Defende a perfeita preservação do Textus Receptus, base da Bíblia Almeida Corrigida Fiel, contra a crítica textual, os professores de seminário pastores e denominações que usam bíblias baseadas no Texto Crítico, de Westcott e Hort, baseados em manuscritos alexandrinos, tais como os manuscrutos Sinaiticus e Vaticanus.s

SEIS ANOS DEPOIS

(Nome de autor omitido a seu pedido) , juliocarr@mweb.co.za

Traduzido do texto em Inglês (SIX YEARS LATER) para o Português (e adaptado para o Brasil)  por Valdenira Nunes de Menezes Silva,


1a parte – Irmão Vítimus e Dr. Judas

Doutor Judas, amanhã será meu último dia na Suprema Faculdade Teológica. Quero que o senhor, como Deão, saiba: estou bastante preocupado com meu ministério, como futuro pastor.

Sente-se, sente-se, irmão Vítimus. Calma! Por que esta preocupação?

O que é, MESMO, que eu devo crer a respeito da Bíblia?

Ora, tudo que lhe ensinamos nos seus quatro anos de bacharelado e dois de mestrado em Teologia!

Não sei dos outros graduandos, mas temo que eu terei dificuldades em ser um pregador se continuar crendo do modo que fui aqui exaustivamente ensinado. Ontem, após o culto de reavivamento onde o senhor pregou, irmão Alerta, da igreja do Pastor Aproveitel, me alertou de algumas coisas bastante perturbadoras, concernentes a minha preparação formal para o ministério.

Bem, você tem que não ouvir, tem que descartar totalmente, ou pelo menos dar um enorme desconto em qualquer coisa vinda de pessoas sem educação formal. Que disse aquele velhote encrenqueiro?

Primeiro, ele perguntou se era como o senhor que eu cria na Bíblia.

O que é que você quer dizer com isto?

Doutor, meu amigo me disse, duramente e sem rodeios, que o senhor não cria em nada que estava pregando sobre a Bíblia, muito menos quando levantou a NVI no ar e disse "Esta é a Palavra de Deus, um livro garantido, no qual vocês podem confiar!"

Ehr! ... Ora, irmão Vítimus, você sabe muito bem, a partir das aulas que eu lhe dei, que, para os leigos, aquela foi uma explicação suficientemente boa sobre a Bíblia.

Eu lembro do que o senhor ensinou. No entanto, o irmão Alerta insistiu que eu não poderia ser bem sucedido no ministério andando em volta e fingindo que a NVI é uma Bíblia garantida.

Você tem que seguir aquilo que a Suprema Faculdade Teológica lhe ensinou, e nada mais! Olhe para as centenas de alunos que hoje estão tão bem instalados na nossa denominação, tendo sucesso e realizando um excelente trabalho. Você será recomendado para ser o pastor assistente do Doutor Aproveitel. Ele é um dos expoentes da Denominação, pastoreia nossa igreja de métodos mais modernos e que mais está crescendo, tendo se tornado a 2a maior e mais rica no país. É um homem de Deus e lhe ajudará no seu caminhar. Ele também usa principalmente a NVI.

Sabe, Doutor Judas? Semana passada, Doutor Aproveitel veio aqui dar uma palestra, "Métodos Pragmáticos para Crescimento da Igreja", e eu me senti um pouco desconfortável com o que ele falou. Perguntado, ele disse à classe que não importa qual a versão da Bíblia que usamos, desde que sempre a chequemos contra o original. Porém eu fui ensinado nesta Faculdade que não existe mais nenhum original em parte nenhuma do mundo, só existem cópias mais ou menos confiáveis.

Oh, irmão Vítimus, não há nenhum problema aí. Lembro novamente que Doutor Aproveitel é uma das mais brilhantes mentes que nosso grupo tem. Com "originais" ele não se referiu ao que saiu da pena dos próprios Lucas, Paulo, etc. Com certeza Aproveitel quis dizer que, quando certas passagens lhe parecerem um pouco confusas ou difíceis, você terá que escolher o manuscrito-cópia que você mesmo preferir - naturalmente entre aqueles que recentemente entraram em moda - e consultar os dicionários de hebraico e de grego.

Ah, entendo. No entanto, isto me parece tão tremendamente trágico e absurdo que hesito em crer totalmente que não temos uma tradução competente e confiável da Bíblia, que pudéssemos usar sem ter de constantemente checar e decidir entre manuscritos e dicionários. Irmão Alerta insistiu que eu fracassaria retumbantemente em minha tarefa espiritual se seguisse ao pé da letra o que a Faculdade me ensinou a respeito da Palavra de Deus.

Ora, ora, irmão! Você sabe muito bem que Doutor Aproveitel não lhe abandonará se você humildemente pedir sua ajuda em qualquer questão espiritual. Como um principiante no ministério, você precisa se manter humildemente obediente e submisso à Denominação, em todas as questões de doutrina e prática. Este é o caminho seguro que lhe fará um ministro de sucesso. Foi assim comigo e sempre o será para quem quiser crescer e subir no nosso grupo.

Agradeço-lhe as palavras de conforto, Doutor Judas. Contudo, como poderei ser um ministro bem sucedido se eu tiver que levantar no ar ou pressionar contra meu peito uma tradução da Bíblia, clamando que ela é a infalível Palavra de Deus, quando internamente penso que ela está muito distante de ser infalível e que só é confiável se constantemente checada e decidida entre manuscritos e dicionários?

Faça isto e pronto! Eu o faço e não sinto nenhum remorso ou embaraço. Mesmo que evitemos entrar em sério debate, particularmente com reles não-profissionais, todos nós, nas altas posições, reconhecemos que não há, nem jamais haverá nenhuma Bíblia totalmente INFALÍVEL, em nenhuma língua, mesmo nas originais. Mas que benefício tal revelação traria ao público nas igrejas? Somente criaria confusão e divisão.

Mesmo assim, morro de medo de que, na minha futura igreja, algum dia alguém venha me perguntar qual versão da Bíblia é a mais confiável.

Isto é extremamente simples. É tudo uma questão de preferência pessoal, nada mais. Você teria que simplesmente responder que a NVI é uma boa e confiável versão, mas se a pessoa preferir qualquer outra, como por exemplo a Bíblia na Linguagem de Hoje, isto seria perfeitamente OK.

Muito recentemente um outro professor da nossa Faculdade, Doutor Dissimulo, disse em pregação que ainda preferia a Atualizada um pouquinho mais que a NVI.

Está vendo? Isto é o que eu acabei de lhe dizer. É tudo somente uma questão de preferência, embora eu não vá tão longe como Professor Dissimulo foi, declarando publicamente que uma tradução é melhor que outra. No ambiente da igreja, isto tem que ser evitado a todos os custos. É aceitável na Faculdade, onde há um fórum para discutir este assunto, mas nunca a partir do púlpito. Nem mesmo em conversa particular que um leigo possa ouvir.

Foi por isso que o senhor disse na aula que mesmo a versão dos Testemunhas de Jeová é bastante boa, se um crente não tiver acesso à NVI ou a outras Bíblias modernas?

Claro! Obviamente, não andamos ao redor sugerindo essa Bíblia aos membros de nossa denominação, uma vez que já no passado apoiamos a Atualizada e agora estamos começando a apoiar, ainda mais, a NVI e outras traduções modernas. O que eu quero dizer é que a tradução Novo Mundo é bastante aceitável como nossa Bíblia de estudo, embora ainda não devamos pregar e exibi-la em público, por razões óbvias. A propósito, eu nunca ataco a tradução de outros crentes, inclusive dos Testemunhas de Jeová. Como poderemos conquistá-los para nossa denominação, se o fizermos? Discussões sobre versões da Bíblia não contribuem para melhorar o tamanho, nem o poder e reputação, nem a prosperidade e união do nosso grupo.

Estou entendendo.

O fato que Doutor Dissimulo é nosso professor e prefere a Atualizada prova uma das coisas de que mais nos orgulhamos nesta instituição de ensino: damos grande importância à nossa posição não radical, sim liberal, com respeito à questão da Bíblia. Os tempos de intolerância e radicalismo nesta área há muito já passaram, no que nos diz respeito.

O irmão Alerta insistiu que há, sim, uma verdadeira Palavra de Deus em Português, e que esta é somente a abençoada tradução de Almeida, da época da Reforma, hoje com o título "ALMEIDA CORRIGIDA E REVISADA, Fiel ao Texto Original", e publicada pela "SBTB - Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil". Esta Bíblia é exatamente a mesma Almeida da Reforma, fielmente atualizada apenas quanto à ortografia e ...

Alto lá! Esta tradução é a única que não é bem vista! Ademais, aceitamos toda e qualquer posição, menos a deste seu amigo: de que ainda há na terra um texto preservado por Deus de forma absolutamente perfeita e infalível. A conversa deles é que os manuscritos antigos do TR, são a Bíblia verdadeira. E insistem que todas as Bíblias que modernamente apareceram, fugindo daquele texto, não são aceitáveis. Esta posição de modo algum será permitida em nosso meio! Aquele velhotezinho é um intolerante e um perigoso fanático! Os pastores precisam estar alerta contra tais intrusões em nossa denominação. A propósito, você lembra daquele aluno que expulsamos da Faculdade por nos trazer vergonha e descrédito quando a nossa comunidade evangélica soube que ele andava a expressar a outros alunos que aquela velha Bíblia era a Palavra de Deus absolutamente perfeita, somente ela?

Lembro, foi o seminarista FielDaniel.

Ah, é este o nome. Eu lembro bem a cantiga dele. Ele perturbou terrivelmente o funcionamento normal da Faculdade. Andava lembrando a todos que o Texto Tradicional era o único usado ininterruptamente pelos crentes fiéis através de todos os séculos antes da Reforma e que foi aquele que, depois de traduzido por Almeida em 1653, constituiu a única Bíblia usada pelos crentes de fala portuguesa, até surgirem outras Bíblias, bem recentemente. Depois lembrava a todos que seus avôs, os fundadores das igrejas da nossa denominação, creram e amaram e memorizaram e foram abençoados através daquela velha Bíblia. Graças à nossa fulminante reação contra aquele rapazinho, não temos, desde então, visto estes intolerantes tentando se infiltrar aqui. Nossa política é adverti-los curto e grosso para se alinharem com o currículo da Faculdade, ou sofrerem as drásticas consequências.

Aparentemente, ele juntou-se aos Anabatistas apelidados de "Fundamentalistas Mesmo".

Está vendo? Que vantagem pessoazinhas como ele poderiam trazer à nossa denominação? Deixemos os fanáticos se ajuntarem em um só local. Deste modo nós os poderemos identificar mais facilmente.

Mas por que não foi dado a FielDaniel o direito de preferir a Almeida Fiel, exatamente como o senhor prefere a NVI, outros professores a Novo Mundo, e outros até mesmo aquela versão "Unisex NIV", em inglês?

Ele teria o direito, se somente fosse uma questão de sua preferência pessoal. Mas o problema é que aquele jovem encrenqueiro chegou à nossa Faculdade com seu cérebro totalmente esvaziado e re-programado para crer que a Almeida da Reforma é a verdadeira Palavra de Deus, infalível. Ora, que absurdo! Sabemos de muitos erros naquele antiquado livro que é baseado em manuscritos hoje considerados inferiores e também é um foco de constante conflito e desarmonia entre os irmãos.

Bem, alguns estudantes lêem a velha Almeida, de vez em quando.

Sim, o sabemos. Não há problema nenhum nisto. A Faculdade, como você bem sabe, encoraja os alunos do terceiro ano a irem à biblioteca e lerem esta Bíblia, em trabalhos escolares de comparação e de detecção de erros.

Ainda há pelo menos dois pastores em nossa denominação que somente usam a Almeida Fiel em suas pregações.

A Faculdade sabe disto. O primeiro, Pastor Parô não dará nenhum problema, pois jamais abrirá a boca para defender suas convicções. Já o Pastor AindaVô é mantido sob estrita vigilância, pois, se exigido, ele sabe explicar suas razões muito convincentemente. Bem, você entende que a denominação tem boas razões para manter certa vigilância e monitorar as pregações de todos os pastores. É importante que permaneçamos um grupo  homogêneo, particularmente quanto à nossa tolerância e liberalismo no assunto dos textos e traduções da Bíblia. Você fará bem em manter uma atitude obediente, sempre reverenciando seus superiores, sempre evitando questões fanáticas, como a de comparar uma versão da Bíblia contra outra.

Ah, Doutor Judas, penso que poderei ser obediente ao Doutor Aproveitel, mas meu receio é que não poderei dar resposta a irmãos como Alerta.

Nesta Faculdade você recebeu toda a instrução de que precisa para enfrentar indivíduos desse tipo. Para que conflitos não se generalizem dentro da Denominação, temos que não deixar ninguém exceder um certo limite tolerável. Uma vez que pessoas como FielDaniel e, talvez, AindaVô, no futuro, o ultrapassem, a denominação tem que agir instantânea e radicalmente para salvaguardar sua paz e harmonia internas. Na maioria dos casos, ela sumariamente remove de cena os "esquisitos", mas às vezes ela oferece um pequeno período de misericórdia para que se retratem.

Deixe-me perguntar, Doutor Judas: desde que é tudo uma questão de preferência pessoal, que há de errado em um crente tentar influenciar outros para a sua preferência?

Esta seria uma boa ideia, desde que tudo fosse feito de uma maneira equilibrada. Siga meu exemplo: onde quer que eu vá, as pessoas me pedem para sugerir uma boa Bíblia, entre todas as versões disponíveis. Eu não tenho problemas em sugerir cinco ou seis delas, principalmente a NVI, a Bíblia na Linguagem de Hoje, a Bíblia Viva, ou mesmo a Almeida Atualizada, embora não tão moderna. O que é extremamente importante é, a todos os custos, evitar alinhamentos, esquivar-se da batalha que está sendo travada entre a Almeida da Reforma e as demais Bíblias, principalmente a NVI. Muitos crentes têm ficado com a cabeça bagunçada com essa briga tão desnecessária.

O irmão Alerta é um destes crentes, ele sempre ergue sua Almeida Fiel no ar e diz a todo mundo que ela é a Palavra de Deus, em português.

Estes causadores de encrencas são uma pequena minoria, felizmente. Mas é importante que os mantenhamos sob constante vigilância.

Mas não tem ele o direito democrático de fazer campanha por sua preferência, tentando convencer tantos crentes quanto possível a terem sua mesma posição?

Não! Endosso de todo meu coração que, em democracia, há uma linha que não pode ser ultrapassada, mesmo que para garantir isto tenhamos de temporária e restritamente agir de modo truculento. A linha tem a ver com o não se perturbar o "status quo", o suave funcionamento da denominação. Temos visto muita luta desnecessária causada pelos defensores da Almeida da Reforma. Seu amigo Alerta precisa ser continuamente bem vigiado. Quando eu pastoreava igrejas, não toleraria pessoas daquela persuasão chegarem sequer a 1 km da minha igreja.

Bem, este irmão em particular, o qual, incidentalmente, é uma pessoa muito espiritual e um dedicado ganhador de almas, diz abertamente que não se acovarda ante nenhum professor de nenhuma faculdade ou seminário. Há bem pouco tempo ele teve uma discussão com um certo ministro chamado Doutor Sheolis, que pregou na igreja do pastor AindaVô. O irmão Alerta ergueu-se no meio da pregação e, polida mas firmemente, desafiou Sheolis a dizer a toda a congregação, sem subterfúgios, se ele cria ou não que Deus fez chegar às nossas mãos uma Bíblia infalível, e dizer publicamente qual Bíblia pode ser apertada contra o peito, amada e crida como a verdadeira Palavra de Deus em português.

Isto não se pergunta! A Bíblia chama pessoas como esta de causadoras de divisão!

O fato é que o rosto do Doutor Sheolis ficou vermelho e ele começou a gaguejar tanto que a pregação teve que ser interrompida. Então o irmão Alerta proclamou para todos ouvirem que a Almeida da Reforma era aquela maravilhosa Bíblia, a qual Deus tem continuamente abençoado por mais de trezentos anos.

Ele não precisava dizer isto! O que o pastor local disse de todo o incidente?

Pastor AindaVô ficou arrasado dos nervos. Quanto ao Doutor Sheolis, seu sonho é sair do ministério e ser político ou, pelo menos, jornalista. Ele usa algumas das mais esquisitas versões modernas, insiste em dizer publicamente que nenhum dano pode advir disto, e por isso tem tido problemas tanto com o irmão Alerta como com outros crentes que crêem na infalível preservação do texto incessantemente usado pelas igrejas fiéis de todos os séculos, portanto crêem na infalibilidade da Almeida da Reforma.

Estou certo de que você estará seguro servindo sob o ministério do Doutor Aproveitel. Ele é muito duro com os armadores de confusão apelidados de "só TR" e "só Almeida da Reforma".

Porventura o senhor sabe bem a posição de Aproveitel sobre as versões da Bíblia?

Oh, Aproveitel é um formidável bastião da ortodoxia, e até mesmo colaborou na tradução de algumas versões de Bíblias! Sabe grego de trás para frente, domina latim e alguns dos antigos dialetos egípcios. É uma das mais reconhecidas autoridades na antiga cultura Babilônica. Tem visitado muitos locais em todo o mundo, inclusive mosteiros do Monte Sinai, onde ele diz que Deus lhe deu uma visão para a sua vida.

Doutor Aproveitel também repudia a Almeida da Reforma?

Pode ficar seguro, como ele a repudia! Seus argumentos contra aquela velha tradução são devastadores. Ele está escrevendo um livro "Erros na Almeida da Reforma". Quando este livro for publicado, será um bestseller e será imediatamente adotado como livro texto em nossa Faculdade. Estou na fremente expectativa de obter uma cópia assim que saia da gráfica. Nem mesmo seu amigo será capaz de refutar os achados do Doutor Aproveitel.

Não estou tão seguro disto. O irmão Alerta ora e jejua bastante sobre este assunto da Palavra de Deus. Já o ouvi testificar na igreja que, depois de ter passado os últimos cinquenta anos lendo, amando e crendo a Almeida da Reforma, ele ainda não encontrou nenhuma razão para a rejeitar. As pessoas sabem que ele pode citar de memória milhares de versículos. Uma vez o ouvi declamando Salmo 119 de cor, sem sequer um errinho. Então ele testificou que o tinha aprendido aos 17 anos de idade. Pergunto-me por que as Bíblias modernas não têm sido tão memorizadas.

Bem, todos precisamos memorizar a Palavra de Deus. O Doutor Aproveitel sabe de cor um bom número de versos em grego e em hebraico.

A propósito, Doutor Judas, qual versão o senhor recomenda para ser usada em memorização, na nossa denominação?

Essa pergunta não tem uma resposta direta. Vou explicar o porque: veja, uma criança deve usar uma versão bonitinha e de linguagem bem simples; quando ela for crescendo deve optar por bíblias sucessivamente menos pueris; uma pessoa que tenha um bom curso secundário já poderá ler uma bíblia medianamente séria; e aqueles com treinamento superior, teológico, precisam escolher uma tradução ainda mais séria, com rodapés indicando as muitas palavras das quais devemos duvidar. Não é uma boa política que um ministro de igreja decida qual versão a congregação deve adotar. Esta é uma questão sensível e deve ser manipulada com o máximo cuidado, para que não ofendamos as preferências das pessoas.

Preciso voltar a ler a Bíblia sistematicamente e a praticar memorização. Estes últimos seis anos, na Faculdade, não me deixaram tempo para isto. Eu estava pensando em usar a Almeida Fiel para memorizar, mas talvez Doutor Aproveitel reclame se eu não pregar pela NVI e se eu citar, de cor, versos da Almeida da Reforma. O que é que o senhor acha?

Eu certamente concordaria com ele. Imagine, por exemplo, que você viva citando versos que ele alega ter erros, e os expôs no seu livro a ser lançado! Isto não seria bom para a harmonia da igreja e da denominação, nem para a sua carreira, seria? Você já bem sabe que as versões modernas omitem dezenas de versos completos da Almeida secular, e que omitem, mudam ou acrescentam milhares de palavras. Se você citar aquela Bíblia arcaica, as pessoas poderão notar tudo isto. Também não será boa publicidade para a Faculdade. É mais seguro você evitar completamente a velha Almeida.

Sim, talvez seja melhor. De qualquer modo, preciso começar a ler e memorizar a Palavra de Deus, especialmente para propósitos de aconselhamento. Imagino se, digamos, a Atualizada é uma boa proposta.

Eu não mais a recomendo. Apesar dela fugir do Texto Tradicional e de fazer uma excelente tradução, eu procuraria um trabalho mais recente, tal como a Bíblia Viva. Se você tem que memorizar, é melhor começar com uma Bíblia moderna, uma com a qual o povo possa se identificar.

Eu não sou particularmente atraído por esta tradução. Ela me apavora. Há poucas semanas, na Escola Dominical, Irmão Alerta me mostrou que a Bíblia Viva é tremendamente liberal em parafrasear e, já por isto, devia ser queimada ao invés de permitida nas igrejas.

Queimada?!... O homem é realmente um fanático! Ainda não li esta excelente versão, mas tenho ouvido muitos eruditos académicos dizerem coisas maravilhosas sobre ela.  Enfaticamente lhe advirto: afaste-se de pessoas como Alerta, se é que você quer continuar na denominação, crescer e subir!

2a parte – Irmão Vítimus e Dr. Judas

Alô! Por favor, é da residência do Dr. Judas?

Alô! Sou eu mesmo. Em que posso ajudá-lo?

Bom dia, Dr. Judas. Aqui é o irmão Vítimus. Desculpe-me por lhe telefonar tão cedo segunda-feira de manhã, mas, depois da minha pregação de ontem à noite, fui procurado pelo irmão Alerta e contestado e provado errado em tudo que preguei.

Irmão Vítimus, será que isto não pode esperar? Fui para a cama muito tarde na noite passada, depois da inauguração da nova piscina aqui na Faculdade Teológica. É Verão, você sabe, e nos regalamos na água até duas da manhã.

Sinto muito, Dr. Judas. É sério. Estou muito aflito.

Que aconteceu?

Bem, estou realmente aflito. Preguei sobre "Santo Aquino e o Teólogo Calvino” e, como o senhor sugeriu, usei a “Bíblia Viva, O Mais Importante é o Amor”.

Excelente, meu rapaz!

Sim, mas no final do culto o irmão Alerta me procurou e logo descobri que eu estava em maus lençóis com Deus.

Coisa nenhuma, deixe de exageros! Que disse Dr. Aproveitel sobre sua mensagem? É só isto que importa.

Dr. Aproveitel deleitou-se com o sermão e constantemente me encorajou com seus améns.

Você pode confiar em Dr. Aproveitel com todo seu coração. Ele nunca lhe deixará caído. Só entre nós dois, a denominação está para promovê-lo a bispo. Mas, no momento, isto é estritamente confidencial.

Entendo.

A propósito, irmão Vítimus, não gostaria de nos visitar hoje e trazer sua adorável família para um agradável dia na nossa piscina? Será maravilhoso tê-los aqui conosco. Não se preocupe com comida. Minha esposa nos suprirá com as suas especialidades.

Obrigado pelo convite. O senhor acha que terá então algum tempo para conversarmos sobre o que o irmão Alerta me disse na noite passada?

E isto é importante, irmão Vítimus? Arruinaremos um dia tão maravilhoso de Verão com trivialidades? Numa piscina novinha em folha e só para nós?! Ah, ah, ah!...

Não são trivialidades, Dr. Judas. É um assunto muito importante.

Ora, vamos lá, irmão! O que está lhe preocupando?

Após o culto de ontem à noite, o irmão Alerta me chamou a atenção para o fato de que o Senhor Deus não abençoará meu ministério enquanto eu usar uma Bíblia traduzida a partir de minoritários manuscritos das Bíblias romanistas.

Escute aqui, irmão Vítimus! Pare de falar com este velhote e não permita que ele interfira em sua vida! O que há de errado em aplaudirmos o grande teólogo Aquino e de o compararmos com o grande teólogo Calvino?

Bem, Dr. Judas, um dos pontos do meu sermão abordou a pergunta "É aceitável o batismo por aspersão?"

Claro que é aceitável! Embora nossa denominação batize por imersão, modernamente não critica outras formas deste sacramento.

Sim, compreendo. Isto é exatamente o que eu dei como resposta, de acordo com o que aprendi na Faculdade. No entanto, o irmão Alerta me repreendeu ousadamente por eu ter amolecido sobre batismo por imersão. Enquanto eu pregava, ele ficava todo o tempo abanando a cabeça em reprovação. Fiquei muito embaraçado. Se não fossem os  améns do Dr. Aproveitel, eu teria desistido do sermão.

Está vendo? Isto é inaceitável! Precisamos tomar alguma providência contra este irmão Alerta. Ele é um criador de problemas. Isto é o que ele é. O grande Aquino ensinou que Tertuliano, Cipriano, Orígenes, Jerônimo, Agostinho e muitos papas, todos ensinaram e defenderam o batismo por aspersão.

O irmão Alerta repreendeu-me por gastar tempo com um tal tipo de sermão. Ele também questionou porque eu li da Bíblia Viva, que ele protesta ser uma versão diabólica, impressa para fazer dinheiro e criar confusão.

Escute, irmão Vítimus! Vamos deixar uma coisa bem clara. Não houve nada de errado com seu sermão, compreende? Você pode confiar nos améns do seu pastor-chefe. Isto é o que interessa. Quanto ao seu amigo Alerta, talvez possamos convidá-lo para nossa nova piscina e acidentalmente afogá-lo. Estou brincando. O Dr. Aproveitel não lhe parabenizou, ao final do culto?

Sim, ele me parabenizou. Surpreendentemente, até fez o mesmo o irmão Ignorel, um diácono tio do pastor. Um outro membro do conselho da igreja, o rico e influente político Patéticus, congratulou-me ao meu ouvido.

 Excelente! Você está no jogo, meu querido rapaz! Isto é um endosso à nossa instituição de ensino. Estou orgulhoso de você. Continue seu bom trabalho! Logo você será um professor na Faculdade.

Obrigado. Entretanto, não pude dormir a noite passada, pensando no que o irmão Alerta me disse. Ele declarou que batismo por aspersão provém do Diabo, tal como o batismo de crianças do catolicismo. Ele disse que se nossa denominação aceitar esta falsa doutrina, logo, logo terá que aceitar Justificação Inerente, como no catolicismo.

Êpa! Não há nada errado na Justificação Inerente, embora a posição oficial de nossa denominação seja a da Justificação Imputada. Aquino, um dos maiores santos da igreja católica, expandiu as Escrituras de modo a defender justificação pela graça mais obras. Nós protestantes temos muito que aprender dos escritos de Aquino. Você sabe, aquele grande homem ensinou que um bebê, no batismo, é justificado dos seus pecados futuros porque o Espírito Santo, através de Cristo, verdadeiramente renova a pessoa. O Concílio de Trento endossou este ensino.

Mas Dr. Judas, será que nossa denominação agora aceita estas coisas de Trento?!

Não tudo, é claro: quando perguntados, ainda dizemos que o batismo não salva a criança nem o adulto; preferimos falar que a Regeneração seja pelos méritos do sacrifício do Senhor na Caveira e também aceitamos que a Justificação nos é "imputada", pelos mesmos méritos. Entretanto, os católicos acreditam de modo diferente, e têm suas razões. Quando você vier nos visitar hoje à tarde, vou lhe mostrar um excelente livro sobre o assunto, de autoria do Padre Rasputin e intitulado "Maria e a Lógica da Justificação". Já li o livro duas vezes. A propósito, traga sua canoa quando vier. Talvez tenhamos tempo de subir o rio e colher algumas amoras silvestres.

Sim. Mas o Irmão Alerta já me advertiu sobre livros como este. Ele sempre me exorta a ler a Almeida da Reforma, isto é, a Almeida Fiel da SBTB, e, com muita oração e jejum, memorizar a Palavra de Deus. Ele me alertou que, na Faculdade, nós nos alimentamos de um bocado de material impuro e, quando saímos de lá, somos mais agnósticos do que qualquer outra coisa. Ele também me contou que, na Feira Anual do Livro, da nossa denominação, ele lá viu um livro católico com o título "O Que o Próximo Papa Dirá Sobre o Amilenismo”. Então ele comprou o livro e, em frente de todo o mundo, o rasgou, o jogou no chão e pisou os pedaços, irritado com a nossa propaganda do catolicismo.

Todos soubemos deste escândalo. Mas lembre que, um mês depois, nosso Congresso de Teologia Liberal condenou severamente quaisquer atos como este, de vergonhoso fanatismo e radicalismo.

Estou muito confuso, Dr. Judas. O senhor está dizendo que cremos na Justificação Imputada, mas, ao mesmo tempo, não rejeitamos abertamente a salvação pelas obras. É isso, não é?

Não, não. Eu não disse que "c-r-e-m-o-s" na Justificação Imputada. Eu quis dizer que, no momento, a temos como sendo a melhor das duas doutrinas aceitáveis. Porém, nossos amigos católicos têm suas razões em rejeitar nossa preferência. Lutero insistia em dizer que a igreja devia se reger por dois princípios: "Sola Scriptura” e "Sola Fide”. Se ele tivesse sido um pouco mais tolerante, o mundo não teria visto a Guerra dos Trinta Anos e outras calamidades.

O irmão Alerta diz...

Escute, irmão Vítimus! Tolerância é agora o modus operandi de nossa denominação em matéria de fé e de prática. Não permitiremos que ninguém nos force a voltar para a camisa-de-força do Fundamentalismo ou qualquer outra prática danosa. Se Deus é tolerante e você pode ler isto em Rom. 2:4, nas versões modernas, que trocam "paciência" por "tolerância", nós seremos tolerantes. Você sabe quantos milhões morreram por se opor às doutrinas católicas?

Irmão Alerta pediu-me para ler o "Livro dos Mártires", de Foxe, para ver o que os verdadeiros cristãos sofreram nas mãos do catolicismo pagão, por amarem o Senhor.

Você não deve ler este livro. É muito violento! Inquietará o seu espírito e perturbará a sua pregação. Ademais, achamos que muito do seu conteúdo é pura invencionice. Os católicos não foram tão maus assim. O livro foi escrito para desacreditar os papas. Hoje há um esforço ecumênico, uma saudável cooperação para acabar com a inimizade do passado. Se os católicos acreditam em obras e nós na fé, não vamos brigar por diferenças tão pequeninas. Eles crêem em aspersão de criancinhas e nós preferimos imersão. Nós somos salvos por imputação e eles são salvos pelos seus próprios méritos. Não mergulhemos em infindáveis debates sobre detalhezinhos técnicos! Vamos nos concentrar nas coisas em que concordamos para haver harmonia que a todos beneficie.

Não é esta a nova posição dentro da Igreja Protestante, chamada Neo-Evangelicalismo?

Sim, é. Veja: após séculos de conflitos na esfera religiosa, finalmente compreendemos que ninguém deve morrer por sua fé. Nosso lema deve ser: "Viva e deixe viver", isto é, "Viva em harmonia com todos e sem incomodar ninguém".

O irmão Alerta lhe faria forte oposição. A propósito, há poucos dias, na Escola Dominical, ouvi-o dizer que o senhor, particularmente, deveria ser expulso do nosso meio e barrado de ensinar na Faculdade.

É mesmo? Que gracinha! Sobre qual fundamento, se posso perguntar?

Ele disse que nossa denominação está sendo sistematicamente envenenada por ensino falso diretamente proveniente da nossa Faculdade. Por favor, Dr. Judas, isto é confidencial! O senhor compreende, não é? Acho que não devia ter lhe contado nada...

Não, não, meu irmão. Valorizo sua confidência. Bem sei que, na denominação, alguns denigram meu caráter, pelas minhas costas. Tenho que conviver com isto. Não se preocupe, não trarei nenhum problema para você.

Sim, Dr. Judas. Por favor, entenda que eu sou um pastor novo, com uma mulher e um filho para sustentar.

Não se preocupe, meu irmão. O que mais o seu amigo disse sobre mim?

Não sei se devo dizê-lo...

Vamos, não se preocupe!

Ele disse que, de acordo com o apóstolo Paulo, o senhor é um traidor! Ele também disse que, de acordo com o mesmo apóstolo, o senhor é um lobo perigoso! E que, de acordo com o Senhor Jesus Cristo, o senhor não é senão um mercenário! É um perigoso agnóstico progressista e um ateísta na prática! Ele disse ainda que o senhor acusa Deus de ter perdido Sua Palavra, a Bíblia preservada e infalível, e ele também acusa o senhor de ser um falso professor, similar àqueles da Inquisição, e...

Espere aí! Pare, irmão Vítimus! Escute! Isto é muito, muito sério! Estas acusações danificam meu prestígio e terão que ser desafiadas em público. Você está pronto a testemunhar a meu favor?

Dr. Judas! Não quero me envolver nisto. Eu não disse nada contra o senhor. Eu quero ser um pregador e cuidar da minha família.

Claro que você quer. Eu também quero ser um professor da Faculdade. Nosso futuro está em perigo. Assim, ambos teremos que confrontar nosso adversário e derrotá-lo. Esqueça sobre a piscina de hoje à tarde. Temos que ambos ir ver aquele seu irmão.

Dr. Judas, escute! O senhor não terá nenhuma chance contra um homem de Deus que conhece de cor metade de sua Bíblia. O senhor será totalmente derrotado. O irmão Alerta diz que o senhor é um grande hipócrita. Ele diz que o senhor é o cego guiando cegos, de Mt 15:14 e Lc 6:39. Veja que, de acordo com Efésios 6, o irmão Alerta está bem preparado para a batalha. Tem se revestido de toda a armadura de Deus e tem na sua mão a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus. Que chances teríamos com volumes de Tomás de Aquino, Agostinho, Calvino ou Darwin?

 Então, o que é que você sugere que eu deva fazer?!

Bem, nossa denominação, o irmão Alerta me mostrou, está numa deplorável condição espiritual. Só temos um caminho a seguir: arrependermo-nos dos nossos pecados, com saco e cinza, e voltarmos para o Senhor e para o caminho estreito.

Essa linguagem, de certeza que vem lá desse velhote seu amigo! Não há nada de errado conosco!!! Se você quer acompanhar-se de fanáticos, a escolha é sua. Memorizar a Bíblia e lançar versículos sobre os outros tem transformado homens bons em juízes intolerantes. Olhe, não me importune mais, tá bom? Tenha um bom dia e não nos telefone novamente! Que chatice!...

3a parte – Dr. Aproveitel e Dr. Judas

Dr. Aproveitel, a situação não está se encaminhando na direção de paz dentro de nossas igrejas e da Faculdade. Esta tem sido acusada, por certo membro da sua igreja, de não servir aos interesses de nossa denominação.

Acalme-se, Dr. Judas. Por favor! Quem é este membro da minha igreja?

Um certo irmão Alerta.

Oh, o irmão Alerta! Logo vi! Sim, ele é um grande causador de confusão no nosso meio. Mas como é que o irmão soube que ele falou mal da nossa Faculdade?

Através do seu novo pastor-assistente, o irmão Vítimus, nosso ex-aluno. Ele contou-me que Alerta acusou a Faculdade de não ensinar a verdade. Francamente, um elemento como este, em uma de nossas igrejas, pode criar um espírito de conflito capaz de rebentar o bom andamento do nosso trabalho. Temos que lidar com toda dureza com este indivíduo, antes que ateie um fogo que será difícil de apagar.

Sim, eu sei. Mas parece que meu novo pastor-assistente está um pouco sob a influência deste irmão. Tenho que tratar deste assunto o mais cedo possível.

Olhe, Dr. Aproveitel, este irmãozinho Alerta é um perigoso causador de confusão em nossa denominação. De um ou de outro modo, teremos que separá-lo do resto das nossas ovelhas. Ele já confundiu a mente do jovem pastor a ponto dele pensar que a Almeida Fiel é a única Bíblia que é correta, só porque é baseada no velho Texto Recebido!

Eu sei. Isto é inaceitável. Há poucos dias tive uma breve conversa com o pastor Vítimus, mostrando-lhe o perigo de acreditar que a Almeida Fiel da SBTB é a única Bíblia que um salvo precisa crer. A situação é realmente perigosa, pois ele parece estar sempre sendo avisado por Alerta, de modo a não engolir facilmente o que tenho me esforçado para ensiná-lo.

O irmão Vítimus não tem nenhuma razão para aceitar as heresias de Alerta. Aqui na Faculdade, fazemos o máximo para ensinar cada estudante a respeitar a Palavra de Deus, qualquer que seja a versão, e o orientamos a compreender a importância de aceitar as posições de todos os piedosos eruditos referentes à Palavra de Deus, encontradas em toda uma variedade de versões.

É verdade. Tenho tido a oportunidade de testemunhar o bom trabalho feito por nossa Faculdade. Ela sobressai-se no país, como altamente recomendável. Melhor que isto, outras instituições de ensino têm reconhecido o resultado de seus esforços particulares, Dr. Judas, mesmo aquelas de teologias bem diferentes da nossa declaração de fé oficial, tão antiga, para não dizer antiquada.

Muito obrigado pela sua aprovação, Dr. Aproveitel. É sempre bom ouvir tais palavras de encorajamento. O senhor sabe, através dos anos tem sido meu privilégio tomar muitos jovens promissores e levá-los a um conhecimento mais profundo das Escrituras. E, também, dar-lhes o treinamento suficiente para ajudá-los em suas futuras atividades. O irmão Vítimus não é senão um exemplo do que nossa Faculdade é capaz de produzir. Mas, agora, temos que tomar medidas urgentes a fim de salvar este jovem pastor do perigo de ser desviado do caminho que lhe ensinámos, desviado por um fanático ignorante como Alerta!

Concordo inteiramente, Dr. Judas. Agora veja: Alerta tem alguns outros membros ao seu lado, que também crêem que a Almeida Fiel é a verdadeira Palavra de Deus em português. Isto tem me causado grandes dores de cabeça. Evidentemente, a questão é se devemos imediatamente encetar guerra aberta e total contra esta heresia, ou se devemos varrer o problema para debaixo do tapete, pôr  firme pé em cima, completamente negar-lhe ouvidos, voz e espaço, e pacientemente esperar até o problema "morrer de morte natural".

Bem, parece que Alerta não vai deixar pacificamente a questão morrer por falta de oxigênio. Como ele insiste em tentar desviar o jovem Vítimus do caminho certo, não só o irmão mas também nós aqui da Faculdade sofreremos consequências devastadoras. Por que simplesmente não tira este herético de cena?

Não posso, ao menos por agora. Ele é o líder natural de um grupo de membros que o seguirá se for excluído sem sólidas razões bíblicas. Estou preocupado com as implicações financeiras que surgiriam. Minha estimativa é que algo entre 20 a 30 por cento do orçamento da igreja seria afetado. É muito estranho que aqueles que amam e crêem na Fiel, são os que suportam continuamente o trabalho de Deus.

Dr. Aproveitel, não será isto parte do plano deles para firmarem os pés dentro da igreja e manobrarem com mais facilidade?

Talvez. No entanto, o problema é que fizemos um orçamento para uma nova quadra de tênis na casa pastoral e precisamos de cada centavo que possa ser recolhido.

Neste caso, a estratégia precisa ser mudada. Obviamente, eu não recomendaria a redução do orçamento, já que há este novo projeto. Houve um problema semelhante aqui na Faculdade, dois anos atrás. Tivemos que aumentar a mensalidade em 25 por cento acima da inflação, a fim de construirmos nossa nova piscina olímpica. Graças a Deus e nossa sábia administração, fomos abençoados financeiramente e alcançamos nossa meta. Eu lhe digo, Dr. Aproveitel, construir esta magnífica piscina me manteve ocupado por mais de um ano. Felizmente já terminou e, rapaz, está linda! No próximo mês, teremos cinco faculdades e seminários, competindo nas finais de natação, aqui no nosso campus. O senhor e sua igreja estão convidados a vir. O preço da entrada é mínimo.

Oh, ficaremos felizes em contribuir para a causa de Deus, não há problema. A Faculdade é nossa herança e agradecemos ao Senhor por todo o talento que tem produzido. Você sabe, Dr. Judas, sempre foi realmente uma bênção ouvir o jovem pastor Vítimus pregar com seu característico entusiasmo. Eu disse para um dos diáconos, irmão Fiascus, que Vítimus será forte em ortodoxia. Quando o ouvi anunciar o título do seu sermão, "Aquino e Calvino", eu realmente duvidei que ele seria capaz de manejar um tema tão pesado. Mas ele discorreu sobre o assunto tal como um pássaro voando no céu!

Ele foi um dos melhores estudantes nos Pais Pré-Nicéia e nos Papas Pós-Nicéia. Entretanto, estou agora muito preocupado com a perniciosa influência de Alerta sobre ele. Gostaria que o irmão tomasse uma firme providência sobre este assunto, especialmente em vista do ataque de Alerta contra nossa Faculdade.

Como eu disse, Dr. Judas, eu não quero agitar muito as coisas por agora, pelo bem do nosso orçamento. Mas compreendo que precisamos juntar nossas forças para ultrapassar este obstáculo! O que você sugere como sendo nossa melhor tática?

O melhor seria simplesmente fechar as portas para Alerta e seus camaradas, e seguir em frente sem estes infiltradores. Mas, em vista das conseqüências negativas para a quadra de tênis de sua casa, precisamos encontrar uma solução que choque menos as pessoas.

Também penso assim. Quero dizer, este homem tem estado em nossa igreja por tanto tempo e é tão respeitado pelos membros antigos, que temo que qualquer ataque frontal seria prejudicial à rotina normal da igreja.

Estou em dúvidas sobre o melhor golpe a desferirmos, Dr. Aproveitel. Mas, o senhor acha razoável conservar um membro que, além de ser um completo fanático sobre a Almeida Fiel do Texto Recebido, tem uma língua afiada para denegrir professores desta Faculdade?

Ele disse alguma coisa especificamente contra o senhor?

Bem, ele acusou-me de ser um hipócrita.

O irmão, um hipócrita?! O melhor professor que temos? Ele o chamou de hipócrita ante o jovem pastor Vítimus?

Sim, Vítimus mo contou. Suponho que até mesmo você não é poupado. O homem é perigoso. Sua língua peçonhenta terá um impacto negativo no trabalho de sua igreja. É mesmo possível que futuros candidatos à nossa Faculdade sejam aconselhados a desistirem. Ou, então, que venham crendo radicalmente na Bíblia, a Fiel, como Alerta. Não queremos causadores de problemas por aqui.

Sim, compreendo. Meu próprio filho, agora com 19 anos, tem manifestado o desejo de estudar para o ministério. Mas, outro dia, peguei-o checando alguns versículos numa Almeida de mil setecentos e pouco, impressa na Holanda, que meu bisavô comprou não sei aonde. Gelei quando ele de repente me perguntou se l Timóteo 3:16 estava correto na Fiel. Ele até me falou de 300 manuscritos que apresentam a palavra “Deus”, em vez de “ele”. Fiquei chateado, sabe. Acho que meu filho está sob a influência de Alerta ou de alguém do seu grupo.

Isto é preocupante, Dr. Aproveitel. O jovem Pestinel certamente seria o candidato ideal para seguir o exemplo de seu pai em servir a denominação. Irmão, tenho certeza que seu filho, estando sob sua influência espiritual, seria nosso melhor graduado de todos os tempos. Que grande pena se ele já estiver envolvido neste perturbador hábito de checar os versículos das nossas Bíblias alexandrinas, modernas.

Não permitirei que meu filho seja uma vítima de antiquados em minha própria igreja. Mesmo que eu tenha que sacrificar nossa nova quadra de tênis.

Tenho certeza de que você compreende quão vital é impressionar seu filho sobre o valor de algumas grandes descobertas dos eruditos da Crítica Textual, para que ele não seja influenciado só por um lado.

Eu sei. Disse a ele que se afastasse da Fiel da SBTB para não criar problemas em casa e na igreja, senão eu o proibiria de andar na sua nova moto por toda uma semana. Também lhe disse para nem sequer tocar na Bíblia do meu bisavô, que é muito velha e está caindo em pedaços. Eu não abri aquele velho livro mais do que uma ou duas vezes nestes trinta anos, tal respeito eu tenho pela Bíblia do avô de meu pai.

Claro, Dr. Aproveitel. Sem mencionar o seu valor monetário, como uma genuína antiguidade. Olhe, eu gostaria de possuir algumas dessas preciosidades, ganharia uma fortuna com elas!

Bem, torne-se membro de nossa congregação e talvez persuada Alerta a vender a sua velha Almeida. Digo-o ironicamente, você compreende. Num culto, ele testemunhou que, durante 50 anos sendo um crente, três Bíblias já ele tinha quase pulverizado pelo muito uso, e as tinha completamente enchido de sublinhados e de suas próprias notas. Tenho certeza que ele preferiria morrer a se desfazer de suas Bíblias, o fanático.

Felizmente, para a paz do nosso grupo, com o passar dos anos as pessoas com essa convicção diminuem em número. Mesmo assim, a mera posição deles muito nos prejudica e atrasa. Este Alerta, especialmente, é um elemento venenoso.

Nós poderíamos reunir os três e, de uma maneira ou de outra, intimidar Alerta a parar de interferir nas pregações de Vítimus, e este de ouvi-lo.

Não, Dr. Aproveitel, isto daria a Alerta a oportunidade de começar a jogar-nos em rosto versos da sua Bíblia. Realmente, não acho que esta seja a melhor abordagem. Mas, por outro lado, facilmente o esmagaríamos citando versículos no grego ou hebraico do original. Que sabe ele disto?

 O que é que o irmão sugere que façamos?

Um elemento desta natureza tem que ser tratado de maneira pouco ou nada diplomática. Sugiro que o irmão invente alguma estória ou use qualquer outro pretexto, e  suspenda a membresia dele por um período de pelo menos seis meses, para ver se ele deixa suas obstinadas táticas.

Acho que não daria certo, Dr. Judas. Provavelmente isto causaria um grande abalo e resultaria na perda de muitos membros dedicados. O senhor sabe como é difícil aumentar o número de reais membros em nossas congregações, apesar das multidões que ocorrem nas dispendiosas festas-show, e do fenômeno de contínuas migrações de uma igreja para outra. Além disto, como já disse, o orçamento é nossa preocupação número um.

Bem, Dr. Aproveitel, pelo menos tente a tática. Se as coisas chegarem a uma confrontação, com perdas, e se o orçamento for atingido por causa disto, você sempre poderá construir sua nova quadra de tênis de um outro modo.

Como posso fazer isto?

Muito simplesmente: vendendo a grande e velha Bíblia do seu bisavô para um museu ou para um colecionador de antiguidades. Você não sabe? Ela vale muitos milhares de dólares!

4a parte – Irmão Vítimus e Dr.  Aproveitel

Bom dia, pastor Vítimus. Sente-se, por favor. Chamei-o ao meu gabinete para um bate-papo amigável sobre um certo probleminha que está preocupando a toda a liderança da nossa igreja. 

Obrigado, Dr. Aproveitel. Bem... será que tenho alguma parte neste problema?

Antes de tudo, estamos felizes pelo fato da liderança da nossa denominação ter lhe colocado como meu auxiliar. Sou muito agradecido por isto, principalmente porque, com a sua chegada, me livrei de ter que pregar muito e tenho mais oportunidade de me concentrar em outros assuntos importantes. Como você sabe, atualmente estou escrevendo um livro desmascarando a Almeida da Reforma, hoje representada pela Fiel. Este projeto me toma muito tempo.

Sinto-me privilegiado em servir sob a sua liderança, Dr. Aproveitel.

Muito bem, muito bem. Farei meu melhor para ajudá-lo, como já disse na sua posse. Mas, ontem, Dr. Judas e eu conversámos bastante sobre a situação da nossa igreja, concernente a seu ministério como pastor-assistente.

Sobre o que foi que o senhor e Dr. Judas conversaram?

Bem, irmão Vítimus, o problema é a situação com o irmão Alerta. Eu já não sugeri que você deveria se distanciar de sua influência?

Mas... Por que eu deveria fazer isto? Considero-o um homem de Deus e, através dos anos, só tenho ouvido boas coisas dos seus lábios.

Não me leve a mal. Ele é um bom homem. O problema está na cantiga dele defender que cada palavra de Deus foi perfeitamente preservada, através dos manuscritos antigos do Texto Recebido, e que a Fiel é a única Bíblia verdadeira, etc., etc. Como eu e a Faculdade temos lhe ensinado, nossa denominação tem evitado entrar na difícil guerra pelas  versões da Bíblia, e tem adotado uma posição liberal muito vantajosa. Pelos últimos 20 anos temos nos distanciado da visão estreita que lá fora existe entre alguns, com respeito à questão das traduções da Bíblia.

O senhor quer dizer que o irmão Alerta é da antiga escola de pensamento da nossa denominação, de que só precisamos de uma versão da Bíblia, a herdeira da Almeida da Reforma?

Exatamente. Ele não só insiste na sua teimosa posição, como também tenta, algumas vezes com sucesso, influenciar e arrastar outros para seu lado. Veja, esta situação é bastante doentia e, em grande medida, alarmante.

Bem, Dr. Aproveitel, por que o senhor mesmo não dialoga com ele sobre este problema?

Eu tentei. Você sabe que quando fui colocado aqui após a morte do pastor Escaldante, cerca de dois anos e meio atrás, a situação estava  muito pior do que agora. A congregação era uma das últimas que ainda estava mais ou menos contente com uma só versão da Bíblia, devido, principalmente, à influência do irmão Alerta. Felizmente, o cenário está mudando, e os membros estão agora muito mais tolerantes para com todas as versões modernas. Queremos ver esta saudável situação melhorar ainda mais.

Irmão Alerta é admirado e estimado por muitos, na nossa congregação. O finado pastor era muito achegado a ele.

Sim, infelizmente isto é verdade. Por todas as razões erradas.

Razões erradas?!! Penso que Alerta é um forte pilar na nossa igreja.

Aí está, irmão Vítimus, Alerta já está influenciando o seu ministério! Pessoalmente, penso que ele não é um pilar coisa nenhuma. Ao contrário, na realidade ele está enfraquecendo a nossa posição liberal na questão das versões da Bíblia. Irmão, a razão de eu ter lhe chamado, com apoio do Dr. Judas, é que de repente notamos Alerta tentando solapar o fundamento que nos tomou seis anos para construir em você. Tememos que todo este aprendizado será arruinado por causa de um velho homem querendo forçar o irmão para o seu lado.

De jeito nenhum, Dr. Aproveitel. O irmão Alerta, numa igreja liberal tal como o senhor quer tornar esta, tem seu direito de continuar apegado à secular versão da Bíblia, em que, antes, toda a igreja cria. Há algo errado nisto?

Certamente que não. Defendemos fortemente nossa liberdade de escolha, encaramos tudo como uma mera questão de preferência. Entretanto, eu e Dr. Judas não desejamos ver você transferir-se para o lado de Alerta e também tornar-se um militante da Almeida da Reforma. Fui bem claro?

Bem, Dr. Aproveitel, numa igreja democrática como a nossa, cada um pode obedecer sua consciência e mudar sua posição para outra aceitável, não é assim?

Sim... Mas você precisa considerar as vantagens de pertencer ao grupo majoritário. Sendo um pastor jovem, com muito pouca experiência no ministério, você deveria procurar os sadios conselhos daqueles que têm anos de experiência.

Acho que isto também se aplica ao irmão Alerta. Ele está nesta igreja por muitos anos, e todo mundo sabe quantas almas ele tem conduzido ao Senhor. E, também, que ele sabe metade de sua Bíblia de cor.

Isto não é o bastante! A igreja não tem sequer dado a ele a posição de diácono, pense sobre isto. Se ele fosse assim tão santo, por que a igreja não o escolheria?

Ele serve ao Senhor em outras áreas. É um excelente professor da Escola Dominical.

Não o será por muito tempo, se insistir nesta idiotice do Texto Recebido e da Almeida Fiel. Ele está realmente tentando perturbar meu ministério. Dá evidências não me ter como a autoridade final desta igreja. Sabe-se também que falou mal da nossa Faculdade e, em particular, contra o Dr. Judas. Ele até mesmo o chamou de hipócrita! Suponho que você não dará nenhum apoio a isto, não é?

O senhor deve perguntar ao irmão Alerta porque acusou o Dr. Judas de ser hipócrita. Não a mim.

Bem, irmão Vítimus, as coisas vão mudar rapidamente em nossa denominação, não percebeu? E você sabe em que direção. Portanto, se você se alinhar com Alerta, causará muitos danos a si próprio. Não queremos lhe perder. Dr. Judas lhe recomendou fortemente para a posição que você veio a ocupar. Havia outros candidatos. Um deles era seu colega Simplorius. Quando eu chequei as credenciais e as notas de ambos, propus você para a posição de pastor-junior. A liderança da igreja concordou comigo dando, unanimemente, um voto de confiança.

Sou agradecido por isto, Dr. Aproveitel.

OK... Mas estas coisas, meu amigo, têm um preço. O irmão está absolutamente qualificado para o cargo, mas precisa aprender como defender sua posição, que tem alto prestígio e salário, e se distanciar de causadores de desordem na denominação. O fato deste Alerta estar em nossa igreja é um assunto de grande preocupação para todos nós. Talvez ele pense que todos nós somos estúpidos e não compreendemos de onde ele vem.

Ele só quer servir ao Senhor e testemunhar a outros. O fato dele crer e amar sua Almeida da Reforma deve ser aceito como sua escolha e preferência.

Sim, mas desde que ele parasse por aí. Agora, quando ele tenta desfazer o que lhe inculcamos na Faculdade, Vítimus, e converter você em um fanático como ele, temos que transformar paz em guerra total!!

Eu também quero servir ao Senhor e ganhar almas.

No nosso movimento, meu amigo, esta não é a coisa mais importante. A prioridade número um é manter a denominação coesa e financeiramente sadia, o que só se consegue com posições doutrinárias que não ofendam a ninguém. Certamente também queremos aumentar nosso número de membros. Entretanto, você tem que lembrar que conflitos na igreja afetam danosamente suas finanças. O seu salário e o meu dependem de uma boa administração. Você só pode aprender estes aspectos vitais com a prática. A  Faculdade só ensina a parte teórica.

Sobre dinheiro, o irmão Alerta me disse que...

Veja! Ele está constantemente lhe dizendo coisas às quais você deveria retrucar com o gelo do totalmente ignorar e desprezar e afastar. Alerta é um causador de confusão em nossa denominação. Ele já abordou minha esposa sobre checar alguns versículos ante a Almeida Fiel. Fez o mesmo com meu filho.

Realmente, irmã Medrosel disse à minha esposa para jamais dirigir a palavra à esposa do irmão Alerta. Ficamos tristes com isto. Minha esposa gosta muitíssimo da irmã AjudaSantos pela maravilhosa ajuda que nos prestou quando nosso filho nasceu.

Sinto muito que minha esposa não pôde ajudar. Ela estava fora, no Congresso Anual pelos Direitos Femininos, da nossa denominação.

Bem, Dr. Aproveitel, irmão Alerta está apenas tentando ajudar nossa igreja a amar a Palavra de Deus.

Conversa fiada! Pastor Vítimus, tenho que lhe advertir sem rodeios: distancie-se da família Alerta. Tenho que abrir o jogo com você: planejamos isolar essa família em tamanho gelo que ela se sinta tão inconfortável no nosso meio que tenha que pedir para sair.

Ah, então é isto?

Sim! Calculo que é só uma questão de meses e este homem e seus seguidores começarão a sair da nossa igreja.

E sobre o orçamento da igreja, Dr. Aproveitel?

Podemos administrar uma queda de 20 ou 30 porcento, que será apenas por curto prazo. Há outras alternativas de salvar tal abrupta queda na arrecadação. Não se preocupe, estou em controle e tenho outras opções e rotas para equilibrar as contas.

O senhor ficaria feliz em ver a família Alerta deixar a igreja?

Oh, sim! Quanto mais cedo a deixarem, mais feliz ficarei. Na verdade, minha esposa, não agüenta mais a irmã AjudaSantos. Ela está até mesmo planejando se ausentar da igreja por seis meses, a fim de descansar os seus nervos.

O quê? A irmã AjudaSantos é uma crente maravilhosa. É como o mais delicado perfume, em todo lugar que vai. Todos os outros crentes simplesmente a apreciam e  amam de todo o coração.

Bem, estou certo de que esta família pode encontrar uma igreja mais do jeitão dela, e lá possa manter e propagar a heresia do TR, etc., e, com toda a força que tiver, combater as versões baseadas no Texto Crítico. Ficarei livre deste homem e dos seus problemas!

Não penso que o plano de Deus seja enxotarmos esta família. Por que não vermos no irmão Alerta perfil mais nobre e o deixarmos continuar a ser uma bênção em nossa congregação? Afinal de contas, ele só deseja exaltar Deus e honrar Sua palavra.

Não!! Escute: esta é minha igreja, irmão Vítimus! Não ouse dizer-me o que fazer aqui! E a Palavra de Deus é honrada com ou sem a família Alerta, compreende?!

Bem, Dr. Aproveitel, deixe-me apresentar-lhe as coisas da maneira que o irmão Alerta põe, “Qual Bíblia o senhor pressiona contra o seu peito e declara ser a verdadeira Palavra de Deus no nosso idioma?” Ou, como ele também diz: “Qual versão da Bíblia o senhor recomenda a um novo convertido, aquela que ele deve estudar e memorizar?”

Este homem me faz adoecer! É isso o que ele lhe ensinou?! A resposta é extremamente simples: Nenhuma! Você não aprendeu isso na Faculdade? Dr. Judas não lhe ensinou esta primeira pedra de alicerce da teologia?

O senhor está me dizendo que negar a Palavra de Deus é a primeira pedra de alicerce da Teologia que tem que ser ensinada em seminários?! O senhor quer me dizer, Dr. Aproveitel, que não pressiona nenhuma Bíblia contra o seu coração crendo ser a infalível Palavra de Deus?! Não  recomenda uma Bíblia a um novo convertido?! 

Nós não temos que mentir para ninguém. Nossa Declaração de Fé claramente estabelece que a verdadeira Palavra de Deus existe somente nos escritos originais. Nem o TR, nem a Fiel, nem qualquer outra Bíblia constitui o original. Entenda isto de uma vez para sempre, por favor! O irmão Alerta é o supra-sumo da ignorância deste fato. Na verdade, ele é somente um ignorante fanático.

Não, Dr. Aproveitel, Alerta não é nada disto. Eu também tentei dar-lhe esta desculpa da nossa Declaração de Fé, mas ele rapidamente a destruiu, e mostrou que nossa Declaração de Fé é um absurdo e uma completa farsa.

Com isto, ele está ofendendo todos aqueles piedosos homens de Deus que escreveram nossos Artigos de Fé. Eis mais uma razão para que digamos: quanto mais cedo ele nos deixar, melhor. Do contrário, ele está sob nossa mira para ser julgado e exemplarmente disciplinado.

Eu não vejo desta maneira. O irmão Alerta chamou-me a atenção para o fato de que os Artigos de Fé da nossa igreja, usando o tempo presente, dizendo que cremos que o original É a pura palavra de Deus, são uma vergonhosa enganação, posto que tais escritos originais foram destruídos pelo uso e não podem ser encontrados em lugar nenhum do mundo. Ele também me apontou que alguns Artigos de Fé gostam de colocar a frase no passado e isto também é abominável enganação. Ambas as tapeações simplesmente implicam que Deus escreveu uma perfeita obra-prima apenas para perdê-la com o passar do tempo.

Deus não perdeu nada: foi o homem que desgraçou tudo, extraviando as palavras de Deus! Alerta tem claramente se esforçado para construir uma forte defesa em favor da providencial e incessante preservação delas, do TR, e de sua Bíblia preferida, mas a liderança da igreja sabe melhor.

Se foi o homem quem fez desaparecer palavras de Deus, não significa isto exatamente o mesmo, que Deus nos fez escrever Sua perfeita Palavra sabendo que bem cedo se perderia?

Olhe, meu amigo, não quero desperdiçar meu tempo debatendo um assunto que já foi definitivamente estabelecido na nossa denominação. Temos uma constituição que cuida de definições doutrinárias e, com respeito à Bíblia, favorecemos liberalização das preferências, rejeitando pontos de vista estreitos.

Bem, Dr. Aproveitel, não acho que agrademos ao Senhor ao rejeitar Sua Palavra. Parece-me que nós dois não chegaremos a uma mesma visão desta doutrina sumamente importante, a qual o irmão Alerta está valorosamente defendendo.

Que é que você está querendo dizer?

Estou começando a ver que desperdicei seis preciosos anos de minha vida seguindo um sonho que pode rapidamente se transformar num pesadelo. Quão estúpido e desonesto alguém se por de pé sobre um púlpito, como o senhor e Dr. Judas, e abanar no ar uma Bíblia que, afinal de contas, não crê ser a perfeita Bíblia de Deus. Não é este o cúmulo da hipocrisia?

Você quer dizer que está jogando fora uma carreira recompensadora só por causa do que um velhote lhe falou sobre a Bíblia?

Não é bem assim. É, agora entendo, uma questão de seguir a Deus e Sua infalível Palavra, ou seguir as preferências do Dr. Judas e as suas, Dr. Aproveitel. Estou determinado a me afastar do púlpito até a nossa igreja se voltar para a Bíblia da Reforma. Considere-me oficialmente desligado da liderança. Adeus.

5a parte – Irmão Vítimus e Irmão Alerta

Irmão Vítimus, você parece muito desiludido e triste. Qual é o problema?

Bem, irmão Alerta, ontem à tarde submeti ao Dr. Aproveitel meu pedido de renúncia ao pastorado, e agora não sei bem o que é que o Senhor Deus quer que eu faça.

Meu querido irmão, apenas agüente firme e espere no Senhor. Olhe, vamos nos sentar lá no parque, ler alguns versículos e orar. Você sabe, por muito tempo tenho sentido este peso em meu coração por amor a você. O Senhor tem um plano maravilhoso para a sua vida.

Dr. Aproveitel subitamente se voltou contra mim, apenas porque eu tenho aceito o respeito que o senhor tem me ensinado ao Texto Recebido e à Almeida da Reforma.

Eu sei, irmão Vítimus, eu sei. Ele e sua esposa estão fazendo todo o possível para nos ver fora da igreja. Minha esposa e eu estamos orando e jejuando para Deus afastá-los da liderança. Ele e Dr. Judas estão transformando a denominação num grupo liberal e apóstata.

Irmão Alerta, por algum tempo eu pensei que estes dois homens eram exemplos de piedade e que me levariam a um conhecimento mais profundo das coisas de Deus. O que aconteceu foi exatamente o oposto. Terminei meus estudos na Faculdade tendo mais dúvidas em meu coração do que quando estava na Escola Dominical.

Eu sei, irmão Vítimus, eu sei. A Faculdade está no ramo de criar agnósticos e liberais. Intercedo diariamente  pedindo que Deus faça com que a Faculdade feche ou, pelo menos, Dr. Judas e outros sejam afastados de ensinarem. Tenho visto minha esposa chorar enquanto ora, implorando que Deus retorne a igreja aos dias da doutrina sã, pregação poderosa, e almas sendo salvas.

Como as coisas mudaram, irmão Alerta?

Bem, nosso ex-pastor, irmão Escaldante, era um homem de Deus. Ele não caiu neste dito "liberalismo na preferência pela Bíblia" com o qual Dr. Judas e Dr. Aproveitel e todos do seu lado estão tão encantados. Pastor Escaldante pregou poderosamente usando a Almeida da Reforma, e almas foram salvas com regularidade.

Lembro alguns daqueles poderosos sermões. Meu próprio pai foi salvo, chorando, em um destes cultos, três meses antes de morrer de câncer.

Lembro-me de seu pai e deste dia, uns dez anos atrás. Veja, aqui há um ótimo lugar para nos sentarmos. Leiamos Isaías 55:6 e 7.  "Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar." Busquemos o Senhor em oração: Querido Senhor, aqui estamos em Tua presença, com nossos corações confortados pelo Teu maravilhoso amor e maravilhosa graça. Fortalece nossa fé em Ti, guia-nos a obedecer Tua vontade para nossas vidas. Eu oro pelo querido irmão Vítimus, a quem Tu abençoaste com a salvação através dos méritos de Teu Filho Jesus Cristo. Oro para que ele permaneça firme na fé que uma vez foi entregue ao  santos e ande, sem ter de que se envergonhe, no caminho estreito que Te agrada. É em nome de Jesus Cristo que Te oramos. Amém.

Amém. Obrigado por orar por mim, irmão Alerta. Sabe, não consegui confortar minha esposa ontem à noite, ela chorava com seu coração quebrantado, após saber da minha decisão de deixar o co-pastorado da igreja.

Você não está deixando a Igreja, meu irmão. Dr. Aproveitel e Dr. Judas não são ela. A Igreja Triunfante de nosso Senhor será  composta de todos aqueles que foram salvos pelo precioso sangue do Filho de Deus derramado por eles na cruz do Calvário. A Igreja real não será nossa denominação. Grupos vêm e vão, mas os verdadeiros cristãos serão sempre encontrados de pé batalhando pelo nosso Senhor e por Sua Palavra.

Eu tinha sentido que Deus tinha me chamado para ser um pregador na nossa igreja. Agora me parece que eu estava errado. Passei seis anos me preparando para esta vida e de repente me encontro separado do meu chamado.

Não pense assim. Lembre de Paulo e dos três anos que passou em algum lugar da Arábia, enquanto o Senhor o conduzia nas mais profundas doutrinas de fé. Lembre de Moisés e dos quarenta anos que passou afastado, no deserto, tomando conta de ovelhas. Não tinha Deus um plano maravilhoso para as suas vidas?

Estou entendendo. No entanto, minha esposa está sofrendo muito, profundamente preocupada com o futuro imediato, nosso e do nosso bebê. Para pagarmos por nossa educação, gastamos tudo que tínhamos, até mesmo o dinheiro que herdamos dos nossos pais que faleceram.  Não temos quem nos socorra, e agora estamos sem nenhum sustento financeiro.

O Senhor proverá! Não tenha medo! Há um grupo de irmãos e irmãs fiéis, na nossa igreja. Deus certamente os usará para lhe socorrer.

Dr. Aproveitel não ficará feliz com isto, eu creio.

Eu sei. A maneira como ele lida com o dinheiro dado para a obra do Senhor não está de acordo com a Palavra do mesmo Senhor. Agora mesmo, Aproveitel está desperdiçando o dinheiro da igreja construindo um campo de tênis em sua casa e com outras coisas desnecessárias. O Senhor certamente irá castigá-lo e, temo, tirá-lo do seu ministério, se ele não se arrepender logo.

Ele é um homem orgulhoso. Seu próximo livro, atacando o Texto Recebido e a Almeida da Reforma, a Fiel, vai alçá-lo aos píncaros da celebridade, e aqueles que crêem nesta Bíblia serão humilhados ou coisa pior.

De modo algum irmão Vítimus, de modo algum! Dr. Aproveitel está brincando com fogo e aparecerá com graves queimaduras. O Texto Recebido é a Palavra de Deus, sem erro de um jota nem um til, e a Almeida original, da Reforma, é a sua fiel tradução. Muitos outros agnósticos semelhantes ao Dr. Aproveitel têm, antes, tentado desacreditar nossa amada Bíblia. A única coisa que têm conseguido é se trazerem ferimentos e se colocarem na fila para serem  repreendidos pelo Deus Todo Poderoso. É nosso direito e responsabilidade lutar contra toda essa revolta, erguer e apertar contra nossos corações aquela preciosa Bíblia, e  sempre dirigir  um novo convertido somente para suas seguras palavras.

Mesmo assim, muitos acabam crendo em pessoas como Dr. Aproveitel. Especialmente aqueles que gastaram tempo estudando em Faculdades Bíblicas, como eu.

Eu sei. Quão trágico! Entretanto, a verdadeira Palavra de Deus nunca será destruída, perdurará para sempre. Eu sei, no meu coração, que o Senhor o está chamando para ficar firme e ser contado como um filho de Deus que está preparado para defender a Bíblia.

Oh, irmão Alerta, suas palavras me dão encorajamento! Tenho passado por um bocado de lutas estes últimos anos da minha vida. Na Faculdade, houve tempos em que temi que me tornaria um crítico da Palavra de Deus, vivendo a "corrigir seus erros", como Dr.Aproveitel e Dr. Judas. Cheguei perto de abandonar a fé e seguir os ensinamentos destes homens.

Querido irmão, creia-me, havia alguns cristãos orando e jejuando por você.

Eu sei, irmão Alerta. Você e sua doce esposa são maravilhosos para conosco. Quando passou por aquela difícil gravidez, minha esposa encontrou muito conforto na irmã AjudaSantos. Já a esposa do pastor nunca se interessou pelos problemas da minha esposa. Isso doeu muito.

Olhe irmão, nós sempre iremos sustentá-los em nossas orações, e ajudá-los de todos os modos possíveis. Em quaisquer dificuldades. Apenas não deixe o Senhor e espere nEle, por aquilo que Ele lhes tem preparado. Nossa igreja tem que se afastar da influência de Dr. Aproveitel, ou afundar de cabeça, pelo ralo, e fechar.

E se as coisas não melhorarem, irmão Alerta? No próximo mês será nossa Assembleia Geral e alguns assuntos estranhos serão trazidos à discussão:  apoio a membros gays; financiamento do livro do Dr. Aproveitel, atacando a Bíblia; filiação à "Sociedade de Católicos, Protestantes e Maçônicos Unidos".

Bem, irmão Vítimus, estamos firmes no Senhor e na Sua preciosa Palavra. Não nos curvaremos à pressão de Satanás. Temos que responder aos golpes, golpeando  com a Espada do Espírito. Orando e jejuando, não nos amedrontaremos com Assembleias Gerais nem com conferências onde a Palavra de Deus é jogada no lixo e um bom  bocado do dinheiro das ofertas é desperdiçado. Enquanto eles fazem tudo isto, nós testemunharemos aos perdidos e os ganharemos para o Senhor. Ultimamente, paramos de dar nossas ofertas para nossa igreja, canalizando-as para o serviço real do Senhor! E somos militantes quanto isto.

Dr. Aproveitel sabe que o irmão está influenciando outros a não darem suas ofertas para nossa igreja.

Eu sei. Eles constantemente gastam tempo insistindo em "dêem ao Senhor, não roubem ao Senhor". Mas eu já disse a Dr. Aproveitel que ele nos está mentindo com seus apelos por dinheiro, enquanto viaja ao Exterior usando o produto das ofertas, que deveriam ser usadas para ajudar crentes em dificuldades, em casos como a sua presente situação, Vítimus.

Não creio que ele se importa muito em socorrer os reais necessitados. Lembra quando ele viajou com sua esposa por uma semana, para assistir a uma conferência sobre casamento gay?

Lembro. Antes dele viajar, disse-lhe cara a cara que ele estava desagradando a Deus e que sofreria danos irreversíveis na sua posição cristã. Ele deu-me as costas. A próxima vez que ele pregou, declarou que a Bíblia não condena a homossexualidade.

Temos alguns estudantes gays na Faculdade. Porém o Dr. Judas nada diz sobre este mal e outros semelhantes.

Dr. Judas é responsável perante Deus pelo fracasso da Faculdade em defender as sãs doutrinas e práticas. Ele treina os estudantes para negarem a Palavra de Deus e ferirem a fé que tinham ao entrar. Eles saem de lá crendo em falsas doutrinas e praticando o mal com dissimulação.

Eu sei, irmão Alerta. Não me lembro de ter visto aquele homem orando com algum estudante, mesmo quando este tinha algum problema. Ele não ama o Senhor. É um falso cristão.

Há muitos como ele abusando da igreja de Cristo e tomando coisas para si como se Deus não os estivesse observando. Em minha vida como crente, tenho visto Deus lidar com hipócritas como estes dois homens. Algumas vezes o castigo vem inesperada e fulminantemente.

Que devo fazer agora, irmão Alerta? Minha pobre esposa está tão angustiada em me ver deixar o ministério tão cedo... Todo este tempo perdido para nada...

De jeito nenhum. Sua vida teria sido desperdiçada se você fosse em frente, pregando o que lhe ensinaram por seis anos. Quero dizer, pregando sobre "Aquino e Calvino"...

Nem me fale. Estou tão envergonhado daquele sermão! Fui para casa e chorei sozinho diante do Senhor por aquele pecado. Senti-me repreendido pelo Espírito Santo.

Bom! Isto é bom irmão. Um sermão é para ser pregado tendo nosso Senhor e Salvador como tema central, e com firme rescaldo de referências na infalível Palavra de Deus, a Almeida da Reforma. Só desta maneira veremos almas sendo salvas e começando a crescer espiritualmente.

O irmão tem me encorajado a memorizar a Fiel.

Naturalmente! Esqueça Aquino e outros católicos pagãos. Concentre-se em ler e aprender a Palavra de Deus, em espírito de oração. Venha comigo, sábado à tarde, visitar os doentes no hospital. Junte-se a um grupo nosso aos domingos para distribuir folhetos nas praças. Você precisa ter contato com o campo pronto para a ceifa. Você sentirá indescritível gozo ao ver almas sendo salvas, embora também vá experimentar real oposição por servir ao Senhor.

O irmão faz isto com a aprovação do Dr. Aproveitel?

Não preciso da autorização dele para testemunhar aos perdidos. Ele já tem tentado me dissuadir de distribuir panfletos sem sua prévia checagem do conteúdo.

Notei que ele tirou da entrada da igreja o folhetinho "Como Ser Salvo Dos Seus Pecados" e o substituiu por "Ajude o Orçamento de Sua Igreja".

Estou orando que este inimigo do evangelho seja tirado da igreja e substituído por um pastor fiel e sedento de ganhar almas para o Senhor. Quer juntar-se a nós, irmão Vítimus? Reunimo-nos três vezes por semana em minha casa. Uma vez por semana nós também jejuamos perante o Senhor, pelo retorno de dias de vitória em nosso meio.

Vou fazer isto, irmão Alerta. Eu e minha esposa juntar-nos-emos ao grupo e esperaremos no Senhor, pela Sua direção em nossas vidas.

Amém, irmão! Vamos! Acho que, neste instante, o Senhor já está começando a responder nossas orações.

Abril/2000

FIM




(retorne à PÁGINA ÍNDICE de SolaScripturaTT / Bibliologia-PreservacaoTT)