Defende Romanos 8:1 como no texto tradicional TT, Textus Receptus TR, Almeida Corrigida Fiel, KJV, a inspiração e preservação da Bíblia, as Escrituras, não o texto crítico eclético nvi niv.



ROMANOS 8:1

Ron Powell Th.D.

Philippine Baptist Mission

P.O. Box 962 Madisonville, TN 37354-0962

email: rastus@usit.net

(Traduzido por Valdenira N.M. Silva, 2000)


Romanos 8:1 é um local famoso no coração dos odiadores da Bíblia, e Kenneth Wuest [autor do bestseller "The Book Of Romans In New Testament Greek", que é falsamente erudito e tem seduzido muitos pastores] mostra-nos seu coração perverso eliminando as 10 últimas palavras do texto:

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, QUE NÃO ANDAM SEGUNDO A CARNE, MAS SEGUNDO O ESPÍRITO."

O senhor West, comentando Rom 8:1, tira fora suas dez últimas palavras, como fizeram Nestle, Wescott & Hort, Vaticanus, a NIV e alguns outros manuscritos do tipo católico. (a NIV, New International Version, [nvi – nova versão internacional] é uma das mais ímpias peças de corrupção que jamais se produziu. Se suas páginas fossem usadas como toalha de papel absorvente, eu teria medo de pegar uma doença!)

Os produtores das novas bíblias ($$) não podem entender que um crente pode chegar a estar debaixo de condenação [temporária e só nesta terra] se andar na carne. Foi por isso que eles retiraram as dez últimas palavras do verso.

Eu confrontarei o problema deles de três maneiras: (1) doutrinariamente, comparando escritura com escritura; (2) comparando as evidências dos manuscritos; e (3) historicamente – [oferecendo] citações históricas do verso ou das palavras em questão.

Os publicadores da NVI ($$) e da maioria das outras bíblias "para enxugar as mãos em banheiros", têm cometido um erro desastroso, com conseqüências terríveis que a América e o mundo estão agora colhendo. Eles foram seduzidos (talvez eles gostaram disto, porque não se pode cobrar direitos autorais da KJB - $$) pelos manuscritos (MSS) Católicos Romanos (Sinaiticus e Vaticanus). Estes foram condescendentemente aceitos pela maioria mundial da "cristandade religiosa erudita", através do infame texto grego de Westcott e Hort, da década de 1870.

Quando estas bíblias ensinam que um crente não pode vir a estar sob condenação, elas estão erradas. A palavra condenação nem sempre significa "condenação eterna", como o comitê da NASV [New American Standard Version] supõe. (Veja Rom 14:22-23). A condenação de Rom 8:1 não é a condenação de João 5:24, mas sim a condenação de Rom 8:13, onde um crente volta a se pôr sob a lei ["Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis"]. Por causa disto, Deus o condena na carne, destroi o corpo, como na ceia do Senhor [1Cor 11:29 - "Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor."] [ver versos 27-34], e, por fim, destroi a carne para que o espírito possa ser salvo, etc. (1Cor 5).

Agora que temos a parte doutrinária correta, vendo claramente que a última metade do verso está correta, vamos para a parte das evidências dos manuscritos.

Examinemos as evidências dos MSS concernentes às primeiras seis das últimas dez palavras: "Que não andam segundo a carne".

No aparato crítico de Texto Grego de Nestle, a lista contra a leitura da King James é a seguinte:

1- Westcott & Hort rejeitam a leitura [i].

2- Nestle não dá nenhuma outra evidência para tirar estas seis palavras de Rom 8:1. Sua única evidência é que, uma vez que Westcott e Hort as tiraram [as 6 palavras] assim também ele as tira! Pode você imaginar tal coisa?

Nestle não somente seguiu Wescott e Hort, mas ele dá a volta e lista a evidência como se fosse terrivelmente esmagadora contra a leitura da King James! Em outras palavras, ele tirou as 6 palavras [somente] porque Westcott e Hort tiraram. Então ele lista todos os MSS onde as palavras estão. Ele simplesmente foi contra as evidências somente porque dois ingleses católicos decidiram que não gostavam da leitura!

As evidências dos MSS referentes às seis palavras são:

1- O Textus Receptus (a Bíblia King James veio deste Texto Grego)

2- A maioria dos outros testemunhos (Sim, a maioria dos outros MSS!) [ii]

Se a maioria dos outros MSS concordam com a leitura da King James, o que Nestle, Westcott & Hort, a NIV, ou outros mais, estão fazendo ao tirá-la da verdadeira Palavra de Deus? A prova é que, de mais de 5336 MSS, a maioria concorda com a leitura da King James em Rom 8:1. Por que tirar as seis palavras? Quem as quereria fora?

Mais alguns dos outros MSS concordando com a King James incluem:

1- Alexandrinus

2- Códice Bezae Cantabrigiensis

3- Códice Athous Laurae

Os seguintes minúsculos (MSS com letras minúsculas):

1- 81

2- 629

3- 2127

Os seguintes MSS da Velha Latina:

1- Demidovianus

2- Augiensis

3- Speculum

4- Bodleianus

5- Harleianus-Londiniensis

As seguintes versões:

1- Vulgata

2- Peshitta Siríaca

3- Gótica

4- Armeniana

Os seguintes "Pais da Igreja":

1-Vitorinus - Roma

2- Ambrósio

3- Efraim

4- Basílio

5- Crisóstomo (depois, veremos que este grande pregador cita todo o verso, não apenas de "Portanto," até "carne,") 2 [iii]

A evidência é avassaladora! Por que alguém se poria contra a leitura da King James? Quem desejaria que estas palavras fossem retiradas?

Vamos agora para as últimas quatro palavras: "mas segundo o Espírito."

As evidências contra a leitura da King James são:

1- Westcott e Hort  (que rejeitaram a leitura)

2- A família Alexandrina (do Egito, a caminho da Igreja Católica Romana)

3- A família Ocidental

4- Seidelianus

 

A evidência pró a leitura da King James é listada por Nestle como:

1- O Textus Receptus (o "Texto Recebido")

2- A maioria de outros testemunhos [iv]! O que? A maioria dos outros testemunhos? Existem mais de 5300 outros testemunhos. Ele lista 4 [MSS contra a leitura] e então, quando a maioria dos mais de 5300 outros são pró a leitura, ele tem o descaramento de lançar fora todos estes MSS. Que espírito está guiando estes corretores?

Mais evidências, pró as últimas quatro palavras ("mas segundo o Espírito") da leitura da King James, são:

1- Códice Sinaiticus (após pelo menos três corretores terem se fartado de adulterar o texto)

2- Códice "D" (também após pelo menos três corretores terem se fartado de adulterar o texto).

3- "K" (Códice Cyprius)

4- "L" (Códice Regius)

5- "F" (Porphyrianus)

6- A maioria de outras autoridades (Há mais do que 5300 outras autoridades [v]!)

Obviamente, as evidências da leitura da King James são avassaladoras!

Nas páginas anteriores, referimo-nos a "Corretores" que deleitaram-se brincando de bagunçar o texto. Nos séculos anteriores, um corretor é aquele que pegava um texto e inseria uma outra leitura nele; ou que acrescentava ou subtraía de uma leitura, ali colocando o que ele pensava que era a leitura correta (ou o que ele desejava que fosse a leitura correta, ou o que ele decidiu que seria). Tudo isto geralmente era feito enquanto o “corretor” lia de um texto que julgava ser superior ao que estava corrigindo. Usualmente, um “corretor” nos deixará saber que ele deleitou-se brincando de bagunçar o texto, inserindo um sinal na margem do texto que mudou.

[Abordemos, agora,] as evidências dos MSS concernentes à leitura das dez palavras, completas "Que não anda segundo a carne, mas segundo o Espírito."

Nestle, em seu Novo Testamento Grego, não lista nenhuma evidência dos MSS para as dez palavras em questão, tomadas em sua inteireza.

O “Expositor's Greek Testament” lista as seguintes evidências contra a leitura da King James:

1- Sinaiticus (que segue um corretor, o primeiro a mudar o texto)

2- "B" (Vaticanus 1209)

3- "C" (Códice Ephraemi)

4- "D" (provavelmente o primeiro corretor tendo retirado [todas as 10 palavras de] o trecho)

5- "F" (Códice Boreelianus)

6- Minúsculo número 47

7- As versões egípcia e etíope

8- Orígenes (um “Pai da Igreja”, mas não salvo)

9- Atanásio (um Pai da Igreja)

10- E todas as edições críticas [somente impressas após 1881, e baseadas em uns poucos] (manuscritos contrários ao do texto antioquino)

Examinemos alguns destes manuscritos (MSS) que são contrários à leitura da King James "que não anda segundo a carne, mas segundo o Espírito."

Sinaiticus foi encontrado em um monastério no Deserto de Sinai, em 1854, por Tischendorf, um alemão corretor da Bíblia. O dia estava frio e ele estava olhando os monges despedaçarem um velho livro e jogarem suas páginas de couro no fogo, para se aquecerem. Era o Sinaiticus! Tischendorf, claro, pensou que tinha encontrado alguma coisa mais perto de ser um original. Esta peça ímpia de “papel para enxugar as mãos” foi descoberta ser de cerca de 320 DC. Os monges sabiam o que ele realmente valia: nada – eles o estavam queimando para permanecerem aquecidos!

Vaticanus, bem, este foi mantido na obscuridade pela Igreja Católica por centenas de anos, jogado numa prateleira, pegando poeira. Ninguém jamais o usou porque todos sabiam que era uma corrupção. Após ler a história européia sobre como a Igreja Católica sempre usou reis e países para matar uns aos outros, você acha que Deus a usaria como um veículo para preservar Suas verdadeiras palavras?

Não apenas isto, mas Sinaiticus e Vaticanus discordam um do outro umas 3000 vezes apenas nos quatro Evangelhos! Se você tivesse duas testemunhas vindas para testificar em seu favor num julgamento onde eles discordariam mais de 3000 vezes, você pensa que venceria a questão? (ho, ho, ho)

Athanasius, um pai da igreja, não é listado nos escritos dos Pais da Igreja como tendo citado este verso. “The Expositor's Greek Testament” [descaradamente] mentiu quando o citou como uma autoridade.

O que significa [a expressão ] "todas as edições críticas"? Significa qualquer versão ou Texto Grego que seja anti a Bíblia King James. Isto definitivamente inclui o Novo Testamento de Westcott & Hort (do qual minha esposa e eu lemos sistematicamente cada verso em grego [quando estudávamos no seminário]) e o Texto Grego de Nestle. Há também outros poucos Textos Gregos, tais como o Metzger e Tregelles, mas todos concordam com ou provêm de Vaticanus e de Aleph (a primeira letra do alfabeto hebraico é outro nome para o Sinaiticus. Quanto a este último nome, foi ele escolhido para registrar que foi próximo ao Monte Sinai que este MS foi encontrado por Tishendorf, um liberal alemão corretor da Bíblia e uma real nulidade em discernimento espiritual? Ou foi o nome escolhido por que Tishendorf sacrificou a verdadeira Bíblia para alcançar fama?) [Sinai é o mesmo Monte Moriá onde Abraão quase sacrificou seu filho da promessa e onde Deus deu os dez mandamentos a Moisés].

As evidências pró a leitura da King James (a última metade de Rom 8:1), "que não anda segundo a carne mas segundo o Espírito" são como se segue:

1- Sinaiticus (ele é contra e é a favor [da leitura], dependendo de qual corretor adulterou o texto)

2- Claromontanus (um corretor corrompeu o verso)

3- Códice Cyprius

4- Códice Porphyrianus

Os seguintes MSS minúsculos (escritos em letras minúsculas)

5-    33, 88,104, 181, 326, 330, 451, 614, 630, 1241, 1877, 1962, 1984, 1985, 2492, 2495. (todos os 16 MSS, num total de 16 MSS!)

6- A maioria dos MSS Bizantinos

7- A maioria dos lecionários (milhares deles)

8- Ardmachanus

9- Sangermanensis (alguma dúvida quanto à leitura, por causa da má condição dos MSS)

10- O Siríaco Harclean

11- Teodoreto

12- Ps-Oecumenius

13- Teofilato

14- Crisóstomo

Qualquer pessoa, mesmo com apenas uma parte de um cérebro, pode ver que as evidências dos MSS estão com a leitura da Bíblia King James. Ainda assim, Kenneth Wuest  fica com Westcott & Hort. Eles não dão uma razão porque tiraram as dez últimas palavras de Rom 8:1. De fato, eles nem mesmo disseram a ninguém que tiraram estas palavras! (ho, ho, ho)

Agora, uma vez que estabelecemos (tanto doutrinariamente como pela evidência dos MSS) o que a leitura deve ser, vamos para os escritos dos Pais da Igreja. Vejamos o que eles têm a dizer.

Nós só temos 5 Pais da Igreja citando o versículo e eles são:

1- Orígenes (185? – 254? DC)

2- Jerônimo (340? - 420 DC)

3- Crisóstomo (345? - 407 DC)

4- Agostinho (354 - 430 DC)

5- Cassiano (360? - 435? DC)

Orígenes cita o versículo assim: "Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus." Então ele para. Ele deixa de fora as dez últimas palavras.

Orígenes foi um tão grande herético que provavelmente era louco! Ele cria em batizar crianças para que não fossem para o inferno! Agostinho também cria [vi]! Orígenes [também] não acreditava que Adão e Eva foram pessoas reais. [Ao contrário, cria que] o relato [bíblico] de Adão e Eva não foi uma história real ![vii] Orígenes negou a ressurreição física, e aceitou os livros católicos de Judite e Tobias como livros inspirados. Ele cria na reencarnação da alma e na transmigração após a morte [viii]! Pode ele ter sido um salvo? É este um pregador a quem você confiaria a sua igreja?

Jerônimo também cita o versículo de maneira errada. Ele não tira as dez últimas palavras como Orígenes, mas tira as quatro últimas palavras (“mas segundo o Espírito”) [ix] Jerônimo encontrou um convento em Belém, em 386-387 DC, para onde ele se retirou a fim de trabalhar na sua tradução  das Escrituras [x]. Sim, ele está indo ganhar dinheiro com novas Bíblias, exatamente como as  editoras de hoje. [Não me diga que] você não sabe que elas estão nisto por dinheiro [xi]!

Continuando, chegamos a Agostinho. Ele acreditava que toda criança não batizada (quer dizer, salpicada com água) estava indo para o inferno e precisava ser batizada para ser salva! Ele também citou o versículo de forma errada, omitindo suas dez últimas palavras [xii].

Ainda continuando, temos Cassiano citando o versículo erradamente, exatamente como Orígenes e Agostinho o fizeram, deixando de fora suas últimas dez palavras [xiii].

É de conhecimento de todos que Orígenes, Jerônimo e Agostinho estavam usando o tipo de texto corrompido em Alexandria. Assim, naturalmente, quando citaram Rom 8:1, eles foram compelidos pelo texto corrupto. Mas que tal Cassiano? De que tipo de texto ele citou? Foi o texto Antioquino? (Você lembra? A King James veio da Antióquia e “...em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” [Atos 11:26]      Ou foi o corrupto texto Alexandrino?

Você lembra que Jerônimo encontrou um monastério em Belém? Bem, o velho João Cassiano foi um famoso ermitão e um dos fundadores do monasticismo no Oeste Europeu. Ele nasceu no sul da França, mas passou a maioria dos seus anos de formação em um monastério perto de Belém, em solidão entre os eremitas do deserto no Egito [xiv]!

Eu imagino que Cassiano foi para o monastério que Jerônimo encontrou ou para uma filial deste monastério. Cassiano passou muito tempo no Egito e foi dali que os infames MSS Alexandrinos vieram! Sim, ele está citando dos corruptos MSS Alexandrinos!

Agora, vamos a Crisóstomo. Ele cita o versículo assim:

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito."

Ele o cita exatamente como está na Bíblia King James e ele viveu de 354 DC a 430 DC. Isto foi um bocado de anos antes de 1611 [quando a KJB veio a lume]!

A citação do texto por Crisóstomo mostra que, desde aquele tempo tão longínquo, já havia pelo menos duas famílias diferentes de MSS circulantes em redor. Uma, naturalmente sendo a verdadeira palavra de Deus (as leituras da King James), e a outra sendo corrupções do diabo (Os MSS católicos – de onde vêm a ASV, NASV, Berkeley, NVI, e, realmente, todas as bíblias que não são a King James!). Amigo, [só] há duas linhas, só há duas famílias de MSS: Uma família é aquela que serviu de base à King James, e a outra família é aquela de onde vêm de todas as outras versões (perversões)!

Façamos um desvio para examinar a Teoria da Recensão Luciana [xv]. Westcott & Hort nunca a provaram e não podiam prová-la. Nunca foi, nem jamais será provado o que é ensinado a muitos nos seminários de hoje: que Luciano compôs o tipo de texto Siríaco (o tipo Bizantino, também chamado de tipo Antioquino, do qual nossa Bíblia King James veio). Ensinando que Luciano criou o tipo de texto Bizantino no século 4, Westcott e Hort fizeram com que a maioria dos MSS se transformasse numa minoria (a maioria concorda com a King James, portanto eles tinham que fazer alguma coisa para se livrarem dela). Feito isto, eles puderam usar a minoria real de só cinco MSS, enquanto apelavam para a "erudição" a fim de suplantar o texto que Deus tanto tinha honrado e preservado, a Bíblia King James, substituindo-o pela corrupção deles! 

De acordo com esta Teoria de Recensão Luciana, [inventada] por Hort, as leituras "Bizantinas" devem ser menos e menos encontradas quanto mais você voltar atrás no tempo, em direção aos "originais". Mas, para o grande horror de Hort, quanto mais profundamente nós penetramos nos primeiros séculos, mais podemos realmente ver que as leituras Bizantinas mostram–se em grande abundância, mesmo nos papiros de todos os locais do Egito! Assim, estas antiqüíssimas leituras da King James, as quais o Sinaiticus e o Vaticanus omitiram, mostram que estes [MSS alexandrinos] foram escritas mais tarde do que os MSS da família da King James e que estão corrompendo um texto que existia antes deles existirem! Portanto, Hort está desmascarado como um consumado mentiroso!

Assim... Crisóstomo cita o versículo corretamente. Ele era de Antioquia e "e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos” (Atos 11:26). Ele era freqüentemente chamado de "Boca de Ouro", por causa de seu invulgar dom de pregar, pregar reta e poderosamente. De todos os Pais da Igreja, ele é renomado ser o de mais são e de maior valor da Teologia Antioquina [xvi]. A sua Bíblia King James veio da Antioquia. Na primeira vez em que a palavra Alexandrinos (do Egito) aparece na Bíblia, eles estão disputando [com ódio assassino] contra um dedicado diácono, Estevão [At 6:9]. Em qual família você confiaria? A família das bíblias que vieram do Egito e do Vaticano, ou a família das Bíblias que vieram da cidade (Antioquia) que Paulo usou como base para todas as suas jornadas missionárias?

Temos quatro Pais da África do Norte citando contra a King James, e eles citam os MSS Alexandrinos. Eles estão dispostos, unidos contra um só Pai da Igreja (Crisóstomo).

Deixe-me lhe perguntar o seguinte:

1- Que coisa boa já veio da África?

2- Quando todos os grandes compositores clássicos estavam tocando lindas músicas clássicas, e quando Handel estava compondo o seu "Messias", o que estavam os fazendo os africanos? Sim, estavam tocando sobre tambores de pele humana, comendo uns aos outros, e vendendo seres humanos (seus irmãos, de outras tribos irmãs!) como escravos para a Igreja Católica e para os comerciantes islâmicos!

3- Não é o principal país da África do Norte (Egito) um tipo do mundo que temos que deixar?

4- Não chamou Deus Seu povo para fora do Egito?

5- Não é verdade que Deus nem mesmo permitiria que os ossos de José ficassem na África do Norte (Egito)?

6- Não foi uma tristeza para Isaque e Rebeca quando Esaú casou-se com duas mulheres hetéias [descendentes de Cam]? (Gên 26:34-35) Por que? Porque Cam é um tipo de homem carnal que sempre guerreia contra o homem espiritual. Toda e qualquer coisa que vier do Egito será anti-Deus e anti-Bíblia!

7- Não é de conhecimento comum que a escola Alexandrina ensinava e ainda ensina o método alegórico de interpretação?

Façamos uma breve imitação satírica sobre Constantino: Um dia, Satanás disse: "Ei, Constatino, olhe aqui esta visão no céu, e vá e conquiste." (ele tem que ter sido um assembléista  ou um pentencostal). Constatino fez como alegou que lhe foi dito. Então Satanás disse: "Ei, Constantino, meus planos para corrupção da Bíblia não estão indo bastante rápidos. Meu servo, Orígenes, tem feito um bocado de trabalho mas nada está conseguindo. Minha Septuaginta [xvii], que ele escreveu, há anos que pega poeira na biblioteca de Cesaréia. O povo ainda não a tem aceito como Escritura. Eu quero que um decreto a faça ser aceita!"

Constantino cumpriu as ordens de Satanás e mandou que o velho Eusébio (260-340 D.C.), fraco cededor-em-barganhas [xviii], fizesse cinquenta cópias da quinta coluna de Orígenes (a Septuaginta [xix]), de quem Eusébio era admirador [Orígenes distanciou-se tanto da sã doutrina que, posteriormente, até mesmo a Igreja Católica renunciou a ele!). Quando Satanás terminou sua obra [através de Eusébio], o velho Constantino fez desta bíblia corrupta a bíblia oficial do governo (Westcott & Hort mentiram ao dizerem que as leituras gregas que embasam a Bíblia do Rei Tiago se tornaram proeminentes porque foram forçadas como a bíblia oficial pelo governo do 4o. século!). Constantino fez com que as 50 cópias fossem distribuídas entre as igrejas.

Mas Satanás ainda não terminara, ele manteve uma cópia conservada em excelente condição e fez com que Justiano, o Imperador, a colocasse no monastério em Monte Sinai, que ele construiu somente para guardá-la até ser descoberta pelo estúpido alemão Tischendorf em 1854 [xx], quando ele descobriu um fogo sendo feito de parte dela. Tischendorf voltou ao monastério em 1859 e recuperou mais da cópia. Ele proclamou ser ela as palavras de Deus! Tudo parecia estar correndo muito bem  para o trabalho de Constantino. Afinal das contas, ele usou a 5a coluna de Orígenes para tentar suplantar a verdadeira palavra de Deus, e forçou que fosse aceita pelo povo.

Surge um problema: Crisóstomo de Antioquia. Ele está citando a passagem de Rom 8:1 completa [incluindo a 10 palavras finais], porque a Bíblia que ele tem não é a quinta coluna de Orígenes. Crisóstomo  tem um original e está citando as leitura da King James nele encontradas. Ele é um tipo de pregador que prega o fogo e o enxofre do inferno. Ele é tão eloqüente que sua pregação abala  cidades inteiras. Ele está tendo cidades inteiras salvas sob sua pregação. Satanás o odeia, as autoridades o odeiam. Elas decidem silenciá-lo. Elas não querem um rebuliço sobre a Bíblia. [Gritam:] “somente ganhe almas, não alerte nem discuta [sobre a Bíblia]”. Todos eles estão dispostos a ceder-em-barganha, estão dispostos a chutar  fora [algo de] a palavra de Deus, para ter unidade. Você sabe, todos os missionários e todos os pregadores precisam ficar unidos ao invés de alertar e debater. “Esqueçamos o que Deus disse e tenhamos unidade!" Se uma pessoa [defende] e cita [somente] a Bíblia verdadeira, ele é chamado de um louco, ou será dito "[somente] estar escrevendo livros e causando problemas!"

Crisóstomo é um orador tão talentoso e um teólogo tão brilhante que se torna Bispo de Constantinopla, em 398 DC, mas por 12 anos antes disto ele não fez outra coisa a não ser pregar em Antioquia na Síria! Sendo de lá, ele tenha a correta Bíblia!

Em uma ocasião,  após sua ascensão ao Arcebispado de Constantinopla em 398 DC, ele expulsou 13 bispos por simonia [comprar ou vender cargo ou preferências eclesiásticas; nome herdado de Simão o Mágico Atos 8:9-24], que é imoralidade [xxi]. Ele não ficou andando por aí ignorando o problema, nem os ficou paparicando, como se faz hoje em dia.

Quando apareceram problemas, eles vieram do bispo de Alexandria, no Egito (a mesma coisa de hoje, exceto que os seus causadores agora são chamados: diretoria da Missão, panelinha dos patrões, etc.). (hoje, entre os batistas crendo na Bíblia King James, [também] há muitos  “Papas” que podem arruinar um homem com uma carta, ou publicando algo em seus jornais  cristãos, ou mesmo não disciplinando um auxiliar deles que esteja espalhando mentiras maliciosas, com um mal propósito).

 É a mesma coisa hoje. [No centro estamos] nós os que cremos e aceitamos o grande texto antioquino da Bíblia como sendo a [perfeita] palavra de Deus (daqui veio a Bíblia King James). Ajuntados em exército contra [e ao redor de] nós estão os que odeiam a  Bíblia King James (e, por isso, nos odeiam). Estes "amáveis e doces cristãos" tentam [nos] causar encrencas usando os MSS do Egito!

O Bispo de Alexandria (o patrão  da panelinha) conspirou com a Imperatriz Eudoxia e fez com que Crisóstomo fosse banido, para calar a sua boca (como se faz hoje banindo os livros  de alguns de nós, como este [atual livro], ou recusando-os em suas livrarias cristãs [ou bibliotecas de igrejas e seminários] ). Crisóstomo está citando muito do texto da King James e não cede-em-barganha nisto! Ele publicou, na época, mais de 70 trabalhos bíblicos.  

A imperatriz o chamou de volta, com a intenção de matá-lo, mas o povo o amava tanto que ameaçou o palácio dela. Ela então o exilou, [deportando-o] para Cucusus, na Montanha Taurus, nas profundezas da  Armênia. Quando ele mais tarde foi forçado a andar, no sol quente através do deserto, até a cidade de Pityus, caiu e morreu de exaustão à beira do caminho. Satanás tinha silenciado a boca do maior Pai da Igreja desde Paulo o apóstolo! Satanás pensou que tinha barrado [definitivamente] o texto antioquino, mas 1100 anos depois, Martinho Lutero cita as últimas dez palavras de Rom 8:1, "die nicht nach dem fleisch wondeln, son dern nach dern geist." (“que não anda segundo a carne mas segundo o Espírito”). 

A tradução da Vulgata Latina de Jerônimo diz:

"nihil ergo nunc damnationis est his qui sunt in Christo Iesu qui non secundum carnem ambulant" (deixando de fora as quatro últimas palavras) [xxii]

Se Martinho Lutero tivesse traduzido o verso incorretamente, ele o teria traduzido como:

"So gibt es nun keine Verdammnis für die, die in Christus Jesus sind." (tirando as dez últimas palavras).

Mas Lutero traduz o versículo na sua inteireza [incluindo as suas 10 últimas palavras]:

"So gibt es nun keine Verdammnis für die, die in Christus Jesus sind, die nicht nach dem fleisch wondeln, son dern nach dem geist."

Exatamente como o grande Crisóstomo o citou no século IV! Por cada geração, Deus tem conservado Sua palavra e a tem conservado nas mãos de homens comuns, exatamente como Ele prometeu em Sal 12:7! [“Tu os guardarás, SENHOR; desta geração os livrarás para sempre.”, onde “os” pode se referir às palavras de Deus tanto quanto aos fiéis].


Estas poucas páginas são uma parte do livro “A Good Look at Kenneth West Book of Romans in New Testament Greek”, por Ron Powell Th.D., com direitos autorais em 1981.

Você pode copiar este artigo para ajudar o corpo de Cristo, mas dê crédito ao autor. Este artigo não é para ser produzido e vendido.

Se você gostaria de ajudar a imprimir algum dos sete livros do Dr. Powell, poderá contatá-lo em 423-442-5476.

 



[i] Eu verifiquei pessoalmente no texto grego de Westcott e Hort, e [constatei que] eles não só tiraram as dez últimas palavras como também [pasmem!] nem mesmo  informaram ao leitor que o fizeram. As dez últimas palavras apenas desapareceram! Que pessoas desonestas!

[ii] Conforme Nestle's Greek Text Apparatus, "The New Testament in Greek", 1978, p. 406.

[iii] Aland, Black, Martini, Wikgren, & Metzger, "The Greek New Testament", 2a. edição, p. 548.

[iv] Nestle, " The New Testament in Greek", 1978, p. 406.

[v] Robertson Nicoll, "The Expositor's Greek Testament", 1974, Wm. B. Eerdmans Publisher, p. 644.

[vi] Philip Schaff, "Church History", Vol. 2, p. 255.

[vii] Vêr "A Manual of Church History", Vol. 1, p. 644.

[viii] Dr. Peter S. Ruckman, "The Christian's Handbook of Manuscript Evidence", Pensacola Bible Institute Press, p. 58.

[ix] Volume 6, "Nicene-Post Nicene Church Fathers", p. 374.

[x] William P. Barker, "Who's Who in Church History", p. 154 diz que Jerônimo fundou seu monastério em Jerusalém, mas ele está errado. A autoridade [neste assunto] é a Universidade de Chicago. [Seus pesquisadores] afirmam que Jerônimo fundou a escola em Belém. Maiores informações em:  http://humanities.uchicago.edu/forms_unrest/VULGATE.form.htm

[xi] O mesmo grupo que produz pornografia pelo mundo inteiro também possui os direitos autorais e está publicando a Nova Versão Internacional. Ho, ho, ho! Sim, é verdade! Esta informação pode ser encontrada na revista O Timothy, Volume 9, Número 1, de 1992. David W. Cloud, Editor. Todos os direitos reservados. O Timothy é uma revista mensal. NOS ESTADOS UNIDOS, a assinatura anual é de US$20, a serem enviados para Way of Life Literature, Bible Baptist Church, 1219 N. Harns Road, Oak Harbor, Washington 98277. NO CANADÁ, a assinatura anual é de $20 canadenses, a serem enviados para Bethel Baptist Church, P.O. Box 9075, London, Ontario N6E 1V0.)

[xii] Volume 5, "Nicene-Post Nicene Church Fathers", pp. 278 & 384.

[xiii] Volume 11, "Nicene-Post Nicene Church Fathers", p. 527.

[xiv] "Who's Who in Church History", p. 65.

[xv] Ron E. Powell Th.D., "Studies in Early New Testament Manuscripts and Their Relationship to the Theories of Drs. Westscott and Hort", 1995, capítulo VIII, para uma completa e profunda refutação desta mentira ridícula dos Drs. Westcott e Hort.

[xvi] Elgin S. Moyer, "Who Was Who In Church History", Keats Publishing Inc., New Canaan, Connecticut, 1974, p. 89.

[xvii] Por prova de que a Septuaginta não é A.C. mas realmente é de cerca de 220 - 230 D.C.,ver os quatro trabalhos seguintes:

·        Sir Frederic Kenyon, "The Text of the Greek Bible", p. 35.

·        Ira Price, "The Ancestry of Our English Bible", p. 79.

·        Dr. Peter S. Ruckman, "The Christian's Handbook of Manuscript Evidence", p. 60.

·        Dr. Ron E. Powell, "Studies In Early New Testament Manuscripts And Their Relationship To The Theories Of Drs. Westcott And Hort.", Capítulo VII, 1981.

[xviii]  Elgin S. Moyer, op. cit., p. 137, parágrafo 1.

[xix] Dr. Ron E. Powell, "Studies In Early New Testament Manuscripts And Their Relationship To The Theories Of Drs. Wescott And Hort", capítulo VII, 1995.

[xx] Metzger, "The Text of The New Testament", pp. 43-45.

[xxi] "Who's Who in Church History", p. 71.

[xxii] Jerônimo (c. 347-420) começou seu trabalho em 382. Em 386-387  ele mudou-se para Belém e trabalhou no Velho Testamento. Ele começou usando o Grego LXX, mas logo decidiu trabalhar diretamente do Hebráico.  Em 405 o Velho Testamento, como também o resto do Novo Testamento, estava completo. Devido aos textos, ainda em circulação, da Antiga Latina, o trabalho de Jerônimo não foi amplamente popular até o nono século. A influência da Bíblia de Jerônimo foi bastante extensiva. Estas informacão sobre a Vulgata foram encontradas em:  http://humanities.uchicago.edu/forms_unrest/VULGATE.form.html




(retorne à página ÍNDICE de http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT)