Sim.

Explanação -

Muitos críticos da Bíblia perfeita gostam de apontar que a King James original continha os Apócrifos, como se este fato pudesse comprometer sua integridade. Contudo, vários fatores devem ser examinados para se obter um quadro fatual do assunto.

Primeiro, nos dias em que a Bíblia foi traduzida a leitura dos Apócrifos era aceita em razão do seu valor HISTÓRICO, embora não fossem aceitos como Escritura por nenhuma igreja, exceto a Católica Romana. Os tradutores da King James, portanto, colocaram esses livros ENTRE o Velho e o Novo Testamento, visando o benefício histórico de seus leitores. Eles não os integraram ao Velho Testamento, como o haviam feito os corruptos manuscritos alexandrinos.

Que eles rejeitaram os Apócrifos como divinamente inspirados é muito óbvio pelas sete razões por eles apresentadas, para não os incorporarem ao texto. São elas as seguintes:

1.Nem sequer um deles se encontra em língua hebraica, a única língua usada pelos inspirados historiadores e poetas do Velho Testamento.

2. Nenhum dos escritores fez qualquer afirmação de inspiração.

3. Esses livros jamais foram reconhecidos como Escrituras Sagradas pela Igreja Judaica e, portanto, jamais foram sancionados por nosso SENHOR.

4. A eles não se conferiu lugar ao lado dos livros sagrados, durante os primeiros quatro séculos da igreja cristã.

5. Eles contêm declarações mitológicas e declarações contraditórias não apenas às Escrituras canônicas mas a si mesmos. Por exemplo, nos dois livros de Macabeus, Antioco Epifanio é descrito como morrendo de três mortes diferentes e em muitos lugares diferentes.

6. Por inculcarem doutrinas divergentes da Bíblia, como por exemplo, orações pelos mortos e a perfeição dos que não pecam.

7. Ensinam práticas imorais, tais como a mentira, o suicídio, o assassinato e o encantamento mágico.

Se ter os Apócrifos ENTRE os dois Testamentos os desqualifica como autoritativos, então os corruptos manuscritos Vaticanus e Sinaíticos de Alexandria devem ser totalmente imprestáveis, visto como os seus autores obviamente não tinham a convicção dos tradutores da Bíblia King James e os incorporaram ao texto do Velho Testamento, dando-lhes, assim, autoridade como Escritura.



Capítulo 35





Pergunta - Pode alguém ser salvo se você usar outra Bíblia que não seja a King James?

Resposta - Sim.

Explanação -

Geralmente os fatos relacionados ao Evangelho de Cristo e à simplicidade da salvação são encontrados intactos, até mesmo nas mais grosseiras perversões da Escritura.

Contudo, devemos nos lembrar de que a Bíblia é uma espada na mão do cristão (Hebreus 4:12; Jó 40:19; 2 Timóteo 3:16).

É também o alimento através do qual um cristão recém convertido pode crescer diariamente, conforme 1 Pedro 2:2. É nestas áreas que as novas Bíblias estão enfraquecidas. De fato, os vários versos dados acima são alterados em muitas versões novas, enfraquecendo, desse modo, a Escritura.

Portanto, é possível ser salvo através de outras versões, mas o cristão jamais se tornará uma ameaça ao diabo, se não crescer na graça e no conhecimento de Cristo.



Capítulo 36





Pergunta - Os Pergaminhos do Mar Morto tornam a Bíblia King James obsoleta?

Resposta - Não. Eles lhe dão suporte.

Explanação -

Os Pergaminhos do Mar Morto, que foram encontrados por um árabe, pastor de ovelhas em 1947, nas cavernas de Qunram, perto de Jericó, Israel, não prejudicaram de modo algum a Bíblia.

O seu texto realmente CONCORDA com a Bíblia King James. Este fato os torna sem atração aos eruditos que desejam jogar fora a Bíblia perfeita. Desse modo, em vez de comentar sobre a ironia da maneira como foram encontrados, eles amplamente o ignoram.

Os tradutores da Bíblia King James não precisaram dos pergaminhos do Mar Morto, visto como já possuíam o Textus Receptus que seguiram.



Capítulo 37





Pergunta - O que acontece se eu realmente tiver problemas com os "thee's" e "thou's" na Bíblia?

Resposta - O que? Leia-a de qualquer maneira.

Explanação -

Alguém disse certa vez: "Deus lhe dá um bife, mas não vai cortá-lo em pedaços e com ele alimentar você".

Considere estes fatos :

Deus se esforçou ao máximo para INSPIRAR os originais perfeitos. Ele juntou os livros do Velho Testamento e do Novo Testamento e documentou a sua autenticidade. Ele tem PRESERVADO as suas palavras contra os ataques dos tiranos católicos romanos e filósofos alexandrinos. Este processo custou-Lhe muitas vidas, lares e famílias de alguns dos seus servos mais fiéis. Ele reuniu os melhores eruditos da história e os fez traduzi-las na língua universal - o Inglês, na mais absoluta pureza de forma.

Então você fica tão afetado por causa dos "thee's" e dos "thou's"?

Cale a boca e coma o seu bife!



Capítulo 38





Pergunta - A Nova Versão King James está embasada nos manuscritos de Antioquia. Isso representa um melhoramento na Bíblia King James?

Resposta - Não.

Explanação -

A Nova Versão King James está para a Bíblia inglesa como os manuscritos alexandrinos estão para o Grego. Uma corrupção do texto PURO por homens que sustentam a doutrina deplorável de que a Bíblia não pode ser perfeita (INDEPENDENTE do que possam dizer enquanto pregam) e que deve ser corrigida pelo frágil intelecto humano.

A Nova Versão King James, ao contrário de muitas traduções modernas, está embasada nos corretos manuscritos de Antioquia e não nos corruptos manuscritos alexandrinos. Infelizmente, porém, os homens incumbidos da obra de traduzi-la consideram a Bíblia imperfeita. Eles negariam essa acusação veementemente em público porque seus empregos dependem disso. Mas de FATO eles não crêem que Bíblia ALGUMA seja perfeita. NEM ATÉ MESMO A SUA NOVA VERSÃO KING JAMES! Desse modo, para eles a Bíblia perfeita se perdeu (guardada no céu) e as mentes dos eruditos são a única esperança de resgatar do esquecimento os "pensamentos" da mesma.

Muitos dos homens que compõem a equipe de tradutores podem até ser grandes pregadores e pastores, mas isso de modo algum os comissiona a corrigir a Bíblia.

A sinceridade não pode melhorar a perfeição. Desse modo, em vez de "tornar a coisa melhor" eles têm conseguido apenas, com todo o seu trabalho fabricar "uma perfeita droga".

Deve-se lembrar que há uma grande dose de prestigio envolvendo quem se assenta numa equipe de tradutores de uma versão "moderna" da Bíblia (Mateus 23:5-7).



Capítulo 39





Pergunta - A Nova Bíblia Scofield não é uma Bíblia King James?

Resposta - Não apenas a Nova Bíblia Scofield deixa de ser uma Bíblia King James. Ela nem sequer é uma Bíblia "Scofield".

Explanação -

A primeira e mais forte razão porque a nova Bíblia Scofield não é absolutamente uma Bíblia Scofield é vergonhosamente simples. O DR. C. I. SCOFIELD NÃO É O EDITOR DA MESMA. Ele FALECEU em 1921. Exceto por uma ressurreição "especial", é impossível que um homem falecido em 1921 tivesse editado um livro em 1967.

A justificativa do editor para essa nova "edição" foi que o Dr. Scofield, cuja referência bíblica fora primeiramente publicada em 1909, havia anexado material e publicado nova edição em 1917. Contudo, se é prerrogativa do autor alterar as suas próprias obras, isso certamente não dá a outros, mais de 45 anos após sua morte, um cheque em branco para fazer alterações e em seguida assinar o nome dele nessa obra.

Se alterássemos o final de "Macbeth", seríamos mais que desonestos ao afirmar que essas mudanças receberam a aprovação de Shakespeare.

Segundo, os editores exerceram grande liberdade em mudar os atributos da obra de referência do Dr. Scofield, os quais o Dr. Scofield considerava muito importantes para serem incluídos em sua obra. Na introdução de sua publicação duplamente desonesta de 1967, eles admitem essas mudanças.

NOVA SCOFIELD - "Dentre as mudanças e melhoramentos feitos nesta edição constam os seguintes:

Importantes mudanças de palavras no texto, a fim de ajudar o leitor.

Um sistema modificado de auto-pronúncia.

Revisão de muitas das introduções aos livros da Bíblia, inclusive designação do autor, tema e data.

Mais subtítulos.

Esclarecimentos de algumas notas de rodapé, supressão de outras e a edição de muitas anotações novas.

Mais referências marginais.

Uma cronologia inteiramente nova.

Um novo índice.

Uma concordância especialmente preparada para esta edição.

Novos mapas.

Letra mais legível.

Algumas dessas características são explicadas abaixo".

Com suas próprias palavras eles admitem ter alterado o texto do Dr. Scofield (Bíblia King James), introdução aos livros da Bíblia, notas, referências marginais, cronologia e muitas outras características.

Será que o Dr. Scofield teria dado sua aprovação a tais mudanças? Não! A não ser que um dos nove membros do comitê tivesse usado a feiticeira de Endor para invocar o Dr. Scofield, conforme esta fez com Samuel!

De fato, o editor até mesmo admite que as mudanças efetuadas foram escolhas arbitrárias do comitê de revisão.

"Cada posição tomada representa o pensamento ou convicção do comitê ou de um grupo".

Qual o resultado dessas manobras duplas? Um exemplo será o bastante:

"O batismo, desde a era apostólica, tem sido praticado por um grupo cada vez maior da igreja cristã e comunhões protestantes, reconhecido como um dos dois sacramentos... sendo o outro a ceia do SENHOR. Desde o princípio da história da igreja, três maneiras diferentes de batismo têm sido usadas: aspersão efusão e imersão".

Vemos aqui que os novos revisores (NÃO o Dr. Scofield) crêem que existe uma diferença entre a verdadeira igreja cristã e as "comunhões" protestantes. É o caso de se indagar: Quando um grupo é definido como "protestante", então como é chamado o outro grupo?

Segundo, os novos revisores apóstatas (NÃO o Dr. Scofield) afirmam SEM QUALQUER PROVA ESCRITURÍSTICA, que os cristãos batizavam por aspersão e efusão, do mesmo modo como por imersão.

Lembremo-nos que nas notas de rodapé é encontrado o nome do Dr. Scofield na edição de 1967. Que livro é esse que afirma em sua página titular que um homem já falecido (o Dr. Scofield) é um dos seus editores?

O que diz a nota de rodapé de Atos 8:12 na Bíblia Scofield LEGÍTIMA de 1917, quando o editor, o Dr. Scofield ainda estava vivo?

Nada! Não EXISTE tal nota de rodapé!

Está certo. A nova bíblia "Scofield" tem uma nota "Scofield" acrescentada após a morte de "Scofield", o editor, a qual o legítimo Dr. Scofield jamais iria aprovar e que jamais constou do texto em qualquer época de sua vida.

É o caso de se indagar: isso é honesto?

Provas de que a nova Bíblia Scofield não é uma legítima King James podem ser encontradas em quase todas as páginas, desde as notas marginais até o nome da Bíblia gêmea - a King James. O texto da Nova Bíblia Scofield NÃO é o da Bíblia King James, do mesmo modo como ela não é a Bíblia Scofield.

Seria importante também notar que nos últimos anos o tamanho e o formato da nova Bíblia Scofield tem sido mudado no sentido de se assemelhar à Bíblia de Referência Scofield. Muitos cristãos que desejam uma legítima Bíblia Scofield de referência têm comprado a nova Bíblia Scofield por engano.

O negócio de "bíblia" é lucrativo, hem?





(retorne à PÁGINA ÍNDICE de SolaScripturaTT / Bibliologia-PreservacaoTT)